INFORMÁTICA PARA CONCURSOS
PPrrooffeessssoorr:: AAlleessssaannddrroo BBoorrggeess
AAlluunnoo::
TTuurrmmaa::
IINNTTEERRNNEE...
1
RReeddeess
Uma rede de computadores é a interconexão de no mínimo dois computadores com o propósito de melhorar a comuni...
2
o logon a cada vez que entrar no site. No entanto, alguns cookies, como aqueles salvos por anúncios de banner, podem col...
3
Script Kiddie: Indivíduo que ainda não possui conhecimento para criar seus próprios programa ou desenvolver suas própria...
4
O Firewall de Aplicação também pode analisar o conteúdo exibido em site ou bloquear a execução de determinados
programas...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apostila internet 18_02_2011_20110218160004

268 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
268
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apostila internet 18_02_2011_20110218160004

  1. 1. INFORMÁTICA PARA CONCURSOS PPrrooffeessssoorr:: AAlleessssaannddrroo BBoorrggeess AAlluunnoo:: TTuurrmmaa:: IINNTTEERRNNEETT PPRRIINNCCIIPPAAIISS CCOONNCCEEIITTOOSS IInnttrroodduuççããoo aa IInntteerrnneett Atualmente a Internet é conhecida como rede mundial de comunicação, mas nem sempre foi assim no princípio de sua existência a internet foi usada para fins militares e posteriormente por universidades. A internet disponibiliza varias redes menores que a compõem, como por exemplo: Rede pública de comunicação de dados, a famosa www; Redes privadas de segurança onde os seus dados são transferidos criptografados podemos citar a www2 e a www3; Rede específica de ensino a distância, a ead. IInntteerrnneett 22 A Internet 2 é o novo padrão usado pela internet atual que permite uma interação maior do usuário com os sistemas da web e que torna a internet mais pessoal, interativa e dinâmica. Esse novo padrão analisa as preferências e necessidades dos usuários e tenta atendê-las a partir de serviços personalizados. Principais características da Internet 2: Análise dos cookies; Constantes avaliações de perfil de usuários; Atualização de áreas específicas de sites; Conteúdos dinâmicos e interativos; Aperfeiçoamento das linguagens usadas na Web.
  2. 2. 1 RReeddeess Uma rede de computadores é a interconexão de no mínimo dois computadores com o propósito de melhorar a comunicação, o desempenho, economizar custos e encurtar distâncias em uma empresa ou instituição. Os conceitos de redes são muito importantes, pois a internet não é nada mais do que redes interligadas. IInnttrraanneett Rede privada de segurança que permite acesso aos seus recursos a partir de tecnologias relacionadas à internet. A Intranet utiliza tecnologias, ferramentas e aplicações que antes eram exclusivas da internet, com isso permite um ambiente mais amigável e fácil de ser usado pelos usuários como o da própria internet. Esse conjunto de aplicações pode estar armazenado em um servidor web que necessitará da internet para ser acessado ou no próprio servidor de rede, podendo ser acesso sem a necessidade de internet. Tecnologias relacionadas à internet; Acesso restrito; Aparência de internet; Permite acesso a internet. EExxttrraanneett Rede externa que permite acesso aos recursos de uma Intranet a partir da internet. A Extranet é a parte de uma rede privada de segurança que disponibiliza determinados recursos para acesso externo por parte dos funcionários e clientes. CCooookkiieess Os Cookies são pequenos arquivos de texto normalmente criptografados que alguns sites colocam no seu computador para armazenar uma variedade de informações sobre você e as suas preferências, podendo ser excluídos ou bloqueados conforme critério adotado pelo usuário. Os sites utilizam cookies para oferecer uma experiência personalizada para os usuários e coletar informações sobre a utilização do site. Muitos sites também usam cookies para armazenar informações que permitem uma experiência consistente entre as diferentes partes do site, como um carrinho de compras ou as páginas personalizadas. Em um site confiável, o cookie pode enriquecer sem experiência, pois permite que o site aprenda as suas preferências, ou elimina a necessidade de que você efetue Usuários Ambiente de rede Recursos da rede Usuários Intranet Recursos da rede Rede Intranet Extranet
