SlideShare uma empresa Scribd logo
EURO-FUNDING ADVISORY GROUP
23 de abril de 2015
www.euro-funding.com
I. O novo Programa Quadro 2014-2020 – PT 2020
I. Estrutura
II. Programa Operacional Competitividade e Internacionalização
III. Novas definições
IV. Enquadramento geral
i. Disposições específicas
a. Inovação empresarial e empreendedorismo
b. SI IDT
c. Internacionalização e Qualificação
II. Calendarização 2015/2016
ÍNDICE
www.euro-funding.com
O Novo Programa-Quadro 2014-2020
Oportunidades Nacionais
www.euro-funding.com
II.I. Portugal 2020 | Estrutura
• Quatro Programas Operacionais (PO) Temáticos;
• Competitividade e Internacionalização;
• Inclusão Social e Emprego;
• Capital Humano;
• Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.
• Cinco Programas Regionais
• Norte;
• Centro;
• Lisboa;
• Alentejo;
• Algarve.
• Dois Programas Regionais, Madeira e Açores.
• Um Programa Operacional – Mar 2020
www.euro-funding.com
Matriz de
estruturação
temática do Portugal
2020.
II.I. Portugal 2020 | Estrutura
Fonte: Acordo de parceria 2014-2020
Programa Operacional Competitividade e Internacionalização
As ações prioritárias para o mar, no período 2014-2020,
incidem em todos os domínios temáticos
www.euro-funding.com
Este PO, engloba um volume de fundos comunitários (FEDER, FSE e Fundo de
Coesão) num total de 4.423 M€, distribuído da seguinte forma:
29%
37%
11%
17%
3% 3%
Distribuição orçamental por Eixos
Eixo I – Reforço da
investigação, do
desenvolvimento
tecnológico e da
Inovação;
Eixo II – Reforço da
competitividade das PME
incluindo a redução de custos
públicos de contexto;
Eixo IV – Promoção de
transportes sustentáveis
II.I. Portugal 2020 | PO Competitividade e
Internacionalização
www.euro-funding.com
II.I. Portugal 2020 | Novas Definições
A decisão sobre a candidatura é proferida pela autoridade de gestão, no prazo de
60 dias úteis, a contar da data limite para a respetiva apresentação;
A aceitação do apoio é feita mediante assinatura do termo de aceitação ou
submetida eletronicamente e autenticada, ou mediante assinatura de contrato,
no prazo máximo de 30 dias uteis,
Indicadores de realização: parâmetros utilizados para medir os produtos gerados
pela concretização das actividades de uma operação;
Indicadores de resultado: os parâmetros utilizados para medir os efeitos directos
gerados pela operação na concretização dos seus objectivos;
www.euro-funding.com
Enquadramento Geral
Âmbito sectorial
São elegíveis operações em todas as atividades económicas, com especial
incidência para aquelas que visam a produção de bens e serviços
transacionáveis e internacionalizáveis ou que contribuam para a cadeia de
valor dos mesmos e não digam respeito a serviços de interesse económico
geral.
Não são elegíveis projetos nas seguintes atividades (CAE):
a) Financeiras e de seguros;
b) Defesa;
c) Lotarias e outros jogos de aposta.
Os avisos para apresentação de candidaturas podem excluir outras
atividades
www.euro-funding.com
Critérios de elegibilidade dos beneficiários
a) Dispor de contabilidade organizada nos termos da legislação aplicável;
b) Não ser uma empresa em dificuldade;
c) Declarar que não se trata de uma empresa sujeita a uma injunção de
recuperação;
d) Autonomia financeira de 20% (GE) ou 15% (PME) no ano de pré-projeto ou
balanço intercalar posterior, certificado pelo ROC, reportado à data de
candidatura;
e) Declarar que não tem salários em atraso.
Os critérios de elegibilidade são reportados à data de candidatura.
Enquadramento Geral
www.euro-funding.com
Procedimentos de análise, seleção e decisão das candidaturas
A não apresentação de informações ou documentos solicitados, no prazo de
10 dias úteis, significa a desistência da candidatura.
A decisão sobre as candidaturas é preferida pela Autoridade de Gestão no
prazo de 60 dias úteis a contar da data de encerramento da fase.
Aceitação da decisão
1. A aceitação da decisão da concessão do incentivo é feita mediante a
assinatura do termo de aceitação a qual é submetida eletronicamente;
2. O termo de aceitação tem a natureza jurídica de um contrato escrito.
Enquadramento Geral
www.euro-funding.com
Obrigações dos beneficiários
• Conservar os documentos relativos ao projeto durante 5 anos após o fim do
mesmo;
• Proceder à publicitação dos apoios;
• Não afetar a outras finalidades, os bens e serviços adquiridos no âmbito dos
projetos apoiados, sem prévia autorização da entidade competente para a
decisão;
Enquadramento Geral
www.euro-funding.com
Redução de incentivo
As despesas elegíveis realizadas até ao final do 6.º mês para além da data de
realização aprovada, serão reduzidas em 20% do seu valor;
As despesas elegíveis realizadas entre o 7.º e até ao máximo do 12.º mês para
além da data de realização aprovada, serão reduzidas em 40% do seu valor;
Enquadramento Geral
www.euro-funding.com
Planeamento do projeto
O calendário de realização do projeto pode ser objeto de atualização até à
assinatura do termo de aceitação de concessão de incentivos, sendo que:
a) A derrogação máxima do prazo previsto para início do projeto até 3 meses;
b) Não pode ser alterada a duração aprovada em sede de decisão
Os resultados contratados podem ser objeto de revisão, quando sejam
invocadas circunstâncias supervenientes, imprevisíveis à data de decisão de
aprovação, incontornáveis e não imputáveis ao beneficiário e desde que a
operação continue a garantir as condições mínimas de seleção do respetivo
concurso.
Alterações sujeitas a avaliação e nova decisão da AG.
Enquadramento Geral
www.euro-funding.com
Fases do Projeto
Enquadramento Geral
www.euro-funding.com
estratégiadeinvestigaçãoeinovação
paraumaespecializaçãointeligente
www.euro-funding.com
Inovação empresarial e empreendedorismo
Investigação e desenvolvimento
Internacionalização e qualificação
Disposições Específicas
www.euro-funding.com
O que é a Inovação?
«Inovação» corresponde à introdução de um produto (bem ou serviço) ou
processo novo ou significativamente melhorado, de um novo método de
marketing ou de um novo método organizacional na prática do negócio, na
organização do trabalho ou nas relações externas da empresa.
Disposições Específicas
Inovação empresarial e empreendedorismo
www.euro-funding.com
Não se considera inovação
• Pequenas alterações ou melhorias, aumentos de capacidade de produção
similares a processos já existentes na empresa;
• Investimentos de substituição ou decorrentes do encerramento de um
processo produtivo;
• Investimentos de inovação de processos resultantes de alterações de preços,
customização e alterações cíclicas ou sazonais;
• Investimentos para a comercialização de novos produtos ou
significativamente melhorados e investimentos de inovação de processos
associados a alterações estratégicas de gestão ou aquisições e fusões;
Disposições Específicas
Inovação empresarial e empreendedorismo
www.euro-funding.com
Tipologia de Projeto:
• Produção de novos bens e serviços ou melhorias significativas da produção
atual através da transferência e aplicação de conhecimento;
• Adoção de novos, ou significativamente melhorados, processos ou métodos de
fabrico (GE);
• Adoção de novos, ou significativamente melhorados, processos ou métodos de
fabrico, de logística e distribuição, bem como métodos organizacionais (PME);
.
NUTS II LISBOA e ALGARVE apenas são elegíveis atividades de
inovação produtiva a favor de uma nova atividade no caso de GE.
Disposições Específicas
Inovação empresarial e empreendedorismo
www.euro-funding.com
Consideram-se enquadráveis os investimentos relacionados com:
i) A criação de um novo estabelecimento;
ii) O aumento da capacidade de um estabelecimento já existente;
iii) A diversificação da produção de um estabelecimento para produtos não
produzidos anteriormente no estabelecimento;
iv) A alteração fundamental do processo global de produção de um estabelecimento
existente;
Não são apoiados projetos de investimento de
mera expansão ou de modernização.
Disposições Específicas
Inovação empresarial e empreendedorismo
www.euro-funding.com
Modalidades de candidatura
1. Projetos a titulo individual sujeitos à abertura de concurso;
2. Regime contratual:
I. Projetos de interesse especial - projetos de grande dimensão cujo custo
total elegível seja igual ou superior a 25 milhões de euros;
II. Projetos de interesse estratégico - projetos que sejam considerados de
interesse estratégico para a economia nacional ou de determinada
