Aprendendo com os gigantes do passado

1.250 visualizações

Publicada em

Espiritualidade e ética na tradição puritana

Publicada em: Espiritual
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.250
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
151
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
104
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aprendendo com os gigantes do passado

  1. 1. Aprendendo com os gigantes do passado Espiritualidade e ética na tradição puritana Sunday, 9 February, 14
  2. 2. “A maturidade é uma composição de sabedoria, boa vontade, maleabilidade e criatividade. Os puritanos exemplificavam a maturidade; nós não. Um líder bem viajado, um americano nativo, declarou que o protestantismo norte-americano Sunday, 9 February, 14
  3. 3. centrado no homem, manipulativo, orientado pelo sucesso, auto-indulgente e sentimental, como é, patentemente mede cinco mil quilômetros de largura e um centímetro de profundidade. Somos anões espirituais. Sunday, 9 February, 14
  4. 4. Os puritanos, em contraste, como um corpo eram gigantes. Eram grandes almas servindo a um grande Deus.” J. I. Packer Sunday, 9 February, 14
  5. 5. Integração da vida diária Sunday, 9 February, 14
  6. 6. Integração da vida diária Qualidade da experiência espiritual Sunday, 9 February, 14
  7. 7. Integração da vida diária Qualidade da experiência espiritual Paixão pela ação eficaz Sunday, 9 February, 14
  8. 8. Integração da vida diária Qualidade da experiência espiritual Paixão pela ação eficaz Estabilidade da família Sunday, 9 February, 14
  9. 9. Integração da vida diária Qualidade da experiência espiritual Paixão pela ação eficaz Estabilidade da família Valor humano Sunday, 9 February, 14
  10. 10. Integração da vida diária Qualidade da experiência espiritual Paixão pela ação eficaz Estabilidade da família Valor humano Ideal de renovação da igreja Sunday, 9 February, 14
  11. 11. 1. Integração da vida diária Sunday, 9 February, 14
  12. 12. 1. Integração da vida diária “A glória do grande Deus foi estabelecida em meu coração, como o esquadro e a régua de cada e toda prática particular” Thomas Goodwin (1600-1680) Sunday, 9 February, 14
  13. 13. “Não apenas minha vida espiritual, mas até minha vida civil neste mundo, e toda a vida que vivo, é pela fé no Filho de Deus: ele não isenta qualquer parte da vida da agência da fé” John Cotton (1585-1652) Sunday, 9 February, 14
  14. 14. “É um conceito abominável distinguir a religião da política e do governo, como se as razões da religião fossem uma e as do estado fossem outra coisa” Richard Sibbes (1577-1635) Sunday, 9 February, 14
  15. 15. 2. Qualidade da experiência espiritual Sunday, 9 February, 14
  16. 16. 2. Qualidade da experiência espiritual “A Palavra de Deus precisa ser nossa regra e esquadro mediante o qual esquadrinhamos e encaixamos todas as nossas ações; e de acordo com a direção recebida, devemos fazer as coisas ou deixar de fazê-las” William Perkins (1558-1602) Sunday, 9 February, 14
  17. 17. “nossa justiça, que a lei das obras exige,… é inteiramente em Cristo, e nem um grão em nós mesmos… Mas nós mesmos, no entanto, devemos pessoalmente preencher as condições do novo pacto e assim ter uma justiça evangélica pessoal.” Richard Baxter (1615-1691) Sunday, 9 February, 14
  18. 18. “É coisa pequena a teus olhos ser amado por Deus?… Cristão, crê nisto e pensa nisto. Serás eternamente seguro nos braços daquele amor que foi desde sempre e se estenderá eternamente.” (Richard Baxter) Sunday, 9 February, 14
  19. 19. “Esta teologia da esperança foi mais forte do que teologia do sofrimento que foi igualmente uma parte da consciência puritana. E ela responde pela coragem com a qual os puritanos estavam dispostos a enfrentar a perseguição pela sua fé.” Leland Ryken Sunday, 9 February, 14
  20. 20. 3. Paixão pela ação eficaz Sunday, 9 February, 14
  21. 21. 3. Paixão pela ação eficaz “nossa felicidade não consiste no saber as coisas do evangelho, mas no fazê-las.” John Owen (1616-1683) Sunday, 9 February, 14
  22. 22. “Vocês não devem pensar em ir para o céu num colchão de penas… se forem discípulos de Cristo, devem tomar a cruz dEle; e ela os fará suar.” Thomas Hooker (1586-1647) Sunday, 9 February, 14
  23. 23. “Estando ciente de que sou incapaz de fazer qualquer coisa sem a ajuda de Deus; humildemente Lhe rogo que, através de sua graça, me capacite a cumprir fielmente estas resoluções, enquanto elas estiverem dentro da sua vontade, em nome de Jesus Cristo.” Jonathan Edwards (1703-1758) Sunday, 9 February, 14
  24. 24. Resolvi que farei tudo aquilo que seja para a maior glória de Deus e para o meu próprio bem, proveito e agrado, durante todo o tempo da minha peregrinação… Sunday, 9 February, 14
  25. 25. Resolvi que farei tudo o que sentir ser o meu dever e que traga benefícios para a humanidade em geral, não importando quantas ou quão grandes sejam as dificuldades que venha a enfrentar. Sunday, 9 February, 14
  26. 26. Resolvi nunca falar mal de ninguém, de forma tal que afete a honra da pessoa em questão, nem para mais nem para menos honra, sob nenhum pretexto ou circunstância, a não ser que possa promover algum bem e que possa trazer um real benefício. Sunday, 9 February, 14
  27. 27. Resolvi examinar sempre cuidadosamente e de forma constante e precisa, qual a coisa em mim que causa a mínima dúvida sobre o verdadeiro amor de Deus para direcionar todas as minhas fortalezas contra tal origem. Sunday, 9 February, 14
  28. 28. Resolvi inquirir de mim mesmo no final de cada dia, de cada semana, mês e ano, onde e em que áreas poderia haver feito melhor e mais eficazmente. Sunday, 9 February, 14
  29. 29. Resolvi estudar as Escrituras tão firme, constante e freqüentemente, que possa perceber com clareza que estou crescendo continuamente no conhecimento da Palavra. Sunday, 9 February, 14
  30. 30. Resolvi esforçar-me ao máximo para que a cada semana eu cresça na vida espiritual e no exercício da graça, além do nível em que estava na semana anterior. Sunday, 9 February, 14
  31. 31. Resolvi que, com frequência renovarei minha dedicação de mim mesmo a Deus, o mesmo voto que fiz em meu batismo, o qual recebi quando fui recebido na comunhão da igreja e o qual reassumo solenemente neste dia. Sunday, 9 February, 14
  32. 32. Resolvi nunca desistir de vencer por completo qualquer de minhas veleidades corruptas que ainda possam existir, nem nunca tornar-me permissivo em relação ao mínimo de suas aparências e sinais, nem tão pouco me desmotivar em nada caso me ache numa senda de falta de sucesso nessa mesma luta. Sunday, 9 February, 14
  33. 33. “Os cristãos ocidentais se vêem em geral sem paixão, e, teme-se, sem oração. Cultivando um sistema que envolve a piedade pessoal num casulo pietista, deixam os assuntos públicos seguirem seu próprio curso… Sunday, 9 February, 14
  34. 34. Os puritanos oraram e lutaram por uma Inglaterra e uma Nova Inglaterra santas sentindo que onde o privilégio é negligenciado e a infidelidade reina, o juízo nacional está sob ameaça Sunday, 9 February, 14
  35. 35. os cristãos modernos alegremente se acomodam com a convencional respeitabilidade social e, tendo feito assim, não olham além.” J. I. Packer Sunday, 9 February, 14
  36. 36. 4. Estabilidade da família Sunday, 9 February, 14
  37. 37. 4. Estabilidade da família “A ética puritana da vida no lar baseavase em manter a ordem, a cortesia e o culto em família” Sunday, 9 February, 14
  38. 38. “A ética puritana do casamento consistia em primeiro procurar um parceiro não por quem fosse perdidamente apaixonado no momento, mas a quem se pudesse amar continuamente como seu melhor amigo por toda a vida.” J. I. Packer Sunday, 9 February, 14
  39. 39. “A ética puritana de educação de filhos era treinar as crianças no caminho em que deveriam seguir, cuidar de seus corpos e almas juntos, e educá-los para a vida adulta sóbria, santa e socialmente útil.” J. I. Packer Sunday, 9 February, 14
  40. 40. 5. Valor humano Sunday, 9 February, 14
  41. 41. 5. Valor humano “Não nos despertará compaixão ver um homem definhando e pensar que dentro de poucos dias sua alma estará no céu ou no inferno?” Richard Baxter Sunday, 9 February, 14
  42. 42. “A teologia é a ciência de viver abençoadamente para sempre…” William Perkins Sunday, 9 February, 14
