O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Modelo de Concepção de PA - Distribuição.pdf

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 30 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Mais de Marcel Gois (20)

Mais recentes (20)

Anúncio

Modelo de Concepção de PA - Distribuição.pdf

  1. 1. ETAPA DE DISTRIBUIÇÃO MODELO DE CONCEPÇÃO DE PRODUTOS ASSISTIVOS
  2. 2. AGENDA DISTRIBUIÇÃO E O MODELO Visão Geral FABRICAÇÃO E MONTAGEM Atividade EMBALAGEM E LOGÍSTICA Atividade ABORDAGEM DE VENDAS Atividade MONITORAR O PÓS-VENDA Atividade
  3. 3. PROCESSO DE CONCEPÇÃO DE PRODUTOS ASSISTIVOS
  4. 4. O MODELO DE CONCEPÇÃO DE PRODUTOS ASSISTIVOS ENTRADAS SAÍDAS DESCOBERTA DEFINIÇÃO DESENVOLVIMENT O DISTRIBUIÇÃO CONCEPÇÃO CENTRADA NO VALOR PARA O USUÁRIO EXPLORAÇÃO SIMULTÂNEA DE ALTERNATIVAS DE SOLUÇÃO PADRONIZAÇÃO DE PRODUTO E PROCESSO
  5. 5. A QUARTA ETAPA DO MÉTODO DE CONCEPÇÃO É RESPONSÁVEL PELA INTERFACE ENTRE A EMPRESA E O USUÁRIO, PROJETANDO OS SISTEMAS DE FABRICAÇÃO, MONTAGEM, EMBALAGEM, DISTRIBUIÇÃO, VENDAS E PÓS-VENDAS DO PA, DEFININDO A INFLUÊNCIA DO USUÁRIO NAS CONFIGURAÇÕES DO PA FINAL ETAPA DE DISTRIBUIÇÃO
  6. 6. DISTRIBUIÇÃO O B J E T I V O D A E T A P A D E D I S T R I B U I Ç Ã O OS PROJETISTAS DEVEM PROCURAR RESPONDER Quais os processos de fabricação e montagem do produto? Onde será realizada a diferenciação do produto? Embalagem e forma de distribuição do são adequadas à sua natureza e às esperas do usuário? O que devemos colher de informações dos usuários dos produtos de modo a melhorá-lo?
  7. 7. ATIVIDADES DA ETAPA DE DISTRIBUIÇÃO FABRICAÇÃO E MONTAGEM ABORDAGEM DE VENDAS a a A - A MONITORAR AS VENDAS EMBALAGEM E LOGÍSTICA
  8. 8. A maior parte dos produtos é inserida em instalações existentes, assim os produtos devem ter sido projetados levando em conta as características dos processos existentes. Embora haja espaço para inovação em fabricação e montagem FABRICAÇÃO E MONTAGEM MODELO TEÓRICO
  9. 9. FABRICAÇÃO E MONTAGEM OPERAÇÕES NECESSÁRIAS SEQUÊNCIA O produto foi projetado para um determinado nível de personalização (harmonizando volume e variedade) É necessário entender as operações necessárias à realização do projeto, incluindo essa complexidade DISTRIBUIÇÃO FABRICAÇÃO E MONTAGEM OPERAÇÕES NECESSÁRIAS SEQUÊNCIA ATUALIZAÇÃO TECNOLÓGICA COMPETÊNCIAS DO PESSOAL REORGANIZAÇÃO DO SISTEMA ENTRADAS Dossiê completo do produto Relatórios de avaliação Dimensões de valor SAÍDAS Processo de fabricação e montagem Fabricação Montagem ... ... ... ... A11 A12 A1j ... Linha de montagem 1 Ak1 Ak2 Akj ... Linha de montagem 2 Departamento 1 Departamento 2 Departamento p F11 F12 F1n ... F21 F22 F2m ... ... ... ... ... Fp1 Fp2 Fpq ... Setor 11 Setor 1s Usine
  10. 10. FABRICAÇÃO E MONTAGEM ATUALIZAÇÃO TECNOLÓGICA Quando o novo produto requer uma nova tecnologia de fabricação é necessário atualizar a planta (máquinas, equipamentos, softwares...) Essa atividade demanda tempo entre a identificação da necessidade e a instalação e colocação em uso dos recursos (prever e antecipar) DISTRIBUIÇÃO FABRICAÇÃO E MONTAGEM OPERAÇÕES NECESSÁRIAS SEQUÊNCIA ATUALIZAÇÃO TECNOLÓGICA COMPETÊNCIAS DO PESSOAL REORGANIZAÇÃO DO SISTEMA ENTRADAS Dossiê completo do produto Relatórios de avaliação Dimensões de valor SAÍDAS Processo de fabricação e montagem
