Barroco   (1601-1768) Idade Media     X    Renasciment o (teocentrismo)     (antropocentrismo )
Características principais: <ul><li>Religiosidade conflituosa:  </li></ul><ul><ul><li>razão X emoção </li></ul></ul><ul><u...
<ul><li>Abuso formal de figuras de linguagem: brinca com palavras </li></ul><ul><ul><ul><li>Metáfora </li></ul></ul></ul><...
<ul><li>No s éculo XVI, o  Renascimento  representou o retorno à cultura clássica greco-latina.  </li></ul><ul><li>No sécu...
   <ul><li>Arte racional </li></ul><ul><ul><li>Antítese </li></ul></ul><ul><ul><li>Paradoxos </li></ul></ul>Conceptismo
<ul><li>O Barroco sempre busca transmitir estados de conflito espiritual. </li></ul><ul><li>Por isso, faz uso de certas fi...
O Barroco Brasileiro
<ul><li>Um paradoxo é uma declaração aparentemente verdadeira que leva a uma contradição lógica, ou a uma situação que con...
<ul><li>É caracterizado pela linguagem rebuscada, culta, extravagante; pela valorização do pormenor mediante jogos de pala...
O  Barroco  no  Brasil A mais importante igreja do barroco mineiro, projetada por Aleijadinho,   situa-se em Ouro Preto.
A  Lírica <ul><li>Greg ó rio de Matos cultivou três vertentes da poesia lírica: </li></ul><ul><li>A amorosa </li></ul><ul>...
L í rica Amorosa A L í rica amorosa  é  um tipo de poema que  é  fortemente marcada pelo dualismo amoroso. Como a carne e ...
A L í rica Filosófica <ul><li>Na L í rica filos ó fica, ele explica: </li></ul><ul><ul><li>o desconcerto do mundo.  </li><...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Barroco

1.577 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Barroco

  1. 1. Barroco (1601-1768) Idade Media X Renasciment o (teocentrismo) (antropocentrismo )
  2. 2. Características principais: <ul><li>Religiosidade conflituosa: </li></ul><ul><ul><li>razão X emoção </li></ul></ul><ul><ul><li>paganismo X cristianismo </li></ul></ul><ul><ul><li>pecado X arrependimento </li></ul></ul><ul><li>confusão de sentidos: </li></ul><ul><ul><li>textos difíceis </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>(conflito/oposição) </li></ul></ul></ul></ul>
  3. 3. <ul><li>Abuso formal de figuras de linguagem: brinca com palavras </li></ul><ul><ul><ul><li>Metáfora </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Hipérbole </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Sinestesia </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Paradoxo </li></ul></ul></ul><ul><li>Niilismo temático: conteúdo vazio </li></ul><ul><li>Pessimismo: o mundo era um vale de lágrima . </li></ul><ul><li>Feismo: predileção por aspectos feios . </li></ul><ul><li>Transitoriedade da vida: tudo é efêmero (“Carpe diem” “ Epicurismo”) </li></ul>
  4. 4. <ul><li>No s éculo XVI, o Renascimento representou o retorno à cultura clássica greco-latina. </li></ul><ul><li>No século XVII, o barroco surge. </li></ul><ul><li>Um movimento artístico que ainda apresenta algumas conecções com a cultura clássica. </li></ul><ul><li>Simultaneamente busca caminhos próprios, que satisfariam as necessidades de expressão daquela época. </li></ul>A Linguagem Barroca O ê xtase de Santa Teresa, de Bernini
  5. 5.    <ul><li>Arte racional </li></ul><ul><ul><li>Antítese </li></ul></ul><ul><ul><li>Paradoxos </li></ul></ul>Conceptismo
  6. 6. <ul><li>O Barroco sempre busca transmitir estados de conflito espiritual. </li></ul><ul><li>Por isso, faz uso de certas figuras de linguagem que traduzem o sentido tr á gico da vida. </li></ul><ul><li>A ant ítese é a figura de linguagem que consiste no emprego de palavras que se op õ em quanto o sentido. </li></ul>Antitese
  7. 7. O Barroco Brasileiro
  8. 8. <ul><li>Um paradoxo é uma declaração aparentemente verdadeira que leva a uma contradição lógica, ou a uma situação que contradiz a intuição comum. </li></ul><ul><li>Os enunciados, em versos nesta forma de linguagem, apresentam elementos que apesar de se exclu írem, também se completam formando afirmações que parecem sem lógica. </li></ul>Paradoxo
  9. 9. <ul><li>É caracterizado pela linguagem rebuscada, culta, extravagante; pela valorização do pormenor mediante jogos de palavras. </li></ul><ul><li>Visível influência do poeta espanhol Luís de Gôngora; daí o estilo ser também conhecido como Gongorismo. </li></ul><ul><li>  Arte sensorial </li></ul><ul><li>O aspecto exterior imediatamente visível no Cultismo ou Gongorismo é o abuso no emprego de figuras de linguagem. </li></ul><ul><li>Como as metáforas, antítese, hipérboles, hipérbatos, anáforas, paronomásias, s inestesias , etc... </li></ul><ul><li>Dimensão visual (delírio cromático) </li></ul>Cultismo
  10. 10. O Barroco no Brasil A mais importante igreja do barroco mineiro, projetada por Aleijadinho, situa-se em Ouro Preto.
  11. 11. A Lírica <ul><li>Greg ó rio de Matos cultivou três vertentes da poesia lírica: </li></ul><ul><li>A amorosa </li></ul><ul><li>A filos ó fica </li></ul><ul><li>E a religiosa </li></ul>
  12. 12. L í rica Amorosa A L í rica amorosa é um tipo de poema que é fortemente marcada pelo dualismo amoroso. Como a carne e o esp í rito.
  13. 13. A L í rica Filosófica <ul><li>Na L í rica filos ó fica, ele explica: </li></ul><ul><ul><li>o desconcerto do mundo. </li></ul></ul><ul><ul><li>a consci ê ncia do transitoriedade ou efemeridade. </li></ul></ul>Carpe diem Epicurismo

×