  43. 43. “Por cristianismo tenciono dizer aquele hábito universal da graça que é forjada na alma pela regeneração do Espírito de Deus, pelo que toda a criatura é resignada à vontade a ao amor divinos, e todas suas ações são designadas para a obediência naquilo que é para a glória do seu Criador” Sunday, 9 February, 14
  44. 44. 6. Ideal de renovação da igreja Sunday, 9 February, 14
  45. 45. 6. Ideal de renovação da igreja “A essência deste tipo de ‘reforma’ era um enriquecimento da compreensão da verdade de Deus, um despertar das afeições dirigidas a Deus, um aumento do ardor da devoção, e mais amor, alegria e firmeza de objetivo cristão no chamado e na vida” Packer Sunday, 9 February, 14
  46. 46. “Aumento da especulação sobre a divindade não é o de que nosso povo precisa. Existe abundância deste tipo de luz que não transmite qualquer calor… Nosso povo não precisa de mudança na mente, precisa do coração tocado” (Jonathan Edwards) Sunday, 9 February, 14
  47. 47. “não acredita em nada, não se importa com nada, não quer saber de nada, não interfere em nada, não gosta de nada, não odeia nada, não encontra propósito em nada, não vive para nada e só continua vivo porque não há nada que o leve a morrer”. Dorothy Sayers Sunday, 9 February, 14
  48. 48. Entender a teologia do evangelho Sunday, 9 February, 14
  49. 49. Entender a teologia do evangelho Sentir com paixão sua verdade Sunday, 9 February, 14
  50. 50. Entender a teologia do evangelho Sentir com paixão sua verdade Reagir completamente à sua realidade Sunday, 9 February, 14
  51. 51. Aprendendo com os gigantes do passado Espiritualidade e ética na tradição puritana Sunday, 9 February, 14
  52. 52. espiritualidade e culto Sunday, 9 February, 14
  53. 53. “A graça de Deus espiritualiza toda a ação; mesmo as mais simples, como um homem amar sua mulher e filho, tornamse atos graciosos…, portanto, acham-se em grande conta aos olhos de Deus.” Nathanael Mather (1631-1697) Sunday, 9 February, 14
  54. 54. “Marido e mulher têm a tarefa de erigir e estabelecer o reino glorioso de Cristo em sua casa.” Isaac Ambrose (1604-1664) Sunday, 9 February, 14
  55. 55. “todo cristão… deveria fazer tudo o que pudesse para promover a glória de Deus, e o bem-estar daqueles a seu redor; e a boa ordem dos assuntos em famílias tende a promover estas coisas.” Benjamim Wadsworth (1670-1737) Sunday, 9 February, 14
  56. 56. “É na oficina que se pode mais confiantemente, esperar a presença e benção de Deus.” Richard Steele (1672-1729) Sunday, 9 February, 14
  57. 57. “É na oficina que se pode mais confiantemente, esperar a presença e benção de Deus.” Richard Steele (1672-1729) “O grande e reverendo Deus nunca despreza um ofício honesto… mas o coroa com sua benção.” John Dod (1549-1645) Sunday, 9 February, 14
  58. 58. “O fim então da aprendizagem é reparar as ruínas de nossos primeiros pais, recuperando o conhecer a Deus corretamente, e a partir deste conhecimento amá-lo, imitá-lo, ser como Ele.” John Milton (1608-1674) Sunday, 9 February, 14
  59. 59. “Há três coisas as quais acima de tudo desejamos que todos os alunos nesta faculdade atendam, a saber: o culto a Deus, o crescimento da fé e a probidade da conduta” Sunday, 9 February, 14
  60. 60. Regulamentos do Harvard College “Que todo estudante seja claramente instruído e seriamente forçado a considerar bem que o fim da sua vida e de seus estudos é conhecer Deus e Jesus Cristo, que é a vida eterna e, portanto, pôr Cristo na base, como o único fundamento de todo conhecimento e sã doutrina.” Sunday, 9 February, 14
  61. 61. “Os puritanos foram para os protestantes o que os contemplativos e ascetas foram para a igreja medieval…. Enquanto os monges buscavam a santidade nos mosteiros, os puritanos a buscavam em todo o lugar - casa, escolas, prefeitura, comércio como na igreja.” E. Glen Hinson Sunday, 9 February, 14
  62. 62. 1. Um grande desejo pelo céu e pela santidade Pela fé, peregrinou na terra da promessa como em terra alheia…, porque aguardava a cidade que tem fundamentos, da qual Deus é o arquiteto e edificador. Mas, agora, aspiram a uma pátria superior, isto é, celestial… (Hb. 11:9, 10 e 16) Sunday, 9 February, 14
  63. 63. "Uma pessoa espiritual ama as coisas santas pela mesma razão que a não espiritual as odeia - e o que uma pessoa não espiritual odeia nas coisas espirituais é precisamente sua santidade! Sunday, 9 February, 14
  64. 64. Assim também, é a santidade das coisas santas que uma pessoa espiritual ama. Vemos isso nos santos e nos anjos no céu… O que cativa suas mentes e corações é a glória e a beleza da santidade de Deus. E assim como é nos céus, assim também deveria ser na terra…" Jonathan Edwards Sunday, 9 February, 14
  65. 65. Desejo pelo Ce!u O! meu Senhor, Que eu possa chegar onde os meios de graça cessam e eu na"o necessite mais jejuar, orar, lamentar e vigiar, ser tentado, assistir a# pregaça"o e fazer uso dos sacramentos; onde nada se corrompe, onde na"o ha! afliça"o, tristeza, pecado, morte, separaça"o, la!grimas, rosto pa!lido, corpo desfalecido, juntas doloridas, infância fra!gil, Sunday, 9 February, 14
  66. 66. decrepitude, inclinaça!o para o pecado, enfermidade que definha, temores que aprisionam, cuidados que consomem; onde ha" perfeiça!o pessoal; onde quanto mais perfeita e" a visa!o, mais bonito e" o que se vê, quanto melhor o apetite, mais doce e" o alimento, quanto mais musical a audiça!o, mais agrada"vel e" a melodia, quanto mais completa a alma, mais plena e" a sua alegria, Sunday, 9 February, 14
  67. 67. onde ha! pleno conhecimento de ti. Aqui estou eu, uma formiga, e me vejo como num formigueiro; assim e! que me vês e a todos os meus semelhantes; E como uma formiga na"o pode saber quem sou e o que penso, assim tambe!m, aqui, na"o posso conhecer a ti claramente, Mas la! estarei junto a ti, habitarei com a tua fami!lia, permanecerei na tua sala de audiências, serei um herdeiro do teu reino, Sunday, 9 February, 14
  68. 68. como esposa de Cristo, como membro de seu corpo, um com aquele que e! um contigo, e usarei toda a capacidade de meu corpo e alma deleitando-me em ti. Como o louvor conve!m aos la!bios dos teus santos, ensina-me a exercitar esta da!diva divina, quando oro, leio, ouço, vejo, ajo, na presença do povo e dos meus inimigos, assim como espero, doravante, louvar-te eternamente. Traduça"o: Ma!rcio Santana Sobrinho Extraí!do de: The Valley of Vision: A Collection of Puritan Prayers & Devotions, Sunday, 9 February, 14
  69. 69. 2. Auto-exame e oração Sunday, 9 February, 14
  70. 70. 2. Auto-exame e oração Resolvi inquirir todas as noites, ao deitarme, onde e em quais circunstancias fui negligente, que atos cometi e onde me pude negar a mim mesmo. Também farei o mesmo no fim de cada ano, mês e semana. Jonathan Edwards (Dezembro de 1722) Sunday, 9 February, 14
  71. 71. "Oração é um sincero, sensível e afeiçoado derramar do coração ou alma a Deus, através de Cristo, no poder e assistência do Espírito Santo; tais coisas, como Deus tem prometido, ou de acordo com a sua Palavra, existem para o bem da Igreja, com submissão, em fé para com a vontade de Deus." John Bunyan (1628-1688) Sunday, 9 February, 14
  72. 72. “A oração estimula todas as graças a que produzam o fruto da santidade, e assim enfraqueçam o poder do pecado. A alma do crente jamais alcança uma determinação de espírito maior do que quando em oração. É na oração que na alma cresce o amor e o deleite na santidade. ” John Owen Sunday, 9 February, 14
  73. 73. 3. Bíblia e culto “A regra de acordo com a qual a consciência deve proceder é o que Deus tem revelado nas Sagradas Escrituras” Cotton Mather (1663-1728) Sunday, 9 February, 14
  74. 74. “Para os puritanos, a Bíblia era realmente a mais preciosa possessão no mundo. Suas mais profundas convicções eram que a reverência a Deus leva a reverência à Bíblia, e que servir a Deus significa obedecer à Bíblia… Sunday, 9 February, 14
  75. 75. não pode haver insulto maior ao Criador do que negligenciar sua Palavra escrita; e, por outro lado, não pode haver um mais autêntico ato de homenagem a Deus do que prezar a Bíblia e estudá-la cuidadosamente, e então vivenciar os seus ensinamentos e anunciá-los. J. I. Packer Sunday, 9 February, 14
  76. 76. O que é obscuro deve ser interpretado à luz do que é claro. Sunday, 9 February, 14
  77. 77. O que é obscuro deve ser interpretado à luz do que é claro. Ambiguidades periféricas devem ser interpretadas em harmonia com certezas fundamentais Sunday, 9 February, 14
