SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 45
Luís Veiga/2014
História das frações
As frações tiveram origem no Egito,
quando
os
geômetras
dos
faraós
precisaram utilizar cordas para demarcar
áreas de plantio ao longo do Nilo. Como as
áreas nem sempre podiam ser medidas
com o comprimento total da corda
mestra, eles sentiram necessidade de
dividir essa corda em pedaços menores
de mesmo tamanho.
O QUE QUER
DIZER FRAÇÃO?

A palavra fração vem do
latim fractione e quer dizer
“dividir, quebrar, rasgar”.
Fração, no quotidiano,

também quer dizer
“porção”, “parte de um
todo”.
Os números fracionários surgiram da
necessidade de representar uma medida
que não tem uma quantidade inteira de
unidades, isto é, da necessidade de se
repartir a unidade de medida.
Os Egípcios conheciam as frações de
numerador 1 e esta era a forma que eles
usavam para representá-las.

1
3

1
6

1
20
Fração é uma forma de se representar uma
quantidade a partir de um valor, que é dividido
por um determinado número de partes iguais.
Como é que se representaria a quantidade
referente ao número 1 que foi dividida em 8
partes iguais?
Simplesmente através da seguinte fração:

podemos dizer que o 1 corresponde
ao numerador da fração e que o 8
corresponde ao seu denominador
Componentes das Frações

O número que está embaixo – indica em quantas partes

iguais o numerador será dividido – é o

.

O número que está em cima – total a ser dividido/ número

de partes escolhidas – é o
Barra: indica a divisão
4/16

12/16

Podemos dizer que o 4 corresponde ao numerador
da fração e que o 16 corresponde ao seu
denominador.
A fração 4/16 pode significar que das 16 partes que
compõe a figura, estamos a considerar apenas 4
delas, ou seja, estamos a considerar apenas quatro
dezasseis avos da figura.
Temos 12 das 16 partes em laranja, que podemos
então representar por 12/16.
Neste caso estamos a considerar doze dezasseis
avos da figura.

16/16

Nela temos 16 das 16 partes em laranja, que
podemos então representar por 16/16.
Se estiveres atento, já percebeste que 16/16 equivale
a 1, ou seja, a figura toda em laranja.
A partir do número

, dizemos o

número em cardinal seguido da palavra
exemplos:

Três Quinze Avos

Oito Trinta e Dois Avos

,
Números Fracionários
Números de
Partes

Nome da Parte

Números de Partes

Nome da Parte

2

Meio

9

Nono

3

Terço

10

Décimo

4

Quarto

11

Onze Avos

5

Quinto

12

Doze Avos

6

Sexto

13

Treze Avos

7

Sétimo

100

Centésimo

8

Oitavo

1000

Milésimo
1
2

um meio

1
3
3
4
12
5

cinco
sextos

3
10

três
décimas

dois
sétimos

4
11

quatro
avos

5
6

um
terço

2
7

três
quartos

7 sete
8 oitavos

doze
quintos

21
9

vinte e
nonos

um

onze
FRAÇÕES

NÚMEROS INTEIROS!!!!

A fração 8/4 é um número inteiro, uma vez que
representa

um

quociente

exato

entre

o

numerador e o denominador (8 : 4 = 2).
Sempre

que

o

numerador

é

múltiplo

do

denominador a fração representa um número

inteiro.
São também exemplos de números inteiros as
frações 4/4, 4/1

e 16/8 , que representam,

respetivamente, os números inteiros 1, 4 e 2
Assim 12 é múltiplo de 4, pelo que é um número natural.
Uma fração é maior que um,
quando o numerador é maior que o
denominador.
Uma fração é menor que um,
quando o numerador é menor que
o denominador.
Uma fração é igual a um, quando o
numerador e o denominador são
iguais
O

CONJUNTO DOS NÚMEROS RACIONAIS É UM CONJUNTO

REPRESENTADO PELA LETRA ℚ E QUE É COMPOSTO PELOS
NÚMEROS INTEIROS E PELOS NÚMEROS FRACIONÁRIOS.

UM NÚMERO RACIONAL INTEIRO, OU FRACIONÁRIO,
É UM NÚMERO QUE PODE SER ESCRITO NA FORMA
Número racional fracionário, porque o
numerador não é múltiplo do denominador.

Exemplos

Dois não é
múltiplo de 8
Pode ser
representado por:

ou

2:8= 0,25
Um NÚMERO FRACIONÁRIO é um número que pode
ser representado por uma fração, mas que não é um
número inteiro.
O conjunto dos NÚMEROS RACIONAIS é formado

pelos
números
fracionários

inteiros

e

pelos

números

.

Todo o número racional pode ser representado
NÚMEROS FRACIONÁRIOS E DÍZIMAS……
Na fração 10/4, o numerador não é múltiplo do
denominador.
Neste caso, 10/4 é um número fracionário.
A sua representação decimal (2,5) corresponde à
divisão exata entre o numerador e o denominador

(10 : 4 = 2,5). Trata-se de uma dízima finita.
NÚMEROS FRACIONÁRIOS E DÍZIMAS……
Dízima é a representação decimal de um número.
Dízima é composta por uma parte inteira e uma

parte decimal.
Ex.: 3/8

representação de um número decimal

em forma de fração.

