Livro de Daniel cap 10

3.627 visualizações

Publicada em

Livro do profeta Daniel, comentario verso a verso.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.627
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
63
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
108
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Livro de Daniel cap 10

  1. 1. 10:1 No terceiro ano de Ciro, rei da Pérsia, foi revelada uma palavra a Daniel, cujo nome era Beltessazar; a palavra era verdadeira e envolvia grande conflito; e ele entendeu esta palavra, e tinha entendimento da visão. No terceiro ano de Ciro Era a primavera do terceiro ano do rei Ciro, provavelmente 535 a.C Daniel foi para babilônia em 605 a.C, já com 70 anos de cativeiro, e aproximava- se dos noventa anos de idade. O primeiro decreto para reconstrução de Jerusalém, já tinha sido assinado em 536
  2. 2. 10:1 No terceiro ano de Ciro, rei da Pérsia, foi revelada uma palavra a Daniel, cujo nome era Beltessazar; a palavra era verdadeira e envolvia grande conflito; e ele entendeu esta palavra, e tinha entendimento da visão. É uma expressão para descrever a visão que ele teve. revelada uma palavra a Daniel A visão falava sobre uma grande batalha. grande conflito Entendeu esta palavra Daniel entendeu a visão, pois, ela não
  3. 3. 10:2 Naqueles dias eu, Daniel, estive triste por três semanas. estive triste Daniel não relata especificamente a causa do seu pranto, porém, uma indicação da razão pode ser achada nos eventos que estavam ocorrendo nesse tempo entre os judeus na Palestina. Foi evidentemente uma crise séria que ocasionou as três semanas de pranto de Daniel. Foi provavelmente por esse tempo quando se levantou a oposição dos samaritanos contra os judeus que acabavam de voltar do exílio sob as ordens de Zorobabel (Esd Eles alertam a Ciro de que o povo de judá era traidor, e que tinham uma história de insurreição e sedição. Como resultado, a obra de
  4. 4. 10:3 Alimento desejável não comi, nem carne nem vinho entraram na minha boca, nem me ungi com ungüento, até que se cumpriram as três semanas. Alimento desejável não comi Durante o período de jejum, Daniel só se alimentou de alimentos simples, suficientes para manter a sua força. nem me ungi com ungüento O uso de azeites para suavizar a pele era muito comum entre os povos antigos, especialmente entre os que viviam em países onde o clima era muito caloroso e seco. Durante seu período de jejum e
  5. 5. 10:4 E no dia vinte e quatro do primeiro mês eu estava à borda do grande rio Hidequel;Hidequel Este nome hebraico representa o acádio Idiglat, Persa, antigo Tigra, que passou para língua moderna como Tigre. O tigre é
  6. 6. 10:5 E levantei os meus olhos, e olhei, e eis um homem vestido de linho, e os seus lombos cingidos com ouro fino de Ufaz; homem vestido de linho O ser celeste apareceu numa forma humana. A descrição assemelha-se de perto a dada por João quando Cristo lhe foi revelado. Foi sem dúvida o mesmo ser que apareceu a Daniel. A localização de Ufaz não é conhecida. O nome ocorre em outra parte do Velho Testamento, somente em Jer 10:9, onde Ufaz é idêntico a Ofir, que foi famoso pelo seu ouro fino (I Reis 9:28). Uma tal Ufaz
  7. 7. “E virei-me para ver quem falava comigo. E, virando-me, vi sete castiçais de ouro; E no meio dos sete castiçais um semelhante ao Filho do homem, vestido até aos pés de uma roupa comprida, e cingido pelos peitos com um cinto de ouro. E a sua cabeça e cabelos eram brancos como lã branca, como a neve, e os seus olhos como 10:6 E o seu corpo era como berilo, e o seu rosto parecia um relâmpago, e os seus olhos como tochas de fogo, e os seus braços e os seus pés brilhavam como bronze polido; e a voz das suas palavras era como a voz de uma multidão. Mesma descrição de Jesus vista por João em Apocalipse 1: 12-14
