SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
UNEB – UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA
DCET – DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA
CAMPUS II – ALAGOINHAS – BAHIA
DOCENTE – CLAUDIA REGINA SOUZA
ESTAGIÁRIA – LÚZIA MILENA DOS SANTOS
REGENTE - JACILENA
COLÉGIO – CETEP - LN
TURMA – 1ºMA1
SÉRIE – 1º ANO
Plano Semanal 9
Plano de Aula Semanal
Período: 21/07/2010
I – Tema: Verificação de aprendizagem
II – Sub-temas;
Introdução à célula
Membrana plasmática
Citoplasma
Núcleo e divisão celular
Reprodução humana
Desenvolvimento embrionário humano
Anexos embrionários
Conteúdos conceituais:
Conhecimento da história da descoberta da célula;
Diferenciação de uma célula procariótica de uma eucariótica;
Identificação dos vírus como seres acelulares;
Reconhecimento da estrutura da membrana plasmática;
Descrição de como os processos de difusão simples, difusão facilitada, osmose e
transporte ativo contribuem para a entrada ou saída de substâncias na célula;
Conhecimento dos envoltórios de membrana e junções intercelulares.
Conhecimento da célula como uma entidade tridimensional no interior da qual
há diferentes organelas, que funcionam integralmente no metabolismo celular;
Identificação das diferentes partes e organelas das células: retículo
endoplasmático liso e rugoso; complexo golgiense; ribossomos; lisossomos;
plástos; mitocôndrias; vacúolos; centríolos e perixissomos.
Associação correta de cada estrutura da célula com a sua respectiva função.
Conhecimento do núcleo e de suas partes constituintes;
Descrição da divisão celular;
Identificação da mitose;
Distinguição da meiose I e meiose II;
Conhecimento da parte estrutural das células procarióticas e eucarióticas;
Identificação de todas as organelas citoplasmáticas da célula animal e vegetal;
Descrição de cada componente do núcleo celular eucariótico;
Interpretação da organização celular das células procarióticas.
Comparação entre reprodução sexuada e assexuada;
Diferenciação dos tipos de gametogênese;
Identificação e avaliação da fecundação;
Análise das particularidades da reprodução.
Descrição do sistema genital masculino e feminino;
Interpretação do ciclo menstrual;
Análise dos métodos contraceptivos.
Analise da fecundação humana;
Descrição da clivagem e segmentação;
Interpretação da nidação;
Análise das etapas da gravidez;
Descrição de todos os anexos;
Análise da placenta e sua importância
Conteúdos Procedimentais:
Resolução individual da atividade elaborada pelo professor.
Conteúdos atitudinais:
Demonstração de responsabilidade em comparecer às avaliações agendadas pelo
professor.
Procedimentos metodológicos
Atividade individual sem direito a consulta tanto no livro quanto ao colega ao
lado.
Seqüência didática
A verificação de aprendizagem terá inicio as 09horas e 50 minutos e terminará
quando o último aluno entregar a sua prova. A sala será arrumada em filas e as
carteiras dispostas uma atrás das outras mantendo uma cderta distância. Ao entregar
a prova respondida ao professor, o aluno assinará a lista de freqüência e não poderá
ficar nos corredores da escola.
Recursos
Atividade digitada e xerocada.
Avaliação
Será avaliado o desempenho dos alunos na resolução das questões da ativdade.
Observações
Os alunos foram pontuais, reclamaram das questões por estar, segundo eles, bem
difíceis. O primeiro aluno entregou a prova com quarenta minutos de duração. Dez
alunos ficaram até o último segundo de duração da atividade. O desempenho na mesma
foi péssimo, poucos alunos tiraram dois na atividade, poucos alunos atingiram um
ponto.
Referências
AMABIS, José M. & MARTHO, Gilberto R. Biologia. Volume 1. 2ª ed. p. 109 – 119.
ed. Moderna. São Paulo, 2004.
LINHARES, Sérgio & GEWANDSZNAJDER, Fernando. Biologia. Volume único. 1ª.
ed. p. 35 – 47. ed. Ática, São Paulo, 2008.
Anexos
CETEP/LN
REGENTE: JACILENA
ESTAGIÁRIA: LÚZIA MILENA
SÉRIE: ________________ TURMA____________________ DATA______________
