SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 34
Baixar para ler offline
SISTEMAS DE INFORMAÇÃO II
AULA 04
SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NAS
ORGANIZAÇÕES – PARTE 2
1o semestre 2016
Prof. Maigon N. Pontuschka
maigonp@gmail.com
AGENDA
1. O termo “organização”
2. A cadeia de valor – value chain
3. SCM – supply chain management – Gerenciamento da cadeia de suprimentos
4. CRM – customer relationship management – Gerenciamento de relacionamento
com o cliente
5. Estruturas organizacionais
6. Cultura organizacional e mudanças
AGENDA - ORGANIZAÇÕES E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
7. Reengenharia e melhoria contínua
8. Satisfação do usuário e aceitação da tecnologia
9. Qualidade
10. Terceirização, computação sob demanda e downsizing na indústria
11. Vantagem competitiva
12. Sistemas de informação baseados em desempenho
13. Retorno do Investimento (ROI) e o valor dos sistemas de informação
SATISFAÇÃO DO USUÁRIO E ACEITAÇÃO DE TECNOLOGIA
Technology Acceptance Model (TAM)
• Especifica os fatores que podem levar a melhores atitudes sobre o
sistema de informação
Difusão de tecnologia
• Medida de quão amplamente a tecnologia está espalhada em toda
a organização
Infusão de tecnologia
• Medida em que a tecnologia permeia um departamento
SATISFAÇÃO DO USUÁRIO E ACEITAÇÃO DE TECNOLOGIA
QUALIDADE
Capacidade de um produto ou serviço de atender ou exceder as
expectativas dos clientes
Técnicas utilizadas para garantir a qualidade
• Total Quality Management (TQM)
• Six Sigma
QUALIDADE TOTAL E SIX SIGMA
Técnica Descrição Exemplos
Gestão da
Qualidade Total
(TQM- Total
Quality
Management)
Envolve desenvolver conhecimento profundo
das necessidades do cliente, adotando visão
estratégica para a qualidade, destinado poder
(empowerment) aos funcionários e
recompensando funcionários e gerentes por
produzirem produtos de alta qualidade.
Serviço postal dos EUA utiliza o Mail
Preparation Total Quality Management para
certificar as principais empresas de
classificação e despacho de correspondência.
MAA Bozell, empresa indiana de comunicações
utiliza a Gestão da Qualidade Total para
melhorar a qualidade de todos os seus
processos de negócios
Six Sigma Termo estatístico que significa que os
produtos e os serviços atenderão aos padrões
de qualidade em 99,9997% do tempo. Em
uma curva de distribuição normal usada em
estatística, o desvio padrão seis (Seis sigma) é
99,9997% da área sob a curva.
O Seis Sigma foi desenvolvido pela Motorola
Inc. em meados dos anos 1980.
Transplace, empresa de transporte por
caminhões e logística, de US$57 milhões,
utiliza o Seis Sigma para melhorar a qualidade,
eliminando desperdício e etapas
desnecessárias. Existem alguns treinamentos e
programas de certificação para o Seis Sigma. O
Seis sigma, no entanto, tem sido criticado por
alguns
OUTSOURCING, ON-DEMAND COMPUTING & DOWNSIZING
Outsourcung - Terceirização
• Contratação de serviços profissionais externos
On-Demand Computing - Computação sob demanda
• Também chamado de on-demand business ou utility computing
• Responde rapidamente ao fluxo de trabalho da organização, uma
vez que a necessidade de recursos de Informática varia
Downsizing – Redução/Encolhimento da empresa
• Reduzir o número de funcionários para cortar custos
VANTAGEM COMPETITIVA
• Superioridade significativa (idealmente) de longo prazo de uma
empresa em relação a seus concorrentes
• Pode resultar em produtos de qualidade superior, melhor
atendimento ao cliente e custos mais baixos.
FATORES QUE LEVAM AS EMPRESAS A PROCURAR
VANTAGEM COMPETITIVA
O modelo das cinco forças
1. Rivalidade entre os concorrentes existentes
2. Ameaça de novos concorrentes
3. Ameaça de produtos e serviços substitutos
4. O poder de barganha dos compradores
5. O poder de barganha dos fornecedores
FATORES QUE LEVAM AS EMPRESAS A PROCURAR
VANTAGEM COMPETITIVA
O modelo das cinco forças
1. Rivalidade entre os concorrentes existentes
2. Ameaça de novos concorrentes
3. Ameaça de produtos e serviços substitutos
4. O poder de barganha dos compradores
5. O poder de barganha dos fornecedores
FATORES QUE LEVAM AS EMPRESAS A BUSCAR A VANTAGEM
COMPETITIVA
Rivalidade entre os concorrentes existentes
• Indústrias com rivalidades mais fortes tendem a ter mais empresas
que buscam vantagem competitiva
Ameaça de novos entrantes
• A ameaça aparece quando
• Os custos de entrada e saída de custos para uma indústria são baixos
• A tecnologia necessária para iniciar e manter um negócio é comumente
disponível
FATORES QUE LEVAM AS EMPRESAS A BUSCAR A VANTAGEM
COMPETITIVA
Ameaça de produtos e serviços substitutos
• Quanto mais os consumidores possam obter produtos e serviços
semelhantes que satisfaçam as suas necessidades, as empresas
ficam mais propensas a tentar estabelecer uma vantagem
competitiva
Poder de barganha dos clientes e fornecedores
• Quando os clientes têm muito poder de barganha, as empresas
procuram aumentar a sua vantagem competitiva para reter seus
clientes
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
Equivalente militar
General
Capitão
Soldados
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA VANTAGEM
COMPETITIVA
Estratégias
• Liderança em custo
• Diferenciação
• Estratégia de nicho
• Alterar a estrutura do setor industrial (fazendo alianças e parcerias
estratégicas)
• A criação de novos produtos e serviços
• Aperfeiçoaar linhas de produtos e serviços existentes
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA VANTAGEM
COMPETITIVA
Outras estratégias
• O crescimento nas vendas
• Ser o primeiro no mercado
• Personalização de produtos e serviços
• Contratar as melhores pessoas
• Inovação
SISTEMAS DE INFORMAÇÃO BASEADOS EM DESEMPENHO
As principais estágios do uso de sistemas de informação na empresas:
