SlideShare uma empresa Scribd logo

História da radioatividade

1 de 26
Baixar para ler offline
PORQUE IMAGEM É TUDO!

Prof. Magno Cavalheiro Faria.
Técnico em Radiologia Médica;
Tecnólogo em Radiologia (Universidade do Grande Rio)
Especializado em Tomografia Computadorizada (CENIB)
Especializado em Densitometria Óssea (UERJ)
Especializado em Proteção Radiológica (ESPJV – FIOCRUZ)
HISTÓRIA
Radioatividade

Professor: Magno Cavalheiro Faria

PORQUE IMAGEM É TUDO!
OBJETIVOS GERAIS
Tópicos abordados:
•
•
•
•
•
•
•
•
•

Após a descoberta do raios X;
Antoine Henri Becquerel;
A descoberta dos raios de Becquerel;
A experiência de Becquerel;
A descoberta de Marie Curie;
Madame Marie Curie;
O reconhecimento científico;
O casal Marie e Pierre Curie;
A descoberta do radium e polônio
HISTORIA DA RADIOLOGIA
Após a descoberta dos raios X
• Desmistificação de uma vez por todas de que os raios X sensibilizavam
os sais emitindo luz. (raios catódico)
• Todos os cientistas da época apresentavam sua teses e relatórios a
Academia Francesa de Ciências em Paris;

• Na época grandes cientistas também estudavam a emissão de luz por
meio de raios;
• Isto foi o que motivou Antoine Henri Becquerel a fazer pesquisas da
mesma espécie.
Antoine Henri Becquerel
• Físico e professor no Museu de História
Natural de Paris;
• Seu avó Antoine César Becquerel foi um
grande pesquisador e estudioso da
eletricidade e magnetismo;
• Seu pai Alexandre Edmound Becquerel,
estudou a radiação ultravioleta e a
fluorescência e fosforescência;
• Seu pai havia estudado alguns sais de
urânio e estrôncio e posteriormente, Henri
Becquerel utiliza o laboratório de seu pai
para fazer pesquisas de óptica e
fluorescência.

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aplicação da medicina nuclear - Expansion of Nuclear Medicine
Aplicação da medicina nuclear - Expansion of Nuclear MedicineAplicação da medicina nuclear - Expansion of Nuclear Medicine
Aplicação da medicina nuclear - Expansion of Nuclear MedicineLídia Pavan
 
História da radiologia aula
História da radiologia aulaHistória da radiologia aula
História da radiologia aulaDouglas Henrique
 
Produção de raios X - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.bl...
Produção de raios  X - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.bl...Produção de raios  X - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.bl...
Produção de raios X - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.bl...Rodrigo Penna
 
Fissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclearFissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclearMarcelo Alano
 
Acidente radioativo – césio 137
Acidente radioativo – césio 137 Acidente radioativo – césio 137
Acidente radioativo – césio 137 Eni Bertolini
 
Acidentes Nucleares e Radiológicos
Acidentes Nucleares e RadiológicosAcidentes Nucleares e Radiológicos
Acidentes Nucleares e RadiológicosMagno Cavalheiro
 
Aula radioatividade
Aula radioatividadeAula radioatividade
Aula radioatividadeNai Mariano
 
AULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕES
AULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕESAULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕES
AULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕESMagno Cavalheiro
 
Medicina nuclear aula 01
Medicina nuclear aula 01Medicina nuclear aula 01
Medicina nuclear aula 01Walmor Godoi
 
Aplicações da radioatividade
Aplicações da radioatividadeAplicações da radioatividade
Aplicações da radioatividadeAna Clara Raft
 

Mais procurados (20)

Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
Radioatividade
 
Detectores de Radiação
Detectores de RadiaçãoDetectores de Radiação
Detectores de Radiação
 
Radiobiologia seminario
Radiobiologia seminarioRadiobiologia seminario
Radiobiologia seminario
 
Fissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclearFissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclear
 
A descoberta do Raio-x
A descoberta do Raio-xA descoberta do Raio-x
A descoberta do Raio-x
 