  78. 78. “Não há nada nem qualquer condição que sobrevenha a um cristão nesta vida para a qual não haja uma regra geral na Escritura, e esta regra é reforçada pelo exemplo, porque esse é um conhecimento prático” Richard Sibbes Sunday, 9 February, 14
  79. 79. “Durante todo o nosso ministério, temos de insistir principalmente sobre as verdades primordiais, as verdades mais seguras e as verdades mais necessárias; e temos de ser mais escassos e esparsos nas demais verdades. Sunday, 9 February, 14
  80. 80. Há muitas outras coisas que são desejáveis de conhecermos; algumas, porém, têm de ser conhecidas, pois, de outro modo, o nosso povo ficará despreparado para sempre.” Richard Baxter (1615-1691) Sunday, 9 February, 14
  81. 81. “…é um instituição sagrada e divina; portanto devemos receber e acolher como um privilégio e um benefício, e não como um peso e uma obrigação. Primeiro, Deus nunca pretendeu que este dia fosse uma imposição sobre nós…. Sunday, 9 February, 14
  82. 82. Segundo, estabeleceu este dia para que fosse uma ganho para nós, portanto devemos aproveitá-lo da melhor forma possível. Deus tem o maior interesse em nossas almas. Sunday, 9 February, 14
  83. 83. O dia do Senhor foi criado para ser um dia de descanso apenas no sentido de ser um dia dedicado ao trabalho santo, um dia de comunhão com Deus, de louvor e ações de graças; Sunday, 9 February, 14
  84. 84. um dia para descansar do trabalho do mundo e nos dedicar, de forma pública e privada, ao culto e serviço a Deus… Veja que bom Mestre nós servimos, cujos mandamentos são para o nosso bem.” Matthew Henry (1662-1714) Sunday, 9 February, 14
  85. 85. Era um dia de trabalho e não de ócio Sunday, 9 February, 14
  86. 86. Era um dia de trabalho e não de ócio Não era um dia de tédio, mas de alegria Sunday, 9 February, 14
  87. 87. Era um dia de trabalho e não de ócio Não era um dia de tédio, mas de alegria Era um meio de graça Sunday, 9 February, 14
  88. 88. “Através de uma estrita e diligente observação, tenho descoberto que a devida observância dos deveres do dia do Senhor sempre é acompanhada por uma bênção sobre o resto do meu tempo, e que a semana assim iniciada tem sido abençoada e próspera para mim…” Matthew Hale (1609-1676) Sunday, 9 February, 14
  89. 89. “Devemos levantar-nos na manhã de domingo com tempo suficiente para prepararmos o coração, a fim de louvar, orar e ouvir a pregação da Palavra de Deus, Sunday, 9 February, 14
  90. 90. pois se chegarmos abruptamente na casa do Senhor, depois de termos brigado ou discutido, ou assim que sairmos da cama… a Palavra será cansativa e servirá somente para endurecer mais ainda os nossos corações” John Dod (1549-1645) Sunday, 9 February, 14
  91. 91. Confissão de pecados oração por perdão Salmo métrico Oração por iluminação Leitura da Escritura Sermão Sunday, 9 February, 14
  92. 92. Batismo e publicação de exclusões Oração longa e Pai Nosso Credo Apostólico Salmo métrico Benção (Araônica ou apóstolica) Sunday, 9 February, 14
  93. 93. 4. Comunhão e o “amigo do peito” Sunday, 9 February, 14
  94. 94. 4. Comunhão e o “amigo do peito” “Associe-se a pessoas santificadas, elas podem, pelo seu conselho, por suas orações, e santo exemplo, ser um meio de tornar-lhe santo. Como a comunhão dos santos está no nosso credo, assim deveria ser nossa companhia” Thomas Watson Sunday, 9 February, 14
  95. 95. “Para os puritanos, uma das coisas que você deveria fazer… era pedir ao Senhor que lhe desse pelo menos um ‘amigo do peito’, esta é uma expressão puritana… Sunday, 9 February, 14
  96. 96. Alguém para quem você possa dizer qualquer coisa; alguém a quem você possa compartilhar qualquer coisa; alguém em quem você possa confiar para orar por você e se preocupar com você.” J. I. Packer Sunday, 9 February, 14
  97. 97. Aprendendo com os gigantes do passado Espiritualidade e ética na tradição puritana Sunday, 9 February, 14
  98. 98. Puritanos: trabalho, dinheiro e sociedade Sunday, 9 February, 14
  99. 99. “Dois modos de vida foram dados pela lei de Cristo à sua igreja. Um está acima da natureza e além do viver humano comum… Inteira e permanentemente separado da vida habitual comum da humanidade, dedica-se somente ao serviço de Deus… Tal é então a forma perfeita de vida cristã. Sunday, 9 February, 14
  100. 100. E outro, mais humilde, mais humano, permite aos homens… ter mentalidade para a lavoura, para o comércio e os outros interesses mais seculares do que a religião… E um tipo de grau secundário de piedade é atribuído a eles.” Eusébio (263-339) Sunday, 9 February, 14
  101. 101. “É um erro que aqueles que fogem dos afazeres do mundo e engajam-se em contemplação estão vivendo uma vida angélica…. Sunday, 9 February, 14
  102. 102. Sabemos que os homens foram criados para ocuparem-se com o trabalho e que nenhum sacrifício é mais agradável a Deus do que quando cada um atende ao seu chamado e procura viver completamente em prol do bem comum.” João Calvino (1509-1564) Sunday, 9 February, 14
  103. 103. Vocação e chamado Sunday, 9 February, 14
  104. 104. Vocação e chamado “Vocação diz respeito à realidade da vida do cristão no mundo. É o espaço onde, através do trabalho, a verdadeira espiritualidade é vivida” (William Perkins 1568-1602) Sunday, 9 February, 14
  105. 105. “Uma vocação ou chamado é um certo tipo de vida, ordenado e imposto ao homem por Deus, para o bem comum… Toda pessoa, de todo grau, estado, sexo ou condição, sem exceção, deve ter algum chamado pessoal e particular em que caminhar.” William Perkins (1558-1602) Sunday, 9 February, 14
  106. 106. “Deus chama todo homem e mulher… para servi-lo em algum emprego peculiar neste mundo, tanto para o seu próprio bem, como para o bem comum…” Richard Steele (1672-1729) Sunday, 9 February, 14
  107. 107. "o principal fim das nossas vidas... é servir a Deus no serviço aos homens nos afazeres de nossos chamados... Alguns homens talvez dirão: O quê, não devemos labutar nos nossos chamados para manter nossas famílias? Sunday, 9 February, 14
  108. 108. Respondo: Isto deve ser feito: mas este não é o escopo e a finalidade de nossas vidas. A verdadeira finalidade de nossas vidas é prestar serviço a Deus no serviço ao homem” William Perkins (1558-1602) Sunday, 9 February, 14
  109. 109. “Devemos labutar não para o nosso próprio benefício, mas para o benefício dos outros.” John Preston (1587-1628) Sunday, 9 February, 14
  110. 110. “A finalidade do trabalho é obedecer a Deus e fazer bem aos outros.” Richard Baxter (1615-1691) Sunday, 9 February, 14
  111. 111. “A finalidade do trabalho é obedecer a Deus e fazer bem aos outros.” Richard Baxter (1615-1691) “O bem estar público, ou o bem da maioria, deve ser valorizado acima do nosso…” Richard Baxter (1615-1691) Sunday, 9 February, 14
  112. 112. A escolha da vocação “Escolha aquele emprego ou chamado no qual você pode ser mais útil a Deus. Não escolha aquele no qual você possa ser mais rico ou ilustre no mundo, mas aquele no qual possa fazer maior bem, e melhor escapar de pecar.” Richard Baxter (1615-1691) Sunday, 9 February, 14
  113. 113. “Quando dois chamados igualmente conduzem ao bem público, e um deles tem a vantagem das riquezas e o outro é mais vantajoso à alma, o último deve ser preferido.” Richard Baxter (1615-1691) Sunday, 9 February, 14
  114. 114. “Profanam suas vidas e chamados os que os aplicam à aquisição de honras, prazeres, benefícios, comodidades no mundo, etc., pois assim vivemos para outro fim diferente do que Deus indicou, e desse modo servimos a nós mesmos, e, por conseguinte, nem servimos a Deus nem aos homens.” William Perkins (1558-1602) Sunday, 9 February, 14
  115. 115. O pecado da preguiça Sunday, 9 February, 14
  116. 116. O pecado da preguiça “É suíno e pecaminoso não trabalhar.” Richard Baxter (1615-1691) Sunday, 9 February, 14
  117. 117. O pecado da preguiça “É suíno e pecaminoso não trabalhar.” Richard Baxter (1615-1691) “A ociosidade é a própria ferrugem e o câncer da alma.” Robert Bolton (1572-1631) Sunday, 9 February, 14
  118. 118. “Deus, que fez nosso primeiro pai, mesmo em inocência,…trabalhar, não permitiria algum de sua posteridade pecadora levar a vida na ociosidade… O homem nasce para trabalhar arduamente, com o corpo ou mente…” William Perkins (1558-1602) Sunday, 9 February, 14