região, como tal reconhecidos, a título excecional, por despacho conjunto
dos membros do Governo responsáveis pelas áreas do desenvolvimento
regional e da economia, independentemente do seu custo total elegível.
Disposições Específicas
Inovação empresarial e empreendedorismo
www.euro-funding.com
Critérios de elegibilidade dos projetos
• Ter data de candidatura anterior à data de início dos trabalhos, não podendo
incluir despesas anteriores à data da candidatura;
• O beneficiário deverá assegurar pelo menos 25% dos custos elegíveis com
recursos próprios ou alheios, que não incluam qualquer financiamento estatal;
• Ter uma duração máxima de execução de 24 meses;
• Os incentivos destinados ao aumento da capacidade de um estabelecimento já
existente, devem corresponder no mínimo a 20% da capacidade instalada em
relação ao ano pré-projeto;
• Deve ser valorizado o contributo relevante para a internacionalização e
orientação transacionável da economia portuguesa, o impacte em termos de
criação de emprego qualificado, bem como o efeito de arrastamento em
PME;
Disposições Específicas
Inovação empresarial e empreendedorismo
www.euro-funding.com
Taxas, Forma, Montante e Limites de incentivos
Incentivo reembolsável; Taxa base máxima 35%;
Majorações:
a) Majoração «tipo de empresa»
i) 15 % a atribuir a PMEs ; despesa elegível ≥ 5 milhões de euros;
ii) 25 % a atribuir a PE; despesa elegível < a 5 milhões de euros;
b) Majoração «territórios de baixa densidade»: 10 %;
c) Majoração «demonstração e disseminação»: 10 %;
d) Majoração «empreendedorismo»: 10 %;
e) Majoração «empreendedorismo jovem ou feminino»:10 %;
f) Majoração «sustentabilidade»: 10 % .
A taxa de financiamento nunca ultrapassará os 75%.
Disposições Específicas
Inovação empresarial e empreendedorismo
www.euro-funding.com
Plano de Reembolso
• Pela utilização do incentivo reembolsável, não são cobrados ou devidos juros
ou quaisquer outros encargos;
• O prazo total de reembolso é de oito anos, constituído dois anos de carência
seis de reembolso;
• Os reembolsos são efetuados, por princípio, com uma periodicidade semestral,
em montantes iguais e sucessivos;
• O prazo de reembolso inicia-se no primeiro dia do mês seguinte ao do primeiro
pagamento do incentivo, ou no primeiro dia do sétimo mês após a data do
termo de aceitação ou do contrato, consoante o que ocorrer em primeiro lugar.
Em função da avaliação dos resultados pode ser concedida a isenção de
reembolso até ao limite máximo de 50%.
Disposições Específicas
Inovação empresarial e empreendedorismo
www.euro-funding.com
Modalidades de candidatura
• Projetos individuais, para a tipologia de ID Empresas, Proteção propriedade
intelectual e industrial, Internacionalização da ID e Demonstrador.
• Projetos em copromoção, no caso de projetos nas tipologias de ID
Empresas, Mobilizadores
• Projetos de interesse especial de I&D - projetos de grande dimensão cujo
custo total elegível seja igual ou superior a 10 milhões de euros
• Projetos de interesse estratégico de I&D – projetos que sejam considerados
de interesse estratégico para a economia nacional ou de determinadas
regiões, como tal reconhecidos, a título excecional, por despacho conjunto dos
membros do Governo responsáveis pelas áreas de desenvolvimento regional e
da economia, independentemente do seu custo total elegível.
Disposições Específicas
Investigação e Desenvolvimento Tecnológico
www.euro-funding.com
Critérios de elegibilidade dos Projetos
• Apresentar uma caracterização técnica e um orçamento suficientemente
detalhados e fundamentados, com uma estrutura de custos adequada aos
objetivos visados e assegurar o adequado controlo orçamental do mesmo
através de um sistema que permita aferir adequadamente a imputabilidade das
despesas e custos do projeto;
• Identificar e justificar as incertezas de natureza técnica e científica que
sustentam o caráter de I&D do projeto,
• Envolver recursos humanos qualificados cujos curricula garantam a sua
adequada execução;
• Ter uma duração máxima. de execução de 24 meses no caso de projetos
individuais e 36 em projetos em copromoção, programas mobilizadores e
projetos de DPI, e 18 em projetos demonstradores;
Disposições Específicas
Investigação e Desenvolvimento Tecnológico
www.euro-funding.com
Taxas, Forma, Montante e Limites de incentivos
Incentivo Não reembolsável; Taxa base máxima 25%;
Majorações:
• Investigação industrial: 25% a atribuir a atividades de I&D;
• Majoração de 15% quando se verifique pelo menos uma das seguintes
situações:
• Majoração «Cooperação entre empresas»;
• Majoração «Cooperação com entidades não empresariais do sistema I&I»;
• Majoração «Divulgação ampla dos resultados».
Disposições Específicas
Investigação e Desenvolvimento Tecnológico
www.euro-funding.com
Disposições Específicas
Internacionalização e Qualificação de PMEs
Tipologia de projeto
Internacionalização Qualificação
O conhecimento de mercados externos; Inovação organizacional e gestão;
A presença na web, através da economia digital; Economia digital e tecnologias de informação e
comunicação (TIC);
O desenvolvimento e promoção internacional de
marcas;
Criação de marcas e design;
A prospeção e presença em mercados internacionais; Desenvolvimento e engenharia de produtos,
serviços e processo;
O marketing internacional; Proteção de propriedade industrial
A introdução de um novo métodos de organização nas
práticas comerciais ou nas relações externas;
Qualidade;
As certificações especificas para os mercados
externos.
Transferência de conhecimento;
Distribuição e logística;
Ecoinovação;
www.euro-funding.com
Modalidades de candidatura
• Projeto individual, apresentado a titulo individual por uma PME;
• Projeto conjunto, apresentado por uma ou mais entidades públicas ou
privadas sem fins lucrativos, de natureza associativa e com competências
específicas dirigidas às PME, que desenvolvam um programa estruturado de
intervenção num conjunto composto por PME.
Disposições Específicas
Internacionalização e Qualificação de PMEs
www.euro-funding.com
Critérios de elegibilidade dos Projetos
• Ser sustentado por uma análise estratégica da empresa que identifique as
áreas de competitividade críticas para o negócio em que se insere,
diagnostique a situação da empresa nestas áreas críticas e fundamente as
opções de investimento consideradas na candidatura, as quais devem estar
devidamente enquadradas numa proposta financeira sustentável do negócio
desenvolvido pela empresa;
• Demonstrar que se encontram asseguradas as fontes de financiamento;
• Demonstrar o efeito de incentivo (apresentar a candidatura em data anterior à
data de início dos trabalhos relativos ao projeto);
• Ter uma duração máxima de execução de 24 meses;
Disposições Específicas
Internacionalização e Qualificação de PMEs
www.euro-funding.com
Taxas, Forma, Montante e Limites de incentivos
Incentivo Não reembolsável;
Taxa base máxima 45%;
Exceção para os custos elegíveis com a contratação de recursos humanos
altamente qualificados nas empresas em que a taxa base de incentivo é de 50%.
Limites de incentivo de 500.000 euros no caso de projetos individuais;
Disposições Específicas
Internacionalização e Qualificação de PMEs
www.euro-funding.com
Fundos da Política de Coesão
Plano de Avisos de Abertura de Candidaturas
www.euro-funding.com
TIPOLOGIA DA INTERVENÇÃO
2015 2016
mar abr mai jun jul ago set out nov dez jan fev mar abr mai jun jul
INOVAÇÃO PRODUTIVA 20 24
EMPREENDEDORISMO INOVAÇÃO EMPRESARIAL 20 24
QUALIFICAÇÃO DAS PME 30 22
INTERNACIONALIZAÇÃO DAS PME 30 22
PROJETOS EM CO-PROMOÇÃO |SI&DT 30 2
DEMONSTRADORES EM CO-PROMOÇÃO 30 24
DEMONSTRADORES INDIVIDUAL 30 24
PROJETOS INDIVIDUAIS |SI&DT
INTERNACIONALIZAÇÃO I&DT
PROTEÇÃO DIREITOS PROPRIEDADE INDUSTRIAL
NÚCLEOS I&DT | CO-PROMOÇÃO
NÚCLEOS I&DT | INDIVIDUAL
MOBILIZADORES
Calendarização
www.euro-funding.com
Obrigada pela
Vossa Atenção
CONTACTOS EM PORTUGAL
Avenida António Serpa, 32 5 D,
1050-027 Lisboa
www.euro-funding.com
info@euro-funding.com
ANDREIA ALVES
aalves@euro-funding.com
SOFIA RODRIGUES
srodrigues@euro-funding.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sistema de Incentivos "Empreendedorismo Qualificado e Criativo"
Sistema de Incentivos "Empreendedorismo Qualificado e Criativo"Sistema de Incentivos "Empreendedorismo Qualificado e Criativo"
Sistema de Incentivos "Empreendedorismo Qualificado e Criativo"
ZONAVERDE - Formação e Consultoria
 
