Apresentação AR

549 visualizações

Publicada em

MARCEL STELLA

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
549
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação AR

  1. 1. Análise da Qualidade do Ar em Ambientes Climatizados e SALVADOR - BA
  2. 2. 2 Por que se preocupar com a QAI? Passamos mais de 85% do nosso dia em ambientes fechados.
  3. 3. 3 Como é o ar que você respira? Segundo a OMS, uma pessoa bebe em torno de 2 litros de água / dia Quantos litros de ar respiramos, em média, por dia? 10.000 litros
  4. 4. Infecções do trato respiratório (sinusite, faringite, laringite) Asma alérgica Bronquite Gripe Pneumonia Tosse Falta de Ar Dor de garganta 4 Efeitos da Saude Causados a Curto Prazo Dor de cabeça Enxaqueca Vertigens Náuseas Irritação dos olhos Conjuntivites Dermatites Congestão Dores articulares
  5. 5. Câncer Problemas imunológicos Danos ao sistema nervoso Dificuldades reprodutivas Problemas no desenvolvimento 5 Efeitos da Saude Causados a Longo Prazo
  6. 6. Limpeza do Sistema Filtragem do Ar Renovação do Ar 6 CICLO DA Q.A.I.
  7. 7. - Casa de máquinas usadas como depósitos, sujas e mal localizadas. 7 PRINCIPAIS IRREGULARIDADES
  8. 8. - Filtros de ar dos condicionadores sujos, inadequados e instalados incorretamente. 8 PRINCIPAIS IRREGULARIDADES
  9. 9. 9 PRINCIPAIS IRREGULARIDADES - Filtros de ar da T.A.E. - Renovação de ar. Vazão de 27 ou 17 m3/h/pessoa. - Local inadequado.
  10. 10. LIMPO 10 SUJO DUTO DE AR CONDICIONADO PRINCIPAIS IRREGULARIDADES
  11. 11.  Legislação Brasileira  1998– Portaria 3.523 do Ministério da Saúde.  2003 – Resolução 09 da ANVISA.  2008 – NBR 16.401 – ABNT – Projetos de ar condicionado. Parte 3 – Q.A.I.  2010 – NBR 15.848 – ABNT - Sistemas de ar condicionado e ventilação - Procedimentos e requisitos relativos às atividades de construção, reformas, operação e manutenção das instalações que afetam a qualidade do ar interior (Q.A.I.)  2012 – NBR 14.679- ABNT – Higienização de dutos. 11 Ferramentas para Solução
  12. 12. - Ministério Publico do Trabalho e Vigilância Sanitária Municipal – COVISA/SP 12 Fiscalização 2004 - Inicio do Processo pelo Ministério Publico do Trabalho e COVISA – Processo Administrativo 7376/2004 A COVISA visitou 10 shoppings centers para verificar a situação do ar condicionado 2007/2008 - A partir das visitas foi criado uma NOTIFICAÇÃ O RECOMEND ATÓRIA enviada a 50 shoppings centers 2011 - INICIO DAS AÇÕES PARA ASSINATURA DO TAC
  13. 13. - Termo de Ajustamento de Conduta 13 Fiscalização PROCESSO ADM 7376/2004 NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA O4 DE ABRIL DE 2008 DRA. DIRCE TREVISAN PROCURADORA
  14. 14. ESTRATÉGIA DE AMOSTRAGEM: Definir o número de amostras de ar interior, tomando por base a área construída climatizada dentro de uma me sma edificação e razão social, seguindo a tabela abaixo: Área construída (m 2 ) Número mínimo de amostras Até 1.000 1 1.000 a 2.000 3 2.000 a 3.000 5 3.000 a 5.000 8 5.000 a 10.000 12 10.000 a 15.000 15 15.000 a 20.000 18 20.000 a 30.000 21 Acima de 30.000 25 as unidades funcionais dos estabelecimentos com características epidemiológicas diferenciadas, tais como serviço médico, restaurantes, creches e outros, deverão ser amostrados isoladamente. os pontos amostrais deverão ser distribuídos uniformemente e coletados com o amostrador localizado na altura de 1,5 m do piso, no centro do ambiente ou em zona ocupada. LEGISLAÇÃO BRASILEIRA SOBRE QAI - Resolução 09
  15. 15. LEGISLAÇÃO BRASILEIRA SOBRE QAI - Resolução 09 - Análise da Qualidade do Ar Interno Normas Técnicas Pesquisa Método Padrão Objetivo da pesquisa 001 Fungos Laboratorial (07 dias a 25OC) 750 ufc/m3 I/E < 1,5 Contaminação Microbiológica 002 CO2 Leitura Direta 1.000 ppm Renovação de Ar 003 Temperatura Umidade Velocidade 21 a 26oC 35% a 65% < 0,25 m/s Conforto 004 Poeira Laboratorial ou Leitura Direta < 80 µg/m3 Nível de Sujidade
  16. 16. Retirada de Amostra
  17. 17. 17 Relatório de Ensaio
  18. 18. . LABORATÓRIO CENTRAL
  19. 19. OUTRAS ANÁLISES AMBIENTAIS - Teste gravimétrico – NBR 15.848/2010 - Análise microbiológica de água de consumo humano – Portaria 2.914 da ANVISA -Análise de presença da bactéria Legionella - Análise microbiológica de superfície – método Rodac ou Swab
  20. 20. CONFIABILIDADE NOS RESULTADOS - ISO 17.025 – Procedimentos Laboratoriais na Área de Saude - INMETRO Art. 21 da Portaria 2.914 /ANVISA - Equipamentos calibrados. - Equipes treinadas. - Rastreabilidade das amostras.
  21. 21. PRINCIPAIS CLIENTES CONFORLAB Mais de 500 empresas como clientes regulares.
  22. 22. 22 PRINCIPAIS CLIENTES STELLA AR
  23. 23. . ATENDIMENTO EM TODO O PAÍS Média de 3.500 amostras por mês em 2.012
  24. 24. PERGUNTAS? WWW.STELLAAR.COM.BR WWW.CONFORLAB.COM.BR Marcel Stella marcel@stellaar.com.br Tel.(71) 3374-2802

×