SlideShare uma empresa Scribd logo
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
““Não interessa o queNão interessa o que
você faz e, sim, comovocê faz e, sim, como
você faz.”você faz.”
Joseph PilatesJoseph Pilates
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Benefícios do Método PilatesBenefícios do Método Pilates11
Aumenta a forçaAumenta a força
Dá maior controle muscularDá maior controle muscular
Integra corpo e menteIntegra corpo e mente
Melhora a capacidade respiratóriaMelhora a capacidade respiratória
Aumenta a energiaAumenta a energia
Dá maior flexibilidadeDá maior flexibilidade
Harmoniza os movimentos diáriosHarmoniza os movimentos diários
Alonga, tonifica e define a musculaturaAlonga, tonifica e define a musculatura
Melhora o condicionamento físico e mentalMelhora o condicionamento físico e mental
Corrige a posturaCorrige a postura
Dá maior consciencia corporalDá maior consciencia corporal
Reestrutura o corpoReestrutura o corpo
Aumenta o equilíbrio e a coordenaçãoAumenta o equilíbrio e a coordenação
Previne lesõesPrevine lesões
É eficiente na pós-reabilitaçãoÉ eficiente na pós-reabilitação
Aumenta a auto-estimaAumenta a auto-estima
Alivia o estresseAlivia o estresse
Alivia as dores muscularesAlivia as dores musculares
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Princípios do Método Pilates
Relaxamento
Concentração
Alinhamento
Respiração
Coordenação
Resistência
RELAXAMENTO – Relaxe por alguns minutos antes de começar os
exercícios e deixe que toda a tensão acumulada saia do seu corpo. Uma das
melhores posições para relaxar é deitado com um apoio pequeno embaixo da
cabeça, braços estendidos, coluna reta e pernas flexionadas. Respire
profundamente.
CONCENTRAÇÃO – Seu corpo e sua mente trabalham juntos. A cada
movimento realizado você se concentra no que e como está fazendo o
exercício. Desenvolve maior consciência do espaço que você ocupa e o que
está fazendo com cada parte do seu corpo.
ALINHAMENTO – Você deverá fazer os exercícios com uma postura correta
para que possa restaurar seu equilíbrio muscular, devolvendo ao seu corpo
mais mobilidade e proporcionando um funcionamento mais saudável. O
método restabelece as curvas fisiológicas da sua coluna.
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Princípios do Método Pilates – Continuação
RESPIRAÇÃO – Para que o seu corpo receba a quantidade de oxigenio
necessária para um bom desempenho nos exercícios, você deve respirar de
forma eficaz. Inspire pelo nariz e expire pela boca.
COORDENAÇÃO – A coordenação é a perfeita comunicação entre a mente e o
corpo. É a mente com total controle sobre o corpo e os dois trabalhando
simultaneamente. Os movimentos são realizados com harmonia e de forma lenta,
usando a musculatura correta para fazer o trabalho.
RESISTÊNCIA – À medida que os exercícios são executados com perfeição
você perceberá que a sua força e resistência aumentam.
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Joseph Pilates nasceu em 1880, perto de Dusseldorf – Alemanha.
Com uma infância adoentada, passou parte da juventude lutando contra uma
saúde frágil, e para superar o problema, criou o seu próprio programa de
exercícios, transformando-se num atleta praticante de várias modalidades
esportivas como: ginástica, mergulho e boxe, entre outras. Em 1912, aos 32
anos, viajou para a Inglaterra desempenhando diversas atividades: boxe, no
circo e como instrutor de defesa pessoal na Polícia Civil Inglesa.
No começo da primeira Guerra Mundial, Joseph Pilates ficou preso com
outros alemães nos campos de Lancaster. Como tinha estudado fisiologia,
anatomia e medicina oriental, teve a oportunidade de aplicar seus
conhecimentos dando aulas aos internos. Recebeu muito crédito, pois
nenhum prisioneiro foi afetado pela epidemia de Influenza que matou
milhares de ingleses nesses anos. Conseguiu deixar seus pacientes estáveis,
pois, apesar de seus ferimentos, foram capazes de se movimentar-se
graças à firmeza dos músculos.Trabalhando como enfermeiro, Pilates
percebeu que a falta de atividade física dos pacientes dificultava o processo
de reabilitação. Assim, desenvolveu exercícios utilizando cordas, roldanas e
molas que adaptava à cama do hospital.2
CONTINUA..
JOSEPH PILATES
Uma história de sucesso
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Sua idéia era trabalhar a resistência de músculos específicos, sem
comprometer outras partes do corpo. No barco que o levou à América,
conheceu Clara, que seria sua futura esposa. “Falávamos muitas horas sobre
saúde e a necessidade de manter um corpo saudável", dizia Clara. Ambos
decidiram abrir um estúdio em New York, em um endereço que dividiram com
o New York City Ballet, para o ensino dos conhecimentos e técnicas de seu
programa de condicionamento físico. Nos Estados Unidos, a técnica atraiu a
atenção do mundo da dança americana. Os melhores dançarinos e as
companhias de dança viram-se beneficiados com suas técnicas. Nomes
conhecidos como Martha Graham e George Balanchine praticavam e
recomendavam a técnica aos seus próprios alunos.
Joseph Pilates viveu até os 87 anos de idade. Isto foi um verdadeiro tributo à
efetividade de seu método de treinamento e condicionamento físico. Fiel
expoente de seu próprio sistema, permanecia seguro que seus
conhecimentos estavam 50 anos adiantados em relação à sua época. O
tempo confirmou a verdade de sua afirmação.2
CONTINUA..
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Aos 60 anos Aos 82 anosAos 57 anos
Quando Joseph Pilates morreu, aos 87 anos, em 1967, além de não deixar
herdeiros, não designou um sucessor para dar continuidade ao seu
método. Mesmo assim, a marca foi registrada e gerou um processo que se
arrastou por muitos anos. Em 20/10/2000, a Corte Federal de Nova York,
através da juíza Dra. Miriam Goldman Cedarbaum, tornou nulas as marcas
registradas pelo The Pilates Studio, tornando Pilates um nome de uso
público, por se tratar da denominação de um método de trabalho.
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
DICAS PARA FAZER OS EXERCÍCIOS DE FORMA PERFEITA1
Respeite os limites do seu corpo.
Pare imediatamente ao sentir dor. Converse com o Fisioterapeuta.
Lembre-se, Pilates é qualidade de movimento, e não quantidade.
Busque a perfeição em cada movimento.
Execute movimentos com precisão.
Faça os exercícios lentamente e com controle.
Execute os movimentos de forma relaxada, com graça e fluidez.
Concentre-se nos movimentos que está executando.
Busque a integração do seu corpo com a sua mente.
Respire a cada movimento.
Mantenha sempre seu abdômen profundamente contraído. Imagine
seu umbigo cada vez mais colado à sua coluna
Verifique se você está fazendo os exercícios com a postura correta.
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
O QUE É O MÉTODO JOSEPH PILATESO QUE É O MÉTODO JOSEPH PILATES11
Pilates é um método de condicionamento físico que integra o corpo
e a mente, ampliando a capacidade de movimentos, aumentando o controle,
a força, o equilíbrio muscular e a consciência corporal. É um sistema de
exercícios que possibilita maior integração do indivíduo no seu dia-a-
dia.Trabalha o corpo como um todo – corrige a postura e realinha a
musculatura, desenvolvendo a estabilidade corporal necessária para uma
vida mais saudável e longeva. O indivíduo redescobre seu próprio corpo com
mais coordenação, equilíbrio e flexibilidade. Independente da idade,
qualquer pessoa pode ser beneficiada por este método que melhora a
qualidade de vida e oferece resultados rápidos. Mas para obter os benefícios
do Pilates é preciso ser disciplinado.
O método Pilates se divide em exercícios de solo e em aparelhos.
Exercícios de solo: São feitos no chão, deitado, sentado ou em pé.
Exercícios com aparelhos: São feitos com os aparelhos criados por
Joseph Pilates, os quais utilizam molas, que assistem e resistem aos
movimentos. CONTINUA ...
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
É inegável a importância do legado deixado por Joseph Pilates. Seu
método foi revolucionário e chega ao terceiro milênio com teoria, técnica e
aparelhos criados por ele. Hoje, com o avanço em todas as áreas e com maior
conhecimento científico, podemos aproveitar a herança de Pilates
acrescentando modificações adequadas ao nosso tempo. “A grande
transformação do Pilates na atualidade é manter e corrigir a curvatura da