Rio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João Lacão
Rio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João LacãoRio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João Lacão
Rio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João Lacão
Rio Info
 
Sistema de Incentivos Vale Internacionalização
Sistema de Incentivos Vale InternacionalizaçãoSistema de Incentivos Vale Internacionalização
Sistema de Incentivos Vale Internacionalização
ZONAVERDE - Formação e Consultoria
 
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Produtiva AAC04 2010
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Produtiva AAC04 2010Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Produtiva AAC04 2010
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Produtiva AAC04 2010
Mainstep Business Services
 
Perspectiva financeira
Perspectiva financeiraPerspectiva financeira
Perspectiva financeira
Heverton Campos Martins
 
Fórum de Biodiversidades e Turismo Náutico
Fórum de Biodiversidades e Turismo NáuticoFórum de Biodiversidades e Turismo Náutico
Fórum de Biodiversidades e Turismo Náutico
PTMacaronesia
 
Webinar PRIMAVERA - Oportunidades Portugal 2020
Webinar PRIMAVERA - Oportunidades Portugal 2020Webinar PRIMAVERA - Oportunidades Portugal 2020
Webinar PRIMAVERA - Oportunidades Portugal 2020
PRIMAVERA Business Software Solutions
 
4C1E4A6B-C1350_1
4C1E4A6B-C1350_14C1E4A6B-C1350_1
4C1E4A6B-C1350_1
Carlos Costa Pinto
 
Cemec prestação de contas - aula 1 - melissa de mendonça moreira - gestão f...
Cemec   prestação de contas - aula 1 - melissa de mendonça moreira - gestão f...Cemec   prestação de contas - aula 1 - melissa de mendonça moreira - gestão f...
Cemec prestação de contas - aula 1 - melissa de mendonça moreira - gestão f...
Cultura e Mercado
 
SIFIDE - Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Empresarial II
SIFIDE - Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Empresarial IISIFIDE - Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Empresarial II
SIFIDE - Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Empresarial II
F. Iniciativas Portugal
 
14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras
14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras
14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras
encontroresidencial
 

Mais procurados (11)

Sistema de Incentivos "Empreendedorismo Qualificado e Criativo"
Sistema de Incentivos "Empreendedorismo Qualificado e Criativo"Sistema de Incentivos "Empreendedorismo Qualificado e Criativo"
Sistema de Incentivos "Empreendedorismo Qualificado e Criativo"
 
Rio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João Lacão
Rio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João LacãoRio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João Lacão
Rio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João Lacão
 
