O surgimento da química orgânica

354 visualizações

Publicada em

Estudo da Química Orgânica

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
354
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O surgimento da química orgânica

  1. 1. Tema: Introdução ao estudo da Química Orgânica * M J da Mata Fevereiro/ 2015 manueldamata.blogs.sapo.pt
  2. 2. * *Na antiguidade, muitas substâncias eram conhecidas e extraídas de produtos naturais, como por exemplos:  do limão extraía-se o ácido cítrico; do leite azedo extraía-se o ácido láctico; da uva extraía-se o ácido tartárico; da urina extraía-se a ureia;
  3. 3. *No ano de 1777 Bergmam dividiu a química em: Química inorgânica - estuda as substâncias inorgânicas, Química orgânica - estuda as substâncias orgânicas. *No Século XVII: iniciou a sistematização dos processos de obtenção de substâncias. *O Cientista Lavoisier: concluiu que o carbono está presente em todas as substâncias provenientes dos organismos vivos.
  4. 4. *No início do século XIX: Surgiu a Teoria Vitalista (Teoria da Força Vital). *Segundo Jakob Berzelius: Os Organismos vivos não podiam ser produzidos em Laboratórios, só podiam ser formados com a interferência de uma Força Sobrenatural (Força Vital).
  5. 5. *Em 1828 com a Síntese de Wholer, quebra-se a Teoria da Força vital, que funcionava como uma travão para o desenvolvimento da Química Orgânica: * reacção de aquecimento do cianato de amónio obtendo-se a Ureia: NH4OCN + CALOR → (NH2)2CO
  6. 6. *Após a Síntese de Wholer, obteve-se muitas outras substâncias orgânicas a partir de substâncias inorgânicas e vice-versa. *Exemplos: em 1828, obteve-se o álcool etílico; em 1842 obteve-se a anilina; em 1847, obteve-se a clorofórmio; em 1880, obteve-se a primeira fibra artificial; em 1945 obteve-se a penicilina sintética. *Em 1848 Gmelim, reconhece que o carbono é o elemento fundamental dos compostos orgânicos
  7. 7. *Em 1858: August Kekulé, considerou: 1- Química Orgânica: A Química dos Compostos do Carbono; 2- Composto Orgânico: A substância que contém o elemento Carbono na sua composição, seja existente ou não nos organismo vivo
  8. 8. * *1- Tetravalência do átomo de carbono; *2- encadeamento; *3- as quatros valências são iguais entre si.
  9. 9. * *A Química Orgânica é a parte da Química que se ocupa do estudo das substâncias que se encontram nos organismos vivos (animal e vegetal), ou seja aquelas substâncias que possuem átomos de carbono na composição da sua molécula. *O objecto de estudo da Química Orgânica, é o estudo dos compostos Orgânicos, sua composição, estrutura e suas transformações Químicas.
  10. 10. * *Substâncias Inorgânicas: *são aquelas substâncias de origem mineral e podem ser: ácidos, bases, sais, óxidos ou hidróxidos. *Substâncias Orgânicas: * são aquelas substâncias de origem animal ou vegetal e podem ser: ácidos, bases, sais ou óxidos.
  11. 11. * *A designação “orgânica” perdeu grande parte da sua concepção original, ao demonstrar-se a relação estreita que existe entre os compostos orgânicos e inorgânicos, já que as leis, regras e princípios da Química, são válidos para ambos os tipos de classes de substâncias. *Os compostos orgânicos caracterizam-se por apresentar maior complexidade e organização estrutural que os compostos inorgânicos. *O facto de que todas as substâncias orgânicas possuírem átomos de carbono, levou a definir a Química Orgânica como a “Química dos compostos do Carbono”. (Butlerov séc. XIX).
  12. 12. * *As substâncias orgânicas podem ser separadas de matérias primas existentes na natureza ou por síntese de outras substâncias. *As fontes de matérias orgânicas são variáveis, desde os organismos vivos até as matérias sem vida. * Também podem obter-se por transformações de outras substâncias através de reacções químicas, estas transformações podem implicar, a construção de uma molécula grande por combinação de duas ou mais moléculas pequenas ou por ruptura de moléculas grandes em partes mais simples (síntese orgânica).
