O CoM AÇÃO proporcionará para no máximo 150 participantes vivência, reflexão, análise e apli-        cação em um encontro ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

1º Encontro de Coaching & Mentoring em AÇÃO

861 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
861
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1º Encontro de Coaching & Mentoring em AÇÃO

  1. 1. O CoM AÇÃO proporcionará para no máximo 150 participantes vivência, reflexão, análise e apli- cação em um encontro que apresenta estrutura com início, meio e fim estabelecidos com propósito, onde o aproveitamento máximo ocorrerá com a presença efetiva em todas as fases. A informação clara e uma abordagem ampla de perspectivas práticas e teóricas pode oferecer um terreno fértil para semear o Coaching como uma possibilidade de desenvolvimento. va-se até Inscre m valor 30/6 co nal Propósito: io promoc • Enfatizar a importância do contexto e cultura como base e foco em todas as abordagens de Coaching; • Investigar como diferentes abordagens de Coaching resultam em diferentes Culturas; • Refletir sobre a herança cultural que cada profissional traz para o próprio trabalho de Coaching e • Aplicar a própria herança cultural no Coaching. Local: Porto Alegre - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) Informações: comacao@acaoincoaching.com.br Inscrições online: www.acaoincoaching.com.br/comacao/ Palestrantes confirmados: Rosemary Napper Bernd Schmid William H. Holloway Andreza De Barros Carolina Feltrin Débora Pereira Ribeiro Gabriela Pezzi Gisèle Mousquer Jaqueline Mânica João Luiz Cortez John Leary-Joyce Joice Liz Kátia Frota Marcelo B. C. Saldanha Margarete De Boni Mariana Guimarães e Silva Nielse Maluf Renato Morandi Rosa R. Krausz Vera Martins Coaching Cognitivo Comportamental Marcelo B. Cassales Saldanha é diretor da Coach Consultoria em Desenvolvimento Humano, Mestrando em Psicologia na UFRGS (Capes 7), Psicólogo formado na PUCRS, Especialista em Gestão Empresarial pela UFRGS e Especialista em Psicologia Cognitivo- Comportamental pela WP Centro de Terapias Cognitivo-Comportamentais. Coach Master (Level 7) certificado internacionalmente pelo Institute of Leadership and Management (ILM) de Londres. Personal e Self Coach certificado internacionalmente pela Euro- pean Coaching Association (ECA) e Global Coaching Community (GCC). Como consultor atua em projetos de apoio a gestão estratégica, assim como no desenvolvimento de profissionais. É expert nas áreas de Psicologia Organizacional, Psicologia Cognitivo- Comportamental, Gestão de Pessoas, Gestão Empresarial e Coaching Cognitivo-Comportamental. Como Coach, além de sua ampla atuação em território brasileiro, implementou projetos de abrangência internacional, já tendo atuado na Europa e America do Norte. Dia Horário Atividade Abertura do I CoM AÇÃO 19:00 as Convidamos os participantes para co-criar uma Cultura de Coaching durante o I CoM AÇÃO e a partir desta experiência encontrar a 19:30 própria forma de contribuir para o desenvolvimento do SER através da abordagem de Coaching nos diferentes ambientes sociais. William H. Holloway • Uma História de Desenvolvimento Profissional23/Ago 19:30 as Rosemary Napper conversará com William H. Holloway sobre aspectos do desenvolvimento profissional dele nas áreas de psicotera-(quinta) pia, counselling, coaching e mentoring: 20:30 - O que fez para manter seu desenvolvimento? - Que experiência teve recebendo Coaching e Mentoring ao longo do seu caminho? - Para você é vital a abordagem sistêmica. Como ela surgiu para você? - Qual a relação entre Neurociência e Coaching no seu trabalho? 20:30 as Coquetel Boas Vindas 21:30 Será oferecido um coquetel a todos os participantes inscritos e convidados no I CoM AÇÃO. Rosemary Napper • Poder Psicológico da Cultura 8:30 as Bernd Schmid entrevistará Rosemary Napper sobre como ela entende Cultura e usa essa compreensão em Coaching. 10:30 Bernd Schmid • Criando Culturas de Coaching Rosemary Napper entrevistará Bernd Schmid sobre sua visão de Coaching Sistêmico. 10:30 as Intervalo 11:00 Bernd Schmid e Rosemary Napper • Desenvolvendo seu papel como Coach Workshop 11:00 as 12:30 Bernd Schmid usará ‘imagens guiadas” para que os participantes, individualmente, possam visualizar suas necessidades de aprendiza- gem, objetivos individuais no I CoM AÇÃO e criar os próprios mapas de aprendizagem. Rosemary Napper usará conversas estruturadas para consolidar as necessidades dos participantes no papel de Coach em grupos. 