  119. 119. “Isso é uma coisa maravilhosa, que o Salvador do mundo, e o Rei acima de todos os reis, não se envergonhou de labutar; sim, e de usar tão simples ocupação. Aqui ele santificou todas as espécies de ocupações.” Hugh Latimer Sunday, 9 February, 14
  120. 120. “Aquele que lhe emprestou talentos, também disse: ‘ocupe-se até que eu venha!’ Como é que passa o dia ocioso?… Seu ofício é sua própria província.” Richard Steele Sunday, 9 February, 14
  121. 121. “Aquele que lhe emprestou talentos, também disse: ‘ocupe-se até que eu venha!’ Como é que passa o dia ocioso?… Seu ofício é sua própria província.” Richard Steele “Oh, que todo cristão ande com Deus quando trabalha no seu chamado, aja na sua ocupação com a vista em Deus, aja sob a vista de Deus.” Cotton Mather Sunday, 9 February, 14
  122. 122. “Um verdadeiro crente…vive na sua vocação pela sua fé. Não apenas minha vida espiritual mas também minha vida civil neste mundo, e toda a vida que vivo, é pela fé no Filho de Deus. Ele não isenta qualquer parta da vida da agência da fé.” John Cotton Sunday, 9 February, 14
  123. 123. “Você deve lidar com as coisas no mundo e não se corromper por elas, tendo afeições puras, mas quando você tem cobiça desordenada por qualquer coisa, então ela profana seu espírito.” John Preston Sunday, 9 February, 14
  124. 124. “Um cristão deveria ser capaz de prestar boa conta, não somente do que é sua ocupação, mas também do que é na sua ocupação. Não é bastante um crente ter uma ocupação; ele deve cuidar de sua ocupação como convém a um crente.” Cotton Mather Sunday, 9 February, 14
  125. 125. “Há outra combinação de virtudes estranhamente misturada em cada santo e vivaz cristão, e isso é diligência em negócios do mundo e, no entanto, indiferença ao mundo; tal mistério ninguém pode decifrar senão aqueles que o conhecem… Sunday, 9 February, 14
  126. 126. Embora trabalhe muito diligentemente no seu chamado, entretanto seu coração não está posto nestas coisas; ele pode dizer o que fazer com o seu patrimônio, quando o tiver adquirido.” John Cotton Sunday, 9 February, 14
  127. 127. Duas formas de ver o trabalho riqueza Trabalho (secular) segurança conforto glória de Deus Trabalho (puritanos) dignidade humana promover o bem social Sunday, 9 February, 14
  128. 128. Riqueza e pobreza Sunday, 9 February, 14
  129. 129. Riqueza e pobreza “As riquezas não são evidências do amor de Deus, assim também a pobreza não é de sua ira.” Samuel Willard (1640-1707) Sunday, 9 February, 14
  130. 130. Riqueza e pobreza “As riquezas não são evidências do amor de Deus, assim também a pobreza não é de sua ira.” Samuel Willard (1640-1707) “Tanto a pobreza como a riqueza tem suas tentações… e dos dois estados,… as tentações das riquezas são as mais perigosas.” Richard Baxter Sunday, 9 February, 14
  131. 131. “É coisa rara ver homens que têm as maiores vantagens visíveis… serem muito zelosos por Deus.” Samuel Willard Sunday, 9 February, 14
  132. 132. “É coisa rara ver homens que têm as maiores vantagens visíveis… serem muito zelosos por Deus.” Samuel Willard “Consideremos o que moveu Judas a trair seu Mestre: a saber, o desejo de riqueza.” William Perkins Sunday, 9 February, 14
  133. 133. “É coisa rara ver homens que têm as maiores vantagens visíveis… serem muito zelosos por Deus.” Samuel Willard “Consideremos o que moveu Judas a trair seu Mestre: a saber, o desejo de riqueza.” William Perkins “É mais difícil crer tendo abundância de recursos mundanos, do que na carência deles.” Richard Greenham Sunday, 9 February, 14
  134. 134. “Quando os homens prosperam no mundo, suas mentes são elevadas com seus patrimônios, e mal podem crer que são tão ruins, quando eles mesmos sentem-se tão bem.” Richard Baxter (1615-1691) Sunday, 9 February, 14
  135. 135. “Do orgulho dos homens ricos em si mesmos, nasce normalmente o desprezo pelos outros, especialmente pelo pobre.” John Robinson (1575-1625) Sunday, 9 February, 14
  136. 136. “Do orgulho dos homens ricos em si mesmos, nasce normalmente o desprezo pelos outros, especialmente pelo pobre.” John Robinson (1575-1625) “A religião gerou a prosperidade e a filha devorou a mãe.” Cotton Mather (1663-1728) Sunday, 9 February, 14
  137. 137. “O estado médio deve ser preferido bem antes da maior prosperidade… preservanos do esquecimento de Deus, da ausência de religião e da impureza.” John Downame (1571-1652) Sunday, 9 February, 14
  138. 138. “A vida de luxo é a riqueza mais do que necessária à natureza e a pessoa. É uma faca nas mãos de uma criança, pronta para ferir se não for tomada.” William Perkins (1558-1602) Sunday, 9 February, 14
  139. 139. Cuidado demasiado com seus desejos e assuntos mundanos Sunday, 9 February, 14
  140. 140. Cuidado demasiado com seus desejos e assuntos mundanos Descontentamento Sunday, 9 February, 14
  141. 141. Cuidado demasiado com seus desejos e assuntos mundanos Descontentamento Cobiça Sunday, 9 February, 14
  142. 142. Cuidado demasiado com seus desejos e assuntos mundanos Descontentamento Cobiça Inveja dos ricos Sunday, 9 February, 14
  143. 143. Cuidado demasiado com seus desejos e assuntos mundanos Descontentamento Cobiça Inveja dos ricos Negligência de deveres espirituais Sunday, 9 February, 14
  144. 144. Cuidado demasiado com seus desejos e assuntos mundanos Descontentamento Cobiça Inveja dos ricos Negligência de deveres espirituais Negligência da santa educação dos seus filhos Sunday, 9 February, 14
  145. 145. A finalidade do dinheiro Sunday, 9 February, 14
  146. 146. A finalidade do dinheiro “O dinheiro existe para a glória de Deus e o bem de outros.” Edward Browne Sunday, 9 February, 14
  147. 147. A finalidade do dinheiro “O dinheiro existe para a glória de Deus e o bem de outros.” Edward Browne “As riquezas podem nos capacitar a aliviar nossos irmãos carentes, e a promover boas obras para a igreja e o estado.” Richard Baxter Sunday, 9 February, 14
  148. 148. “A questão é como usam aquilo pelo que trabalham tão arduamente e economizam tão frugalmente. Se o usam para Deus e para fins caritativos, homem algum há que tome curso mais certo.” Richard Baxter (1615-1691) Sunday, 9 February, 14
  149. 149. “Devemos usar de tal modo os bens que temos, que o uso e posse deles devem tender à glória de Deus e a salvação de nossas almas… Nossas riquezas devem ser empregadas em usos necessários. Vem primeiro, a manutenção de nosso bom estado e condição. Sunday, 9 February, 14
  150. 150. Em segundo lugar, o bem dos outros, especialmente daqueles que são de nossa família e parentesco… Em terceiro, a assistência aos pobres… Em quarto, a manutenção da Igreja de Deus, e a verdadeira religião… Em quinto lugar, a manutenção da comunidade.” William Perkins (1558-1602) Sunday, 9 February, 14
  151. 151. “Devemos, portanto, pensar que quando tratamos de comprar e vender, tratamos de testemunhar do nosso amor para com o nosso próximo, pelo nosso lidar bem com ele a respeito de seus bens.” John Knewstub (1544-1624) Sunday, 9 February, 14
  152. 152. Ação Social Sunday, 9 February, 14
  153. 153. Ação Social “Deus imprimiu a sua imagem em nós e nos deu uma natureza comum que deveria nos incitar a prover um para o outro. O homem que deseja se isentar de prover para o seu próximo deveria se desfigurar e declarar que ele já não deseja ser um homem, Sunday, 9 February, 14
  154. 154. porque enquanto nós formos criaturas humanas, devemos contemplar como em um espelho nossa face nesses que são pobres, menosprezados, exauridos, que gemem sob seus fardos… Sunday, 9 February, 14
  155. 155. Se nos vem algum mouro ou bárbaro, posto que ele é um homem, ele traz um espelho no qual nós podemos contemplar que ele é nosso irmão e nosso próximo, porque não podemos abolir a ordem da natureza que Deus estabeleceu como inviolável.” João Calvino (1509-1564) Sunday, 9 February, 14
  156. 156. “Um fim principal de todas as nossas ações sociais, empregos políticos e empreendimentos tangíveis em nossos chamados particulares, deve ser dar aos pobres.” Richard Bernard (1568-1641) Sunday, 9 February, 14
  157. 157. “Quaisquer ganhos acima de uma justa manutenção patrimonial deve ir diretamente para o bem dos outros,… o alívio do pobre, … a manutenção da igreja.” William Perkins (1558-1602) Sunday, 9 February, 14
  158. 158. “Quaisquer ganhos acima de uma justa manutenção patrimonial deve ir diretamente para o bem dos outros,… o alívio do pobre, … a manutenção da igreja.” William Perkins (1558-1602) “Homens ricos deveriam guardar para si mesmos não mais do que necessitam, e dar aos pobres tanto quanto eles necessitam.” Thomas Lever (1521-1577) Sunday, 9 February, 14
