Estratégias para Transição Ágil

848 visualizações

Publicada em

Slides usados durante meu keynote no Dell Agile City Limits (Abril 2015)

Publicada em: Tecnologia

Estratégias para Transição Ágil

  1. 1. Manoel Pimentel @manoelp manoel@adaptworks.com.br Estratégias na Transição para Agile SECRETO
  2. 2. Sobre... twitter.com/manoelp www.adaptworks.com.br • Mais de 18 anos em TI • Agile Coach na AdaptWorks • Presidente da Agile Alliance Brazil • Já atuou em várias organizações grandes e complexas (Dell, Sicoob, Stefanini, Oi, GVT, XP, Itaú, Localiza, Petrobras ...) • Um dos pioneiros em Agile no Brasil • Ganhador da primeira edição do Troféu Luca Bastos • Criador da revista Visão Ágil • Chairman do Agile Brazil 2013 • Escritor/Revisor/Palestrante • Certified Scrum Professional, Certified Alpha Coach, SPC (Scaled Academy) e Licensed Trainer de Management 3.0 slideshare.net/manoelp
  3. 3. The 9th annual State of Agile - VersionOne (2015)
  4. 4. Quero ser Ágil!
  5. 5. Mas não consigo! " " posso! " " devo!
  6. 6. ..e agora?
  7. 7. ...por onde começar a ser ágil?
  8. 8. HAKA Implante um simples momento de:1)
  9. 9. HAKAHansei
  10. 10. HAKAHansei Kaizen
  11. 11. HAKAHansei Kaizen Reflexão Melhoria
  12. 12. MVI Descubra o 2)
  13. 13. Minimum Viable Improvement By Manoel Pimentel
  14. 14. MVI Ganhos-Perdas = Propósito+Valores Use essa fórmula:
  15. 15. Abandone os rótulos 3)
  16. 16. Ugly Duckling Cycle 4) use o
  17. 17. Mude as interações Não os papéis 5)
  18. 18. Business Analyst Software Developer Software Architect Project Manager
  19. 19. The Frog Effect 6) Lembre que temos
  20. 20. The Frog Effect Percebemos mudanças bruscas, mas não as mudanças lentas en.wikipedia.org/wiki/Boiling_frog
  21. 21. Alimente o Tigre 7)
  22. 22. Quem é o tigre? A diretoria, um gestor, um executivo, um processo maior...
  23. 23.  
  24. 24. Como se alimenta o tigre? Um artefato, uma ferramenta, uma cerimônia... enfim qualquer coisa que seja vital ao tigre e, na falta ele pode matá-lo.
  25. 25.  
  26. 26. protocooperação (mutualismo)
  27. 27. Pavimente a mudançaCrie uma agenda para falar sobre a mudança 8)
  28. 28. Ou
  29. 29. Seja um jardineiro da mudança 9)
  30. 30. Estimule um ambiente que favoreça que seus participantes busquem, de forma natural E ao seu tempo, pela melhoria contínua.
  31. 31. Às vezes TRANSIÇÃO é mais difícil que EVOLUÇÃO 10)
  32. 32. transição A B evolução A A.1 A.2 A.3 A.4... ?
  33. 33. Não tente tratar todas as variações do problema 11)
  34. 34. Strategic Themes Epic Feature Feature User Story User Story User Story User Story User Story User Story User Story User Story User Story User Story User Story FeatureFeatureFeature User Story User Story User Story Epic
  35. 35. !
  36. 36. ! Epics Features Temas US Scrum? XP? Kanban? Cascata? Go Horse? Pequenos Lotes
  37. 37. Foco na ESSÊNCIA das coisas, NÃO A FORMA 12)
  38. 38. Q UA L A E S S Ê NC I A Á G I L ?
  39. 39. F E E D B AC K A B I L I DA D E
  40. 40. C O M P L E X I DA D E
  41. 41. Quantidade deEspeculações Tempo
  42. 42. Quantidade deEspeculações Tempo Baixa
  43. 43. Quantidade deEspeculações Tempo Baixa Alta F E E D BAC K A B I L I DA D E
  44. 44. 01) Implante um simples momento de HAKA 02) Descubra o MVI 03) Abandone os rótulos 04) Use o Ugly Duckling 05) Mude as interações, não os papéis 07) Alimente o tigre 08) Pavimente a mudança 09) Seja um jardineiro da mudança 10) Às vezes transição é mais difícil que evolução 11) Não tente tratar todas as variações do problema 12) Foco na essência das coisas, não na forma
  45. 45. manoel@adaptworks.com.br VALEU!!! @manoelp

×