Realismo e impressionismo

3.940 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.940
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
63
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Realismo e impressionismo

  1. 1. REALISMO & IMPRESSIONISMO Professora Flávia Rudge Ramos
  2. 3. REALISMO
  3. 4. COURBET Auto-retrato com o cachorro negro, 1844
  4. 5. Courbet O ateliê do artista, 1854-55
  5. 9. JEAN-FRANÇOIS MILLIET, As Respigadeiras, 1857, óleo s/ tela, 83 X110cm, Museu D’Orsay, Paris França
  6. 11. EDOUARD MANET, Olympia, 1863, óleo s/ tela, 1.30 X 1.90. Museu D’Orsay Paris- França
  7. 12. EDOUARD MANET, Le Dejeneur sur l’Herbe, 1863
  8. 14. RODIN
  9. 17. RODIN O Beijo Mármore
  10. 18. RODIN, The Danaid, 1885
  11. 19. AUGUSTE RODIN O Pensador 1880-1881 Bronze Altura 68,5 cm Burell Collection Glasgow Reino Unido
  12. 21. AUGUSTE RODIN Monumento a Balzac, 1897 Bronze, 2,80 X 1,24 m Musée D’Orsay, Paris
  13. 23. IMPRESSIONISMO - 1860 Introdução: “ O movimento impressionista, que rompeu definitivamente as pontes com o passado, formou-se em Paris entre 1860 e 1870; apresentou-se pela primeira vez ao público em 1874, com uma exposição de artistas ‘independentes’, no estúdio do fotografo Nadar. “¹ O aprimoramento da fotografia moveu a reformulação da pintura no sentido de redefinir sua essência e finalidade. O nome do movimento - Impressionismo – originou-se do título de um quadro de Monet Impression, soleil levant. Reação escandalizada da crítica e do público bem pensante. Manet, considerado um precursor, propunha libertar a percepção de qualquer convencionalismo, para manifestá-la em sua plenitude de ação cognitiva.²
  14. 24. <ul><li>Aversão pela arte acadêmica dos salões oficiais </li></ul><ul><li>Orientação realista </li></ul><ul><li>Recusa dos hábitos de ateliê de dispor e iluminar os modelos, </li></ul><ul><li>de começar desenhando o contorno para depois passar ao </li></ul><ul><li>claro-escuro e à cor ³ </li></ul><ul><li>Ausência de contornos nítidos </li></ul><ul><li>Trabalho ao ar livre </li></ul><ul><li>Estudo das sombras coloridas e das relações complementares. </li></ul><ul><li>. Influencia da teoria óptica de Chevreul sobre os contrastes </li></ul><ul><li>simultâneos. Mistura óptica das cores </li></ul><ul><li>A cor varia conforme a luz </li></ul><ul><li>.Técnica rápida e sem retoques </li></ul>Características:
  15. 28. MONET Catedral de Rouen: Harmonia em Azul e Ouro, 1894 Catedral de Rouen, 1894
  16. 31. MONET
  17. 32. MONET
  18. 33. MONET Os Penhascos de Etretat
  19. 34. MONET Os Penhascos de Etretat
  20. 35. MONET Banhistas em La Grenouille, 1869
  21. 36. MONET
  22. 37. MONET Estudo de ninféias, 1908
  23. 38. SISLEY Ilha da Grande Jatte, 1873
  24. 41. DEGAS Mulher secando seus pés, 1885
  25. 46. RENOIR, La Grenoille, 1869
  26. 57. Eliseu Visconti 1866 – 1944 Jardim de Luxemburgo, 1905, 50 X 60 cm
  27. 58. REALISMO & IMPRESSIONISMO Professora Flávia Rudge Ramos

×