  159. 159. “Certamente, se os homens fossem cuidadosos em reformar a si mesmos primeiro, e então suas próprias famílias, veriam as múltiplas bênçãos de Deus na nossa terra e sobre a igreja e a comunidade. Sunday, 9 February, 14
  160. 160. Pois de pessoas particulares, vêm famílias; de famílias, cidades; de cidades, províncias; e de províncias, regiões inteiras.” Richard Greenham Sunday, 9 February, 14
  161. 161. “Esta é a melhor caridade, aliviar os pobres ao fornecer-lhes trabalho. Beneficia ao doador tê-los a trabalhar; beneficia a comunidade não sofrer parasitismos, nem nutrir qualquer ociosidade; beneficia aos próprios pobres.” Sunday, 9 February, 14
  162. 162. “É uma regra na igreja manter a igualdade entre os cristãos. Pois, embora de acordo com o nosso primeiro nascimento…há grande desigualdade… entretanto, de acordo com nosso novo ou segundo nascimento, pelo qual somos nascidos de Deus, há exata igualdade, pois aqui não há melhor ou pior, maior ou menor.” William Dell (1607-1669) Sunday, 9 February, 14
  163. 163. Aprendendo com os gigantes do passado Relacionamento conjugal Sunday, 9 February, 14
  164. 164. “A mulher é um defeito da natureza, uma espécie de homenzinho defeituoso e mutilado. Se nasceu mulher deve-se a um defeito do esperma ou a ventos úmidos.” São Tomás de Aquino (1225-1274) Sunday, 9 February, 14
  165. 165. "Mulheres não deveriam ser educadas ou ensinadas de nenhum modo. Deveriam, na verdade, ser segregadas já que são causa de horrendas e involuntárias ereções em santos homens". (Santo Agostinho) Sunday, 9 February, 14
  166. 166. “A mulher é um verdadeiro diabo, uma inimiga da paz, uma fonte de impaciência, uma ocasião de disputa das quais o homem deve manter-se afastado se quer estar em tranquilidade” Francisco Petrarca - poeta italiano sec. XIV Sunday, 9 February, 14
  167. 167. “Muito verdadeiro é que as mulheres são, como os homens, criaturas racionais e têm aptidão flexível, tanto para o bem como para o mal.” Robert Cleaver Sunday, 9 February, 14
  168. 168. “O casamento foi ordenado por Deus, e isso não neste mundo pecaminoso, mas no Paraíso, aquele mais alegre jardim de prazer.” Thomas Becon (1511-1567) Sunday, 9 February, 14
  169. 169. “Não há sociedade mais próxima, mais inteira, mais necessária, mais gentil, mais agradável, mais confortável, mais constante, mais contínua, do que a sociedade homem e mulher, a principal raiz, fonte e padrão de todas as outras sociedades.” Thomas Gataker (1574-1654) Sunday, 9 February, 14
  170. 170. “O casamento é uma das maiores bênçãos exteriores que o homem goza no mundo.” Thomas Gataker Sunday, 9 February, 14
  171. 171. “O matrimônio é uma alta, santa e abençoada ordem de vida, ordenada não pelo homem, mas por Deus,… no qual um homem e uma mulher são unidos e entretecidos numa carne e corpo no temor e amor de Deus, Sunday, 9 February, 14
  172. 172. pelo livre, amável, entusiástico e bom consentimento de ambos, com a intenção de que os dois habitem juntos como uma carne e corpo, e uma mente e vontade, em toda honestidade, virtude e santidade, Sunday, 9 February, 14
  173. 173. e passem suas vidas a compartilhar igualmente de todas as coisas quantas Deus lhes enviará, com ação de graças.” Thomas Becon (1511-1567) Sunday, 9 February, 14
  174. 174. “A mulher foi feita de uma costela tirada do lado de Adão. Não foi feita de sua cabeça, para dominá-lo; nem de seus pés, para ser pisada por ele; mas de seu lado, para ser igual a ele, para ser protegida pelo seu braço; e de perto de seu coração, para ser amada.” Matthew Henry (1662-1714) Sunday, 9 February, 14
  175. 175. “O matrimônio foi ordenado para o mútuo auxílio de marido e mulher, para a propagação da raça humana por uma sucessão legítima e da Igreja por uma semente santa, e para impedir a impureza.” Confissão de Fé de Westminster - XXIV-II (1643-1649) Sunday, 9 February, 14
  176. 176. “O realismo de suas afirmações sobre a afeição matrimonial originou-se do fato de que eles recorreram à Bíblia para entenderem esse relacionamento; ao livro de Gênesis, quanto à sua instituição; à epístola aos Efésios, quanto ao seu pleno significado; ao livro de Levítico, quanto à sua higiene; Sunday, 9 February, 14
  177. 177. ao livro de Provérbios, quanto à sua administração; a diversos livros do Novo Testamento, quanto à sua ética; e a Ester, Rute e Cantares de Salomão, quanto a ilustrações e amostras do matrimônio ideal.” J. I. Packer Sunday, 9 February, 14
  178. 178. “É sinal de misericórdia termos uma amiga fiel que nos ame inteiramente… diante de quem podemos abrir nossa mente e comunicar-lhe nossos problemas… Sunday, 9 February, 14
  179. 179. É uma misericórdia ter uma amiga tão próxima que nos ajude em nossa alma… para despertar em nós a graça de Deus.” Richard Baxter (1615-1691) Sunday, 9 February, 14
  180. 180. “Uma boa esposa é tal dom que poderíamos considerar de Deus somente, e aceitá-lo como se ele nos enviasse um presente do céu com seu nome nele - O dom de Deus.” Henry Smith (1560-1591) Sunday, 9 February, 14
  181. 181. “O amor conjugal é, por muitas vezes, uma obra secreta de Deus, ligando o coração de uma pessoa a outra; e assim, quando esse poderoso ímã atrai um ao outro, nenhuma outra pergunta precisa ser feita, mas aceita-se que tal homem e tal mulher foram feitos, no céu, um para o outro, e que Deus mesmo os uniu.” Daniel Rogers (1573-1652) Sunday, 9 February, 14
  182. 182. “O amor de um marido por sua mulher deve ser o mais íntimo, precioso e completo que um coração possa dirigir a uma criatura; nenhum exceto o amor de Deus… está acima dele, nenhum exceto o amor por nós mesmos é companheiro dele, todo o amor pelos outros é inferior a ele.” John Wing (1584-1630) Sunday, 9 February, 14
  183. 183. “A união física é um dos mais apropriados e essenciais atos do casamento… pessoas casadas deveriam engajar-se no sexo de boa vontade e com prazer, voluntariamente, prontamente e jubilosamente.” William Gouge (1575-1653) Sunday, 9 February, 14
  184. 184. “nem marido nem mulher podem, sem sério pecado, negar relação sexual ao outro.” William Whately (1583-1639) Sunday, 9 February, 14
  185. 185. “Assim, um marido deve demonstrar amor à sua mulher de modo constante, consciente e espontâneo - o que, para os Puritanos, significava um ágape erótico de um matrimônio romântico - e a mulher deve amar a seu marido com a mesma intensidade.” J. I. Packer (1926-) Sunday, 9 February, 14
  186. 186. Deveres mútuos dos maridos e esposas Richard Baxter Sunday, 9 February, 14
  187. 187. Deveres mútuos dos maridos e esposas Richard Baxter “Pessoas egoístas e não piedosas sempre entram em todo o tipo de relacionamento com o desejo de serem servidas e de gratificar suas próprias carnes sem conhecer ou se importar com aquilo que é requerido delas. Sunday, 9 February, 14
  188. 188. Seu desejo é pela honra, lucro, ou prazer que seu relacionamento lhe proverá e não por aquilo que Deus e homem requerem ou esperam delas. Suas mentes preocupam-se apenas com aquilo que elas podem ter e não com aquilo que elas devem ser ou fazer. Sunday, 9 February, 14
  189. 189. Elas sabem o que elas querem que outros façam por elas, mas pouco se importam com o dever que elas têm para com outros. É dessa maneira que muitos maridos e esposas se comportam. Sunday, 9 February, 14
  190. 190. Deveríamos estar muito interessados em saber quais são os deveres dos nossos relacionamentos. E como nós podemos agradar a Deus em nossos relacionamentos.” Richard Baxter (1615-1691) - os deveres mútuos dos maridos e esposas Sunday, 9 February, 14
  191. 191. Algumas diretrizes para manter o amor (Richard Baxter - Baxter’s Practical Works, A Christian Directory) 1. Em primeiro lugar, escolha um bom cônjuge. Um cônjuge que seja verdadeiramente bom e gentil. Cheio de virtude e santidade ao Senhor. Sunday, 9 February, 14
  192. 192. 2. Não se case até que você esteja certo de que você o ama completamente. Sunday, 9 February, 14
  193. 193. 2. Não se case até que você esteja certo de que você o ama completamente. 3. Não seja muito apressado, mas saiba de antemão todas as imperfeições que podem tentar você a desprezar o seu futuro cônjuge. Sunday, 9 February, 14
