A NAÇÃO DAS ÁGUAS IMENSAS<br />COARI<br />AMAZÔNIA<br />
Vindo de Maraã, após ter pego o barco Nossa Senhora <br />da Vitória às 4:30h da madrugada,<br />chegamos em Coari umas 7:...
Ok, então vamos clicar o cenário, pois logo o barco deve partir.<br />
Eu já sabia que o porto de Coari era bem ajeitado, mas <br />do barco a gente vê que é ótimo. <br />Grande, recebe vários ...
Tomei café, li um pouco e o barco, paradão.<br />Então fui informado que ele só seguiria viagem às 10:00hs!<br />Eram 8:30...
A rampa para passageiros, no barco, ainda é precária: sem corrimão e temos de descer abaixando <br />a cabeça para não bat...
O porto tem 2 convéses. Usa-se o de baixo.<br />
Aqui se vê a estrutura da rampa que leva ao pavimento superior do pier.<br />
Com cuidado você nota descida da rampa, à esquerda.<br />
O uso da cor, pelo amazonense é muito interessante.  Abusam do contraste, mas conseguem, amiúde, <br />lidar com poucas co...
Um povo que ama o trabalho. Nem em Maraã, nem em Tefé ou Coari, fui abordado por mendigo. <br />
Façamos um mastro, ok. Mas, façamo-lo com alguma arte, parece dizer o artista aqui com seus<br />vazados em forma de gotas...
Personagens da minha infância. Quantas vezes os vi em Porto Velho e Goiânia, subindo em <br />círculos, sem precisar bater...
Aprendi que eles usam as correntes ascendentes de ar para economizar energia.<br />Ah, malandros!<br />
Corredor da direita, para quem vai. O da esquerda, para quem vem.<br />
Tento compreender a função desta estrutura, que surge dos dois lados, no meio da passarela.<br />Até aqui, sem sucesso.<br />
Quando se molham na chuva, ficam de asas abertas, secando-se. É muito engraçado.<br />
<ul><li>Vou te confessar uma coisa: eu gosto deles!
Ah, mas são tão feios de perto!
Sim, são. Mas, desculpe: você tem espelho em casa?</li></li></ul><li>
A sede do porto. Bonita, ampla, e vazia.<br />
Olhando o caminho já feito. Nosso barco, A. Nunes, é o da direita.<br />
Num falei que a sede do porto é ociosa?<br />
Tu já viu congestionamento de motos?<br />
Mercado municipal com uma feira ao lado. Note o padrão dos guarda-sóis para os feirantes. <br />Resultado: belo efeito de ...
O moleque é um fenômeno de oratória. Fiquei com pena de colocarem terno e gravata, pois os adultos <br />atuantes no culto...
Peixe fresco? Este é o lugar certo.<br />
Quer arriscar um dinheirinho? <br />
Um barbeiro com visão de águia! Quanto orgulho! <br />
Koolhaas louvou a congestão, em seu livro Nova York Delirante. <br />Bem, na Coari Delirante, o grande fluxo de gente e mo...
Vai um litro de tapioca? Mas a lata de óleo tem só 900ml... Tudo bem.<br />
Mercado com grande movimento, mas não caótico. Ao contrário, bem organizado.<br />
Comprei aqui um bolo de mandioca por 1,00 R$! Massa!<br />
<ul><li>Moço, o que é isso?
Dónutis!   (Rosca de farinha de mandioca, por R$ 1,00 – ou seja, ainda bem que o varejo não foi invadido pelas </li></ul>m...
Na garrafa maior, o molho de tucupi. Tu já comeu tucupi no tacacá?<br />
Maxixe, tomate, salsa, macaxeira, cará e meia cenoura. O kit completo! <br />
- Moço, o sr. tem medalha do Nacional ou do Penarol ?<br /><ul><li>Não.
É por isso que os times do Amazonas estão na 4ª divisão do Brasileirão: </li></ul>vocês ficam prestigiando os times de for...
Pedestres usam a faixa. Ela é branca e vermelha.<br />Quanto às motos, bem, hoje é dia de feira!<br />
Carlos, o peruano, vendeu-me 3 meias por R$ 5,00. Deu-me garantia de um ano sem furos!<br />Ameacei voltar de São Paulo, d...
Olha o que a Petrobrás colocou na praça central de Coari: uma lembrança das bombas de gás e óleo.<br />Isso é que acontece...
Lembra daqueles carros de som fazendo anúncios comerciais a altos brados?<br />Pelo menos o motorista é uma simpatia.<br />
O banco é gigantesco! <br />Vantagem: protege o jardim.<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Coari