coluna, além da preocupação com a consciência corporal e a respiração em
sintonia com os movimentos – a respiração correta funciona como um antídoto
ao estresse” (Teresa Camarão).
O método original trabalhava com a retificação da coluna, contração
do abdômen, dos glúteos e do assoalho pélvico – que Pilates chamava power
house (casa do poder). Ele dizia que todo movimento deve sair do abdômen.
Estava correto. Só que, a partir do momento em que faz uma retificação de
coluna, você está forçando a sua fisiologia. Com a evolução científica, o
Pilates moderno não trabalha mais com a coluna retificada – procura preservar
e restaurar as suas curvas fisiológicas CONTINUA ...
O QUE É O MÉTODO JOSEPH PILATESO QUE É O MÉTODO JOSEPH PILATES11
- Continuação- Continuação
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Importante ressaltar que uma das grandes vantagens do método
Pilates é que os exercícios são feitos com prazer. Por isso, além da rapidez
dos resultados, ele aumenta a auto-estima. Os alunos sempre comentam o
quanto é prazerosa uma aula de Pilates. Joseph Pilates conseguiu acabar
com aquela idéia de que para se obter resultados físicos, você tem de sofrer,
suar, ficar com a musculatura dolorida. Essa é a grande revolução que
Pilates proporcionou ao mundo das atividades físicas.
O QUE É O MÉTODO JOSEPH PILATESO QUE É O MÉTODO JOSEPH PILATES11
- Continuação- Continuação
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
PILATES - REABILITAÇÃO
É a utilização da técnica aplicada a portadores de
patologias diversas, com o objetivo de reabilitação e
alívio das dores em um curto espaço de tempo.
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Indicações
Prevenção e tratamento das lesões do esporte
Condicionamento físico
Fortalecimento e definição muscular
Combate ao estresse
Desvios posturais
Hérnia de disco
Osteoporose
LER/DORT
Dores crônicas ...
Melhoria na flexibilidade, etc
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
APRESENTAÇÃO DOS APARELHOS
REFORMER
REFORMER
REFORMER – Básico e Clínico
Sistema de molas
Apoio da cabeça
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
APRESENTAÇÃO DOS APARELHOS - Continuação
TRAPÉZIO / CADILAC
TRAPÉZIO / CADILAC
TRAPÉZIO / CADILAC
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
APRESENTAÇÃO DOS APARELHOS - Continuação
CADEIRAS
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
APRESENTAÇÃO DOS APARELHOS - Continuação
BARRIL CAIXA DA LUA
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
APRESENTAÇÃO DOS APARELHOS - Continuação
UNIDADE DE PAREDE
W
A
L
L
U
N
I
T
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
APRESENTAÇÃO DOS APARELHOS - Continuação
GIRO PILATES
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
APRESENTAÇÃO DOS APARELHOS - Continuação
BOLAS ACESSÓRIAS CÍRCULOS MÁGICOS
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Depoimentos Sobre o Pilates
“Sou uma novata em Pilates. As primeiras aulas achei um pouco devagar,
porque estou acostumada em transpirar, a fazer força. Aos poucos fui me
acostumando e hoje pratico quatro vezes na semana. Me faz muito bem, estou
andando como uma moça – e eu tenho 80 anos. Faço Pilates porque a gente
não se cansa, mantém a musculatura, mas sem fazer esforço bruto. Você sai
pronto para agüentar o dia. Para mim, Pilates foi um raio de sol”
TATIANA LESKOVA – ARTISTA DO BALLET
“O Pilates deu uma mudada na minha vida e na minha cabeça. Tinha muito
medo de ir a uma academia e ficar mais musculosa. Até descobrir o Pilates. A
partir daí me dei conta de que poderia definir, modelar e melhorar o meu
corpo, sem nenhuma agressão física. O Pilates é o que busquei a vida inteira,
encontrei e fiquei. Não é um modismo. Acho que enquanto a gente estiver
vivo, vai precisar fazer Pilates sempre.”
GLÓRIA MARIA - JORNALISTA
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Depoimentos Sobre o Pilates – Continuação
“ Sedentário militante, inimigo mortal de academias, descobri
no programa de Joseph Pilates o caminho da saúde. Imaginem um
método de exercícios que fortalece e alonga os músculos sem os deixar
inchados, que aumenta a flexibilidade, tudo sem muito esforço nem
tensão, e que além disso deixa seu corpo em sintonia com a mente e
diminui o stress por conta de uma respiração correta – isso é o Pilates.
Uma descoberta para o resto da minha vida!”
EUCLIDES MARINHO - ROTEIRISTA
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Nossos serviços
RPG
É um método de fisioterapia que trata os desequilíbrios e as
desarmonias do corpo, levando em consideração as
necessidades individuais de cada indivíduo.
O método não visa a atender somente os portadores de
dor, mas, também, àqueles que buscam viver em harmonia com o
seu corpo. Não trata partes isoladas, e sim o corpo como um todo.
INDICAÇÕES:
Portadores de desvios posturais (hipercifose, hiperlordose,
retificação cervical, escoliose, pés planos e cavos, joelhos valgos
e varos)
Hérnia de disco, labirintite, artrose (bicos de papagaio), bursite,
tendinite, stress, distúrbios circulatórios, etc...
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
RPG - Continuação
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
RPG - Continuação
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Nossos Serviços
Massagem Ayurvédica
De origem indiana, é um ramo da milenar medicina ayurvédica.
Técnica de massagem profunda, aliada a manobras de tração e
alongamento, além da estimulação de pontos e órgãos vitais,
visando ao equilíbrio físico, mental, psíquico e energético. Engloba a
massoterapia, a drenagem linfática e alongamento em um só tempo,
oportunizando todo o corpo a funcionar em perfeito estado.
Shiatsu
É uma técnica em que o terapeuta aplica a pressão dos dedos
sobre pontos específicos (meridianos), que são os mesmos pontos
utilizados na acupuntura clássica para promover o equilíbrio
energético
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Nossos Serviços
Fisioterapia Manipulativa
Técnica que utiliza técnicas manuais, como mobilizações, pompagens,
etc. Atua na mobilização ou manipulação da fáscia superficial (tecido
conjuntivo que envolve os músculos).Para atuar sobre os tecidos que
estejam em disfunção (com restrição de sua mobilidade). Tem ação
benéfica sobre a circulação dos fluidos (linfa,sangue
venoso),musculatura e articulação. É indicada para tratamento de
tendinites, entorses, ler/dort, fibromialgia e outros problemas.
Reiki
Técnica japonesa de imposição de mãos. Significa energia vital
universal, que será transmitida para o paciente pelo terapeuta reikiano.
É muito eficaz também para trazer alivio nos casos agudos de
disfunções ou patologias. Não há contra-indicações, estimula o sistema
imunológico e proporciona equilíbrio emocional, mental e energético,
possibilitando profundas transformações
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Nossos Serviços
Drenagem Linfática
Técnica que utiliza manobras manuais suaves, ritmadas e
precisas e tem por objetivo esvaziar os líquidos e resíduos
metabólicos e estimular a circulação linfática através da massagem
desintoxicando o organismo e ativando o sistema imunológico.
Com a drenagem linfática, os líquidos entre os tecidos são
devolvidos ao sangue através da circulação linfática.
A drenagem linfática estimula a regeneração dos tecidos e tem
aplicação no tratamento de celulite pela eliminação de líquidos.
Drenagem linfática também poderá melhorar o sistema
imunológico ao estimular a produção de linfócitos na zona cortical
dos gânglios linfáticos. Além disso, a drenagem linfática tem ação
relaxante e tranqüilizante.
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Fontes de Pesquisa
1
– Textos extraídos com base no Livro Pilates no Brasil
de Teresa Camarão – publicado pela Editora Alegro.
2
– Textos extraídos com base na Apostila do Curso de
Pilates aplicado à Fisioterapia elaborado pela
fisioterapeuta Maria do Socorro Almeida
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
FimFim
Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)
Esta apresentação foi elaborada por Macau Almeida
PHYSIO SERV - PITUBA
Diretoria:
Diretora Técnica: Drª Maria do Socorro Oliveira de Almeida
Diretora Financeira: Jaqueline Mendes
Diretor de Marketing: Ricardo Mendes
Diretor Administrativo: Macau Almeida