1. Reduzir custos e melhorar a produtividade
2. Obter vantagem competitiva
• Gerenciamento estratégico
3. Gestão baseada em desempenho
• Gerenciamento estratégico e custos
TRÊS ESTÁGIOS NO USO DE
SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NAS
ORGANIZAÇÕES
• 1) Redução de custos e melhora da produtividade
• 2) Vantagem competitiva
• 3) Gestão baseada em desempenho
PRODUTIVIDADE
• É a medida da produção realizada dividida pela entrada necessária
• Quanto maior for o nível de saída para um dado nível de entrada,
maior é a produtividade
• Quanto menor for o nível de saída para um dado nível de entrada,
menor é a produtividade
• Produtividade = (Saída / Entrada) × 100%
RETORNO SOBRE O INVESTIMENTO E O VALOR DE SISTEMAS
DE INFORMAÇÃO
Retorno sobre o investimento ou Return on investment (ROI)
• É uma medida de valor para os Sistemas e Informação
• Investiga os lucros ou benefícios adicionais que são gerados como
uma porcentagem do investimento em Tecnologia de Sistemas de
Informação
Aumento dos ganhos ou Earnings Growth
• O aumento do lucro que o sistema traz.
RETORNO SOBRE O INVESTIMENTO E O VALOR DOS
SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
Quota de mercado (Market Share) e velocidade ao mercado (Speed to market)
• A percentagem de vendas que um produto ou serviço tem em relação ao total do
mercado
Percepção e satisfação do cliente
• A medição do desempenho é baseada no feedback de usuários internos e externos
Custo total de propriedade - Total Cost of Ownership (TCO) – Gartner Group
• A soma de todos os custos durante a vida útil do sistema de informação
RISCO
• Os gerentes devem considerar os riscos de concepção, desenvolvimento
e implementação de sistemas
• Sistemas de informação às vezes podem tornar-se em fracassos muito
caros
CARREIRAS EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
Graduação
• Sistemas de informação
• Engenharia de software
• Ciência da Computação
• Desenvolvimento de Games
PAPÉIS, FUNÇÕES E CARREIRA EM SISTEMAS DE INFO
Responsabilidades primárias em sistemas de informação
• Operações
• A função dos operadores de sistemas é principalmente operar e
manter o equipamento de SI em funcionamento
• Desenvolvimento de sistemas
• Concentra-se em projetos específicos de desenvolvimento, de
manutenção e revisão em curso
PAPÉIS, FUNÇÕES E CARREIRA EM SISTEMAS DE INFO
Responsabilidades primárias em Sistemas de Informação (cont.)
• Suporte
• Fornece assistência ao usuário em hardware e software de aquisição e
utilização, administração de dados, treinamento de usuários e
administração de assistência & Web
• Unidades de serviços de informação
• Um departamento de SI em miniatura junto e reportando-se
diretamente a uma área funcional em uma grande organização
TÍTULOS E FUNÇÕES TÍPICOS EM TI
Chief Information Officer (CIO)
• Emprega equipamentos e pessoal do departamento de Sistemas
de Informação para ajudar a organização a atingir suas metas
Administradores de rede local (LAN admin)
• Configurar e gerenciar o hardware e o software de rede e
processos de segurança
Carreiras na Internet
• Estrategistas e administradores de internet
• Desenvolvedores de sistemas de Internet
• Programadores de Internet
• Operadores de Internet ou de websites
Certificação
• Processo para testar as habilidades e conhecimentos, resultando
em um endosso pela autoridade de certificação
TÍTULOS E FUNÇÕES TÍPICOS EM TI
OUTRAS CARREIRAS EM TI
Novas e excitantes carreiras têm se desenvolvido em computação
forense, detecção e prevenção de fraudes e segurança.
Outras oportunidades de carreira incluem o emprego em empresas
de tecnologia
• Microsoft (www.microsoft.com)
• Google (www.google.com)
• Dell (www.dell.com)
• Muitos outros
TRABALHO EM EQUIPE
É sempre bom para os profissionais é ter
• Boa capacidade de comunicação
• A habilidade de trabalhar com outras pessoas
Obtendo a melhor equipe de pessoal para trabalhar em projetos
importantes é fundamental para êxito em:
• Desenvolvimento de novos sistemas de informação
• Modificação de sistemas existentes
ENCONTRAR UM EMPREGO EM SI
O desenvolvimento de um currículo on-line pode ser fundamental para encontrar um bom
emprego
Abordagens de pesquisa de emprego
• Visitas no campus
• Referências de professores, amigos e membros da família
• A Internet
• sites de emprego on-line
• Web site da companhia
• Sites de redes sociais
• Blogs
TRABALHO SEMI-PRESENCIAL – QUESTÕES
• Questões sobre o Capítulo 2 – entrega até dia 5/4 por e-
mail.
RESUMO
• organizações
Sistemas com entradas, mecanismos e saídas de transformação
Categorias de estrutura organizacional
Tradicional, projeto, equipe e virtual
Cultura organizacional
Principais entendimentos e suposições
reengenharia
redesign radical de processos de negócios, estruturas organizacionais, sistemas de informação e valores
da organização
RESUMO 2
• Total Quality Management (TQM)
Uma coleção de abordagens, ferramentas e técnicas que promove um compromisso com a qualidade
terceirização
Contratação com serviços profissionais externos
Downsizing
Reduzir o número de funcionários
Vantagem competitiva
Normalmente incorporada em um produto ou serviço que tem o maior valor acrescentado para os
consumidores
BIBLIOGRAFIA DESTA AULA
• STAIR, R. M. & REYNOLDS, G. W. Princípios de Sistemas de Informação: Tradução da 9a
edição norte-americana. São Paulo: Cengage Learning, 2012.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A importância dos sistemas de informação nas organizações slideshare
A importância dos sistemas de informação nas organizações slideshareA importância dos sistemas de informação nas organizações slideshare
A importância dos sistemas de informação nas organizações slideshareFaculdade Evangélica de Brasília
 