História da Radioatividade
História da RadioatividadeHistória da Radioatividade
História da Radioatividade
 
Aplicação da medicina nuclear - Expansion of Nuclear Medicine
Aplicação da medicina nuclear - Expansion of Nuclear MedicineAplicação da medicina nuclear - Expansion of Nuclear Medicine
Aplicação da medicina nuclear - Expansion of Nuclear Medicine
 
História da radiologia aula
História da radiologia aulaHistória da radiologia aula
História da radiologia aula
 
Produção de raios X - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.bl...
Produção de raios  X - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.bl...Produção de raios  X - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.bl...
Produção de raios X - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.bl...
 
Fissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclearFissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclear
 
Radiologia revisão aula 1
Radiologia revisão aula 1Radiologia revisão aula 1
Radiologia revisão aula 1
 
Acidente radioativo – césio 137
Acidente radioativo – césio 137 Acidente radioativo – césio 137
Acidente radioativo – césio 137
 
Acidentes Nucleares e Radiológicos
Acidentes Nucleares e RadiológicosAcidentes Nucleares e Radiológicos
Acidentes Nucleares e Radiológicos
 
Aula radioatividade
Aula radioatividadeAula radioatividade
Aula radioatividade
 
AULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕES
AULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕESAULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕES
AULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕES
 
Raio x
Raio xRaio x
Raio x
 
Medicina nuclear aula 01
Medicina nuclear aula 01Medicina nuclear aula 01
Medicina nuclear aula 01
 
Energia Nuclear
Energia NuclearEnergia Nuclear
Energia Nuclear
 
RADIOLOGIA CONVENCIONAL E FORMAÇÃO DOS RAIOS X
RADIOLOGIA CONVENCIONAL E FORMAÇÃO DOS RAIOS XRADIOLOGIA CONVENCIONAL E FORMAÇÃO DOS RAIOS X
RADIOLOGIA CONVENCIONAL E FORMAÇÃO DOS RAIOS X
 
Aplicações da radioatividade
Aplicações da radioatividadeAplicações da radioatividade
Aplicações da radioatividade
 

Destaque

Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
RadioatividadeMAVSS
 
Radioatividade histórico
Radioatividade históricoRadioatividade histórico
Radioatividade históricoKarol Maia
 
Quimica radioatividade
Quimica radioatividadeQuimica radioatividade
Quimica radioatividademnmaill
 
Física no final do século XIX
Física no final do século XIXFísica no final do século XIX
Física no final do século XIXScheyla Cadore
 

Destaque (7)

Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
Radioatividade
 
Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
Radioatividade
 
Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
Radioatividade
 
Radioatividade histórico
Radioatividade históricoRadioatividade histórico
Radioatividade histórico
 
Quimica radioatividade
Quimica radioatividadeQuimica radioatividade
Quimica radioatividade
 
Física no final do século XIX
Física no final do século XIXFísica no final do século XIX
Física no final do século XIX
 
Fisica Sec Xx
Fisica Sec XxFisica Sec Xx
Fisica Sec Xx
 

Semelhante a História da radioatividade

Descobrindo a radioatividade oficial
Descobrindo a radioatividade oficialDescobrindo a radioatividade oficial
Descobrindo a radioatividade oficialClaudia Cinara Braga
 
Descobrindo a radioatividade oficial
Descobrindo a radioatividade oficialDescobrindo a radioatividade oficial
Descobrindo a radioatividade oficialLeonardo Matheus Maia
 
Descoberta da Radioatividade
Descoberta da RadioatividadeDescoberta da Radioatividade
Descoberta da RadioatividadeFernanda Meijon
 
DESCOBERTA DA RADIOATIVIDADE
DESCOBERTA DA RADIOATIVIDADEDESCOBERTA DA RADIOATIVIDADE
DESCOBERTA DA RADIOATIVIDADEFernanda Meijon
 
DESCOBERTA DA RADIOATIVIDADE
DESCOBERTA DA RADIOATIVIDADEDESCOBERTA DA RADIOATIVIDADE
DESCOBERTA DA RADIOATIVIDADEFernanda Meijon
 
