1 o per_o

280 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
280
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1 o per_o

  1. 1. FUNDAMENTOS DE CONTABILIDADE 1 – A CONTABILIDADE É uma ciência que permite, através de suas técnicas, manter um controle permanente do Patrimônio da empresa. · Conceito · Aplicação da contabilidade · Usuários da contabilidade · Para que é mantida a contabilidade · O profissional contábil · Pilares da contabilidade Sócios Empresa que Contabilidade Produz relató- Usuários que constituem faz negócios registra os rios contábeis são supridos uma e a dados e para de informação Administradores Departamento gerentes contábil relatórios Fornecedores relatórios Bancos relatórios Governo Gerenciar relatórios Sindicato banco de dados Querem ver se Querem Analisam deu lucro Tomar decisões previsões relatórios Funcionários Usuár ios Usuários Usuários Outros usuários Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 1
  2. 2. · Conceito A Contabilidade é o instrumento que fornece o máximo de informações úteis para a tomada de decisões, dentro e fora da empresa. Utilizada pelos governantes, como forma de arrecadação dos impostos, conseqüentemente tornando-a obrigatória para as empresas. Não deve ser feita visando atender somente exigências do governo e sim auxiliar na tomada de decisões. Registra todas as movimentações possíveis de mensuração monetária, que resume os dados registrados em forma de relatórios, que é a base de análise e tomada de decisões. · Aplicação da Contabilidade Pode ser aplicada para todas as empresas de modo geral ou, aplicada a determinado ramo de atividade ou setor da economia: - Comerciais - Industriais - Públicas - Bancárias - Hospitalares - Agropecuárias - Seguros - Ambiental · Usuários da Contabilidade São as pessoas que se utilizam da Contabilidade, que se interessam pela situação da empresa, e buscam as suas respostas: - Gerentes (administradores). - Investidores – aplicam suas economias, e estão interessados em obter o lucro. - Fornecedores – querem saber se a empresa tem condições de pagar suas dívidas. - Bancos – conceder empréstimos. - Governo – arrecadação de impostos. - Empregados, sindicatos, concorrentes, etc Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 2
  3. 3. Usuários da Informação Contábil Investidores/ Sócios Bancos/ · Para quem é mantida a Contabilidade A Contabilidade pode ser mantida para Pessoa Física ou Pessoa Jurídica. - Pessoa Física é a pessoa natural, todo indivíduo, sem exceção. - Pessoa Jurídica é a união de pessoas naturais que, através de contratos reconhecidos por lei, formam uma nova pessoa, denominada EMPRESA, com ou sem fins lucrativos. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 3 Informaçõe s Contábeis Financiadores Analistas/ Administr a-dor Setor Público/ Governo Empregado s/Prestadore s de Serviços Fornecedore s/Consultor es Sindicatos , IBGE, Clientes
  4. 4. · O Profissional Contábil Técnico em Contabilidade e o Contador ou bacharel em Ciências Contábeis. Ambos podem, legalmente, ser responsáveis pela contabilidade da empresa, analistas de balanço, pesquisadores, etc. O Contador, porém, está habilitado a exercer outras atividades não cabíveis ao TC: - Auditoria: exame e verificação da exatidão dos procedimentos contábeis. - Perícia Contábil: investigação contábil de empresas motivada por uma questão judicial. - Professor de Contabilidade: Curso superior, com pós-graduação. · Pilares da Contabilidade São as regras básicas da Contabilidade e divide-se em: postulados (fatos), princípios e convenções contábeis. . Princípios Fundamentais de Contabilidade (resolução n° 750 do CFC) O Princípio da Entidade Reconhece o Patrimônio como objeto da Contabilidade e afirma a autonomia patrimonial, a necessidade da diferenciação de um Patrimônio particular (patrimônio dos seus sócios ou acionistas). O Princípio da Continuidade Ter vida definida O Princípio da Oportunidade Integridade do registro do patrimônio e das suas mutações. O Princípio do Registro pelo Valor Original OS componentes do patrimônio devem ser registrados pelos valores originais das transações. O Princípio da Atualização Monetária Efeitos da alteração do poder aquisitivo da moeda nacional devem ser reconhecidos nos registros contábeis. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 4
  5. 5. O Princípio da Competência As receitas e despesas devem ser incluídas na apuração do resultado do período em que ocorreram. O Princípio da Prudência Adoção do menor valor para os componentes do Ativo e do maior valor para os do Passivo. . Convenções Contábeis Convenção Contábil da Materialidade Não deve perder tempo com registros irrelevantes. Convenção Contábil da Consistência Critérios adotados para os registros de atos e fatos administrativos não devem mudar freqüentemente. Convenção Contábil do Conservadorismo Princípio da Prudência. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 5
  6. 6. 2 – PATRIMÔNIO É um conjunto de Bens, Direitos e Obrigações de uma pessoa, avaliado em moeda. · Conceito O termo patrimônio significa, a princípio, o conjunto de bens pertencentes a uma pessoa ou a uma empresa. Compõe-se também de valores a receber. Por isso, em contabilidade esses valores a receber são denominados direitos a receber, ou simplesmente direitos. Apenas evidenciando os bens e direitos, não podemos identificar a verdadeira situação de uma pessoa ou empresa. Será necessário evidenciar as obrigações (dívidas) referentes aos bens ou direitos. Em Contabilidade, portanto, a palavra patrimônio tem sentido amplo: por um lado significa o conjunto de bens e direitos pertencentes a uma pessoa ou empresa e, por outro lado inclui as obrigações a serem pagas. ATIVO PASSIVO ou ou Patrimônio Bruto Capital Alheio ou ou Capital Aplicado Passivo Exigível ou ou Recursos Aplicados Capital de Terceiros ou ou Aplicações de Recursos Recursos de Terceiros Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 6 PATRIMÔNIO BENS DIREITOS OBRIGAÇÕE S
  7. 7. · Bens Entendem-se por Bens as coisas úteis, capazes de satisfazer às necessidades das pessoas e das empresas. Se os bens possuem forma física (palpáveis), são denominados Bens Tangíveis (veículos, imóveis, estoques de mercadorias, dinheiro, móveis e utensílios, ferramentas, etc. Se os bens não possuem matéria (incorpóreos) são denominados Bens Intangíveis (marcas, patentes de invenção – direito exclusivo de exploração). O Código Civil brasileiro distingue os bens em: - Bens Imóveis – vinculados ao solo, que não podem ser retirados em destruição ou danos: edifícios, construções, árvores, etc. - Bens Móveis – podem ser removidos por si próprio ou outras pessoas: animais, máquinas, equipamentos, estoque de mercadorias, etc. · Direitos Entende-se por direito ou direito a receber o poder de exigir alguma coisa, ou seja, valores a receber, títulos a receber, contas a receber, etc. Após um mês de trabalho, você tem direito de receber o seu salário, assim salários a receber é um direito. Em relação a empresa, o direito a receber mais comum decorre da venda a prazo (duplicatas a receber). · Obrigações São dívidas com terceiros, denominadas Obrigações Exigíveis, ou seja, compromissos que serão reclamados, exigidos no respectivo vencimento. Tipos de obrigações mais comuns: - Empréstimos bancários – Empréstimos a Pagar; - Compra de Mercadorias a Prazo – Fornecedores ou Duplicatas a Pagar; - Salários a Pagar; - Impostos a Pagar ou Recolher; - Financiamentos; - Encargos Sociais a Pagar; - Aluguéis a Pagar; - Contas a Pagar, etc. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 7