ALUNO (A): ___________________________________________________________
Verificação de Aprendizagem
Leia a prova com atenção!
Ela consta de 17 questões.
Boa sorte!
PARTE 1 (TEXTO) (VALOR 1,0)
Inimigo desarmado
Leia o texto e responda.
1- O tamoxifeno atua sobre uma estrutura de membrana plasmática, impedindo sua
função normal. Qual o seu nome e sua função?
2- É possível dizer que o tamoxifeno já é capaz de curar todos os casos de câncer
de mama?
3- O estrógeno é um dos hormônios sexuais femininos. Responda:
a) Qual a sua função
b) Como o estrógeno age nas células cancerígenas?
PARTE DOIS (VALOR 1,4)
4- A membrana plasmática apresenta uma propriedade típica: a permeabilidade seletiva.
No que consiste essa propriedade?
5- A membrana plasmática que delimita a célula permite a passagem seletiva de
substâncias do meio externo para o meio interno da célula e vice-versa. O que se
entende por transporte ativo e difusão facilitada?
6- Os lisossomos participam de dois processos celulares: autofagia e autólise. No que
consiste esses dois processos?
7- Em que fase da vida celular os cromossomos são mais facilmente visíveis? Por quê?
8- A interfase é um período em que as células estão em repouso. Você concorda?
Justifique sua resposta.
9- A interfase é dividida em três períodos: G1, S e G2. O que acontece em cada um
deles?
10- Cite três estruturas originadas de cada folheto embrionário.
PARTE TRÊS (VALOR 1,6)
11- Em relação às células animais, denominam-se glicocálix:
a) os microvilos das células que revestem o intestino delgado;
b) todas as células acinosas de glândulas secretoras;
c) o colo do espermatozóide;
d) a estrutura lipoprotéica das membranas celulares;
e) uma camada com proteínas e carboidratos que recobre a membrana plasmática.
12- Sobre as funções dos tipos de retículo endoplasmático, pode-se afirmar que:
a) o rugoso está relacionado com o processo de síntese de esteróides;
b) o liso tem como função a síntese de proteínas;
c) o liso é responsável pela formação do acrossomo dos espermatozóides;
d) o rugoso está ligado à síntese de proteína;
e) o liso é responsável pela síntese de poliolosídios.
13- Associe a segunda coluna de acordo com a primeira e assinale a alternativa que está
correta:
1. Lisossomo ( ) Acúmulo e eliminação de secreção
2. Complexo de Golgi ( ) Digestão intracelular
3. Ribossomo ( ) Transporte de materiais dentro da célula
4. Retículo endoplasmático ( ) Síntese de proteínas
5. Mitocôndria ( ) Armazenamento de substâncias
14- Podemos afirmar que o nucléolo é uma estrutura:
a) intranuclear, visível apenas ao microscópio eletrônico, presente em células em
anáfase;
b) intranuclear, rica em RNA mensageiro, presente em alguns vírus;
c) intranuclear, rica me RNA ribossômico, presente em células em anáfase;
d) citoplasmática presente em alguns protozoários;
e) citoplasmática, rica em RNA ribossômico, com função de sintetizar enzimas do ciclo
respiratório.
15- Uma célula com 8 cromossomos sofre meiose e origina:
a) 2 células com 4 cromossomos;
b) 2 células com 8 cromossomos;
c) 4 células com 2 cromossomos;
d) 4 células com 4 cromossomos;
e) 4 células com 8 cromossomos;
16- Animais terrestres desenvolveram anexos embrionários que realizam várias funções.
Aquele que protege o embrião contra o dessecamento é:
a) o alantóide
b) o âmnion
c) a placenta
d) o saco vitelino
e) o córion
17- Em condições normais, a placenta humana tem por funções:
a) proteger o feto contra traumatismos, permitir a troca de gases e sintetizar as hemácias
do feto;
b) proteger o feto contra traumatismos, permitir a troca de gases e sintetizar os
leucócitos do feto;
c) permitir o fluxo de direto de sangue entre mãe e filho e a eliminação das excretas
dissolvidas;
d) permitir a troca de gases e nutrientes e eliminação das excretas fetais dissolvidas;
e) permitir o fluxo direto de sangue do filho para a mãe, responsável pela eliminação de
gás carbônico e de excretas fetais.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5
wil
 
