Plagio

666 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
666
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plagio

  1. 1. Plágio<br />Trabalho realizado por:<br />João Ramos 12ºD nº9<br />Samuel Dias 12ºD nº18<br />Manuel Alves 12ºD nº12<br />
  2. 2. Definição de plágio<br /> O plágio é normalmente definido como sendo “a apropriação ou cópia de um trabalho sem autorização do autor ou sem indicação da verdadeira origem”.<br /> O uso do trabalho de outros como base para o nosso próprio trabalho não é, em si mesmo, nada de mau e constitui a base de todo o desenvolvimento cientifico. O uso de fontes diversas é, por isso, algo a encorajar, mas tem de ser feito segundo regras que garantem que, no essencial, o trabalho realizado é original e que quaisquer contribuições estão devidamente identificadas.<br />Fonte: www.esec-alves-martins.rcts.pt/Creap/Plagio.pdf<br />
  3. 3. Notícia plagiada<br /> Na área das renovaveisa AlstomPower e a EDP Renováveis (EDPR) inauguraram o primeiro parque eólico do mundo a utilizar a turbina ecotècnia 100, desenhada e instalada pela AlstomPower para a empresa do Grupo EDP. A unidade está instalada num parque eólico, em VieuxMoulin, em França, que estará operacional em meados de Outubro de 2009.Cada unidade tem 140 metros de altura, o equivalente a um edifício de 50 andares, com um rotor de 100 metros de diâmetro e um comprimento de lâmina de 48,8 metros. O desenho permite retirar o máximo benefício do vento, inclusive de vento moderado, e pode suportar ventos de até 8,5 metros/segundo. A electricidade gerada pelo parque eólico VieuxMoulin irá responder às necessidades de 12 mil lares e evitar a produção de 42 mil toneladas anuais de CO2.«O investimento da Alstom em I&D permitiu-nos desenvolver uma tecnologia de energia eólica que dá aos nossos clientes a melhor disponibilidade de equipamento a longo prazo. Permite-nos também atender às necessidades actuais do mercado europeu e, no futuro, os do mercado mundial», afirma PhilippeCochet, vice-presidente da AlstomWind.A Alstom vai continuar a sua pesquisa nesta nova geração de turbinas eólicas, que inclui o desenvolvimento do modelo ecotècnia 110, que deverá entrar no mercado em 2010.<br />
  4. 4. No dia 1 de Outubro de 2009 foi inaugurado o “primeiro parque eólico do mundo a utilizar turbina ecotécnica 100, pela AlstomPower e a EDP Renováveis…”.que se encontra em VieuxMoulin(França).<br /> Este parque é constituido por muitas unidades, “Cada unidade tem 140 metros de altura, o equivalente a 50 andares,…”, com um novo desenho estas unidades conseguem retirar ao máximo o beneficio do vento e “responder às necessidades de 12 mil lares e evitar a produção de 42 mil toneladas anuais de CO2.<br /> A AlstomPower irá continuar a apostar no desenvolvimento destas unidades, melhorando os modelos já existentes.<br />FONTE: “http://ambienteonline.pt/noticias/detalhes.php?id=8433<br />Exemplo de como evitar o plágio<br />
  5. 5. FIM<br />

×