PARA  SERGIPE CONTINUAR SEGUINDO EM FRENTE<br />
APOIO A MICRO E PEQUENAS EMPRESAS<br />Adequação da Lei Geral das MPE<br /><ul><li> Lei n° 6.192, isentando do ICMS as emp...
Lei 6.206 (Acesso às compras públicas): compras com limite máximo de R$ 80 mil podem ter participação exclusiva das MPEs n...
CIÊNCIA , TECNOLOGIA & INOVAÇÕES<br />FAPITEC- (2007-2009)<br />Ações <br />ResultadosValores (R$)<br />Pesquisa Científic...
Programa Primeiros Projetos
Núcleos de Excelência</li></ul>Pesquisas Tecnológicas e Políticas Públicas<br />64 projetos financiados                R$ ...
Programa de Pesquisa para o SUS
Programa de Pesquisas nos APLs (BNB)</li></ul>Bolsas<br />623 bolsistas                                 R$ 12 milhões     ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dados sobre o desenvolvimento da Indústria em Sergipe

980 visualizações

Publicada em

O Governo de Sergipe tem trabalhado para desenvolver a indústria e o comércio do estado. É por isso que agora já podemos ver números animadores. Os slides apresentam dados oficiais que comprovam o desenvolvimento do setor em Sergipe. Mais no site: www.deda13.com.br

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
980
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dados sobre o desenvolvimento da Indústria em Sergipe

  1. 1. PARA SERGIPE CONTINUAR SEGUINDO EM FRENTE<br />
  2. 2. APOIO A MICRO E PEQUENAS EMPRESAS<br />Adequação da Lei Geral das MPE<br /><ul><li> Lei n° 6.192, isentando do ICMS as empresas que optam pelo Simples Nacional com faturamento anual até R$ 360 mil. E redução significativa das alíquotas para aquelas com faturamento até R$ 1,2 milhão;
  3. 3. Lei 6.206 (Acesso às compras públicas): compras com limite máximo de R$ 80 mil podem ter participação exclusiva das MPEs nas licitações;</li></ul>- Aumento acumulado nas compras públicas (6% em 2007, 37% em 2008 e 61% em 2009).<br />
  4. 4. CIÊNCIA , TECNOLOGIA & INOVAÇÕES<br />FAPITEC- (2007-2009)<br />Ações <br />ResultadosValores (R$)<br />Pesquisa Científica<br />252 projetos financiados R$ 5,5 milhões<br /><ul><li>Edital Universal
  5. 5. Programa Primeiros Projetos
  6. 6. Núcleos de Excelência</li></ul>Pesquisas Tecnológicas e Políticas Públicas<br />64 projetos financiados R$ 15 milhões <br /><ul><li>Programa de Tecnologias Sociais
  7. 7. Programa de Pesquisa para o SUS
  8. 8. Programa de Pesquisas nos APLs (BNB)</li></ul>Bolsas<br />623 bolsistas R$ 12 milhões <br /><ul><li>200 bolsas de iniciação científica e tecnológica
  9. 9. 100 bolsas de mestrado e doutorado
  10. 10. 14 doutores fixados em Sergipe
  11. 11. 384 bolsas de outros projetos</li></ul>Divulgação Científica / Eventos<br />287 auxílios R$ 1,2 milhão <br />
  12. 12. POLÍTICA INDUSTRIAL<br />RESULTADO - BALANÇO INDUSTRIAL JAN 2007- MAI 2010<br />Indústrias implantadas: 55<br /><ul><li>Empregos: 5.281
  13. 13. Investimento: R$ 368.468.435,00</li></ul>Indústrias ampliadas: 5<br /><ul><li>Empregos: 2.165
  14. 14. Investimento: 21.000.935,00</li></ul>Indústrias em implantação: 15<br /><ul><li>Empregos: 1.627
  15. 15. Investimento: R$ 161.700.950,00</li></ul>Indústrias anunciadas – FITEC 2010: 24<br /><ul><li>Empregos: 1.951
  16. 16. Investimento: R$ 282.641.684,00</li></ul>Totais:<br /><ul><li>Indústrias: 99
  17. 17. Empregos: 11.024 (Meta - 10.000 - SUPERADA)
  18. 18. Investimento: R$ 833.812.004,00</li></li></ul><li>POLÍTICA PÚBLICA DE TURISMO<br />A política de turismo baseia-se em dois eixos fundamentais: <br />Aumento da competitividade do turismo sergipano; e<br />Desconcentração do impacto econômico da atividade via interiorização.<br />RESULTADOS<br /><ul><li>Taxa de crescimento 2007-2009 de 8,2% a.a, superior a do período 2004-2006 (3,3 % a.a). Para 2010, a projeção é de crescimento de 13% em relação a 2009 (aproximadamente 750.000 turistas);
  19. 19. Mudança Qualitativa no perfil do turismo sergipano, com o turismo de lazer superando o turismo de negócios;
  20. 20. Maior dinamismo do setor: Número de empresas cadastradas no MTUR no período 2004/2006 (312) e no período 2007/2009 (417). Crescimento de 33,6%. No mesmo período o saldo de empregos aumentou 53%, passando de 2.351 para 3.599;</li></li></ul><li>Alguns Resultados:<br />Emprego Total com carteira assinada<br /><ul><li>Entre janeiro de 2007 e agosto 2010 são 42.194 empregos formais em Sergipe; Crescimento de 53% em relação ao todo governo anterior.
  21. 21. Até o final do ano, deverão ser 51.451.
  22. 22. Fonte: MTE. Caged</li></ul>* Previsão com base nos últimos 12 meses.<br />
  23. 23. EMPREGO NA IND. DE TRANSFORMAÇÃO<br /><ul><li>Entre janeiro de 2007 e julho 2010 foram criados 7.994 empregos formais na indústria da transformação, 58% a mais do que os 5.062 do governo anterior.
  24. 24. Até o final do ano, deverão ser 10.908 empregos industriais (+115%)
  25. 25. Emprego Industrial em 12 meses, em agosto de 2010. Sergipe 1º Lugar no Brasil, com 13,82%. Média do Brasil, 7,85%.</li></ul>Fonte: Min. do Trabalho. Caged.<br />
  26. 26. Comercio varejista<br />Com a expansão do emprego, melhoria dos salários e o aumento do crédito o comércio do Nordeste e de Sergipe estão vivenciando um ciclo de grande expansão.<br /><ul><li>O volume de vendas no varejo de Sergipe, nos últimos 12 meses, aumentou 14,21%, o 5º maior do Brasil e o 1º do Nordeste.
  27. 27. Na comparação entre julho de 2010 e julho de 2009, o volume de vendas do comércio varejista de Sergipe aumentou 11,7%.
  28. 28. Em 12 meses a receita nominal do varejo sergipano subiu 18,01%, o 4º melhor resultado do Brasil e 1º do Nordeste. </li>

×