Situação de aprendizagem Lucilene

166 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
166
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Situação de aprendizagem Lucilene

  1. 1. Situação deAprendizagemLeitura e análise de textoTexto: Pausa, de Moacyr ScliarSérie: 3º série Ensino MédioTempo previsto: 4 aulasConteúdos: inteiração entre os elementos linguísticos,tema, conflito, contexto e estilo; metáfora e semântica.
  2. 2. Competências e habilidades: localizarinformações relevantes para solucionarproblemas apresentados; inferir o sentidodas palavras ou expressões no contexto emque elas se apresentam; reconhecer osdiferentes elementos internos e externosque estruturam o texto literário.Recursos materiais: Dicionário; lousa;texto; retroprojetor e computador.Avaliação: Observação do interesse e aparticipação do aluno; leitura dinâmica;reescrita do texto mudando o final dahistória.
  3. 3. 1º momento:Sondagem: levantamento dosconhecimentos prévios dos alunos atravésde imagens e questões, como:O que você imagina encontrar em um textocom esse título?Quando você pensa em pausa, vocêimagina o quê?O que você já sabe sobre esse texto, vocêconhece esse texto, já ouviu falar sobreele?
  4. 4. 2º momento: Arguições orais.Em seguida serão apresentadas algumasimagens para aguçar o interesse do aluno eeles deverão responder: “O que vocêsimaginam ao olhar estas imagens?’
  5. 5. 3º momento:Inicia-se então a leitura do primeiro e dosegundo parágrafo.Ás sete horas o despertador tocou.Samuel saltou da cama, correu para obanheiro, fez a barba e lavou-se. Vestiu-see sem ruído. Estava na cozinha, preparandosanduíches, quando a mulher apareceubocejando:- Vais sair de novo, Samuel?Pausa: E agora? Vocês ainda pensam asmesmas coisas ou mudaram de ideia?
  6. 6. Faz-se alguns questionamentos para aguçarmais ainda a discussão.Após, retoma-se a leitura do texto. Agoracom uma leitura dramatizada, o narrador eas personagens interagindo.Fez que sim com a cabeça. Emborajovem tinha a fonte calva; mas assombrancelhas eram espessas, a barba,embora recém-feita, deixava ainda no rostouma sombra azulada. O conjunto era umamáscara escura.- Todos os domingos tu sais cedo -observou a mulher com azedume na voz.
  7. 7. - Temos muito trabalho no escritório –disse o marido, secamente.Ela olhou os sanduíches:- por que não vens almoçar?- Já te disse; muito trabalho. Não hátempo, levo um lanche.A mulher coçava a axila esquerda.Antes que voltasse à carga. Samuel pegouo chapéu:- Volto de noite.
  8. 8. As ruas ainda estavam úmidas decerração. Samuel tirou o carro da garagem.Guiava vagarosamente; ao longo do cais,olhando os guindastes, as barcaçasatracadas.Estacionou o carro numa travessaquieta. Com o pacote de sanduíche debaixodo braço, caminhou apressadamente duasquadras. Deteve-se ao chegar a um hotelpequeno e sujo. Olhou para os lados eentrou furtivamente. Bateu com as chavesdo carro no balcão, acordando umhomenzinho que dormia sentado numapoltrona rasgada. Era o gerente.
  9. 9. Esfregando os olhos pôs-se de pé:- Ah! Seu Isidoro! Chegou mais cedohoje? Friozinho bom este, não é? A gente...- Estou com pressa, seu Raul – atalhouSamuel.- Está bem, não vou atrapalhar. O desempre. Estendeu a chave.Samuel subiu quatro lanços de umaescada vacilante.Ao chegar ao último andar, duasmulheres gordas, de chambrefloreado, olharam-no com curiosidade:
  10. 10. - Aqui, meu bem! – uma gritou e riu;um cacarejo curto.Ofegante, Samuel entrou no quarto efechou a porta à chave. Era um aposentopequeno: uma cama de casal, um guarda-roupa de pinho; a um canto, uma baciacheia d’água, sobre um tripé. Samuelcorreu as cortinas esfarrapadas, tirou dobolso um despertador de viagem, deu cordae colocou-o na mesinha de cabeceira.
  11. 11. Puxou a colcha e examinou os lençoiscom o cenho franzido; com um suspiro,tirou o casaco e os sapatos, afrouxou agravata. Sentado na cama, comeuvorazmente quatro sanduíches. Limpou osdedos no papel de embrulho, deitou-se efechou os olhos.DormirEm pouco dormia. Lá embaixo, acidade começava a mover-se: osautomóveis buzinando, os jornaleirosgritando, os sons longínquos.
  12. 12. Um raio de sol filtrou-se pela cortina,estampou um círculo luminoso na chãocarcomido.Samuel dormia; sonhava. Nu, corriapor uma planície imensa. Perseguido porum índio montado a cavalo. No quartoabafado ressoava o galope. No planalto datesta, nas colinas do ventre, no vale entreas pernas, corriam.Samuel mexia-se e resmungava. Àsduas e meia da tarde sentiu uma dorlancinante nas costas. Sentou-se na cama,os olhos esbugalhados; índio acabara detrespassá-lo com a lança.
  13. 13. Esvaindo-se em sangue, molhado de suor.Samuel tombou lentamente; ouviu o apitosoturno de um vapor. Depois silêncio.Às sete horas o despertador tocou.Samuel saltou da cama, correu para abacia, lavou-se. Vestiu-se rapidamente esaiu. Sentado numa poltrona, o gerente liauma revista.- Já vai, seu Isidoro?- Já – disse Samuel, entregando achave, pagou, conferiu o troco em silêncio.- Até domingo que vem, seu Isidoro –disse o gerente.
  14. 14. - Não sei se virei – disseSamuel, olhando pela porta; a noite caía.- O senhor diz isto, mas volta sempre– observou o homem, rindo.Samuel saiu.Ao longo do cais, guiava lentamente.Parou um instante, ficou olhando osguindastes recortados contra o céuavermelhado. Depois, seguiu. Para casa.SCLIAR, Moacyr. In. BOSI, Alfredo. O contobrasileiro contemporâneo. São Paulo:Cultrix, 1997
  15. 15. Atividades em grupo:Grupo 1Fazer levantamento do vocabulárioGrupo 2Encontrar as metáforas e explicar o sentidode cada uma dentro do processo decomunicação em que estão inseridas.Grupo 3Identificar o conflito central e os conflitosperiféricos.
  16. 16. Grupo 4Explicar o tema e o tipo de narrativaGrupo 5Reconhecer e identificar todas asexpressões de tempo e lugar notexto, explicando-as.4º momento:Escrever um final para a história com umSamuel moderno.5º momento:Socialização das atividades. leitura dasproduções textuais.
  17. 17. Componentes do grupo:Aparecida Tatiana Lopes – E.E. Prof. Cid de Oliveira LeiteAntonio Sérgio Pereira – E.E. Dr. Geraldo Correia de CarvalhoJoanira Necas Soares – E.E. Prof. Alpheu DominiguettiAna Paula Giordano – E.E. Dr. João Palma GuiãoNatalia Juri Barbosa – E.E. Prof. João Augusto de MelloNeandra Lopes de Faria – E.E. Prof. Vicente Teodoro de SouzaLucilene Ivan da Silva Antoline – E.E. Parque dos Servidores

×