Antonie henri becquerel descobriu a radioatividade em 1896 por acaso v2
Antonie henri becquerel descobriu a radioatividade em 1896 por acaso v2Antonie henri becquerel descobriu a radioatividade em 1896 por acaso v2
Antonie henri becquerel descobriu a radioatividade em 1896 por acaso v2Claudia Cinara Braga
 
A revelação dos núcleos instáveis
A revelação dos núcleos instáveisA revelação dos núcleos instáveis
A revelação dos núcleos instáveisBia Errico
 
Resumo currier radioatidade c
Resumo currier radioatidade cResumo currier radioatidade c
Resumo currier radioatidade cadalberto miran
 
Introdução a radiologia aula 1
Introdução a radiologia aula 1Introdução a radiologia aula 1
Introdução a radiologia aula 1FernandaLima340323
 
História da radiologia no mundo aula 1
História da radiologia no mundo   aula 1História da radiologia no mundo   aula 1
História da radiologia no mundo aula 1Magno Cavalheiro
 
História da radiologia no mundo Aula 1
História da radiologia no mundo   Aula 1História da radiologia no mundo   Aula 1
História da radiologia no mundo Aula 1Magno Cavalheiro Faria
 

Semelhante a História da radioatividade (20)

História da radioatividade Aula 3
História da radioatividade Aula 3História da radioatividade Aula 3
História da radioatividade Aula 3
 
Descobrindo a radioatividade oficial
Descobrindo a radioatividade oficialDescobrindo a radioatividade oficial
Descobrindo a radioatividade oficial
 
Descobrindo a radioatividade oficial
Descobrindo a radioatividade oficialDescobrindo a radioatividade oficial
Descobrindo a radioatividade oficial
 
"Somos Físicos" Marie Curie e Becquerel
"Somos Físicos" Marie Curie e Becquerel"Somos Físicos" Marie Curie e Becquerel
"Somos Físicos" Marie Curie e Becquerel
 
Descoberta da Radioatividade
Descoberta da RadioatividadeDescoberta da Radioatividade
Descoberta da Radioatividade
 
RADIOATIVIDADE
RADIOATIVIDADERADIOATIVIDADE
RADIOATIVIDADE
 
RADIOATIVIDADE
RADIOATIVIDADERADIOATIVIDADE
RADIOATIVIDADE
 
DESCOBERTA DA RADIOATIVIDADE
DESCOBERTA DA RADIOATIVIDADEDESCOBERTA DA RADIOATIVIDADE
DESCOBERTA DA RADIOATIVIDADE
 
Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
Radioatividade
 
DESCOBERTA DA RADIOATIVIDADE
DESCOBERTA DA RADIOATIVIDADEDESCOBERTA DA RADIOATIVIDADE
DESCOBERTA DA RADIOATIVIDADE
 
Antonie henri becquerel descobriu a radioatividade em 1896 por acaso v2
Antonie henri becquerel descobriu a radioatividade em 1896 por acaso v2Antonie henri becquerel descobriu a radioatividade em 1896 por acaso v2
Antonie henri becquerel descobriu a radioatividade em 1896 por acaso v2
 
A revelação dos núcleos instáveis
A revelação dos núcleos instáveisA revelação dos núcleos instáveis
A revelação dos núcleos instáveis
 
Descoberta da radioatividade
Descoberta da radioatividadeDescoberta da radioatividade
Descoberta da radioatividade
 
Resumo currier radioatidade c
Resumo currier radioatidade cResumo currier radioatidade c
Resumo currier radioatidade c
 
Premio Nobel - Química (Aluna Manuela Pessoa Amorim) Escola EIA
Premio Nobel - Química (Aluna Manuela Pessoa Amorim) Escola EIAPremio Nobel - Química (Aluna Manuela Pessoa Amorim) Escola EIA
Premio Nobel - Química (Aluna Manuela Pessoa Amorim) Escola EIA
 
Marie Curie
Marie CurieMarie Curie
Marie Curie
 
Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
Radioatividade
 
Introdução a radiologia aula 1
Introdução a radiologia aula 1Introdução a radiologia aula 1
Introdução a radiologia aula 1
 
