Economia do SUL e outros quetais...

400 visualizações

Publicada em

Uma breve aula sobre aspectos econômicos do Sul do Brasil

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
400
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Economia do SUL e outros quetais...

  1. 1. Aspectos econômicos do Brasil
  2. 2. Sul - Agropecuária • Paraná  Solos fertéis de Terra roxa; • Voltado ao mercado interno e externo; – Escoado por Paranaguá.
  3. 3. Sul • W. de Santa Catarina  Cooperativas que produzem para grandes empresas; • Vale do Itajaí  Rizicultura.
  4. 4. Sul • Serra Gaúcha  Vitinicultura; • Campanha  Criação de gado bovino e ovino  raças Européias de boa qualidade;
  5. 5. Sul • NW/W do RS  Grande produção de grãos; • Maior produtividade do estado.
  6. 6. RS – Valor Bruto da Produção • Agropecuária representa mais de 8% do Valor Adicionado Bruto (VAB). • Agricultura representa mais de 61% do rendimento no setor agropecuário. • Sobre a concentração fundiária: 85,5% do total dos estabelecimentos do estado possuem menos de 50 hectares (e ocupam menos de 25% da área agricultável do estado.
  7. 7. RS
  8. 8. RS
  9. 9. RS - Soja Produção por continente (média 2009/2011)
  10. 10. RS - Soja Maiores produtores – média 2009/2001 (em toneladas)
  11. 11. RS - Soja
  12. 12. RS - Soja
  13. 13. RS - Arroz • A Ásia é o maior produtor de Soja do Mundo (com mais de 90%); • A América está em segundo, com apenas 5%; • O RS é o maior produtor do país; • Nota-se um aumento da produção no RS, graças ao uso de novas tecnologia (como uso de sementes de última geração e manejo do solo); • Atualmente as cidades com maior produtividade são Itaqui e Uruguaiana.
  14. 14. RS - Milho • O Brasil produz cerca de 6,5% de todo o Milho do planeta; • Superado apenas por EUA (37%) e China (21%); • O RS é o quarto maior produtor de Milho do país;
  15. 15. RS - Milho
  16. 16. RS - Silvicultura • O Anuário Estatístico 2011 da Associação Brasileira de Produtores de Florestas Plantadas - ABRAF, estima que o Brasil possui 7 milhões de hectares de florestas plantadas, dos quais 69% são de plantios de Eucaliptus; 23% de Pinus; e 7% de outros gêneros florestais. A Pesquisa da Produção da Extração Vegetal e da Silvicultura - PEVS do IBGE, que investiga, em todos os municípios brasileiros, os produtos oriundos do extrativismo vegetal e da silvicultura informa que a produção primária florestal, em 2011, atingiu um valor de produção da ordem de R$ 18,1 bilhões. A silvicultura contribuiu com 72% desse total, enquanto a extração vegetal participou com 27%. • O Rio Grande do Sul vem mantendo a sua participação na produção total de produtos da silvicultura no cenário brasileiro. No entanto, há uma tendência de aumento da sua participação a partir da instalação de novos empreendimentos previstos para os próximos anos. Atualmente na produção de carvão vegetal participa com pouco mais de 1% do total da produção brasileira; enquanto que na produção de lenha contribui com 27,7% ; na produção de madeira em toras com 5,9% e na produção de outros produtos (casca de acácia negra, folhas de eucalipto e resinas) com 54,3%.
  17. 17. Rebanho Bovino
  18. 18. Extrativismo mineral do Sul • Destaque para o Cobre, em Camaquã e Caçapava do Sul. • Chumbo, no Paraná. • Carvão Mineral, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul.
  19. 19. Extrativismo mineral do Sul • O Estado do Rio Grande do Sul apresenta variada configuração geológica, apresentando rochas que registram boa parte da história do planeta, com idades que vão de cerca de 2 bilhões a 500 milhões de anos, agrupadas no chamado Escudo Sul-Rio-grandense, que é a área que possui a maior presença de ocorrências de minerais com importância econômica. Na Depressão Periférica estão depositadas as rochas sedimentares do Carbonífero e Triássico (300-200 milhões de anos), que constituíram os grandes depósitos carboníferos gaúchos. No planalto basáltico, resultado de derrames fissurais de lava ocorridas no Cretáceo, a riqueza mineralógica não é tão grande, com exceção das áreas de presença de gemas como ametistas e ágatas. Na região litorânea estabeleceram-se os sedimentos mais recentes, que formam a Planície Costeira. • O Estado é produtor e exportador de pedras preciosas e ornamentais, destacando-se a ametista e a ágata, que têm qualidade gemológica superior e grande aceitação internacional. As rochas ornamentais (granitos e mármores) da mesma forma têm apresentado um aumento em sua demanda, com a produção concentrando-se no centro-sul do Estado. • O carvão constitui o principal bem mineral, com recursos totais da ordem de 28 bilhões de toneladas, que correspondem a 88% dos recursos de carvão do país. Atualmente, as maiores perspectivas para seu uso estão na geração termoelétrica e na extração de frações de carvão coqueificável para uso metalúrgico. O Rio Grande do Sul é, juntamente com Santa Catarina, o maior produtor de carvão mineral do Brasil, estando a produção anual em torno de 3,4 milhões de toneladas. Na região da Campanha, onde estão localizadas as maiores jazidas, as pesquisas realizadas para o aproveitamento da argila que ocorre junto a estas jazidas, mostraram um grande potencial de utilização econômica para fabricação de cerâmica.
  20. 20. Atividade Industrial na Região Sul
  21. 21. • No RS, a indústria é responsável por 29,5% da economia. • Destaque para o setor agroindustrial (que inclui indústrias de alimentos e bebidas), o setor coureiro-calçadista, o complexo químico, o complexo metal mecânico.
  22. 22. Sistema de transportes da Região Sul
  23. 23. • Como em grande parte do Brasil, o transporte rodoviário é o maior destaque. • As principais rodovias do Sul fazem parte do sistema de rodovias federais (as chamadas BR’s). • Algumas dessas rodovias federais ligam o Sul ao Nordeste (cortando todo o território Brasileiro). • O transporte ferroviário é privado e, na região Sul, é monopolizado pelas empresas América Latina Logística, Ferrovia Teresa Cristina (FTC S/A) e a Ferropar. • O transporte hidroviário recebe destaque através dos portos que servem como corredores de exportação (Caso de Rio Grande e Paranaguá). Lembrando que no Brasil cerca de 60% dos transportes de mercadorias são feitos através de rodovias.
  24. 24. Modal de transportes no Brasil
  25. 25. Modal de transportes no RS

×