Sistema de Incentivos Vale Internacionalização
Sistema de Incentivos Vale InternacionalizaçãoSistema de Incentivos Vale Internacionalização
Sistema de Incentivos Vale Internacionalização
 
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Produtiva AAC04 2010
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Produtiva AAC04 2010Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Produtiva AAC04 2010
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Produtiva AAC04 2010
 
Perspectiva financeira
Perspectiva financeiraPerspectiva financeira
Perspectiva financeira
 
Fórum de Biodiversidades e Turismo Náutico
Fórum de Biodiversidades e Turismo NáuticoFórum de Biodiversidades e Turismo Náutico
Fórum de Biodiversidades e Turismo Náutico
 
Webinar PRIMAVERA - Oportunidades Portugal 2020
Webinar PRIMAVERA - Oportunidades Portugal 2020Webinar PRIMAVERA - Oportunidades Portugal 2020
Webinar PRIMAVERA - Oportunidades Portugal 2020
 
4C1E4A6B-C1350_1
4C1E4A6B-C1350_14C1E4A6B-C1350_1
4C1E4A6B-C1350_1
 
Cemec prestação de contas - aula 1 - melissa de mendonça moreira - gestão f...
Cemec   prestação de contas - aula 1 - melissa de mendonça moreira - gestão f...Cemec   prestação de contas - aula 1 - melissa de mendonça moreira - gestão f...
Cemec prestação de contas - aula 1 - melissa de mendonça moreira - gestão f...
 
SIFIDE - Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Empresarial II
SIFIDE - Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Empresarial IISIFIDE - Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Empresarial II
SIFIDE - Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Empresarial II
 
14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras
14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras
14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras
 

Semelhante a MAEIL Evento Transporter2020 Programa Quadro 2014-2020

Sistema de Incentivos Vale I&DT
Sistema de Incentivos Vale I&DTSistema de Incentivos Vale I&DT
Sistema de Incentivos Vale I&DT
ZONAVERDE - Formação e Consultoria
 
Sistema de Incentivos à "Investigação e Desenvolvimento Tecnológico"
 Sistema de Incentivos à "Investigação e Desenvolvimento Tecnológico" Sistema de Incentivos à "Investigação e Desenvolvimento Tecnológico"
Sistema de Incentivos à "Investigação e Desenvolvimento Tecnológico"
ZONAVERDE - Formação e Consultoria
 
Sistema de Incentivos "Internacionalização das PME"
 Sistema de Incentivos "Internacionalização das PME" Sistema de Incentivos "Internacionalização das PME"
Sistema de Incentivos "Internacionalização das PME"
ZONAVERDE - Formação e Consultoria
 
Iapmei incentivos industria 4.0 apt v4
Iapmei   incentivos industria 4.0 apt v4Iapmei   incentivos industria 4.0 apt v4
Iapmei incentivos industria 4.0 apt v4
Pedro Cilínio
 
Portugal 2020 - Iapmei - boas práticas - aip 15 dez 2016 vf
Portugal 2020 - Iapmei - boas práticas - aip 15 dez 2016 vfPortugal 2020 - Iapmei - boas práticas - aip 15 dez 2016 vf
Portugal 2020 - Iapmei - boas práticas - aip 15 dez 2016 vf
Pedro Cilínio
 
Iapmei incentivos e financimento - mai2018 public
Iapmei incentivos e financimento - mai2018 publicIapmei incentivos e financimento - mai2018 public
Iapmei incentivos e financimento - mai2018 public
Pedro Cilínio
 
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010
Mainstep Business Services
 
Novo Código Fiscal do Investimento - http://bit.ly/1vJKQ0r
Novo Código Fiscal do Investimento - http://bit.ly/1vJKQ0rNovo Código Fiscal do Investimento - http://bit.ly/1vJKQ0r
Novo Código Fiscal do Investimento - http://bit.ly/1vJKQ0r
UWU Solutions, Lda.
 
Sistema de Incentivos Vale Empreendedorismo
Sistema de Incentivos Vale EmpreendedorismoSistema de Incentivos Vale Empreendedorismo
Sistema de Incentivos Vale Empreendedorismo
ZONAVERDE - Formação e Consultoria
 
Apres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDE
Apres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDEApres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDE
Apres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDE
Ana Pinto Coelho
 
Sistema de Incentivos Vale Inovação
 Sistema de Incentivos Vale Inovação Sistema de Incentivos Vale Inovação
Sistema de Incentivos Vale Inovação
ZONAVERDE - Formação e Consultoria
 
Incentivos financeiros 2014 2020
Incentivos financeiros 2014 2020Incentivos financeiros 2014 2020
Incentivos financeiros 2014 2020
Rui Filipe Garcia
 
Administração de projetos - Iniciação - Seleção de Projetos - Aula 5
Administração de projetos - Iniciação - Seleção de Projetos - Aula 5Administração de projetos - Iniciação - Seleção de Projetos - Aula 5
Administração de projetos - Iniciação - Seleção de Projetos - Aula 5
Ueliton da Costa Leonidio
 
Bolsa do empreendedorismo oportunidades para empresas - gppq
Bolsa do empreendedorismo   oportunidades para empresas - gppqBolsa do empreendedorismo   oportunidades para empresas - gppq
Bolsa do empreendedorismo oportunidades para empresas - gppq
João Tàtá dos Anjos
 
A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...
A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...
A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...
UWU Solutions, Lda.
 
Codemedia no PRIME
Codemedia no PRIMECodemedia no PRIME
Codemedia no PRIME
Antônio Inocêncio
 
Maxcity Internacionais
Maxcity InternacionaisMaxcity Internacionais
Maxcity Internacionais
Mosán Santos
 
SI2E - INCENTIVOS A FUNDO PERDIDO
SI2E - INCENTIVOS A FUNDO PERDIDOSI2E - INCENTIVOS A FUNDO PERDIDO
SI2E - INCENTIVOS A FUNDO PERDIDO
Hugo Ferreira, MBA
 
Webinar IFFRU - Conheça os apoios para a reabilitação
Webinar IFFRU - Conheça os apoios para a reabilitaçãoWebinar IFFRU - Conheça os apoios para a reabilitação
Webinar IFFRU - Conheça os apoios para a reabilitação
PSZ Consulting
 
Ufcd 606.1 aa
Ufcd 606.1 aaUfcd 606.1 aa
Ufcd 606.1 aa
Gabriela Santos
 

Semelhante a MAEIL Evento Transporter2020 Programa Quadro 2014-2020 (20)

Sistema de Incentivos Vale I&DT
Sistema de Incentivos Vale I&DTSistema de Incentivos Vale I&DT
Sistema de Incentivos Vale I&DT
 
Sistema de Incentivos à "Investigação e Desenvolvimento Tecnológico"
 Sistema de Incentivos à "Investigação e Desenvolvimento Tecnológico" Sistema de Incentivos à "Investigação e Desenvolvimento Tecnológico"
Sistema de Incentivos à "Investigação e Desenvolvimento Tecnológico"
 
