Conjuntivite

3.095 visualizações

Publicada em

Surto de conjuntivite em escola no interior de São Paulo

  • Seja o primeiro a comentar

Conjuntivite

  1. 1.  A conjuntivite é a inflamação da conjuntiva, membrana transparente e fina que reveste a parte da frente do globo ocular (o branco dos olhos) e o interior das pálpebras.  Em geral, a conjuntivite ataca os dois olhos, pode durar de uma semana a 15 dias e não costuma deixar sequelas.  A conjuntivite pode ser aguda ou crônica, afetar um dos olhos ou os dois.
  2. 2.  Coceira e dor nos olhos;  Muita secreção (remela) de cor branca ou amarela nos olhos;  Sensação de areia nos olhos;  Hipersensibilidade à luz;  A porção branca dos olhos pode tornar- se muito vermelha.
  3. 3.  A conjuntivite pode ser causada por reações alérgicas a poluentes ou substâncias irritantes (poluição, fumaça, cloro de piscinas, produtos de limpeza ou de maquiagem, etc.). A mais comum delas é a conjuntivite primaveril ou febre do feno, geralmente causada por pólen espalhado no ar.  A conjuntivite pode ser causada, também, por vírus e bactérias. Nestes casos, a conjuntivite é contagiosa e pode ser transmitida pelo contato direto com as mãos, com a secreção ou com objetos contaminados.
  4. 4.  Através do contato com a secreção ou com objetos contaminados;  Usar a maquiagem do indivíduo contaminado;  Usar a mesma toalha ou dormir sobre o mesmo travesseiro do indivíduo contaminado;  Partilhar óculos ou lentes de contato;  Abraços e beijos.
  5. 5.  Visão embaçada Exemplos:
  6. 6.  Uso de colírios e de lágrimas artificiais, de 3 a 4 vezes ao dia durante o período sintomático;  Lavar os olhos ou fazer compressas geladas;  Para secar a secreção dos olhos, o ideal é usar lenços de papel.
  7. 7. “A cidade de Ribeirão Bonito, a 263 km de São Paulo, tem 12 mil habitantes. Ao menos 491 deles estão com conjuntivite viral. Segundo a Vigilância Epidemiológica, o município vive uma epidemia da doença. A maior escola da cidade teve 52 alunos e uma funcionária afastados por causa da doença.” (Do G1 SP, com informações da EPTV - 2010)
  8. 8.  Evitar aglomerações ou frequentar piscinas de academias ou clubes;  Lavar com frequência o rosto e as mãos, uma vez que estes são veículos importantes para a transmissão de micro-organismos patogênicos;  Não coçar os olhos;
  9. 9.  Usar toalhas de papel para enxugar o rosto e as mãos ou lavar todos os dias as toalhas de tecido;  Trocar as fronhas dos travesseiros diariamente, enquanto perdurar a crise;  Não compartilhar o uso de esponjas, rímel, delineadores ou de qualquer outro produto de beleza;  Não se automedicar.
  10. 10.  No caso da escola, seria feita uma promoção à higiene pessoal, sendo necessária realizar uma ação educativa para alunos e funcionários. Evitando assim novos surtos e problemas futuros.
  11. 11.  O tratamento da conjuntivite é determinado pelo agente causador da doença. › Para a conjuntivite viral não existem medicamentos específicos. › Já o tratamento da conjuntivite bacteriana inclui a indicação de colírios antibióticos, que devem ser prescritos por um médico, pois alguns colírios são altamente contraindicados, porque podem provocar sérias complicações e agravar o quadro.
  12. 12.  Cuidados especiais com a higiene ajudam a controlar o contágio e a evolução da conjuntivite . Qualquer que seja o caso, porém, é fundamental lavar os olhos e fazer compressas com água gelada, que deve ser filtrada e fervida, ou com soro fisiológico comprado em farmácias ou distribuído nos postos de saúde.