Sistema de informação gerencial
Sistema de informação gerencialSistema de informação gerencial
Sistema de informação gerencialDenilson Sousa
 
Sistema de Informação em Marketing
Sistema de Informação em MarketingSistema de Informação em Marketing
Sistema de Informação em MarketingElvis Fusco
 
Conscientização sobre a Segurança da Informação
Conscientização sobre a Segurança da InformaçãoConscientização sobre a Segurança da Informação
Conscientização sobre a Segurança da InformaçãoJean Israel B. Feijó
 
Sistema de processamento de transações
Sistema de processamento de transações  Sistema de processamento de transações
Sistema de processamento de transações Denilson Sousa
 
Aula - Sistemas de Informação
Aula - Sistemas de InformaçãoAula - Sistemas de Informação
Aula - Sistemas de InformaçãoDaniela Brauner
 
Sistemas de Informações Gerenciais - SIG
Sistemas de Informações Gerenciais - SIGSistemas de Informações Gerenciais - SIG
Sistemas de Informações Gerenciais - SIGJoão Filho
 
Introdução à Sistemas de Informação
Introdução à Sistemas de InformaçãoIntrodução à Sistemas de Informação
Introdução à Sistemas de InformaçãoÁlvaro Farias Pinheiro
 
2 Sistema Informação na Empresa Cap02
2 Sistema Informação na Empresa Cap022 Sistema Informação na Empresa Cap02
2 Sistema Informação na Empresa Cap02Robson Santos
 
Aula 01 - Introdução ao Sistema de Informação
Aula 01 - Introdução ao Sistema de InformaçãoAula 01 - Introdução ao Sistema de Informação
Aula 01 - Introdução ao Sistema de InformaçãoDaniel Brandão
 
Aula - Sistemas de Informação Gerencial
Aula - Sistemas de Informação GerencialAula - Sistemas de Informação Gerencial
Aula - Sistemas de Informação GerencialAnderson Simão
 
Aula SIM e Pesquisa de Marketing
Aula   SIM e Pesquisa de MarketingAula   SIM e Pesquisa de Marketing
Aula SIM e Pesquisa de MarketingRafael Gonçalves
 
Aula 3 Sistemas de Informação - Tipos de SI
Aula 3 Sistemas de Informação - Tipos de SIAula 3 Sistemas de Informação - Tipos de SI
Aula 3 Sistemas de Informação - Tipos de SIDaniel Brandão
 
Aula-tga-09-matemática
Aula-tga-09-matemáticaAula-tga-09-matemática
Aula-tga-09-matemáticaAndre Boavista
 

Mais procurados (20)

A importância dos sistemas de informação nas organizações slideshare
A importância dos sistemas de informação nas organizações slideshareA importância dos sistemas de informação nas organizações slideshare
A importância dos sistemas de informação nas organizações slideshare
 
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
 
Sistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligence
Sistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligenceSistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligence
Sistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligence
 
Compliance
ComplianceCompliance
Compliance
 
Estrutura organizacional
Estrutura organizacionalEstrutura organizacional
Estrutura organizacional
 
Sistema de informação gerencial
Sistema de informação gerencialSistema de informação gerencial
Sistema de informação gerencial
 
Sistema de Informação em Marketing
Sistema de Informação em MarketingSistema de Informação em Marketing
Sistema de Informação em Marketing
 
Conscientização sobre a Segurança da Informação
Conscientização sobre a Segurança da InformaçãoConscientização sobre a Segurança da Informação
Conscientização sobre a Segurança da Informação
 
Sistema de processamento de transações
Sistema de processamento de transações  Sistema de processamento de transações
Sistema de processamento de transações
 
Aula - Sistemas de Informação
Aula - Sistemas de InformaçãoAula - Sistemas de Informação
Aula - Sistemas de Informação
 
Sistemas de Informações Gerenciais - SIG
Sistemas de Informações Gerenciais - SIGSistemas de Informações Gerenciais - SIG
Sistemas de Informações Gerenciais - SIG
 
Introdução à Sistemas de Informação
Introdução à Sistemas de InformaçãoIntrodução à Sistemas de Informação
Introdução à Sistemas de Informação
 
2 Sistema Informação na Empresa Cap02
2 Sistema Informação na Empresa Cap022 Sistema Informação na Empresa Cap02
2 Sistema Informação na Empresa Cap02
 
Aula 01 - Introdução ao Sistema de Informação
Aula 01 - Introdução ao Sistema de InformaçãoAula 01 - Introdução ao Sistema de Informação
Aula 01 - Introdução ao Sistema de Informação
 
Aula - Sistemas de Informação Gerencial
Aula - Sistemas de Informação GerencialAula - Sistemas de Informação Gerencial
Aula - Sistemas de Informação Gerencial
 
Aula SIM e Pesquisa de Marketing
Aula   SIM e Pesquisa de MarketingAula   SIM e Pesquisa de Marketing
Aula SIM e Pesquisa de Marketing
 
Aula 3 Sistemas de Informação - Tipos de SI
Aula 3 Sistemas de Informação - Tipos de SIAula 3 Sistemas de Informação - Tipos de SI
Aula 3 Sistemas de Informação - Tipos de SI
 