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 1 definiçoes e historia da fisioterapia
Aula 1 definiçoes e historia da fisioterapiaAula 1 definiçoes e historia da fisioterapia
Aula 1 definiçoes e historia da fisioterapia
Marcelo Jota
 
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.pptAula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
SuzyOliveira20
 
Aula 6 Prescricao De Exercicio E Treinamento Fisico
Aula 6   Prescricao De Exercicio E Treinamento FisicoAula 6   Prescricao De Exercicio E Treinamento Fisico
Aula 6 Prescricao De Exercicio E Treinamento Fisico
Felipe P Carpes - Universidade Federal do Pampa
 
Musculação conceitos e aplicações
Musculação   conceitos e aplicaçõesMusculação   conceitos e aplicações
Musculação conceitos e aplicações
washington carlos vieira
 
BIOMECANICA APLICADA AO TREINAMENTO E A ED.FISICA
BIOMECANICA APLICADA AO TREINAMENTO E A ED.FISICABIOMECANICA APLICADA AO TREINAMENTO E A ED.FISICA
BIOMECANICA APLICADA AO TREINAMENTO E A ED.FISICA
Edilson Porfirio
 
Massoterapia
MassoterapiaMassoterapia
Massoterapia
Renan Malaquias
 
Escoliose e método klapp.
Escoliose e método klapp.Escoliose e método klapp.
Escoliose e método klapp.
Paulo Bueno
 
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Evelyn Feitosa
 
Fisiologia do Exercício Aplicada à Educação Física Escolar
Fisiologia do Exercício Aplicada à Educação Física EscolarFisiologia do Exercício Aplicada à Educação Física Escolar
Fisiologia do Exercício Aplicada à Educação Física Escolar
marcelosilveirazero1
 
Treinamento de Força
Treinamento de ForçaTreinamento de Força
Treinamento de Força
Fernando Farias
 
Biomecânica Básica
Biomecânica BásicaBiomecânica Básica
Biomecânica Básica
LA Fitness Solutions
 