  8. 8. REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DO PATRIMÔNIO BENS + DIREITOS OBRIGAÇÕES Bens Obrigações Direitos 3 – SITUAÇÕES LÍQUIDAS PATRIMONIAIS: Para que a representação gráfica do Patrimônio esteja completa, é preciso representar os elementos que o compõem com os seus respectivos valores. Para isso, devemos acrescentar novos elementos na representação gráfica do Patrimônio: · O Patrimônio Líquido juntamente com os Bens, Direitos e as Obrigações, completará a referida representação gráfica do Patrimônio, permitindo que o total do lado esquerdo seja igual ao total do lado direito, dando-lhe forma de equação. Considerando cada um dos elementos que representam os Bens e os Direitos, com seus respectivos valores, temos o total do Ativo: Bens Caixa............................................................. 30,00 Móveis........................................................... 50,00 Estoque de Mercadorias................................ 20,00 Total.........................................................100,00 Direitos Duplicatas a Receber..................................... 40,00 Promissórias a Receber................................. 10,00 Total......................................................... 50,00 Total do Ativo.................................................. 150,00 Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 8
  9. 9. Procedendo da mesma forma com os elementos que representam as Obrigações, temos: Obrigações Duplicatas a Pagar......................................... 35,00 Salários a Pagar............................................. 15,00 Impostos a Pagar........................................... 30,00 Total....................................................... 80,00 Total das Obrigações.......................................... 80,00 O total dos Bens mais o total dos Direitos menos o total das Obrigações denomina-se Situação Líquida Patrimonial. Logo: Ativo............................... 150,00 (menos) Obrigação.......... 80,00 ......................................... 70,00 = Situação Líquida Patrimonial BENS + IREITOS - OBRIGAÇÓES = SITUAÇÃO LÍQUIDA PATRIMONIAL No gráfico utilizado para representar o Patrimônio, a Situação Líquida Patrimonial é colocada sempre do lado direito. Ela deve ser somada às Obrigações (ou diminuída), de modo a igualar o lado do Passivo com o lado do Ativo, dando-lhe forma de equação patrimonial: PATRIMÔNIO ATIVO PASSIVO Bens Obrigação Caixa 30 Duplicatas a Pagar 35 Móveis 50 Salários a Pagar 15 Estoque de Mercadorias 20 Impostos a Pagar 30 Direitos 80 Duplicatas a Receber 40 Situação Líquida 70 Promissórias a Receber 10 Total 150 Total 150 Obs.: A partir de agora passaremos a representar o Patrimônio através do mesmo gráfico em forma de T, porém com o título apropriado de Balanço Patrimonial. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 9
  10. 10. 3.1 – Situação Líquidas Patrimoniais Possíveis: a) Ativo maior que Passivo Exemplo: Bens.......................................... 200,00 Direitos.................................... 100,00 Obrigação................................ 180,00 PATRIMÔNIO ATIVO PASSIVO Bens 200,00 Obrigação 180,00 Direitos 100,00 (+) Situação Líquida 120,00 Total 300,00 Total 300,00 Neste caso, a Situação Líquida chama-se: . Situação Líquida Positiva – total dos elementos positivos supera elementos negativos. . Situação Líquida Ativa – total do Ativo supera total do Passivo. . Situação Líquida Superavitária – por ser uma situação positiva. ATIVO > PASSIVO SITUAÇÃO LÍQUDA POSITIVA b) Ativo menor que Passivo Exemplo: Bens.......................................... 200,00 Direitos.................................... 100,00 Obrigação................................ 340,00 PATRIMÔNIO ATIVO PASSIVO Bens 200,00 Obrigação 340,00 Direitos 100,00 (-) Situação Líquida (40,00) Total 300,00 Total 300,00 Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 10
  11. 11. Neste caso, a Situação Líquida chama-se: . Situação Líquida Negativa – total dos elementos negativos supera elementos positivos. . Situação Líquida Passiva – total do Passivo supera total do Ativo. . Situação Líquida Deficitária – por ser uma situação negativa. . Passivo a Descoberto – o total do Ativo não é suficiente para cobrir o total do Passivo. ATIVO < PASSIVO SITUAÇÃO LÍQUDA NEGATIVA c) Ativo igual a Passivo Exemplo: Bens.......................................... 200,00 Direitos.................................... 100,00 Obrigação................................ 300,00 PATRIMÔNIO ATIVO PASSIVO Bens 200,00 Obrigação 300,00 Direitos 100,00 Situação Líquida - Total 300,00 Total 300,00 Neste caso, o Ativo é inteiramente absorvido pelas Obrigações, e a Situação Líquida é NULA, inexistente. ATIVO = PASSIVO SITUAÇÃO LÍQUDA NULA d) Ativo igual à Situação Líquida: PATRIMÔNIO ATIVO PASSIVO Bens 100,00 Obrigação - Direitos 200,00 Situação Líquida 300,00 Total 300,00 Total 300,00 Ocorre quando não há Obrigações e somente Bens e Direitos – Situação Líquida Positiva. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 11
  12. 12. e) Situação Líquida igual ao Passivo: PATRIMÔNIO ATIVO PASSIVO Bens - Obrigação 200,00 Direitos - Situação Líquida (200,00) Total - Total - Ocorre quando não há Ativo, apenas Obrigações. Nesse caso, a Situação Líquida é Negativa. 4 – PATRIMÔNIO LÍQUIDO É o quarto grupo de elementos patrimoniais que, juntamente com os Bens, os Direitos e as Obrigações, completará a Demonstração Contábil, denominada Balanço Patrimonial. O total do grupo Patrimônio Líquido é igual ao valor da Situação Líquida da empresa. PATRIMÔNIO ATIVO PASSIVO Bens Obrigação Direitos Patrimônio Líquido O Patrimônio Líquido é composto pelos seguintes elementos (fonte de recursos): · Capital – principal fonte do PL, representa a soma dos valores que o proprietário investiu na empresa. · Reservas – correspondem a partes dos lucros que são retidos (reservadas) para determinados fins, como, por exemplo, Reserva Legal. · Lucros ou Prejuízos Acumulados – principal objetivo das empresas ao final do exercício (período em que a empresa opera). No caso de Lucros, ele terá vários destinos, como Imposto de Renda, Contribuição Social, distribuição aos sócios, formação de Reservas, etc. A parte não distribuída ficará retida para futuras aplicações com o título de Lucros Acumulados. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 12