ERP
ERPERP
ERP
 
Fusões e aquisições de empresas
Fusões e aquisições de empresasFusões e aquisições de empresas
Fusões e aquisições de empresas
 
Aula-tga-09-matemática
Aula-tga-09-matemáticaAula-tga-09-matemática
Aula-tga-09-matemática
 

Destaque

Tipos de Sistema de Informação
Tipos de Sistema de InformaçãoTipos de Sistema de Informação
Tipos de Sistema de InformaçãoRobson Santos
 
Sistema de Informação na Empresa
Sistema de Informação na EmpresaSistema de Informação na Empresa
Sistema de Informação na EmpresaAdeildo Telles
 
Conceitos de Sistemas de Informação
Conceitos de Sistemas de InformaçãoConceitos de Sistemas de Informação
Conceitos de Sistemas de Informaçãoluanrjesus
 
Sistemas Especialistas Google Maps
Sistemas Especialistas Google MapsSistemas Especialistas Google Maps
Sistemas Especialistas Google MapsDellailah
 
dos Santos - La política de desarrollo PYME en Brasil
dos Santos - La política de desarrollo PYME en Brasildos Santos - La política de desarrollo PYME en Brasil
dos Santos - La política de desarrollo PYME en BrasilFOMINDEL
 
Manufatura Digital
Manufatura Digital Manufatura Digital
Manufatura Digital Raihsa
 
Informacao para negocios - Aula 1 - Gestao
Informacao para negocios - Aula 1 - GestaoInformacao para negocios - Aula 1 - Gestao
Informacao para negocios - Aula 1 - GestaoKenneth Corrêa
 
A importância dos sistemas de informações nas organizações
A importância dos sistemas de informações nas organizaçõesA importância dos sistemas de informações nas organizações
A importância dos sistemas de informações nas organizaçõesIsraelCunha
 
Administração de sistemas de informação
Administração de sistemas de informaçãoAdministração de sistemas de informação
Administração de sistemas de informaçãoTarciso Ferreira
 
PACT: um framework para o design de sistemas interativos
PACT: um framework para o design de sistemas interativosPACT: um framework para o design de sistemas interativos
PACT: um framework para o design de sistemas interativosWellington Oliveira
 
Sistemas Especialistas
Sistemas EspecialistasSistemas Especialistas
Sistemas Especialistaselliando dias
 

Destaque (20)

Sistemas de Informação - Aula06 - cap6 telecomunicações
Sistemas de Informação - Aula06 - cap6 telecomunicaçõesSistemas de Informação - Aula06 - cap6 telecomunicações
Sistemas de Informação - Aula06 - cap6 telecomunicações
 
Sistemas de Informação Aula12 -psi - cap9 Sistemas empresariais
Sistemas de Informação Aula12 -psi - cap9 Sistemas empresariaisSistemas de Informação Aula12 -psi - cap9 Sistemas empresariais
Sistemas de Informação Aula12 -psi - cap9 Sistemas empresariais
 
SIistemas de Informação 2 - Aula09 - psi - cap8 ecommerce
SIistemas de Informação 2 - Aula09 - psi - cap8 ecommerceSIistemas de Informação 2 - Aula09 - psi - cap8 ecommerce
SIistemas de Informação 2 - Aula09 - psi - cap8 ecommerce
 
Sistemas de Informação nas Organizações
Sistemas de Informação nas OrganizaçõesSistemas de Informação nas Organizações
Sistemas de Informação nas Organizações
 
Tipos de Sistema de Informação
Tipos de Sistema de InformaçãoTipos de Sistema de Informação
Tipos de Sistema de Informação
 
Sistema de Informação na Empresa
Sistema de Informação na EmpresaSistema de Informação na Empresa
Sistema de Informação na Empresa
 
Sistemas de Informação 2 - Aula13 - psi cap10 sistemas de infomração gerencia...
Sistemas de Informação 2 - Aula13 - psi cap10 sistemas de infomração gerencia...Sistemas de Informação 2 - Aula13 - psi cap10 sistemas de infomração gerencia...
Sistemas de Informação 2 - Aula13 - psi cap10 sistemas de infomração gerencia...
 
Gerenciamento de projetos Aula05 -exercício cpm-parte1
Gerenciamento de projetos Aula05 -exercício cpm-parte1Gerenciamento de projetos Aula05 -exercício cpm-parte1
Gerenciamento de projetos Aula05 -exercício cpm-parte1
 
Internet, intranet e extranets
Internet, intranet e extranetsInternet, intranet e extranets
Internet, intranet e extranets
 
Conceitos de Sistemas de Informação
Conceitos de Sistemas de InformaçãoConceitos de Sistemas de Informação
Conceitos de Sistemas de Informação
 
Apostila -sig
Apostila  -sigApostila  -sig
Apostila -sig
 
Ameaças ao comércio eletrônico e móvel
Ameaças ao comércio eletrônico e móvelAmeaças ao comércio eletrônico e móvel
Ameaças ao comércio eletrônico e móvel
 
Sistemas Especialistas Google Maps
Sistemas Especialistas Google MapsSistemas Especialistas Google Maps
Sistemas Especialistas Google Maps
 
dos Santos - La política de desarrollo PYME en Brasil
dos Santos - La política de desarrollo PYME en Brasildos Santos - La política de desarrollo PYME en Brasil
dos Santos - La política de desarrollo PYME en Brasil
 
Manufatura Digital
Manufatura Digital Manufatura Digital
Manufatura Digital
 
Informacao para negocios - Aula 1 - Gestao
Informacao para negocios - Aula 1 - GestaoInformacao para negocios - Aula 1 - Gestao
Informacao para negocios - Aula 1 - Gestao
 
