SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Terapia Multimodal de
Arnold Lazarus
Marcelo da Rocha Carvalho
Aspectos Gerais
 Baseado em evidências
 Assumes “parity”
 Contra rótulos diagnósticos
 Reconhece as multiplas dimensões de um
evento.
 Reconhece as interações entre as
multiplas dimensões de um evento.
Terapia Multimodal e suas
observações sobre as pessoas
 As pessoas:
 Se movem.
 Sentem.
 Têm sensações.
 Imaginam.
 Pensam.
 Se relacionam interpessoalmente.
Personalidade e Terapia
Multimodal
 As personalidades são produtos de:
 Behaviors/comportamentos
 Affective processes/processos afetivos
 Sensations/sensações
 Images/imagens
 Cognitions/cognições/pensamentos
 Interpersonal relationships/relações
interpessoais
 Biological functions/funções biológicas
Para deixar fixo na memória...
 Behaviors
 Affective processes
 Sensations
 Images
 Cognitions
 Interpersonal relationships
 Drugs & other biological functions
 = BASIC-ID
Outras conclusões
 A avaliação adequada da personalidade é
importante para o tratamento.
 A avaliação esquemática deverá ser:
 Fácil de lembrar
 Fácil de usar
 E aponta para intervenções seguras e
aplicáveis.
Mais conclusões
 O BASIC ID encontra critérios para um
bom esquema
 Localizando sistematicamente cada uma
das 7 modalidades o comportamento se
torna mais compreensivo
 Localizando os problemas em cada uma
das 7 modalidades isto levará ao
progresso.
Background Teórico
 Condicionamento Clássico
 Condiocionamento Operante
 Teoria da Aprendizagem Social
 Teoria Cognitiva, principalmente a TREC.
Multimodal e o Inconsciente
 The “unconscious” as an entity is iffy.
 Pessoas tem diferentes graus de auto-
conhecimento.
 Estimulos não identificados podem
influenciar pensamentos, sentimentos e
comportamentos.
Conceitos Básicos
 Condicionamento Clássico e Operante
 Modelação e processos vicários
 Eventos privados
 Processos não conscientes
 Reações defensivas
 Comunicação
 Metacomunicação
Análise funcional
 Identificar
 Estímulo antecedente
 Variáveis orgânicas mediacionais
 Variáveis das respostas observáveis
 Conseqüências
Second-order BASIC IDs
 A análise do BASIC ID pode ser aplicada
a qualquer problema identificado na
primeira análise do BASIC ID.
Usando BASIC ID
 Identificar questões entre BASIC ID
 Notar a modalidade primária
 Contruir da modalidade primária
 Notar a ordem disparada pela modalidade
 Usar técnicas apropriadas a cada
modalidade

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 3 behaviorismos
Aula 3   behaviorismosAula 3   behaviorismos
Aula 3 behaviorismosLudmila Moura
 
Princípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamentoPrincípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamentocarolmorbach
 
Terapia Comportamental e Cognitiva, uma introdução.
Terapia Comportamental e Cognitiva, uma introdução.Terapia Comportamental e Cognitiva, uma introdução.
Terapia Comportamental e Cognitiva, uma introdução.Marcelo da Rocha Carvalho
 
Neuroses
NeurosesNeuroses
NeurosesUNICEP
 
PRINCÍPIO DE REALIDADE, Além do princípio do prazer NEUROSE OBSESSIVA .pdf
PRINCÍPIO DE REALIDADE, Além do princípio do prazer NEUROSE OBSESSIVA  .pdfPRINCÍPIO DE REALIDADE, Além do princípio do prazer NEUROSE OBSESSIVA  .pdf
PRINCÍPIO DE REALIDADE, Além do princípio do prazer NEUROSE OBSESSIVA .pdfLuiz Henrique Pimentel Novais Silva
 
Método Socrático em Terapia Cognitiva-Comportamental
Método Socrático em Terapia Cognitiva-ComportamentalMétodo Socrático em Terapia Cognitiva-Comportamental
Método Socrático em Terapia Cognitiva-ComportamentalMarcelo da Rocha Carvalho
 
