Como lancar negócios sem falhar

652 visualizações

Publicada em

Vídeo da palestra: https://www.youtube.com/watch?v=X6s7hdkcvUI

Publicada em: Negócios
0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
652
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Como lancar negócios sem falhar

  1. 1. Como Lançar o PróprioComo Lançar o Próprio Negócio Sem FalharNegócio Sem Falhar 12 Tipos de Conhecimento12 Tipos de Conhecimento Que as Escolas Não EnsinamQue as Escolas Não Ensinam Manuel Lemos mlemos@acm.org https://www.facebook.com/ManuelALLemos https://www.linkedin.com/in/manuellemos/ Universidade de Aveiro 18 de Dezembro de 2014
  2. 2. Manuel Lemos ● Eng. Electrónica e Telecomunicações pela Universidade de Aveiro em 1994 ● Autor do Livro “Estar na Internet” publicado pela McGraw-Hill em Portugal em 1998 ● Radicado no Brasil desde 1998 ● Criador do site PHP Classes eem 1999 ● Fundador da empresa Icontem ● Mentor na rede de empreendedores Viking ↓
  3. 3. Porque as pessoas não Empreendem? ● Porque têm medo de falhar ● Têm medo porque acham difícil ● Na verdade, não sabem como fazer ● Não sabem porque as escolas não ensinaram ↓
  4. 4. As Escolas de Hoje ● Formam futuros funcionários das empresas dos outros ● Testam a capacidade de memória dos alunos ● Testes deviam ser com consulta, como no mundo real: Google, Wikipedia, colegas, etc.. ● São desactualizadas, não ensinam psicologia ● Psicologia serve para entender pessoas: clientes, fornecedores, funcionários e sócios↓
  5. 5. 12 Tipos de Conhecimento Que as Escolas não Ensinam 1.O Básico 2.Psicologia Avançada
  6. 6. 1. Entender Inglês Falado e Escrito ● Há muitos textos e vídeos gratuitos na Internet, quase tudo em inglês ● Escolas ensinam inglês teórico ● Sem praticar o aluno não desenvolve o vocabulário e esquece o que aprendeu ● Vejam filmes em inglês sem legendas ● Comunique-se com outros em inglês ↓
  7. 7. 2. O Seu Produto é uma Vitamina ou uma Aspirina? ● Vitaminas ajudam, mas não são essenciais ● Aspirinas são imprescindíveis ● Vitaminas: Marketing Push (empurrão) ● Aspirinas: Marketing Pull (atracção) ● Vitaminas podem-se converter em aspirinas através da criação de hábitos nos clientes ↓
  8. 8. 3. Design Thinking e Design Centrado no Utilizador ● Empreendedores acham que sabem, mas sem falar e entender o cliente, as ideias são meros palpites ● Design Thinking: 1. Imersão, 2. Definição de problemas, 3. Solução, 4. Protótipo, 5. Teste ● Design centrado no utilizador simplifica o produto e elimina a necessidade de formação ↓
  9. 9. 4. Credibilidade ● A forma de apresentação dos produtos influência o interesse dos clientes ● Produtos confusos ou com má aparência passam pouca credibilidade ● Design Thinking pode ajudar a corrigir problemas credibilidade ● O projecto Web Credibility Stanford dá mais orientações para sites na Internet https://credibility.stanford.edu/ ↓
  10. 10. 5. Growth Hacking e o Crescimento Acelerado ● Negócios precisam crescer para sobreviver ● Precisam usar bons métodos de aquisição de clientes, fidelização e vendas ● Growth Hacking é a aplicação de métodos optimizados de crescimento de negócios ● Usam métodos de psicologia avançada ↓
  11. 11. 6. Gamification e Jogos Sérios ● Jogos servem para envolver em algo divertido, desporto ou jogos mais sérios ● Gamification: técnicas usadas em jogos para envolvimento de pessoas em ambientes que não são jogos ● Jogos para estimular a participação em actividades sérias chamam-se jogos sérios↓
  12. 12. 7. Teoria da Mudança do Comportamento ● Tornar uma pessoa em um cliente é uma mudança de comportamento ● PhD BJ Fogg definiu 3 condições para mudar o comportamento de pessoas 1.Gatilhos: Chamar à atenção da pessoa 2.Motivos: Dar razões para mudar 3.Habilidades: Permitir que a pessoa consiga fazer o que é necessário – Tempo, Dinheiro, Esforço físico ou intelectual, etc. ↓
  13. 13. 8. Motivos Intrínsecos e Extrínsecos Teoria da Autodeterminação ● Motivos extrínsecos vêm de fora da pessoa ● SAPS: 1. Status, 2. Acesso, 3. Poder, 4. Bens materiais (Stuff) ● Motívos intrínsecos vêm da própria pessoa ● Teoria da auto-determinação ● RAMP: 1. Relacionamento, 2. Autonomia, 3. Mestria, 4. Propósito ↓
  14. 14. 9. Criação de Hábitos nos Clientes ● Hábitos geram receita recorrente ● ATARI: 4 Passos do ciclos dos hábitos 1.Gatilho: Atrair a pessoa para a actividade 2.Acção: A pessoa realiza a actividade 3.Recompensa: Benefício para a pessoa 4.Investimento: A pessoa é convidada a fazer algo que reinicia o ciclo ● Recompensa variável aumenta o interesse↓
  15. 15. 10. Narrativa de Histórias e a Jornada do Herói ● As pessoas interessam-se por boas histórias, bem contadas ● Jornada do herói é um formato de Joseph Campbell consagrado em filmes e novelas ● Narrativa é usada como método de persuasão em acções de vendas ● O cliente precisa comprar o seu produto para ser o herói da vida dele ↓
  16. 16. 11. Não Explique, Mostre! ● Falar pode deixar a pessoa a imaginar algo diferente do que se pretende vender ● Uma imagem vale mil palavras ● Um vídeo vale mil imagens ● Vídeos de produtos são mais esclarecedores, dão mais credibilidade e levam a mais vendas↓
  17. 17. 12. Efeito de Zeigarnik e as Pendências em Aberto ● Zeigarnik estudou como empregados de mesa se lembram dos pedidos dos clientes ● Negócios valem-se do efeito para lembrar as pessoas e criar sentido de urgência ● Deixar pendências em aberto faz as pessoas quererem eliminar as pendências ↓
  18. 18. Porque os Negócios Falham? 1.As pessoas não têm critérios, fazem o que lhes apetece, não o que o mercado precisa 2.Demasiados sócios que não se entendem 3.Entram em negócios com demasiada concorrência e não inovam nada 4.Custos altos ou receitas recorrentes baixas ↓
  19. 19. 6 Passos para Criar Negócios que Não Falham? 1. Alie-se a poucos sócios com grande afinidade e conhecimento complementar 2. Venda produtos próprios que são aspirinas 3. Ou venda produtos que começam como vitaminas, mas depois tornam-se aspirinas criando hábitos 4. Comece com um cliente real garantido 5. Receita recorrente: TMP - Todos Meses Pinga 6. Baseie seu negócio em um monopólio: ingrediente secreto, patente, hábito, etc.

×