SlideShare uma empresa Scribd logo

UNIP - Unilever

M
mafrizzi

Apresentação de Projetos Sociais para matéria de Responsabilidade Social - UNIP Paraíso 2009. Administração Sala 508 Noturno

1 de 51
 
A História A história da Unilever começa no século XIX, em 1884, na pequena cidade de Bolton na Inglaterra. William Hesketh Lever e seus irmãos fundaram na cidade a Lever Brothers. Sunlight nasceu, com dois ingredientes que estariam em todas as receitas de sucesso da UNILEVER no futuro: um produto de qualidade e uma boa comunicação com o consumidor. William Heskett Lever
A demanda era tanta que a empresa se lançou em dois novos empreendimentos para garantir o fornecimento de matérias-primas: a plantação de palmeiras na África, para produzir óleo vegetal, e a compra de uma frota de baleeiros (navios que caçam baleias), para ter óleo animal. Surgiu o sabonete-desodorante para o corpo Lifebuoy (em 1894)  E os Flocos Lux (1899), opção mais prática que o sabão em barra para lavar roupas de tecidos delicados. A História
O negócio deu tão certo que se espalhou pelo continente e passou a concorrer com a holandesa Margarine Unie, empresa fundada em 1927 quando dois produtores de margarinas, Jurgens e Van den Bergh, juntaram suas forças.  Como a produção de óleo aumentou muito, a Lever resolveu entrar também no mercado de alimentos. A opção foi pela margarina, um produto inventado em 1869 e cada vez mais popular na Europa. A História
A História Em vez de disputarem o mercado, as duas empresas preferiram unir forças – e nomes – para constituir uma única empresa, capaz de expandir ainda mais seus horizontes: estava criada oficialmente no dia 1 de janeiro de 1930, a UNILEVER.
Apesar disso, a empresa continuou investindo em aquisições de marcas locais, fortalecendo sua posição em muitos países. Durante a Segunda Guerra Mundial, a UNILEVER passou por inúmeras dificuldades com suas divisões no mundo inteiro. A História

Recomendados

Unilever, stakeholders e criação de valor compartilhado
Unilever, stakeholders e criação de valor compartilhadoUnilever, stakeholders e criação de valor compartilhado
Unilever, stakeholders e criação de valor compartilhadoCristiana Menezes Fonseca Ramos
 
Estrátegia de Marketing - Nivea
Estrátegia de Marketing - NiveaEstrátegia de Marketing - Nivea
Estrátegia de Marketing - NiveaDébora Pereira
 
Coca-Cola - Sustentabilidade
Coca-Cola - SustentabilidadeCoca-Cola - Sustentabilidade
Coca-Cola - SustentabilidadeMarcus Santanna
 
Fabricação de Refrigerantes - Coca Cola
Fabricação de Refrigerantes - Coca ColaFabricação de Refrigerantes - Coca Cola
Fabricação de Refrigerantes - Coca ColaMaria Carolina
 
Azul linhas aéreas final (2) (1)
Azul linhas aéreas final (2) (1)Azul linhas aéreas final (2) (1)
Azul linhas aéreas final (2) (1)Gil Lusa
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Natura
NaturaNatura
Natura
 
Plano de Marketing - Green By Missako
Plano de Marketing - Green By MissakoPlano de Marketing - Green By Missako
Plano de Marketing - Green By Missako
 
Estudo de Caso - Dove
Estudo de Caso - DoveEstudo de Caso - Dove
Estudo de Caso - Dove
 
4 Ps Coca Cola
4 Ps Coca Cola4 Ps Coca Cola
4 Ps Coca Cola
 
Natura
NaturaNatura
Natura
 
La culture d’entreprise chey l'oreal
La  culture  d’entreprise  chey l'orealLa  culture  d’entreprise  chey l'oreal
La culture d’entreprise chey l'oreal
 
A história da contabilidade!
A história da contabilidade!A história da contabilidade!
A história da contabilidade!
 
L’Oréal paris
L’Oréal parisL’Oréal paris
L’Oréal paris
 
Natura
NaturaNatura
Natura
 
Marketing 2
Marketing 2Marketing 2
Marketing 2
 
Apresentação coca cola
Apresentação   coca colaApresentação   coca cola
Apresentação coca cola
 
Unilever
UnileverUnilever
Unilever
 
Empresa Natura
Empresa NaturaEmpresa Natura
Empresa Natura
 
A História e Evolução da Marca Havaianas.
A História e Evolução da Marca Havaianas.A História e Evolução da Marca Havaianas.
A História e Evolução da Marca Havaianas.
 