  8. 8. 10:7 E só eu, Daniel, tive aquela visão. Os homens que estavam comigo não a viram; contudo caiu sobre eles um grande temor, e fugiram, escondendo-se. E só eu, Daniel, tive aquela visão A revelação só foi dada ao servo escolhido do Senhor, mas o efeito da presença de um ser celestial foi sentido pelos que estavam com o profeta. Isso nos faz lembrar a experiência de Paulo no caminho de Damasco. O relato sagrado diz: “E os homens, que iam com ele, pararam espantados, ouvindo a voz, mas não vendo ninguém.” Atos 9:7
  9. 9. 10:8 Fiquei, pois, eu só, a contemplar esta grande visão, e não ficou força em mim; transmudou-se o meu semblante em corrupção, e não tive força alguma. não ficou força em mim O efeito da visão em Daniel foi o mesmo que nos outros mortais a quem fora dado um vislumbre da Divindade. Na ilha de Patmos, João “caiu a seus pés como morto” (Apoc 1:17). No Monte da Transfiguração,
  10. 10. 10:9 Contudo ouvi a voz das suas palavras; e, ouvindo o som das suas palavras, eu caí sobre o meu rosto num profundo sono, com o meu rosto em terra. eu caí sobre o Essa frase parece indicar uma perda completa de consciência física. De alguma maneira, o profeta ouviu e viu tudo o que o ser celestial compartilhou com ele. meu rosto num profundo sono
  11. 11. 10:10 E eis que certa mão me tocou, e fez com que me movesse sobre os meus joelhos e sobre as palmas das minhas mãos. sobre os meus joelhos e sobre Daniel estava completamente prostrado sobre a terra, sua força não era ainda suficiente para que se pudesse manter em pé sem tremer. as palmas das minhas mãos Daniel foi despertado pelo toque da mão de um anjo. De igual modo Isaías, no meio de uma visão, sentiu a forte mão de Deus sobre ele (Isa 8:11). Ezequiel e João tiveram a mesma experiência (Ezeq 2:2; 3:24 e Apoc 1:17)
  12. 12. 10:11 E me disse: Daniel, homem muito amado, entende as palavras que vou te dizer, e levanta- te sobre os teus pés, porque a ti sou enviado. E, falando ele comigo esta palavra, levantei-me tremendo. homem muito amado Esta era a segunda vez que Daniel recebia a maravilhosa segurança do amor de Deus para ele (ver cap. 9: 23). porque a ti sou enviado Esta expressão, parece mais apropriada saindo dos lábios de um anjo do que de Cristo. Tudo indica que a visão de Cristo termina no v.9, quando Daniel desmaia, e o anjo vem para desperta-lo, e que o restante do capítulo são palavras de um
  13. 13. 10:12 Então me disse: Não temas, Daniel, porque desde o primeiro dia em que aplicaste o teu coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, são ouvidas as tuas palavras; e eu vim por causa das tuas palavras. Não temas Estas palavras sem dúvida animaram pessoalmente ao profeta ante a presença do anjo, porque estava "tremendo" (vers. 11), e também lhe deram a segurança de que embora tinha estado orando durante três semanas sem receber resposta, entretanto do mesmo começo Deus tinha ouvido sua súplica e se proposto respondê-la. Daniel não necessitava temer
  14. 14. 10:12 Então me disse: Não temas, Daniel, porque desde o primeiro dia em que aplicaste o teu coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, são ouvidas as tuas palavras; e eu vim por causa das tuas palavras. são ouvidas as tuas palavras Por trás dos bastidores Temos agora, uma visão privilegiada do que acontece por trás dos bastidores. Toda oração sincera é ouvida no Céu, muito embora a resposta pareça demorar mais do que podemos compreender. Daniel orou três semanas antes que a resposta viesse, ainda que o anjo lhe tivesse garantido que sua palavras foram ouvidas desde o
  15. 15. 10:13 Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia. príncipe do reino da Pérsia me O príncipe da Pérsia era evidentemente o anjo príncipe que se identificava com o Império Persa. Pelo fato de ele haver-se oposto a um anjo de Deus durante três semanas, devemos concluir que se tratava de um anjo mau. II Pedro 2:4 fala dos anjos que pecaram e foram expulsos do céu. Paulo disse que os deuses adorados pelas nações de seu tempo, na realidade eram demônios . I Cor 10:20. resistiu vinte e um dias
