Nosso passeiocomeça aqui.
E vai terminar aqui.
Note que a rua segue em  direção à Rua Paim, apósencontrar a Av. Nove de Julho.Poucos sabem disso, o que fazque se percam ...
Aqui tem umas quadra muito grande.Imagino prá comprá pão, de manhã.                                        A Rua Avanhanda...
A regional, num sei quando, arrumô esse    Essa pequena praça elevada,barrancão e cimentô. Tem uns banquinos e   curiosame...
O escadão é mucho lindiu.Os degraus tava meio arrebentado e a prefeitura andou arrumando.              Melhorô. Ah, tá ven...
Lá no alto, a Rua Frei Caneca. A grande diferença de cotas nos lembra que a Nove de Julho é, de fato, o fundo             ...
Meu, mó baruio de água.           É claro: aqui passa o córrego do             Tá ouvindo?                           Anhan...
Óia o C’ad’oro sendo     reformado. Baratim! Com      R$ 240.000,00 tu compra         uma kit de 40 m2!      Estamos subin...
Os investidores internacionaisentregarão dois prédios, fazendoum conjunto multi-funcional. Um   deles só residêncial; o ou...
Art-decó com fachada curva. O resultado é um escalonamentodando às duas metades da fachada um tratamento similar, masnão i...
Art-decó com fachada curva. O resultado é um escalonamentodando às duas metades da fachada um tratamento similar, masnão i...
A pilastra surge em alto relevo com um capitel cônico.      Função estrutural ou meramente estética ?
Óia a dona! Tu    fica fotografando    as casa dozoutro     e ainda vai levar      uma invertida,           mano!Agora fic...
Viaduto do Café. Eita coizinha feia! Os moradô de rua adora dormir debaixo                        dele, mas só do lado dir...
As copas das árvores fazendo essa cobertura encantadora!
Note os vitôs rentes ao chão. Issoindica um pavimento cuja entrada sedá no lado oposto: esses prédios tem entradas e comér...
Seguinte: à direita tu desce numa viela prá Nove de Julho. À esquerda tu sobe uma escadaria prá Augusta, dando em frente d...
Pãozim: R$ 4,99 o kilo. Pão de milho: R$ 0,25 cada. Vem que é bom!
Aqui se desce prá Nove de          Julho.  Meio cavernoso, não?
Sob o viaduto do café vemos o cruzamento com a Rua Martinho Prado.
Sinagoga,à esquerda, em reforma. Note a bela composição da fachada à direita com            pilotis e marquise.Se tu fô pr...
Agora vamo pro glâmur! A parte reformada da rua!
Fiação subterrânea. Calçamento com piso intertravado epermeável. O mais curioso: quase não há guias: a cota da calçada é q...
O postezinho é prá avisá os motorista, se não eles confundem calçada com rua, aí dá merda, né ?
Olhando para o cruzamento com a Rua          Martinho Prado.Veja outro mastro de sinalização mais              à frente.
A cor grafite avisa sobre área de entrada de veículos. Tudo em cota única. O resultado é um caminharmuito agradável, como ...
Este calçamento não suporta grande   tráfego. Já está com afundamento,ainda que leve, em alguns trechos. Não se pode aplic...
Simples e encantador: o combongó  como estrela principal da fachada.Imagine a qualidade da ventilação e o conforto térmico...
É, mas os cara curtem mesmo é um    ar-condicionado, ô poeta!
Aqui o paisagismo esquece que é Brasil         e tenta ser Toscana.
Vejam o jogo volumétrico dageometria! Curva encontrando         o quadrado.
Os cara dos restaurantes põe vaso na rua, poste decorativo, guichêpro manobrista, banco pro clienteesperar! Pô, fica difíc...
Realmente, a família dona dos restaurantes dominou o espaço da calçada. Se o   piso amarelo é privado, como sugere a proje...
Fica evidente: a decoração da calçada, ainda que agradável, torna-se umanteparo, uma proteção no desembarque e embarque de...
Agora magina à noite, rua lotada de gente esperando uma mesa, usando a calçadaenquanto espera, alguns sentados neste banco...
Ah, tem mais uma: de noite eles servem um espumante, enquanto o povo espera uma   mesa. Só que ele é servido num carrinho ...
RECEITA FEDERAL!Desagradável lembrança na hora dum executivo amolçar ou jantar, não?
Os cara adora um xafariz! Tá, é romântico, legal!
Elegante e alegre modo de se delimitar o espaço:  floreiras. Muito usado na França, nos bistrôs:              jardim à mei...
No frio o casal ou os amigos não são obrigados  a entrar: o aquecedor está à postos. A base     esconde o butijão de gás. ...
Ah, a Itália, a bella Itália... Que bom termos uma amostra grátis dela poraqui! Ao fundo a Rua Martins Fontes,    que após...
Se você pisou na bola com tua mina, o lugarcerto prá pedir desculpa, é aqui. Podes crer.
Essa entrada na rua é muito bonita!         Vamo reconhecê!
Parceiria da prefeitura com os empresários locais. O efeito foi acriação de um ambiente bucólico,colorido, quase uma peque...
Até parte da Martins Fontes eles deram um trato.
Martins Fontes: área pros bacana desembarcá!
Então, Pedestre Bobo, gostou?
Cara, é brega, mas gostei! Agora preciso limpá meu nomeprá trazê minha preta aqui. Ela tá       merecendo, tadinha.
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Avanhandava
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Avanhandava