3/8=0,375 – representação do número decimal na

Exemplos

forma de dízima.

3
10

0,3

49
100

19
0, 49
1000

1
0, 019
10 000

0, 0001
FRAÇÕES DECIMAIS
Frações decimais são todas as frações cujo
denominador está representado por 10, 100,
1000, 10000,…
Exemplos

3
10
7
100

49
100

19
1000

3
1000

1
10 000
4
10
Para se transformar uma fração decimal num
número decimal, basta dividir o numerador pelo
denominador. E, esse quociente possui tantas
casas decimais iguais quanto o número de zeros
do denominador.
Todos
os
números
decimais
podem
representados na forma de fração decimal.

ser

Exemplos
O numerador é menor que o denominador;

O numerador é maior que o denominador;

O
denominador;

numerador

é

múltiplo

do
FRAÇÕES EQUIVALENTES:

Quando duas ou mais frações
representam a mesma quantidade,
estamos
a
falar
de
frações
equivalentes:
Em amarelo, a parte que
tomamos.
Comprovará que é a metade
do pastel, que em forma de
fração escreveremos:
O mesmo pastel, está
agora dividido em quatro
partes.
Dessas 4 partes
tomamos
duas
(em
amarelo). A verdade é que
a parte amarela (as partes
tomadas)
representa
a
metade do pastel. Estas
duas partes que tomamos
podem ser escritas
Vemos que

e

representam a mesma

quantidade (a metade do pastel), são iguais ou
também chamadas equivalentes.
O
pastel está dividido
em 6 partes, das quais
tomamos 3.
Esta quantidade é
representada por
Podemos dizer que

representam a
mesma quantidade
de pastel.

Estas frações, por representarem o mesmo valor
(a metade do pastel) chamam-se

frações equivalentes.
podemos
calcular,
a
partir
da
primeira fração, multiplicando o
numerador e o denominador pelo
mesmo número; por 2 para a segunda
fração e por 3 para conseguir a
terceira.
http://www.portalcursos.com/CursoFracoes/curso/Lecc-2.htm

FRAÇÕES EQUIVALENTES

:2

2
12

=
:2

1
6
1 4
3 12

×2

×2

2
1
4
=
=
6
3
12

×2

×2

:2

:2

1
2
4
=
=
3
6
12

:2

:2
FRAÇÕES EQUIVALENTES

=
x3

2
5

=
x3

6
15
COMO
SABER
SE
DUAS
FRAÇÕES
EQUIVALENTES DE MANEIRA RÁPIDA?

SÃO

Basta multiplicar os números em forma cruzada.

Os termos são multiplicados em cruz

Se 72x10 = 8x90 as frações são equivalentes.
Vemos que em ambos os casos os produtos valem
720, então

e

são equivalentes.
Temos duas frações:

Se os produtos de 3x20 e 5x12 têm o mesmo
resultado, as frações são equivalentes. Caso
os resultados dos produtos fossem diferentes,
as frações não seriam equivalentes.
Para obtermos frações equivalentes temos de
multiplicar ou dividir por um mesmo número o
numerador e o denominador.
Temos a fração

Se fizermos a divisão,
obtemos como quociente
0,66.
Se o numerador é dividido por 3 obtenho:

Como
podes
perceber
os
quocientes
encontrados, 0,66 e 0,22, não são iguais, então,
a operação que fizemos é errada.
É preciso multiplicar ou dividir o numerador e o
denominador pelo mesmo número:
Como se vê

são equivalentes. Os seus
quocientes são iguais a 0,66.

Exemplos:
Vamos transformar

numa fração equivalente,
mas com numerador igual
a 15.

Para que o numerador seja igual a 15, será
preciso multiplicá-lo por 5 e também por esta
quantidade terá que ser multiplicado o
denominador.
O resultado é
Exemplos:

em outras frações
equivalentes, mas
com numeradores
iguais.

Vamos transformar

Se são multiplicados os dois termos de

por 2:

e

São
equivalentes

Se são multiplicados os dois termos de
por 6:

e

São
equivalentes
Percentagem
NOÇÃO DE PERCENTAGEM
Percentagem pode ser definida como a centésima
parte de uma grandeza, ou o cálculo baseado em
100 unidades, ou seja:
Percentagem é uma parte de um todo de cem
partes, ou seja, uma fração cujo denominador é
100.
Significado do sinal de percentagem: %
O sinal % é uma mera abreviação da expressão:
dividido por 100. De modo que, 800 % é a mesma
coisa que 800/100, que é o mesmo que 8 por 1.
Ou seja, é a mesma coisa dizermos:
800 % ou 800 por 100, ou 80 por 10, ou 8 por 1,
etc.
É visto com frequência as pessoas ou o próprio
mercado usar expressões de acréscimo ou
redução nos preços de produtos ou serviços.
Como transformamos uma fração em percentagem?