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula IV:
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula IV: Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula IV:
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula IV:
Cássio Cunha Dourado
 
Citologia membrana plasmatica
Citologia membrana plasmaticaCitologia membrana plasmatica
Citologia membrana plasmatica
Dianna Gomes
 
Exercícios sobre membrana e transportes osmose animal e vegetal
Exercícios sobre membrana e transportes  osmose animal e vegetal Exercícios sobre membrana e transportes  osmose animal e vegetal
Exercícios sobre membrana e transportes osmose animal e vegetal
Grupo UNIASSELVI
 
Plano de aula 7 teste - alana
Plano de aula 7   teste - alanaPlano de aula 7   teste - alana
Plano de aula 7 teste - alana
familiaestagio
 
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula II
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula IIEstágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula II
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula II
Cássio Cunha Dourado
 
Plano 4 helen
Plano 4 helenPlano 4 helen
Plano 4 helen
Helenrsr
 

Mais procurados (17)

Plano aula 10
Plano aula 10Plano aula 10
Plano aula 10
 
Plano v
Plano vPlano v
Plano v
 
Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5
 
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula IV:
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula IV: Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula IV:
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula IV:
 
Citologia membrana plasmatica
Citologia membrana plasmaticaCitologia membrana plasmatica
Citologia membrana plasmatica
 
Preparacao enferm elisa
Preparacao enferm elisaPreparacao enferm elisa
Preparacao enferm elisa
 
Exercícios sobre membrana e transportes osmose animal e vegetal
Exercícios sobre membrana e transportes  osmose animal e vegetal Exercícios sobre membrana e transportes  osmose animal e vegetal
Exercícios sobre membrana e transportes osmose animal e vegetal
 
Plano de aula 7 teste - alana
Plano de aula 7   teste - alanaPlano de aula 7   teste - alana
Plano de aula 7 teste - alana
 
Plano9 nayane cerqueira
Plano9  nayane cerqueiraPlano9  nayane cerqueira
Plano9 nayane cerqueira
 
Derivação ontogenetica e diferenciação celular em Cyperaceae
Derivação ontogenetica e diferenciação celular em CyperaceaeDerivação ontogenetica e diferenciação celular em Cyperaceae
Derivação ontogenetica e diferenciação celular em Cyperaceae
 
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula II
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula IIEstágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula II
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula II
 
Aula 05 membrana plasmática e transportes
Aula 05   membrana plasmática e transportesAula 05   membrana plasmática e transportes
Aula 05 membrana plasmática e transportes
 
Plano 4 nayane cerqueira
Plano 4 nayane cerqueiraPlano 4 nayane cerqueira
Plano 4 nayane cerqueira
 
Células procarióticas
Células procarióticasCélulas procarióticas
Células procarióticas
 
C1 curso b_prof_biologia
C1 curso b_prof_biologiaC1 curso b_prof_biologia
C1 curso b_prof_biologia
 