A importância dos sistemas de informações nas organizações
A importância dos sistemas de informações nas organizaçõesA importância dos sistemas de informações nas organizações
A importância dos sistemas de informações nas organizações
 
Administração de sistemas de informação
Administração de sistemas de informaçãoAdministração de sistemas de informação
Administração de sistemas de informação
 
PACT: um framework para o design de sistemas interativos
PACT: um framework para o design de sistemas interativosPACT: um framework para o design de sistemas interativos
PACT: um framework para o design de sistemas interativos
 
Sistemas Especialistas
Sistemas EspecialistasSistemas Especialistas
Sistemas Especialistas
 

Semelhante a Sistemas de Informação 2 - Aula04 - Sistemas de informação nas organizações parte2

Técnicas de sistemas de informação aplicadas ti
Técnicas de sistemas de informação aplicadas   tiTécnicas de sistemas de informação aplicadas   ti
Técnicas de sistemas de informação aplicadas tiAdrianoHenriqueVieir
 
Melhores Práticas de TI.ppt
Melhores Práticas de TI.pptMelhores Práticas de TI.ppt
Melhores Práticas de TI.pptssuser235fe81
 
BPM Day Curitiba - Unimed Curitiba - 29.11.2016
BPM Day Curitiba - Unimed Curitiba - 29.11.2016BPM Day Curitiba - Unimed Curitiba - 29.11.2016
BPM Day Curitiba - Unimed Curitiba - 29.11.2016Lecom Tecnologia
 
Fsw Institucional 2007
Fsw  Institucional 2007Fsw  Institucional 2007
Fsw Institucional 2007guest269cc8
 
Sumario executivo BP - ERP outsourcing
Sumario executivo BP - ERP outsourcingSumario executivo BP - ERP outsourcing
Sumario executivo BP - ERP outsourcingPaulo Henrique Pinhão
 
Indyxa - E-book: 5 passos para aumentar a eficiência do setor de TI
Indyxa - E-book: 5 passos para aumentar a eficiência do setor de TIIndyxa - E-book: 5 passos para aumentar a eficiência do setor de TI
Indyxa - E-book: 5 passos para aumentar a eficiência do setor de TIIndyxa
 
Apresentação institucional Datum T.I (14 07-15)
Apresentação institucional Datum T.I (14 07-15)Apresentação institucional Datum T.I (14 07-15)
Apresentação institucional Datum T.I (14 07-15)datumti
 
Apresentação institucional 2010
Apresentação institucional 2010Apresentação institucional 2010
Apresentação institucional 2010Microlog
 
Synaptic Advisory Partners Brazil
Synaptic Advisory Partners BrazilSynaptic Advisory Partners Brazil
Synaptic Advisory Partners Braziljorgejardimneto
 
Governança de TI.pptx
Governança de TI.pptxGovernança de TI.pptx
Governança de TI.pptxssusera0a510
 
governanc3a7a-de-ti.pptx
governanc3a7a-de-ti.pptxgovernanc3a7a-de-ti.pptx
governanc3a7a-de-ti.pptxValbertoSilva5
 
Apresentação de Claudio Coli no Forum SPED 2008 Mastersaf
Apresentação de Claudio Coli no Forum SPED 2008 MastersafApresentação de Claudio Coli no Forum SPED 2008 Mastersaf
Apresentação de Claudio Coli no Forum SPED 2008 MastersafRoberto Dias Duarte
 
[Gestão da TI] Governança de TI: Modelos, certificações e "melhores práticas"
[Gestão da TI] Governança de TI: Modelos, certificações e "melhores práticas"[Gestão da TI] Governança de TI: Modelos, certificações e "melhores práticas"
[Gestão da TI] Governança de TI: Modelos, certificações e "melhores práticas"Alessandro Almeida
 
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de SistemasAula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de SistemasFilipo Mór
 
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...GrupoMENTHOR
 
Palestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementação
Palestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementaçãoPalestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementação
Palestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementaçãoAndré Lima
 

Semelhante a Sistemas de Informação 2 - Aula04 - Sistemas de informação nas organizações parte2 (20)

Técnicas de sistemas de informação aplicadas ti
Técnicas de sistemas de informação aplicadas   tiTécnicas de sistemas de informação aplicadas   ti
Técnicas de sistemas de informação aplicadas ti
 
Melhores Práticas de TI.ppt
Melhores Práticas de TI.pptMelhores Práticas de TI.ppt
Melhores Práticas de TI.ppt
 
BPM Day Curitiba - Unimed Curitiba - 29.11.2016
BPM Day Curitiba - Unimed Curitiba - 29.11.2016BPM Day Curitiba - Unimed Curitiba - 29.11.2016
BPM Day Curitiba - Unimed Curitiba - 29.11.2016
 
Parte1
Parte1Parte1
Parte1
 
Fsw Institucional 2007
Fsw  Institucional 2007Fsw  Institucional 2007
Fsw Institucional 2007
 
Sumario executivo BP - ERP outsourcing
Sumario executivo BP - ERP outsourcingSumario executivo BP - ERP outsourcing
Sumario executivo BP - ERP outsourcing
 
Palestra BPO - joao alceu
Palestra BPO - joao alceuPalestra BPO - joao alceu
Palestra BPO - joao alceu
 
Palestra bpo joao alceu
Palestra bpo   joao alceuPalestra bpo   joao alceu
Palestra bpo joao alceu
 
Indyxa - E-book: 5 passos para aumentar a eficiência do setor de TI
Indyxa - E-book: 5 passos para aumentar a eficiência do setor de TIIndyxa - E-book: 5 passos para aumentar a eficiência do setor de TI
Indyxa - E-book: 5 passos para aumentar a eficiência do setor de TI
 
