EBD 2015 – Profs Marçal e Waldemar
Israel Não Rejeitado Totalmente
(11:1-36)
ou o FUTURO DE ISRAEL
1. O Evangelho: A Salvação da Ira (1:1-32)
2. Não Há Nenhum Justo (2:1 - 3:20)
3. Justificação pela Fé (3:21 - 4:25)
4. As...
O QUE VEREMOS HOJE
• I – Deus não rejeitou Israel (1-6)
• II – A cegueira de Israel (7-24)
• III- O fim do mistério (25-26...
I – Deus não rejeitou Israel (1-6)
• Um sentimento de abandono, pode
ter invadido o coração de Elias, nas
horas de idolatr...
Precisamos de mais evidências ?
1. Um-Resto-Volverá Is 7:3
2. Restante das minhas ovelhas Jr 23:3
3. Noé, Daniel e Jó, ele...
II – A cegueira de Israel (7-24)
• A cegueira não total, Não é fatal,
Não é final
1. A cegueira é parcial. Quantas
vezes v...
III- O fim do mistério (25-26)
• Esta cegueira parcial e temporária
deve continuar somente “até que haja
entrado a plenitu...
• Observando o concerto de Deus, já não se pode
mais duvidar da fidelidade de Deus como o DEUS
DO PACTO v.29
• A increduli...
A soberania de Deus
É incapaz de ser ajudada e aconselhada.
“Porque dEle, e por meio dEle e para Ele
são todas as cosias”....
Conclusão
• O plano de Deus para os Judeus
– Dt 32.4 “Eis a Rocha “
– Sl 118:22 “A pedra que os construtores rejeitaram .....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

10 israel nao rejeitado totalmente b

199 visualizações

Publicada em

Israel Não Rejeitado Totalmente (11:1-36) ou o FUTURO DE ISRAEL

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
199
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

10 israel nao rejeitado totalmente b

  1. 1. EBD 2015 – Profs Marçal e Waldemar Israel Não Rejeitado Totalmente (11:1-36) ou o FUTURO DE ISRAEL
  2. 2. 1. O Evangelho: A Salvação da Ira (1:1-32) 2. Não Há Nenhum Justo (2:1 - 3:20) 3. Justificação pela Fé (3:21 - 4:25) 4. As Bênçãos de Justificação (5:1-21) 5. Liberdade do Pecado (6:1-23) 6. Liberdade da Lei (7:1-25) 7. Vida no Espírito (8:1-39) 8. As Promessas de Deus a Israel (9:1-29) 9. Israel Não Tem Desculpa (9:30 - 10:21) 10.Israel Não Rejeitado Totalmente (11:1-36) 11.O Viver Cristão Prático (12:1 - 13:14) 12.O Fraco e o Forte (14:1 - 15:13) 13.Comentários Finais (15:14 - 16:27) Nossas Aulas
  3. 3. O QUE VEREMOS HOJE • I – Deus não rejeitou Israel (1-6) • II – A cegueira de Israel (7-24) • III- O fim do mistério (25-26) • IV - A dispensação Judaica (27-36)
  4. 4. I – Deus não rejeitou Israel (1-6) • Um sentimento de abandono, pode ter invadido o coração de Elias, nas horas de idolatria de Israel • Dobraram os joelhos diante de Baal, I Rs 19:10, 14, 18 • As evidências são inúmeras, do não abandono de Deus
  5. 5. Precisamos de mais evidências ? 1. Um-Resto-Volverá Is 7:3 2. Restante das minhas ovelhas Jr 23:3 3. Noé, Daniel e Jó, eles pela sua justiça, salvariam apenas a sua própria vida Ez 14:14 4. Não destruirei de todo a casa de Jacó Am 9:8-10 5. O restante de Israel Mq 2:12 6. Deixarei no meio de ti um povo modesto e humilde Sf 3:12 e 13
  6. 6. II – A cegueira de Israel (7-24) • A cegueira não total, Não é fatal, Não é final 1. A cegueira é parcial. Quantas vezes vemos pessoas se afastando de Deus 2. A cegueira é benéfica. A queda dos Judeus trouxe salvação aos Gentios 3. A cegueira não é final. A nação será reavivada, os ramos naturais serão enxertados
  7. 7. III- O fim do mistério (25-26) • Esta cegueira parcial e temporária deve continuar somente “até que haja entrado a plenitude dos gentios “ v.25 • Esta cegueira chegará ao fim com a vinda do “libertador” de Israel v.26 – (Zc 12:13,14)
  8. 8. • Observando o concerto de Deus, já não se pode mais duvidar da fidelidade de Deus como o DEUS DO PACTO v.29 • A incredulidade do judeu, eventualmente, dará ocasião a Deus para manifestar de modo duplo a sua misericórdia: – Aos gentios v.30 – Depois a Israel v.31 • A glória da soberania de Deus é intocável, inacessível, insondável e inescrutável IV - A dispensação Judaica (27-36)
  9. 9. A soberania de Deus É incapaz de ser ajudada e aconselhada. “Porque dEle, e por meio dEle e para Ele são todas as cosias”. Ele, o Messias de Israel, é o Começo, o Meio e o Fim de todas as coisas (Ap 1:8)
  10. 10. Conclusão • O plano de Deus para os Judeus – Dt 32.4 “Eis a Rocha “ – Sl 118:22 “A pedra que os construtores rejeitaram ...” – Is 51.1 “Olhai para a Rocha de que fostes cortados ...” – Mt 16:18 “Sobre esta pedra edificarei a minha igreja” – 1 Co 10:4 “E a pedra era Cristo” – 1 Pe 2:8 “Pedra de tropeço e rocha de ofensa” 1. No Passado ela foi rejeitada 2. No presente, ela é aceita como “cabeça do ângulo” 3. No futuro, ela cairá com força pulverizadora – Deut 2:34

×