Estrutura curricular epi

264 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
264
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estrutura curricular epi

  1. 1. ANEXO 1 - ESTRUTURA CURRICULARDISCIPLINAS COMUNSDISCIPLINA CARGA HORÁRIA EMENTAMETODOLOGIA DEPESQUISA24 h/a Métodos de pesquisa. Técnicas de estudo e orientações sobre elaboração deMonografia/Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).LEGISLAÇÃO E ÉTICAPROFISSIONAL16 h/a Conhecimento geral e regras fundamentais do Direito. Noções de Direito Civil e Trabalhista.Responsabilidade civil, criminal, técnica,ética, administrativa. Legislação Profissional. Postura e ética profissional.PROJETOS INDUSTRIAIS I 40 h/a Uma breve história da engenharia. Aspectos conceituais da engenharia e do engenheiro nasociedade. Setores de atuação e perfil dosengenheiros. As especializações da engenharia. O ensino da engenharia no Brasil. OSistema CONFEA/CREA. Relações entreengenharia-tecnologia e engenharia-mercado. A engenharia de projetos industriais.Empresas de engenharia consultiva. A demanda domercado de engenharia de projetos no Brasil. Formas de atuação do engenheiro deprojetos. Panorama da engenharia de projetosindustriais no Brasil. Engenheiro versus projetista. Normalização técnica (SINMETRO,ABNT, Princípios da Normalização; Objetivos;Universo; Conceitos básicos; Vantagens; Tipos e níveis de normas; Pesquisa na Internet).Empreendedorismo e mudançaorganizacional. Planejamento estratégico. Processo Projeto e terminologias. A empresa deprojeto como sistema. Estruturaorganizacional (funcional; projetos; matricial). Sistemas de informação. Recursos humanos(treinamento; terceirização). Controle dedados de entrada. Análise crítica de projetos. Verificação de projetos. Codificação dedesenhos e documentos de projetos. Noçõesnormativas da ISO 9001 e processo de auditoria em projetos de engenharia. Serviçosagregados ao projeto. Avaliação deDesempenho.PROJETOS INDUSTRIAIS II 32 h/a Tipos e fases do empreendimento industrial (Estudos de viabilidade técnica e econômica;Projeto conceitual; Projeto básico; Projetodetalhado; Suprimentos; Obras civis; Montagens eletromecânicas; Testes e start-up). Oprocesso de projetar. Fundamentos de cada
  2. 2. disciplina da engenharia de projetos. Gestão de equipes técnicas. Aspectos gerais econceituais da área de atuação e abrangência.Interface de informações técnicas. Tipo/conteúdo da documentação específica do projetode cada disciplina. Leitura e interpretação dedesenhos de engenharia. Informações necessárias para elaboração de documentos nasdisciplinas de engenharia. A relação cliente xequipe de projeto. Processo comercial (marketing; elaboração de propostas técnicas ecomerciais; Composição do preço de venda).Análise crítica de proposta. Termo de referência do projeto. Tipos de contratos emengenharia (EPCM). Tipos de remuneração emserviços de engenharia (preço global/unitário). Gestão de custos (apropriação; custos epreços; capital de giro; controles financeiros; oscustos e a empresa de projeto).DESENHO TÉCNICO 24 h/a Desenvolvimento de desenhos para projetos industriais multidisciplinares: Representaçãode forma e dimensão; Convenções e normalização; Uso de programas de desenho eprojeto assistido por computador em projeto de engenharia. Prática em computador.PROCESSOS INDUSTRIAIS– SIDERURGIA16h/a Descrição básica do processo de uma unidade de siderurgia. Apresentação do layout daárea industrial bem como a nomenclatura dos principaisequipamentos/dispositivos/áreas/unidades pertinentes, visando aos conceitos e aovocabulário técnico da área, processo eprodutos gerados. Visita técnica, caso haja compatibilidade de agenda do curso com aindústria.PROCESSOS INDUSTRIAIS– MINERAÇÃO16h/a Descrição