  194. 194. 4. Lembre-se que a justiça ordena você a amar aquele que abandonou o mundo inteiro por você. Alguém que se contentou em ser companheiro em seus trabalhos e sofrimentos e em compartilhar todas as coisas com você, e esse deve ser seu companheiro até a morte. Sunday, 9 February, 14
  195. 195. 5. Lembre-se que as mulheres são naturalmente criaturas carinhosas e passionais e assim como elas amam muito, elas esperam muito amor de você. Sunday, 9 February, 14
  196. 196. 6. Lembre-se que você está debaixo do mandamento do Senhor; e negar amor conjugal a sua mulher é negar uma obrigação que Deus impôs enfaticamente sobre você. Obediência, portanto, exige o seu amor. Sunday, 9 February, 14
  197. 197. 7.Lembre-se que vocês são “uma só carne;” você a atraiu para abandonar pai e mãe, e para unir-se a você. Sunday, 9 February, 14
  198. 198. 7.Lembre-se que vocês são “uma só carne;” você a atraiu para abandonar pai e mãe, e para unir-se a você. 8. Preste mais atenção nas coisas boas de suas esposas do que nos seus defeitos. Não permita que a identificação de suas falhas faça você esquecer ou ignorar suas virtudes. Sunday, 9 February, 14
  199. 199. 9. Não provoque o mal em suas esposas, mas encorajem-nas a viver o que há de melhor nelas. Sunday, 9 February, 14
  200. 200. 10. Vençam-nas com amor; e então elas serão amorosas com vocês, e consequentemente serão amáveis. Amor provocará amor assim como fogo provoca mais fogo. Um marido bom é a melhor maneira de se fazer uma esposa boa e amorosa. Sunday, 9 February, 14
  201. 201. 11. Vivam diante delas a vida de um cristão prudente, humilde, amoroso, manso, abnegado, paciente, inofensivo, santo, e celestial. Sunday, 9 February, 14
  202. 202. Diretrizes para evitar dissensões (Richard Baxter) Sunday, 9 February, 14
  203. 203. Diretrizes para evitar dissensões (Richard Baxter) 1. Unidade é um dever requerido na sua união matrimonial. Será que você não pode concordar com a sua própria carne? Sunday, 9 February, 14
  204. 204. 2. Divisões com o seu cônjuge vão trazer dor e aborrecimento a todas as áreas da sua vida… assim como você não quer se cortar e é rápido em cuidar de suas próprias feridas, da mesma forma você deve observar qualquer quebra na paz do seu casamento e rapidamente buscar resolvê-la. Sunday, 9 February, 14
  205. 205. 3. Brigas esfriam o amor, brigas fazem o seu cônjuge ser alguém não desejável pra você na sua mente. Machucar é afastar; estar ligado pelos vínculos do casamento enquanto os seus corações estão afastados é um tormento. Ser internamente adversários, enquanto por fora são marido e mulher, transforma sua casa e prazer numa prisão. Sunday, 9 February, 14
  206. 206. 4. Dissensões entre marido e esposa dividem toda a vida familiar; são como bois em jugo desigual, nenhum trabalho pode ser feito com a briga de um com o outro. Sunday, 9 February, 14
  207. 207. 5. Isto também te torna inadequado para o culto ao Senhor; vocês não podem orar juntos nem discutir coisas espirituais juntos, nem podem servir como auxiliadores da alma um do outro. Sunday, 9 February, 14
  208. 208. 6. Dissensões torna impossível uma boa gerência da casa. Sunday, 9 February, 14
  209. 209. 6. Dissensões torna impossível uma boa gerência da casa. 7. Essas dissensões vão te expor às malícias de Satanás, e dará a ele vantagem para muitas e muitas tentações. Sunday, 9 February, 14
  210. 210. 8. Mantenha vivo o amor um pelo outro. Ame o seu cônjuge afetuosa e calorosamente. O amor irá subjugar a raiva; você não pode ficar amargurado com as pequenas coisas de alguém que você ama tanto; muito menos falará palavras duras, indiferentes ou qualquer outra forma de ofensa. Sunday, 9 February, 14
  211. 211. 9. Tanto o marido quanto a esposa devem mortificar o orgulho e o sentimento egoísta. São esses sentimentos que causam intolerância e insensibilidade. Você deve orar e lutar por um espírito humilde, manso e tranquilo. Um coração orgulhoso é incomodado e provocado por qualquer palavra que parece atacar a sua autoestima. Sunday, 9 February, 14
  212. 212. 10. Não esqueçam que vocês dois são pessoas doentes, cheias de debilidades; e, portanto, esperem os frutos dessa enfermidade um no outro; e não se assustem com isso, como se vocês já não soubessem disso. Decida ser paciente um com o outro; lembrando que você casou com alguém pecaminoso, fraco e imperfeito, e não alguém como anjos, sem pecado e perfeito. Sunday, 9 February, 14
  213. 213. 11. Lembrem-se que vocês ainda são uma só carne; e, portanto, não fiquem mais ofendidos com as palavras e fracassos do outro do que você ficaria se eles fossem seus. Tenha tamanho ódio e desgosto pelo pecado, quanto deseja curar a ferida; mas não a ponto de inflamar e irritar a outra parte. Isso vai transformar raiva em compaixão, e te fará administrar o cuidado para a cura. Sunday, 9 February, 14
  214. 214. 12. Façam previamente um acordo que quando um estiver pecaminosamente irado e irritado, o outro irá silenciosamente e gentilmente suportá-lo até que ele volte à sanidade. Sunday, 9 February, 14
  215. 215. 13. Tenham os olhos no futuro e lembremse que vocês devem viver juntos até a morte, e devem ser companheiros e o conforto um do outro enquanto viverem; aí vocês verão o quão absurdo é discordar e aborrecer um ao outro. Sunday, 9 February, 14
  216. 216. 14. Quando você agir pecaminosamente contra seu cônjuge, confesse e peça perdão um ao outro, e orem pedindo perdão a Deus; e isso agirá como um preventivo na próxima vez, pois você certamente se envergonhará de fazer aquilo que confessou e pediu perdão a Deus e ao próximo. Sunday, 9 February, 14
  217. 217. O cuidado espiritual dos cônjuges Sunday, 9 February, 14
  218. 218. O cuidado espiritual dos cônjuges Quando vocês negligenciam a alma um do outro, não demonstram amor… Então vocês têm que saber que seu grande cuidado e ocupação é cuidar dessas almas para a vida eterna. Portanto, se seu amor não ajuda um ao outro naquilo que deveria ser sua preocupação principal, ele é de pouco valor e de pouco uso…. Sunday, 9 February, 14
  219. 219. Um amor inútil ou improdutivo, é um amor sem valor, superficial, pueril, indesejado e os ajudará nas coisas insignificantes e infantis. Você ama sua esposa e a deixará no poder de Satanás, ou não ajudará a salvar sua alma?… Antes deixar que seja condenada do que se empenhar pela sua salvação? Nunca diga que a ama, se você não se esforça pela sua salvação. Sunday, 9 February, 14
  220. 220. Considerem também que se vocês negligenciam suas almas, que inimigos vocês são um do outro, e como vocês estão se preparando para suas aflições perpétuas! Quando deveriam estar se preparando para sua feliz reunião no céu, vocês estão se preparando para o perpétuo horror. Sunday, 9 February, 14
  221. 221. Então, sem um momento de hesitação, determinem viver juntos como herdeiros do céu, e cada um seja um auxiliador para a alma do outro. Para ajudá-los neste santo propósito, eu lhes darei algumas orientações, que, se fielmente praticadas, podem fazê-los ser bênçãos especiais um ao outro: Sunday, 9 February, 14
  222. 222. 1. Antes que você possa ajudar a salvar a alma do seu cônjuge, tenha certeza quanto à sua própria salvação… Se você não tem nenhuma compaixão para com a sua própria alma e a venderá por um momento de tranqüilidade e prazer, então certamente você não tem nenhuma compaixão para com a alma do seu cônjuge. Sunday, 9 February, 14
  223. 223. 2. Aproveite toda oportunidade que sua proximidade provê, para estar falando seriamente um ao outro sobre os assuntos de Deus e a salvação de vocês. Discuta sobre as coisas deste mundo não mais do que o necessário.… Sunday, 9 February, 14
  224. 224. Conversem sobre o estado e dever de suas almas para com Deus, e de suas esperanças do céu… falem de maneira séria e sóbria, como se fossem aqueles que discutem as coisas mais importantes de todo o mundo. Sunday, 9 February, 14
  225. 225. 3. Mantenha aceso seu amor, não cultive a distância, que somente fará com que os conselhos e reprovações do outro sejam desprezados. Sunday, 9 February, 14
  226. 226. 3. Mantenha aceso seu amor, não cultive a distância, que somente fará com que os conselhos e reprovações do outro sejam desprezados. 4. Não desencoraje seu cônjuge a instruir você através de sua recusa em receber e aprender de suas correções. Sunday, 9 February, 14