  13. 13. 5 - FORMAÇÃO DO PATRIMÔNIO Para se constituir uma empresa é preciso que se tenha, inicialmente um Capital. A palavra Capital é usada para representar o conjunto de elementos que o proprietário da empresa possuí para iniciar suas atividades. Exemplo Suponhamos que uma pessoa possui R$60 mil em dinheiro, para constituir uma empresa: os R$60 mil representa o Capital Inicial. O Capital Inicial pode ainda ser composto por: . Móveis . Veículos . Imóveis . Promissórias a Receber Uma pessoa deseja iniciar suas atividades e possua R$5 mil em Dinheiro e um Veículo no valor de R$60 mil, neste caso o Capital Inicial é de R$65 mil. Este Capital é conhecido por: . Capital . Capital Inicial . Capital Nominal . Capital Subscrito · PATRIMÔNIO LÍQUIDO È a medida eficiente da verdadeira riqueza, ou seja, parte que efetivamente sobra para o seu proprietário após somar Bens e Direitos e subtrair do total das Obrigações. Patrimônio Líquido = Bens + Direitos (-) Obrigações Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 13
  14. 14. 6 – ASPECTOS QUALITATIVOS E QUANTITATIVOS DO PATRIMÔNIO: 6.1 - Aspectos Qualitativos Este aspecto consiste em qualificar (o que) os Bens, Direitos e Obrigações. PATRIMÕNIO Bens: - Dinheiro - Veículos - Máquinas Direitos: - Duplicatas a Receber - Promissórias a Receber Obrigações: - Duplicatas a Pagar - Impostos a Pagar Não basta conhecer os aspectos Qualitativos. 6.2-Aspectos Quantitativos Consiste em dar esses Bens, Direitos e Obrigações seus respectivos valores (quanto), levando-nos a conhecer o valor do Patrimônio da minha empresa. Bens: - Dinheiro.........................................................R$5.000,00 - Veículos.......................................................R$50.000,00 - Máquinas......................................................R$10.000,00 Direitos: - Duplicatas a Receber......................................R$3.000,00 - Promissórias a Receber...................................R$2.000,00 Obrigações: - Duplicatas a Pagar..........................................R$8.000,00 Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 14
  15. 15. - Impostos a Pagar................................................R$500,00 Com essas informações é possível fazer uma idéia do tamanho do Patrimônio da empresa, pois ficou esclarecido o que e quanto a empresa tem em Bens, Direitos e Obrigações. 7 – REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DO PATRIMÔNIO (ATIVO e PASSIVO): Até o momento não nos preocupamos na forma de apresentação do Patrimônio, porém, visando atender ao aspecto didático, e para tornar mais fácil a compensação do patrimônio, a partir de agora vamos representá-lo em um gráfico simplificado, em forma de T. No lado esquerdo, colocamos os Bens e os Direitos. Patrimônio Bens Direitos Do lado direito as Obrigações. Patrimônio Obrigações Então, a representação gráfica do Patrimônio fica assim: Patrimônio Bens Obrigações Direitos Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 15
  16. 16. Com isso, a Contabilidade atribui nomes aos elementos componentes do Patrimônio, dentro da lógica que a teoria contábil exige. Na representação gráfica apresentada temos, de um lado, os Bens e os Direitos, que formam o grupo dos elementos positivos e, do outro lado as Obrigações, que formam o grupo dos elementos negativos, logo teremos os elementos positivos e os elementos negativos. PATRIMÔNIO ELEMENTOS POSITIVOS ELEMENTOS NEGATIVOS Bens Obrigações . Móveis e Utensílios . Salários a Pagar . Estoque de Mercadorias . Duplicatas a Pagar . Caixa (dinheiro) . Impostos a Pagar Direitos . Duplicatas a Receber . Promissórias a Receber O lado esquerdo é chamado lado positivo, pois os Bens e os Direitos representam, para a empresa a sua parte positiva, ou seja, o que ela tem efetivamente – Bens, e o que ela tem a receber – Direitos. O lado direito, por sua vez, é chamado lado negativo, pois as suas Obrigações representam a parte negativa da empresa, ou seja, o que ela tem a pagar. Os elementos positivos são denominados, ainda, componentes Ativos e o seu conjunto forma o Ativo. Os elementos negativos são denominados, ainda, componentes Passivos e o seu conjunto forma o Passivo. Mais dois nomes apareceram: Ativo e Passivo. PATRIMÔNIO ATIVO PASSIVO Bens Obrigações . Móveis e Utensílios . Salários a Pagar . Estoque de Mercadorias . Duplicatas a Pagar . Caixa (dinheiro) . Impostos a Pagar Direitos . Duplicatas a Receber . Promissórias a Receber Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 16
  17. 17. EXERCÍCIO 1 – Represente graficamente, após cada fato ocorrido, a Situação Patrimonial da empresa, considerando-a em evolução, isto é, cada gráfico apresentado deve ser igual ao gráfico anterior, modificado pelas operações subseqüentes. a) Investimento inicial: - Em dinheiro R$200.000,00. - Em Móveis R$100.000,00. b) Compras efetuadas: - Mercadorias, em dinheiro R$50.000,00. - Veículos, a prazo, mediante aceite de Duplicatas R$130.000,00. c) Venda de Mercadorias, à vista, por R$20.000,00. d) Venda de Mercadorias, a prazo, mediante aceite de Duplicatas, por R$20.000,00. e) Empréstimo obtido junto ao Banco do Brasil, mediante emissão de Nota Promissória, no valor de R$80.000,00. f) Pagamento, em dinheiro, de uma Duplicata no valor de R$30.000,00. g) Recebimento, em dinheiro, de uma Duplicata no valor de R$10.000,00. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 17
  18. 18. 2) Identifique as operações que deram origem às Situações Patrimoniais a seguir representadas. Considere o Patrimônio em evolução, isto é, compare o gráfico do item em análise sempre com o gráfico anterior e responda quais foram os fatos que provocaram tais modificações. a) Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO Caixa 24.000,00 Capital 24.000,00 Total 24.000,00 Total 24.000,00 b) Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO Caixa 24.000,00 Duplicatas a Pagar 6.000,00 Móveis 6.000,00 Capital 24.000,00 Total 30.000,00 Total 30.000,00 c) Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO Caixa 10.000,00 Duplicatas a Pagar 6.000,00 Móveis 6.000,00 Capital 24.000,00 Veículos 14.000,00 Total 30.000,00 Total 30.000,00 d) Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO Caixa 4.000,00 Capital 24.000,00 Móveis 6.000,00 Veículos 14.000,00 Total 24.000,00 Total 24.000,00 Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 18
