Os Maiorais

503 visualizações

Publicada em

Os mais graduados da Companhia Nº 2 de Fuzileiros

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
503
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os Maiorais

  1. 1. O Nosso Quartel-Mestre<br />Dos números só ele sabia<br />E ninguém se podia enganar<br />Habilidades ele não permitia<br />Se alguém o quisesse aldrabar<br />
  2. 2. Um Bom Sargento<br />Deste homem que posso dizer<br />Se era a bondade em pessoa<br />Melhor que ele não pode haver<br />Neste mundo de gente boa<br />
  3. 3. Sem pelo na careca<br />Sem um pelo na sua cabeça<br />Protege-se do sol com o boné<br />Bem gostaria de pregar-lhe uma peça<br />Mas não me atrevo assim é que é<br />
  4. 4. O Mais Malandro de Todos<br />O certo é que ele tinha pinta<br />Mais que outros que eu cá sei<br />No livro fez gastar muita tinta<br />E por sorte eu disso escapei<br />
  5. 5. Amigo como este não havia<br />Se alguém estivesse enrascado<br />E a precisar de uma ajudinha<br />Tinha-o sempre do seu lado<br />Disso podem ter a certezinha<br />
  6. 6. O Homem da Manobra<br />De entre todos o mais velho<br />Homem de juízo e de bem<br />A quem se pedia conselho<br />E claro, a sua amizade também<br />
  7. 7. O Chefe da Dispensa<br />Manhã cedo lá ia ao Mercado<br />Trazia o peixe e a carne, fruta e legumes<br />Levantar cedo custava um bocado<br />Do seu cargo ninguém tinha ciúmes<br />
  8. 8. O Homem da Cantina<br />Andava sempre risonho e contente<br />E não era nada desconfiado<br />Mas corria com toda a gente<br />Que ousasse pedir-lhe fiado<br />
  9. 9. Arria o guincho, oh Manobra<br />Certo que antiguidade é um posto<br />Disso ninguém se pode esquecer<br />O nosso homem tomou-lhe o gosto<br />E todos lhe tinham de obedecer<br />
  10. 10. Grande amigo e companheiro<br />Versado nas artes da Marinharia<br />De navegar já estava saturado<br />Sem saber o que o futuro lhe traria<br />Mudou de rumo, acabou ao nosso lado<br />
  11. 11. Chefe do Martelo e do Serrote<br />Da carpintaria ele era o Cabo<br />Homem sincero e com muito siso<br />Quando pela frente lhe aparecia algum nabo<br />O mais certo era perder o juízo<br />
  12. 12. O Homem da Secretaria<br />Sabia mais com os olhos fechados<br />Do que muitos com eles abertos<br />Com números e livros bem controlados<br />E tudo o resto nos sítios certos<br />
  13. 13. O Homem dos toiros e toiradas<br />Oriundo da lezíria ribatejana<br />Enfrentava tudo com valentia<br />E há uma força que dele emana<br />Na rotina do seu dia-a-dia<br />
  14. 14. O Homem dos Tachos e Panelas<br />Na cozinha outro chefe não havia<br />Autoridade só ele é que tinha<br />Tudo marchava como ele queria<br />Faxinas e rancheiros na linha<br />
  15. 15. Artilheiro com Bazuca e Morteiro<br />Se outras armas não havia<br />E não por falta de dinheiro<br />Pegar na bazuca e fazer pontaria<br />Se não preferisse o morteiro<br />
  16. 16. O Meu Chefe Matias<br />Ele era alto como o Cristo-Rei<br />Um pouco marreco também<br />Mas há uma coisa que eu sei<br />Ele era um homem de bem!<br />
  17. 17. Foi à Índia e lá preso ficou<br />Chegou a hora e do Alentejo abalou<br />Foi para a Marinha, fizeram dele marinheiro<br />Para seguir seu destino ele cedo embarcou<br />Navegou até à Índia e lá preso ficou<br />
  18. 18. Fuzileiro Reconvertido<br />Que interessa o que foi primeiro<br />Se todos somos da Marinha<br />Um dia decidiu ser fuzileiro<br />Deixou a dele, juntou-se à minha<br />
  19. 19. Fuzileiro, pois então<br />Vaidoso como qualquer marinheiro<br />À civil ou com a farda vestida<br />Na estica era sempre o primeiro<br />Era disso que ele gostava na vida<br />
  20. 20. O Homem da Escrita Fina<br />Na Marinha foi homem da escrita<br />Mas isso não lhe dava dinheiro<br />Decidiu escolher vida mais bonita<br />E acabou convertido em fuzileiro<br />
  21. 21. Mais um das armas pesadas<br />Era a guerra, que se havia de fazer<br />Todos deviam alinhar na Companhia<br />Naquela altura estavam longe de saber<br />Nessa guerra não entrou a artilharia<br />
  22. 22. Ajudante de Artilheiro<br />Pois é, artilheiros há muitos<br />Mas sozinhos não fazem nada<br />Se não fossem os seus adjuntos<br />Teriam a vida mais complicada<br />
  23. 23. O Especialista em Morse<br />Com as comunicações na Pré-História<br />Seria preciso um homem assim<br />Sem ele não haveria vitória<br />E a guerra não chegaria ao fim<br />
  24. 24. O nosso Herói da India<br />Veio de Peniche para ser marinheiro<br />Meteram-no a bordo e foi navegar<br />Estava na Índia e ficou prisioneiro<br />E na Companhia 2 viria aterrar<br />

×