Exercício resistido
Exercício resistidoExercício resistido
Exercício resistido
washington carlos vieira
 
Fisioterapia no trabalho
Fisioterapia no trabalhoFisioterapia no trabalho
Fisioterapia no trabalho
Tatiana Cajado
 
Aula 1 biomecanica, conceitos, historico e definicoes
Aula 1   biomecanica, conceitos, historico e definicoesAula 1   biomecanica, conceitos, historico e definicoes
Aula 1 biomecanica, conceitos, historico e definicoes
Felipe P Carpes - Universidade Federal do Pampa
 
Fisiologia do exercício 03
Fisiologia do exercício 03Fisiologia do exercício 03
Fisiologia do exercício 03
washington carlos vieira
 
Alongamento muscular
Alongamento  muscularAlongamento  muscular
Alongamento muscular
lcinfo
 
Massagem Desportiva
Massagem DesportivaMassagem Desportiva
Massagem Desportiva
Hugo Pedrosa
 
Fisioterapia Pediátrica
Fisioterapia Pediátrica Fisioterapia Pediátrica
Fisioterapia Pediátrica
Gerssica Caldas
 
Slides lesões no esporte
Slides lesões no esporteSlides lesões no esporte
Slides lesões no esporte
lululimavidal
 
Hidroterapia introdução - aula 1
Hidroterapia   introdução - aula 1Hidroterapia   introdução - aula 1
Hidroterapia introdução - aula 1
Cleanto Santos Vieira
 

Mais procurados (20)

Aula 1 definiçoes e historia da fisioterapia
Aula 1 definiçoes e historia da fisioterapiaAula 1 definiçoes e historia da fisioterapia
Aula 1 definiçoes e historia da fisioterapia
 
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.pptAula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
 
Aula 6 Prescricao De Exercicio E Treinamento Fisico
Aula 6   Prescricao De Exercicio E Treinamento FisicoAula 6   Prescricao De Exercicio E Treinamento Fisico
Aula 6 Prescricao De Exercicio E Treinamento Fisico
 
Musculação conceitos e aplicações
Musculação   conceitos e aplicaçõesMusculação   conceitos e aplicações
Musculação conceitos e aplicações
 
BIOMECANICA APLICADA AO TREINAMENTO E A ED.FISICA
BIOMECANICA APLICADA AO TREINAMENTO E A ED.FISICABIOMECANICA APLICADA AO TREINAMENTO E A ED.FISICA
BIOMECANICA APLICADA AO TREINAMENTO E A ED.FISICA
 
Massoterapia
MassoterapiaMassoterapia
Massoterapia
 
Escoliose e método klapp.
Escoliose e método klapp.Escoliose e método klapp.
Escoliose e método klapp.
 
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
 
Fisiologia do Exercício Aplicada à Educação Física Escolar
Fisiologia do Exercício Aplicada à Educação Física EscolarFisiologia do Exercício Aplicada à Educação Física Escolar
Fisiologia do Exercício Aplicada à Educação Física Escolar
 
Treinamento de Força
Treinamento de ForçaTreinamento de Força
Treinamento de Força
 
Biomecânica Básica
Biomecânica BásicaBiomecânica Básica
Biomecânica Básica
 
Exercício resistido
Exercício resistidoExercício resistido
Exercício resistido
 
Fisioterapia no trabalho
Fisioterapia no trabalhoFisioterapia no trabalho
Fisioterapia no trabalho
 
Aula 1 biomecanica, conceitos, historico e definicoes
Aula 1   biomecanica, conceitos, historico e definicoesAula 1   biomecanica, conceitos, historico e definicoes
Aula 1 biomecanica, conceitos, historico e definicoes
 
Fisiologia do exercício 03
Fisiologia do exercício 03Fisiologia do exercício 03
Fisiologia do exercício 03
 
Alongamento muscular
Alongamento  muscularAlongamento  muscular
Alongamento muscular
 
Massagem Desportiva
Massagem DesportivaMassagem Desportiva
Massagem Desportiva
 
Fisioterapia Pediátrica
Fisioterapia Pediátrica Fisioterapia Pediátrica
Fisioterapia Pediátrica
 
Slides lesões no esporte
Slides lesões no esporteSlides lesões no esporte
Slides lesões no esporte
 
Hidroterapia introdução - aula 1
Hidroterapia   introdução - aula 1Hidroterapia   introdução - aula 1
Hidroterapia introdução - aula 1
 

Destaque

Apresentação boxe
Apresentação   boxeApresentação   boxe
Apresentação boxe
soniacoradi
 
Trabalho sobre o boxe
Trabalho sobre o boxeTrabalho sobre o boxe
Trabalho sobre o boxe
Escola Municipal Vila Monte Cristo
 
Historia de israel aula 51 israel e as profecias bíblicas [modo de compatibil...
Historia de israel aula 51 israel e as profecias bíblicas [modo de compatibil...Historia de israel aula 51 israel e as profecias bíblicas [modo de compatibil...
Historia de israel aula 51 israel e as profecias bíblicas [modo de compatibil...
RICARDO CARDOSO
 
José, semelhante a Jesus
José, semelhante a JesusJosé, semelhante a Jesus
José, semelhante a Jesus
André Luiz Marques
 
Dicas de Liderança em Projetos
Dicas de Liderança em ProjetosDicas de Liderança em Projetos
Boas novas para você - lição 2 - Igreja Multiplicadora - Igreja Batista da Lu...
Boas novas para você - lição 2 - Igreja Multiplicadora - Igreja Batista da Lu...Boas novas para você - lição 2 - Igreja Multiplicadora - Igreja Batista da Lu...
Boas novas para você - lição 2 - Igreja Multiplicadora - Igreja Batista da Lu...
Jamesson Cardozo
 
Lição 11 - Melquisedeque abençoa a abraão
Lição 11 - Melquisedeque abençoa a abraãoLição 11 - Melquisedeque abençoa a abraão
Lição 11 - Melquisedeque abençoa a abraão
Regio Davis
 
Interim management workshop apresentações consolidadas
Interim management   workshop apresentações consolidadasInterim management   workshop apresentações consolidadas
Interim management workshop apresentações consolidadas
Daniel de Carvalho Luz
 
