Aula captação adutoras.rev

2.482 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Aula captação adutoras.rev

  1. 1. CAPTAÇÃODE ÁGUASSUPERFICIAIS
  2. 2. PARTES CONSTITUINTES DE UM SISTEMAPARTES CONSTITUINTES DE UM SISTEMADE ABASTECIMENTO DEDE ABASTECIMENTO DE ÁÁGUAGUAManancial Rede deDistribuiçãoReservatórioCaptaçãoEstação deTratamentode ÁguaAdutorade águatratadaAdutora deágua brutaEstaçãoelevatóriade água bruta
  3. 3. TOMADA DE ÁGUATOMADA DETOMADA DE ÁÁGUAGUATomada de água com barragem de nível, gradeamento, caixa de areia e estação elevatória
  4. 4. CAPTAÇÃO EM REPRESAS E LAGOSCAPTACAPTAÇÇÃO EM REPRESAS E LAGOSÃO EM REPRESAS E LAGOSCaptação no reservatório Billings(braço do Rio Grande). Sistema RioGrande da RMSP. Vazão de 4,2 m³/sCaptação de água na represaTaiaçupeba. Sistema Alto Tietê daRMSP. Vazão de 10 m³/s
  5. 5. CAPTAÇÃODE ÁGUASSUBTERRÂNEA
  6. 6. INSTALAÇÃO DECONJUNTOMOTOR-BOMBAEM POÇOSPROFUNDOSINSTALAINSTALAÇÇÃO DEÃO DECONJUNTOCONJUNTOMOTORMOTOR--BOMBABOMBAEM POEM POÇÇOSOSPROFUNDOSPROFUNDOS
  7. 7. ADUTORAS
  8. 8. ADUTORAS EM SISTEMAS DEABASTECIMENTO DE ÁGUAADUTORAS EM SISTEMAS DEADUTORAS EM SISTEMAS DEABASTECIMENTO DEABASTECIMENTO DE ÁÁGUAGUACurso de águaRede dazona baixaRede da zona altaReservatórioReservatórioelevadoCaptaçãoEstaçãoelevatóriaEstaçãoelevatóriaETAAdutoraAdutora deágua brutapor recalqueAdutora para oreservatório dazona alta porrecalqueAdutora para oreservatório dazona baixa porgravidade
  9. 9. ADUTORAS EM SISTEMAS DEADUTORAS EM SISTEMAS DEABASTECIMENTO DEABASTECIMENTO DE ÁÁGUAGUA• Tipos de Adutoras
  10. 10. ADUTORAS EM SISTEMAS DEADUTORAS EM SISTEMAS DEABASTECIMENTO DEABASTECIMENTO DE ÁÁGUAGUA• Cálculo do Diâmetro de Adutoras por Recalque• D – Diâmetro da adutora (m);• Qa – Vazão de adução (m3/s).aQD 3,1=
  11. 11. ADUTORAS EM SISTEMAS DEADUTORAS EM SISTEMAS DEABASTECIMENTO DEABASTECIMENTO DE ÁÁGUAGUA• Potência do Conjunto Moto-Bomba – Adutoras por Recalque• P – Potência do Conjunto Moto-Bomba (hp);• Qa – Vazão de Adução (m3/s);• g – peso específico da água (N/m3)• Hman – Altura Manométrica (m) = Desnível geométrico = Cota da ETA – Cota dacaptação.• h – Rendimento do conjunto moto-bomba = 0,75ηγ.75.. mana HQP =
  12. 12. ADUTORAS EM SISTEMAS DEADUTORAS EM SISTEMAS DEABASTECIMENTO DEABASTECIMENTO DE ÁÁGUAGUA• Traçado e Perfil
  13. 13. TUBULAÇÃO DE FERRO FUNDIDOTUBULATUBULAÇÇÃO DE FERRO FUNDIDOÃO DE FERRO FUNDIDOTipos de tubos– Dúctil– Tipo cinzento → não é mais fabricadoTipos de tubos– Diâmetros: 50 a 1.200 mm– Comprimento: 3, 6 e 7 m– Classes: K-9, K-7 e 1 MPa– Tipos de juntas:ChumboElásticaElástica travadaMecânicaFlanges
  14. 14. TRAVESSIA AÉREATRAVESSIA ATRAVESSIA AÉÉREAREA
  15. 15. RESERVATÓRIOSDEDISTRIBUIÇÃODE ÁGUA
  16. 16. RESERVATÓRIOS DE DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUARESERVATRESERVATÓÓRIOS DE DISTRIBUIRIOS DE DISTRIBUIÇÇÃO DEÃO DE ÁÁGUAGUAPrincipais finalidades:• Regularizar a vazão• Segurança ao abastecimento• Reserva de água para incêndio• Regularizar pressões
  17. 17. RESERVATÓRIOELEVADORESERVATRESERVATÓÓRIORIOELEVADOELEVADO
  18. 18. RESERVATÓRIOS CIRCULARRESERVATRESERVATÓÓRIOS CIRCULARRIOS CIRCULAR
  19. 19. RESERVATÓRIO APOIADORESERVATRESERVATÓÓRIO APOIADORIO APOIADOReservatório da cidade de Jales Reservatório da cidade de RiolândiaReservatório do sistema produtor AltoTiête, RMSP
  20. 20. RESERVATÓRIO ELEVADORESERVATRESERVATÓÓRIO ELEVADORIO ELEVADOReservatório da cidade de Jales Reservatório da cidade de Paulo de FariaReservatório da cidade de Lins
  21. 21. DETERMINAÇÃO DO VOLUME ÚTILDETERMINADETERMINAÇÇÃO DO VOLUMEÃO DO VOLUME ÚÚTILTILMétodo baseado na curva de consumo - Adução contínua( )22 11tV Qdt Q t tt= − −∫onde:V = volume de reservaçãoQ = vazão consumidaQ = vazão média do diat2 = instante em que consumo émenor que a vazão fornecidat1 = instante em que consumo émaior que a vazão fornecida