  11. 11. FABRICAÇÃO E MONTAGEM COMPETÊNCIAS DO PESSOAL É necessário preparar os operadores para o uso de novas tecnologias, aprender novas operações, métodos de trabalho, etc. Essa tarefa está muito relacionada a treinar e contratar pessoas DISTRIBUIÇÃO FABRICAÇÃO E MONTAGEM OPERAÇÕES NECESSÁRIAS SEQUÊNCIA ATUALIZAÇÃO TECNOLÓGICA COMPETÊNCIAS DO PESSOAL REORGANIZAÇÃO DO SISTEMA ENTRADAS Dossiê completo do produto Relatórios de avaliação Dimensões de valor SAÍDAS Processo de fabricação e montagem
  12. 12. FABRICAÇÃO E MONTAGEM REORGANIZAÇÃO DO SISTEMA Identifique indivíduos qualificados para executar uma variedade de operações Organização física dos recursos no espaço de fabricação e montagem e outros aspectos que devem ser considerados para responder às PCDs Proceder aos testes do sistema através da fabricação e montagem dos lotes-piloto e a realização do acabamento de todos os detalhes. DISTRIBUIÇÃO FABRICAÇÃO E MONTAGEM OPERAÇÕES NECESSÁRIAS SEQUÊNCIA ATUALIZAÇÃO TECNOLÓGICA COMPETÊNCIAS DO PESSOAL REORGANIZAÇÃO DO SISTEMA ENTRADAS Dossiê completo do produto Relatórios de avaliação Dimensões de valor SAÍDAS Processo de fabricação e montagem
  13. 13. Após produzir o produto é necessário fazer com que ele chegue ao usuário através da embalagem e logística. Em nosso modelo, esses processos também podem ser usados para garantir variedade na oferta de PA EMBALAGEM E LOGÍSTICA
  14. 14. ATIVIDADES DA ETAPA DE DISTRIBUIÇÃO FABRICAÇÃO E MONTAGEM ABORDAGEM DE VENDAS a a A - A MONITORAR AS VENDAS EMBALAGEM E LOGÍSTICA
  15. 15. EMBALAGEM E LOGÍSTICA PROJETO DE EMBALAGENS A embalagem do produto inclui questões como tipo de produto, materiais, transporte, prazo de validade do produto e etc. O nosso o interesse está mais relacionado ao local de ocorrência da embalagem e às variedades de produto que podem ser oferecidas. DISTRIBUIÇÃO EMBALAGEM E LOGÍSTICA PROJETO DE EMBALAGENS PROCESSO DE EMBALAGEM DEFINIR CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO DEFINIR OS PROCESSOS LOGÍSTICOS ENTRADAS Dossiê do produto Dimensões de valor Fabricação e montagem SAÍDAS Sistemas de embalagem e de distribuição Fornecedor Montador Montagem Fabricante Projeto Fabricação Distribuidor Personalização adicional Serviços adicionais Embalagem e Distribuição PCD Uso Padronização Processo de embalagem NÍVEIS DE PERSONALIZAÇÃO CADEIA DE SUPRIMENTOS
  16. 16. EMBALAGEM E LOGÍSTICA PROCESSO DE EMBALAGEM Ao falar de embalagem indicamos não apenas como ele ocorre, mas onde ele o ocorre e o que ele pode agregar de variedade na oferta Os locais de distribuição podem ser considerados armazenamento intermediário, mas também podem ▪ serem locais em que pedidos individuais são empacotados em pacotes personalizados ▪ serem locais de vendas nos quais a personalização adicional ou o serviço adicional no PA pode ser oferecido DISTRIBUIÇÃO EMBALAGEM E LOGÍSTICA PROJETO DE EMBALAGENS PROCESSO DE EMBALAGEM DEFINIR CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO DEFINIR OS PROCESSOS LOGÍSTICOS ENTRADAS Dossiê do produto Dimensões de valor Fabricação e montagem SAÍDAS Sistemas de embalagem e de distribuição