  13. 13. *Grande parte dos compostos orgânicos conhecidos é obtida sinteticamente (via artificial). Os compostos orgânicos sintéticos também podem ser obtidos partindo de substâncias naturais, a maior parte de produtos farmacêuticos, corantes, fibras têxtis, entre outros, são sintéticos. *Existem outros produtos orgânicos importantes que são obtidos opcionalmente, por fontes naturais ou por via sintética, dependendo de factores económicos.
  14. 14. * * A tarefa cognitiva principal da Química Orgânica na actualidade, consiste no estudo profundo dos processos que ocorrem nas células dos organismos, a nível molecular e o esclarecimento de mecanismos complicados que constituem a essência material da vida. * O estudo da química das substâncias orgânicas amplia os conhecimentos sobre a sua natureza, as relações existentes entre as diferentes substâncias e os seus processos de transformações noutras substâncias mais complexas. * Os avanços alcançados pela Química Orgânica, são empregues na produção, ao realizar- se em grande extensão os processos de elaboração de substâncias naturais e diferentes sínteses orgânicas. * A indústria química produz múltiplas substâncias para outros ramos: ciências médicas, agricultura, pesca, etc. * A Química Orgânica é um factor importante na quimização da economia, no desenvolvimento das forças produtivas e na criação de bases técnico-material para o avanço da economia de um país.
  15. 15. * *Na Química Orgânica, o estudo dos compostos orgânicos apoia-se na teoria da estrutura química. *No século XIX grande quantidade de dados experimentais sobre a química orgânica já se conheciam, embora que as concepções teóricas eram incapazes de explicar e predizer infinidade de processos. *Exemplo: *“...não se conhecia a valência do carbono nos compostos orgânicos e não se entendia porque dois elementos químicos (carbono e hidrogénio) formavam tantos compostos...”
  16. 16. *O cientista Wholer numa carta dirigida ao seu professor Berzelius (1853), expressou: “ A química orgânica na actualidade enlouquece qualquer pessoa, para mim é como um bosque tropical primitivo cheio de coisas surpreendentes. Uma selva interminável que inspira medo, em que uma pessoa não se atreve entrar, porque parece não ter saída”.
  17. 17. *Uma das primeiras teorias sobre as ligações químicas nos compostos orgânicos foi a teoria dualista de Berzelius. No ano de 1832, os cientistas Liebig e Wholer reconheceram que certos agrupamentos atómicos podiam permanecer se produzir mudanças em certas reacções químicas. *A descoberta da valência por Frakland (1853) e as teses de Kekulé (1858) levaram direitamente a ideia de que as moléculas deviam ter uma estrutura definida, mais a questão era como determinar a estrutura dos compostos orgânicos “ parte escura na química orgânica”. *Uma nova época da química orgânica acontece com o surgimento da teoria da estrutura química do cientista Butlerov (1861).
  18. 18. * *As ideias fundamentais da teoria de Butlerov foram publicadas por ele numa conferência aos 19 de Setembro de 1861, no congresso de naturalistas e médicos na Alemanha, em que dizia: “ A natureza química de uma partícula complexa fica determinada pela natureza, quantidade e estrutura química das partículas elementares que a constitui”. *Quer dizer, todos os átomos que formam uma molécula de uma substância complexa influem reciprocamente entre si.
  19. 19. *Butlerov denominou estrutura química, as distribuições das interacções determinadas pela ordem de ligação dos átomos. Butlerov ao responder a pergunta, “Pode ser determinada a estrutura química?” Disse:¨para cada composto químico somente pode existir uma fórmula estrutural, que deve expressar todas as propriedades da substância em causa e que era possível estabelecer a estrutura molecular estudando as propriedades químicas de uma substância e vice-versa¨. Resumindo: As propriedades químicas de uma substância determinam a sua estrutura química.
  20. 20. * *Nas moléculas os átomos não se dispõem de forma desordenada, senão, estão unidos mutuamente numa sequência determinada de acordo com a sua valência. *As propriedades das substâncias não só dependem dos elementos que a formam, nem da quantidade de átomos, senão da sequência de união dos átomos nas moléculas, quer dizer, da ordem de influências mutuas e da sua estrutura química.
  21. 21. *F i m *Fevereiro/ 2015 *manueldamata.blogs.sapo.pt

×