Apresentação institucional Datum T.I (14 07-15)
Apresentação institucional Datum T.I (14 07-15)Apresentação institucional Datum T.I (14 07-15)
Apresentação institucional Datum T.I (14 07-15)
 
Apresentação institucional 2010
Apresentação institucional 2010Apresentação institucional 2010
Apresentação institucional 2010
 
Aula 1 dsi
Aula 1  dsiAula 1  dsi
Aula 1 dsi
 
Synaptic Advisory Partners Brazil
Synaptic Advisory Partners BrazilSynaptic Advisory Partners Brazil
Synaptic Advisory Partners Brazil
 
Governança de TI.pptx
Governança de TI.pptxGovernança de TI.pptx
Governança de TI.pptx
 
governanc3a7a-de-ti.pptx
governanc3a7a-de-ti.pptxgovernanc3a7a-de-ti.pptx
governanc3a7a-de-ti.pptx
 
Apresentação de Claudio Coli no Forum SPED 2008 Mastersaf
Apresentação de Claudio Coli no Forum SPED 2008 MastersafApresentação de Claudio Coli no Forum SPED 2008 Mastersaf
Apresentação de Claudio Coli no Forum SPED 2008 Mastersaf
 
[Gestão da TI] Governança de TI: Modelos, certificações e "melhores práticas"
[Gestão da TI] Governança de TI: Modelos, certificações e "melhores práticas"[Gestão da TI] Governança de TI: Modelos, certificações e "melhores práticas"
[Gestão da TI] Governança de TI: Modelos, certificações e "melhores práticas"
 
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de SistemasAula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
 
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
 
Palestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementação
Palestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementaçãoPalestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementação
Palestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementação
 

Mais de CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná

Mais de CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (19)

Meios de pagamento para e-commerce
Meios de pagamento para e-commerceMeios de pagamento para e-commerce
Meios de pagamento para e-commerce
 
Seminário E-commerce e m-commerce
Seminário E-commerce e m-commerceSeminário E-commerce e m-commerce
Seminário E-commerce e m-commerce
 
Governança de TI - Aula8 - introdução ao ITIL
Governança de TI - Aula8 - introdução ao  ITILGovernança de TI - Aula8 - introdução ao  ITIL
Governança de TI - Aula8 - introdução ao ITIL
 
Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5
Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5
Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5
 
Governança de TI - Aula05 - compliance, PETI e PDTI
Governança de TI - Aula05 - compliance, PETI e PDTIGovernança de TI - Aula05 - compliance, PETI e PDTI
Governança de TI - Aula05 - compliance, PETI e PDTI
 
Interface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informação
Interface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informaçãoInterface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informação
Interface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informação
 
Governança de TI - Aula 6 - intro cobit
Governança de TI - Aula 6 - intro cobitGovernança de TI - Aula 6 - intro cobit
Governança de TI - Aula 6 - intro cobit
 
Gerenciamento de projetos - Aula04 - planejamento
Gerenciamento de projetos - Aula04 - planejamentoGerenciamento de projetos - Aula04 - planejamento
Gerenciamento de projetos - Aula04 - planejamento
 
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronogramaGerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
 
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da GestaltInterface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
 
Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...
Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...
Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...
 
Gerenciamento de Projetos - Aula02 - Conceitos - fase de iniciaçãoo
Gerenciamento de Projetos - Aula02 - Conceitos - fase de iniciaçãooGerenciamento de Projetos - Aula02 - Conceitos - fase de iniciaçãoo
Gerenciamento de Projetos - Aula02 - Conceitos - fase de iniciaçãoo
 
Gerenciamento de Projetos - Aula01 - Uma Introdução ao Gerenciamento de Projetos
Gerenciamento de Projetos - Aula01 - Uma Introdução ao Gerenciamento de ProjetosGerenciamento de Projetos - Aula01 - Uma Introdução ao Gerenciamento de Projetos
Gerenciamento de Projetos - Aula01 - Uma Introdução ao Gerenciamento de Projetos
 
Gerenciamento de Projetos - Aula01 - Apresentação da disciplina
Gerenciamento de Projetos - Aula01 - Apresentação da disciplinaGerenciamento de Projetos - Aula01 - Apresentação da disciplina
Gerenciamento de Projetos - Aula01 - Apresentação da disciplina
 
Governança de TI - Aula02 - Conceitos em Governanca corporativa
Governança de TI - Aula02 - Conceitos em Governanca corporativaGovernança de TI - Aula02 - Conceitos em Governanca corporativa
Governança de TI - Aula02 - Conceitos em Governanca corporativa
 
Governança de TI - Aula01 Apresentação da disciplina
Governança de TI - Aula01 Apresentação da disciplinaGovernança de TI - Aula01 Apresentação da disciplina
Governança de TI - Aula01 Apresentação da disciplina
 
Interface Homem Computador - Aula02 - Principios de design em IHC
Interface Homem Computador - Aula02 - Principios de design em IHCInterface Homem Computador - Aula02 - Principios de design em IHC
Interface Homem Computador - Aula02 - Principios de design em IHC
 
Interface Homem Computador - Aula01- Introdução a IHC
Interface Homem Computador - Aula01- Introdução a IHCInterface Homem Computador - Aula01- Introdução a IHC
Interface Homem Computador - Aula01- Introdução a IHC
 
Interface Homem Computador - Aula01 Apresentação da disciplia
Interface Homem Computador - Aula01 Apresentação da discipliaInterface Homem Computador - Aula01 Apresentação da disciplia
Interface Homem Computador - Aula01 Apresentação da disciplia
 

Último

Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASMarcio Venturelli
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoMarcio Venturelli
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfInocencioHoracio3
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAMarcio Venturelli
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx2m Assessoria
 

Último (9)

Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 

Sistemas de Informação 2 - Aula04 - Sistemas de informação nas organizações parte2