básica do processo de uma unidade de mineração. Apresentação do layout daárea industrial bem como a nomenclatura dosprincipais equipamentos/dispositivos/áreas/unidades pertinentes, visando aos conceitos eao vocabulário técnico da área, processo eprodutos gerados. Visita técnica, caso haja compatibilidade de agenda do curso com aindústria.PROCESSOS INDUSTRIAIS– PETRÓLEO E GÁS16h/a Descrição básica dos processos de uma unidade de petróleo e gás (Processos deexploração, perfuração, produção e tratamento deÓleo e Gás, incluindo o Tratamento da Água Produzida – upstream; Processos de refino dopetróleo e Processamento de Gás Natural -downstream), bem como a nomenclatura dos principaisequipamentos/dispositivos/áreas/unidades pertinentes, visando aos conceitos eao vocabulário técnico da área, processo e produtos gerados. Visita técnica, caso haja2
  3. 3. compatibilidade da agenda curso/indústria.PROCESSOS INDUSTRIAIS– CELULOSE16h/a Descrição básica do processo de uma unidade de celulose. Apresentação do layout da áreaindustrial bem como a nomenclatura dos principais equipamentos /dispositivos /áreas/unidades pertinentes, visando aos conceitos e ao vocabulário técnico da área, processo eprodutos gerados. Visita técnica, caso haja compatibilidade de agenda do curso com aindústria.TÓPICOS DE ENGENHARIADE PROJETOS I –SEMINÁRIO CIÊNCIAS DOAMBIENTE12 h/a A engenharia e o Meio-ambiente. Terminologia e definições. Classificação do meioambiente. Poluição. Controle Ambiental. Ecodesenvolvimento.Sistemas de gestão do meio ambiente. Avaliação do ciclo de vida. Avaliação daperformance. Indicadores específicospara a área industrial. Noções Legislação ambiental. Resolução CONAMA n.º 237/97:licenciamento ambiental (licença prévia, licençade instalação, licença de operação). Resolução CONAMA n.º 001/86: estudo de impactoambiental e relatório de impacto ambiental.TÓPICOS DE ENGENHARIADE PROJETOS II –SEMINÁRIO SEGURANÇADO TRABALHO12 h/a A saúde e a segurança no contexto da educação e da Qualidade Total. Higiene no trabalho.Planejamento da higiene e da segurançana empresa. Equipamentos de proteção. Normas e legislação. Proteção contra incêndio.Primeiros socorros. Causas e custos dosacidentes. Análise e estatística dos acidentes.TÓPICOS DE ENGENHARIADE PROJETOS III –SEMINÁRIO SOFTWARECAD/CAE8 h/a Softwares de engenharia, arquitetura e design. Apresentação das melhores ferramentaspara compartilhar projetos 2D e 3D.TÓPICOS DE ENGENHARIADE PROJETOS IV –SEMINÁRIO TÉCNICAS DECOMUNICAÇÃO8 h/a Processos de comunicação – técnica, oral e escrita - que habilite o aluno na articulação dascomunicações da vida industrial eempresarial. Erros mais freqüentes na comunicação oral e escrita. Técnicas deapresentação. Redação de cartas comerciais,documentos técnicos e comunicação escrita em geral no mundo corporativo.TÓPICOS DE ENGENHARIADE PROJETOS V –SEMINÁRIO PSICOLOGIANO TRABALHO8 h/a Civilização tecnológica, o Homem e o Trabalho. Significação econômica, social epsicológica do trabalho. Motivação. Personalidade,liderança e organização. Status. Treinamento e relações humanas no trabalho. Relaçãointerpessoal e interprofissional.TÓPICOS DE ENGENHARIADE PROJETOS VI –SEMINÁRIO TEMA LIVRE8 h/a (tema a ser selecionado conforme interesse dos alunos)3