Terapia Cognitivo Comportamental dos Transtornos da Personalidade
Terapia Cognitivo Comportamental dos Transtornos da PersonalidadeTerapia Cognitivo Comportamental dos Transtornos da Personalidade
Terapia Cognitivo Comportamental dos Transtornos da PersonalidadeEduardo Moreira
 
Behaviorismo x Análise Experimental do Comportamento
Behaviorismo x Análise Experimental do ComportamentoBehaviorismo x Análise Experimental do Comportamento
Behaviorismo x Análise Experimental do ComportamentoAndre Thieme
 
Ciclos vitais finitude humana segunda aula
Ciclos vitais finitude humana segunda aulaCiclos vitais finitude humana segunda aula
Ciclos vitais finitude humana segunda aulaErasmo Ruiz
 
Avaliacão psicometria teoria da medida
Avaliacão psicometria teoria da medidaAvaliacão psicometria teoria da medida
Avaliacão psicometria teoria da medidaMárcia Nascimento
 
Legislação e recomendações para o exercício profissional do(a) psicólogo(a)~
Legislação e recomendações para o exercício profissional do(a) psicólogo(a)~Legislação e recomendações para o exercício profissional do(a) psicólogo(a)~
Legislação e recomendações para o exercício profissional do(a) psicólogo(a)~Cassia Dias
 
Aula 1. a teoria de traço fatorial analítica de raymond cattell
Aula 1. a teoria de traço fatorial analítica de raymond cattellAula 1. a teoria de traço fatorial analítica de raymond cattell
Aula 1. a teoria de traço fatorial analítica de raymond cattellPedro R. Coutinho
 
Psicologia hospitalar
Psicologia hospitalarPsicologia hospitalar
Psicologia hospitalarLuiz Vicente
 
A história da psicologia hospitalar
A história da psicologia hospitalarA história da psicologia hospitalar
A história da psicologia hospitalarAnderson Souza
 
Introdução psicopatologia
Introdução psicopatologiaIntrodução psicopatologia
Introdução psicopatologialucasvazdelima
 
Psicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do TrabalhoPsicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do TrabalhoJuliana Calixto
 

Mais procurados (20)

Aula 3 behaviorismos
Aula 3   behaviorismosAula 3   behaviorismos
Aula 3 behaviorismos
 
Princípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamentoPrincípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamento
 
Terapia Comportamental e Cognitiva, uma introdução.
Terapia Comportamental e Cognitiva, uma introdução.Terapia Comportamental e Cognitiva, uma introdução.
Terapia Comportamental e Cognitiva, uma introdução.
 
Neuroses
NeurosesNeuroses
Neuroses
 
PRINCÍPIO DE REALIDADE, Além do princípio do prazer NEUROSE OBSESSIVA .pdf
PRINCÍPIO DE REALIDADE, Além do princípio do prazer NEUROSE OBSESSIVA  .pdfPRINCÍPIO DE REALIDADE, Além do princípio do prazer NEUROSE OBSESSIVA  .pdf
PRINCÍPIO DE REALIDADE, Além do princípio do prazer NEUROSE OBSESSIVA .pdf
 
Método Socrático em Terapia Cognitiva-Comportamental
Método Socrático em Terapia Cognitiva-ComportamentalMétodo Socrático em Terapia Cognitiva-Comportamental
Método Socrático em Terapia Cognitiva-Comportamental
 
Gestalt-Terapia
Gestalt-TerapiaGestalt-Terapia
Gestalt-Terapia
 
Terapia Cognitivo Comportamental dos Transtornos da Personalidade
Terapia Cognitivo Comportamental dos Transtornos da PersonalidadeTerapia Cognitivo Comportamental dos Transtornos da Personalidade
Terapia Cognitivo Comportamental dos Transtornos da Personalidade
 
Behaviorismo x Análise Experimental do Comportamento
Behaviorismo x Análise Experimental do ComportamentoBehaviorismo x Análise Experimental do Comportamento
Behaviorismo x Análise Experimental do Comportamento
 
Conceitualização em Terapia Cognitiva
Conceitualização em Terapia CognitivaConceitualização em Terapia Cognitiva
Conceitualização em Terapia Cognitiva
 
Ciclos vitais finitude humana segunda aula
Ciclos vitais finitude humana segunda aulaCiclos vitais finitude humana segunda aula
Ciclos vitais finitude humana segunda aula
 
