SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM:“Meu priMeiro beijo”Grupo 4-
SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM-MEU PRIMEIRO BEIJO9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTALCOMPONENTES DO GRUPO:Alice Tosta- EE Alcides Correa...
1)- LEITURA:Antes de iniciar a leitura do texto, os alunosouvirão a música “Um primeiro beijo”, dePaula Toller.2)- Após a ...
4)- Reconhecimento do autor, citações de outrasobras e biografia do mesmo;5)-Gênero textual: Crônica- Falar das caracterís...
7)- Desenvolver aspectos da figura de linguagem; aestrutura da letra da música e da crônica; uso dodicionário;8)- Trabalha...
9)- Atividades:- Propor aos alunos que pesquisem o mesmotema em outros gêneros: música, pintura, teatro,HQ, para socializa...
10)- Avaliação: Produção textual- Nesta aula a professora poderá recapitular ascaracterísticas da crônica;- Apresentar out...
Um Primeiro BeijoPaula TollerUm primeiro beijoSe acontecesseSe a gente se encontrasseComo ia ser?Como saber?Antes de nos c...
Meu Primeiro BeijoAntonio BarretoÉ dificil acreditar, mas meu primeiro beijo foi num ônibus, na volta da escola. E sabem c...
Referências BibliográficasBARRETO, Antonio. “Meu primeiro beijo”. In: Balada do Primeiro Amor. SãoPaulo: FTD, 1977. p. 134...
Situação de aprentizagem primeiro  beijo-  Grupo Maria Aparecida
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Situação de aprentizagem primeiro beijo- Grupo Maria Aparecida

861 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
861
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Situação de aprentizagem primeiro beijo- Grupo Maria Aparecida