  227. 227. 5. Ajudem-se mutuamente, através da leitura em conjunto de livros que convençam do pecado, perscrutem e apontem o caminho da vida. Os mais espirituais. Não desperdice o seu tempo com livros levianos, fracos e aguados. Sunday, 9 February, 14
  228. 228. Tenham as mesmas amizades com as pessoas mais santas. Isto não significa negligenciar seus deveres um com o outro, já que toda a ajuda possível pode ser mais eficaz. Sunday, 9 February, 14
  229. 229. 6. Não encubra o estado de suas almas, nem esconda suas faltas um do outro. Vocês são uma só carne, e deveriam ter um só coração; e da mesma forma como é perigoso para um homem ignorar o estado de sua própria alma, assim também é muito pesaroso que o marido ou a esposa ignorem as áreas em que o outro necessita de ajuda. Sunday, 9 February, 14
  230. 230. 7. Não sejam nem cegamente indulgentes, nem muito críticos com relação às faltas e ao estado do cônjuge, permitindo a Satanás transformar suas afeições em hostilidade. Sunday, 9 February, 14
  231. 231. 8. Unam-se em frequente e fervente oração. A oração força a mente à sobriedade, e move o coração com a presença e majestade de Deus. Também orem pelo outro quando vocês estão em secreto, pois Deus pode fazer aquilo que vocês mais desejam, no coração dos seus cônjuges. Sunday, 9 February, 14
  232. 232. 9. Ajudem um ao outro através de uma vida exemplar. Seja você, o que deseja que seu marido ou esposa seja; supere-se na mansidão, humildade, caridade, submissão, diligência, abnegação e paciência. Sunday, 9 February, 14
  233. 233. “Assim disse Eva: conjugal ternura Rutilando-lhe então nos olhos lindos, Ela se entrega a Adão e se lhe encosta, Com transporte submisso, puro e meigo, Sunday, 9 February, 14
  234. 234. Ao peito nu que ternamente abraça Jaz reclinada ali; somente a cobrem Das soltas tranças as douradas ondas: De deleites num mar ele nadando, Cativado de tanta formosura, Sunday, 9 February, 14
  235. 235. De tanta submissão, de afagos tantos, Com ar de superior está sorrindo, E uma vez e outra vez da esposa os lábios Com puros beijos docemente aperta.” John Milton - Paraíso Perdido (1608-1674) Sunday, 9 February, 14
  236. 236. Aprendendo com os gigantes do passado Família, filhos e educação Sunday, 9 February, 14
  237. 237. “Todo o cristão… deveria fazer tudo o que pudesse para promover a glória de Deus e o bem estar daqueles ao seu redor; e a boa ordem dos assuntos em famílias específicas tende a promover estas coisas.” Benjamim Wadsworth (1670-1737) Sunday, 9 February, 14
  238. 238. “O casamento foi feito…pelo próprio Deus, para ser uma fonte… de toda a sorte e tipos de vida na comunidade e na igreja.” William Perkins (1558-1602) Sunday, 9 February, 14
  239. 239. “Deus providenciou o casamento e a família para que os problemas infinitos que sobre nós recaem neste mundo possam ser aliviados com o conforto e ajuda um do outro.” Samuel Davies (1723-1761) Sunday, 9 February, 14
  240. 240. Cada família, uma igreja Sunday, 9 February, 14
  241. 241. Cada família, uma igreja “Marido e mulher têm a tarefa de erigir e estabelecer o reino glorioso de Cristo em sua casa.” Isaac Ambrose (1604-1664) Sunday, 9 February, 14
  242. 242. Cada família, uma igreja “Marido e mulher têm a tarefa de erigir e estabelecer o reino glorioso de Cristo em sua casa.” Isaac Ambrose (1604-1664) “Tais como são as famílias, tal tem de ser, afinal, a igreja e a comunidade.” James Fitch (1620-1702) Sunday, 9 February, 14
  243. 243. “Uma família cristã…é uma igreja…, uma sociedade de cristãos combinando-se para melhor adoração e o melhor serviço a Deus.” Richard Baxter (1615-1691) Sunday, 9 February, 14
  244. 244. “Uma família cristã…é uma igreja…, uma sociedade de cristãos combinando-se para melhor adoração e o melhor serviço a Deus.” Richard Baxter (1615-1691) “A família é uma pequena igreja” William Gouge (1575-1653) Sunday, 9 February, 14
  245. 245. Toda a família cristã deve ser como se fosse uma pequena igreja, consagrada a Cristo, e completamente influenciada e regida por suas regras. A educação familiar e a ordem são alguns dos principais meios de graça.” Jonathan Edwards (1703-1758) Sunday, 9 February, 14
  246. 246. “Estas famílias em que este serviço a Deus é realizado são como pequenas igrejas; sim, um tipo de paraíso sobre a terra.” William Perkins (1558-1602) Sunday, 9 February, 14
  247. 247. “É próprio toda a manhã dar graças pelo descanso da noite passada… e rogar direção, proteção, provisão e benção para o dia que se segue… e que o anoitecer é ocasião própria para dar graças a Deus pelas misericórdias do dia, confessar os pecados do dia, pedir perdão e orar pelo descanso e proteção.” Richard Baxter (1615-1691) Sunday, 9 February, 14
  248. 248. “Prometemos (pela ajuda de Cristo) que nos esforçaremos para andar diante de Deus em nossas casas, com um coração perfeito; e que manteremos o culto ali continuamente, de acordo como ele requer em sua Palavra, tanto com respeito à oração como à leitura das Escrituras, para que a Palavra de Cristo possa habitar ricamente em nós.” Increase Mather (1639-1723) Sunday, 9 February, 14
  249. 249. “Uma família é como se fosse uma pequena comunidade, por cujo bom governo a glória de Deus pode ser promovida; a comunidade, que é constituída por várias famílias, beneficiada; e todos que vivem nessa família podem receber muito conforto e comodidade.” John Dod (1549-1645) Sunday, 9 February, 14
  250. 250. “Famílias bem organizadas naturalmente produzem uma boa ordem em outras sociedades. Quando as famílias estão sob uma má disciplina, todas as outras sociedades estarão mal disciplinadas.” Cotton Mather (1663-1728) Sunday, 9 February, 14
  251. 251. “As vocações privadas de uma família e as funções a ela pertencentes, são tais e quais as de cristãos chamados por Deus… Isto deve ser observado para satisfação de algumas fracas consciências, Sunday, 9 February, 14
  252. 252. que pensam que se não têm nenhum chamado público não tem chamado algum… Um desempenho razoável de tarefas domésticas… pode-se considerar um trabalho público.” William Gouge (1575-1653) Sunday, 9 February, 14
  253. 253. “Um bom marido reinará de tal forma que sua mulher possa deleitar-se na sua liderança, e tê-la não como escravidão mas como liberdade e privilégio.” Samuel Willard (1640-1707) Sunday, 9 February, 14
  254. 254. “Um bom marido fará seu governo sobre ela tão fácil e suave quanto possível, e lutará mais para ser amado que temido.” Benjamim Wadsworth (1670-1737) Sunday, 9 February, 14
  255. 255. “Um homem tem o dever de atuar em três áreas: Sunday, 9 February, 14
  256. 256. “Um homem tem o dever de atuar em três áreas: 1. Como um profeta para instruir Sunday, 9 February, 14
  257. 257. “Um homem tem o dever de atuar em três áreas: 1. Como um profeta para instruir 2. Como sacerdote para orar e interceder Sunday, 9 February, 14
  258. 258. “Um homem tem o dever de atuar em três áreas: 1. Como um profeta para instruir 2. Como sacerdote para orar e interceder 3. Como um rei para governar, dirigir e suprir. Sunday, 9 February, 14
  259. 259. “De acordo com John Robinson, as duas coisas particularmente exigidas do marido são “amor…e sabedoria. Seu amor por sua esposa deve ser como o de Cristo por sua igreja: santo em qualidade e grande em quantidade”. Leland Ryken Sunday, 9 February, 14
  260. 260. “A mulher deve submeter-se a ele, reconhecendo-o como sua cabeça, para que afinal eles possam assim concordar como um, como a conjunção do casamento requer.” John Dod (1549-1645) Sunday, 9 February, 14
  261. 261. “Mulheres podem e devem em particular e familiarmente exortar a outros, elas também podem particularmente advertir a homens e reprová-los.” Samuel Torshell (1604-1650) Sunday, 9 February, 14
  262. 262. “A comunidade de ajuda mútua que constitui o casamento é mútua para marido e mulher, e deveria ser observada igualmente em todos os assuntos essenciais e principais…” William Ames (1576-1633) Sunday, 9 February, 14
  263. 263. “Deus deu a mulher ao seu marido para ser, não sua serva, mas sua ajudadora, conselheira e consoladora.” John Downame (1571-1652) Sunday, 9 February, 14
  264. 264. “Não é pouca graça ser pais de uma semente santa: e este é o propósito da instituição do casamento.” Richard Baxter (1615-1691) Sunday, 9 February, 14
  265. 265. “Eles pertencem a Ele por pacto; eles foram solenemente consagrados ao serviço de Deus; e você não os criará para Ele, a quem solenemente os consagrou?” Benjamim Wadsworth (1670-1737) Sunday, 9 February, 14