Vimos

que

razões

centesimais

são

um

tipo

especial de fração, cujo denominador é igual a
cem e podem facilmente ser expressas na forma
de percentagem, eliminando-se simplesmente
denominador

cem

e

inserindo

o

símbolo

percentagem após o numerador. Por exemplo:

o
de
Como transformar a fração 3/15 ou 3 : 15 em
percentagem?
Simplesmente realizando a divisão, encontrando assim o

valor da fração, multiplicando-o por 100 e inserindo o símbolo
de percentagem à sua direita, ou seja, multiplicamos por
100%:
Talvez

não

tenha

percebido,

mas

podemos

utilizar

a

transformação de uma razão em percentagem para calcular
quantos por cento um número é de outro. Neste nosso

exemplo 3 é 20% de 15.
Dezoito é quantos por cento de quarenta e cinco?
TANGRAN E PERCENTAGENS
As frações que possuem denominadores (o número de baixo
da fração) iguais a 100, são conhecidas por frações
centesimais e podem ser representadas pelo símbolo "%".
O símbolo "%" é lido como "por cento". "5%" lê-se "5 por

cento". "25%" lê-se "25 por cento".
O símbolo "%" significa centésimos, assim "5%" é uma outra
forma de se escrever 0,05,
Vê as seguintes frações.

Podemos representá-las na sua
forma decimal por:
E também na sua forma de
percentagens por:

ou

por exemplo.
Alguns exemplos:

Exemplo 1 - O Leite teve um aumento de 25% Quer dizer que
de cada €100,00 teve um acréscimo de € 25,00

Exemplo 2- O cliente teve um desconto de 15% na compra de
uma calça jeans Quer dizer que em cada € 100,00 a loja deu
um desconto de € 15,00

Exemplo 3 - Significa que de cada 100 funcionários, 75 são
dedicados ao trabalho ou a empresa- Dos funcionários que

trabalham na empresa, 75% são dedicados.

Exemplo 4. Em um grupo de 100 garotos, 75 deles gostam
de futebol. A fração que representa a quantidade de
meninos desse grupo que aprecia futebol é: 75/100
Como essa fração representa uma parte do total de 100
garotos, ela representa uma percentagem desse grupo.
Toda fração com denominador 100 pode ser escrita na
forma de percentagem.
Observa:
Podemos afirmar que 75% desses garotos gostam de futebol.
Exemplo 5. De cada 100 crianças nascidas no Brasil, 46 são
do sexo feminino. A fração que representa a quantidade de
crianças do sexo feminino é: 46/100
Dessa forma, podemos afirmar que:
46% das crianças nascidas no Brasil são do sexo feminino.

Como foi dito, toda e qualquer fração com denominador 100
pode ser escrita na forma de percentagem. Essa
característica facilita o cálculo da percentagem de um
número. Veja o próximo exemplo.
Exemplo 6. Numa sorveteria, 30% dos 250 sorvetes vendidos
por dia são de sabor morango. Quantos sorvetes de morango
são vendidos por dia nessa sorveteria?
Solução: O problema afirma que 30% de 250 sorvetes são
de morango. Portanto devemos saber quanto é 30% de 250
para responder ao problema.
Na matemática, a palavra “de” representa a operação de
multiplicação. Assim, podemos reescrever a afirmação da
seguinte forma:
30% de 250 = 30% x 250
Vimos nos exemplos anteriores que:
Assim, podemos melhorar a escrita da afirmação mais uma
vez:

Logo, a sorveteria vende 75 sorvetes de morango por dia.
Vimos que percentagem é uma forma diferente de
escrever uma fração cujo denominador é 100.
Como toda fração pode ser escrita na forma de um
número decimal, a percentagem também pode ser
escrita. Vejamos como isso ocorre.
Escrever a percentagem na forma decimal pode
facilitar os cálculos na resolução de alguns
problemas. Observe:
Exemplo 7. Pedro guardou 12% de seu salário na poupança.
Sabendo que o salário de Pedro é de €1500,00, quanto
aplicou ele na poupança?
Solução: Segundo o problema, Pedro guardou 12% de 1500
na poupança.
Assim, teremos:

12% de 1500 = 12% × 1500
Mas,
O cálculo fica da seguinte forma:

12% × 1500 = 0,12 × 1500 = 180
Portanto, Pedro guardou 180 euros na poupança.
Exemplo 8. Quanto é 23% de 500?
Solução: Sabemos que:

23% = 0,23
Assim, teremos: 23% de 500 = 0,23 x 500=115

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Equacoes do 1 grau
Equacoes do 1 grauEquacoes do 1 grau
Equacoes do 1 grauestrelaeia
 
Operações com números racionais
Operações com números racionaisOperações com números racionais
Operações com números racionaisMarcelo Pinheiro
 
Matemática 6o ano num naturais
Matemática 6o ano num naturaisMatemática 6o ano num naturais
Matemática 6o ano num naturaiskahebe2
 
Notação cientifica
Notação cientificaNotação cientifica
Notação cientificaMurilo Martins
 
