Letramento

1.723 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.723
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Letramento

  1. 1. Planejamento e ProjetosConsiderações sobre a importãncia do planejamento pedagógico. Teoria de projetos, seus princípiose passos de elaboração. Planejamento e ProjetosOs temas Planejamento e Projetos de Trabalho foram iniciados pelo professor Leandro que abordoua questão do planejamento na educação infantil utilizando os seguintes textos de apoio:Planejamento: um vai-e-vem pedagógico, de Vera Maria Oliveira Carneiro. A autora defineplanejamento como um meio para facilitar e dinamizar o trabalho pedagógico. Permite a reflexãosobre a ação e o pensar para melhor agir. Deve-se conhecer a realidade sociocultural da comunidadee avaliar e monitorar os passos sem preocupação com resultados imediatos.“A palavra reflexão vem do latim ´reflectire` que significa “voltar atrás”. Portanto, planejar érefletir, é voltar atrás, observar o que já foi feito, o que existe e o que planejar a partir da realidadeencontrada; é tomar uma posição diante desta para transformá-la. Assim sendo, o planejamento éum ato político, busca de cidadania, de autonomia, ao decidir o que se quer e como conseguir.”(CARNEIRO).Passos iniciais para um projeto de ação a partir de um problema: Conhecer: pesquisa de campo para identificar com clareza o problema. Analisar: refletir sobre os dados nas diversas disciplinas, envolver a escola e a comunidade. Transformar: com os dados discutidos, criar estratégias para a resolução do problema.Com o segundo texto: Planejamento Sim e Não, de Francisco Ferreira, foi proposta uma questão:Em sua opinião, que dificuldades nós, professores, temos em relação ao planejamentopedagógico?Existe uma tendência a simples elaboração de listas de atividades como planejamento das aulas.Isso por termos dificuldade em definir e registrar objetivos claros e, a partir desses, traçarestratégias e formas de avaliação. Parte dessas dificuldades se deve ao não conhecimento do realsignificado do planejamento, que é algo organizado com a finalidade de favorecer a aprendizagemdos estudantes.Projeto: surge de uma demanda real, de um interesse do aluno, é bastante amplo e aborda grandeparte do tema escolhido. É feito com temas e eixos transversais. Sua finalidade é fazer com que oaluno entre em contato com diversas áreas do conhecimento humano, de forma não linear,multifacetada.Seqüência didática: são planos de aula interligadosA atividade da aula foi a elaboração de uma seqüência didática em grupo:Seqüência Didática Fernando Hernandez, 1992, faz uma distinção interessante entre pedagogia de projetos e projetosde trabalho. A primeira surge em1920, trabalhava um modelo fordista, que preparava as criançasapenas para o trabalho em uma fábrica, sem incorporar aspectos da realidade cotidiana à escola. Jáos projetos de trabalho tentam uma aproximação da escola com o aluno e se vinculam muito àpesquisa sobre algo emergente. Surgem em 1980.Texto:Projetos : Elaboração e Organização, Fernando Hernandez
  2. 2. A professora Rosineide realizou uma oficina de elaboração de projetos, abaixo nossa produção emgrupo:Projeto TemáticoObjetivo: Desenvolver a interdisciplinaridade e temas transversais por meio de projetos.Nome do Projeto: Resgatando a Cultura Popular em nossa ComunidadeDuração: Uma semanaInício em 00/00/08Objetivo: Identificar, conhecer, interagir, valorizar, resgatar e compartilhar os conhecimentosculturais presentes na comunidade.Justificativa: O trabalho visa resgatar a cultura através de histórias. Percebe-se uma separação entrea escola e a cultura popular, porém há necessidade e interesse por parte das crianças em trazer parao espaço escolar essa cultura.Habilidades: Desenvolve-se a oralidade, o conhecimento da cultura o reconhecimento e avalorização das pessoas mais velhas, a continuidade em forma de registro.Material: Papéis, revistas, livrosTexto e Bibliografia: Histórias orais, módulo, contos.Atividades desenvolvidas: Convidar uma avó para contar histórias do seu tempo; fazer o registro emforma de desenho e coletivo com o professor como escriba; preparar comidas da época.Planejamento interdisciplinar: Letramento (experiências empíricas) história/português (registrohistórico, localização) matemática (tempo, quantidade das receitas)Avaliação e Produtos: Por meio da participação das crianças e protocolos verbais** Protocolos verbais: O que foi aprendido pelas atividades apresentadas de forma oral.Texto:A Banalização do Termo “Projeto” no Cotidiano Escolar - Clarice Massa e Andréia MassaLinks • MEC - Ministério da Educação • Revista Nova Escola • TV Escola • Portal Ensinando • Domínio Público • Revista da Língua Portuguesa • Revista do Professor • TDAH - Atenção Professor • Canal do Educador • Planeta Educação
  3. 3. • Fontes para Educação InfantilLeitura Compartilhada Como é de costume iniciar todas as aulas com uma leitura compartilhada, a minha é a imagem da Beatriz Milhazes que está no cabeçalho. Lembra muito o mundo infantil com suas cores, movimentos e travessuras... Mundo esse que o professor não pode deixar de levar para o cotidiano escolar. Pois, bem sabemos que, ao inserir a realidade da criança na a sala de aula promovemos a aprendizagem significativa descrita por David Ausubel, ou seja, a que está ancorada a conhecimentos existentes. Pois, o que mais influencia a aprendizagem é aquilo que o aluno já sabe, que o autor define como conceito subsunsor,aquele que facilita a interação da nova informação com uma estrutura de conhecimento específica. Fonte: Teorias de Aprendizagem, Marco Antônio Moreira, 1999

×