  • 1. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO II AULA 04 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES – PARTE 2 1o semestre 2016 Prof. Maigon N. Pontuschka maigonp@gmail.com
  • 2. AGENDA 1. O termo “organização” 2. A cadeia de valor – value chain 3. SCM – supply chain management – Gerenciamento da cadeia de suprimentos 4. CRM – customer relationship management – Gerenciamento de relacionamento com o cliente 5. Estruturas organizacionais 6. Cultura organizacional e mudanças
  • 3. AGENDA - ORGANIZAÇÕES E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 7. Reengenharia e melhoria contínua 8. Satisfação do usuário e aceitação da tecnologia 9. Qualidade 10. Terceirização, computação sob demanda e downsizing na indústria 11. Vantagem competitiva 12. Sistemas de informação baseados em desempenho 13. Retorno do Investimento (ROI) e o valor dos sistemas de informação
  • 4. SATISFAÇÃO DO USUÁRIO E ACEITAÇÃO DE TECNOLOGIA Technology Acceptance Model (TAM) • Especifica os fatores que podem levar a melhores atitudes sobre o sistema de informação Difusão de tecnologia • Medida de quão amplamente a tecnologia está espalhada em toda a organização Infusão de tecnologia • Medida em que a tecnologia permeia um departamento
  • 5. SATISFAÇÃO DO USUÁRIO E ACEITAÇÃO DE TECNOLOGIA
  • 6. QUALIDADE Capacidade de um produto ou serviço de atender ou exceder as expectativas dos clientes Técnicas utilizadas para garantir a qualidade • Total Quality Management (TQM) • Six Sigma
  • 7. QUALIDADE TOTAL E SIX SIGMA Técnica Descrição Exemplos Gestão da Qualidade Total (TQM- Total Quality Management) Envolve desenvolver conhecimento profundo das necessidades do cliente, adotando visão estratégica para a qualidade, destinado poder (empowerment) aos funcionários e recompensando funcionários e gerentes por produzirem produtos de alta qualidade. Serviço postal dos EUA utiliza o Mail Preparation Total Quality Management para certificar as principais empresas de classificação e despacho de correspondência. MAA Bozell, empresa indiana de comunicações utiliza a Gestão da Qualidade Total para melhorar a qualidade de todos os seus processos de negócios Six Sigma Termo estatístico que significa que os produtos e os serviços atenderão aos padrões de qualidade em 99,9997% do tempo. Em uma curva de distribuição normal usada em estatística, o desvio padrão seis (Seis sigma) é 99,9997% da área sob a curva. O Seis Sigma foi desenvolvido pela Motorola Inc. em meados dos anos 1980. Transplace, empresa de transporte por caminhões e logística, de US$57 milhões, utiliza o Seis Sigma para melhorar a qualidade, eliminando desperdício e etapas desnecessárias. Existem alguns treinamentos e programas de certificação para o Seis Sigma. O Seis sigma, no entanto, tem sido criticado por alguns
  • 8. OUTSOURCING, ON-DEMAND COMPUTING & DOWNSIZING Outsourcung - Terceirização • Contratação de serviços profissionais externos On-Demand Computing - Computação sob demanda • Também chamado de on-demand business ou utility computing • Responde rapidamente ao fluxo de trabalho da organização, uma vez que a necessidade de recursos de Informática varia Downsizing – Redução/Encolhimento da empresa • Reduzir o número de funcionários para cortar custos
  • 9. VANTAGEM COMPETITIVA • Superioridade significativa (idealmente) de longo prazo de uma empresa em relação a seus concorrentes • Pode resultar em produtos de qualidade superior, melhor atendimento ao cliente e custos mais baixos.
  • 10. FATORES QUE LEVAM AS EMPRESAS A PROCURAR VANTAGEM COMPETITIVA O modelo das cinco forças 1. Rivalidade entre os concorrentes existentes 2. Ameaça de novos concorrentes 3. Ameaça de produtos e serviços substitutos 4. O poder de barganha dos compradores 5. O poder de barganha dos fornecedores
  • 11. FATORES QUE LEVAM AS EMPRESAS A PROCURAR VANTAGEM COMPETITIVA O modelo das cinco forças 1. Rivalidade entre os concorrentes existentes 2. Ameaça de novos concorrentes 3. Ameaça de produtos e serviços substitutos 4. O poder de barganha dos compradores 5. O poder de barganha dos fornecedores
  • 12. FATORES QUE LEVAM AS EMPRESAS A BUSCAR A VANTAGEM COMPETITIVA Rivalidade entre os concorrentes existentes • Indústrias com rivalidades mais fortes tendem a ter mais empresas que buscam vantagem competitiva Ameaça de novos entrantes • A ameaça aparece quando • Os custos de entrada e saída de custos para uma indústria são baixos • A tecnologia necessária para iniciar e manter um negócio é comumente disponível
  • 13. FATORES QUE LEVAM AS EMPRESAS A BUSCAR A VANTAGEM COMPETITIVA Ameaça de produtos e serviços substitutos • Quanto mais os consumidores possam obter produtos e serviços semelhantes que satisfaçam as suas necessidades, as empresas ficam mais propensas a tentar estabelecer uma vantagem competitiva Poder de barganha dos clientes e fornecedores • Quando os clientes têm muito poder de barganha, as empresas procuram aumentar a sua vantagem competitiva para reter seus clientes
  • 15. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA VANTAGEM COMPETITIVA Estratégias • Liderança em custo • Diferenciação • Estratégia de nicho • Alterar a estrutura do setor industrial (fazendo alianças e parcerias estratégicas) • A criação de novos produtos e serviços • Aperfeiçoaar linhas de produtos e serviços existentes
  • 16. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA VANTAGEM COMPETITIVA Outras estratégias • O crescimento nas vendas • Ser o primeiro no mercado • Personalização de produtos e serviços • Contratar as melhores pessoas • Inovação