História da radiologia no mundo aula 1
História da radiologia no mundo   aula 1História da radiologia no mundo   aula 1
História da radiologia no mundo aula 1
 
História da radiologia no mundo Aula 1
História da radiologia no mundo   Aula 1História da radiologia no mundo   Aula 1
História da radiologia no mundo Aula 1
 

Mais de Magno Cavalheiro

Aula 1 aparelhos de radiodiagnósticos
Aula 1  aparelhos de radiodiagnósticosAula 1  aparelhos de radiodiagnósticos
Aula 1 aparelhos de radiodiagnósticosMagno Cavalheiro
 
Aula 2. Citologia. Fundamentos e Princípios de Radioproteção
Aula 2. Citologia. Fundamentos e Princípios de Radioproteção Aula 2. Citologia. Fundamentos e Princípios de Radioproteção
Aula 2. Citologia. Fundamentos e Princípios de Radioproteção Magno Cavalheiro
 
Aula 1. radioproteção acidentes nucleares
Aula 1. radioproteção   acidentes nuclearesAula 1. radioproteção   acidentes nucleares
Aula 1. radioproteção acidentes nuclearesMagno Cavalheiro
 
FILMES E PROCESSAMENTOS AULA 2
FILMES E PROCESSAMENTOS AULA 2FILMES E PROCESSAMENTOS AULA 2
FILMES E PROCESSAMENTOS AULA 2Magno Cavalheiro
 
Filmes e processamento aula 2
Filmes e processamento   aula 2Filmes e processamento   aula 2
Filmes e processamento aula 2Magno Cavalheiro
 
Como se preparar para concurso de radiologia
Como se preparar para concurso de radiologiaComo se preparar para concurso de radiologia
Como se preparar para concurso de radiologiaMagno Cavalheiro
 
Aplicações da radiação ionizante
Aplicações da radiação ionizanteAplicações da radiação ionizante
Aplicações da radiação ionizanteMagno Cavalheiro
 
Filmes e processamento aula 1
Filmes e processamento   aula 1Filmes e processamento   aula 1
Filmes e processamento aula 1Magno Cavalheiro
 
História da radiologia no brasil aula 2
História da radiologia no brasil aula 2História da radiologia no brasil aula 2
História da radiologia no brasil aula 2Magno Cavalheiro
 
História da radioatividade
História da radioatividadeHistória da radioatividade
História da radioatividadeMagno Cavalheiro
 
Exames contrastados esofagografia
Exames contrastados   esofagografiaExames contrastados   esofagografia
Exames contrastados esofagografiaMagno Cavalheiro
 
EXAMES CONTRASTADOS - INTRODUÇÃO
EXAMES CONTRASTADOS - INTRODUÇÃOEXAMES CONTRASTADOS - INTRODUÇÃO
EXAMES CONTRASTADOS - INTRODUÇÃOMagno Cavalheiro
 
AULA DE SENSIBILIZAÇÃO DE FILMES RADIOGRÁFICOS - PROF DOUGLAS PRIMA (In Memoria)
AULA DE SENSIBILIZAÇÃO DE FILMES RADIOGRÁFICOS - PROF DOUGLAS PRIMA (In Memoria)AULA DE SENSIBILIZAÇÃO DE FILMES RADIOGRÁFICOS - PROF DOUGLAS PRIMA (In Memoria)
AULA DE SENSIBILIZAÇÃO DE FILMES RADIOGRÁFICOS - PROF DOUGLAS PRIMA (In Memoria)Magno Cavalheiro
 
ETAPAS DE SENSIBILIZAÇÃO DO FILME
ETAPAS DE SENSIBILIZAÇÃO DO FILMEETAPAS DE SENSIBILIZAÇÃO DO FILME
ETAPAS DE SENSIBILIZAÇÃO DO FILMEMagno Cavalheiro
 
Etapas de sensibilização do filme
Etapas de sensibilização do filmeEtapas de sensibilização do filme
Etapas de sensibilização do filmeMagno Cavalheiro
 