Plano 4 helen
Plano 4 helenPlano 4 helen
Plano 4 helen
 
Bcm 1
Bcm 1Bcm 1
Bcm 1
 

Destaque

Contes de galls
Contes de gallsContes de galls
Contes de galls
bacari
 
90 95 animals with backbones
90 95 animals with backbones90 95 animals with backbones
90 95 animals with backbones
tarman59
 
C:\documents and settings\alumno.pc01 infocole.000\escritorio\ilusiones opticas
C:\documents and settings\alumno.pc01 infocole.000\escritorio\ilusiones opticasC:\documents and settings\alumno.pc01 infocole.000\escritorio\ilusiones opticas
C:\documents and settings\alumno.pc01 infocole.000\escritorio\ilusiones opticas
guest500261
 
Lonxitude-conversión-actividades-erros
Lonxitude-conversión-actividades-errosLonxitude-conversión-actividades-erros
Lonxitude-conversión-actividades-erros
guest81af40b
 
C:\fakepath\presentación1
C:\fakepath\presentación1C:\fakepath\presentación1
C:\fakepath\presentación1
Laura
 
Représentations allemands ww1
Représentations allemands ww1Représentations allemands ww1
Représentations allemands ww1
imranfle
 
Download estudocom74184
Download estudocom74184Download estudocom74184
Download estudocom74184
guest4f2b48
 
Intern Certificate
Intern CertificateIntern Certificate
Intern Certificate
Vishal Gupta
 

Destaque (20)

Contes de galls
Contes de gallsContes de galls
Contes de galls
 
90 95 animals with backbones
90 95 animals with backbones90 95 animals with backbones
90 95 animals with backbones
 
Planet green2
Planet green2Planet green2
Planet green2
 
Media web
Media webMedia web
Media web
 
_ (1)
  _ (1)  _ (1)
_ (1)
 
C:\documents and settings\alumno.pc01 infocole.000\escritorio\ilusiones opticas
C:\documents and settings\alumno.pc01 infocole.000\escritorio\ilusiones opticasC:\documents and settings\alumno.pc01 infocole.000\escritorio\ilusiones opticas
C:\documents and settings\alumno.pc01 infocole.000\escritorio\ilusiones opticas
 
Lonxitude-conversión-actividades-erros
Lonxitude-conversión-actividades-errosLonxitude-conversión-actividades-erros
Lonxitude-conversión-actividades-erros
 
Formules Magiques
Formules MagiquesFormules Magiques
Formules Magiques
 
2º2º
 
Apple Online Proposal
Apple Online ProposalApple Online Proposal
Apple Online Proposal
 
Patologias
PatologiasPatologias
Patologias
 
Akademics
AkademicsAkademics
Akademics
 
C:\fakepath\presentación1
C:\fakepath\presentación1C:\fakepath\presentación1
C:\fakepath\presentación1
 
Représentations allemands ww1
Représentations allemands ww1Représentations allemands ww1
Représentations allemands ww1
 
Развлекательный фреш
Развлекательный фрешРазвлекательный фреш
Развлекательный фреш
 
Download estudocom74184
Download estudocom74184Download estudocom74184
Download estudocom74184
 
El metodo
El metodoEl metodo
El metodo
 
Proyecto de ley_institutos_escuelas-2015-PERU
Proyecto de ley_institutos_escuelas-2015-PERUProyecto de ley_institutos_escuelas-2015-PERU
Proyecto de ley_institutos_escuelas-2015-PERU
 
Avon 39
Avon 39Avon 39
Avon 39
 
Intern Certificate
Intern CertificateIntern Certificate
Intern Certificate
 

Semelhante a Plano de luzia 9 alterado 02

Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5
wil
 
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
familiaestagio
 
Plano de luzia 1 alterado 02
Plano de luzia 1 alterado 02Plano de luzia 1 alterado 02
Plano de luzia 1 alterado 02
luziabiologa2010
 
Plano de luzia 3 alterado 02
Plano de luzia 3 alterado 02Plano de luzia 3 alterado 02
Plano de luzia 3 alterado 02
luziabiologa2010
 