Multiplicação e divisão de frações
Multiplicação e divisão de fraçõesMultiplicação e divisão de frações
Multiplicação e divisão de fraçõesJoão Pedro Ferreira
 
Explicação frações
Explicação fraçõesExplicação frações
Explicação fraçõesAline Lemmertz
 
Operações com números decimais
Operações com números decimaisOperações com números decimais
Operações com números decimaisCélio Sousa
 
Frações equivalente no power point
Frações equivalente no power pointFrações equivalente no power point
Frações equivalente no power pointricasom
 
Matemática mmc e mdc
Matemática mmc e mdcMatemática mmc e mdc
Matemática mmc e mdcIara Cristina
 
Porcentagem Slides
Porcentagem SlidesPorcentagem Slides
Porcentagem Slidesestrelaeia
 
Operações com Números Naturais
Operações com Números NaturaisOperações com Números Naturais
Operações com Números Naturaisrubensdiasjr07
 
Grandezas diretamente e inversamente proporcionais
Grandezas diretamente e inversamente proporcionaisGrandezas diretamente e inversamente proporcionais
Grandezas diretamente e inversamente proporcionaisHomailson Lopes
 

Mais procurados (20)

Equacoes do 1 grau
Equacoes do 1 grauEquacoes do 1 grau
Equacoes do 1 grau
 
Operações com números racionais
Operações com números racionaisOperações com números racionais
Operações com números racionais
 
Razao e proporção
Razao e proporçãoRazao e proporção
Razao e proporção
 
Matemática 6o ano num naturais
Matemática 6o ano num naturaisMatemática 6o ano num naturais
Matemática 6o ano num naturais
 
Notação cientifica
Notação cientificaNotação cientifica
Notação cientifica
 
Multiplicação e divisão de frações
Multiplicação e divisão de fraçõesMultiplicação e divisão de frações
Multiplicação e divisão de frações
 
Explicação frações
Explicação fraçõesExplicação frações
Explicação frações
 
Operações com números decimais
Operações com números decimaisOperações com números decimais
Operações com números decimais
 
Potenciação
PotenciaçãoPotenciação
Potenciação
 
Polinômios
PolinômiosPolinômios
Polinômios
 
Frações equivalente no power point
Frações equivalente no power pointFrações equivalente no power point
Frações equivalente no power point
 
Operações com frações
Operações com fraçõesOperações com frações
Operações com frações
 
Slide divisão completo
Slide divisão completoSlide divisão completo
Slide divisão completo
 
Numeros racionais
Numeros racionaisNumeros racionais
Numeros racionais
 
Matemática mmc e mdc
Matemática mmc e mdcMatemática mmc e mdc
Matemática mmc e mdc
 
Porcentagem Slides
Porcentagem SlidesPorcentagem Slides
Porcentagem Slides
 
Operações com Números Naturais
Operações com Números NaturaisOperações com Números Naturais
Operações com Números Naturais
 
6º ano 4º bim
6º ano 4º bim6º ano 4º bim
6º ano 4º bim
 
Frações
FraçõesFrações
Frações
 
Grandezas diretamente e inversamente proporcionais
Grandezas diretamente e inversamente proporcionaisGrandezas diretamente e inversamente proporcionais
Grandezas diretamente e inversamente proporcionais
 

Destaque

Oficina de frações
Oficina de fraçõesOficina de frações
Oficina de fraçõesMilene Soares
 
Nota informativa grupo de recrutamento 120-1
Nota informativa   grupo de recrutamento 120-1Nota informativa   grupo de recrutamento 120-1
Nota informativa grupo de recrutamento 120-1Luis Veiga
 
Fa em4-05 afc-fevereiro
Fa em4-05 afc-fevereiroFa em4-05 afc-fevereiro
Fa em4-05 afc-fevereiroLuis Veiga
 
Fav. mat4 3 div-fraç-perc
Fav. mat4 3 div-fraç-percFav. mat4 3 div-fraç-perc
Fav. mat4 3 div-fraç-percLuis Veiga
 
Fic.av.trimestral páscoa2014 e. meio
Fic.av.trimestral páscoa2014  e. meioFic.av.trimestral páscoa2014  e. meio
Fic.av.trimestral páscoa2014 e. meiolveiga
 
Português jfevereiro
Português jfevereiroPortuguês jfevereiro
Português jfevereiroLuis Veiga
 
Geometria.......
Geometria.......Geometria.......
Geometria.......Luis Veiga
 
Matemática trimestral 2º periodo 4º ano b
Matemática trimestral 2º periodo 4º ano bMatemática trimestral 2º periodo 4º ano b
Matemática trimestral 2º periodo 4º ano blveiga
 
Ficha sumativa L.Portuguesa 4º ano (Dezembro)
Ficha sumativa L.Portuguesa 4º ano (Dezembro)Ficha sumativa L.Portuguesa 4º ano (Dezembro)
Ficha sumativa L.Portuguesa 4º ano (Dezembro)Ana Tapadinhas
 