Posicionamento radiológico tornozelo
Posicionamento radiológico   tornozeloPosicionamento radiológico   tornozelo
Posicionamento radiológico tornozeloMagno Cavalheiro
 
Posicionamento radiológico tórax rotina e complementares
Posicionamento radiológico   tórax rotina e complementaresPosicionamento radiológico   tórax rotina e complementares
Posicionamento radiológico tórax rotina e complementaresMagno Cavalheiro
 
Física radiológica átomo tipos de radiação
Física radiológica   átomo tipos de radiaçãoFísica radiológica   átomo tipos de radiação
Física radiológica átomo tipos de radiaçãoMagno Cavalheiro
 
Estudo radiológico do punho rotina
Estudo radiológico do punho rotinaEstudo radiológico do punho rotina
Estudo radiológico do punho rotinaMagno Cavalheiro
 

Mais de Magno Cavalheiro (20)

Aula 1 aparelhos de radiodiagnósticos
Aula 1  aparelhos de radiodiagnósticosAula 1  aparelhos de radiodiagnósticos
Aula 1 aparelhos de radiodiagnósticos
 
Aula 2. Citologia. Fundamentos e Princípios de Radioproteção
Aula 2. Citologia. Fundamentos e Princípios de Radioproteção Aula 2. Citologia. Fundamentos e Princípios de Radioproteção
Aula 2. Citologia. Fundamentos e Princípios de Radioproteção
 
Aula 1. radioproteção acidentes nucleares
Aula 1. radioproteção   acidentes nuclearesAula 1. radioproteção   acidentes nucleares
Aula 1. radioproteção acidentes nucleares
 
FILMES E PROCESSAMENTOS AULA 2
FILMES E PROCESSAMENTOS AULA 2FILMES E PROCESSAMENTOS AULA 2
FILMES E PROCESSAMENTOS AULA 2
 
Filmes e processamento aula 2
Filmes e processamento   aula 2Filmes e processamento   aula 2
Filmes e processamento aula 2
 
Como se preparar para concurso de radiologia
Como se preparar para concurso de radiologiaComo se preparar para concurso de radiologia
Como se preparar para concurso de radiologia
 
Aplicações da radiação ionizante
Aplicações da radiação ionizanteAplicações da radiação ionizante
Aplicações da radiação ionizante
 
Filmes e processamento aula 1
Filmes e processamento   aula 1Filmes e processamento   aula 1
Filmes e processamento aula 1
 
História da radiologia no brasil aula 2
História da radiologia no brasil aula 2História da radiologia no brasil aula 2
História da radiologia no brasil aula 2
 
História da radioatividade
História da radioatividadeHistória da radioatividade
História da radioatividade
 
Exames contrastados esofagografia
Exames contrastados   esofagografiaExames contrastados   esofagografia
Exames contrastados esofagografia
 
EXAMES CONTRASTADOS - INTRODUÇÃO
EXAMES CONTRASTADOS - INTRODUÇÃOEXAMES CONTRASTADOS - INTRODUÇÃO
EXAMES CONTRASTADOS - INTRODUÇÃO
 
AULA DE SENSIBILIZAÇÃO DE FILMES RADIOGRÁFICOS - PROF DOUGLAS PRIMA (In Memoria)
AULA DE SENSIBILIZAÇÃO DE FILMES RADIOGRÁFICOS - PROF DOUGLAS PRIMA (In Memoria)AULA DE SENSIBILIZAÇÃO DE FILMES RADIOGRÁFICOS - PROF DOUGLAS PRIMA (In Memoria)
AULA DE SENSIBILIZAÇÃO DE FILMES RADIOGRÁFICOS - PROF DOUGLAS PRIMA (In Memoria)
 
ETAPAS DE SENSIBILIZAÇÃO DO FILME
ETAPAS DE SENSIBILIZAÇÃO DO FILMEETAPAS DE SENSIBILIZAÇÃO DO FILME
ETAPAS DE SENSIBILIZAÇÃO DO FILME
 