  266. 266. “O maior amor e fidelidade que os pais como pactuantes podem demonstrar a Deus e a seus filhos, que com eles são coparticipantes com Deus, é educá-los para que… as condições do pacto possam ser atendidas por seu filhos, e assim todo o pacto seja completamente efetuado.” Thomas Cobbett (1608-1686) Sunday, 9 February, 14
  267. 267. “Os filhos nascidos em nossas famílias são nascidos para Deus. Deus os estende a nós.” Deodat Lawson Sunday, 9 February, 14
  268. 268. “Os filhos nascidos em nossas famílias são nascidos para Deus. Deus os estende a nós.” Deodat Lawson “Pais cristãos se esforçarão para que seus filhos sejam mais filhos de Deus do que seus.” Thomas Watson (1629-1686) Sunday, 9 February, 14
  269. 269. “Se você tem alguma compaixão por eles, esmere-se para que conheçam a Deus.” John Hull (1620-1683) Sunday, 9 February, 14
  270. 270. “Se você tem alguma compaixão por eles, esmere-se para que conheçam a Deus.” John Hull (1620-1683) “Vamos trazer nossos filhos tão próximo do céu quanto pudermos…” Thomas Hooker (1586-1647) Sunday, 9 February, 14
  271. 271. “Antes e acima de tudo, é no conhecimento da religião cristã que os pais devem educar seus filhos… O conhecimento de outras coisas, embora seja empreendimento tão desejável para eles, nossos filhos podem chegar à felicidade eterna sem ele… Sunday, 9 February, 14
  272. 272. Mas o conhecimento da santa doutrina nas palavras do Senhor Jesus Cristo é um milhão de vezes mais necessário a eles.” Cotton Mather (1663-1728) Sunday, 9 February, 14
  273. 273. “Os jovens não se importarão muito com o que é dito pelos ministros em público, se não forem instruídos no lar; nem considerarão boas as leis feitas pela autoridade civil, se não são bem aconselhados e governados no lar.” Benjamin Wadsworth (1670-1737) Sunday, 9 February, 14
  274. 274. “Se os pais querem seus filhos abençoados na igreja e na escola, que cuidem em não dar a eles qualquer exemplo corrupto em casa por causa de qualquer imprudência, profanação ou falta de santidade. Doutra forma, os pais lhes farão mais mal em casa do que os pastores e os professores poderão lhes fazer bem fora.” Richard Greenham (1535-1594) Sunday, 9 February, 14
  275. 275. “Doutrina e exemplo somente são insuficientes; disciplina é uma parte essencial do cuidado do Senhor.” John Norton (1606-1663) Sunday, 9 February, 14
  276. 276. “Certamente há em toda criança, embora não igualmente, uma obstinação e dureza de mente que nasce do orgulho natural, que deve ser quebrada e derrubada… Este fruto da corrupção natural e raiz da real rebelião contra Deus no homem deve ser destituído, e de maneira alguma nutrido… Sunday, 9 February, 14
  277. 277. Para derrubar e destruir esta obstinação os pais devem providenciar… para que os desejos e voluntariedade sejam restringidos e reprimidos.” John Robinson (1575-1625) Sunday, 9 February, 14
  278. 278. “A dócil vara da mãe é algo muito suave… entretanto, pela benção de Deus com ela, e sob sábia aplicação dela, deveria romper o laço que une a corrupção ao coração.” John Eliot (1604-1690) Sunday, 9 February, 14
  279. 279. “Tudo isto que sofremos é por causa de vocês; deveriam ter nos ensinado as coisas de Deus, e não o fizeram; deveriam nos haver impedido de pecar e nos corrigido, e não o fizeram; vocês foram o meio de nossa corrupção e culpabilidade originais, Sunday, 9 February, 14
  280. 280. e, no entanto, nunca demonstraram qualquer cuidado competente para podermos ser livres disto… Ai de nós que tivemos pais tão carnais e imprudentes, e ai de vocês porque não tiveram mais compaixão e piedade para evitar a miséria eterna de seus próprios filhos.” Richard Mather (1596-1669) Sunday, 9 February, 14
  281. 281. “O grande cuidado de meus santos pais foi criar-me no cuidado e admoestação do Senhor; pelo que fui guardado de muitas visíveis insurreições do pecado das quais doutra forma teria sido culpado; e por isso tive muitas boas impressões do Espírito de Deus sobre mim, mesmo em minha infância.” Cotton Mather (1663-1728) Sunday, 9 February, 14
  282. 282. “Não deixem os filhos tagarelarem de cor as palavras do catecismo como papagaios; mas serem inquisitivos até onde vão seus entendimentos para assimilarem as coisas de Deus.” Cotton Mather (1663-1728) Sunday, 9 February, 14
  283. 283. Os puritanos e a educação Sunday, 9 February, 14
  284. 284. Os puritanos e a educação “Senhor, põe escolas em todo lugar entre nós! Oh, que nossas escolas possam florescer! Que cada membro desta assembléia possa ir para casa e consiga uma boa escola para ser encorajado na cidade onde mora.” (Oração de John Eliot em um Sínodo) Sunday, 9 February, 14
  285. 285. “Vossas senhorias sejam ao máximo cuidadosos da educação virtuosa e da santa instrução dos jovens desta região.” John Knox (1510-1572) Sunday, 9 February, 14
  286. 286. “Quando a ignorância e a barbaridade invadem uma geração, sua glória é deitada no pó.” Ebenezer Pemberton (1672-1717) Sunday, 9 February, 14
  287. 287. “Quando a ignorância e a barbaridade invadem uma geração, sua glória é deitada no pó.” Ebenezer Pemberton (1672-1717) “Onde reina a ignorância, aí reina o pecado.” William Perkins (1558-1602) Sunday, 9 February, 14
  288. 288. “O fim da aprendizagem é reparar as ruínas de nossos primeiros pais, recuperando o conhecer a Deus corretamente, e a partir deste conhecimento amá-lo, imitá-lo, ser como ele.” John Milton (1608-1674) Sunday, 9 February, 14
  289. 289. “Que arte ou ciência há da qual um teólogo não careça? Gramática, retórica, lógica, física, matemática, metafísica, ética, política, economia, história e disciplina militar são todas úteis ao ministro.” Richard Bernard (1568-1641) Sunday, 9 February, 14
  290. 290. “Ao ler autores profanos, a luz admirável da verdade exposta neles deveria lembrar-nos de que a mente humana, não importando quão decaída e pervertida da sua integridade original, ainda é adornada e investida de dons admiráveis do seu Criador. Sunday, 9 February, 14
  291. 291. Se refletimos que o Espírito Santo de Deus é a única fonte da verdade, seremos cuidadosos… em não rejeitar ou condenar a verdade onde quer que ela apareça.” João Calvino (1509-1564) Sunday, 9 February, 14
  292. 292. A verdade vem de Deus, onde quer que a encontremos, e é nossa, é da igreja… Não devemos fazer destas coisas um ídolo, mas a verdade, onde quer que a encontremos, é da igreja; portanto, com uma boa consciência podemos fazer uso de qualquer autor humano.” Richard Sibbes (1577-1635) Sunday, 9 February, 14
  293. 293. “Lembre-se de que não apenas conhecimento celestial, espiritual e sobrenatural descende de Deus, mas também toda aprendizagem e todas as habilidades naturais e humanas; e, portanto, ore muito ao Pai das Luzes e das Misericórdias, não somente por um mas também pelo outro.” Thomas Shepard (1605-1649) Sunday, 9 February, 14
  294. 294. “Devemos… trazer o conhecimento humano para casa para ser podado e aparado com a sabedoria espiritual.” Thomas Hall (1610-1665) Sunday, 9 February, 14
  295. 295. “Chamo de uma educação completa e generosa aquela que capacita um homem para atuar justamente, habilidosamente, magnanimamente, em todos os ofícios, tanto privados como públicos…” John Milton (1608-1674) Sunday, 9 February, 14
  296. 296. “A Palavra de Deus e a regra da religião nos ensinam não a destruir, mas a aperfeiçoar cada faculdade em nós… para a glória de Deus que as deu a nós.” Samuel Willard (1640-1707) Sunday, 9 February, 14
  297. 297. “Depois que Deus nos trouxe a salvo para a Nova Inglaterra, e termos construído nossas casas, fornecido o necessário para nossa sobrevivência, criado lugares convenientes para o culto a Deus, Sunday, 9 February, 14
  298. 298. e estabelecido o governo civil, uma das próximas coisas que desejávamos e buscávamos era dar continuidade à aprendizagem e perpetuá-la para a posteridade.” New England First Fruits (1643) Sunday, 9 February, 14
  299. 299. “Que todo estudante seja claramente instruído e seriamente forçado a considerar bem que o principal fim de sua vida e de seus estudos é conhecer Deus e Jesus Cristo, que é a vida eterna, João 17:3, e, portanto, pôr a Cristo na base, como único fundamento de todo o conhecimento e sã doutrina.” (Regras para os estudantes de Harvard) Sunday, 9 February, 14

×