Fic.av.trimestral páscoa2014 b
Fic.av.trimestral páscoa2014 bFic.av.trimestral páscoa2014 b
Fic.av.trimestral páscoa2014 blveiga
 
Guia para pais
Guia para paisGuia para pais
Guia para paisLuis Veiga
 
Slides da apresentação do Professor Doutor Cristiano Alberto Muniz
Slides da apresentação do Professor Doutor Cristiano Alberto MunizSlides da apresentação do Professor Doutor Cristiano Alberto Muniz
Slides da apresentação do Professor Doutor Cristiano Alberto MunizMatematica DF
 
OT Avaliação Diagnóstica 6ºano/5ª série
OT Avaliação Diagnóstica 6ºano/5ª sérieOT Avaliação Diagnóstica 6ºano/5ª série
OT Avaliação Diagnóstica 6ºano/5ª sérieinechidias
 
Frações equivalentes
Frações equivalentesFrações equivalentes
Frações equivalenteseduleff
 

Destaque (20)

Oficina de frações
Oficina de fraçõesOficina de frações
Oficina de frações
 
Nota informativa grupo de recrutamento 120-1
Nota informativa   grupo de recrutamento 120-1Nota informativa   grupo de recrutamento 120-1
Nota informativa grupo de recrutamento 120-1
 
Fa em4-05 afc-fevereiro
Fa em4-05 afc-fevereiroFa em4-05 afc-fevereiro
Fa em4-05 afc-fevereiro
 
Fav. mat4 3 div-fraç-perc
Fav. mat4 3 div-fraç-percFav. mat4 3 div-fraç-perc
Fav. mat4 3 div-fraç-perc
 
Fic.av.trimestral páscoa2014 e. meio
Fic.av.trimestral páscoa2014  e. meioFic.av.trimestral páscoa2014  e. meio
Fic.av.trimestral páscoa2014 e. meio
 
Português jfevereiro
Português jfevereiroPortuguês jfevereiro
Português jfevereiro
 
Geometria.......
Geometria.......Geometria.......
Geometria.......
 
Matemática trimestral 2º periodo 4º ano b
Matemática trimestral 2º periodo 4º ano bMatemática trimestral 2º periodo 4º ano b
Matemática trimestral 2º periodo 4º ano b
 
Prova intercalar 4º ano 2º período
Prova intercalar 4º ano 2º períodoProva intercalar 4º ano 2º período
Prova intercalar 4º ano 2º período
 
Rosângela
RosângelaRosângela
Rosângela
 
Ficha sumativa L.Portuguesa 4º ano (Dezembro)
Ficha sumativa L.Portuguesa 4º ano (Dezembro)Ficha sumativa L.Portuguesa 4º ano (Dezembro)
Ficha sumativa L.Portuguesa 4º ano (Dezembro)
 
Fic.av.trimestral páscoa2014 b
Fic.av.trimestral páscoa2014 bFic.av.trimestral páscoa2014 b
Fic.av.trimestral páscoa2014 b
 
Matemática 4.º ano
Matemática 4.º anoMatemática 4.º ano
Matemática 4.º ano
 
Guia para pais
Guia para paisGuia para pais
Guia para pais
 
Frações resumo
Frações resumoFrações resumo
Frações resumo
 
Slides da apresentação do Professor Doutor Cristiano Alberto Muniz
Slides da apresentação do Professor Doutor Cristiano Alberto MunizSlides da apresentação do Professor Doutor Cristiano Alberto Muniz
Slides da apresentação do Professor Doutor Cristiano Alberto Muniz
 
Frações
FraçõesFrações
Frações
 
OT Avaliação Diagnóstica 6ºano/5ª série
OT Avaliação Diagnóstica 6ºano/5ª sérieOT Avaliação Diagnóstica 6ºano/5ª série
OT Avaliação Diagnóstica 6ºano/5ª série
 
Frações equivalentes
Frações equivalentesFrações equivalentes
Frações equivalentes
 
Frações (1)
Frações (1)Frações (1)
Frações (1)
 

Semelhante a Frações

Semelhante a Frações (20)

Fraes 140131063152
Fraes 140131063152Fraes 140131063152
Fraes 140131063152
 
Elementos históricos sobre frações
Elementos históricos sobre fraçõesElementos históricos sobre frações
Elementos históricos sobre frações
 
Fração 1
Fração 1Fração 1
Fração 1
 
Números racionais representação fracionária e decimal - operações e proprie...
Números racionais   representação fracionária e decimal - operações e proprie...Números racionais   representação fracionária e decimal - operações e proprie...
Números racionais representação fracionária e decimal - operações e proprie...
 