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula VII
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula VIIEstágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula VII
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula VII
Cássio Cunha Dourado
 
Plano de Aula I - Caroline Cerqueira
Plano de Aula I - Caroline CerqueiraPlano de Aula I - Caroline Cerqueira
Plano de Aula I - Caroline Cerqueira
CCMbiologia
 

Semelhante a Plano de luzia 9 alterado 02 (20)

Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5
 
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
 
Plano 4 nayane cerqueira
Plano 4 nayane cerqueiraPlano 4 nayane cerqueira
Plano 4 nayane cerqueira
 
Plano9 nayane cerqueira
Plano9  nayane cerqueiraPlano9  nayane cerqueira
Plano9 nayane cerqueira
 
Plano de luzia 1 alterado 02
Plano de luzia 1 alterado 02Plano de luzia 1 alterado 02
Plano de luzia 1 alterado 02
 
Plano vii
Plano viiPlano vii
Plano vii
 
Plano vii
Plano viiPlano vii
Plano vii
 
Plano vii
Plano viiPlano vii
Plano vii
 
Plano8 nayane cerqueira
Plano8  nayane cerqueiraPlano8  nayane cerqueira
Plano8 nayane cerqueira
 
Plano8 nayane cerqueira
Plano8  nayane cerqueiraPlano8  nayane cerqueira
Plano8 nayane cerqueira
 
Plano de luzia 3 alterado 02
Plano de luzia 3 alterado 02Plano de luzia 3 alterado 02
Plano de luzia 3 alterado 02
 
Plano II
Plano IIPlano II
Plano II
 
Plano de aula III
Plano de aula IIIPlano de aula III
Plano de aula III
 
Plano de aula completo Citologia: Tipos e formas de células
Plano de aula completo Citologia: Tipos e formas de células Plano de aula completo Citologia: Tipos e formas de células
Plano de aula completo Citologia: Tipos e formas de células
 
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula VII
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula VIIEstágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula VII
Estágio Supervisionado II Cássio Cunha: Plano de aula VII
 
Plano 3
Plano 3Plano 3
Plano 3
 
BIOLOGIA -AULA 02 - Introdução.pptx aula
BIOLOGIA -AULA 02 - Introdução.pptx aulaBIOLOGIA -AULA 02 - Introdução.pptx aula
BIOLOGIA -AULA 02 - Introdução.pptx aula
 
Plano de aula 1ano eja(2)
Plano de aula 1ano eja(2)Plano de aula 1ano eja(2)
Plano de aula 1ano eja(2)
 
Plano vi juliana
Plano vi julianaPlano vi juliana
Plano vi juliana
 
Plano de Aula I - Caroline Cerqueira
Plano de Aula I - Caroline CerqueiraPlano de Aula I - Caroline Cerqueira
Plano de Aula I - Caroline Cerqueira
 

Mais de luziabiologa2010

Desenvolvimento embrionário aula 07 de luzia milena
Desenvolvimento embrionário aula 07 de luzia milenaDesenvolvimento embrionário aula 07 de luzia milena
Desenvolvimento embrionário aula 07 de luzia milena
luziabiologa2010
 
Reprodução humana aula 06 de luzia
Reprodução humana aula 06 de luziaReprodução humana aula 06 de luzia
Reprodução humana aula 06 de luzia
luziabiologa2010
 
Reprodução aula 05 de luzia
Reprodução aula 05 de luziaReprodução aula 05 de luzia
Reprodução aula 05 de luzia
luziabiologa2010
 
Citoplásma aula 02 de luzia
Citoplásma aula 02 de luziaCitoplásma aula 02 de luzia
Citoplásma aula 02 de luzia
luziabiologa2010
 
Citologia aula 01de lúzia
Citologia aula 01de lúziaCitologia aula 01de lúzia
Citologia aula 01de lúzia
luziabiologa2010
 