L'Oréal - Stage chez un Leader
L'Oréal - Stage chez un LeaderL'Oréal - Stage chez un Leader
L'Oréal - Stage chez un Leader
 
Case Starbucks - Comunicação Integrada
Case Starbucks - Comunicação IntegradaCase Starbucks - Comunicação Integrada
Case Starbucks - Comunicação Integrada
 
Marketing natura
Marketing   naturaMarketing   natura
Marketing natura
 
Processo de produção da coca cola
Processo de produção da coca colaProcesso de produção da coca cola
Processo de produção da coca cola
 
Gestão de produtos e marcas
Gestão de produtos e marcasGestão de produtos e marcas
Gestão de produtos e marcas
 
Logística da Havaianas e Alpargatas
Logística da Havaianas e AlpargatasLogística da Havaianas e Alpargatas
Logística da Havaianas e Alpargatas
 

Destaque

Proceso de inducción unilever
Proceso de inducción unileverProceso de inducción unilever
Proceso de inducción unileverMelisa Contreras
 
Caso unilever
Caso unileverCaso unilever
Caso unilevernewrostro
 
Unilever - History, Evolution, Present and the Future
Unilever - History, Evolution, Present and the FutureUnilever - History, Evolution, Present and the Future
Unilever - History, Evolution, Present and the FutureGreg Thain
 
Unilever - Apresentação ConnectIn 2016
Unilever - Apresentação ConnectIn 2016Unilever - Apresentação ConnectIn 2016
Unilever - Apresentação ConnectIn 2016LinkedIn
 
U N I A P R Sustentabilidade Site 20 10 2009
U N I  A P R  Sustentabilidade Site 20 10 2009U N I  A P R  Sustentabilidade Site 20 10 2009
U N I A P R Sustentabilidade Site 20 10 2009kleber.torres
 
Caso Unilever Pedro Ancona
Caso Unilever Pedro AnconaCaso Unilever Pedro Ancona
Caso Unilever Pedro Anconanewrostro
 
Aliança Estratégica Perdigão E Unilever[1](3)
Aliança Estratégica   Perdigão E Unilever[1](3)Aliança Estratégica   Perdigão E Unilever[1](3)
Aliança Estratégica Perdigão E Unilever[1](3)GrupoPerdigaoUnilever
 
Planejamento Estratégico: Linha de Concentrados Unilever
Planejamento Estratégico: Linha de Concentrados UnileverPlanejamento Estratégico: Linha de Concentrados Unilever
Planejamento Estratégico: Linha de Concentrados UnileverTatiana Almeida
 
Processo Seletivo Lew'Lara - Estágio Planejamento
Processo Seletivo Lew'Lara - Estágio PlanejamentoProcesso Seletivo Lew'Lara - Estágio Planejamento
Processo Seletivo Lew'Lara - Estágio PlanejamentoAlysson Rodrigues
 
Gestión de Marca en Telefónica | Retos en el ámbito de la organización
Gestión de Marca en Telefónica | Retos en el ámbito de la organizaciónGestión de Marca en Telefónica | Retos en el ámbito de la organización
Gestión de Marca en Telefónica | Retos en el ámbito de la organizaciónaebrand
 
Promocao de vendas_trab
Promocao de vendas_trabPromocao de vendas_trab
Promocao de vendas_trabElliah Pernas
 
Marketing audit of Unilever( sun silk shampoo)
Marketing audit of Unilever( sun silk shampoo)Marketing audit of Unilever( sun silk shampoo)
Marketing audit of Unilever( sun silk shampoo)sadaf samoo
 
Plan Unilever para una vida sostenible | aebrand
Plan Unilever para una vida sostenible | aebrandPlan Unilever para una vida sostenible | aebrand
Plan Unilever para una vida sostenible | aebrandaebrand
 
Unilever Supply Chain Management
Unilever Supply Chain ManagementUnilever Supply Chain Management
Unilever Supply Chain ManagementRahul Auddya
 

Destaque (20)

UNILEVER
UNILEVERUNILEVER
UNILEVER
 
Unilever
UnileverUnilever
Unilever
 
Proceso de inducción unilever
Proceso de inducción unileverProceso de inducción unilever
Proceso de inducción unilever
 
