9 a rejeição de israel

354 visualizações

Publicada em

O plano de Deus para os Judeus, A rejeição de Israel, Romanos 10:1-21

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
354
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

9 a rejeição de israel

  1. 1. A REJEIÇÃODE ISRAEL O plano de DEUS para os Judeus EBD 2015 – Prof. Marçal e Waldemar
  2. 2. A REJEIÇÃO DE ISRAEL ROMANOS (10:1-21) Paulo endereça os capítulos 9, 10 e 11 ao problema da descrença do Judeu. • Cap. 9 = Propósito de DEUS de acordo com a eleição de Israel; • Cap. 10 = A necessidade de se pregar e entender o EVANGELHO; • Cap. 11 = A visão do futuro de Israel.
  3. 3. A REJEIÇÃO DE ISRAEL Deixando de lado o Judeu como Nação, pensemos nele como indivíduo. A nação se desmantelou e DEUS quis tratar o Judeu como pessoa. Pode DEUS tratar o Judeu na base da justiça?????
  4. 4. A REJEIÇÃO DE ISRAEL Claro que pode... A justiça de DEUS no regime do novo Concerto é tal que dela se pode valer tanto o Judeu como o Gentio. Este é o ponto principal do capítulo 10 Paulo inicia o capítulo em questão dizendo que todos precisam da Salvação. Romanos 10:1
  5. 5. A REJEIÇÃO DE ISRAEL Este capítulo pode ser dividido: 1. A ignorância de ISRAEL a respeito da Justiça de DEUS (Vs. 1-4) 2. A Justiça reclamada pela Fé (Vs. 5- 13) 3. O método de DEUS para espalhar a Salvação (Vs. 14-15) 4. A incredulidade do Judeu (Vs. 16- 21)
  6. 6. A REJEIÇÃO DE ISRAEL 1. A ignorância de ISRAEL a respeito da Justiça de DEUS (Vs. 1-4) Os Judeus tinham tanta certeza de obter a Justificação pela Lei que não só falharam em seus esforços como perderam as pegadas de DEUS quando ELE lhes revelou a SUA Justiça na Pessoa de CRISTO JESUS. Paulo afirma que os Judeus eram zelosos por DEUS, porém sem entendimento e careciam de uma direção.
  7. 7. A REJEIÇÃO DE ISRAEL • Zelo sem entendimento • Ignorantes • Insubordinados Todo o enfoque desta seção que Paulo escreve é para mostrar que a Justiça da Lei é subordinada a CRISTO e não a Graça de CRISTO subordinada a Justiça da Lei.
  8. 8. A REJEIÇÃO DE ISRAEL 2. A Justiça reclamada pela Fé (Vs. 5- 13) DEUS providenciou uma Justiça tão maravilhosa e completa que exclui todo o esforço humano e admite somente a Justiça da Fé (Romanos 3:26-28). Basta uma palavra para possuir esta Justiça...
  9. 9. A REJEIÇÃO DE ISRAEL A Justiça pela Fé tem o seguinte procedimento: • Não faz perguntas (Vs. 6b)... • Mas faz confissões (Vs. 9a)... • Crê na Ressurreição de JESUS (Vs. 9c)... • Professa a Salvação (Vs. 10)... • Não faz distinção entre Judeu e Grego (Vs. 17).
  10. 10. A REJEIÇÃO DE ISRAEL É somente CRER, somente CONFESSAR, somente INVOCAR! Deste modo qualquer um pode pronta e imediatamente apropriar-se da Justiça de DEUS que está em CRISTO JESUS.
  11. 11. A REJEIÇÃO DE ISRAEL 3. O método de DEUS para espalhar a Salvação (Vs. 14-15) Como os homens podem ser justificados aos olhos de DEUS, cada pessoa precisa ficar sabendo disto. Daí a necessidade e providências do evangelismo para anunciar tão gloriosa verdade.
  12. 12. Seis passos do plano evangelístico de DEUS: I. Os homens tem de ser ENVIADOS (vs. 15b) II. Os homens tem de ser enviados para PREGAR (Vs. 15a) III.Os homens tem de OUVIR (Vs. 14a) IV.Ouvindo, tem de CRER (Vs. 14b) V. Crendo têm de CLAMAR ou INVOCAR (Vs. 14a) VI.Clamando os homens serão SALVOS (Vs.13). A REJEIÇÃO DE ISRAEL
  13. 13. 4. A incredulidade do Judeu (Vs. 16- 21) Paulo aqui evoca o testemunho do profeta Isaías para mostrar a incrível incredulidade dos Judeus. Eles “ouvem” e ficam sabendo que qualquer Judeu pode possuir essa Fé salvadora através de CRISTO se assim quiser. A REJEIÇÃO DE ISRAEL
  14. 14. A REJEIÇÃO DE ISRAEL Mas se ainda assim se mostrarem incrédulos e desobedientes o prejuízo será somente deles e o castigo lhes estará à porta. O Evangelho do FILHO de DEUS deixa indesculpável tanto o Judeu como o Grego quando rejeitarem CRISTO.
  15. 15. A REJEIÇÃO DE ISRAEL CONCLUSÃO: Paulo exorta neste capítulo citando o Velho Testamento para reforçar o seu argumento de uma evangelização CRISTOCÊNTRICA.
  16. 16. A REJEIÇÃO DE ISRAEL Oito verdades são elucidadas: I. Aceitação de CRISTO pela FÉ (Romanos 10:6 e Deuteronômio 30:12) II. A Promessa da SALVAÇÃO para todo o que crê (Romanos 10:11e Isaías 28:16) III.A gloriosa necessidade do evangelismo (Romanos 10:15 e Isaías 52:7)
  17. 17. A REJEIÇÃO DE ISRAEL IV.A irresponsabilidade de Israel (Romanos 10:16 e Isaías 53:1) V. A universalidade do EVANGELHO (Romanos 10:18 e Salmos 10:4) VI.O ciúme que os gentios provocam em Israel (Romanos 10:19 e Deuteronômio 32:210 VII.A iniciativa da GRAÇA (Romanos 10:20 e Isaías 65:1) VIII.A paciência de DEUS (Romanos 10:21 e Isaías 65:2)
  18. 18. PRÓXIMA AULA A CONVERSÃODE ISRAEL ROMANOS 11: 1 - 36 O plano de DEUS para os Judeus

×