Diretrizes acsm - Para prescrição de exercícios
Diretrizes acsm - Para prescrição de exercíciosDiretrizes acsm - Para prescrição de exercícios
Diretrizes acsm - Para prescrição de exercícios
marcelosilveirazero1
 
Lição 9 - Dízimos e ofertas
Lição 9 - Dízimos e ofertasLição 9 - Dízimos e ofertas
Lição 9 - Dízimos e ofertas
Ailton da Silva
 

Destaque (10)

Apresentação boxe
Apresentação   boxeApresentação   boxe
Apresentação boxe
 
Trabalho sobre o boxe
Trabalho sobre o boxeTrabalho sobre o boxe
Trabalho sobre o boxe
 
Historia de israel aula 51 israel e as profecias bíblicas [modo de compatibil...
Historia de israel aula 51 israel e as profecias bíblicas [modo de compatibil...Historia de israel aula 51 israel e as profecias bíblicas [modo de compatibil...
Historia de israel aula 51 israel e as profecias bíblicas [modo de compatibil...
 
José, semelhante a Jesus
José, semelhante a JesusJosé, semelhante a Jesus
José, semelhante a Jesus
 
Dicas de Liderança em Projetos
Dicas de Liderança em ProjetosDicas de Liderança em Projetos
Dicas de Liderança em Projetos
 
Boas novas para você - lição 2 - Igreja Multiplicadora - Igreja Batista da Lu...
Boas novas para você - lição 2 - Igreja Multiplicadora - Igreja Batista da Lu...Boas novas para você - lição 2 - Igreja Multiplicadora - Igreja Batista da Lu...
Boas novas para você - lição 2 - Igreja Multiplicadora - Igreja Batista da Lu...
 
Lição 11 - Melquisedeque abençoa a abraão
Lição 11 - Melquisedeque abençoa a abraãoLição 11 - Melquisedeque abençoa a abraão
Lição 11 - Melquisedeque abençoa a abraão
 
Interim management workshop apresentações consolidadas
Interim management   workshop apresentações consolidadasInterim management   workshop apresentações consolidadas
Interim management workshop apresentações consolidadas
 
Diretrizes acsm - Para prescrição de exercícios
Diretrizes acsm - Para prescrição de exercíciosDiretrizes acsm - Para prescrição de exercícios
Diretrizes acsm - Para prescrição de exercícios
 
Lição 9 - Dízimos e ofertas
Lição 9 - Dízimos e ofertasLição 9 - Dízimos e ofertas
Lição 9 - Dízimos e ofertas
 

Semelhante a Apresentação sobre pilates

Abordagem Fisioterapeutica do Pilates
Abordagem Fisioterapeutica do PilatesAbordagem Fisioterapeutica do Pilates
Abordagem Fisioterapeutica do Pilates
Dra. Welker Fisioterapeuta
 
Faça pilates você também
Faça pilates você tambémFaça pilates você também
Faça pilates você também
Edson Santos
 
Texto de atividades físicas alternativas
Texto de atividades físicas alternativasTexto de atividades físicas alternativas
Texto de atividades físicas alternativas
lululimavidal
 
Ebook Pilates Clínico na prevenção da dor lombar
Ebook Pilates Clínico na prevenção da dor lombarEbook Pilates Clínico na prevenção da dor lombar
Ebook Pilates Clínico na prevenção da dor lombar
Master - Science Lab
 
Active Aging Faixa Elástica - Alice Becker
Active Aging Faixa Elástica  - Alice BeckerActive Aging Faixa Elástica  - Alice Becker
Active Aging Faixa Elástica - Alice Becker
Physio Pilates
 
Reeduca postural
Reeduca posturalReeduca postural
Reeduca postural
Marcos Aurelio
 
Intervencao do pilates na reeducacao postural
Intervencao do pilates na reeducacao posturalIntervencao do pilates na reeducacao postural
Intervencao do pilates na reeducacao postural
Marcos Aurelio
 
PILATES.pdf
PILATES.pdfPILATES.pdf
PILATES.pdf
AdrianoTeixeira49
 
Revista Pilates - Clínica Creftae - Especial Aluno
Revista Pilates - Clínica Creftae - Especial AlunoRevista Pilates - Clínica Creftae - Especial Aluno
Revista Pilates - Clínica Creftae - Especial Aluno
Clínica Crefte
 
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgiaPlugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia
Dra. Welker Fisioterapeuta
 
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(3)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(3)Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(3)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(3)
Dra. Welker Fisioterapeuta
 
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(5)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(5)Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(5)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(5)
Dra. Welker Fisioterapeuta
 
Pilates na Lombalgia - revisão
Pilates na Lombalgia - revisãoPilates na Lombalgia - revisão
Pilates na Lombalgia - revisão
Dra. Welker Fisioterapeuta
 
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(4)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(4)Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(4)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(4)
Dra. Welker Fisioterapeuta
 
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(1)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(1)Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(1)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(1)
Dra. Welker Fisioterapeuta
 
Pilates na Reabilitação: uma Revisão Sistemática
Pilates na Reabilitação: uma Revisão SistemáticaPilates na Reabilitação: uma Revisão Sistemática
Pilates na Reabilitação: uma Revisão Sistemática
Dra. Welker Fisioterapeuta
 
guia de recomendações para desporto senior
guia de recomendações para desporto seniorguia de recomendações para desporto senior
guia de recomendações para desporto senior
Ana Santos
 
Pilates na sala_de_aula
Pilates na sala_de_aulaPilates na sala_de_aula
Pilates na sala_de_aula
diretoriabragpta
 
Postura corporal
Postura corporal Postura corporal
Postura corporal
Aon Brasil
 
Texto história pilates
Texto história pilatesTexto história pilates
Texto história pilates
diretoriabragpta
 

Semelhante a Apresentação sobre pilates (20)

Abordagem Fisioterapeutica do Pilates
Abordagem Fisioterapeutica do PilatesAbordagem Fisioterapeutica do Pilates
Abordagem Fisioterapeutica do Pilates
 
Faça pilates você também
Faça pilates você tambémFaça pilates você também
Faça pilates você também
 
Texto de atividades físicas alternativas
Texto de atividades físicas alternativasTexto de atividades físicas alternativas
Texto de atividades físicas alternativas
 
