Corrente racional tecnologica

282 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
282
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Corrente racional tecnologica

  1. 1. A Corrente Racional-Tecnológica no contexto da Cibercultura Aluna: Maria Madalena Brito Santana Rodrigues Agostinho Tutora: Gabriela Marques 2015
  2. 2. Características: • Associada a uma pedagogia a serviço da formação para o sistema produtivo; • Baseada em critérios científicos e técnicos; • Fundamentada para formar o técnico.
  3. 3. Metodologia: Utiliza-se de técnicas mais refinadas de transmissão de conhecimentos como os computadores e as mídias.
  4. 4. Concepção: O currículo por competências, na perspectiva economicista, em que a organização curricular resulta de objetivos assentados em habilidades e destrezas a serem dominados pelos alunos no percurso de formação.
  5. 5. Modalidades: • Ensino de excelência, para formar a elite intelectual e técnica para o sistema produtivo. • Ensino para formação de mão-de-obra intermediária, centrada na educação utilitária e eficaz para o mercado.
  6. 6. Outros traços importantes: • Centralidade no conhecimento em função da sociedade tecnológica; • Transformação da educação em ciência; • Produção do aluno como um ser tecnológico; • Utilização mais intensiva dos meios de comunicação e informação e do aparato tecnológico.
  7. 7. A Corrente Racional-Tecnológica e a Cibercultura A Cibercultura é a cultura do ciberespaço, a união da internet, infraestrutura tecnológica, com os seres humanos em movimento e em processos de comunicação e de redes sociais, indo de encontro com os objetivos, a metodologia e concepção da corrente racional- tecnológica.
  8. 8. Conclusão O conhecimento é gerado por seres humanos em contato com as mídias, essa relação não é solitária. Não podemos separar o sujeito do objeto e aceitar a construção social do conhecimento. O crescimento se dá em sociedade com o empenho de todos na direção dos seus objetivos.

×