  19. 19. 3) Considerando os dados abaixo, pode-se afirmar que a totalidade das operações realizadas no período compreenderam: Balanço Patrimonial ATIVO x0 x1 PASSIVO x0 x1 Caixa 700,00 7.400,00 Fornecedores 1.600,00 600,00 Bancos 1.600,00 1.600,00 Patrimônio Líquido - - Dupl. Receber 4.400,00 2.000,00 Capital 10.000,00 10.000,00 Veículos 5.300,00 - Reservas 400,00 400,00 Total 12.000,00 11.000,00 Total 12.000,00 11.000,00 a) Recebimento de Duplicatas a Receber no montante de R$1.000,00 e pagamento de Duplicatas a Pagar no valor de R$2.400,00. b) Venda de Veículos por R$5.300,00 e Recebimento de Duplicatas no valor de R$2.400,00. c) Recebimento de Duplicatas a Receber no valor de R$2.400,00, para pagamento a Fornecedores no valor de R$1.000,00 e Venda de Veículos por R$6.000,00. d) Venda de Veículos por R$5.300,00, pagamento a Fornecedores no valor de R$1.000,00 e recebimento de Duplicatas a Receber no valor de R$2.400,00. e) Venda de Veículos por R$6.000,00, pagamento de Duplicatas a Receber no valor de R$1.000,00 e recebimento de Fornecedores no valor de R$2.400,00. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 19
  20. 20. 8 – ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS A palavra Capital representa um elemento do grupo do Patrimônio Líquido e que, quando da constituição de uma empresa, representa os Bens com os quais o proprietário inicia suas atividades. Quando palavra Capital está acompanhada do objetivo total, compondo a expressão Capital Total a disposição da empresa, ela representa os recursos totais de que a empresa dispõe. Exemplo: Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO Caixa 500,00 Fornecedores 350,00 Veículos 300,00 Capital 800,00 Móveis 100,00 Estoque de Mercadorias 200,00 Duplicatas a Receber 50,00 Total 1.150,00 Total 1.150,00 Note que o Capital Nominal da empresa é de R$800,00 e o Capital à disposição da empresa ou Capital Total é de R$1.150,00. 8.1 – Passivo – Origem dos Recursos No lado do Passivo, são representados dois grupos de elementos patrimoniais: · Obrigações: correspondem à parte do Patrimônio que a empresa deve para terceiros, também chamadas de Capitais de Terceiros. São representadas por: Duplicatas a Pagar, Promissória a Pagar, etc. · Patrimônio Líquido: é a parte do Patrimônio que pertencem ao proprietário da empresa. São os Capitais Próprios. Podem se originar de duas fontes: a) Recursos do proprietário – capital inicial ou aumentos futuros. b) Lucros gerados pela própria empresa, e conseqüentemente Reservas. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 20
  21. 21. 8.2 – Ativo – Aplicação dos Recursos Os Capitais Próprios e de Terceiros, representados do lado do Passivo, são aplicados na empresa em Bens e Direitos, representados no lado do Ativo. Exemplo: Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO Caixa 1.100,00 Duplicatas a Pagar 1.000,00 Estoque de Mercadorias 1.400,00 Promissórias a Pagar 500,00 Duplicatas a Receber 700,00 Capital 1.700,00 Total 3.200,00 Total 3.200,00 Com base no Gráfico acima, responda: 1 – Qual é o valor do Capital Nominal. 2 – Qual é o valor dos recursos totais à disposição da empresa. 3 – O Capital Próprio é de R$..................... 4 – O Capital de Terceiros é de R$....................... 5 – A Origem dos Recursos está: ( ) No Ativo ( ) No Passivo 6 – A Aplicação dos Recursos está: ( ) No Ativo ( ) No Passivo Exercícios: Páginas 49 à 53. (Cont. Básica – Osni Moura Ribeiro – ATLAS) 9 – CONTAS Conceito - é o nome técnico dado aos componentes patrimoniais (Bens, Direitos, Obrigações e Patrimônio Líquido) e aos elementos de resultado (Despesas e Receitas). A partir desse momento, passaremos a nos referimos a Conta e não mais a Elementos. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 21
  22. 22. 9.1 Classificação das Contas As contas podem ser classificadas em dois grupos: a) Contas Patrimoniais – que representam os Bens, Direitos, Obrigações e Patrimônio Líquido. Dividem-se em Ativo e Passivo e são elas que representam o Patrimônio da empresa num dado momento, através do Balanço Patrimonial. Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO Bens Obrigações Caixa Duplicatas a Pagar Veículos Promissórias a Pagar Direitos Patrimônio Líquido Duplicatas a Receber Capital Promissórias a Receber Lucros Acumulados b) Contas de Resultado – São aquelas que representam as Despesas e as Receitas. Aparecem durante o exercício social, encerrando-se no final do mesmo. Não fazem parte do Balanço Patrimonial, mas permitem apurar o resultado do exercício. Despesas - decorrem do consumo de bens e da utilização de serviços: Ex.: consumo de energia elétrica, materiais de limpeza, materiais de expediente e a utilização dos serviços de telefonia, internet, etc. Exemplos de Contas de Resultado: · Água e Esgoto · Material de Expediente · Aluguéis Passivos · Juros Passivos · Café e Lanches · Luz · Contribuição Previdenciária · Material de Limpeza · Descontos Concedidos · Salários · Despesas Bancárias · Prêmios de Seguros · Fretes e Carretos · Telefone · Impostos Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 22
  23. 23. Receitas – decorrem da venda de bens e da prestação de serviços. As mais comuns são: · Aluguéis/Juros Ativos · Vendas · Descontos Obtidos · Receitas de Serviços Obs.: Mais informações sobre as contas de Resultado, nas páginas 56 e 57. Exercícios: Páginas 57 à 59. (Cont. Básica – Osni Moura Ribeiro – ATLAS) 10 – NOÇÕES DE DÉBITO E CRÉDITO Débito – Na representação gráfica em forma de T, que usamos para representar as contas que compõem o Balanço Patrimonial, o lado esquerdo é o lado do Débito, com exceção das Contas Retificadoras. Crédito - Na representação gráfica em forma de T, que usamos para representar as contas que compõem o Balanço Patrimonial, o lado direito é o lado do Crédito. Observação: 1) O lado do Ativo é igual a Débito porque as contas que o compõem são de natureza devedora (com exceção das Contas Retificadoras que, embora credoras, figuram no Ativo) 2) O lado do Passivo é igual a Crédito porque as contas que o compõem são de natureza credora (com exceção das Contas Retificadoras, que, embora devedoras, figuram no Passivo) 11 – PLANO DE CONTAS O Plano de Contas é um elenco de todas as contas previstas pelo setor contábil da empresa como necessárias aos seus registros contábeis. Cada empresa deve elaborar o seu Plano de Contas sempre obedecendo aos seus interesses e, principalmente pertinentes. Atualmente o Plano de Contas deve obedecer às disposições contidas na Lei 6.404, de 15 de dezembro de 1976 (Lei das Sociedades por Ações). Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 23
  24. 24. Nas páginas 62 à 64, Plano de Contas Simplificados – poderá ser xerocado, para facilitar na solução de alguns exercícios. Exercícios: Páginas 69 à 71. (Cont. Básica – Osni Moura Ribeiro – ATLAS) Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 24