Unilever
UnileverUnilever
Unilever
 
Unilever
UnileverUnilever
Unilever
 
Caso unilever
Caso unileverCaso unilever
Caso unilever
 
Unilever - History, Evolution, Present and the Future
Unilever - History, Evolution, Present and the FutureUnilever - History, Evolution, Present and the Future
Unilever - History, Evolution, Present and the Future
 
Unilever - Apresentação ConnectIn 2016
Unilever - Apresentação ConnectIn 2016Unilever - Apresentação ConnectIn 2016
Unilever - Apresentação ConnectIn 2016
 
U N I A P R Sustentabilidade Site 20 10 2009
U N I  A P R  Sustentabilidade Site 20 10 2009U N I  A P R  Sustentabilidade Site 20 10 2009
U N I A P R Sustentabilidade Site 20 10 2009
 
Caso Unilever Pedro Ancona
Caso Unilever Pedro AnconaCaso Unilever Pedro Ancona
Caso Unilever Pedro Ancona
 
Aliança Estratégica Perdigão E Unilever[1](3)
Aliança Estratégica   Perdigão E Unilever[1](3)Aliança Estratégica   Perdigão E Unilever[1](3)
Aliança Estratégica Perdigão E Unilever[1](3)
 
Planejamento Estratégico: Linha de Concentrados Unilever
Planejamento Estratégico: Linha de Concentrados UnileverPlanejamento Estratégico: Linha de Concentrados Unilever
Planejamento Estratégico: Linha de Concentrados Unilever
 
Processo Seletivo Lew'Lara - Estágio Planejamento
Processo Seletivo Lew'Lara - Estágio PlanejamentoProcesso Seletivo Lew'Lara - Estágio Planejamento
Processo Seletivo Lew'Lara - Estágio Planejamento
 
Trabalho de branding Dove
Trabalho de branding DoveTrabalho de branding Dove
Trabalho de branding Dove
 
Gestión de Marca en Telefónica | Retos en el ámbito de la organización
Gestión de Marca en Telefónica | Retos en el ámbito de la organizaciónGestión de Marca en Telefónica | Retos en el ámbito de la organización
Gestión de Marca en Telefónica | Retos en el ámbito de la organización
 
Promocao de vendas_trab
Promocao de vendas_trabPromocao de vendas_trab
Promocao de vendas_trab
 
Marketing audit of Unilever( sun silk shampoo)
Marketing audit of Unilever( sun silk shampoo)Marketing audit of Unilever( sun silk shampoo)
Marketing audit of Unilever( sun silk shampoo)
 
Plan Unilever para una vida sostenible | aebrand
Plan Unilever para una vida sostenible | aebrandPlan Unilever para una vida sostenible | aebrand
Plan Unilever para una vida sostenible | aebrand
 
Unilever Supply Chain Management
Unilever Supply Chain ManagementUnilever Supply Chain Management
Unilever Supply Chain Management
 
Unilever presentation
Unilever presentationUnilever presentation
Unilever presentation
 

Semelhante a UNIP - Unilever

8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...
8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...
8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...APF - Associação Paulista de Fundações
 
Fundação Fé e Alegria Santa Catarina
Fundação Fé e Alegria Santa CatarinaFundação Fé e Alegria Santa Catarina
Fundação Fé e Alegria Santa Catarinaanafealegria
 
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Responsabilidade socioambiental serlares
Responsabilidade socioambiental serlaresResponsabilidade socioambiental serlares
Responsabilidade socioambiental serlaresSerlares
 
COZINHA-ESCOLA EM ALTO PARAÍSO: EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL COM ÊNFASE N...
COZINHA-ESCOLA EM ALTO PARAÍSO: EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL COM ÊNFASE N...COZINHA-ESCOLA EM ALTO PARAÍSO: EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL COM ÊNFASE N...
COZINHA-ESCOLA EM ALTO PARAÍSO: EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL COM ÊNFASE N...cerradounb
 
Fundação Alphaville
Fundação AlphavilleFundação Alphaville
Fundação AlphavilleJader Windson
 
Lista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúde
Lista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúdeLista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúde
Lista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúdeluissilva981
 
Lista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúde
Lista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúdeLista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúde
Lista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúdeluissilva981
 
abelhas meliponeas do nordeste
abelhas meliponeas do nordesteabelhas meliponeas do nordeste
abelhas meliponeas do nordesteLenildo Araujo
 