Psicodrama
Psicodrama   Psicodrama
Psicodrama
 
Avaliacão psicometria teoria da medida
Avaliacão psicometria teoria da medidaAvaliacão psicometria teoria da medida
Avaliacão psicometria teoria da medida
 
Legislação e recomendações para o exercício profissional do(a) psicólogo(a)~
Legislação e recomendações para o exercício profissional do(a) psicólogo(a)~Legislação e recomendações para o exercício profissional do(a) psicólogo(a)~
Legislação e recomendações para o exercício profissional do(a) psicólogo(a)~
 
Pichón rivière
Pichón rivièrePichón rivière
Pichón rivière
 
Aula 1. a teoria de traço fatorial analítica de raymond cattell
Aula 1. a teoria de traço fatorial analítica de raymond cattellAula 1. a teoria de traço fatorial analítica de raymond cattell
Aula 1. a teoria de traço fatorial analítica de raymond cattell
 
Psicologia hospitalar
Psicologia hospitalarPsicologia hospitalar
Psicologia hospitalar
 
A história da psicologia hospitalar
A história da psicologia hospitalarA história da psicologia hospitalar
A história da psicologia hospitalar
 
Introdução psicopatologia
Introdução psicopatologiaIntrodução psicopatologia
Introdução psicopatologia
 
Psicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do TrabalhoPsicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do Trabalho
 

Destaque

Etapas segun jean_piaget Prof. Sylvia Mena
Etapas segun jean_piaget Prof. Sylvia Mena Etapas segun jean_piaget Prof. Sylvia Mena
Etapas segun jean_piaget Prof. Sylvia Mena 116193
 
Uft factores biologicos o pre disponentes criminales
Uft factores biologicos o pre disponentes criminalesUft factores biologicos o pre disponentes criminales
Uft factores biologicos o pre disponentes criminalesJulio DeBoff
 
PERSONALIDAD CONCEPTOS Y TEORÍA -FANNY JEM WONG- SEMANA 1
PERSONALIDAD CONCEPTOS Y TEORÍA -FANNY JEM WONG- SEMANA 1PERSONALIDAD CONCEPTOS Y TEORÍA -FANNY JEM WONG- SEMANA 1
PERSONALIDAD CONCEPTOS Y TEORÍA -FANNY JEM WONG- SEMANA 1FANNY JEM WONG MIÑÁN
 
Personalidad humanismo conductismo
Personalidad humanismo conductismoPersonalidad humanismo conductismo
Personalidad humanismo conductismofelipe Vitale
 
T11 personalidad
T11 personalidadT11 personalidad
T11 personalidadeortega1965
 
Sentido numerico y_los_numeros Prof. Sylvia Mena
Sentido numerico y_los_numeros Prof. Sylvia Mena Sentido numerico y_los_numeros Prof. Sylvia Mena
Sentido numerico y_los_numeros Prof. Sylvia Mena 116193
 
La personalidad falco g ina
La personalidad falco g inaLa personalidad falco g ina
La personalidad falco g inaJ Luis Realez
 
TEORIAS CONDUCTUALES DE LA PERSONALIDAD -FANNY JEM WONG - SEMANA 4
TEORIAS CONDUCTUALES DE LA PERSONALIDAD -FANNY JEM WONG - SEMANA 4TEORIAS CONDUCTUALES DE LA PERSONALIDAD -FANNY JEM WONG - SEMANA 4
TEORIAS CONDUCTUALES DE LA PERSONALIDAD -FANNY JEM WONG - SEMANA 4FANNY JEM WONG MIÑÁN
 
Psicologia humanista
Psicologia humanistaPsicologia humanista
Psicologia humanistapinohh
 
Personalidad y estructuración de la personalidad criminal
Personalidad y estructuración de la personalidad criminalPersonalidad y estructuración de la personalidad criminal
Personalidad y estructuración de la personalidad criminalAlexlnn
 
Humanismo O Psicologia Humanista
Humanismo O Psicologia HumanistaHumanismo O Psicologia Humanista
Humanismo O Psicologia HumanistaKaren Carriel
 