  13. 13.  Na maior Escola da Cidade de Ribeirão Bonito, o agente da Conjuntivite foi um vírus.  Para as pessoas que foram infectadas, seria feita uma ação separadamente, visando os principais cuidados a serem realizados. › As 53 pessoas levariam até 3 parentes de contato, para auxílio no tratamento residencial › A população da escola também teria um momento em prol da promoção e prevenção da doença (separadamente das pessoas infectadas para evitar novos casos de infecções).
  14. 14.  Nesta ação teria a presença de profissionais de saúde, não apenas tratando os infectados, mas também distribuindo folhetos informativos e cartazes sobre a doença.
  15. 15.  Para o tratamento, foi escolhido o colírio Lacribell, que tem por finalidade: › Dar alívio temporário da irritação e ardor devido aos olhos secos; › Seu uso é feito através de 1 ou 2 gotas, nos olhos afetados, sempre que necessário; › É um lubrificante oftálmico;
  16. 16. Medicamento Ético: Lacribel (Latinofarma) Preço de medicamento por pessoa R$ 13,00 ap R$ 12,00 av Preço de medicamento pelo grupo X 53 = R$ 636,00 Quantidade de Luvas Quantidade de Gaze Quantidade de Soro Fisiológico a 0,9% 3 caixas – 300 luvas 15 pacotes – 150 gaze 150 soros de 10ml Preço Caixa de Luvas (Lemgruber) 100 unid Preço Pacote de Gaze (Cremer) 10 unid Preço Soro de 10 ml (Equiplex) 1 unid R$ 27,31 R$ 1,40 R$ 0,47 X 3 = R$ 81,93 X 15 = R$ 21,00 X 150 = R$ 70,50
  17. 17. Preço (diária) Enfermeiro Preço (diária) Oftalmologista Preço (diária) Técnico de Enfermagem R$400,00 R$700,00 R$200,00 Número de Infectados Profissionais de Saúde Número de medicamentos Dias de tratamento 53 9 53 1 dia de ação + 15 dias de tratamento com colírio + 1 dia de retorno para análise da situação 1 Enfermeiro 3 Oftalmologistas 5 Técnicos de Enfermagem R$ 400,00 R$ 2100,00 R$ 1000,00 • Será necessário para realizar a ação:
  18. 18. Profissionais 9 R$ 3500,00 Medicamentos 53 R$ 636,00 Produtos 600 R$ 173,43 TOTAL R$ 4309,43
  19. 19.  O período de incubação é de 4 a 7 dias. Geralmente começa por um dos olhos e, com 3-4 dias, passa para o outro também.  A fase aguda dura de mais 7 a 10 dias (maior risco de passar para outras pessoas).  A vermelhidão pode ficar até 2 a 3 semanas (principalmente se houve hemorragia conjuntival).  15 dias é o tempo mínimo para reavaliar a situação dos infectados.
  20. 20. Profissionais (Oftalmologistas, Enfer meiro e Técnicos de Enfermagem) 9 R$ 3500,00 Produtos 660 R$ 152,13 Quantidade de Luvas Quantidade de Gaze Quantidade de Soro Fisiológico a 0,9% 3 caixas – 300 luvas 30 pacotes – 300 gaze 60 soros de 10ml R$ 27,31 x 3 = R$ 81,93 R$ 1,40 x 30 = R$ 42,00 R$ 0,47 x 60 = 28,20
  21. 21. Para Divulgação Panfletos Cartazes 200 5 R$ 0,07 x 200 = R$140,00 R$ 18,00 x 5 = R$ 90,00 Quantidade Preço (xerox, gráfica)
  22. 22. Profissionais 9 R$ 3.500,00 Produtos 660 R$ 152,13 Gráfica 205 R$ 230,00 TOTAL R$ 3882,13 Quantidade Preço
  23. 23. Orçamento da 1ª ação R$ 4309, 43 Orçamento da 2ª ação R$ 3882,13 TOTAL R$ 8191,56
  24. 24. › Alunos: Bruna Karlla; Bruna Yuri; Jessiano Marinho; Manuela de Siqueira; Marcos César; Nathália Roberta. › Disciplina: Processos Infecciosos e Parasitários › Professor: Carlos Henrique › 2º módulo – Bacharelado em Enfermagem

×