Sistema de Incentivos "Internacionalização das PME"
 Sistema de Incentivos "Internacionalização das PME" Sistema de Incentivos "Internacionalização das PME"
Sistema de Incentivos "Internacionalização das PME"
 
Iapmei incentivos industria 4.0 apt v4
Iapmei   incentivos industria 4.0 apt v4Iapmei   incentivos industria 4.0 apt v4
Iapmei incentivos industria 4.0 apt v4
 
Portugal 2020 - Iapmei - boas práticas - aip 15 dez 2016 vf
Portugal 2020 - Iapmei - boas práticas - aip 15 dez 2016 vfPortugal 2020 - Iapmei - boas práticas - aip 15 dez 2016 vf
Portugal 2020 - Iapmei - boas práticas - aip 15 dez 2016 vf
 
Iapmei incentivos e financimento - mai2018 public
Iapmei incentivos e financimento - mai2018 publicIapmei incentivos e financimento - mai2018 public
Iapmei incentivos e financimento - mai2018 public
 
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010
 
Novo Código Fiscal do Investimento - http://bit.ly/1vJKQ0r
Novo Código Fiscal do Investimento - http://bit.ly/1vJKQ0rNovo Código Fiscal do Investimento - http://bit.ly/1vJKQ0r
Novo Código Fiscal do Investimento - http://bit.ly/1vJKQ0r
 
Sistema de Incentivos Vale Empreendedorismo
Sistema de Incentivos Vale EmpreendedorismoSistema de Incentivos Vale Empreendedorismo
Sistema de Incentivos Vale Empreendedorismo
 
Apres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDE
Apres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDEApres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDE
Apres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDE
 
Sistema de Incentivos Vale Inovação
 Sistema de Incentivos Vale Inovação Sistema de Incentivos Vale Inovação
Sistema de Incentivos Vale Inovação
 
Incentivos financeiros 2014 2020
Incentivos financeiros 2014 2020Incentivos financeiros 2014 2020
Incentivos financeiros 2014 2020
 
Administração de projetos - Iniciação - Seleção de Projetos - Aula 5
Administração de projetos - Iniciação - Seleção de Projetos - Aula 5Administração de projetos - Iniciação - Seleção de Projetos - Aula 5
Administração de projetos - Iniciação - Seleção de Projetos - Aula 5
 
Bolsa do empreendedorismo oportunidades para empresas - gppq
Bolsa do empreendedorismo   oportunidades para empresas - gppqBolsa do empreendedorismo   oportunidades para empresas - gppq
Bolsa do empreendedorismo oportunidades para empresas - gppq
 
A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...
A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...
A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...
 
Codemedia no PRIME
Codemedia no PRIMECodemedia no PRIME
Codemedia no PRIME
 
Maxcity Internacionais
Maxcity InternacionaisMaxcity Internacionais
Maxcity Internacionais
 
SI2E - INCENTIVOS A FUNDO PERDIDO
SI2E - INCENTIVOS A FUNDO PERDIDOSI2E - INCENTIVOS A FUNDO PERDIDO
SI2E - INCENTIVOS A FUNDO PERDIDO
 
Webinar IFFRU - Conheça os apoios para a reabilitação
Webinar IFFRU - Conheça os apoios para a reabilitaçãoWebinar IFFRU - Conheça os apoios para a reabilitação
Webinar IFFRU - Conheça os apoios para a reabilitação
 
