GEOPROCESSAMENTOe fotointerpretaçãoProf. Maigon Pontuschka2013Aula 4:Interpretação de imagens
Agenda• Interpretação de imagens• Elementos e chaves de interpretação de imagens• Seleção de Imagens de Satélite
Agenda• Interpretação de imagens• Elementos e chaves de interpretação de imagens• Seleção de Imagens de Satélite
Interpretação de imagensPodemos considerar as imagensobtidas por satélites como dados que, paraserem transformados em info...
Interpretação de imagensO QUE É?•Significa identificar objetos nelas representados e darum significado para eles.•Identifi...
Interpretação de imagens• Quanto maior a resolução e mais adequada aescala, mais direta e fácil é a identificação.• Quanto...
Interpretação de imagens• O conhecimento sobre o objeto (ou tema) deestudo (relevo, vegetação, área urbana, etc) éfundamen...
Com relação ao sensoriamento remotoé importante conhecer:• Tipo de satélite: órbita, altitude, horário etc;• Característic...
O conhecimento prévio de uma áreageográfica facilita o processo de interpretação eaumenta o potencial de leitura de uma im...
• Levantar em livros, mapas e internetinformações prévias sobre a área.UNIR, Campus de Presidente Médici – Estação de Pisc...
• O trabalho de campo é indispensável para aconfiabilidade do resultado da interpretação.UNIR, Campus de Presidente Médici.
Interpretação de imagens:possíveis falhasImagem da superfície de Marte daárea denominada Cydonia –Sonda Viking ,1976Mesma ...
Sonda Mars ExpressRegião da Cidônia.22 de julho de 2006Interpretação de imagens:possíveis falhas
• Existem objetos mais facilmente visíveis eidentificáveis numa imagem, em geral, relevo,vegetação e espelhos d’água• Mas ...
Mas há coisas que não são diretamente visíveis,mas que podem ser estabelecida através daanálise da drenagem, de feições e ...
• Na maioria das vezes, o resultado dainterpretação de uma imagem obtida por sensorremoto é apresentado em forma de mapa• ...
• A delimitação de objetospode ser realizada pormeio de um cursor. Com ouso de um SIG, os limitesdas classes sãoarmazenado...
• Na interpretação de uma imagem impressa ostraços e delimitações são realizados em papelvegetal, e não diretamente na ima...
• Existem softwares de segmentação eclassificação automática de imagens, contudo oconhecimento em interpretação de imagens...
• Exemplo de interpretação de uma imagem digital TM-Landsat-5 na telado computador (a) e o resultado dessa interpretação (...
Agenda• Interpretação de imagens• Elementos e chaves de interpretação de imagens• Seleção de Imagens de Satélite
Elementos de interpretação de imagens• Todas as imagens obtidas por sensores remotosregistram a energia proveniente dos ob...
• Tonalidade/cor• Textura• Tamanho• Forma• Sombra• Altura• Padrão• LocalizaçãoElementos (ou variáveis) deinterpretação de ...
• A tonalidade cinza: variações deenergia eletromagnética refletidarepresentadas por variações nostons de cinza.• Quanto m...
• A tonalidade cinza: variações deenergia eletromagnética refletidarepresentadas por variações nostons de cinza.• Quanto m...
• Utilizada na interpretação de imagens coloridas,nas quais as variações de energias refletidas ouemitidas pela superfície...
Cor
Textura• Refere-se ao aspecto liso ou rugoso dedeterminado objeto de uma imagem, sendoimportante na identificação de unida...
Relevos
TamanhoÉ um parâmetroimportante que estáatrelado à escala.Na imagem acima, é possível distinguir o estágio emfunção do tam...
• Mirny, na Sibéria - Rússia. O maior buraco do mundo, que é na verdade umamina de diamantes. O buraco tem 525 metros de p...
Formas• De modo geral, estão divididas em:• Irregulares – indicam objetos naturais (matas,pântanos, florestas etc);• Regul...
Formas
Imagem Goes, Furacão Erin10/9/2001
CBERS 4/11/2000 – Vulcões no norte do Chile
SombrasDisponibilidade de fotos ou imagens 3D facilitamo processo de interpretação permitindo obterinformação sobre a altu...
Em imagens 2D a altura dealguns objetos pode serestimada pela sombra.
• Imagem Landsat-5, da regiãode Cruzeiro e CachoeiraPaulista, no Vale do Paraíba.
PadrãoÉ o arranjo, ou layout deobjetos em uma superfície. CNES/SPOT Aquicultura no município deCujubim, Rondônia – Google ...
Localização Geográfica• O conhecimento das características do local dedeterminado objeto pode ajudar no processo deidentif...
Chaves – Modelos de interpretaçãoSão modelos de interpretação elaborados a partirde elementos que descrevem e caracterizam...
Agenda• Interpretação de imagens• Elementos chaves de interpretação de imagens• Seleção de Imagens de Satélite
Seleção de Imagens de Satélite• O tipo da imagem (resolução, banda,composição colorida, data) deve ser selecionadoconsider...