Mat 6 ef2_frações
Mat 6 ef2_fraçõesMat 6 ef2_frações
Mat 6 ef2_frações
 
Adi Sub Nº Rac ConteúDos
Adi Sub  Nº Rac ConteúDosAdi Sub  Nº Rac ConteúDos
Adi Sub Nº Rac ConteúDos
 
Mat fracoes 001
Mat fracoes  001Mat fracoes  001
Mat fracoes 001
 
Oficina de Fração
Oficina de FraçãoOficina de Fração
Oficina de Fração
 
1 numeros racionais
1 numeros racionais 1 numeros racionais
1 numeros racionais
 
ApresentacaoRaciocinioLogicoMatematica.pptx
ApresentacaoRaciocinioLogicoMatematica.pptxApresentacaoRaciocinioLogicoMatematica.pptx
ApresentacaoRaciocinioLogicoMatematica.pptx
 
MATEMATICARLOS - FRAÇÃO
MATEMATICARLOS - FRAÇÃOMATEMATICARLOS - FRAÇÃO
MATEMATICARLOS - FRAÇÃO
 
Ap mat fracoes
Ap mat fracoesAp mat fracoes
Ap mat fracoes
 
Fracoes 5 serie_matematica
Fracoes 5 serie_matematicaFracoes 5 serie_matematica
Fracoes 5 serie_matematica
 
Mat leitura numero decimal
Mat leitura numero decimalMat leitura numero decimal
Mat leitura numero decimal
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Matemática
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Matemática
 
Fracoes
FracoesFracoes
Fracoes
 
Fracoes- bateria de exercicios
Fracoes- bateria de exerciciosFracoes- bateria de exercicios
Fracoes- bateria de exercicios
 
Frações
FraçõesFrações
Frações
 
NÚMEROS RACIONAIS ita.pptx
NÚMEROS RACIONAIS ita.pptxNÚMEROS RACIONAIS ita.pptx
NÚMEROS RACIONAIS ita.pptx
 

Último

Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 

Último (20)

Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 

Frações

  • 2. História das frações As frações tiveram origem no Egito, quando os geômetras dos faraós precisaram utilizar cordas para demarcar áreas de plantio ao longo do Nilo. Como as áreas nem sempre podiam ser medidas com o comprimento total da corda mestra, eles sentiram necessidade de dividir essa corda em pedaços menores de mesmo tamanho.
  • 3. O QUE QUER DIZER FRAÇÃO? A palavra fração vem do latim fractione e quer dizer “dividir, quebrar, rasgar”. Fração, no quotidiano, também quer dizer “porção”, “parte de um todo”.
  • 4. Os números fracionários surgiram da necessidade de representar uma medida que não tem uma quantidade inteira de unidades, isto é, da necessidade de se repartir a unidade de medida. Os Egípcios conheciam as frações de numerador 1 e esta era a forma que eles usavam para representá-las. 1 3 1 6 1 20
  • 5. Fração é uma forma de se representar uma quantidade a partir de um valor, que é dividido por um determinado número de partes iguais. Como é que se representaria a quantidade referente ao número 1 que foi dividida em 8 partes iguais? Simplesmente através da seguinte fração: podemos dizer que o 1 corresponde ao numerador da fração e que o 8 corresponde ao seu denominador
  • 6. Componentes das Frações O número que está embaixo – indica em quantas partes iguais o numerador será dividido – é o . O número que está em cima – total a ser dividido/ número de partes escolhidas – é o Barra: indica a divisão
  • 7. 4/16 12/16 Podemos dizer que o 4 corresponde ao numerador da fração e que o 16 corresponde ao seu denominador. A fração 4/16 pode significar que das 16 partes que compõe a figura, estamos a considerar apenas 4 delas, ou seja, estamos a considerar apenas quatro dezasseis avos da figura. Temos 12 das 16 partes em laranja, que podemos então representar por 12/16. Neste caso estamos a considerar doze dezasseis avos da figura. 16/16 Nela temos 16 das 16 partes em laranja, que podemos então representar por 16/16. Se estiveres atento, já percebeste que 16/16 equivale a 1, ou seja, a figura toda em laranja.
  • 8. A partir do número , dizemos o número em cardinal seguido da palavra exemplos: Três Quinze Avos Oito Trinta e Dois Avos ,
  • 9. Números Fracionários Números de Partes Nome da Parte Números de Partes Nome da Parte 2 Meio 9 Nono 3 Terço 10 Décimo 4 Quarto 11 Onze Avos 5 Quinto 12 Doze Avos 6 Sexto 13 Treze Avos 7 Sétimo 100 Centésimo 8 Oitavo 1000 Milésimo
  • 11. FRAÇÕES NÚMEROS INTEIROS!!!! A fração 8/4 é um número inteiro, uma vez que representa um quociente exato entre o numerador e o denominador (8 : 4 = 2). Sempre que o numerador é múltiplo do denominador a fração representa um número inteiro. São também exemplos de números inteiros as frações 4/4, 4/1 e 16/8 , que representam, respetivamente, os números inteiros 1, 4 e 2
  • 12. Assim 12 é múltiplo de 4, pelo que é um número natural.
  • 13. Uma fração é maior que um, quando o numerador é maior que o denominador. Uma fração é menor que um, quando o numerador é menor que o denominador. Uma fração é igual a um, quando o numerador e o denominador são iguais
  • 14. O CONJUNTO DOS NÚMEROS RACIONAIS É UM CONJUNTO REPRESENTADO PELA LETRA ℚ E QUE É COMPOSTO PELOS NÚMEROS INTEIROS E PELOS NÚMEROS FRACIONÁRIOS. UM NÚMERO RACIONAL INTEIRO, OU FRACIONÁRIO, É UM NÚMERO QUE PODE SER ESCRITO NA FORMA
  • 15. Número racional fracionário, porque o numerador não é múltiplo do denominador. Exemplos Dois não é múltiplo de 8 Pode ser representado por: ou 2:8= 0,25
  • 16. Um NÚMERO FRACIONÁRIO é um número que pode ser representado por uma fração, mas que não é um número inteiro.
  • 17. O conjunto dos NÚMEROS RACIONAIS é formado pelos números fracionários inteiros e pelos números . Todo o número racional pode ser representado
  • 18. NÚMEROS FRACIONÁRIOS E DÍZIMAS…… Na fração 10/4, o numerador não é múltiplo do denominador. Neste caso, 10/4 é um número fracionário. A sua representação decimal (2,5) corresponde à divisão exata entre o numerador e o denominador (10 : 4 = 2,5). Trata-se de uma dízima finita.
  • 19. NÚMEROS FRACIONÁRIOS E DÍZIMAS…… Dízima é a representação decimal de um número. Dízima é composta por uma parte inteira e uma parte decimal. Ex.: 3/8 representação de um número decimal em forma de fração. 3/8=0,375 – representação do número decimal na Exemplos forma de dízima. 3 10 0,3 49 100 19 0, 49 1000 1 0, 019 10 000 0, 0001
  • 20. FRAÇÕES DECIMAIS Frações decimais são todas as frações cujo denominador está representado por 10, 100, 1000, 10000,… Exemplos 3 10 7 100 49 100 19 1000 3 1000 1 10 000 4 10
  • 21. Para se transformar uma fração decimal num número decimal, basta dividir o numerador pelo denominador. E, esse quociente possui tantas casas decimais iguais quanto o número de zeros do denominador.
  • 22. Todos os números decimais podem representados na forma de fração decimal. ser Exemplos
  • 23. O numerador é menor que o denominador; O numerador é maior que o denominador; O denominador; numerador é múltiplo do
  • 24. FRAÇÕES EQUIVALENTES: Quando duas ou mais frações representam a mesma quantidade, estamos a falar de frações equivalentes: Em amarelo, a parte que tomamos. Comprovará que é a metade do pastel, que em forma de fração escreveremos:
  • 25. O mesmo pastel, está agora dividido em quatro partes. Dessas 4 partes tomamos duas (em amarelo). A verdade é que a parte amarela (as partes tomadas) representa a metade do pastel. Estas duas partes que tomamos podem ser escritas Vemos que e representam a mesma quantidade (a metade do pastel), são iguais ou também chamadas equivalentes.
  • 26. O pastel está dividido em 6 partes, das quais tomamos 3. Esta quantidade é representada por Podemos dizer que representam a mesma quantidade de pastel. Estas frações, por representarem o mesmo valor (a metade do pastel) chamam-se frações equivalentes.
  • 27. podemos calcular, a partir da primeira fração, multiplicando o numerador e o denominador pelo mesmo número; por 2 para a segunda fração e por 3 para conseguir a terceira. http://www.portalcursos.com/CursoFracoes/curso/Lecc-2.htm FRAÇÕES EQUIVALENTES :2 2 12 = :2 1 6