Ufcd 606.1 aa
Ufcd 606.1 aaUfcd 606.1 aa
Ufcd 606.1 aa
 

MAEIL Evento Transporter2020 Programa Quadro 2014-2020

  • 2. www.euro-funding.com I. O novo Programa Quadro 2014-2020 – PT 2020 I. Estrutura II. Programa Operacional Competitividade e Internacionalização III. Novas definições IV. Enquadramento geral i. Disposições específicas a. Inovação empresarial e empreendedorismo b. SI IDT c. Internacionalização e Qualificação II. Calendarização 2015/2016 ÍNDICE
  • 3. www.euro-funding.com O Novo Programa-Quadro 2014-2020 Oportunidades Nacionais
  • 4. www.euro-funding.com II.I. Portugal 2020 | Estrutura • Quatro Programas Operacionais (PO) Temáticos; • Competitividade e Internacionalização; • Inclusão Social e Emprego; • Capital Humano; • Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos. • Cinco Programas Regionais • Norte; • Centro; • Lisboa; • Alentejo; • Algarve. • Dois Programas Regionais, Madeira e Açores. • Um Programa Operacional – Mar 2020
  • 5. www.euro-funding.com Matriz de estruturação temática do Portugal 2020. II.I. Portugal 2020 | Estrutura Fonte: Acordo de parceria 2014-2020 Programa Operacional Competitividade e Internacionalização As ações prioritárias para o mar, no período 2014-2020, incidem em todos os domínios temáticos
  • 6. www.euro-funding.com Este PO, engloba um volume de fundos comunitários (FEDER, FSE e Fundo de Coesão) num total de 4.423 M€, distribuído da seguinte forma: 29% 37% 11% 17% 3% 3% Distribuição orçamental por Eixos Eixo I – Reforço da investigação, do desenvolvimento tecnológico e da Inovação; Eixo II – Reforço da competitividade das PME incluindo a redução de custos públicos de contexto; Eixo IV – Promoção de transportes sustentáveis II.I. Portugal 2020 | PO Competitividade e Internacionalização
  • 7. www.euro-funding.com II.I. Portugal 2020 | Novas Definições A decisão sobre a candidatura é proferida pela autoridade de gestão, no prazo de 60 dias úteis, a contar da data limite para a respetiva apresentação; A aceitação do apoio é feita mediante assinatura do termo de aceitação ou submetida eletronicamente e autenticada, ou mediante assinatura de contrato, no prazo máximo de 30 dias uteis, Indicadores de realização: parâmetros utilizados para medir os produtos gerados pela concretização das actividades de uma operação; Indicadores de resultado: os parâmetros utilizados para medir os efeitos directos gerados pela operação na concretização dos seus objectivos;
  • 8. www.euro-funding.com Enquadramento Geral Âmbito sectorial São elegíveis operações em todas as atividades económicas, com especial incidência para aquelas que visam a produção de bens e serviços transacionáveis e internacionalizáveis ou que contribuam para a cadeia de valor dos mesmos e não digam respeito a serviços de interesse económico geral. Não são elegíveis projetos nas seguintes atividades (CAE): a) Financeiras e de seguros; b) Defesa; c) Lotarias e outros jogos de aposta. Os avisos para apresentação de candidaturas podem excluir outras atividades
  • 9. www.euro-funding.com Critérios de elegibilidade dos beneficiários a) Dispor de contabilidade organizada nos termos da legislação aplicável; b) Não ser uma empresa em dificuldade; c) Declarar que não se trata de uma empresa sujeita a uma injunção de recuperação; d) Autonomia financeira de 20% (GE) ou 15% (PME) no ano de pré-projeto ou balanço intercalar posterior, certificado pelo ROC, reportado à data de candidatura; e) Declarar que não tem salários em atraso. Os critérios de elegibilidade são reportados à data de candidatura. Enquadramento Geral
  • 10. www.euro-funding.com Procedimentos de análise, seleção e decisão das candidaturas A não apresentação de informações ou documentos solicitados, no prazo de 10 dias úteis, significa a desistência da candidatura. A decisão sobre as candidaturas é preferida pela Autoridade de Gestão no prazo de 60 dias úteis a contar da data de encerramento da fase. Aceitação da decisão 1. A aceitação da decisão da concessão do incentivo é feita mediante a assinatura do termo de aceitação a qual é submetida eletronicamente; 2. O termo de aceitação tem a natureza jurídica de um contrato escrito. Enquadramento Geral
  • 11. www.euro-funding.com Obrigações dos beneficiários • Conservar os documentos relativos ao projeto durante 5 anos após o fim do mesmo; • Proceder à publicitação dos apoios; • Não afetar a outras finalidades, os bens e serviços adquiridos no âmbito dos projetos apoiados, sem prévia autorização da entidade competente para a decisão; Enquadramento Geral
  • 12. www.euro-funding.com Redução de incentivo As despesas elegíveis realizadas até ao final do 6.º mês para além da data de realização aprovada, serão reduzidas em 20% do seu valor; As despesas elegíveis realizadas entre o 7.º e até ao máximo do 12.º mês para além da data de realização aprovada, serão reduzidas em 40% do seu valor; Enquadramento Geral
  • 13. www.euro-funding.com Planeamento do projeto O calendário de realização do projeto pode ser objeto de atualização até à assinatura do termo de aceitação de concessão de incentivos, sendo que: a) A derrogação máxima do prazo previsto para início do projeto até 3 meses; b) Não pode ser alterada a duração aprovada em sede de decisão Os resultados contratados podem ser objeto de revisão, quando sejam invocadas circunstâncias supervenientes, imprevisíveis à data de decisão de aprovação, incontornáveis e não imputáveis ao beneficiário e desde que a operação continue a garantir as condições mínimas de seleção do respetivo concurso. Alterações sujeitas a avaliação e nova decisão da AG. Enquadramento Geral
  • 16. www.euro-funding.com Inovação empresarial e empreendedorismo Investigação e desenvolvimento Internacionalização e qualificação Disposições Específicas
  • 17. www.euro-funding.com O que é a Inovação? «Inovação» corresponde à introdução de um produto (bem ou serviço) ou processo novo ou significativamente melhorado, de um novo método de marketing ou de um novo método organizacional na prática do negócio, na organização do trabalho ou nas relações externas da empresa. Disposições Específicas Inovação empresarial e empreendedorismo
  • 18. www.euro-funding.com Não se considera inovação • Pequenas alterações ou melhorias, aumentos de capacidade de produção similares a processos já existentes na empresa; • Investimentos de substituição ou decorrentes do encerramento de um processo produtivo; • Investimentos de inovação de processos resultantes de alterações de preços, customização e alterações cíclicas ou sazonais; • Investimentos para a comercialização de novos produtos ou significativamente melhorados e investimentos de inovação de processos associados a alterações estratégicas de gestão ou aquisições e fusões; Disposições Específicas Inovação empresarial e empreendedorismo
  • 19. www.euro-funding.com Tipologia de Projeto: • Produção de novos bens e serviços ou melhorias significativas da produção atual através da transferência e aplicação de conhecimento; • Adoção de novos, ou significativamente melhorados, processos ou métodos de fabrico (GE); • Adoção de novos, ou significativamente melhorados, processos ou métodos de fabrico, de logística e distribuição, bem como métodos organizacionais (PME); . NUTS II LISBOA e ALGARVE apenas são elegíveis atividades de inovação produtiva a favor de uma nova atividade no caso de GE. Disposições Específicas Inovação empresarial e empreendedorismo
  • 20. www.euro-funding.com Consideram-se enquadráveis os investimentos relacionados com: i) A criação de um novo estabelecimento; ii) O aumento da capacidade de um estabelecimento já existente; iii) A diversificação da produção de um estabelecimento para produtos não produzidos anteriormente no estabelecimento; iv) A alteração fundamental do processo global de produção de um estabelecimento existente; Não são apoiados projetos de investimento de mera expansão ou de modernização. Disposições Específicas Inovação empresarial e empreendedorismo