TEORIAS DE LA PERSONALIDAD ELLIS, BECK Y LAZARUS POR FANNY JEM WONG- SEMANA 5
TEORIAS DE LA PERSONALIDAD ELLIS, BECK Y LAZARUS   POR FANNY JEM WONG- SEMANA 5TEORIAS DE LA PERSONALIDAD ELLIS, BECK Y LAZARUS   POR FANNY JEM WONG- SEMANA 5
TEORIAS DE LA PERSONALIDAD ELLIS, BECK Y LAZARUS POR FANNY JEM WONG- SEMANA 5FANNY JEM WONG MIÑÁN
 
Teoria del Psicoanalisis Interpersonal de karen Horney
Teoria del Psicoanalisis Interpersonal de karen HorneyTeoria del Psicoanalisis Interpersonal de karen Horney
Teoria del Psicoanalisis Interpersonal de karen HorneyBryan Guerra
 
la psicología analítica de jung
la psicología analítica de jungla psicología analítica de jung
la psicología analítica de jungmasterhack
 

Destaque (20)

Etapas segun jean_piaget Prof. Sylvia Mena
Etapas segun jean_piaget Prof. Sylvia Mena Etapas segun jean_piaget Prof. Sylvia Mena
Etapas segun jean_piaget Prof. Sylvia Mena
 
Uft factores biologicos o pre disponentes criminales
Uft factores biologicos o pre disponentes criminalesUft factores biologicos o pre disponentes criminales
Uft factores biologicos o pre disponentes criminales
 
Gordon Allport
Gordon AllportGordon Allport
Gordon Allport
 
Allport
AllportAllport
Allport
 
PERSONALIDAD CONCEPTOS Y TEORÍA -FANNY JEM WONG- SEMANA 1
PERSONALIDAD CONCEPTOS Y TEORÍA -FANNY JEM WONG- SEMANA 1PERSONALIDAD CONCEPTOS Y TEORÍA -FANNY JEM WONG- SEMANA 1
PERSONALIDAD CONCEPTOS Y TEORÍA -FANNY JEM WONG- SEMANA 1
 
Personalidad humanismo conductismo
Personalidad humanismo conductismoPersonalidad humanismo conductismo
Personalidad humanismo conductismo
 
T11 personalidad
T11 personalidadT11 personalidad
T11 personalidad
 
Psicoanalisis 2
Psicoanalisis 2Psicoanalisis 2
Psicoanalisis 2
 
Sentido numerico y_los_numeros Prof. Sylvia Mena
Sentido numerico y_los_numeros Prof. Sylvia Mena Sentido numerico y_los_numeros Prof. Sylvia Mena
Sentido numerico y_los_numeros Prof. Sylvia Mena
 
La personalidad falco g ina
La personalidad falco g inaLa personalidad falco g ina
La personalidad falco g ina
 
TEORIAS CONDUCTUALES DE LA PERSONALIDAD -FANNY JEM WONG - SEMANA 4
TEORIAS CONDUCTUALES DE LA PERSONALIDAD -FANNY JEM WONG - SEMANA 4TEORIAS CONDUCTUALES DE LA PERSONALIDAD -FANNY JEM WONG - SEMANA 4
TEORIAS CONDUCTUALES DE LA PERSONALIDAD -FANNY JEM WONG - SEMANA 4
 
Psicologia humanista
Psicologia humanistaPsicologia humanista
Psicologia humanista
 
Personalidad y estructuración de la personalidad criminal
Personalidad y estructuración de la personalidad criminalPersonalidad y estructuración de la personalidad criminal
Personalidad y estructuración de la personalidad criminal
 
Psicoanalisis
PsicoanalisisPsicoanalisis
Psicoanalisis
 
Humanismo O Psicologia Humanista
Humanismo O Psicologia HumanistaHumanismo O Psicologia Humanista
Humanismo O Psicologia Humanista
 
TEORIAS DE LA PERSONALIDAD ELLIS, BECK Y LAZARUS POR FANNY JEM WONG- SEMANA 5
TEORIAS DE LA PERSONALIDAD ELLIS, BECK Y LAZARUS   POR FANNY JEM WONG- SEMANA 5TEORIAS DE LA PERSONALIDAD ELLIS, BECK Y LAZARUS   POR FANNY JEM WONG- SEMANA 5
TEORIAS DE LA PERSONALIDAD ELLIS, BECK Y LAZARUS POR FANNY JEM WONG- SEMANA 5
 