Plano de luzia 8 alterado 02
Plano de luzia 8 alterado 02Plano de luzia 8 alterado 02
Plano de luzia 8 alterado 02
luziabiologa2010
 
Plano de luzia 7 alterado 02
Plano de luzia 7 alterado 02Plano de luzia 7 alterado 02
Plano de luzia 7 alterado 02
luziabiologa2010
 
Plano de luzia 6 alterado 02
Plano de luzia 6 alterado 02Plano de luzia 6 alterado 02
Plano de luzia 6 alterado 02
luziabiologa2010
 
Plano de luzia 5 alterado 02
Plano de luzia 5 alterado 02Plano de luzia 5 alterado 02
Plano de luzia 5 alterado 02
luziabiologa2010
 
Plano de luzia 4 alterado 02
Plano de luzia 4 alterado 02Plano de luzia 4 alterado 02
Plano de luzia 4 alterado 02
luziabiologa2010
 
Plano de luzia 2 alterado 02
Plano de luzia 2 alterado 02Plano de luzia 2 alterado 02
Plano de luzia 2 alterado 02
luziabiologa2010
 

Mais de luziabiologa2010 (12)

Desenvolvimento embrionário aula 07 de luzia milena
Desenvolvimento embrionário aula 07 de luzia milenaDesenvolvimento embrionário aula 07 de luzia milena
Desenvolvimento embrionário aula 07 de luzia milena
 
Reprodução humana aula 06 de luzia
Reprodução humana aula 06 de luziaReprodução humana aula 06 de luzia
Reprodução humana aula 06 de luzia
 
Reprodução aula 05 de luzia
Reprodução aula 05 de luziaReprodução aula 05 de luzia
Reprodução aula 05 de luzia
 
Núcleo aula 03 de luzia
Núcleo aula 03 de luziaNúcleo aula 03 de luzia
Núcleo aula 03 de luzia
 
Citoplásma aula 02 de luzia
Citoplásma aula 02 de luziaCitoplásma aula 02 de luzia
Citoplásma aula 02 de luzia
 
Citologia aula 01de lúzia
Citologia aula 01de lúziaCitologia aula 01de lúzia
Citologia aula 01de lúzia
 
Plano de luzia 8 alterado 02
Plano de luzia 8 alterado 02Plano de luzia 8 alterado 02
Plano de luzia 8 alterado 02
 
Plano de luzia 7 alterado 02
Plano de luzia 7 alterado 02Plano de luzia 7 alterado 02
Plano de luzia 7 alterado 02
 
Plano de luzia 6 alterado 02
Plano de luzia 6 alterado 02Plano de luzia 6 alterado 02
Plano de luzia 6 alterado 02
 
Plano de luzia 5 alterado 02
Plano de luzia 5 alterado 02Plano de luzia 5 alterado 02
Plano de luzia 5 alterado 02
 
Plano de luzia 4 alterado 02
Plano de luzia 4 alterado 02Plano de luzia 4 alterado 02
Plano de luzia 4 alterado 02
 
Plano de luzia 2 alterado 02
Plano de luzia 2 alterado 02Plano de luzia 2 alterado 02
Plano de luzia 2 alterado 02
 

Último

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
ssuserbb4ac2
 

Último (20)