12:30 as Almoço 14:00 Rosa Krausz • Coaching Executivo Empresarial - Uma intervenção transformadora Serão apresentados e debatidos com os participantes os aspectos que distinguem o Coaching Executivo e Empresarial, considerado uma intervenção realizada no contexto de sistemas sociais complexos cujas especificidades impactam  a qualidade e  sustentabilidade dos resultados. Marcelo Saldanha e Débora Ribeiro • Coaching Cognitivo Comportamental O Coaching Cognitivo-Comportamental que será apresentado, baseia-se na consideração de pilares fundamentais para que o Pro- cesso de Coaching se mostre efetivo e cientificamente validado. Será apresentado com base na experiência adquirida aplicando esta abordagem em estruturas macro e micro do Processo de Coaching. Nielse Maluf • Coaching em Liderança Sustentável Líderes sustentáveis que desenvolvem novos modelos mentais tem maior probabilidade de criar valor econômico, ambiental e relacional. Neste cenário o Coaching sustenta processos de ressignificação do trabalho e entendimentos dos novos “porquês” subjacentes ao “o quê”. O Coaching no cenário de gestão sustentável objetiva “Ampliação Sistêmica”, conforme sugere Senge, preparando os líderes para navegar em organizações de crescente complexidade. Assim, semeamos o futuro. Jaqueline Mânica • A prática de estranhar o familiar, de pensar o desvio nas relações de Coaching Por mais que se tenha a intenção de ser vigilante, quanto aos compromissos assumidos de estar trabalhando para o bem estar das pes- soas e dos trabalhadores, quando se tem uma escolha profissional de estar nas ciências humanas, isto não nos isenta de embaçar nossas lentes da percepção quanto ao que nos rodeia e à nossa prática profissional. Existe, então, a necessidade de questionar e problemati- zar nossa atuação profissional. Poder pensar onde estão as possibilidades de desvio na atividade de Coach é uma atividade que exige24/Ago exercício árduo de aproximação com a atividade, de questionar hábitos, as práticas, as necessidades e o contexto que a envolve. Supor(sexta) que pode haver uma ação perversa nesta relação é realmente ansiogênico, pois pensar que no momento em que a relação Coach e Coachee acontece, o profissional pode muitas vezes colocar sua necessidade a frente das necessidades da pessoa que está buscando o serviço. Supor que está ação pode ser entendida como um ato de violência é realmente desacomodar. William H. Holloway • Neurobiologia do Bem-Estar 14:00 as Workshop 17:00 Desenvolvimentos em microbiologia e imagens do cérebro abriram novas perspectivas para os profissionais da área de desenvolvimento humano.  Hoje, muito mais se sabe sobre percepção, memória, aprendizagem e da interação entre cérebro e relacionamen-tos.  Como resultado, é possível  compreender melhor o processo mútuo de mudança  que ocorre no Coaching e, apresentado com uma linguagem acessível, esse entendimento irá melhorar a facilitação da obtenção de metas preferenciais do cliente.  João Luiz Cortez • Coaching com PNL A Programação Neurolinguística (PNL) é conhecida como a ciência da excelência humana e baseia-se na pressuposição de que se alguém realiza uma atividade com sucesso qualquer pessoa pode realizar também. Para isto é necessário “modelar” esta pessoa que atinge seus objetivos e verificar quais são as diferenças que fazem a diferença em um processo que envolve não só o comportamento, mas também ambiente, capacidades, crenças, valores, identidade e uma conexão espiritual. Associada ao Coaching a PNL torna-se um processo extremamente eficaz na ampliação de percepções, otimização de potenciais e, consequentemente, conquista de objetivos. Nesta Oficina serão apresentados conceitos de PNL e como eles se aplicam em um processo de Coaching. Os participantes terão a opor- tunidade de experimentar alguns dos modelos apresentados e tirar suas próprias conclusões e aprendizados a partir desta prática. Gisèle Mousquer • Coaching Intercultural Workshop Cada um de nós traz consigo heranças e aprendizados culturais sejam da cultura nacional, regional, familiar ou organizacional. Particularmente a cultura nacional quando confrontada em suas diferenças, muitas vezes é subestimada em sua complexidade. O ambiente multicultural é um grande desafio para quem está inserido nele. Qual a importância dessa complexidade na abordagem do coach em sua prática? O que é o coaching inter- cultural? Convido a exercitar e experimentar essa complexidade do mundo intercultural. John Leary-Joyce e Mariana Guimarães e Silva • Gestalt Coaching Workshop É a qualidade do relacionamento no Coaching que tem a maior influência na mudança. É importante como você maximiza essa relação, traz sua presen- ça para a sessão e a coloca a serviço do Coachee enquanto permanece na agenda do próprio Coachee. Neste workshop serão cobertos princípios básicos do Coaching Relacional com Gestalt e será demonstrado uma técnica básica que você pode utilizar na sua prática. Você poderá compreender como usar sua própria experiência pessoal na sessão de Coaching para aprofundar o relacionamento enquanto trabalham a agenda do Coachee. 