757 visualizações

Publicada em

Muita gente falou mal de Coari para mim. "Cresceu muito, ficou bagunçada etc e tal". Qual não foi minha surpresa ao visitar, por 2 horas, a cidade mais animada e organizada de minha viagem. Muita gente, muita motocicleta, é verdade. Mas com ordem. Semáforo, faixa de segurança, feira bem organizada, mercado amplo, limpo, fácil de se andar e encontrar o que se busca. Conheça Coari, onde a Petrobrás explora petróleo e gás, cuja tubulação segue sob o rio até centros importantes, muito distantes. Veja o belo porto - onde notei ordem e inteligência imprevistas. Nem tudo deve ser flores ali, mas não encontrei mendigos nem gente dormindo na rua. Enfim, uma cidade encantadora: Coari! Carlos Elson L. da Cunha - elsonbrasil@hotmail.com

Publicada em: Educação, Negócios, Esportes
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
757
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Coari

  1. 1. A NAÇÃO DAS ÁGUAS IMENSAS<br />COARI<br />AMAZÔNIA<br />
  2. 2. Vindo de Maraã, após ter pego o barco Nossa Senhora <br />da Vitória às 4:30h da madrugada,<br />chegamos em Coari umas 7:00h da manhã <br />
  3. 3.
  4. 4. Ok, então vamos clicar o cenário, pois logo o barco deve partir.<br />
  5. 5.
  6. 6.
  7. 7. Eu já sabia que o porto de Coari era bem ajeitado, mas <br />do barco a gente vê que é ótimo. <br />Grande, recebe vários barcos simultaneamente, <br />recebe motos, carros e<br />caminhões, facilitando sobremaneira carga e descarga.<br />Até um carro da polícia veio nos fazer uma visitinha.<br />
  8. 8.
  9. 9.
  10. 10.
  11. 11.
  12. 12.
  13. 13.
  14. 14.
  15. 15.
  16. 16.
  17. 17. Tomei café, li um pouco e o barco, paradão.<br />Então fui informado que ele só seguiria viagem às 10:00hs!<br />Eram 8:30, então mãos à câmera e vamos <br />dar um pulinho em terra firme!<br />
  18. 18. A rampa para passageiros, no barco, ainda é precária: sem corrimão e temos de descer abaixando <br />a cabeça para não batermos no piso mais alto do porto.<br />
  19. 19. O porto tem 2 convéses. Usa-se o de baixo.<br />
  20. 20.
  21. 21.
  22. 22. Aqui se vê a estrutura da rampa que leva ao pavimento superior do pier.<br />
  23. 23.
  24. 24. Com cuidado você nota descida da rampa, à esquerda.<br />
  25. 25.
  26. 26.
  27. 27.
  28. 28. O uso da cor, pelo amazonense é muito interessante. Abusam do contraste, mas conseguem, amiúde, <br />lidar com poucas cores, quase sempre primárias. Vejo, nisso, uma ligeira <br />diferença do modo baiano de pintar seus objetos e casas.<br />
  29. 29.
  30. 30.
  31. 31.
  32. 32.
  33. 33. Um povo que ama o trabalho. Nem em Maraã, nem em Tefé ou Coari, fui abordado por mendigo. <br />
  34. 34. Façamos um mastro, ok. Mas, façamo-lo com alguma arte, parece dizer o artista aqui com seus<br />vazados em forma de gotas.<br />
  35. 35. Personagens da minha infância. Quantas vezes os vi em Porto Velho e Goiânia, subindo em <br />círculos, sem precisar bater as asas, em vôo calmo, lento e misterioso. <br />
  36. 36. Aprendi que eles usam as correntes ascendentes de ar para economizar energia.<br />Ah, malandros!<br />
  37. 37. Corredor da direita, para quem vai. O da esquerda, para quem vem.<br />
  38. 38.
  39. 39. Tento compreender a função desta estrutura, que surge dos dois lados, no meio da passarela.<br />Até aqui, sem sucesso.<br />
  40. 40.
  41. 41. Quando se molham na chuva, ficam de asas abertas, secando-se. É muito engraçado.<br />
  42. 42. <ul><li>Vou te confessar uma coisa: eu gosto deles!
  43. 43. Ah, mas são tão feios de perto!