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
 

Plano de luzia 9 alterado 02

  • 1. UNEB – UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA DCET – DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA CAMPUS II – ALAGOINHAS – BAHIA DOCENTE – CLAUDIA REGINA SOUZA ESTAGIÁRIA – LÚZIA MILENA DOS SANTOS REGENTE - JACILENA COLÉGIO – CETEP - LN TURMA – 1ºMA1 SÉRIE – 1º ANO Plano Semanal 9 Plano de Aula Semanal Período: 21/07/2010 I – Tema: Verificação de aprendizagem II – Sub-temas; Introdução à célula Membrana plasmática Citoplasma Núcleo e divisão celular Reprodução humana Desenvolvimento embrionário humano Anexos embrionários Conteúdos conceituais: Conhecimento da história da descoberta da célula; Diferenciação de uma célula procariótica de uma eucariótica; Identificação dos vírus como seres acelulares; Reconhecimento da estrutura da membrana plasmática; Descrição de como os processos de difusão simples, difusão facilitada, osmose e transporte ativo contribuem para a entrada ou saída de substâncias na célula; Conhecimento dos envoltórios de membrana e junções intercelulares. Conhecimento da célula como uma entidade tridimensional no interior da qual há diferentes organelas, que funcionam integralmente no metabolismo celular;
  • 2. Identificação das diferentes partes e organelas das células: retículo endoplasmático liso e rugoso; complexo golgiense; ribossomos; lisossomos; plástos; mitocôndrias; vacúolos; centríolos e perixissomos. Associação correta de cada estrutura da célula com a sua respectiva função. Conhecimento do núcleo e de suas partes constituintes; Descrição da divisão celular; Identificação da mitose; Distinguição da meiose I e meiose II; Conhecimento da parte estrutural das células procarióticas e eucarióticas; Identificação de todas as organelas citoplasmáticas da célula animal e vegetal; Descrição de cada componente do núcleo celular eucariótico; Interpretação da organização celular das células procarióticas. Comparação entre reprodução sexuada e assexuada; Diferenciação dos tipos de gametogênese; Identificação e avaliação da fecundação; Análise das particularidades da reprodução. Descrição do sistema genital masculino e feminino; Interpretação do ciclo menstrual; Análise dos métodos contraceptivos. Analise da fecundação humana; Descrição da clivagem e segmentação; Interpretação da nidação; Análise das etapas da gravidez; Descrição de todos os anexos; Análise da placenta e sua importância Conteúdos Procedimentais: Resolução individual da atividade elaborada pelo professor. Conteúdos atitudinais: Demonstração de responsabilidade em comparecer às avaliações agendadas pelo professor.
  • 3. Procedimentos metodológicos Atividade individual sem direito a consulta tanto no livro quanto ao colega ao lado. Seqüência didática A verificação de aprendizagem terá inicio as 09horas e 50 minutos e terminará quando o último aluno entregar a sua prova. A sala será arrumada em filas e as carteiras dispostas uma atrás das outras mantendo uma cderta distância. Ao entregar a prova respondida ao professor, o aluno assinará a lista de freqüência e não poderá ficar nos corredores da escola. Recursos Atividade digitada e xerocada. Avaliação Será avaliado o desempenho dos alunos na resolução das questões da ativdade. Observações Os alunos foram pontuais, reclamaram das questões por estar, segundo eles, bem difíceis. O primeiro aluno entregou a prova com quarenta minutos de duração. Dez alunos ficaram até o último segundo de duração da atividade. O desempenho na mesma foi péssimo, poucos alunos tiraram dois na atividade, poucos alunos atingiram um ponto. Referências AMABIS, José M. & MARTHO, Gilberto R. Biologia. Volume 1. 2ª ed. p. 109 – 119. ed. Moderna. São Paulo, 2004. LINHARES, Sérgio & GEWANDSZNAJDER, Fernando. Biologia. Volume único. 1ª. ed. p. 35 – 47. ed. Ática, São Paulo, 2008. Anexos