  • 21. www.euro-funding.com Modalidades de candidatura 1. Projetos a titulo individual sujeitos à abertura de concurso; 2. Regime contratual: I. Projetos de interesse especial - projetos de grande dimensão cujo custo total elegível seja igual ou superior a 25 milhões de euros; II. Projetos de interesse estratégico - projetos que sejam considerados de interesse estratégico para a economia nacional ou de determinada região, como tal reconhecidos, a título excecional, por despacho conjunto dos membros do Governo responsáveis pelas áreas do desenvolvimento regional e da economia, independentemente do seu custo total elegível. Disposições Específicas Inovação empresarial e empreendedorismo
  • 22. www.euro-funding.com Critérios de elegibilidade dos projetos • Ter data de candidatura anterior à data de início dos trabalhos, não podendo incluir despesas anteriores à data da candidatura; • O beneficiário deverá assegurar pelo menos 25% dos custos elegíveis com recursos próprios ou alheios, que não incluam qualquer financiamento estatal; • Ter uma duração máxima de execução de 24 meses; • Os incentivos destinados ao aumento da capacidade de um estabelecimento já existente, devem corresponder no mínimo a 20% da capacidade instalada em relação ao ano pré-projeto; • Deve ser valorizado o contributo relevante para a internacionalização e orientação transacionável da economia portuguesa, o impacte em termos de criação de emprego qualificado, bem como o efeito de arrastamento em PME; Disposições Específicas Inovação empresarial e empreendedorismo
  • 23. www.euro-funding.com Taxas, Forma, Montante e Limites de incentivos Incentivo reembolsável; Taxa base máxima 35%; Majorações: a) Majoração «tipo de empresa» i) 15 % a atribuir a PMEs ; despesa elegível ≥ 5 milhões de euros; ii) 25 % a atribuir a PE; despesa elegível < a 5 milhões de euros; b) Majoração «territórios de baixa densidade»: 10 %; c) Majoração «demonstração e disseminação»: 10 %; d) Majoração «empreendedorismo»: 10 %; e) Majoração «empreendedorismo jovem ou feminino»:10 %; f) Majoração «sustentabilidade»: 10 % . A taxa de financiamento nunca ultrapassará os 75%. Disposições Específicas Inovação empresarial e empreendedorismo
  • 24. www.euro-funding.com Plano de Reembolso • Pela utilização do incentivo reembolsável, não são cobrados ou devidos juros ou quaisquer outros encargos; • O prazo total de reembolso é de oito anos, constituído dois anos de carência seis de reembolso; • Os reembolsos são efetuados, por princípio, com uma periodicidade semestral, em montantes iguais e sucessivos; • O prazo de reembolso inicia-se no primeiro dia do mês seguinte ao do primeiro pagamento do incentivo, ou no primeiro dia do sétimo mês após a data do termo de aceitação ou do contrato, consoante o que ocorrer em primeiro lugar. Em função da avaliação dos resultados pode ser concedida a isenção de reembolso até ao limite máximo de 50%. Disposições Específicas Inovação empresarial e empreendedorismo
  • 25. www.euro-funding.com Modalidades de candidatura • Projetos individuais, para a tipologia de ID Empresas, Proteção propriedade intelectual e industrial, Internacionalização da ID e Demonstrador. • Projetos em copromoção, no caso de projetos nas tipologias de ID Empresas, Mobilizadores • Projetos de interesse especial de I&D - projetos de grande dimensão cujo custo total elegível seja igual ou superior a 10 milhões de euros • Projetos de interesse estratégico de I&D – projetos que sejam considerados de interesse estratégico para a economia nacional ou de determinadas regiões, como tal reconhecidos, a título excecional, por despacho conjunto dos membros do Governo responsáveis pelas áreas de desenvolvimento regional e da economia, independentemente do seu custo total elegível. Disposições Específicas Investigação e Desenvolvimento Tecnológico
  • 26. www.euro-funding.com Critérios de elegibilidade dos Projetos • Apresentar uma caracterização técnica e um orçamento suficientemente detalhados e fundamentados, com uma estrutura de custos adequada aos objetivos visados e assegurar o adequado controlo orçamental do mesmo através de um sistema que permita aferir adequadamente a imputabilidade das despesas e custos do projeto; • Identificar e justificar as incertezas de natureza técnica e científica que sustentam o caráter de I&D do projeto, • Envolver recursos humanos qualificados cujos curricula garantam a sua adequada execução; • Ter uma duração máxima. de execução de 24 meses no caso de projetos individuais e 36 em projetos em copromoção, programas mobilizadores e projetos de DPI, e 18 em projetos demonstradores; Disposições Específicas Investigação e Desenvolvimento Tecnológico
  • 27. www.euro-funding.com Taxas, Forma, Montante e Limites de incentivos Incentivo Não reembolsável; Taxa base máxima 25%; Majorações: • Investigação industrial: 25% a atribuir a atividades de I&D; • Majoração de 15% quando se verifique pelo menos uma das seguintes situações: • Majoração «Cooperação entre empresas»; • Majoração «Cooperação com entidades não empresariais do sistema I&I»; • Majoração «Divulgação ampla dos resultados». Disposições Específicas Investigação e Desenvolvimento Tecnológico
  • 28. www.euro-funding.com Disposições Específicas Internacionalização e Qualificação de PMEs Tipologia de projeto Internacionalização Qualificação O conhecimento de mercados externos; Inovação organizacional e gestão; A presença na web, através da economia digital; Economia digital e tecnologias de informação e comunicação (TIC); O desenvolvimento e promoção internacional de marcas; Criação de marcas e design; A prospeção e presença em mercados internacionais; Desenvolvimento e engenharia de produtos, serviços e processo; O marketing internacional; Proteção de propriedade industrial A introdução de um novo métodos de organização nas práticas comerciais ou nas relações externas; Qualidade; As certificações especificas para os mercados externos. Transferência de conhecimento; Distribuição e logística; Ecoinovação;
  • 29. www.euro-funding.com Modalidades de candidatura • Projeto individual, apresentado a titulo individual por uma PME; • Projeto conjunto, apresentado por uma ou mais entidades públicas ou privadas sem fins lucrativos, de natureza associativa e com competências específicas dirigidas às PME, que desenvolvam um programa estruturado de intervenção num conjunto composto por PME. Disposições Específicas Internacionalização e Qualificação de PMEs
  • 30. www.euro-funding.com Critérios de elegibilidade dos Projetos • Ser sustentado por uma análise estratégica da empresa que identifique as áreas de competitividade críticas para o negócio em que se insere, diagnostique a situação da empresa nestas áreas críticas e fundamente as opções de investimento consideradas na candidatura, as quais devem estar devidamente enquadradas numa proposta financeira sustentável do negócio desenvolvido pela empresa; • Demonstrar que se encontram asseguradas as fontes de financiamento; • Demonstrar o efeito de incentivo (apresentar a candidatura em data anterior à data de início dos trabalhos relativos ao projeto); • Ter uma duração máxima de execução de 24 meses; Disposições Específicas Internacionalização e Qualificação de PMEs
  • 31. www.euro-funding.com Taxas, Forma, Montante e Limites de incentivos Incentivo Não reembolsável; Taxa base máxima 45%; Exceção para os custos elegíveis com a contratação de recursos humanos altamente qualificados nas empresas em que a taxa base de incentivo é de 50%. Limites de incentivo de 500.000 euros no caso de projetos individuais; Disposições Específicas Internacionalização e Qualificação de PMEs
  • 32. www.euro-funding.com Fundos da Política de Coesão Plano de Avisos de Abertura de Candidaturas
  • 33. www.euro-funding.com TIPOLOGIA DA INTERVENÇÃO 2015 2016 mar abr mai jun jul ago set out nov dez jan fev mar abr mai jun jul INOVAÇÃO PRODUTIVA 20 24 EMPREENDEDORISMO INOVAÇÃO EMPRESARIAL 20 24 QUALIFICAÇÃO DAS PME 30 22 INTERNACIONALIZAÇÃO DAS PME 30 22 PROJETOS EM CO-PROMOÇÃO |SI&DT 30 2 DEMONSTRADORES EM CO-PROMOÇÃO 30 24 DEMONSTRADORES INDIVIDUAL 30 24 PROJETOS INDIVIDUAIS |SI&DT INTERNACIONALIZAÇÃO I&DT PROTEÇÃO DIREITOS PROPRIEDADE INDUSTRIAL NÚCLEOS I&DT | CO-PROMOÇÃO NÚCLEOS I&DT | INDIVIDUAL MOBILIZADORES Calendarização
  • 34. www.euro-funding.com Obrigada pela Vossa Atenção CONTACTOS EM PORTUGAL Avenida António Serpa, 32 5 D, 1050-027 Lisboa www.euro-funding.com info@euro-funding.com ANDREIA ALVES aalves@euro-funding.com SOFIA RODRIGUES srodrigues@euro-funding.com