  44. 44. Sim, são. Mas, desculpe: você tem espelho em casa?</li></li></ul><li>
  45. 45.
  46. 46.
  47. 47. A sede do porto. Bonita, ampla, e vazia.<br />
  48. 48. Olhando o caminho já feito. Nosso barco, A. Nunes, é o da direita.<br />
  49. 49. Num falei que a sede do porto é ociosa?<br />
  50. 50.
  51. 51.
  52. 52. Tu já viu congestionamento de motos?<br />
  53. 53. Mercado municipal com uma feira ao lado. Note o padrão dos guarda-sóis para os feirantes. <br />Resultado: belo efeito de cor na cidade.<br />
  54. 54.
  55. 55. O moleque é um fenômeno de oratória. Fiquei com pena de colocarem terno e gravata, pois os adultos <br />atuantes no culto aqui não usam.<br />
  56. 56.
  57. 57.
  58. 58. Peixe fresco? Este é o lugar certo.<br />
  59. 59.
  60. 60.
  61. 61.
  62. 62.
  63. 63.
  64. 64.
  65. 65. Quer arriscar um dinheirinho? <br />
  66. 66.
  67. 67.
  68. 68. Um barbeiro com visão de águia! Quanto orgulho! <br />
  69. 69.
  70. 70. Koolhaas louvou a congestão, em seu livro Nova York Delirante. <br />Bem, na Coari Delirante, o grande fluxo de gente e motos <br />também não significa bagunça. Veja como estacionam corretamente. <br />
  71. 71.
  72. 72.
  73. 73.
  74. 74.
  75. 75.
  76. 76. Vai um litro de tapioca? Mas a lata de óleo tem só 900ml... Tudo bem.<br />
  77. 77.
  78. 78. Mercado com grande movimento, mas não caótico. Ao contrário, bem organizado.<br />
  79. 79.
  80. 80. Comprei aqui um bolo de mandioca por 1,00 R$! Massa!<br />
  81. 81. <ul><li>Moço, o que é isso?
  82. 82. Dónutis! (Rosca de farinha de mandioca, por R$ 1,00 – ou seja, ainda bem que o varejo não foi invadido pelas </li></ul>multinacionais de fast-food. O que se compra no Mc Donald’s por 1 ou 2 R$?<br />
  83. 83. Na garrafa maior, o molho de tucupi. Tu já comeu tucupi no tacacá?<br />
  84. 84. Maxixe, tomate, salsa, macaxeira, cará e meia cenoura. O kit completo! <br />
  85. 85. - Moço, o sr. tem medalha do Nacional ou do Penarol ?<br /><ul><li>Não.
  86. 86. É por isso que os times do Amazonas estão na 4ª divisão do Brasileirão: </li></ul>vocês ficam prestigiando os times de fora!<br />
  87. 87. Pedestres usam a faixa. Ela é branca e vermelha.<br />Quanto às motos, bem, hoje é dia de feira!<br />
  88. 88.
  89. 89.
  90. 90.
  91. 91. Carlos, o peruano, vendeu-me 3 meias por R$ 5,00. Deu-me garantia de um ano sem furos!<br />Ameacei voltar de São Paulo, de avião, se a garantia falhar!<br />
  92. 92. Olha o que a Petrobrás colocou na praça central de Coari: uma lembrança das bombas de gás e óleo.<br />Isso é que acontece quando se deixa o urbanismo na mão de engenheiros!<br />
  93. 93.
  94. 94.
  95. 95. Lembra daqueles carros de som fazendo anúncios comerciais a altos brados?<br />Pelo menos o motorista é uma simpatia.<br />
  96. 96.
  97. 97. O banco é gigantesco! <br />Vantagem: protege o jardim.<br />
  98. 98.
  99. 99.
  100. 100. Coari: uma cidade encantadora,<br />Onde fui recebido gentilmente no comércio. Por exemplo, uma loja de<br />Celulares carregou minha bateria da máquina fotográfica, <br />Gentilmente, sendo que não comprei nada ali.<br />Em duas lojas as vendedoras me perguntaram: <br /><ul><li>O senhor quer um cafézinho?</li></ul>Ali comprei uma sandália de courino por R$ 15,00 e um relógio<br />Xinjia, digital por R$ 20,00 de outro peruano, também Carlos. <br />Vitalidade no comércio, organização para lidar com o grande<br />fluxo de pessoas e motos e um porto excelente!<br />Se tiver enjoado de fazer compras onde mora, uma dica: <br />venha à Coari!<br />
  101. 101. A NAÇÃO DAS ÁGUAS IMENSAS<br />COARI<br />AMAZÔNIA<br />

×