  25. 25. EXERCÍCIO 1-Enumere as colunas: ( 1 ) Contabilidade ( 2 ) Aplicação da Contabilidade ( 3 ) Usuários da Contabilidade ( 4 ) É mantida a Contabilidade ( 5 ) Profissional Contábil ( 6 ) Patrimônio ( 7 ) Bens ( 8 ) Direitos ( 9 ) Obrigações ( 10 ) Patrimônio Líquido ( 11 ) Aspectos qualitativos e quantitativos ( 12 ) Conta ( ) Valores que a empresa tem a pagar à terceiros. ( ) Abrange todas as entidades econômico-administrativas, até mesmo as pessoas de direito público, como a União, os Estados, os Municípios, as Autarquias, etc. ( ) Pessoa natural, todo indivíduo, sem exceção. União de pessoas naturais que, através de contratos por lei, formam uma nova pessoa, denominada empresa, com ou sem fins lucrativos. ( ) Consiste em qualificar e conhecer o valor do Patrimônio. ( ) Ciência que permite, através de suas técnicas, manter um controle permanente do Patrimônio da empresa. ( ) Coisas capazes de satisfazer as necessidades humanas e suscetíveis de avaliação econômica. ( ) TC e o Contador ou Bacharel em Ciências Contábeis. Ambos podem, legalmente , ser responsáveis pela contabilidade da empresa, analistas de balanço, pesquisadores, etc. ( ) Valores que a empresa tem a receber de terceiros. ( ) Medida eficiente da verdadeira riqueza, ou seja, parte que efetivamente Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 25
  26. 26. sobra ara o seu proprietário ( bens + direitos – obrigações). ( ) Interessam pela situação da empresa, e buscam as suas respostas para o seu proprietário. ( ) Conjunto de Bens, Direitos e Obrigações de uma pessoa, avaliado em moeda. ( ) Componentes patrimoniais e elementos de resultado. Assinale a seqüência correta: ( a ) 6 , 4, 5, 12, 2, 10, 7, 8, 3, 9, 1, 11 ( b ) 12, 10, 7, 3, 5, 8, 1, 6, 2, 4, 11, 9 ( c ) 7, 11, 12, 5, 4, 9, 8, 3, 6, 10, 2, 1 ( d ) 9, 2, 4, 11, 1, 7, 5, 8, 10, 3, 6, 12 2- Abaixo, os componentes patrimoniais de determinada empresa: . Dinheiro em caixa..................................... 50.000,00 . Bens para revenda...................................... 90.000,00 . Impostos a Recolher................................... 15.000,00 . Títulos a pagar............................................ 55.000,00 . Capital Social............................................. 95.000,00 . Veículos em uso........................................ 40.000,00 . Dívidas com fornecedores......................... 35.000,00 . Títulos a Receber....................................... 60.000,00 Com os dados acima, pode-se afirmar que o Capital Próprio e o Capital Alheio (Terceiros) neste patrimônio são, respectivamente: ( a ) 95.000,00 e 105.000,00 ( b ) 135.000,00 e 90.000,00 ( c ) 135.000,00 e 105.000,00 ( d ) 240.000,00 e 200.000,00 Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 26
  27. 27. 3- A empresa Cascata comprou uma máquina por 350.000,00 em 5 prestações iguais, sendo uma entrada no ato da compra e quatro pagamentos mensais. Após a contabilização da operação, o patrimônio da empresa sofreu a seguinte alteração? ( a ) diminuiu o Ativo em 70.000,00 e aumentou o Passivo em 280.000,00. ( b ) aumentou o Ativo em 280.000,00 e aumentou o Passivo em 280.000,00. ( c ) aumentou o Ativo em 280.000,00 e aumentou o Passivo em 350.000,00. ( d ) aumentou o Ativo em 350.000,00 e aumentou o Passivo em 280.000,00. 4- Assinale a alternativa que contém as informações corretas extraídas do seguinte Balanço Patrimonial: Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO . Caixa 5.000,00 . Fornecedores 12.000,00 . Duplicatas a Receber 10.000,00 . Capital 26.000,00 . Estoque 20.000,00 . Móveis e Utensílios 3.000,00 Total 38.000,00 Total 38.000,00 ( a ) Recursos totais, 38.000,00; Capital Próprio, 12.000,00. ( b ) Aplicação de Recursos, 38.000,00; Capital de Terceiros, 26.000,00. ( c ) Capital Próprio, 26.000,00; Capital de Terceiros, 12.000,00; Aplicações de Recursos, 38.000,00; Recursos Totais, 38.000,00. ( d ) Recursos Totais, 38.000,00, Aplicações, 5.000,00. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 27
  28. 28. 5- Represente graficamente, após cada fato ocorrido, a Situação Patrimonial da empresa, considerando-a em evolução, isto é, cada gráfico apresentado deve ser igual ao gráfico anterior, modificado pelas operações subseqüentes. a) Investimento inicial: - Em dinheiro R$20.000,00. - Em Imóveis R$60.000,00. b) Compras efetuadas: - Móveis e Utensílios, à vista, R$3.000,00. - Veículos, a prazo, R$25..000,00. - Mercadorias, a prazo, R$30.000,00 c) Venda de Mercadorias, à vista, por R$5.000,00. d) Venda de Mercadorias, a prazo, por R$20.000,00. e) Empréstimo obtido junto ao Banco, mediante emissão de Nota Promissória, no valor de R$80.000,00. f) Pagamento, em cheque, 50% das Mercadorias adquiridas (item b). g) Recebimento, em dinheiro, 20% da venda de Mercadorias (item d) h) Pagamento, em dinheiro, o valor correspondente a compra do Veículo. i) Pagamento de 50%, em cheque, do Empréstimo adquirido (item e). Com esses dados, podemos afirmar que o Capital Próprio, o Capital de Terceiros, os Recursos Totais e as Aplicações Totais são, respectivamente: ( a ) 80.000,00; 55.000,00; 135.000,00; 135.000,00 ( b ) 80.000,00; 40.000,00; 135.000,00; 15.000,00 ( c ) 40.000,00; 80.000,00, 135.000,00; 135.000,00 ( d ) 80.000,00; 135.000,00; 55.000,00; 135.000,00 Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 28
  29. 29. 12 – ATOS E FATOS ADMINISTRATIVOS O Patrimônio das empresas está em constante movimento em função dos acontecimentos que ocorrem diariamente. Esses acontecimentos podem ser divididos em dois grupos: 12.1 – ATOS ADMINISTRATIVOS São os acontecimentos que ocorrem na empresa e que não provocam alterações no Patrimônio. Exemplos: Admissão de empregados, assinaturas de contratos de compras e vendas, seguros, etc. Entretanto, alguns atos administrativos poderão provocar alterações futuras no Patrimônio da empresa. Por esse motivo, devem ser registrados através das Contas de Compensação (Contas Extrapatrimoniais). Exemplos: Seguros Contratados (Ativo) Contratos de Seguros ( Passivo) Títulos em Cobrança (Ativo) Endossos para Cobrança (Passivo) 12.2 – FATOS ADMINISTRATIVOS São os acontecimentos que provocam variações nos valores patrimoniais, podendo ou não alterar o Patrimônio Líquido. Por modificarem o Patrimônio, devem ser contabilizados através das Contas Patrimoniais e das Contas de Resultado. Os fatos administrativos podem ser classificados em três grupos: · Fatos Permutativos · Fatos Modificativos · Fatos Mistos Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 29