  16. 16. 10:13 Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia. príncipe do reino da Pérsia me Paulo também revelou que nossos verdadeiros inimigos não são pessoas comuns, feitas de “carne e sangue”, mas que em verdade são “principados” e “potestades”, as “forças espirituais do mal”e os “dominadores deste mundo tenebroso” Efésios 6:12. Por três vás vezes Jesus identificou a Satanás como “príncipe”. João 12:31; 14:30 e 16:11. resistiu vinte e um dias Então, este príncipe não é o rei da persa, e sim um líder angélico da Pérsia, um anjo caído sob direção de Satanás, em contraste com o
  17. 17. 10:13 Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia. Miguel O nome Miguel significa “Quem é como Deus?” o Novo Testamento descreve Jesus como um ser na “forma de Deus” (Fil 2:6), a “imagem do Deus invisível” (Col 1:15). Em Judas versículo 9, Miguel é chamado de Arcanjo. Paulo descreve a ressurreição dos justos em I Tess 4:16: “Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo
  18. 18. É a voz do Arcanjo que despertará os mortos. De quem é esta voz? “Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão.” “Não vos maravilheis disto; porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz.” Paulo diz que é a voz do Arcanjo que despertará os mortos. João diz que é a voz do Filho de Deus. Nenhuma criatura tem o poder sobre a morte. Somente Jesus tem esse poder. 10:13 Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia. Miguel
  19. 19. Arcanjo vem da palavra grega archaggelos é composta de archi, que significa “chefe” e a palavra aggelos, mensageiro. Ele é o mensageiro chefe.Ele não é um anjo, mas o Comandante dos anjos. O Presidente do Brasil é o chefe das forças armadas, mas ele não é general, e muito menos militar.O fato de que o Arcanjo é o chefe de todas as hostes angelicais, não quer dizer que Ele seja um ser criado. 10:13 Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia. Miguel
  20. 20. O nome Miguel só aparece na Bíblia em passagens apocalípticas (Daniel. 10: 13, 21; 12: 1; Jud. 9; Apoc. 12: 7), em casos quando Cristo está em conflito direto com Satanás. O nome hebreu, que significa “Quem é como Deus?', é uma interrogação e um desafio. Já que a rebelião de Satanás é essencialmente um intento de usurpar o trono de Deus e ser "semelhante ao Altíssimo' (ISA. 14: 14), o nome Miguel é extremamente apropriado para aquele 10:13 Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia. Miguel
  21. 21. 10:14 Agora vim, para fazer-te entender o que há de acontecer ao teu povo nos derradeiros dias; porque a visão é ainda para muitos dias.a visão é ainda para muitos dias O anjo veio dizer a Daniel o que aconteceria com os santos através dos séculos até a segunda vinda de Cristo.
  22. 22. 10:15 E, falando ele comigo estas palavras, abaixei o meu rosto para a terra, e emudeci.e emudeci Outra vez Daniel ficou abalado, não somente com o poder do anjo, mas com as palavras: “a visão é ainda para muitos dias”.
  23. 23. 10:16 E eis que alguém, semelhante aos filhos dos homens, tocou-me os lábios; então abri a minha boca, e falei, dizendo àquele que estava em pé diante de mim: SENHOR meu, por causa da visão sobrevieram- me dores, e não me ficou força alguma. semelhante aos filhos dos O anjo velou o seu esplendor e apareceu na forma humana. homens
  24. 24. 10:17 Como, pois, pode o servo do meu senhor falar com o meu senhor? Porque, quanto a mim, desde agora não resta força em mim, e nem fôlego ficou em mim. De novo o anjo toca a Daniel a fim de fortalecê-lo com a certeza do amor de Deus, o qual devia banir todo temor de seu coração. Fortalecido, Daniel pede ao 10:18 E aquele, que tinha aparência de um homem, tocou-me outra vez, e fortaleceu-me. 10:19 E disse: Não temas, homem muito amado, paz seja contigo; anima-te, sim, anima-te. E, falando ele comigo, fiquei fortalecido, e disse: Fala, meu senhor, porque me fortaleceste.