  • 17. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO BASEADOS EM DESEMPENHO As principais estágios do uso de sistemas de informação na empresas: 1. Reduzir custos e melhorar a produtividade 2. Obter vantagem competitiva • Gerenciamento estratégico 3. Gestão baseada em desempenho • Gerenciamento estratégico e custos
  • 18. TRÊS ESTÁGIOS NO USO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES • 1) Redução de custos e melhora da produtividade • 2) Vantagem competitiva • 3) Gestão baseada em desempenho
  • 19. PRODUTIVIDADE • É a medida da produção realizada dividida pela entrada necessária • Quanto maior for o nível de saída para um dado nível de entrada, maior é a produtividade • Quanto menor for o nível de saída para um dado nível de entrada, menor é a produtividade • Produtividade = (Saída / Entrada) × 100%
  • 20. RETORNO SOBRE O INVESTIMENTO E O VALOR DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Retorno sobre o investimento ou Return on investment (ROI) • É uma medida de valor para os Sistemas e Informação • Investiga os lucros ou benefícios adicionais que são gerados como uma porcentagem do investimento em Tecnologia de Sistemas de Informação Aumento dos ganhos ou Earnings Growth • O aumento do lucro que o sistema traz.
  • 21. RETORNO SOBRE O INVESTIMENTO E O VALOR DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Quota de mercado (Market Share) e velocidade ao mercado (Speed to market) • A percentagem de vendas que um produto ou serviço tem em relação ao total do mercado Percepção e satisfação do cliente • A medição do desempenho é baseada no feedback de usuários internos e externos Custo total de propriedade - Total Cost of Ownership (TCO) – Gartner Group • A soma de todos os custos durante a vida útil do sistema de informação
  • 22. RISCO • Os gerentes devem considerar os riscos de concepção, desenvolvimento e implementação de sistemas • Sistemas de informação às vezes podem tornar-se em fracassos muito caros
  • 23. CARREIRAS EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Graduação • Sistemas de informação • Engenharia de software • Ciência da Computação • Desenvolvimento de Games
  • 24. PAPÉIS, FUNÇÕES E CARREIRA EM SISTEMAS DE INFO Responsabilidades primárias em sistemas de informação • Operações • A função dos operadores de sistemas é principalmente operar e manter o equipamento de SI em funcionamento • Desenvolvimento de sistemas • Concentra-se em projetos específicos de desenvolvimento, de manutenção e revisão em curso
  • 25. PAPÉIS, FUNÇÕES E CARREIRA EM SISTEMAS DE INFO Responsabilidades primárias em Sistemas de Informação (cont.) • Suporte • Fornece assistência ao usuário em hardware e software de aquisição e utilização, administração de dados, treinamento de usuários e administração de assistência & Web • Unidades de serviços de informação • Um departamento de SI em miniatura junto e reportando-se diretamente a uma área funcional em uma grande organização
  • 26. TÍTULOS E FUNÇÕES TÍPICOS EM TI Chief Information Officer (CIO) • Emprega equipamentos e pessoal do departamento de Sistemas de Informação para ajudar a organização a atingir suas metas Administradores de rede local (LAN admin) • Configurar e gerenciar o hardware e o software de rede e processos de segurança
  • 27. Carreiras na Internet • Estrategistas e administradores de internet • Desenvolvedores de sistemas de Internet • Programadores de Internet • Operadores de Internet ou de websites Certificação • Processo para testar as habilidades e conhecimentos, resultando em um endosso pela autoridade de certificação TÍTULOS E FUNÇÕES TÍPICOS EM TI
  • 28. OUTRAS CARREIRAS EM TI Novas e excitantes carreiras têm se desenvolvido em computação forense, detecção e prevenção de fraudes e segurança. Outras oportunidades de carreira incluem o emprego em empresas de tecnologia • Microsoft (www.microsoft.com) • Google (www.google.com) • Dell (www.dell.com) • Muitos outros
  • 29. TRABALHO EM EQUIPE É sempre bom para os profissionais é ter • Boa capacidade de comunicação • A habilidade de trabalhar com outras pessoas Obtendo a melhor equipe de pessoal para trabalhar em projetos importantes é fundamental para êxito em: • Desenvolvimento de novos sistemas de informação • Modificação de sistemas existentes
  • 30. ENCONTRAR UM EMPREGO EM SI O desenvolvimento de um currículo on-line pode ser fundamental para encontrar um bom emprego Abordagens de pesquisa de emprego • Visitas no campus • Referências de professores, amigos e membros da família • A Internet • sites de emprego on-line • Web site da companhia • Sites de redes sociais • Blogs
  • 31. TRABALHO SEMI-PRESENCIAL – QUESTÕES • Questões sobre o Capítulo 2 – entrega até dia 5/4 por e- mail.
  • 32. RESUMO • organizações Sistemas com entradas, mecanismos e saídas de transformação Categorias de estrutura organizacional Tradicional, projeto, equipe e virtual Cultura organizacional Principais entendimentos e suposições reengenharia redesign radical de processos de negócios, estruturas organizacionais, sistemas de informação e valores da organização
  • 33. RESUMO 2 • Total Quality Management (TQM) Uma coleção de abordagens, ferramentas e técnicas que promove um compromisso com a qualidade terceirização Contratação com serviços profissionais externos Downsizing Reduzir o número de funcionários Vantagem competitiva Normalmente incorporada em um produto ou serviço que tem o maior valor acrescentado para os consumidores
  • 34. BIBLIOGRAFIA DESTA AULA • STAIR, R. M. & REYNOLDS, G. W. Princípios de Sistemas de Informação: Tradução da 9a edição norte-americana. São Paulo: Cengage Learning, 2012.