  30. 30. Observação: Para facilitar cada tipo de Fatos Administrativo, partiremos de uma situação patrimonial a seguir representada (Balanço Patrimonial), que será modificada com a ocorrência de cada um dos fatos administrativos: Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE . Caixa 1.000,00 . Salários a Pagar 300,00 . Imóveis 2.800,00 . Duplicatas a Receber 500,00 PATRIMÔNIO LÍQUIDO . Capital 3.200,00 . Lucros Acumulados 800,00 TOTAL ATIVO 4.300,00 TOTAL PASSIVO 4.300,00 12.2.1 – Fatos Permutativos São aqueles que permutam os elementos componentes do Ativo e/ou do Passivo, sem modificar o valor do Patrimônio Líquido. Pode ocorrer troca entre os elementos do Ativo, entre os elementos do Passivo e entre ambos ao mesmo tempo, ou seja, somente Contas Patrimoniais. a) Permutação entre elementos ativos: São aqueles que permutam elementos componentes apenas do Ativo, provocando ao mesmo tempo, aumento e diminuição entre elementos do Ativo, sem modificar o valor do Patrimônio Líquido. b) Permutação entre elementos passivos: São aqueles que permutam elementos componentes apenas do Passivo, provocando ao mesmo tempo, aumento e diminuição entre elementos do Passivo, sem modificar o valor do Patrimônio Líquido. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 30
  31. 31. c) Permutação entre elementos do Ativo e do Passivo: São aqueles que permutam elementos componentes do Ativo e Passivo, podendo acarretar ao mesmo tempo, aumento ou diminuição na Situação Patrimonial (Ativo/Passivo), sem modificar o valor do Patrimônio Líquido. 12.2.2 – Fatos Modificativos São aqueles que acarretam alterações, para mais ou para menos, no Patrimônio Líquido, ou seja, terá que envolver Contas de Resultado e , somente uma conta Patrimonial. 12.2.3 – Fatos Mistos Envolve ao mesmo tempo, um fato permutativo e um fato modificativo. Pode, portanto, acarretar alterações no Ativo e no Patrimônio Líquido, ou no Passivo e no Patrimônio Líquido, ou no Ativo, no Passivo e no Patrimônio Líquido ao mesmo tempo. Estas alterações poderão acarretar aumento ou diminuição do Patrimônio Líquido. Exercício Para facilitar cada tipo de Fatos Administrativo, partiremos de uma situação patrimonial a seguir representada (Balanço Patrimonial), que será modificada com a ocorrência de cada um dos fatos administrativos: Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE . Caixa 1.000,00 . Salários a Pagar 300,00 . Imóveis 2.800,00 . Duplicatas a Receber 500,00 PATRIMÔNIO LÍQUIDO . Capital 3.200,00 . Lucros Acumulados 800,00 TOTAL ATIVO 4.300,00 TOTAL PASSIVO 4.300,00 Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 31
  32. 32. 1) Recebimento da importância de R$500,00, em dinheiro, referente a uma Duplicata. 2) Transferência de 10% da conta Salários a Pagar, para a conta própria de Impostos a Recolher, valor este retido dos empregados, mas ainda não pago. 3) Compra de Móveis e Utensílios, a prazo, no valor de R$700,00. 4) Efetuado o pagamento, em dinheiro, de uma duplicata, no valor de R$500,00. 5) Pagou a importância de R$100,00, em dinheiro, referente ao uso de telefone. 6) Recebimento de R$200,00, em dinheiro, proveniente de Receitas de Aluguéis de Imóveis. Exercício: Exercícios sobre Atos e Fatos Administrativos - Páginas 79 à 81. (Cont. Básica – Osni Moura Ribeiro – ATLAS) Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 32
  33. 33. 13 – ESCRITURAÇÃO Conceito – Escrituração é uma técnica que consiste em registrar nos livros próprios (Diário, Razão, Caixa, etc) todos os fatos administrativos que ocorrem na empresa. O conceito contábil das empresas começa com a escrituração dos eventos no livro diário, completando-se, depois, nos demais livros de escrituração. É através dos fatos administrativos que ocorre a gestão do Patrimônio das empresas, e esses fatos são registrados por meio da escrituração. 14 – LIVROS UTILIZADOS NA ESCRITURAÇÃO São muitos os livros utilizados pelas entidades; a quantidade e a espécie variam em função do porte, da forma jurídica e do ramo de atividade que essas entidades exercem. 14.1 – Classificação dos livros de Escrituração: · Quanto a utilidade a) Principais – utilizados para o registro de todos os eventos do dia-a-dia da entidade, como ocorre com os livros Diário e Razão. b) Auxiliares – utilizados para o registro de eventos específicos, como os livros Caixa, Contas Correntes, Registros de Duplicatas, além de todos os livros fiscais que podem servir de suporte para a escrituração do Diário. · Quanto a natureza a) Cronológicos – aqueles em que os registros são efetuados obedecendo à rigorosa ordem cronológica de dia, mês e ano. b) Sistemáticos – Livros destinados ao registro de eventos de mesma natureza. · Quanto a finalidade a) Obrigatórios – exigidos pela legislação comercial, tributária e societária. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 33
  34. 34. . Exigidos por leis comerciais: Livro Diário Livro de Registro de Duplicatas . Exigidos por leis tributárias: Âmbito Federal Livro de Apuração do Lucro Real (LALUR) Livro Razão Livro Caixa (somente para pessoas jurídicas que optarem pela tributação com base no lucro presumido) Âmbito Estadual Registro de Entradas Registros de Saídas Registro de Inventários Registro de Apuração do ICMS Âmbito Municipal Cada município poderá determinar a adoção e escrituração de livros específicos, sendo o mais comum o Livro de Registro de Notas Fiscais e Faturas de Serviços. . Exigidos por leis societárias: Registro de Ações Atas das Assembléias Gerais Presenças dos Acionistas Atas das Reuniões dos Conselhos de Administração Atas das Reuniões de Diretorias Atas e Pareceres do Conselho Fiscal Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 34
  35. 35. b) Facultativos – livros que as entidades utilizam sem que haja exigência legal. . Livro Caixa (exceto para as entidades que optarem pela tributação com base no lucro presumido). . Contas Correntes . Controle de Contas a Receber . Controle de Contas a Pagar, etc QUADRO DOS PRINCIPAIS LIVROS DE ESCITURAÇÃO LIVROS QUANTO A UTILIDADEQUANTO A NATUREZAQUANTO A FINALIDADE Diário Principal Cronológico Obrigatório Razão Principal Sistemático Obrigatório Caixa Auxiliar Sistemático Facultativo Contas Correntes Auxiliar Sistemático Facultativo Registro de Duplicatas Auxiliar Sistemático Obrigatório LALUR Auxiliar Sistemático Obrigatório 15 – LIVRO DIÁRIO A adoção do livro Diário – o mais importante sob o ponto de vista legal – requer a observância de formalidades contidas no Código Comercial Brasileiro, considerando-se ainda as exigências contidas na legislação tributária (Regulamento do Imposto de Renda). · Formalidades Extrínsicas (externas): O livro Diário deve ser encadernado com folhas numeradas em seqüência, tipograficamente. Deve conter os termos de abertura e de encerramento e ser submetido à autenticação do órgão competente do Registro do Comércio. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 35