  25. 25. 10:20 E ele disse: Sabes por que eu vim a ti? Agora, pois, tornarei a pelejar contra o príncipe dos persas; e, saindo eu, eis que virá o príncipe da Grécia. o príncipe O anjo esta falando sobre um outro conflito entre ele e o “príncipe da Pérsia”. Vemos em Esdras 4:4-24 que esta luta continuou por muito tempo, depois da visão. dos persas
  26. 26. 10:20 E ele disse: Sabes por que eu vim a ti? Agora, pois, tornarei a pelejar contra o príncipe dos persas; e, saindo eu, eis que virá o príncipe da Grécia.da Grécia virá o príncipe O anjo havia dito ao Daniel que ia a voltar para continuar a luta contra as potestades das trevas que disputavam para dominar a mente do rei da Persia. Então olhou mais longe para o futuro e indicou que quando finalmente pudesse retirar- se da luta, ocorreria uma revolução nos assuntos do mundo. Enquanto o anjo de Deus conteve as forças ímpias que procuravam dominar o governo persa, esse império se manteve. Mas quando a influência divina se retirou e o domínio dos dirigentes da nação ficou completamente em
  27. 27. 10:21 Mas eu te declararei o que está registrado na escritura da verdade; e ninguém há que me anime contra aqueles, senão Miguel, vosso príncipe. Isto não pode ser tomando como significando que todos estivessem esquecido da luta, exceto os dois seres aqui mencionados. Era uma controvérsia na qual todo o céu estava interessado. O provável significado da passagem é que Cristo e o anjo assumiram a tarefa especial da contenda contra as hostes de satanás, que se esforçava para assegurar o controle dos impérios desta Terra. ninguém há que me anime contra aqueles
  28. 28. 10:21 Mas eu te declararei o que está registrado na escritura da verdade; e ninguém há que me anime contra aqueles, senão Miguel, vosso príncipe. vosso Significa que Jesus é o nosso Príncipe. E quando o mesmo anjo, em Daniel 12:1 identifica Miguel como “o grande príncipe, defensor dos filhos do teu povo”, ele esta nos relembrando que o próprio filho de Deus toma em Suas mãos os assuntos da Sua igreja. príncipe É muito bom estar do lado do vencedor. É bom relembrar que o nosso Líder não é meramente um campeão humano; ele é o Campeão universal! Ele é também um General que jamais perdeu – e jamais
  29. 29. 10:21 Mas eu te declararei o que está registrado na escritura da verdade; e ninguém há que me anime contra aqueles, senão Miguel, vosso príncipe. vosso Mas isso não é tudo. Se Jesus é o Anjo Chefe, o General dos exércitos celestiais, Ele Se encontra no comando de incontáveis anjos, dos quais Daniel observou alguns milhares no santuário celestial, no começo do julgamento pré- advento( Daniel 7:9 e 10). Hebreus 1:14 fala que os anjos bons são espíritos ministradores enviados para serviço a favor dos que hão de herda a salvação. príncipe
  30. 30. 10:21 Mas eu te declararei o que está registrado na escritura da verdade; e ninguém há que me anime contra aqueles, senão Miguel, vosso príncipe. vosso Estas são boas noticias. Pensar que anjos poderosos e amigos são enviados em respostas às nossas orações. príncipe As notícias ruins são que satanás também dirige o seu exercito de anjos maus (Apoc 12:7), e que ele esta à frente de seu exercito e “anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar” I Ped 5:8.
  31. 31. 10:21 Mas eu te declararei o que está registrado na escritura da verdade; e ninguém há que me anime contra aqueles, senão Miguel, vosso príncipe. vosso príncipe Vimos que espíritos de demônios tentam dominar os assuntos das nações. Não constitui qualquer miragem imaginar que satanás também designa príncipes demônios para o governo de cidades. Isaias fala do “rei”, ou seja, do príncipe demônio que governava sobre a cidade de Babilônia. Ezequiel 28 nos apresenta o “rei” ou príncipe demônio da cidade de
  32. 32. 10:21 Mas eu te declararei o que está registrado na escritura da verdade; e ninguém há que me anime contra aqueles, senão Miguel, vosso príncipe. vosso príncipe Não é de admirar que Paulo insista em que oremos em favor daqueles que se acham em posição de liderança na sociedade, e que nos ocupemos disto como sem do assunto de maior importância . I Tim 2: 1-4. Cada cristão deveria ser um Daniel , pelo fato de orar regular, sistemática e sinceramente para que Jesus Cristo, isto é, Miguel, envie
  33. 33. 10:21 Mas eu te declararei o que está registrado na escritura da verdade; e ninguém há que me anime contra aqueles, senão Miguel, vosso príncipe. vosso príncipe Alguma vez você já se perguntou, por que fala iradamente com as pessoas quem ama? Por ventura você não colocou alguma vez diante de si a pergunta, sobre os livros que você lê, ou os programas de TV que sua família assiste, não seriam portas de entrada para penetração do demônios em seu lar? Paulo insiste em que todos os cristão se revistam da armadura de Deus (Ef 6: 12- 18). Ele acrescenta, no verso 18:“Orando em todo tempo no Espírito, com toda oração e súplica...”
  34. 34. 10:21 Mas eu te declararei o que está registrado na escritura da verdade; e ninguém há que me anime contra aqueles, senão Miguel, vosso príncipe. vosso príncipe Os anjos de satanás certamente são teimosos e decididos. Um deles resistiu a Gabriel durante três semanas. Foi muito bom que Daniel se manteve em oração durante todo esse tempo.
  35. 35. O cumprimento da profecia nos ajuda a desenvolver a confiança em Deus. Assim o Senhor quer que Seus quadros proféticos se destaquem. Ele pretende mostrar-nos claramente o que nos aguarda no futuro.

×