Notas do Editor

  1. Fundamentos suscetíveis de determinar a redução do apoio ou à sua revogação: Incumprimento total ou parcial das obrigações e resultados contratados; A não justificação de despesa; O incumprimento das normas relativas a informação e publicidade.
  2. Tipologias de investimento O sistema de incentivos às empresas previsto no presente regulamento abrange as seguintes tipologias de investimento: a) Inovação empresarial e empreendedorismo; b) Qualificação e internacionalização de PME; b) Investigação e desenvolvimento tecnológico.
  3. Cumulação de incentivos Os incentivos concedidos ao abrigo do presente sistema de incentivos não são cumuláveis com quaisquer outros da mesma natureza. No caso de um projeto beneficiar de incentivos de outra natureza, nomeadamente benefícios fiscais e instrumentos financeiros, o incentivo total acumulado deve respeitar os limites comunitários aplicáveis em matéria de regras de auxílios de Estado.
  4. Alertar que quem recebe o email a solicitar esclarecimentos é o promotor
  5. Dispor de contabilidade organizada;
  6. Os pagamentos aos beneficiários podem assumir as modalidades de adiantamento e reembolso. Os pedidos de pagamento são apresentados pelos beneficiários no Balcão 2020. A Agência para o Desenvolvimento e Coesão define os procedimentos aplicáveis aos procedimentos de pagamento do incentivo, incluindo as garantias e condições exigíveis para acautelar a boa execução dos projetos. Os pagamentos aos beneficiários podem ser efetuados a título de adiantamento. Para acautelar o reembolso integral do incentivo reembolsável em dívida, há lugar à apresentação de uma garantia bancária ou garantia prestada no âmbito do sistema nacional de garantia mútua.
  7. O sistema de incentivos ás empresas previsto no presente regulamento abrange as seguintes tipologias de investimento: Inovação empresarial e empreendedorismo; Qualificação e internacionalização das PMEs; Investigação e desenvolvimento tecnologico
  8. Projetos de inovação produtiva Não PME: a) Reforçar o investimento empresarial em atividades inovadoras, promovendo o aumento da produção transacionável e internacionalizável e a alteração do perfil produtivo do tecido económico; b) Contribuir para a internacionalização e orientação transacionável da economia portuguesa e para a criação de emprego qualificado, bem como gerar um efeito de arrastamento em PME.
  9. Projetos de inovação produtiva Não PME: a) Reforçar o investimento empresarial em atividades inovadoras, promovendo o aumento da produção transacionável e internacionalizável e a alteração do perfil produtivo do tecido económico; b) Contribuir para a internacionalização e orientação transacionável da economia portuguesa e para a criação de emprego qualificado, bem como gerar um efeito de arrastamento em PME.
  10. Os projetos de regime contratual devem cumprir os critérios de elegibilidade e de seleção e são sujeitos a um processo negocial específico precedido da obtenção de pré-vinculação da autoridade de gestão quanto ao incentivo máximo a conceder.
  11. a) Ter data de candidatura anterior à data de início dos trabalhos, não podendo incluir despesas anteriores à data da candidatura, à exceção dos adiantamentos para sinalização, relacionados com o projeto, até ao valor de 50% do custo de cada aquisição e das despesas relativas aos estudos de viabilidade, desde que realizados há menos de um ano; b) Ser sustentado por uma análise estratégica da empresa que identifique as áreas de competitividade críticas para o negócio em que se insere, diagnostique a situação da empresa nestas áreas críticas e fundamente as opções de investimento consideradas na candidatura; c) Demonstrar a viabilidade económico-financeira e que se encontram asseguradas as fontes de financiamento, incluindo o financiamento por capitais próprios, sendo que o beneficiário deverá assegurar pelo menos 25% dos custos elegíveis com recursos próprios ou alheios, que não incluam qualquer financiamento estatal; d) Demonstrar o efeito de incentivo, nos termos previstos no artigo seguinte; b) No caso dos incentivos concedidos a favor de uma alteração fundamental no processo de produção, os custos elegíveis devem exceder a amortização e depreciação dos ativos associados à atividade a modernizar no decurso dos três exercícios fiscais precedentes; c) Em relação aos incentivos destinados à diversificação de um estabelecimento já existente, os custos elegíveis devem exceder em, pelo menos, 200% o valor contabilístico dos ativos que são reutilizados, tal como registado no exercício fiscal que precede o início dos trabalhos;
  12. f) Majoração «sustentabilidade»: 10 % a atribuir a projetos que demonstrem atuações ou impactos em matéria de uso eficiente de recursos, eficiência energética, mobilidade sustentável e redução de emissões de gases com efeitos de estufa, a apreciar pela autoridade de gestão financiadora.
  13. a) Ter data de candidatura anterior à data de início dos trabalhos, não podendo incluir despesas anteriores à data da candidatura, à exceção dos adiantamentos para sinalização, relacionados com o projeto, até ao valor de 50% do custo de cada aquisição e das despesas relativas aos estudos de viabilidade, desde que realizados há menos de um ano; b) Ser sustentado por uma análise estratégica da empresa que identifique as áreas de competitividade críticas para o negócio em que se insere, diagnostique a situação da empresa nestas áreas críticas e fundamente as opções de investimento consideradas na candidatura; c) Demonstrar a viabilidade económico-financeira e que se encontram asseguradas as fontes de financiamento, incluindo o financiamento por capitais próprios, sendo que o beneficiário deverá assegurar pelo menos 25% dos custos elegíveis com recursos próprios ou alheios, que não incluam qualquer financiamento estatal; d) Demonstrar o efeito de incentivo, nos termos previstos no artigo seguinte; b) No caso dos incentivos concedidos a favor de uma alteração fundamental no processo de produção, os custos elegíveis devem exceder a amortização e depreciação dos ativos associados à atividade a modernizar no decurso dos três exercícios fiscais precedentes; c) Em relação aos incentivos destinados à diversificação de um estabelecimento já existente, os custos elegíveis devem exceder em, pelo menos, 200% o valor contabilístico dos ativos que são reutilizados, tal como registado no exercício fiscal que precede o início dos trabalhos;
  14. ) Majoração «Divulgação ampla dos resultados», desde que os resultados do projeto sejam objeto de divulgação ampla através de conferências técnicas e científicas ou publicação em revistas científicas ou técnicas ou armazenados em bases de dados de acesso livre, ou seja, às quais é livre o acesso aos dados de investigação brutos ou através de um software gratuito ou público.
  15. O sistema de incentivos ás empresas previsto no presente regulamento abrange as seguintes tipologias de investimento: Inovação empresarial e empreendedorismo; Qualificação e internacionalização das PMEs; Investigação e desenvolvimento tecnologico