  36. 36. · Formalidades Intrínsicas (internas): A escrituração do Diário deve ser completa, em idioma e moedas nacionais, em forma mercantil, com individuação e clareza, por ordem cronológica de dia , mês e ano, sem intervalos em branco nem entrelinhas, borraduras, rasuras, emendas e transportes para as margens. 16 – LIVRO RAZÃO É um livro de grande utilidade para a Contabilidade porque registra o movimento de todas as contas individualmente. 17 – Livros Contas-Correntes É o livro auxiliar do Razão. Serve para controlar as contas que representam Diretos e Obrigações para a empresa. 18 – Livro Caixa Também auxiliar. Nele são registrados todos os fatos administrativos que envolvem entradas e saídas de dinheiro. 19 – METODOS DE ESCRITURAÇÃO É a forma de registro dos Atos e Fatos Administrativos. · Métodos de Partidas Simples Este método consiste no registro de operações específicas envolvendo o controle de um só elemento (caixa, contas-correntes). · Métodos de Partidas Dobradas De uso universal - apresentado pela primeira vez pelo frade Luca Pacioli em 1494. Sua adoção permite o controle de todos os componentes patrimoniais bem como das variações do Patrimônio Líquido, que poderão resultar em lucro ou prejuízo. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 36
  37. 37. O princípio fundamental do método é o de que não há devedor sem que haja credor, correspondendo, a cada débito, um crédito de igual valor. Por meio desse método, os fatos são registrados inicialmente no livro Diário e, posteriormente, no livro Razão. 20 – LANÇAMENTOS É o meio pelo qual se processa a escrituração. Os fatos administrativos são registrados através do lançamento, inicialmente no livro Diário, mediante documentos que comprovem a legitimidade da operação (Notas Fiscais, Recibos, Contratos, etc.). 20.1 – Elementos Essenciais O lançamento, de acordo com o método das partidas dobradas, é feito em ordem cronológica (data), e os elementos que o compõem obedecem a uma determinada disposição. Exemplo de um lançamento no livro Diário: Suponhamos o seguinte fato administrativo: Compra à vista (em dinheiro) de uma máquina de escrever, marca Mantiquiera, conforme Nota Fiscal 8.931, da Maquinolândia Ltda, no valor de R$1.000,00. Todo lançamento deve ter os seguintes elementos: . local e data da ocorrência; . conta a ser debitada; . conta a ser creditada; . histórico; . valor. Para elaborar um lançamento, você deve seguir os seguintes passos: 1o) Verificar o local e a data da ocorrência do fato. 2o) Verificar que documento foi emitido na operação. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 37
  38. 38. Se não houver documento idôneo que comprove a ocorrência do fato, esse não poderá ser contabilizado. 3o) Identificar quais foram os elementos envolvidos na operação. Todo fato administrativo, objeto de escrituração, envolve, no mínimo, dois elementos patrimoniais ou de resultado. 4o) Verificar no Plano de Contas que conta deveremos utilizar para registrar cada um dos elementos identificados no 3o passo. · Dinheiro será registrado na conta Caixa. · Máquina será registrada na conta Móveis e Utensílios. 5o) Preparar o histórico do problema. Consiste em relatar o fato. Este relato deve conter apenas dados necessários para o bom esclarecimento do evento. 6o) Identificar que conta será debitada e que conta será creditada. Para identificar mais facilmente, observe o quadro abaixo: QUADRO AUXILIAR DA ESCRITURAÇÃO I - Para elementos Patrimoniais: a) Toda vez que aumentar o Ativo, DEBITAR a respectiva conta. b) Toda vez que diminuir o Ativo, CREDITAR a respectiva conta. c) Toda vez que aumentar o Passivo, CREDITAR a respectiva conta. d) Toda vez que diminuir o Passivo, DEBITAR a respectiva conta. II - Para elementos de Resultado: e) Toda vez que ocorrer uma Despesa, DEBITAR a respectiva conta. f) Toda vez que se realizar uma Receita, CREDITAR a respectiva conta. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 38
  39. 39. Esse mesmo quadro de maneira simplificada: ATIVO PASSIVO Aumento Diminuição Diminuição Aumento Debito Credito Debito Credito DESPESA RECEITA Quando ocorrer Estorno* ou Estorno* ou Quando ocorrer Despesa encerramento de encerramento de Despesa exercício exercício Débito Crédito Débito Crédito 7o) Efetuar o lançamento. 20.2 – Formulas de Lançamentos Para todo lançamento, poderá haver mais de uma conta a débito ou mais de uma conta a crédito ou ainda, mais de uma conta a débito e a crédito ao mesmo tempo. Daí a existência de quatro fórmulas de lançamentos. Lançamento de 1a Fórmula: Quando aparecem no lançamento uma conta debitada e uma conta creditada. Exemplo: Compra de uma casa, à vista, do Sr. Fulano de Tal, situada na Av. Vasco da Gama, no 100, nesta cidade, conforme escritura passada no 5o Tabelião, no valor de R$50.000,00. Volta Redonda, 27 de maio de 2002. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 39
  40. 40. Imóveis a Caixa Compra de uma casa, do Fulano de Tal, situada na av. Vasco da Gama, no 100, nesta cidade, conforme Escritura passada no 5o Tabelião. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50.000,00 Lançamento de 2a Fórmula: Quando aparecem no lançamento uma conta debitada e mais de uma conta creditada. Exemplo: Compra de uma bicicleta, marca Lunar, da Casa Estrela, conforme Nota Fiscal no 5.390, no valor de R$800,00, nas seguintes condições: a) Pagamento de R$300,00 no ato, em dinheiro, como entrada; b) O restante será pago após 30 dias, conforme aceite da Duplicata no 0001. Volta Redonda, 27 de maio de 2002. Veículos a Diversos Compra de uma bicicleta, marca Lunar, da casa Estrela, conforme NF 5.390, paga da seguinte forma: a Caixa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 300,00 a Duplicatas a Pagar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 500,00 800,00 Lançamento de 3a Fórmula: Quando aparecem no lançamento mais de uma conta debitada e apenas uma conta creditada. Exemplo: Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 40
  41. 41. Venda de uma máquina de escrever, ao Fulano de Tal, conforme Nota Fiscal no 0118, por R$500,00, nas seguintes condições: a) recebimento de R$100,00, em dinheiro, como entrada; b) recebimento do restante em quatro pagamentos, conforme Duplicatas 118/01 a 118/04, no valor de R$100,00 cada. Volta Redonda, 27 de maio de 2002. Diversos a Móveis e Utensílios Venda de uma Máquina, conforme NF 0118, como segue: Caixa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100,00 Duplicatas a Receber . Aceite de Duplicata 118/01. . . . . . . . 100,00 . Aceite de Duplicata 118/02. . . . . . . . 100,00 . Aceite de Duplicata 118/03. . . . . . . . 100,00 . Aceite de Duplicata 118/04. . . . . . . . 100,00 . . . . . . . . . . 400,00 . . . . . . 500,00 Lançamento de 4a Fórmula: Quando aparecem no lançamento mais de uma conta debitada e mais de uma conta creditada. Exemplo: Compra, efetuadas no Supermercado Taubaté, de: a) Um refrigerador, para uso da empresa, conforme Nota Fiscal no 1.521, no valor de R$1.000,00. b) Uma moto marca Guará, conforme Nota Fiscal no 372, no valor de R$10.000,00. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 41
