C antinh o d o c éu                              Os              C arlos e ls on cu nh a        Arqu ite tu ra &          ...
Jard imantinho rancis coco  Jard im ão F F rancis     C S S ã o d o c éu                                     Os           ...
Jard imantinho rancis coco  Jard im ão F F rancis     C S S ã o d o c éu                                     Os           ...
Jard imantinho rancis coco  Jard im ão F F rancis     C S S ã o d o c éu                                     Os           ...
Jard imantinho rancis coco  Jard im ão F F rancis     C S S ã o d o c éu                                     Os           ...
Jard imantinho rancis coco  Jard im ão F F rancis     C S S ã o d o c éu                                     Os           ...
C antinh o d o c éu                              Os              C arlos e ls on cu nh a        Arqu ite tu ra &          ...
C antinh o d o c éu                              Os              C arlos e ls on cu nh a        Arqu ite tu ra &          ...
Intenção                                     Provocar pela arte                           Novas relações cenográficas     ...
Descrição                          Repicas das doze estátuas de Aleijadinho, os doze profetas,                            ...
CaracterísticasA unidades devem ser o mais leves possíveis, constituindo apenas uma casca ou uma    membrana superficial, ...
Cenografia e identidade          O projeto visa complementar o Parque Cantinho do Céu ao fornecer imagens        singulare...
Marcação espacial    É papel dos Arautos Ambientais sinalizar o espaço e conferir sentido de direção.     Como sujeitos si...
Os Desnecessários                              Élida Pereira da Silva                               Carlos Elson CunhaAlun...
Arautos ambientais aleijadinho na_billings
Arautos ambientais aleijadinho na_billings
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Arautos ambientais aleijadinho na_billings

365 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
365
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arautos ambientais aleijadinho na_billings