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Apresentacao gt agricultura urbana e educacao escolar v16set2011
Apresentacao gt agricultura urbana e educacao escolar v16set2011Apresentacao gt agricultura urbana e educacao escolar v16set2011
Apresentacao gt agricultura urbana e educacao escolar v16set2011Monicachiffo
 
Grupo de Trabalho de Agricultura Urbana e Educação Alimentar
Grupo de Trabalho de Agricultura Urbana e Educação AlimentarGrupo de Trabalho de Agricultura Urbana e Educação Alimentar
Grupo de Trabalho de Agricultura Urbana e Educação Alimentarredeeco
 
Apresentação rede ecológica agosto 2016
Apresentação rede ecológica    agosto 2016Apresentação rede ecológica    agosto 2016
Apresentação rede ecológica agosto 2016redeeco
 
Como a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudável
Como a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudávelComo a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudável
Como a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudávelSilvia Marina Anaruma
 

Semelhante a UNIP - Unilever (20)

8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...
8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...
8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...
 
Fundação Fé e Alegria Santa Catarina
Fundação Fé e Alegria Santa CatarinaFundação Fé e Alegria Santa Catarina
Fundação Fé e Alegria Santa Catarina
 
Projeto amamentar
Projeto amamentarProjeto amamentar
Projeto amamentar
 
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
 
Responsabilidade socioambiental serlares
Responsabilidade socioambiental serlaresResponsabilidade socioambiental serlares
Responsabilidade socioambiental serlares
 
COZINHA-ESCOLA EM ALTO PARAÍSO: EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL COM ÊNFASE N...
COZINHA-ESCOLA EM ALTO PARAÍSO: EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL COM ÊNFASE N...COZINHA-ESCOLA EM ALTO PARAÍSO: EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL COM ÊNFASE N...
COZINHA-ESCOLA EM ALTO PARAÍSO: EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL COM ÊNFASE N...
 
Fundação Alphaville
Fundação AlphavilleFundação Alphaville
Fundação Alphaville
 
Receitas SaudáVeis
Receitas SaudáVeisReceitas SaudáVeis
Receitas SaudáVeis
 
Apresentação Natura.pptx
Apresentação Natura.pptxApresentação Natura.pptx
Apresentação Natura.pptx
 
Release Expositores
Release ExpositoresRelease Expositores
Release Expositores
 
Artigo raquel sam2010
Artigo raquel sam2010Artigo raquel sam2010
Artigo raquel sam2010
 
Lista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúde
Lista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúdeLista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúde
Lista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúde
 
Lista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúde
Lista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúdeLista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúde
Lista de datas importantes no mês de fevereiro relativamente à saúde
 
abelhas meliponeas do nordeste
abelhas meliponeas do nordesteabelhas meliponeas do nordeste
abelhas meliponeas do nordeste
 
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação
 
Apresentacao gt agricultura urbana e educacao escolar v16set2011
Apresentacao gt agricultura urbana e educacao escolar v16set2011Apresentacao gt agricultura urbana e educacao escolar v16set2011
Apresentacao gt agricultura urbana e educacao escolar v16set2011
 
Grupo de Trabalho de Agricultura Urbana e Educação Alimentar
Grupo de Trabalho de Agricultura Urbana e Educação AlimentarGrupo de Trabalho de Agricultura Urbana e Educação Alimentar
Grupo de Trabalho de Agricultura Urbana e Educação Alimentar
 
Apresentação rede ecológica agosto 2016
Apresentação rede ecológica    agosto 2016Apresentação rede ecológica    agosto 2016
Apresentação rede ecológica agosto 2016
 
Como a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudável
Como a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudávelComo a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudável
Como a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudável
 
Metas do Milênio
Metas do MilênioMetas do Milênio
Metas do Milênio
 

Último

Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...azulassessoriaacadem3
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...apoioacademicoead
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...apoioacademicoead
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...azulassessoriaacadem3
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...azulassessoriaacadem3
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...azulassessoriaacadem3
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024excellenceeducaciona
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...azulassessoriaacadem3
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...assessoriaff01
 

Último (20)

Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
 

UNIP - Unilever

  • 1.  
  • 2. A História A história da Unilever começa no século XIX, em 1884, na pequena cidade de Bolton na Inglaterra. William Hesketh Lever e seus irmãos fundaram na cidade a Lever Brothers. Sunlight nasceu, com dois ingredientes que estariam em todas as receitas de sucesso da UNILEVER no futuro: um produto de qualidade e uma boa comunicação com o consumidor. William Heskett Lever
  • 3. A demanda era tanta que a empresa se lançou em dois novos empreendimentos para garantir o fornecimento de matérias-primas: a plantação de palmeiras na África, para produzir óleo vegetal, e a compra de uma frota de baleeiros (navios que caçam baleias), para ter óleo animal. Surgiu o sabonete-desodorante para o corpo Lifebuoy (em 1894) E os Flocos Lux (1899), opção mais prática que o sabão em barra para lavar roupas de tecidos delicados. A História
  • 4. O negócio deu tão certo que se espalhou pelo continente e passou a concorrer com a holandesa Margarine Unie, empresa fundada em 1927 quando dois produtores de margarinas, Jurgens e Van den Bergh, juntaram suas forças. Como a produção de óleo aumentou muito, a Lever resolveu entrar também no mercado de alimentos. A opção foi pela margarina, um produto inventado em 1869 e cada vez mais popular na Europa. A História
  • 5. A História Em vez de disputarem o mercado, as duas empresas preferiram unir forças – e nomes – para constituir uma única empresa, capaz de expandir ainda mais seus horizontes: estava criada oficialmente no dia 1 de janeiro de 1930, a UNILEVER.
  • 6. Apesar disso, a empresa continuou investindo em aquisições de marcas locais, fortalecendo sua posição em muitos países. Durante a Segunda Guerra Mundial, a UNILEVER passou por inúmeras dificuldades com suas divisões no mundo inteiro. A História
  • 7. O ritmo de aquisições da empresa era tão intenso nesta época, que em um único dia do mês de abril deste mesmo ano a UNILEVER comprou as marcas Slim-Fast (produtos para dietas e regimes) e a tradicional Ben & Jerry’s (sorvetes Premium). A História
  • 8. Desta época pra cá, a UNILEVER, que já chegou a possuir mais de 900 marcas em sua linha de produtos, começou, gradativamente, a diminuir seu portifólio, tendo como principal objetivo focar-se em determinados segmentos e marcas. Alimentos Cuidados Pessoais Limpeza A História
  • 12.  
  • 13. Atender às necessidades diárias de nutrição, higiene e cuidados pessoais com marcas que ajudam as pessoas a se sentirem bem, ficarem bonitas e aproveitarem mais a vida. Missão A missão da Unilever é levar vitalidade para o dia-a-dia.
  • 14.  
  • 15. Sol : Toda vida começa com o sol. Símbolo supremo da vitalidade , representa várias de nossas marcas. DNA : A hélice dupla, o mapa genético da vida e um dos símbolos da biociência . É a chave para uma vida saudável. Abelha : Representa a criação, a polinização, o trabalho árduo e a biodiversidade. Mão : Um símbolo de sensibilidade , cuidado e necessidade. Representa a pele e o toque. Cabelos : Um símbolo de beleza e boa aparência. Ao lado da flor, evocam limpeza e fragrância. Próximo à mão, representam maciez. Palmeira : Uma fonte nutritiva de recursos , também é um símbolo do paraíso.
  • 16. Molhos ou margarinas : Representam mistura ou preparo . Sugerem combinação de condimentos e adição de sabor. Colher : Símbolo de nutrição , de experimentar sabores e cozinhar. Chá : Uma planta ou extrato de uma planta, como o chá. Também simboliza cultivo e plantio. Tigela : Uma tigela de comida com aroma delicioso. Também representa uma refeição pronta, uma bebida quente ou uma sopa. Partículas : Uma referência à ciência , bolhas e efervescência. Especiarias e sabores : Representam pimenta ou ingredientes frescos .
  • 17. Congelado : A planta simboliza o frescor , o floco de neve representa congelamento. Um símbolo de transformação. Peixe : Representa alimento, o mar ou a água fresca. Onda : Simboliza limpeza, frescor e vigor , tanto na higiene pessoal quanto num ícone de lavanderia (com a camisa). Brilho : Limpo, saudável e cintilante de energia. Líquido : Uma referência à água limpa e à pureza. Pássaro : Um símbolo da liberdade . Sugere alívio das tarefas diárias para poder aproveitar da vida o que ela tem de melhor.
