Rei Davi

1.793 visualizações

Publicada em

A odisséia amazonense começa em Manaus quando fui para o Rei Davi, barco que me levou até Tefé. Dois longos dias, vendo rio e floresta, floresta e rio. Não fosse ter dois livros prá ler, teria sido maçante. Mas, um nerd que se preza, não para de fuçar em tudo ao redor. Como é o barco? Os banheiros, o refeitório, as escadas? Como se acomodam as pessoas? Há televisão e bar? Bem, venha com a gente à bordo do Rei Davi, e aproveite a subida rumo à Maraã! Carlos Elson L. da Cunha

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.793
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rei Davi

  1. 1. A NAÇÃO DAS ÁGUAS IMENSAS<br />REI DAVI – DE MANAUS A TEFÉ<br />AMAZÔNIA<br />
  2. 2.
  3. 3. Cheguei em Manaus lá pela uma da madruga. <br />Do aeroporto segui para o barco, <br />já que ele sairia às 7:00h da manhã.<br />De fato, Pujucan, irmão do meu editor,<br />armou minha rede umas 2 da <br />madruga. <br />Durmi um pouco e cedim<br />o barco sai do pier e vai para o porto, para receber os <br />demais passageiros e iniciar a viagem.<br />
  4. 4.
  5. 5.
  6. 6. Manaus, bem cedim.<br />
  7. 7.
  8. 8.
  9. 9.
  10. 10.
  11. 11.
  12. 12.
  13. 13.
  14. 14.
  15. 15.
  16. 16.
  17. 17.
  18. 18.
  19. 19.
  20. 20.
  21. 21.
  22. 22.
  23. 23.
  24. 24. Então o barco parou, pouco depois de ter saído de Manaus. Por que parou...?<br />
  25. 25. A Capitânia! Eles viram redes penduradas irregularmente: lateralmente junto à murada do convés.<br />
  26. 26.
  27. 27.
  28. 28. Posto de gasolina no rio. <br />Já tinha visto isso?<br />A plataforma chama-se flutuante.<br />
  29. 29.
  30. 30.
  31. 31.
  32. 32.
  33. 33.
  34. 34.
  35. 35.
  36. 36.
  37. 37.
  38. 38.
  39. 39.
  40. 40. Montou-se tanta rede, que em dado momento <br />eu já não tinha ideia de como iria me levantar.<br />O jeito foi descobrir como rolar e cair com as mãos no chão.<br />De Coari e diante esvaziou mais.<br />
  41. 41.
  42. 42. TV por satélite. Lembra do jogo em que o Brasil perdeu <br />4 pênaltis seguido pro Paraguai...?<br />
  43. 43.
  44. 44. Eunice <br />
  45. 45. Francimara<br />Segundo semestre de engenharia florestal<br />Em férias escolares, indote ver os pais em Tefé<br />
  46. 46.
  47. 47.
  48. 48. Nasce o sol, nessa nação das águas.<br />
  49. 49. Água potável. Note o lacre.<br />
  50. 50.
  51. 51.
  52. 52.
  53. 53.
  54. 54.
  55. 55.
  56. 56.
  57. 57. Siqueira <br />91 anos<br />Mãos e pés afetados pelo mal de Hansenpor alguns no barco.<br />Grande contador de causos, considerado doido pelo povo. Dei trela prá ele até quando contou a estória do cachorro que falou em português para outro cachorro. <br />
  58. 58. Eu, em posição de trabalho.<br />Afinal, pensar é a mais requintada função do<br />ser humano.<br />
  59. 59.
  60. 60. Rei Davi, de Manaus a Tefé por R$ 110,00.<br />Pontos fortes: café e almoço generosos.<br />Viagem segura e tranquila.<br />Pontos fracos: excesso de redes tiram muito do conforto.<br />Banheiros merecem uma pintura melhor que <br />o chapisco usado em fundo de máquina.<br />Manutenção das válvulas nos wc.<br />
  61. 61. A NAÇÃO DAS ÁGUAS IMENSAS<br />REI DAVI – DE MANAUS A TEFÉ<br />AMAZÔNIA<br />

×