  1. 1. SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM:“Meu priMeiro beijo”Grupo 4-
  2. 2. SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM-MEU PRIMEIRO BEIJO9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTALCOMPONENTES DO GRUPO:Alice Tosta- EE Alcides CorreaEdmara Rita Grassi de Santana- EE Santos DumontJoelma Soares de Souza- EE JD. Diva Tarlá deCarvalhoMaria Aparecida Oliveira- EE Rubem ClaudioMaria Lúcia Bragantim Morgado- EE Prof. VicenteTeodoro de Souza
  3. 3. 1)- LEITURA:Antes de iniciar a leitura do texto, os alunosouvirão a música “Um primeiro beijo”, dePaula Toller.2)- Após a audição da música, formar umaroda de conversa, onde serão discutidosassuntos relacionados ( primeiro beijo,primeiro namorado, primeiro amor...), comrelatos de experiências.3)- Leitura do texto “Meu primeiro beijo”,feita pelo professor;
  4. 4. 4)- Reconhecimento do autor, citações de outrasobras e biografia do mesmo;5)-Gênero textual: Crônica- Falar das características da crônica; perguntar sealguém já leu alguma ; se gostaram...(conhecimentoprévio do aluno)6)- Falar sobre a música e a crônica, as semelhanças,as sensações causadas por ambas;
  5. 5. 7)- Desenvolver aspectos da figura de linguagem; aestrutura da letra da música e da crônica; uso dodicionário;8)- Trabalhar a intertextualidade- Mostrar o mesmo tema em diferentes gênerostextuais;
  6. 6. 9)- Atividades:- Propor aos alunos que pesquisem o mesmotema em outros gêneros: música, pintura, teatro,HQ, para socializar em outras aulas;-Propor aos alunos, montar uma pecinha deteatro sobre o tema estudado e apresentar paraoutras turmas;
  7. 7. 10)- Avaliação: Produção textual- Nesta aula a professora poderá recapitular ascaracterísticas da crônica;- Apresentar outras crônicas;- Discutir um pouco sobre o tema, e ao final pedirque os alunos produzam sua própria crônica, queserão trocadas entre os pares e corrigidas por eles,sempre com a orientação da professora, e depoispoderão ser expostas em murais para que atinjamseu objetivo ,que é o de ter leitores reais.
  8. 8. Um Primeiro BeijoPaula TollerUm primeiro beijoSe acontecesseSe a gente se encontrasseComo ia ser?Como saber?Antes de nos conhecerQuiçá beijarPensar em beijoPra confessarNem ao menos sei seu nomeEu nem ao menos sei seunomeMas foi só um sonhoSem o lado avessoDe outros primeiros beijosFoi tão românticoNós nos beijando no espelhoNós nos beijandoFoi tão românticoDe outros primeiros beijosSem o avessoMas foi só um sonhoEu nem ao menos sei seunomeNem ao menos sei seunomePra confessarPensar em beijoQuiçá beijarAntes de nos conhecerComo saber?Como ia ser?Se a gente se encontrasseSe acontecesseUm primeiro beijo
  9. 9. Meu Primeiro BeijoAntonio BarretoÉ dificil acreditar, mas meu primeiro beijo foi num ônibus, na volta da escola. E sabem com quem? Com o CulturaInútil! Pode? Até que foi legal. Nem eu nem ele sabíamos exatamente o que era "o beijo". Só de filme. Estávamosvirgens nesse assunto, e morrendo de medo. Mas aprendemos. E foi assim...Não sei se numa aula de Biologia ou de Química, o Culta tinha me mandado um dos seus milhares de bilhetinhos:" Você é a glicose do meu metabolismo.Te amo muito!Paracelso"E assinou com uma letrinha miúda: Paracelso. Paracelso era outro apelido dele. Assinou com letrinha tão minúsculaque quase tive dó, tive pena, instinto maternal, coisas de mulher...E também não sei por que: resolvi dar umachance pra ele, mesmo sem saber que tipo de lance ia rolar.No dia seguinte, depois do inglês, pediu pra me acompanhar até em casa. No ônibus, veio com o seguinte papo:- Um beijo pode deixar a gente exausto, sabia? - Fiz cara de desentendida.Mas ele continuou:- Dependendo do beijo, a gente põe em ação 29 músculos, consome cerca de 12 calorias e acelera o coração de70 para 150 batidas por minuto. - Aí ele tomou coragem e pegou na minha mão. Mas continuou salivando seusperdigotos:- A gente também gasta, na saliva, nada menos que 9 mg de água; 0,7 mg de albumina; 0,18 g de substânciasorgânica; 0,711 mg de matérias graxas; 0,45 mg de sais e pelo menos 250 bactérias...Aí o bactéria falante aproximou o rosto do meu e, tremendo, tirou seus óculos, tirou os meus, e ficamos nosolhando, de pertinho. O bastante para que eu descobrisse que, sem os óculos, seus olhos eram bonitos eexpressivos, azuis e brilhantes. E achei gostoso aquele calorzinho que envolvia o corpo da gente. Ele beijou apontinha do meu nariz, fechei os olhos e senti sua respiração ofegante. Seus lábios tocaram os meus. Primeiro deleve, depois com mais força, e então nos abraçamos de bocas coladas, por alguns segundos.E de reperente o ônibus já havia chegado no ponto final e já tínhamos transposto , juntos, o abismo do primeirobeijo.Desci, cheguei em casa, nos beijamos de novo no portão do prédio, e aí ficamos apaixonados por vária semanas.Até que o mundo rolou, as luas vieram e voltaram, o tempo se esqueceu do tempo, as contas de telefoneaumentaram, depois diminuíram...e foi ficando nisso. Normal. Que nem meu primeiro beijo. Mas foi inesquecível!BARRETO, Antonio. Meu primeiro beijo. Balada do primeiro amor. São Paulo: FTD, 1977. p. 134-6.
  10. 10. Referências BibliográficasBARRETO, Antonio. “Meu primeiro beijo”. In: Balada do Primeiro Amor. SãoPaulo: FTD, 1977. p. 134-136. Disponível em:http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTécnicaAula.html?aula=22430.Acesso em 01/03/2013.DOLZ, Joaquim e SCHNEUWLY, Bernard e colaboradores. Gêneros e progressãoem expressão oral e escrita – elementos para reflexões sobre uma experiênciasuíça (Francófona). In: Gêneros orais e escritos na escola. Campinas: Mercadodas Letras, 2012. p. 35-60.ROJO, Roxane. Letramento e capacidades de leitura para a cidadania in CursoEaD/EFAP: Leitura e escrita em contexto digital, 2012 – Programa Práticas deleitura e escrita na contemporaneidade. Disponível em:http://efp-ava.cursos.educacao.sp.gov.br/Resource/328167,90D/Assets/conteudo_curso/modulo_01/unidade_04/rojo_2004.pdf - Acesso em 4/3/2013.BARRETO, Antonio. "Meu primeiro beijo". In:Balada do Primeiro amor, SP. FTD,1977. p.134-136. Disponível em:http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=22430WWW.VAGALUME.COM.BR>PaulaToller

×