  3. 3. 2 o logon a cada vez que entrar no site. No entanto, alguns cookies, como aqueles salvos por anúncios de banner, podem colocar em risco sua privacidade porque rastreiam os sites que você visita. Cookie Temporário: Os cookies temporários ou de sessão são removidos do seu computador assim que você fecha o Internet Explorer. Os sites os utilizam para armazenar informações temporárias, como os itens do seu carrinho de compras. Cookie Persistente: Os cookies persistentes ou salvos permanecem no seu computador depois que você fecha o Internet Explorer. Os sites os utilizam para armazenar informações como o nome e a senha usados no logon, para que você não precise digitá-los a cada vez que entrar em um site específico. Os cookies persistentes podem permanecer no seu computador por dias, meses ou até mesmo anos. Cookie Primário: Os cookies primários vêm do site que você está visitando e podem ser persistentes ou temporários. Os sites podem usar esses cookies para armazenar informações que serão reutilizadas na próxima vez que você acessar esse site. Cookie de Terceiro: Os cookies de terceiros vêm de anúncios de outros sites (como pop-up e banner) divulgados no site que você está visitando. Os sites podem usar esses cookies para rastrear a sua utilização da Web, para objetivos de marketing. JJaanneellaass PPoopp--uupp Pop-up é uma pequena janela do navegador da Web, que aparece no topo do site que você está visitando. Freqüentemente, as janelas pop-up são abertas assim que você entra no site e geralmente são criadas por anunciantes, porém existem aquelas que permitem a disponibilização de recursos do site acessado, como por exemplo: janelas de logon. CCoommpplleemmeennttooss ((PPlluuggiinnss)) Os complementos, também conhecidos como controles ActiveX, extensões de navegador, objetos auxiliares de navegador ou barras de ferramentas, podem melhorar a sua experiência em um site apresentando a multimídia ou o conteúdo interativo, como armações de alta qualidade. No entanto, alguns complementos podem fazem com que o computador pare de responder ou exiba um conteúdo indesejado, como anúncios pop-up. Flash Player: Plugin muito usado na execução de aplicações Web e exibições dinâmicas e interativas; Plugin Java: Permite a execução de aplicações variadas que atendem tanto requisitos de acessibilidade, disponibilidade e segurança entre outras. SSeegguurraannççaa ddaa IInnffoorrmmaaççããoo TTiippooss ddee IInnvvaassoorreess Os invasores são classificados mediante a análise da intenção e do ato praticado. Hacker: Individuo com alto conhecimento em sistemas de informação, que os utiliza para buscar vulnerabilidades e brechas em sistemas de máquinas normalmente com as seguintes intenções: Desafio Pessoal; Adrenalina e diversão; Reconhecimento nas sociedades digitais; Oferecer consultoria. Um hacker não utiliza os seus conhecimentos para fins ilícitos e maliciosos, com exceção da invasão de privacidade e não danifica sistemas de máquinas intencionalmente. Cracker: Individuo que possui conhecimentos semelhantes ao de um hacker, mas que os utiliza para fins ilícitos e maliciosos e normalmente danifica sistemas de máquinas intencionalmente. Os crackers podem ser classificados como: Phreaker: Especialista em redes de telecomunicação; War Driver: Especialista em redes sem fio; Banker: Especialista em operações fraudulentas bancárias; Carder: Especialista em operações fraudulentas com cartões de crédito. Defacer: Especialista em desconfigurar áreas visuais de sites, sendo também conhecido como pichador virtual.