Mapeamento de corpos d’água(exemplo)• Na delimitação – Infravermelho próximo e demicro-ondas;• Qualidade da água – Região ...
ReferênciasFLORENZANO, T.G. Iniciação em Sensoriamento Remoto. 3. ed. São Paulo:Oficina de Textos, 2011. 128p.
Aula 4
Aula 4
Aula 4
Aula 4
Aula 4
Aula 4
Aula 4
Aula 4
Aula 4
Aula 4
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 4

750 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
750
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
247
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
44
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 4

  1. 1. GEOPROCESSAMENTOe fotointerpretaçãoProf. Maigon Pontuschka2013Aula 4:Interpretação de imagens
  2. 2. Agenda• Interpretação de imagens• Elementos e chaves de interpretação de imagens• Seleção de Imagens de Satélite
  3. 3. Agenda• Interpretação de imagens• Elementos e chaves de interpretação de imagens• Seleção de Imagens de Satélite
  4. 4. Interpretação de imagensPodemos considerar as imagensobtidas por satélites como dados que, paraserem transformados em informação,necessitam ser analisados e interpretados.
  5. 5. Interpretação de imagensO QUE É?•Significa identificar objetos nelas representados e darum significado para eles.•Identificamos e traçamos elementos como:•Estadas•Rios•Represas•Mancha urbana
  6. 6. Interpretação de imagens• Quanto maior a resolução e mais adequada aescala, mais direta e fácil é a identificação.• Quanto maior a experiência do intérprete e o seuconhecimento (temático/sensoriamento remotoe da área geográfica) maior é o potencial dasinformações que pode extrair da imagem.
  7. 7. Interpretação de imagens• O conhecimento sobre o objeto (ou tema) deestudo (relevo, vegetação, área urbana, etc) éfundamental.• Exemplo: Um Engenheiro Florestal podeconseguir extrair mais informações sobre umafloresta por imagem de satélite do que umapessoa com outra formação.
  8. 8. Com relação ao sensoriamento remotoé importante conhecer:• Tipo de satélite: órbita, altitude, horário etc;• Características do sensor utilizado: resolução,faixa espectral, ângulo de visada, etc;• Interação da energia eletromagnética com osobjetos;• Fatores de interferência: período do ano,horário, condições atmosféricas, umidade etc.
  9. 9. O conhecimento prévio de uma áreageográfica facilita o processo de interpretação eaumenta o potencial de leitura de uma imagem.Exemplo: caso do Seringueiros do Estado do Acre,que, a partir de um ponto de referência conhecido,identificam demais elementos da imagem comfacilidade.Interpretação de imagens
  10. 10. • Levantar em livros, mapas e internetinformações prévias sobre a área.UNIR, Campus de Presidente Médici – Estação de Piscicultura Carlos MatiazeInterpretação de imagens
  11. 11. • O trabalho de campo é indispensável para aconfiabilidade do resultado da interpretação.UNIR, Campus de Presidente Médici.
  12. 12. Interpretação de imagens:possíveis falhasImagem da superfície de Marte daárea denominada Cydonia –Sonda Viking ,1976Mesma área em 2001
  13. 13. Sonda Mars ExpressRegião da Cidônia.22 de julho de 2006Interpretação de imagens:possíveis falhas
  14. 14. • Existem objetos mais facilmente visíveis eidentificáveis numa imagem, em geral, relevo,vegetação e espelhos d’água• Mas há coisas que não são diretamente visíveis,mas que podem ser estabelecida através daanálise da drenagem, de feições e formas derelevo, destacadas da imagem, é possívelinterpretar a geologia, os solos e os processosrelacionados.Interpretação de imagens:
  15. 15. Mas há coisas que não são diretamente visíveis,mas que podem ser estabelecida através daanálise da drenagem, de feições e formas derelevo, destacadas da imagem, é possívelinterpretar a geologia, os solos e os processosrelacionados.Interpretação de imagens:
  16. 16. • Na maioria das vezes, o resultado dainterpretação de uma imagem obtida por sensorremoto é apresentado em forma de mapa• Muitas vezes a própria imagem é utilizada comomapa na qual assinalamos limites e objetos deinteresse como estradas, rios etc.Interpretação de imagens:
  17. 17. • A delimitação de objetospode ser realizada pormeio de um cursor. Com ouso de um SIG, os limitesdas classes sãoarmazenados em umplano de informação e,posteriormente, o mapa égerado.Segmentação
  18. 18. • Na interpretação de uma imagem impressa ostraços e delimitações são realizados em papelvegetal, e não diretamente na imagem.Segmentação manual
  19. 19. • Existem softwares de segmentação eclassificação automática de imagens, contudo oconhecimento em interpretação de imagens éfundamental para avaliar o resultado de umainterpretação automática de imagem.Segmentação automática
  20. 20. • Exemplo de interpretação de uma imagem digital TM-Landsat-5 na telado computador (a) e o resultado dessa interpretação (b). Em (a)podemos observar as classes delimitadas em polígonos amarelo comajuda de um cursor. Em (b), o resultado da interpretação, com as classesde vegetação em verde, e desmatamento, em amarelo.