Teoria del Psicoanalisis Interpersonal de karen Horney
Teoria del Psicoanalisis Interpersonal de karen HorneyTeoria del Psicoanalisis Interpersonal de karen Horney
Teoria del Psicoanalisis Interpersonal de karen Horney
 
Teoría de la personalidad arnold lazarus
Teoría de la personalidad  arnold lazarusTeoría de la personalidad  arnold lazarus
Teoría de la personalidad arnold lazarus
 
la psicología analítica de jung
la psicología analítica de jungla psicología analítica de jung
la psicología analítica de jung
 
Gordon allport
Gordon allportGordon allport
Gordon allport
 

Semelhante a Terapia Multimodal de Arnold Lazarus

O problema no Psicodiagnóstico
O problema no PsicodiagnósticoO problema no Psicodiagnóstico
O problema no Psicodiagnósticohelogaliza
 
Palestra PNL 2009 4h
Palestra PNL 2009 4hPalestra PNL 2009 4h
Palestra PNL 2009 4hJorge Elarrat
 
psicopatologia-e-semiologia-dos-transtornos-mentais_compress.pdf
psicopatologia-e-semiologia-dos-transtornos-mentais_compress.pdfpsicopatologia-e-semiologia-dos-transtornos-mentais_compress.pdf
psicopatologia-e-semiologia-dos-transtornos-mentais_compress.pdfTatiana340362
 
COMO LIDAR DOENTES DIFICEIS.GESTÃO CONFLITOS(1) [Reparado].pdf
COMO LIDAR DOENTES DIFICEIS.GESTÃO CONFLITOS(1) [Reparado].pdfCOMO LIDAR DOENTES DIFICEIS.GESTÃO CONFLITOS(1) [Reparado].pdf
COMO LIDAR DOENTES DIFICEIS.GESTÃO CONFLITOS(1) [Reparado].pdfGabinete De Psicologia
 
Aula 06 __a_percepcao_no_gerenciamento_de_pessoas
Aula 06 __a_percepcao_no_gerenciamento_de_pessoasAula 06 __a_percepcao_no_gerenciamento_de_pessoas
Aula 06 __a_percepcao_no_gerenciamento_de_pessoasgabriel silva
 
Apostila de programaçao neurolinguistica lair ribeiro - pnl(2)
Apostila de programaçao neurolinguistica   lair ribeiro - pnl(2)Apostila de programaçao neurolinguistica   lair ribeiro - pnl(2)
Apostila de programaçao neurolinguistica lair ribeiro - pnl(2)vanessa_campinas
 
Sonhos - um recurso clínico analítico-comportamental
Sonhos - um recurso clínico analítico-comportamentalSonhos - um recurso clínico analítico-comportamental
Sonhos - um recurso clínico analítico-comportamentalDenilso Paixão
 
Quando devo consultar um psicólogo?
Quando devo consultar um psicólogo?Quando devo consultar um psicólogo?
Quando devo consultar um psicólogo?Tookmed
 
Palestra na Residência em Psicologia UNIFESP 2016
Palestra na Residência em Psicologia UNIFESP 2016Palestra na Residência em Psicologia UNIFESP 2016
Palestra na Residência em Psicologia UNIFESP 2016Marcelo da Rocha Carvalho
 
Contribuições da Psicanálise para a Psicopedagogia
Contribuições da Psicanálise para a PsicopedagogiaContribuições da Psicanálise para a Psicopedagogia
Contribuições da Psicanálise para a PsicopedagogiaSergio Luis dos Santos Lima
 
Psicopatia e sociopatia
Psicopatia e sociopatiaPsicopatia e sociopatia
Psicopatia e sociopatiajaniramr
 
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
2020 07 -_arley_perfis_comportamentaisThayane Victoriano
 
Tratamento da Depressão em Terapia Comportamental e Cognitiva
Tratamento da Depressão em Terapia Comportamental e CognitivaTratamento da Depressão em Terapia Comportamental e Cognitiva
Tratamento da Depressão em Terapia Comportamental e CognitivaMarcelo da Rocha Carvalho
 
Neuro linguistica aplicada
Neuro linguistica aplicadaNeuro linguistica aplicada
Neuro linguistica aplicadaRobson S
 

Semelhante a Terapia Multimodal de Arnold Lazarus (20)