  4. 4. 3 Script Kiddie: Indivíduo que ainda não possui conhecimento para criar seus próprios programa ou desenvolver suas próprias técnicas de invasão e utiliza programas e códigos prontos encontrados na maioria das vezes na internet também conhecidos como receitas de bolo. Lammer: Aprendiz em fase inicial para se tornar um hacker ou cracker. TTééccnniiccaass ee PPrrooggrraammaass MMaalliicciioossooss Personificação: Técnicas onde o invasor se passar por uma outra pessoa assumindo um identidade falsa. Engenharia Social: Técnica que simula um serviço de utilidade pública com o propósito de enganar a vítima. Phishing: Técnica que também simula serviços de utilidade pública a partir de sites e e-mails falsos e que possuem a intenção de obter informações pessoais e confidências. Pharm: Ataque que visa desconfigurar um servidor DNS alterando a conexão dos seus endereços URLs e IPs. DOS (Denial Of Service – Ataque de Negação de Serviço): Ataque que visa sobrecarregar ou interromper um serviço oferecido por sistemas de Máquinas por meio de falsas solicitações a um determinado recurso, como por exemplo: Impressora. D-DOS: Variação do ataque DOS que visa interromper sistemas da Web com falsas solicitações ou execução maciça de um determinado recurso, por exemplo, preenchimento de formulário de e-mail. Vírus: Programa malicioso que possui o propósito de danificar um sistema de máquina, causar lentidão ou tornar o sistema vulnerável, sendo que as suas principais características são: Se auto-replica e infecta outros dispositivos; Por padrão possui a capacidade de mudar o seu código fonte; Se anexa aos arquivos infectados. Worm (Verme): Programa malicioso que se auto replica nas memórias do sistema causando sobrecarga, lentidão e até mesmo travamento, sendo que a principal diferença dele para um vírus é que ele não se anexa aos arquivos por padrão. Trojan Horse (Cavalo de Tróia): Programa que após executado em uma máquina alvo desativa os mecanismos de segurança, abre as portas de comunicação e permite controle externo do sistema pelo invasor. Keylogger: Programa que registra todas as teclas utilizadas pelo usuário. Screenlogger: Programa que além de registrar as teclas utilizadas pelo usuário, também registra as telas visualizadas por ele. Spyware: Definição geral para programas espiões. Adware: Programas que após instalados adicionam propagandas nos aplicativos. MMeeccaanniissmmooss ee RReeccuurrssooss ddee SSeegguurraannççaa Antivírus: Programa que permite verificar e remover vírus, worms, cavalos de tróia e outros. O ideal para que um antivírus funcione corretamente é que ele esteja atualizado, configurado corretamente e que de preferência seja original. Limpeza: Ação que um antivírus executa onde são removidos os códigos maliciosos e o arquivo fica intacto. Quarentena: Ação de isolar os arquivos infectados dos demais até que surja uma vacina (antídoto) para o programa malicioso. A quarentena é definida pelo período que for necessário podendo durar de minutos até meses. Exclusão: Essa ação se dá quando o programa malicioso é excluído juntamente com o arquivo, porém essa ação deve ser executada com cautela, pois arquivos de sistema ou outros arquivos importantes podem ser excluídos durante esse processo. Firewall: Barreira física ou lógica que permite a filtragem de dados que desejam entrar ou sair do sistema de máquinas. Firewall de Pacotes (Firewall Físico): Um firewall de pacotes filtra os dados contidos nos pacotes transferidos nas redes de computadores e na própria internet. Normalmente esse tipo de firewall utiliza roteadores para realizarem o processo de filtragem, onde podem ser filtrados endereços de origem, endereços de destino, portas de comunicação e até mesmo alguns protocolos ligados a camada de rede. Firewall de Aplicação (Firewall Lógico – Gateway de Aplicação – Proxy de Aplicativo): Esse tipo de firewall filtra dados relacionados e transferidos pelos aplicativos analisando os protocolos de aplicação como: FTP, HTTP, SMTP, POP e IMAP.
  5. 5. 4 O Firewall de Aplicação também pode analisar o conteúdo exibido em site ou bloquear a execução de determinados programas. A filtragem nesse firewall ocorre a partir de um programa instalado em um equipamento chamado servidor Proxy que permanece indiretamente ligado a rede, ou seja, antes dos dados entrarem ou saírem da rede devem passar pelo servidor Proxy.

×