707 visualizações

Publicada em

Rua Avanhandava, famoso ponto da fina gastronomia paulista! O Pedestre Bobo, esse elemento teimoso que adora São Paulo, mas insiste em viver sem carro, foi conferir de perto segredos da pequena desta pequena e bela rua. Nem tão pequena assim, pois na realidade ela encontra a rua Paim; mas esse é um lado banal que a maioria desconhece, pois seu encanto está, realmente, na parte arborizada e, principalmente, onde se fez a reforma com apoio dos empresários locais. Agora é ver e conhecer!

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Avanhandava

  1. 1. Nosso passeiocomeça aqui.
  2. 2. E vai terminar aqui.
  3. 3. Note que a rua segue em direção à Rua Paim, apósencontrar a Av. Nove de Julho.Poucos sabem disso, o que fazque se percam ao procurar um endereço.
  4. 4. Aqui tem umas quadra muito grande.Imagino prá comprá pão, de manhã. A Rua Avanhandava encontra a AvenidaNeguinho desce ladêra, sobe ladêra... Nove de Julho aqui onde estamos Eita, ninguém merece!
  5. 5. A regional, num sei quando, arrumô esse Essa pequena praça elevada,barrancão e cimentô. Tem uns banquinos e curiosamente, nem tem nome. vez em quando as criança brinca aqui.
  6. 6. O escadão é mucho lindiu.Os degraus tava meio arrebentado e a prefeitura andou arrumando. Melhorô. Ah, tá vendo o barrancão do ladodireito? Sempre tem uns moradô de rua acampando aqui.
  7. 7. Lá no alto, a Rua Frei Caneca. A grande diferença de cotas nos lembra que a Nove de Julho é, de fato, o fundo de um vale.Por isso mais ao centro temos o “Vale doAnhangabaú”, nome indígena significando “Córrego das Almas”.Os índios criam haver espíritos maléficos sobre este córrego.
  8. 8. Meu, mó baruio de água. É claro: aqui passa o córrego do Tá ouvindo? Anhangabaú.Parece que tem uma cachoêra lá dentro!
  9. 9. Óia o C’ad’oro sendo reformado. Baratim! Com R$ 240.000,00 tu compra uma kit de 40 m2! Estamos subindo a RuaAvanhandava e notamos a grande arborização criando um efeito agradável de sombreamento navia. Ela faz um “S” e o cenário vai mudando gradualmente.
  10. 10. Os investidores internacionaisentregarão dois prédios, fazendoum conjunto multi-funcional. Um deles só residêncial; o outro escritórios e com 8 andares no alto para o novo hotel C’ad’oro.
  11. 11. Art-decó com fachada curva. O resultado é um escalonamentodando às duas metades da fachada um tratamento similar, masnão idêntico. Note como o primeiro plano tem uma curva com reentrância, causando um encontro mais rico, mais movimentado.
  12. 12. Art-decó com fachada curva. O resultado é um escalonamentodando às duas metades da fachada um tratamento similar, masnão idêntico. Note como o primeiro plano tem uma curva com reentrância, causando um encontro mais rico, mais movimentado.
  13. 13. A pilastra surge em alto relevo com um capitel cônico. Função estrutural ou meramente estética ?
  14. 14. Óia a dona! Tu fica fotografando as casa dozoutro e ainda vai levar uma invertida, mano!Agora fica evidente a generosidade do projeto! Quanta luz e ventilação nessa porta e nessa varanda, não?
  15. 15. Viaduto do Café. Eita coizinha feia! Os moradô de rua adora dormir debaixo dele, mas só do lado direito.
  16. 16. As copas das árvores fazendo essa cobertura encantadora!
  17. 17. Note os vitôs rentes ao chão. Issoindica um pavimento cuja entrada sedá no lado oposto: esses prédios tem entradas e comércio voltado para a Av. Nove de Julho
  18. 18. Seguinte: à direita tu desce numa viela prá Nove de Julho. À esquerda tu sobe uma escadaria prá Augusta, dando em frente da Praça Rúzivel. Nesta subida, tu vai vê na próxima foto, tem um sacolão. Engraçado que os cara fecha de noite, esses dois caminhos.Aí tu imagina a volta que a gente tem que dar quando precisa ir prum lado ou pro otro.
  19. 19. Pãozim: R$ 4,99 o kilo. Pão de milho: R$ 0,25 cada. Vem que é bom!
  20. 20. Aqui se desce prá Nove de Julho. Meio cavernoso, não?