Amyris emotions isa15
Amyris emotions isa15Amyris emotions isa15
Amyris emotions isa15
 
O problema no Psicodiagnóstico
O problema no PsicodiagnósticoO problema no Psicodiagnóstico
O problema no Psicodiagnóstico
 
Palestra PNL 2009 4h
Palestra PNL 2009 4hPalestra PNL 2009 4h
Palestra PNL 2009 4h
 
psicopatologia-e-semiologia-dos-transtornos-mentais_compress.pdf
psicopatologia-e-semiologia-dos-transtornos-mentais_compress.pdfpsicopatologia-e-semiologia-dos-transtornos-mentais_compress.pdf
psicopatologia-e-semiologia-dos-transtornos-mentais_compress.pdf
 
Neurolinguística
NeurolinguísticaNeurolinguística
Neurolinguística
 
Modulo3
Modulo3Modulo3
Modulo3
 
COMO LIDAR DOENTES DIFICEIS.GESTÃO CONFLITOS(1) [Reparado].pdf
COMO LIDAR DOENTES DIFICEIS.GESTÃO CONFLITOS(1) [Reparado].pdfCOMO LIDAR DOENTES DIFICEIS.GESTÃO CONFLITOS(1) [Reparado].pdf
COMO LIDAR DOENTES DIFICEIS.GESTÃO CONFLITOS(1) [Reparado].pdf
 
Aula 06 __a_percepcao_no_gerenciamento_de_pessoas
Aula 06 __a_percepcao_no_gerenciamento_de_pessoasAula 06 __a_percepcao_no_gerenciamento_de_pessoas
Aula 06 __a_percepcao_no_gerenciamento_de_pessoas
 
Apostila de programaçao neurolinguistica lair ribeiro - pnl(2)
Apostila de programaçao neurolinguistica   lair ribeiro - pnl(2)Apostila de programaçao neurolinguistica   lair ribeiro - pnl(2)
Apostila de programaçao neurolinguistica lair ribeiro - pnl(2)
 
Curso técnico em segurança do trabalho
Curso técnico em segurança do trabalhoCurso técnico em segurança do trabalho
Curso técnico em segurança do trabalho
 
Aula de dinâmica de grupos
Aula de dinâmica de gruposAula de dinâmica de grupos
Aula de dinâmica de grupos
 
Sonhos - um recurso clínico analítico-comportamental
Sonhos - um recurso clínico analítico-comportamentalSonhos - um recurso clínico analítico-comportamental
Sonhos - um recurso clínico analítico-comportamental
 
Quando devo consultar um psicólogo?
Quando devo consultar um psicólogo?Quando devo consultar um psicólogo?
Quando devo consultar um psicólogo?
 
Palestra na Residência em Psicologia UNIFESP 2016
Palestra na Residência em Psicologia UNIFESP 2016Palestra na Residência em Psicologia UNIFESP 2016
Palestra na Residência em Psicologia UNIFESP 2016
 
Contribuições da Psicanálise para a Psicopedagogia
Contribuições da Psicanálise para a PsicopedagogiaContribuições da Psicanálise para a Psicopedagogia
Contribuições da Psicanálise para a Psicopedagogia
 
Psicopatia e sociopatia
Psicopatia e sociopatiaPsicopatia e sociopatia
Psicopatia e sociopatia
 
Introdução à Psicologia Jurídica
Introdução à Psicologia JurídicaIntrodução à Psicologia Jurídica
Introdução à Psicologia Jurídica
 
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
 
Tratamento da Depressão em Terapia Comportamental e Cognitiva
Tratamento da Depressão em Terapia Comportamental e CognitivaTratamento da Depressão em Terapia Comportamental e Cognitiva
Tratamento da Depressão em Terapia Comportamental e Cognitiva
 
Neuro linguistica aplicada
Neuro linguistica aplicadaNeuro linguistica aplicada
Neuro linguistica aplicada
 

Mais de Marcelo da Rocha Carvalho

Psicoterapia orientações aos psicoterapeutas
Psicoterapia orientações aos psicoterapeutasPsicoterapia orientações aos psicoterapeutas
Psicoterapia orientações aos psicoterapeutasMarcelo da Rocha Carvalho
 