17:00 as Intervalo 17:15 Bernd Schmid e Rosemary Napper • O que está emergindo? 17:15 as Rosemary Napper e Bernd Schmid revisarão o que emergiu durante o dia convidando os participantes para trazerem suas considera- 18:30 ções, construírem significado e tornarem-se agentes no desenvolvimento de Culturas de Coaching. Bernd Schmid e Rosemary Napper • Coaching: Processo Contínuo de Aprendizado e Mudança 8:30 as Rosemary Nappper: uma perspectiva de Coaching através do Processo de Aprendizagem e conceitos de andragogia. 10:00 Bernd Schmid: ‘Efetividade Profissional’ - conhecimento, competência comportamental, atitudes, estilo pessoal e comunidades profissionais. 10:00 as Intervalo 10:30 Andreza De Barros e Carolina Feltrin • Criando Cultura de Coaching Interno e Externo em uma Organização Filantrópica Case Grupo Marista - Divisão APC Apresentação do case do Grupo Marista iniciado na Divisão APC em 2007, com o objetivo de fortalecer as lideranças e prepará-los para futuro cenário da Organização. O Processo de Coaching é uma abordagem adotada para desenvolvimento dos profissionais nas funções que exercem, acontece de forma espontânea através de iniciativa voluntária ou convite tanto da liderança média (Coaching Interno) quanto do grupo executivo (Coaching Externo). Gabriela Pezzi e Kátia Frota • Programa de Mentoring - Compartilhar para Crescer Case UNIMED Apresentação do case corporativo da Unimed Porto Alegre instituído em 2009 com a finalidade de estimular o desenvolvimento profissional e psicossocial de seus colaboradores, bem como possibilitar através desta ferramenta a descentralização da orientação para o desenvolvimento de carreira. O modelo implantado na cooperativa é simultaneamente formal e flexível, atende a todos os níveis funcionais através de uma adesão voluntária tanto dos mentores e mentorados, possui o seu regulamento com critérios para a adesão, capacitação dos mentores e acom- panhamento dos mentorados. Joice Farina de Liz • Coaching para Transição de Carreira 10:30 as Workshop 13:00 O Processo de Coaching nesta abordagem convida o participante a refletir sobre sua carreira e criar perspectivas assumindo um papel 25/Ago ativo nas suas escolhas, desenhando seu futuro profissional.(sábado) Margarete De Boni e Renato Morandi • Coaching Relacional Apresentaremos o “Coaching Relacional” como um método que enfatiza o processo de Coaching como um relacionamento baseado no contato e orientado para o desenvolvimento. O “Coaching Relacional” busca que o Coachee se torne consciente e assimile os conteúdos de sua personalidade, para desenvolver um senso de si que diminua a necessidade de mecanismos de defesa e padrões de comportamento, reengajando no mundo e em relacionamentos com pleno contato. Baseado em sólido referencial teórico o Coaching Relacional propõe a integração de teorias, trazendo junto o afetivo, cognitivo, comportamental, fisiológico e abordagens sistêmicas para o Coaching. Os conceitos são usados na perspectiva do desenvolvimento humano, onde cada fase da vida apresenta tarefas de desenvolvimento, sensibilidade necessária, crises e oportunidades para novos aprendizados. Vera Martins • O Coaching Beseado na Neurociência Workshop Por que o cérebro precisa de Coaching? A neurociência tem mostrado que mudar é bem mais difícil do que imaginamos, pois a mu- dança exige mais do que um pensamento; ela requer atenção constante e um empenho significativo da força de vontade. A metodo- logia da NeuroCoaching® da RCS, criada por David Rock, baseia-se em conceitos neurocientíficos sobre o funcionamento do cérebro humano. É constituída por uma sólida estrutura teórica que explica como e porque o Coaching funciona, com uma didática também alinhada à maneira como o cérebro aprende. 13:00 as Brunch 14:00 Todos os participantes estão convidados. Bernd Schmid e Rosemary Napper • Mapas de Aprendizagem Consolidando Cultura 14:00 as Bernd Schmid fechará os mapas de aprendizagem que os participantes elaboraram no início do segundo dia. 16:30 Rosemary Napper incentivará os participantes a semearem presença e atenção para trazerem o que é importante na Criação de Cultu- ras de Coaching & Mentoring. Encerramento 16:30 as Encerramentos são tão importantes quanto aberturas de Processos de Coaching. Aqui os participantes serão convidados a finalizarem 17:00 sua participação no I CoM AÇÃO.

×