Apresentação seminário cn pq fapesp_maio2011

529 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
529
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação seminário cn pq fapesp_maio2011

  1. 1. INTERAÇÃO ELETRAMENTOS NA PRÁTICA DO BLOGGING Marcela Lima IEL/UNICAMP Integrante do grupo de pesquisa CNPq “Práticas de escrita e de reflexões sobre a escrita em diferentes mídias” Orientadora: Profa. Dra. Inês Signorini
  2. 2. OBJETIVO GERALInvestigar a relação entre práticas letradas e interaçõesinterpessoais na produção (criação e manutenção) deblogs pessoais temáticos (patrocinados ou não) e naconstrução de identidades blogueiras.
  3. 3. PREMISSAS TEÓRICASDo ponto de vista do uso da língua(gem), os blogs sãotomados aqui como produtos textuais múltiplos,multissemióticos e multimodais, nunca acabados, de umprocesso contínuo de interações entre blogueiros e seusvariados interlocutores, construídas no âmbito de umaprática social específica: a prática do blogging.Concepção interacionista de linguagem.
  4. 4. PERGUNTAS (INICIAIS) DE PESQUISA1. Quais são práticas letradas que permeiam a prática doblogging?2. Quem são os principais interlocutores (diretos e indiretos) comquem os blogueiros interagem?3. Como se organizam essas interações?4. Como 1, 2 e 3 influenciam na criação e manutenção do blog:aspectos estruturais, assuntos dos posts, modo deconfiguração dos posts, metas de postagem, audiência?5. Como 1, 2 e 3 influenciam na na construçãode identidades blogueiras?
  5. 5. CORPUSInterface digital dos blogs selecionados,capturadas por meio de screenshots;Entrevistas semi-estruturadas com blogueiros e, sepossível, com interlocutores diretos destes;Comentários postados pelos leitores no blog;Conversas entre blogueiro e seus interlocutoresrealizadas sobre o blog, mas fora deste (e-mails, msn,editores colaborativos de textos).
  6. 6. CATEGORIAS DE ANÁLISEAs análises interacionais serão embasadas por categoriasformuladas no âmbito Sociolingüística Interacional.As análises das práticas letradas e letramentos serãoembasadas pelo paradigma dos Novos Estudos doLetramento/Letramentos sociais/Letramentos situados.As análises de design semiótico serão embasadas porcategorias formuladas no âmbito da Semiótica Social.
  7. 7. CONTEXTUALIZAÇÃO DOS DADOS DE PESQUISA apresentados
  8. 8. CONTEXTUALIZAÇÃO DOS DADOS DE PESQUISA apresentados
  9. 9. CONTEXTUALIZAÇÃO DOS DADOS DE PESQUISA apresentados
  10. 10. CONTEXTUALIZAÇÃO DOS DADOS DE PESQUISA apresentados
  11. 11. (ALGUNS) DADOS DE PESQUISA Ferramenta utilizadaProdução dos posts (produção do conteúdo do blog)
  12. 12. (ALGUNS) DADOS DE PESQUISADiscussões sobre os posts (incluindo revisão) Ferramenta utilizada
  13. 13. (ALGUNS) DADOS DE PESQUISA
  14. 14. (ALGUNS) DADOS DE PESQUISA Visibilidade/Audiência
  15. 15. (ALGUNS) DADOS DE PESQUISA Sentido Fluência Estética visual
  16. 16. Revisão do post em função dos comentários do intelocutor (…)
  17. 17. Outros intelocutores e outras práticas letradas (1)
  18. 18. Outros intelocutores e outras práticas letradas (2)
  19. 19. Outros intelocutores e outras práticas letradas (3)
  20. 20. Outros intelocutores e outras práticas letradas (4)
  21. 21. Apesar de essa prática do blogging ocorrer fora docontexto escolar, de maneira espontânea, acreditamos queela mantém uma significativa relação com a escola, tendoem vista que esta ainda é a principal agência de ensino-aprendizagem formal de leitura e produção escrita,aspectos centrais ao blogging. Torna-se relevante,portanto, considerar esta prática como umaimportante formade letramento paraser investigadapor pesquisadorese educadores.
  22. 22. Se há um apelo social, político e educacional generalizado para que o letramento escolar seja mais eficiente aolidar com os “novos” letramentos dentro da (“velha”) sala de aula, faz-se importante compreender, em primeiro lugar, o que representa esse novo e esse velho, em diferentes contextos, dentro e fora da escola.
  23. 23. Obrigada!! :Dmarcelalima81@gmail.com

×