  17. 17. EMBALAGEM E LOGÍSTICA CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO E PROCESSOS LOGÍSTICOS A última parte da atividade está relacionada às empresas implicadas ao longo da cadeia, os deslocamentos realizadas, volumes transportados... DISTRIBUIÇÃO EMBALAGEM E LOGÍSTICA PROJETO DE EMBALAGENS PROCESSO DE EMBALAGEM DEFINIR CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO DEFINIR OS PROCESSOS LOGÍSTICOS ENTRADAS Dossiê do produto Dimensões de valor Fabricação e montagem SAÍDAS Sistemas de embalagem e de distribuição
  18. 18. Especial atenção deve ser dada ao processo de personalização do produto no momento da venda, seja através de vendas presenciais em uma loja ou através de uma venda em ambientes virtuais ABORDAGEM DE VENDAS
  19. 19. ATIVIDADES DA ETAPA DE DISTRIBUIÇÃO FABRICAÇÃO E MONTAGEM ABORDAGEM DE VENDAS a a A - A MONITORAR AS VENDAS EMBALAGEM E LOGÍSTICA
  20. 20. ABORDAGEM DE VENDAS DEFINIR DOS CANAIS DE VENDA O usuário e sua família devem ser capazes de configurar ou ajustar os produtos às suas necessidades e desejos Este é o momento de definir o tipo de venda (direta ou indireta; presencial ou virtual) DISTRIBUIÇÃO ABORDAGEM DE VENDAS ENTRADAS Dossiê do produto Dimensões de valor Fabricação e montagem Sistemas de embalagem e de distribuição SAÍDAS Serviços associados DEFINIR DOS CANIAS DE VENDA SERVIÇOS ASSOCIADOS AO PA FORMAÇÃO DOS VENDEDORES PUBLICIDADE DO PRODUTO
  21. 21. ABORDAGEM DE VENDAS SERVIÇOS ASSOCIADOS AO PA Alguns serviços são importantes: Ajuste do PA durante a venda, montagem de componentes que adicionam funcionalidade ou estilo, manutenção de PA (prevenção ou após falha), permitir testes para os usuários, o treinamento com o uso ou a instalação DISTRIBUIÇÃO ABORDAGEM DE VENDAS ENTRADAS Dossiê do produto Dimensões de valor Fabricação e montagem Sistemas de embalagem e de distribuição SAÍDAS Processos de venda DEFINIR DOS CANIAS DE VENDA SERVIÇOS ASSOCIADOS AO PA FORMAÇÃO DOS VENDEDORES PUBLICIDADE DO PRODUTO
  22. 22. ABORDAGEM DE VENDAS FORMAÇÃO DOS VENDEDORES Não basta conhecer o produto e suas funções e variedades É necessário atender o público de PCD de maneira humanizada (compreender) Garantir que o PA oferecido responda ao perfil do usuário DISTRIBUIÇÃO ABORDAGEM DE VENDAS ENTRADAS Dossiê do produto Dimensões de valor Fabricação e montagem Sistemas de embalagem e de distribuição SAÍDAS Processos de venda DEFINIR DOS CANIAS DE VENDA SERVIÇOS ASSOCIADOS AO PA FORMAÇÃO DOS VENDEDORES PUBLICIDADE DO PRODUTO
  23. 23. ABORDAGEM DE VENDAS PUBLICIDADE DO PRODUTO No contexto da deficiência, a publicidade tem algumas características especiais, quer em termos do conteúdo dos spots publicitários, quer em relação aos meios utilizados para a comunicação. DISTRIBUIÇÃO ABORDAGEM DE VENDAS ENTRADAS Dossiê do produto Dimensões de valor Fabricação e montagem Sistemas de embalagem e de distribuição SAÍDAS Processos de venda DEFINIR DOS CANIAS DE VENDA SERVIÇOS ASSOCIADOS AO PA FORMAÇÃO DOS VENDEDORES PUBLICIDADE DO PRODUTO
  24. 24. VENDAS MONITORAR AS Finalmente é recomendado o desenho de um processo para a monitorar a satisfação das PCD com o PA em uso. Este processo é vital no contexto da deficiência, porque as necessidades podem evoluir durante o uso.