  • 18. Recipiente : Simboliza a embalagem . Um pote de creme associado a cuidados pessoais. Roupas : Representam roupas recém-lavadas e boa aparência . Coração : Um símbolo de amor , cuidado e saúde. Reciclar : Parte do nosso compromisso com a sustentabilidade . Lábios : Representam beleza , boa aparência e paladar. Sorvete : Um agrado, prazer e diversão.
  • 19. Instituto Unilever Fortalecendo o relacionamento com o governo e a comunidade Criado em 2002. A empresa passa a desenvolver suas atividades de responsabilidade socioambiental também através do Instituto Unilever, cuja missão é estabelecer critérios para o patrocínio de projetos sociais e acompanhar, monitorar e avaliar os resultados dessas ações.
  • 20.
  • 21. O programa capacita professores de 3ª a 4ª séries do ensino fundamental de escolas públicas sobre educação alimentar, instrui merendeiras a criarem cardápios mais atrativos e, através de oficinas de arte e culinária, ensina as crianças a se alimentarem bem. Educação Alimentar
  • 22. Principais Conquistas Os municípios beneficiados pelo projeto são: Pouso Alegre (MG), Goiânia (GO), Silvânia (GO), São Paulo (SP), Valinhos (SP), Vinhedo (SP), Indaiatuba (SP) e Garanhuns (PE). A capacitação beneficiou cerca de 1.000 professores de 300 escolas, atingindo diretamente 80.000 alunos.
  • 23. Em parceria firmada em 2007 com o SESC – Programa Mesa Brasil - foi possível multiplicar o projeto para 170 instituições. Resultados Unilever Brasil doou para o Mesa Brasil Sesc 825.029,55kg em produtos para todo o país, sendo a única empresa que, além de alimentos, doou produtos de higiene e limpeza.
  • 24. A parceria entre a rede Pão de Açúcar de supermercados e a Unilever permitiu a instalação de pontos de entrega voluntária (PEVs) de embalagens recicláveis. Estação de Reciclagem Pão de Açúcar
  • 25.
  • 26.
  • 27. Infância Protegida Projeto criado no ano de 2003 - é realizado nos municípios de ITABERAÍ, MORRINHOS, SILVANIA, VIANOPÓLIS, e GOIÂNIA - regiões que produz mais entomatados.
  • 28. Atualmente o programa auxilia 22 mil crianças e conta com ônibus escola que ensina informática. Combater o trabalho infantil nas lavouras de tomates, evasão escolar e a violência doméstica e garantir melhores condições de vida ás crianças e adolescentes.
  • 29. O projeto Rural Responsável tem o objetivo de oferecer condições adequadas de saúde e segurança para o trabalhador na lavoura, contribuindo com a educação, conscientização de seus direitos e prevenção de acidentes. Rural Responsável
  • 30. Desenvolvido em Goiás desde 2003, visa oferecer melhores condições de saúde e segurança para o trabalhador rural nas lavouras de tomates, alem de contribuir com a educação, conscientização de seus direitos e também com a prevenção de acidentes.
  • 31. Para efetivação do projeto, várias ações educativas e sociais são aplicadas para que se garanta e exija cumprimento da legislação. Dentre elas pode-se citar a verificação constante nas lavouras; a realização de palestras sobre o tema “Saúde e Segurança do Trabalhador Rural”, dirigidas aos motoristas que transportam os funcionários do campo; e , a criação de um canal de comunicação com os trabalhadores, por meio de visita de agentes às lavouras.
  • 32. Atualmente, 53 produtores e 2.000 trabalhadores rurais da região de Goiás estão engajados no projeto e reconhecem a importância desse tipo de cuidado com seus colaboradores.
  • 33. Projeto de alto envolvimento comunitário que visa elevar o IDH - Índice de Desenvolvimento Humano - de Araçoiaba, cidade do interior de Pernambuco, por meio de ações e investimentos em saúde, educação e desenvolvimento socioeconômico. Projeto Mais Vida
  • 34. Redução da mortalidade infantil; construção de duas salas de aula e uma nova escola, além de aumento do número de matrículas; alfabetização de mais de 1.600 adultos; envolvimento de 450 voluntários e todas as famílias da cidade. Principais Conquistas
  • 35. Alfabetização de mais de 900 jovens e adultos; atendimento de cerca de 7.000 pacientes no Centro Odontológico; consultas de mais de 9.000 gestantes no Centro de Saúde Criança Feliz; aumento significativo da matrícula de crianças, com o retorno de alunos que saíram das escolas entre 2005 e 2006 e diminuição da evasão escolar; reconstrução da Igreja de Nossa Senhora do Monte Aratangi. Resultados