Treino de habilidades sociais e terapia de casais
Treino de habilidades sociais e terapia de casaisTreino de habilidades sociais e terapia de casais
Treino de habilidades sociais e terapia de casaisMarcelo da Rocha Carvalho
 
Acompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia Cognitiva
Acompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia CognitivaAcompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia Cognitiva
Acompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia CognitivaMarcelo da Rocha Carvalho
 
É possível reduzir o impacto das adversidades na infância?
É possível reduzir o impacto das adversidades na infância? É possível reduzir o impacto das adversidades na infância?
É possível reduzir o impacto das adversidades na infância? Marcelo da Rocha Carvalho
 
COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...
COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...
COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...Marcelo da Rocha Carvalho
 
Anorexia, bulimia e os Transtornos Alimentares: psicoterapia comportamental e...
Anorexia, bulimia e os Transtornos Alimentares: psicoterapia comportamental e...Anorexia, bulimia e os Transtornos Alimentares: psicoterapia comportamental e...
Anorexia, bulimia e os Transtornos Alimentares: psicoterapia comportamental e...Marcelo da Rocha Carvalho
 
Psicoterapia para funcionários a pedido da empresa
Psicoterapia para funcionários a pedido da empresaPsicoterapia para funcionários a pedido da empresa
Psicoterapia para funcionários a pedido da empresaMarcelo da Rocha Carvalho
 
Terapia Racional Emotiva Comportamental: visão geral.
Terapia Racional Emotiva Comportamental: visão geral.Terapia Racional Emotiva Comportamental: visão geral.
Terapia Racional Emotiva Comportamental: visão geral.Marcelo da Rocha Carvalho
 
Terapia Comportamental-Cognitiva(TCC) e Arteterapia
Terapia Comportamental-Cognitiva(TCC) e ArteterapiaTerapia Comportamental-Cognitiva(TCC) e Arteterapia
Terapia Comportamental-Cognitiva(TCC) e ArteterapiaMarcelo da Rocha Carvalho
 

Mais de Marcelo da Rocha Carvalho (20)

Psicoterapia orientações aos psicoterapeutas
Psicoterapia orientações aos psicoterapeutasPsicoterapia orientações aos psicoterapeutas
Psicoterapia orientações aos psicoterapeutas
 
Transtornos Alimentares e Psicoterapia
Transtornos Alimentares e PsicoterapiaTranstornos Alimentares e Psicoterapia
Transtornos Alimentares e Psicoterapia
 
Treino de habilidades sociais e terapia de casais
Treino de habilidades sociais e terapia de casaisTreino de habilidades sociais e terapia de casais
Treino de habilidades sociais e terapia de casais
 
Suicídio: aspectos preventivos e TCC
Suicídio: aspectos preventivos e TCCSuicídio: aspectos preventivos e TCC
Suicídio: aspectos preventivos e TCC
 
Acompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia Cognitiva
Acompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia CognitivaAcompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia Cognitiva
Acompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia Cognitiva
 
É possível reduzir o impacto das adversidades na infância?
É possível reduzir o impacto das adversidades na infância? É possível reduzir o impacto das adversidades na infância?
É possível reduzir o impacto das adversidades na infância?
 
COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...
COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...
COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...
 
Anorexia, bulimia e os Transtornos Alimentares: psicoterapia comportamental e...
Anorexia, bulimia e os Transtornos Alimentares: psicoterapia comportamental e...Anorexia, bulimia e os Transtornos Alimentares: psicoterapia comportamental e...
Anorexia, bulimia e os Transtornos Alimentares: psicoterapia comportamental e...
 
Acompanhamento Terapêutico
Acompanhamento TerapêuticoAcompanhamento Terapêutico
Acompanhamento Terapêutico
 
Depressão Infância e Adolescência
Depressão Infância e AdolescênciaDepressão Infância e Adolescência
Depressão Infância e Adolescência
 
Psicoterapia para funcionários a pedido da empresa
Psicoterapia para funcionários a pedido da empresaPsicoterapia para funcionários a pedido da empresa
Psicoterapia para funcionários a pedido da empresa
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 
Ansiedade estratégias de tratamento em TCC
Ansiedade estratégias de tratamento em TCCAnsiedade estratégias de tratamento em TCC
Ansiedade estratégias de tratamento em TCC
 
Terapia Racional Emotiva Comportamental: visão geral.
Terapia Racional Emotiva Comportamental: visão geral.Terapia Racional Emotiva Comportamental: visão geral.
Terapia Racional Emotiva Comportamental: visão geral.
 