  • 4. CETEP/LN REGENTE: JACILENA ESTAGIÁRIA: LÚZIA MILENA SÉRIE: ________________ TURMA____________________ DATA______________ ALUNO (A): ___________________________________________________________ Verificação de Aprendizagem Leia a prova com atenção! Ela consta de 17 questões. Boa sorte! PARTE 1 (TEXTO) (VALOR 1,0) Inimigo desarmado Leia o texto e responda. 1- O tamoxifeno atua sobre uma estrutura de membrana plasmática, impedindo sua função normal. Qual o seu nome e sua função?
  • 5. 2- É possível dizer que o tamoxifeno já é capaz de curar todos os casos de câncer de mama? 3- O estrógeno é um dos hormônios sexuais femininos. Responda: a) Qual a sua função b) Como o estrógeno age nas células cancerígenas? PARTE DOIS (VALOR 1,4) 4- A membrana plasmática apresenta uma propriedade típica: a permeabilidade seletiva. No que consiste essa propriedade? 5- A membrana plasmática que delimita a célula permite a passagem seletiva de substâncias do meio externo para o meio interno da célula e vice-versa. O que se entende por transporte ativo e difusão facilitada? 6- Os lisossomos participam de dois processos celulares: autofagia e autólise. No que consiste esses dois processos? 7- Em que fase da vida celular os cromossomos são mais facilmente visíveis? Por quê? 8- A interfase é um período em que as células estão em repouso. Você concorda? Justifique sua resposta.
  • 6. 9- A interfase é dividida em três períodos: G1, S e G2. O que acontece em cada um deles? 10- Cite três estruturas originadas de cada folheto embrionário. PARTE TRÊS (VALOR 1,6) 11- Em relação às células animais, denominam-se glicocálix: a) os microvilos das células que revestem o intestino delgado; b) todas as células acinosas de glândulas secretoras; c) o colo do espermatozóide; d) a estrutura lipoprotéica das membranas celulares; e) uma camada com proteínas e carboidratos que recobre a membrana plasmática. 12- Sobre as funções dos tipos de retículo endoplasmático, pode-se afirmar que: a) o rugoso está relacionado com o processo de síntese de esteróides; b) o liso tem como função a síntese de proteínas; c) o liso é responsável pela formação do acrossomo dos espermatozóides; d) o rugoso está ligado à síntese de proteína; e) o liso é responsável pela síntese de poliolosídios. 13- Associe a segunda coluna de acordo com a primeira e assinale a alternativa que está correta: 1. Lisossomo ( ) Acúmulo e eliminação de secreção 2. Complexo de Golgi ( ) Digestão intracelular 3. Ribossomo ( ) Transporte de materiais dentro da célula 4. Retículo endoplasmático ( ) Síntese de proteínas 5. Mitocôndria ( ) Armazenamento de substâncias 14- Podemos afirmar que o nucléolo é uma estrutura: a) intranuclear, visível apenas ao microscópio eletrônico, presente em células em anáfase; b) intranuclear, rica em RNA mensageiro, presente em alguns vírus; c) intranuclear, rica me RNA ribossômico, presente em células em anáfase; d) citoplasmática presente em alguns protozoários;
  • 7. e) citoplasmática, rica em RNA ribossômico, com função de sintetizar enzimas do ciclo respiratório. 15- Uma célula com 8 cromossomos sofre meiose e origina: a) 2 células com 4 cromossomos; b) 2 células com 8 cromossomos; c) 4 células com 2 cromossomos; d) 4 células com 4 cromossomos; e) 4 células com 8 cromossomos; 16- Animais terrestres desenvolveram anexos embrionários que realizam várias funções. Aquele que protege o embrião contra o dessecamento é: a) o alantóide b) o âmnion c) a placenta d) o saco vitelino e) o córion 17- Em condições normais, a placenta humana tem por funções: a) proteger o feto contra traumatismos, permitir a troca de gases e sintetizar as hemácias do feto; b) proteger o feto contra traumatismos, permitir a troca de gases e sintetizar os leucócitos do feto; c) permitir o fluxo de direto de sangue entre mãe e filho e a eliminação das excretas dissolvidas; d) permitir a troca de gases e nutrientes e eliminação das excretas fetais dissolvidas; e) permitir o fluxo direto de sangue do filho para a mãe, responsável pela eliminação de gás carbônico e de excretas fetais.