  25. 25. ATIVIDADES DA ETAPA DE DISTRIBUIÇÃO FABRICAÇÃO E MONTAGEM ABORDAGEM DE VENDAS a a A - A MONITORAR AS VENDAS EMBALAGEM E LOGÍSTICA
  26. 26. MONITORAR AS VENDAS CRIAÇÃO DE CANAIS DE COMUNICAÇÃO Os canais de vendas devem ser uma boa maneira de coletar informações sobre as PCD O uso de configuradores via internet pode ser uma boa fonte de informações TEXTO Texto DISTRIBUIÇÃO DOCUMENTAÇÃO DO PRODUTO ENTRADAS Dossiê do produto Fabricação e montagem Embalagem e de distribuição Dados de vendas SAÍDAS Melhoria contínua no processo de concepção CRIAÇÃO DE CANAIS DE COMUNICAÇÃO PROCESSOS DE MANUTENÇÃO DO PA ATELIERS DE CO-DESIGN PROPOSIÇÕES À INCORPORAR
  27. 27. MONITORAR AS VENDAS PROCESSOS DE MANUTENÇÃO DO PA A manutenção dos PAs é uma fonte de infos sobre seus pontos fortes e fracos Esse processo é importante para identificar mudanças nas necessidades TEXTO Texto DISTRIBUIÇÃO DOCUMENTAÇÃO DO PRODUTO ENTRADAS Dossiê do produto Fabricação e montagem Embalagem e de distribuição Dados de vendas SAÍDAS Melhoria contínua no processo de concepção CRIAÇÃO DE CANAIS DE COMUNICAÇÃO PROCESSOS DE MANUTENÇÃO DO PA ATELIERS DE CO-DESIGN PROPOSIÇÕES À INCORPORAR
  28. 28. MONITORAR AS VENDAS ATELIERS DE CO-DESIGN O co-design e oficinas de bricolagem são propostos (reparos ou adaptações) É possível personalizar o PA a partir de um novo design (peças ou módulos) TEXTO Texto DISTRIBUIÇÃO DOCUMENTAÇÃO DO PRODUTO ENTRADAS Dossiê do produto Fabricação e montagem Embalagem e de distribuição Dados de vendas SAÍDAS Melhoria contínua no processo de concepção CRIAÇÃO DE CANAIS DE COMUNICAÇÃO PROCESSOS DE MANUTENÇÃO DO PA ATELIERS DE CO-DESIGN PROPOSIÇÕES À INCORPORAR
  29. 29. MONITORAR AS VENDAS PROPOSIÇÕES À INCORPORAR Todos os processos de monitoramento pós-vendas pode atrair muitas informações para novos PA TEXTO Texto DISTRIBUIÇÃO DOCUMENTAÇÃO DO PRODUTO ENTRADAS Dossiê do produto Fabricação e montagem Embalagem e de distribuição Dados de vendas SAÍDAS Melhoria contínua no processo de concepção CRIAÇÃO DE CANAIS DE COMUNICAÇÃO PROCESSOS DE MANUTENÇÃO DO PA ATELIERS DE CO-DESIGN PROPOSIÇÕES À INCORPORAR
  30. 30. ETAPA DE DISTRIBUIÇÃO MODELO DE CONCEPÇÃO DE PRODUTOS ASSISTIVOS

×