  42. 42. Foram pagos, no ato, como entrada, R$2.000,00, e o restante será pago através de três Duplicatas, de no 1 a 3, no valor de R$3.000,00 cada, vencíveis de 30 em 30 dias. Volta Redonda, 27 de maio de 2002. Diversos a Diversos Compras diversas: Móveis e Utensílios NF 1.521, referente a um refrigerador . . . . . . . . . . . . 1.000,00 Veículos NF 372, referente 1 moto, marca Guará . . . . . . . . . .10.000,00 11.000,00 a Caixa Pagamento em dinheiro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.000,00 a Duplicatas a Pagar Três duplicatas no valor de R$3.000,00 cada, vencíveis de 30 em 30 dias . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.000,00 11.000,00 Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 42
  43. 43. EXERCÍCIO Escriture no Livro Diário os seguintes fatos administrativos: 1) Abertura de uma conta Movimento no Banco do Brasil S/A, com depósito inicial, em dinheiro, de R$5.000,00, conforme recibo no 729. 2) Compra de mercadorias, a prazo, de J. A. & Cia., conforme Nota Fiscal no 8.509, no valor de R$12.000,00. 3) Pagamento de despesas de aluguéis, conforme recibo do mês de maio, ao Sr. Edison Almeida, na importância de R$1.200,00, em dinheiro. 4) Venda de mercadorias, a prazo, a Geraldo Gomes, conforme nossa Nota Fiscal no 141, no valor de R$2.000,00. Houve aceite, no ato, de duas Duplicatas, nos 141/01 e 141/02; a primeira, no valor de R$1.500,00, para 30 dias, e a segunda, no valor de R$500,00, para 60 dias. 5) Compra de lápis, borracha e impressora para escritório, conforme Nota Fiscal no 792, da Casa de Cadernos Bauru Ltda., no valor de R$80,00, cujo pagamento foi efetuado através do cheque no 145.700, de nossa emissão, contra o banco do Brasil S/A. 6) Compra de mercadorias, a prazo, de João Joça Ltda., conforme Nota Fiscal no 11, no valor de R$1.500,00. 7) Recebida, da Comercial Cardoso, a importância de R$3.000,00, em dinheiro, referente a serviços prestados, conforme nossa Nota Fiscal no 0001. 8) Nossa retirada de R41.000,00 do Banco de Brasil S/A, conforme nossa cheque no 145.766, para reforço de Caixa. 9) Venda de mercadorias, à vista, conforme Nota Fiscal no 701, no valor de R$2.000,00. 10) Pagamento de IPTU à Prefeitura Municipal, no valor de R$300,00, referente ao trimestre em curso. Pagamento feito em dinheiro, conforme recibo. 11) Compra de um apartamento situado no prédio São Francisco , nesta cidade, pertencente ao Sr. Wilson Toledo, sendo pago nas seguintes condições: a) no ato, em dinheiro, como sinal: R$5.000,00; b) o restante será pago de 30 em 30 dias conforme emissão de Nossa Promissória de nos 01 a 05, no valor de R$20.000,00 cada. 12) Pagamento da conta de luz referente ao mês, no valor de R$120,00 em dinheiro. 13) Compra de uma máquina de escrever, conforme Nota Fiscal no 1.501, da Casa Maquinão S/A, no valor de R$700,00. O pagamento foi efetuado através do nosso cheque no 146.000, do Banco do Brasil S/A. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 43
  44. 44. 21 – CONTABILIZAÇÃO DOS FATOS DA FASE DE CONSTITUIÇÃO DAS EMPRESAS Para se constituir uma empresa, é necessário inicialmente que se tenha um Capital e esse Capital pode ser em dinheiro ou, ainda, em outros bens e direitos. Na fae de constituição de uma empresa, podemos considerar dois momentos: a) Constituição do Capital – momento em que o proprietário providencia o registro da empresa nos órgãos competentes, visando dota-la de personalidade jurídica; b) Realização ou Integralização do Capital – momento em que o proprietário entrega para a empresa, como pagamento do Capital que constituiu, dinheiro ou vários bens e direitos. 21.1 – Capital Realizado em Dinheiro Constituição de uma firma individual para explorar o comércio de instrumentos musicais, registrado na Junta Comercial do Estado. Seu Capital de R$50.000,00, realizado em dinheiro no ato da constituição. Esquema para contabilização: ELEMENTOS CONTAS D/C Dinheiro Caixa D Capital Capital C Contabilização no Diário: Caixa a Capital H: Capital com que se constitui a firma individual, representada na Junta Comercial do Estado, registrado integralmente neste ato em moeda. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . 50.000,00 Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 44
  45. 45. 21.2 – Capital Realizado em Bens e Direitos Constituição de uma firma individual para explorar o comércio de instrumentos musicais, registrado na Junta Comercial do Estado. Seu Capital de R$20.000,00, realizado pelos seguintes Bens e Direitos: . em dinheiro: R$9.000,00 . diversos móveis, conforme relação, avaliados em R$6.000,00 . duas Notas Promissórias emitidas a seu favor, R$5.000,00 Esquema para contabilização: ELEMENTOS CONTAS D/C Dinheiro Caixa D Móveis Móveis e Utensílios D Notas Promissórias Promissórias a Receber D Capital Capital C Contabilização no Diário: Diversos a Capital H: Pela constituição da firma individual conforme registro na Junta Comercial do Estado, com Capital registrado nesta data, como segue: Caixa H: Em dinheiro. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.000,00 Móveis e Utensílios H: Conforme relação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ..6.000,00 Promissórias a Receber H: Valor de duas NP, transferidas para essa empresa emitidas a favor de seu titular e que compõem parte do Capital em realização . . . . . . . . . . . . .5.000,00 20.000,00 Nos dois casos, a realização do Capital foi feita no momento da constituição da empresa, entretanto, a entrega (realização ou integralização) para a empresa dos elementos que compõem o Capital, por seu proprietário ou pelos sócios (quando se tratar de sociedades), pode ser feita parceladamente. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 45
  46. 46. 21.3 – Capital Realizado em Parcelas Constituição de uma firma individual para explorar o comércio de instrumentos musicais, registrado na Junta Comercial do Estado. Seu Capital de R$8.000,00, realizado em dinheiro, da seguinte maneira: 50% no ato da constituição e o restante em 90dias. a) Pela constituição da empresa Esquema para contabilização: ELEMENTOS CONTAS D/C Direito Capital a Realizar D Capital Capital C Contabilização no Diário: Capital a Realizar a Capital H: Pela constituição da empresa individual conforme registro na Junta Comercial do Estado. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.000,00 Obs.: A conta Capital a Realizar, embora represente Direito para a empresa, no Plano de Contas figura do lado do Passivo como conta reguladora da conta Capital, no grupo do patrimônio Líquido. Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 46
  47. 47. b) Pela realização de parte do Capital Esquema para contabilização: ELEMENTOS CONTAS D/C Dinheiro Caixa D Direito Capital a Realizar C Contabilização no Diário: Caixa a Capital a Realizar H: Sua realização em moeda corrente de parte do Capital, nesta data. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.000,00 Fundamentos de Contabilidade – 1° Período de Administração (UBM) 47

×