  21. 21. Agenda• Interpretação de imagens• Elementos e chaves de interpretação de imagens• Seleção de Imagens de Satélite
  22. 22. Elementos de interpretação de imagens• Todas as imagens obtidas por sensores remotosregistram a energia proveniente dos objetos dasuperfície observada.• Independente de resolução e escala, as imagensfornecem elementos básicos de análise einterpretação, a partir dos quais se extraeminformações de objetos, áreas, fenômenos, etc.
  23. 23. • Tonalidade/cor• Textura• Tamanho• Forma• Sombra• Altura• Padrão• LocalizaçãoElementos (ou variáveis) deinterpretação de imagens
  24. 24. • A tonalidade cinza: variações deenergia eletromagnética refletidarepresentadas por variações nostons de cinza.• Quanto mais energia refletir, maiorserá a representação na cor branca;• Quanto menos energia refletir, arepresentação tende ao preto.Tonalidade
  25. 25. • A tonalidade cinza: variações deenergia eletromagnética refletidarepresentadas por variações nostons de cinza.• Quanto mais energia refletir, maiorserá a representação na cor branca;• Quanto menos energia refletir, arepresentação tende ao preto.Tonalidade
  26. 26. • Utilizada na interpretação de imagens coloridas,nas quais as variações de energias refletidas ouemitidas pela superfície são representadas pordiferentes cores.É mais fácil interpretar imagens coloridas do queem preto e branco por conta das diferentes corescaptadas pelo olho humano.Cor
  27. 27. Cor
  28. 28. Textura• Refere-se ao aspecto liso ou rugoso dedeterminado objeto de uma imagem, sendoimportante na identificação de unidades derelevo.• Textura lisa – indica relevos planos• Textura rugosa – indica relevos acidentados
  29. 29. Relevos
  30. 30. TamanhoÉ um parâmetroimportante que estáatrelado à escala.Na imagem acima, é possível distinguir o estágio emfunção do tamanho.
  31. 31. • Mirny, na Sibéria - Rússia. O maior buraco do mundo, que é na verdade umamina de diamantes. O buraco tem 525 metros de profundidade e 1,25 km dediâmetro. Na foto a seta aponta um caminhão.
  32. 32. Formas• De modo geral, estão divididas em:• Irregulares – indicam objetos naturais (matas,pântanos, florestas etc);• Regulares – Indicam objetos artificiais,construídos pelo homem (casas, campos defutebol, áreas de reflorestamentos, áreasagrícolas etc).
  33. 33. Formas
  34. 34. Imagem Goes, Furacão Erin10/9/2001
  35. 35. CBERS 4/11/2000 – Vulcões no norte do Chile
  36. 36. SombrasDisponibilidade de fotos ou imagens 3D facilitamo processo de interpretação permitindo obterinformação sobre a altura de objetos.Pela forma da sombra é possível identificarobjetos como pontes, chaminés, árvores, prédios efeições do relevo.
  37. 37. Em imagens 2D a altura dealguns objetos pode serestimada pela sombra.
  38. 38. • Imagem Landsat-5, da regiãode Cruzeiro e CachoeiraPaulista, no Vale do Paraíba.
  39. 39. PadrãoÉ o arranjo, ou layout deobjetos em uma superfície. CNES/SPOT Aquicultura no município deCujubim, Rondônia – Google Maps
  40. 40. Localização Geográfica• O conhecimento das características do local dedeterminado objeto pode ajudar no processo deidentificação e interpretação.Exemplo:• Áreas urbanas podem ser identificadas por suaproximidade de rodovias, rios e litorais.• Conhecimento sobre o tipo de clima da regiãoevita confundir tipos de vegetação:Cerrado X Caatinga
  41. 41. Chaves – Modelos de interpretaçãoSão modelos de interpretação elaborados a partirde elementos que descrevem e caracterizamdeterminado objeto.Sistematizam e orientam o processo de análise einterpretação de imagens.São utilizadas como guia e ajudam naidentificação correta de objetos e feiçõesrepresentados em imagens.
  42. 42. Agenda• Interpretação de imagens• Elementos chaves de interpretação de imagens• Seleção de Imagens de Satélite
  43. 43. Seleção de Imagens de Satélite• O tipo da imagem (resolução, banda,composição colorida, data) deve ser selecionadoconsiderando os objetivos (clima, texturatopográfica, uso do solo) e as características dasáreas de estudo. Exemplo: Estudo da expansãourbana de determinado local.
  44. 44. Mapeamento de corpos d’água(exemplo)• Na delimitação – Infravermelho próximo e demicro-ondas;• Qualidade da água – Região do visível;• Manchas de óleo no mar – Micro-ondas são asmelhores;• Rede de drenagem – medida indiretamente,através do mapeamento da mata ciliar.
  45. 45. ReferênciasFLORENZANO, T.G. Iniciação em Sensoriamento Remoto. 3. ed. São Paulo:Oficina de Textos, 2011. 128p.

×