Ebook Pilates Clínico na prevenção da dor lombar
Ebook Pilates Clínico na prevenção da dor lombarEbook Pilates Clínico na prevenção da dor lombar
Ebook Pilates Clínico na prevenção da dor lombar
 
Active Aging Faixa Elástica - Alice Becker
Active Aging Faixa Elástica  - Alice BeckerActive Aging Faixa Elástica  - Alice Becker
Active Aging Faixa Elástica - Alice Becker
 
Reeduca postural
Reeduca posturalReeduca postural
Reeduca postural
 
Intervencao do pilates na reeducacao postural
Intervencao do pilates na reeducacao posturalIntervencao do pilates na reeducacao postural
Intervencao do pilates na reeducacao postural
 
PILATES.pdf
PILATES.pdfPILATES.pdf
PILATES.pdf
 
Revista Pilates - Clínica Creftae - Especial Aluno
Revista Pilates - Clínica Creftae - Especial AlunoRevista Pilates - Clínica Creftae - Especial Aluno
Revista Pilates - Clínica Creftae - Especial Aluno
 
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgiaPlugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia
 
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(3)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(3)Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(3)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(3)
 
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(5)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(5)Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(5)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(5)
 
Pilates na Lombalgia - revisão
Pilates na Lombalgia - revisãoPilates na Lombalgia - revisão
Pilates na Lombalgia - revisão
 
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(4)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(4)Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(4)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(4)
 
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(1)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(1)Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(1)
Plugin revis%e3o%20de%20 pilates%20na%20lombalgia(1)
 
Pilates na Reabilitação: uma Revisão Sistemática
Pilates na Reabilitação: uma Revisão SistemáticaPilates na Reabilitação: uma Revisão Sistemática
Pilates na Reabilitação: uma Revisão Sistemática
 
guia de recomendações para desporto senior
guia de recomendações para desporto seniorguia de recomendações para desporto senior
guia de recomendações para desporto senior
 
Pilates na sala_de_aula
Pilates na sala_de_aulaPilates na sala_de_aula
Pilates na sala_de_aula
 
Postura corporal
Postura corporal Postura corporal
Postura corporal
 
Texto história pilates
Texto história pilatesTexto história pilates
Texto história pilates
 

Último

Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
y6zh7bvphf
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
EdimaresSilvestre
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 

Último (20)

Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 

Apresentação sobre pilates

  • 1. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313)Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) ““Não interessa o queNão interessa o que você faz e, sim, comovocê faz e, sim, como você faz.”você faz.” Joseph PilatesJoseph Pilates
  • 2. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Benefícios do Método PilatesBenefícios do Método Pilates11 Aumenta a forçaAumenta a força Dá maior controle muscularDá maior controle muscular Integra corpo e menteIntegra corpo e mente Melhora a capacidade respiratóriaMelhora a capacidade respiratória Aumenta a energiaAumenta a energia Dá maior flexibilidadeDá maior flexibilidade Harmoniza os movimentos diáriosHarmoniza os movimentos diários Alonga, tonifica e define a musculaturaAlonga, tonifica e define a musculatura Melhora o condicionamento físico e mentalMelhora o condicionamento físico e mental Corrige a posturaCorrige a postura Dá maior consciencia corporalDá maior consciencia corporal Reestrutura o corpoReestrutura o corpo Aumenta o equilíbrio e a coordenaçãoAumenta o equilíbrio e a coordenação Previne lesõesPrevine lesões É eficiente na pós-reabilitaçãoÉ eficiente na pós-reabilitação Aumenta a auto-estimaAumenta a auto-estima Alivia o estresseAlivia o estresse Alivia as dores muscularesAlivia as dores musculares
  • 3. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Princípios do Método Pilates Relaxamento Concentração Alinhamento Respiração Coordenação Resistência RELAXAMENTO – Relaxe por alguns minutos antes de começar os exercícios e deixe que toda a tensão acumulada saia do seu corpo. Uma das melhores posições para relaxar é deitado com um apoio pequeno embaixo da cabeça, braços estendidos, coluna reta e pernas flexionadas. Respire profundamente. CONCENTRAÇÃO – Seu corpo e sua mente trabalham juntos. A cada movimento realizado você se concentra no que e como está fazendo o exercício. Desenvolve maior consciência do espaço que você ocupa e o que está fazendo com cada parte do seu corpo. ALINHAMENTO – Você deverá fazer os exercícios com uma postura correta para que possa restaurar seu equilíbrio muscular, devolvendo ao seu corpo mais mobilidade e proporcionando um funcionamento mais saudável. O método restabelece as curvas fisiológicas da sua coluna.
  • 4. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Princípios do Método Pilates – Continuação RESPIRAÇÃO – Para que o seu corpo receba a quantidade de oxigenio necessária para um bom desempenho nos exercícios, você deve respirar de forma eficaz. Inspire pelo nariz e expire pela boca. COORDENAÇÃO – A coordenação é a perfeita comunicação entre a mente e o corpo. É a mente com total controle sobre o corpo e os dois trabalhando simultaneamente. Os movimentos são realizados com harmonia e de forma lenta, usando a musculatura correta para fazer o trabalho. RESISTÊNCIA – À medida que os exercícios são executados com perfeição você perceberá que a sua força e resistência aumentam.
  • 5. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Joseph Pilates nasceu em 1880, perto de Dusseldorf – Alemanha. Com uma infância adoentada, passou parte da juventude lutando contra uma saúde frágil, e para superar o problema, criou o seu próprio programa de exercícios, transformando-se num atleta praticante de várias modalidades esportivas como: ginástica, mergulho e boxe, entre outras. Em 1912, aos 32 anos, viajou para a Inglaterra desempenhando diversas atividades: boxe, no circo e como instrutor de defesa pessoal na Polícia Civil Inglesa. No começo da primeira Guerra Mundial, Joseph Pilates ficou preso com outros alemães nos campos de Lancaster. Como tinha estudado fisiologia, anatomia e medicina oriental, teve a oportunidade de aplicar seus conhecimentos dando aulas aos internos. Recebeu muito crédito, pois nenhum prisioneiro foi afetado pela epidemia de Influenza que matou milhares de ingleses nesses anos. Conseguiu deixar seus pacientes estáveis, pois, apesar de seus ferimentos, foram capazes de se movimentar-se graças à firmeza dos músculos.Trabalhando como enfermeiro, Pilates percebeu que a falta de atividade física dos pacientes dificultava o processo de reabilitação. Assim, desenvolveu exercícios utilizando cordas, roldanas e molas que adaptava à cama do hospital.2 CONTINUA.. JOSEPH PILATES Uma história de sucesso
  • 6. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Sua idéia era trabalhar a resistência de músculos específicos, sem comprometer outras partes do corpo. No barco que o levou à América, conheceu Clara, que seria sua futura esposa. “Falávamos muitas horas sobre saúde e a necessidade de manter um corpo saudável", dizia Clara. Ambos decidiram abrir um estúdio em New York, em um endereço que dividiram com o New York City Ballet, para o ensino dos conhecimentos e técnicas de seu programa de condicionamento físico. Nos Estados Unidos, a técnica atraiu a atenção do mundo da dança americana. Os melhores dançarinos e as companhias de dança viram-se beneficiados com suas técnicas. Nomes conhecidos como Martha Graham e George Balanchine praticavam e recomendavam a técnica aos seus próprios alunos. Joseph Pilates viveu até os 87 anos de idade. Isto foi um verdadeiro tributo à efetividade de seu método de treinamento e condicionamento físico. Fiel expoente de seu próprio sistema, permanecia seguro que seus conhecimentos estavam 50 anos adiantados em relação à sua época. O tempo confirmou a verdade de sua afirmação.2 CONTINUA..
  • 7. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Aos 60 anos Aos 82 anosAos 57 anos Quando Joseph Pilates morreu, aos 87 anos, em 1967, além de não deixar herdeiros, não designou um sucessor para dar continuidade ao seu método. Mesmo assim, a marca foi registrada e gerou um processo que se arrastou por muitos anos. Em 20/10/2000, a Corte Federal de Nova York, através da juíza Dra. Miriam Goldman Cedarbaum, tornou nulas as marcas registradas pelo The Pilates Studio, tornando Pilates um nome de uso público, por se tratar da denominação de um método de trabalho.
  • 8. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) DICAS PARA FAZER OS EXERCÍCIOS DE FORMA PERFEITA1 Respeite os limites do seu corpo. Pare imediatamente ao sentir dor. Converse com o Fisioterapeuta. Lembre-se, Pilates é qualidade de movimento, e não quantidade. Busque a perfeição em cada movimento. Execute movimentos com precisão. Faça os exercícios lentamente e com controle. Execute os movimentos de forma relaxada, com graça e fluidez. Concentre-se nos movimentos que está executando. Busque a integração do seu corpo com a sua mente. Respire a cada movimento. Mantenha sempre seu abdômen profundamente contraído. Imagine seu umbigo cada vez mais colado à sua coluna Verifique se você está fazendo os exercícios com a postura correta.
  • 9. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) O QUE É O MÉTODO JOSEPH PILATESO QUE É O MÉTODO JOSEPH PILATES11 Pilates é um método de condicionamento físico que integra o corpo e a mente, ampliando a capacidade de movimentos, aumentando o controle, a força, o equilíbrio muscular e a consciência corporal. É um sistema de exercícios que possibilita maior integração do indivíduo no seu dia-a- dia.Trabalha o corpo como um todo – corrige a postura e realinha a musculatura, desenvolvendo a estabilidade corporal necessária para uma vida mais saudável e longeva. O indivíduo redescobre seu próprio corpo com mais coordenação, equilíbrio e flexibilidade. Independente da idade, qualquer pessoa pode ser beneficiada por este método que melhora a qualidade de vida e oferece resultados rápidos. Mas para obter os benefícios do Pilates é preciso ser disciplinado. O método Pilates se divide em exercícios de solo e em aparelhos. Exercícios de solo: São feitos no chão, deitado, sentado ou em pé. Exercícios com aparelhos: São feitos com os aparelhos criados por Joseph Pilates, os quais utilizam molas, que assistem e resistem aos movimentos. CONTINUA ...