  • 30. COMO SABER SE DUAS FRAÇÕES EQUIVALENTES DE MANEIRA RÁPIDA? SÃO Basta multiplicar os números em forma cruzada. Os termos são multiplicados em cruz Se 72x10 = 8x90 as frações são equivalentes. Vemos que em ambos os casos os produtos valem 720, então e são equivalentes.
  • 31. Temos duas frações: Se os produtos de 3x20 e 5x12 têm o mesmo resultado, as frações são equivalentes. Caso os resultados dos produtos fossem diferentes, as frações não seriam equivalentes. Para obtermos frações equivalentes temos de multiplicar ou dividir por um mesmo número o numerador e o denominador. Temos a fração Se fizermos a divisão, obtemos como quociente 0,66.
  • 32. Se o numerador é dividido por 3 obtenho: Como podes perceber os quocientes encontrados, 0,66 e 0,22, não são iguais, então, a operação que fizemos é errada. É preciso multiplicar ou dividir o numerador e o denominador pelo mesmo número:
  • 33. Como se vê são equivalentes. Os seus quocientes são iguais a 0,66. Exemplos: Vamos transformar numa fração equivalente, mas com numerador igual a 15. Para que o numerador seja igual a 15, será preciso multiplicá-lo por 5 e também por esta quantidade terá que ser multiplicado o denominador. O resultado é
  • 34. Exemplos: em outras frações equivalentes, mas com numeradores iguais. Vamos transformar Se são multiplicados os dois termos de por 2: e São equivalentes Se são multiplicados os dois termos de por 6: e São equivalentes
  • 36. NOÇÃO DE PERCENTAGEM Percentagem pode ser definida como a centésima parte de uma grandeza, ou o cálculo baseado em 100 unidades, ou seja: Percentagem é uma parte de um todo de cem partes, ou seja, uma fração cujo denominador é 100. Significado do sinal de percentagem: % O sinal % é uma mera abreviação da expressão: dividido por 100. De modo que, 800 % é a mesma coisa que 800/100, que é o mesmo que 8 por 1. Ou seja, é a mesma coisa dizermos: 800 % ou 800 por 100, ou 80 por 10, ou 8 por 1, etc. É visto com frequência as pessoas ou o próprio mercado usar expressões de acréscimo ou redução nos preços de produtos ou serviços.
  • 37. Como transformamos uma fração em percentagem? Vimos que razões centesimais são um tipo especial de fração, cujo denominador é igual a cem e podem facilmente ser expressas na forma de percentagem, eliminando-se simplesmente denominador cem e inserindo o símbolo percentagem após o numerador. Por exemplo: o de
  • 38. Como transformar a fração 3/15 ou 3 : 15 em percentagem? Simplesmente realizando a divisão, encontrando assim o valor da fração, multiplicando-o por 100 e inserindo o símbolo de percentagem à sua direita, ou seja, multiplicamos por 100%: Talvez não tenha percebido, mas podemos utilizar a transformação de uma razão em percentagem para calcular quantos por cento um número é de outro. Neste nosso exemplo 3 é 20% de 15. Dezoito é quantos por cento de quarenta e cinco?
  • 40. As frações que possuem denominadores (o número de baixo da fração) iguais a 100, são conhecidas por frações centesimais e podem ser representadas pelo símbolo "%". O símbolo "%" é lido como "por cento". "5%" lê-se "5 por cento". "25%" lê-se "25 por cento". O símbolo "%" significa centésimos, assim "5%" é uma outra forma de se escrever 0,05, Vê as seguintes frações. Podemos representá-las na sua forma decimal por: E também na sua forma de percentagens por: ou por exemplo.
  • 41. Alguns exemplos: Exemplo 1 - O Leite teve um aumento de 25% Quer dizer que de cada €100,00 teve um acréscimo de € 25,00 Exemplo 2- O cliente teve um desconto de 15% na compra de uma calça jeans Quer dizer que em cada € 100,00 a loja deu um desconto de € 15,00 Exemplo 3 - Significa que de cada 100 funcionários, 75 são dedicados ao trabalho ou a empresa- Dos funcionários que trabalham na empresa, 75% são dedicados. Exemplo 4. Em um grupo de 100 garotos, 75 deles gostam de futebol. A fração que representa a quantidade de meninos desse grupo que aprecia futebol é: 75/100 Como essa fração representa uma parte do total de 100 garotos, ela representa uma percentagem desse grupo. Toda fração com denominador 100 pode ser escrita na forma de percentagem. Observa: Podemos afirmar que 75% desses garotos gostam de futebol.
  • 42. Exemplo 5. De cada 100 crianças nascidas no Brasil, 46 são do sexo feminino. A fração que representa a quantidade de crianças do sexo feminino é: 46/100 Dessa forma, podemos afirmar que: 46% das crianças nascidas no Brasil são do sexo feminino. Como foi dito, toda e qualquer fração com denominador 100 pode ser escrita na forma de percentagem. Essa característica facilita o cálculo da percentagem de um número. Veja o próximo exemplo. Exemplo 6. Numa sorveteria, 30% dos 250 sorvetes vendidos por dia são de sabor morango. Quantos sorvetes de morango são vendidos por dia nessa sorveteria? Solução: O problema afirma que 30% de 250 sorvetes são de morango. Portanto devemos saber quanto é 30% de 250 para responder ao problema.
  • 43. Na matemática, a palavra “de” representa a operação de multiplicação. Assim, podemos reescrever a afirmação da seguinte forma: 30% de 250 = 30% x 250 Vimos nos exemplos anteriores que: Assim, podemos melhorar a escrita da afirmação mais uma vez: Logo, a sorveteria vende 75 sorvetes de morango por dia. Vimos que percentagem é uma forma diferente de escrever uma fração cujo denominador é 100. Como toda fração pode ser escrita na forma de um número decimal, a percentagem também pode ser escrita. Vejamos como isso ocorre. Escrever a percentagem na forma decimal pode facilitar os cálculos na resolução de alguns problemas. Observe:
  • 44. Exemplo 7. Pedro guardou 12% de seu salário na poupança. Sabendo que o salário de Pedro é de €1500,00, quanto aplicou ele na poupança? Solução: Segundo o problema, Pedro guardou 12% de 1500 na poupança. Assim, teremos: 12% de 1500 = 12% × 1500 Mas, O cálculo fica da seguinte forma: 12% × 1500 = 0,12 × 1500 = 180 Portanto, Pedro guardou 180 euros na poupança.
  • 45. Exemplo 8. Quanto é 23% de 500? Solução: Sabemos que: 23% = 0,23 Assim, teremos: 23% de 500 = 0,23 x 500=115