  1. 1. C antinh o d o c éu Os C arlos e ls on cu nh a Arqu ite tu ra & U rb anis m o 01 d e s ne ce s s ários Élid a p e re ira d a s ilva Élid 01/ m acke nzie
  2. 2. Jard imantinho rancis coco Jard im ão F F rancis C S S ã o d o c éu Os C arlos e ls on cu nh a Arqu ite tu ra & 02 U rb anis m o d e s ne ce s s ários Élid a p e re ira d a s ilva Élid 01/ m acke nzie
  3. 3. Jard imantinho rancis coco Jard im ão F F rancis C S S ã o d o c éu Os C arlos e ls on cu nh a Arqu ite tu ra & 03 U rb anis m o d e s ne ce s s ários Élid a p e re ira d a s ilva Élid 01/ m acke nzie
  4. 4. Jard imantinho rancis coco Jard im ão F F rancis C S S ã o d o c éu Os C arlos e ls on cu nh a Arqu ite tu ra & 04 U rb anis m o d e s ne ce s s ários Élid a p e re ira d a s ilva Élid 01/ m acke nzie
  5. 5. Jard imantinho rancis coco Jard im ão F F rancis C S S ã o d o c éu Os C arlos e ls on cu nh a Arqu ite tu ra & 05 U rb anis m o d e s ne ce s s ários Élid a p e re ira d a s ilva Élid 01/ m acke nzie
  6. 6. Jard imantinho rancis coco Jard im ão F F rancis C S S ã o d o c éu Os C arlos e ls on cu nh a Arqu ite tu ra & 06 U rb anis m o d e s ne ce s s ários Élid a p e re ira d a s ilva Élid 01/ m acke nzie
  7. 7. C antinh o d o c éu Os C arlos e ls on cu nh a Arqu ite tu ra & 07 U rb anis m o d e s ne ce s s ários Élid a p e re ira d a s ilva Élid 01/ m acke nzie
  8. 8. C antinh o d o c éu Os C arlos e ls on cu nh a Arqu ite tu ra & 08 U rb anis m o d e s ne ce s s ários Élid a p e re ira d a s ilva Élid 01/ m acke nzie
  9. 9. Intenção Provocar pela arte Novas relações cenográficas Identidade topológica Ordenamento espacial Um olhar para a escultura Um olhar para Minas Gerais, Aleijadinho e seu legado Um olhar à história ancestral de 3.000 anos.Metáfora dos profetas hebraicos como vigias ambientais. Arautos Ambientais
  10. 10. Descrição Repicas das doze estátuas de Aleijadinho, os doze profetas, feitas em pedra sabão em Congonhas do Campo:As peças medirão o equivalente a duas vezes e meia a altura de uma pessoa mediana. 1,75m x 2,5 = 4,40m. Se forem demasiado altas tornar-se-á óbvio ao espectador tratar-se de um artefato. Se menores, na escala humana real, somem no cenário. Peças leves, feitas de armação metálica, à partir de material reciclado recolhido do fundo da represa, por cooperativa de moradores locais.Assim um processo educativo de reuso e de produção comunitária pode levar à maior interação não só dos moradores entre si, como agentes que conseguem produzir arte, como de apreço pelas peças construídas por eles mesmos. Arautos Ambientais
  11. 11. CaracterísticasA unidades devem ser o mais leves possíveis, constituindo apenas uma casca ou uma membrana superficial, simulando, ao longe, a silhueta de cada um dos profetas. A estrutura desta casca deve ser um aramado revestido de material fibroso, como a fibra de vidro.Importa que as figuras não possuam retenção de água, por motivos sanitários (evitar proliferação de insetos como Aedes Aegiptys, por exemplo) e para facilitar a auto-limpeza após chuvas. Cada figura repousará sobre uma pequena base, na qual não seja possível uma pessoa aportar. Isto evitará o uso do elemento como ilhota de visitação. Naturalmente seria ideal termos ali visita de crianças, pescadores e outros.Entretanto, temendo o uso deste espaço remoto para fins nocivos, acreditamos ser o islolamento a melhor maneira de proteger a instalação. Arautos Ambientais
  12. 12. Cenografia e identidade O projeto visa complementar o Parque Cantinho do Céu ao fornecer imagens singulares no horizonte. Há um jogo topológico na implantação do Parque, ao transportar o morador ou visitante vindo das ruas do bairro em direção à orla. Esta transposição feita com excelência pelo escritório Marcos Boldarini e Associados, conduz à se caminhar ou repousar nas varandas que se projetam à água, de maneira que contemplação se volta para ela. Ilustrar essa contemplação é meta de nossaproposta, por entendermos a represa com amplo palco, apto a receber elementos que completem o percurso rua – parque – represa. Apenas a arte pode responder apropriadamente ao desafio cenográfico e paisagístico. E à ela cabe a função de oferecer à cidade um arremate inteligente à todo o empreendimento de qualificar a zona ribeirinha.Feita em grande escala, pois se distribuirão por toda a represa, as figuras tornar-se-ão mais do que meros adornos de uma ação urbanística de qualidade - irão conferir identidade à Represa Billings e oferecer um novo cartão postal à toda a zona sul da capital paulista. Arautos Ambientais
  13. 13. Marcação espacial É papel dos Arautos Ambientais sinalizar o espaço e conferir sentido de direção. Como sujeitos singulares, cada profeta tem um perfil e nome específico, assim oobservador ganha uma referência espacial, um sentido e direção, ao invés de ver um horizonte monótono e similar, o que tornará qualquer passeio ou competição náutica mais interessante. Iluminadas à noite, as figuras ganham outros aspectos inusitados. O sistema de iluminação por leds alimentados via placas fotovoltáicas, podem ser conectadas com sistemas eletrônicos de medição do teor de usabilidade da água. Assim a cor de sua iluminação noturna pode servir de aviso sobre o estado de qualidade da água, levando à comunidade e toda a cidade – especialmente pela mídia- a acompanhar a evolução da recuperação da represa. Arautos Ambientais
  14. 14. Os Desnecessários Élida Pereira da Silva Carlos Elson CunhaAlunos da faculdade de Arquitetura & Urbanismo Universidade. Presbiteriana Mackenzie S P Callings – Jornada da Habitação Professores: Angélica Alvim Luiz Guilherme Castro Organização: Prefeitura Municipal de São Paulo Abril, 2012 a D. Pensamentos arquitetônicos desnecessários, como o por-do-sol. Arautos Ambientais

×