Karen horney e o pré-cognitivismo clínico
Karen horney e o pré-cognitivismo clínicoKaren horney e o pré-cognitivismo clínico
Karen horney e o pré-cognitivismo clínico
 
Terapia casal e TREC
Terapia casal e TRECTerapia casal e TREC
Terapia casal e TREC
 
CONCRIAD 2004, Limites nos tempos modernos.
CONCRIAD 2004, Limites nos tempos modernos.CONCRIAD 2004, Limites nos tempos modernos.
CONCRIAD 2004, Limites nos tempos modernos.
 
Terapia Comportamental-Cognitiva(TCC) e Arteterapia
Terapia Comportamental-Cognitiva(TCC) e ArteterapiaTerapia Comportamental-Cognitiva(TCC) e Arteterapia
Terapia Comportamental-Cognitiva(TCC) e Arteterapia
 
MBA - Saúde do Trabalhador, UNIFESP
MBA - Saúde do Trabalhador, UNIFESPMBA - Saúde do Trabalhador, UNIFESP
MBA - Saúde do Trabalhador, UNIFESP
 
Terapia Comportamental e Cognitiva Infantil
Terapia Comportamental e Cognitiva InfantilTerapia Comportamental e Cognitiva Infantil
Terapia Comportamental e Cognitiva Infantil
 

Terapia Multimodal de Arnold Lazarus

  • 1. Terapia Multimodal de Arnold Lazarus Marcelo da Rocha Carvalho
  • 2. Aspectos Gerais  Baseado em evidências  Assumes “parity”  Contra rótulos diagnósticos  Reconhece as multiplas dimensões de um evento.  Reconhece as interações entre as multiplas dimensões de um evento.
  • 3. Terapia Multimodal e suas observações sobre as pessoas  As pessoas:  Se movem.  Sentem.  Têm sensações.  Imaginam.  Pensam.  Se relacionam interpessoalmente.
  • 4. Personalidade e Terapia Multimodal  As personalidades são produtos de:  Behaviors/comportamentos  Affective processes/processos afetivos  Sensations/sensações  Images/imagens  Cognitions/cognições/pensamentos  Interpersonal relationships/relações interpessoais  Biological functions/funções biológicas
  • 5. Para deixar fixo na memória...  Behaviors  Affective processes  Sensations  Images  Cognitions  Interpersonal relationships  Drugs & other biological functions  = BASIC-ID
  • 6. Outras conclusões  A avaliação adequada da personalidade é importante para o tratamento.  A avaliação esquemática deverá ser:  Fácil de lembrar  Fácil de usar  E aponta para intervenções seguras e aplicáveis.
  • 7. Mais conclusões  O BASIC ID encontra critérios para um bom esquema  Localizando sistematicamente cada uma das 7 modalidades o comportamento se torna mais compreensivo  Localizando os problemas em cada uma das 7 modalidades isto levará ao progresso.
  • 8. Background Teórico  Condicionamento Clássico  Condiocionamento Operante  Teoria da Aprendizagem Social  Teoria Cognitiva, principalmente a TREC.
  • 9. Multimodal e o Inconsciente  The “unconscious” as an entity is iffy.  Pessoas tem diferentes graus de auto- conhecimento.  Estimulos não identificados podem influenciar pensamentos, sentimentos e comportamentos.
  • 10. Conceitos Básicos  Condicionamento Clássico e Operante  Modelação e processos vicários  Eventos privados  Processos não conscientes  Reações defensivas  Comunicação  Metacomunicação
  • 11. Análise funcional  Identificar  Estímulo antecedente  Variáveis orgânicas mediacionais  Variáveis das respostas observáveis  Conseqüências
  • 12. Second-order BASIC IDs  A análise do BASIC ID pode ser aplicada a qualquer problema identificado na primeira análise do BASIC ID.
  • 13. Usando BASIC ID  Identificar questões entre BASIC ID  Notar a modalidade primária  Contruir da modalidade primária  Notar a ordem disparada pela modalidade  Usar técnicas apropriadas a cada modalidade