  • 10. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) É inegável a importância do legado deixado por Joseph Pilates. Seu método foi revolucionário e chega ao terceiro milênio com teoria, técnica e aparelhos criados por ele. Hoje, com o avanço em todas as áreas e com maior conhecimento científico, podemos aproveitar a herança de Pilates acrescentando modificações adequadas ao nosso tempo. “A grande transformação do Pilates na atualidade é manter e corrigir a curvatura da coluna, além da preocupação com a consciência corporal e a respiração em sintonia com os movimentos – a respiração correta funciona como um antídoto ao estresse” (Teresa Camarão). O método original trabalhava com a retificação da coluna, contração do abdômen, dos glúteos e do assoalho pélvico – que Pilates chamava power house (casa do poder). Ele dizia que todo movimento deve sair do abdômen. Estava correto. Só que, a partir do momento em que faz uma retificação de coluna, você está forçando a sua fisiologia. Com a evolução científica, o Pilates moderno não trabalha mais com a coluna retificada – procura preservar e restaurar as suas curvas fisiológicas CONTINUA ... O QUE É O MÉTODO JOSEPH PILATESO QUE É O MÉTODO JOSEPH PILATES11 - Continuação- Continuação
  • 11. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Importante ressaltar que uma das grandes vantagens do método Pilates é que os exercícios são feitos com prazer. Por isso, além da rapidez dos resultados, ele aumenta a auto-estima. Os alunos sempre comentam o quanto é prazerosa uma aula de Pilates. Joseph Pilates conseguiu acabar com aquela idéia de que para se obter resultados físicos, você tem de sofrer, suar, ficar com a musculatura dolorida. Essa é a grande revolução que Pilates proporcionou ao mundo das atividades físicas. O QUE É O MÉTODO JOSEPH PILATESO QUE É O MÉTODO JOSEPH PILATES11 - Continuação- Continuação
  • 12. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) PILATES - REABILITAÇÃO É a utilização da técnica aplicada a portadores de patologias diversas, com o objetivo de reabilitação e alívio das dores em um curto espaço de tempo.
  • 13. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Indicações Prevenção e tratamento das lesões do esporte Condicionamento físico Fortalecimento e definição muscular Combate ao estresse Desvios posturais Hérnia de disco Osteoporose LER/DORT Dores crônicas ... Melhoria na flexibilidade, etc
  • 14. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) APRESENTAÇÃO DOS APARELHOS REFORMER REFORMER REFORMER – Básico e Clínico Sistema de molas Apoio da cabeça
  • 15. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) APRESENTAÇÃO DOS APARELHOS - Continuação TRAPÉZIO / CADILAC TRAPÉZIO / CADILAC TRAPÉZIO / CADILAC
  • 16. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) APRESENTAÇÃO DOS APARELHOS - Continuação CADEIRAS
  • 17. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) APRESENTAÇÃO DOS APARELHOS - Continuação BARRIL CAIXA DA LUA
  • 18. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) APRESENTAÇÃO DOS APARELHOS - Continuação UNIDADE DE PAREDE W A L L U N I T
  • 19. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) APRESENTAÇÃO DOS APARELHOS - Continuação GIRO PILATES
  • 20. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) APRESENTAÇÃO DOS APARELHOS - Continuação BOLAS ACESSÓRIAS CÍRCULOS MÁGICOS
  • 21. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Depoimentos Sobre o Pilates “Sou uma novata em Pilates. As primeiras aulas achei um pouco devagar, porque estou acostumada em transpirar, a fazer força. Aos poucos fui me acostumando e hoje pratico quatro vezes na semana. Me faz muito bem, estou andando como uma moça – e eu tenho 80 anos. Faço Pilates porque a gente não se cansa, mantém a musculatura, mas sem fazer esforço bruto. Você sai pronto para agüentar o dia. Para mim, Pilates foi um raio de sol” TATIANA LESKOVA – ARTISTA DO BALLET “O Pilates deu uma mudada na minha vida e na minha cabeça. Tinha muito medo de ir a uma academia e ficar mais musculosa. Até descobrir o Pilates. A partir daí me dei conta de que poderia definir, modelar e melhorar o meu corpo, sem nenhuma agressão física. O Pilates é o que busquei a vida inteira, encontrei e fiquei. Não é um modismo. Acho que enquanto a gente estiver vivo, vai precisar fazer Pilates sempre.” GLÓRIA MARIA - JORNALISTA
  • 22. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Depoimentos Sobre o Pilates – Continuação “ Sedentário militante, inimigo mortal de academias, descobri no programa de Joseph Pilates o caminho da saúde. Imaginem um método de exercícios que fortalece e alonga os músculos sem os deixar inchados, que aumenta a flexibilidade, tudo sem muito esforço nem tensão, e que além disso deixa seu corpo em sintonia com a mente e diminui o stress por conta de uma respiração correta – isso é o Pilates. Uma descoberta para o resto da minha vida!” EUCLIDES MARINHO - ROTEIRISTA
  • 23. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Nossos serviços RPG É um método de fisioterapia que trata os desequilíbrios e as desarmonias do corpo, levando em consideração as necessidades individuais de cada indivíduo. O método não visa a atender somente os portadores de dor, mas, também, àqueles que buscam viver em harmonia com o seu corpo. Não trata partes isoladas, e sim o corpo como um todo. INDICAÇÕES: Portadores de desvios posturais (hipercifose, hiperlordose, retificação cervical, escoliose, pés planos e cavos, joelhos valgos e varos) Hérnia de disco, labirintite, artrose (bicos de papagaio), bursite, tendinite, stress, distúrbios circulatórios, etc...
  • 24. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) RPG - Continuação
  • 25. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) RPG - Continuação
  • 26. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Nossos Serviços Massagem Ayurvédica De origem indiana, é um ramo da milenar medicina ayurvédica. Técnica de massagem profunda, aliada a manobras de tração e alongamento, além da estimulação de pontos e órgãos vitais, visando ao equilíbrio físico, mental, psíquico e energético. Engloba a massoterapia, a drenagem linfática e alongamento em um só tempo, oportunizando todo o corpo a funcionar em perfeito estado. Shiatsu É uma técnica em que o terapeuta aplica a pressão dos dedos sobre pontos específicos (meridianos), que são os mesmos pontos utilizados na acupuntura clássica para promover o equilíbrio energético
  • 27. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Nossos Serviços Fisioterapia Manipulativa Técnica que utiliza técnicas manuais, como mobilizações, pompagens, etc. Atua na mobilização ou manipulação da fáscia superficial (tecido conjuntivo que envolve os músculos).Para atuar sobre os tecidos que estejam em disfunção (com restrição de sua mobilidade). Tem ação benéfica sobre a circulação dos fluidos (linfa,sangue venoso),musculatura e articulação. É indicada para tratamento de tendinites, entorses, ler/dort, fibromialgia e outros problemas. Reiki Técnica japonesa de imposição de mãos. Significa energia vital universal, que será transmitida para o paciente pelo terapeuta reikiano. É muito eficaz também para trazer alivio nos casos agudos de disfunções ou patologias. Não há contra-indicações, estimula o sistema imunológico e proporciona equilíbrio emocional, mental e energético, possibilitando profundas transformações
  • 28. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Nossos Serviços Drenagem Linfática Técnica que utiliza manobras manuais suaves, ritmadas e precisas e tem por objetivo esvaziar os líquidos e resíduos metabólicos e estimular a circulação linfática através da massagem desintoxicando o organismo e ativando o sistema imunológico. Com a drenagem linfática, os líquidos entre os tecidos são devolvidos ao sangue através da circulação linfática. A drenagem linfática estimula a regeneração dos tecidos e tem aplicação no tratamento de celulite pela eliminação de líquidos. Drenagem linfática também poderá melhorar o sistema imunológico ao estimular a produção de linfócitos na zona cortical dos gânglios linfáticos. Além disso, a drenagem linfática tem ação relaxante e tranqüilizante.
  • 29. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Fontes de Pesquisa 1 – Textos extraídos com base no Livro Pilates no Brasil de Teresa Camarão – publicado pela Editora Alegro. 2 – Textos extraídos com base na Apostila do Curso de Pilates aplicado à Fisioterapia elaborado pela fisioterapeuta Maria do Socorro Almeida
  • 30. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) FimFim
  • 31. Physio Serv - Pituba (71 3347-5313) Esta apresentação foi elaborada por Macau Almeida PHYSIO SERV - PITUBA Diretoria: Diretora Técnica: Drª Maria do Socorro Oliveira de Almeida Diretora Financeira: Jaqueline Mendes Diretor de Marketing: Ricardo Mendes Diretor Administrativo: Macau Almeida