Etapas de sensibilização do filme
Etapas de sensibilização do filmeEtapas de sensibilização do filme
Etapas de sensibilização do filme
 
FÍSICA DAS RADIAÇÕES
FÍSICA DAS RADIAÇÕESFÍSICA DAS RADIAÇÕES
FÍSICA DAS RADIAÇÕES
 
Posicionamento radiológico tornozelo
Posicionamento radiológico   tornozeloPosicionamento radiológico   tornozelo
Posicionamento radiológico tornozelo
 
Posicionamento radiológico tórax rotina e complementares
Posicionamento radiológico   tórax rotina e complementaresPosicionamento radiológico   tórax rotina e complementares
Posicionamento radiológico tórax rotina e complementares
 
Física radiológica átomo tipos de radiação
Física radiológica   átomo tipos de radiaçãoFísica radiológica   átomo tipos de radiação
Física radiológica átomo tipos de radiação
 
Estudo radiológico do punho rotina
Estudo radiológico do punho rotinaEstudo radiológico do punho rotina
Estudo radiológico do punho rotina
 

História da radioatividade

  • 1. PORQUE IMAGEM É TUDO! Prof. Magno Cavalheiro Faria. Técnico em Radiologia Médica; Tecnólogo em Radiologia (Universidade do Grande Rio) Especializado em Tomografia Computadorizada (CENIB) Especializado em Densitometria Óssea (UERJ) Especializado em Proteção Radiológica (ESPJV – FIOCRUZ)
  • 3. OBJETIVOS GERAIS Tópicos abordados: • • • • • • • • • Após a descoberta do raios X; Antoine Henri Becquerel; A descoberta dos raios de Becquerel; A experiência de Becquerel; A descoberta de Marie Curie; Madame Marie Curie; O reconhecimento científico; O casal Marie e Pierre Curie; A descoberta do radium e polônio
  • 5. Após a descoberta dos raios X • Desmistificação de uma vez por todas de que os raios X sensibilizavam os sais emitindo luz. (raios catódico) • Todos os cientistas da época apresentavam sua teses e relatórios a Academia Francesa de Ciências em Paris; • Na época grandes cientistas também estudavam a emissão de luz por meio de raios; • Isto foi o que motivou Antoine Henri Becquerel a fazer pesquisas da mesma espécie.
  • 6. Antoine Henri Becquerel • Físico e professor no Museu de História Natural de Paris; • Seu avó Antoine César Becquerel foi um grande pesquisador e estudioso da eletricidade e magnetismo; • Seu pai Alexandre Edmound Becquerel, estudou a radiação ultravioleta e a fluorescência e fosforescência; • Seu pai havia estudado alguns sais de urânio e estrôncio e posteriormente, Henri Becquerel utiliza o laboratório de seu pai para fazer pesquisas de óptica e fluorescência.
  • 7. Fontes Naturais de radiação e exposição 67,6% 30,7% 0,6% 0,5% 0,45% 0,15% RADIAÇÃO NATURAL IRRADIAÇÃO MÉDICA PRECIPITAÇÃO FONTES DIVERSAS EXPOSIÇÃO OCUPACIONAL EFLUENTES DE INSTALAÇ'ES NUCLEARES
  • 8. A experiência de Henri Becquerel • Colocava um sal duplo de sulfato de urânio e potássio Sobre um filme fotográfico e sob a luz solar; • Verificou no filme a imagem do cristal de urânio emitia Raios X; • Devido mau tempo, um determinado dia Henri Becquerel guarda todo material em uma gaveta sobre filmes; • Becquerel fica impressionado com o que vê e repete várias vezes a experiência; • Percebeu que se tratava de uma energia que ainda não havia sido descrita.
  • 9. Os raios de Becquerel • Após a descoberta do que Becquerel denominou radiação ativa... • 1º de Março de 1896, Henri Becquerel comunica à Academia de Ciências da França; • Os raios foram chamados de raios de Becquerel.
  • 10. Marie Slodwska Curie • Química, Polonesa, naturalizada francesa; • Nasceu em Varsóvia, capital da Polônia; • Seu pai era físico e sua mãe cedo morrera diretora de uma escola; • Estudou na França e viveu com poucos recurso, chegando a desmaiar de fome em sala de aula;