  21. 21. Sob o viaduto do café vemos o cruzamento com a Rua Martinho Prado.
  22. 22. Sinagoga,à esquerda, em reforma. Note a bela composição da fachada à direita com pilotis e marquise.Se tu fô prá direita vai prá Santo Antônio. Se fô prá esquerda tu vai dá na Augusta e Rúzivel.
  23. 23. Agora vamo pro glâmur! A parte reformada da rua!
  24. 24. Fiação subterrânea. Calçamento com piso intertravado epermeável. O mais curioso: quase não há guias: a cota da calçada é quase a mesma da rua. Então a cor é importante para sinalizar ao usuário.
  25. 25. O postezinho é prá avisá os motorista, se não eles confundem calçada com rua, aí dá merda, né ?
  26. 26. Olhando para o cruzamento com a Rua Martinho Prado.Veja outro mastro de sinalização mais à frente.
  27. 27. A cor grafite avisa sobre área de entrada de veículos. Tudo em cota única. O resultado é um caminharmuito agradável, como se, a rua fosse um grande passeio!
  28. 28. Este calçamento não suporta grande tráfego. Já está com afundamento,ainda que leve, em alguns trechos. Não se pode aplicá-lo em grande escala na cidade.
  29. 29. Simples e encantador: o combongó como estrela principal da fachada.Imagine a qualidade da ventilação e o conforto térmico resultante disso! Aestrutura exposta tornou-se a moldura branca na fachada curva. Luz, ar e movimento!
  30. 30. É, mas os cara curtem mesmo é um ar-condicionado, ô poeta!
  31. 31. Aqui o paisagismo esquece que é Brasil e tenta ser Toscana.
  32. 32. Vejam o jogo volumétrico dageometria! Curva encontrando o quadrado.
  33. 33. Os cara dos restaurantes põe vaso na rua, poste decorativo, guichêpro manobrista, banco pro clienteesperar! Pô, fica difícil andar aqui, mano!
  34. 34. Realmente, a família dona dos restaurantes dominou o espaço da calçada. Se o piso amarelo é privado, como sugere a projeção da cobertura, então o pisovermelho é público, logo, o que faz o vaso mais adiante, que obstrui a circulação?
  35. 35. Fica evidente: a decoração da calçada, ainda que agradável, torna-se umanteparo, uma proteção no desembarque e embarque de clientes, dificultando a aproximação de estranhos. Pode ser interessante para o restaurante e seu cliente, mas é justo para a população que vive e circula aqui?
  36. 36. Agora magina à noite, rua lotada de gente esperando uma mesa, usando a calçadaenquanto espera, alguns sentados neste banco da esquerda. Cadê o direito do pedestre de ter as calçada livre ? Os cara forçaram a barra, meu!
  37. 37. Ah, tem mais uma: de noite eles servem um espumante, enquanto o povo espera uma mesa. Só que ele é servido num carrinho que ocupa metade da calçada! É mole?
  38. 38. RECEITA FEDERAL!Desagradável lembrança na hora dum executivo amolçar ou jantar, não?
  39. 39. Os cara adora um xafariz! Tá, é romântico, legal!
  40. 40. Elegante e alegre modo de se delimitar o espaço: floreiras. Muito usado na França, nos bistrôs: jardim à meia altura.
  41. 41. No frio o casal ou os amigos não são obrigados a entrar: o aquecedor está à postos. A base esconde o butijão de gás. Algo muito dispendioso e ambientalmente questionável, mas quando saimos à noite para ter um momento feliz, quem se preocupa com isso?
  42. 42. Ah, a Itália, a bella Itália... Que bom termos uma amostra grátis dela poraqui! Ao fundo a Rua Martins Fontes, que após 100 metros se chama Augusta.
  43. 43. Se você pisou na bola com tua mina, o lugarcerto prá pedir desculpa, é aqui. Podes crer.
  44. 44. Essa entrada na rua é muito bonita! Vamo reconhecê!
  45. 45. Parceiria da prefeitura com os empresários locais. O efeito foi acriação de um ambiente bucólico,colorido, quase uma pequena ilha dentro da ciade.
  46. 46. Até parte da Martins Fontes eles deram um trato.
  47. 47. Martins Fontes: área pros bacana desembarcá!
  48. 48. Então, Pedestre Bobo, gostou?
  49. 49. Cara, é brega, mas gostei! Agora preciso limpá meu nomeprá trazê minha preta aqui. Ela tá merecendo, tadinha.

×