  4. 4. GESTÃO DE PROJETOSINDUSTRIAIS28 h/a Gestão de projetos de engenharia. Relacionamento (cliente, GP, GT, equipe). Escopo.Desenvolvimento da EAP. Planejamento.PMBOK® : gestão de escopo, tempo, custo, qualidade, recursos humanos, comunicações,riscos. Ferramentas utilizadas para a gestãode projetos em engenharia (LI, LD, mapa de carga, curva “S”, etc. Softwares paraplanejamento.GESTÃO EMPRESARIAL EECONOMIA24 h/a Economia: Viabilidade Econômico-Financeira de Projetos. Matemática Financeira.Conceitos de Análise de Investimentos. Métodos deAvaliação de Investimentos. Análise de Investimentos Sob Incerteza.Gestão empresarial: Conceitos de organização e de empresas. A organização dasempresas de engenharia. Principais conceitos eferramentas. Como são as empresas de engenharia: planejamento, recursos humanos,finanças, suprimentos e contabilidade. Aspectosjurídicos.DISCIPLINAS ESPECÍFICAS PARA CADA ÊNFASE DO CURSOELÉTRICADISCIPLINA CARGA HORÁRIA EMENTAINSTALAÇÕES ELÉTRICASINDUSTRIAIS32 h/a Introdução ao projeto elétrico. Principais etapas (análise inicial; quantificação da instalação;fornecimento de energia; esquema básico;seleção, dimensionamento e especificação de componentes. Correção de fator de potênciadas cargas. Cálculo de curto-circuitotrifásico e fase-terra em um sistema industrial. Projeto elétrico de uma pequena indústria.Subestação industrial com medição em médiatensão. Filosofia de proteção e aterramento industrial. Levantamento de material,especificação e previsão orçamentária de custos.Luminotécnica. Softwares aplicados à engenharia elétrica. Interferência do projeto elétricocom os projetos de cálculo estrutural,hidráulico, esgoto, incêndio, água quente e telefoniaINSTRUMENTAÇÃO EAUTOMAÇÃO INDUSTRIAL32 h/a Instrumentos de medida. Desempenho de instrumentos. Transdução, transmissão etratamento de sinais. Instrumentos e técnicas demedição de grandezas mecânicas. Medição de deslocamento, movimento, força, torque,pressão, vazão, fluxo de massa, temperatura,fluxo de calor e umidade. Automação da medição. Elementos finais de controle. Aplicaçõesindustriais. Controladores lógicos4
  5. 5. programáveis. Introdução a sistemas automáticos de produção.CIVILDISCIPLINA CARGA HORÁRIA EMENTAARQUITETURA EESTRUTURAS METÁLICAS32 h/a Estrutura Metálica: Tipos de estruturas metálicas para fins industriais. Definição da estruturae interfaces com os projetos mecânicos,equipamentos e tubulações. Projeto e cálculo de estruturas metálicas. Normas aplicáveis.Materiais. Critérios e quadros de cargas.Cargas de equipamentos. Pontes Rolantes. Softwares de engenharia estrutural.Especificações para fabricação e montagem.Diligenciamento e inspeção. Arquitetura: Breve histórico da arquitetura industrial.Importância da arquitetura no ambiente industrial.Legislação e normalização técnica aplicável. Projeto arquitetônico. Formas e materiaisadequados ao ambiente industrial.Acessibilidade. O homem enquanto usuário do espaço industrial. Noções ergonométricas.ESTRUTURAS DECONCRETO ARMADO EFUNDAÇÕES32 h/a Plano de sondagens do subsolo. Projetos de escavação e re-aterros. – Definição do tipo defundação. Projeto e cálculo de fundação esuperestrutura. Fundação de equipamentos. Análise dinâmica. Fundação de edifíciosmetálicos. Quadro de cargas. Interfaces comdemais disciplinas envolvidas.MECÂNICADISCIPLINA CARGA HORÁRIA EMENTAMECÂNICA 32 h/a Visão básica de projetos de sistemas térmicos, mecânicos, hidráulicos e pneumáticos.Construção de máquinas e motores. Execução efiscalização de instalações mecânicas, termodinâmicas, eletromecânicas. Estudos deviabilidade econômica. Seleção, desenvolvimentoe análise de materiais para construção mecânica. Adequação de equipamentos segundonormas vigentes. Dimensionamento deequipamentos.TUBULAÇÕES INDUSTRIAIS 32 h/a Emprego das tubulações. Tubos, materiais e processos de fabricação. Comportamento dosprincipais fluidos industriais. Meios deligação entre tubos e acessórios. Acessórios de tubulações. Válvulas industriais. Normas,códigos e especificações. Fabricação,montagem, ensaios, testes e condicionamento de tubulações. Arranjo, traçado edetalhamento de tubulações. Suporte de tubulação.Projeto mecânico de tubulações. Noções de flexibilidade.5
  6. 6. 6
  7. 7. 6

×