  • 11. Pierri Currie • A história consta que não foi um aluno aplicado, entretanto, não impedindo-o de ir a universidade, nem de se tornar com menos de 20 anos, professor assistente no laboratório de física na Universidade de Sobornne em Paris; • Estudou alguns cristais desvendando um fenômeno denominado piezoelétrico que mais tarde serviria para criação do microfone e toca discos e serviria para medir a energia liberada das descobertas com Marie Curie, tal temperatura é descrita como (ponto Curie).
  • 12. O casamento atômico • Casaram-se em 1895. Fizeram somente cerimônia civil. Dispensaram também vestidos de noiva e aliança, em vez disso preferiram duas bicicletas para passear; • Estimulada pela descoberta do raios X, iniciou trabalhos de pesquisas que mais tarde os levariam a descoberta de 3 didferentes tipos de emissões; • Trabalhando em conjunto com seu esposo com o método pizoelétrico, utilizou para medir a intensidade das emissões radiativas.
  • 14. Os estudos da radioatividade • Marie Curie em 1897 iniciou os estudos com sua tese de doutorado cujo tema era “O estudo da natureza dos raios de Becquerel”. • Alguns dias de experiência descobriu que o tório emitia espontaneamente raios semelhantes aos do urânio; • Ela propôs o uso do termo “radioatividade”. A descoberta era revolucionária trazendo grande contribuição para o desenvolvimento da física.
  • 15. A descoberta do Rádio e do polônio • Em 1898 Marie e Pierri se uniram para estudar o mineral e descobriram uma substância 300 vezes mais ativa que o urânio e denominaram como Polônio em homenagem ao país de origem de Marie; • No mesmo ano descobriram a existência de outra substância 400 vezes mais ativa que o urânio e sugeriram o nome de rádio devido sua forte emissão; • Marie e Pierri tiveram sério problemas provocados pela exposição a radiação.
  • 16. A tese de Pierri Currie • Pierri descreveu uma tese na qual utilizou seu próprio braço envolvendo-o uma amostra de sais de do radium por 10 horas; • A seguir visualizou uma ferida como uma queimadura; • Após 52 dias ainda se via uma cicatriz cinzenta. Nessa ocasião Pierri mencionou a possibilidade de o rádio ser usado no tratamento do câncer.
  • 17. Inconsequências “para e pela” ciência • As mãos de Pierri eram manchadas e trêmulas. Certa ocasião derramou material radioativo numa bancada. 50 anos mais tarde constatou-se atividade na superfície; • Marie Currie colocava sal do radium em sua cama para ver o brilho que emitia no escuro; • Todo o material de estudo utilizado pelo casal está à disposição na Biblioteca Nacional em Paris. Quem for vê-lo, deve assinar um termo de responsabilidade assumindo seu próprio risco, levando-se em consideração que 1.620 anos devem transcorrer para que a atividade do radium esteja reduzido à metade.
  • 18. O prêmio Nobel • O casal em 1903 foi honrado pela descoberta da radioatividade, entretanto não puderam comparecer, pois Henri Becquerel estava trabalhando como professor e Marie Currie estava doente na ocasião; • Em 1905 foram a Estocolmo, onde Pierri ministrou uma conferência para receber o prêmio Nobel.
  • 19. A catástrofe • Em 19 de Abril de 1906, Pierri Currie foi atropelado por uma carroça em Paris e morreu; • Deixou Marie Currie com duas filhas pequenas; • Recusou uma pensão que lhe foi concedida, afirmando ser capaz de se sustentar; • Foi indubitavelmente a mais apropriada pessoa para suceder seu esposo nas aulas e laboratório.
  • 20. + 1 para a conta • Em 1911, Marie Currie recebeu um segundo prêmio Nobel, de química; • Depois faleceu com leucemia adquirida pela excessiva exposição à radioatividade.
  • 21. Visita ao Instituto de Radium (C.A) Brasil
  • 22. Autógrafos Currie no livro do Instituto