  • 36. Em parceria entre a Unilever e os Institutos Esporte & Educação e Compartilhar, dos atletas Ana Moser e Bernardinho, com dez anos de atuação, o Programa Rexona-AdeS mantém metodologia de formação pelo esporte, disseminando valores éticos para crianças e adolescentes de baixa renda, em três estados brasileiros: São Paulo,Paraná e Rio de Janeiro. Rexona AdeS esporte cidadão
  • 37. São 45 núcleos de formação; oferece cerca de 6.500 vagas e já atendeu a mais de 22 mil crianças e adolescentes. Outras 30 mil participaram de clínicas e festivais promovidos pelos núcleos. Ao todo, podemos falar que o programa já atingiu mais de 50 mil crianças. Principais Conquistas
  • 38. Principais Conquistas Foram realizadas diversas ações educacionais, físicas e de inclusão social, além da promoção de mudanças: o projeto amadureceu e se tornou Programa Rexona- AdeS - Esporte Cidadão, para encerrar as comemorações dos 10 anos do programa, foi realizado, em parceria com o Instituto Unilever, o seminário “A Função Social do Esporte: reflexões e perspectivas no esporte educacional”, a fim de promover a troca de experiências e aplicar o esporte como instrumento de transformação social.
  • 39. O projeto prepara os jovens para o mercado de trabalho, capacitando-os para que se tornem padeiros, confeiteiros e culinaristas. Talento na Cozinha
  • 40. Além de estimular a criatividade e a habilidade psicomotora, o projeto contribui também com a auto-estima, o respeito ao próximo e a lógica matemática. Criando com Palitos
  • 41. Iniciado em 2007, o projeto faz parte de uma campanha da marca pala a auto-estima. Surgiu após os resultados apresentados pela pesquisa “Além dos Estereótipos”. Onde foi constatado que a visão distorcida de beleza começa ainda na infância. Projeto Real Beleza
  • 42.
  • 43. Objetivo O projeto tem como objetivo fortalecer a auto-estima de crianças e adolescentes, mudar a perspectiva e o conceito que possuem de beleza, e estimular mudanças de atitudes, para que se tornem adultos confiantes.
  • 44. Projeto atende mais de 1.700 famílias de Heliópolis, a maior comunidade de baixa renda da cidade de São Paulo, oferecendo tanques, máquinas de lavar e máquinas de secar. Lavanderia OMO
  • 45. Com modernas máquinas de lavar e secar, abastecidos com produtos de limpesa usados pela classe média alta. No local, as crianças podem brincar, aprender e se desenvolver enquanto as mães lavam suas roupas.
  • 46. Como nosso objetivo nas ações sociais é a sustentabilidade, o processo de doações e filantropia é muito específico e pontual, e o investimento nessa ação se dá por meio de doação de produtos descontinuados, produção extra ou ainda em situações de emergências e calamidades públicas, quando somos acionados pelo poder público. Programas de doações
  • 47. Um dos primeiros projetos que nasceram dentro da orientação socioambiental da Unilever foi o Projeto Conviver. As fábricas são estimuladas a realizar ações na comunidade em que estão inseridas, envolvendo colaboradores em projetos sociais, ações com prefeituras e com organizações sociais locais. Devido à proximidade com as comunidades, temos o “Disk- Conviver”, que é uma linha direta de atenção às eventuais reclamações ou sugestões dos moradores. Projeto Conviver
  • 48. O projeto conta com atividades anuais de integração com a comunidade, abrindo as portas das fábricas para visitação. Cada fábrica desenvolve seus próprios projetos, considerando as demandas locais e a vontade de envolvimento dos colaboradores. Projeto Conviver
  • 49. Conclusão Econômico Social Ambiental "Triple bottom line" ou tripé da sustentabilidade Até meados da década de 70, uma empresa era sustentável se tivesse economicamente saudável, ou seja, tivesse um bom patrimônio e um lucro sempre crescente, mesmo que houvesse dívidas.
  • 50. Por meio da responsabilidade socioambiental e cooperação mutua, a Unilever consegue aperfeiçoar seus produtos, valorizar a indústria brasileira e ainda diminuir os possíveis impactos ambientais. Ciente de seu papel no cenário mundial, a Unilever reforça a sustentabilidade em sua gestão. Conclusão