  22. 22. REDES DEDISTRIBUIÇÃODE ÁGUA
  23. 23. TIPOS DE REDETIPOS DE REDETIPOS DE REDERede ramificadaRede ramificadaRede ramificadaReservatório Ponta secaRede secundáriaRede principalNóTrecho
  24. 24. TIPOS DE REDETIPOS DE REDETIPOS DE REDERede ramificada comtraçado em espinha de peixeRede ramificada comtraçado em grelhaRede ramificadaRede ramificadaRede ramificada
  25. 25. TIPOS DE REDETIPOS DE REDETIPOS DE REDERede malhadaRede malhadaRede malhada em anéis
  26. 26. TIPOS DEREDETIPOS DETIPOS DEREDEREDERede malhadaRede malhadaRede malhadaem blocos
  27. 27. MATERIAIS DE PLÁSTICOMATERIAIS DE PLMATERIAIS DE PLÁÁSTICOSTICOMateriais de polietileno (PE)Materiais de PVCPVC PBA PVC DEFOFO
  28. 28. ÓRGÃOS E EQUIPAMENTOS ACESSÓRIOSÓÓRGÃOS E EQUIPAMENTOS ACESSRGÃOS E EQUIPAMENTOS ACESSÓÓRIOSRIOS• Válvula de manobra• Válvula de descarga• Ventosas• Válvula redutora de pressão• Válvula sustentadora de pressão• Hidrante
  29. 29. DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO DAS REDESDISPOSITIVOS DE PROTEDISPOSITIVOS DE PROTEÇÇÃO DAS REDESÃO DAS REDESLocalização dos blocos de ancoragens na rede de distribuição de água
  30. 30. Zoneamento dePressões
  31. 31. Pressões a Serem Observadas• Segundo a NBR 12218/94:– Pressão dinâmica mínima na rede: 10 mca;– Pressão estática máxima na rede: 50 mca.
  32. 32. Setores de Abastecimento• Para atender aos limites de pressão, arede deve ser sub-dividida emZONAS DE PRESSÃO (alta média ebaixa);• Cada Zona de Pressão é abastecida porum reservatório de distribuição. A área deinfluência do reservatório é oSetor de Abastecimento.
  33. 33. Setores de Abastecimento• Normalmente, para atender:– Zona Alta: Reservatório Elevado ou booster;– Zonas Média e Baixa: Reservatório apoiado,enterrado ou semi-enterrado e/ou VálvulasRedutoras de Pressão (VRP)
  34. 34. Perfil de um Setor deAbastecimento
  35. 35. ESQUEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA PARAATENDER OS LIMITES DE PRESSÃO NA REDEESQUEMA DE ABASTECIMENTO DEESQUEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁÁGUA PARAGUA PARAATENDER OS LIMITES DE PRESSÃO NA REDEATENDER OS LIMITES DE PRESSÃO NA REDE
  36. 36. ESQUEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA PARAATENDER OS LIMITES DE PRESSÃO NA REDEESQUEMA DE ABASTECIMENTO DEESQUEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁÁGUA PARAGUA PARAATENDER OS LIMITES DE PRESSÃO NA REDEATENDER OS LIMITES DE PRESSÃO NA REDE
  37. 37. VRP XV NovembroBooster TotozinhoVRP AlferesBooster MirandasDistribuição Espacial dos Setores – Situação AtualDistribuição Espacial dos Setores – Situação Atual500m³ETAFartura - ZACentro60m³
  38. 38. Atividades - ProjetoEstrutura de Captação: localização.Bombeamento: Potência do Conjunto Moto-bomba.Adutora: - Cálculo do Diâmetro.- Traçado em planta e Perfil.Reservatórios: localização e Cálculo do Volume.Zonas de pressão: delimitação em planta(esc.1:10.000)Rede: traçado dos anéis (rede primária) por zona depressões.
  39. 39. LIGAÇÕESPREDIAISE MEDIDORES
  40. 40. ESTRUTURA DE MEDIÇÃOESTRUTURA DE MEDIESTRUTURA DE MEDIÇÇÃOÃOAbrigo e cavalete em PVC-DN 20 para hidrômetro de 1,5 m3 e 3,0 m3/h
  41. 41. UNIDADE DE MEDIÇÃO DE ÁGUAUNIDADE DE MEDIUNIDADE DE MEDIÇÇÃO DEÃO DE ÁÁGUAGUA90cmFachada do imóvelMuro lateral(abaixo do padrão da caixa deentrada de energia)máx. 40 cm90 cm
  42. 42. HIDRÔMETROSHIDRÔMETROSHIDRÔMETROSHidrômetros → são aparelhosdestinados a medir eindicar a quantidade deágua fornecida pela rededistribuidora a umainstalação predial

×