Apelação cível prática ii

279 visualizações

Publicada em

Modelo de Apelação Cível

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
279
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apelação cível prática ii

  1. 1. NÚCLEO DE PRÁTICA JÚRIDA EXCELENTÍSSIMO SR.DR. JUIZ DE DIREITO DA 1º VARA CÍVEL DA COMARCA DE ITUPORANGA-SC. Processo nº 000/00 Ação de Indenização. Plim celular S/A, já qualificada nos autos da Ação de Indenização que move, por meio de seu advogado, nos termos do artigo 513 do Código de Processo Cível, vem perante Vossa Excelência, não se conformando com a sentença de fls. 99/02 da mesma, APELAR para o Egrégio Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, consoante razões que apresenta em anexo. Requer, para tanto, seja o presente recurso recebido e regularmente processado. Termos em que, Pede e espera Deferimento. Goiânia, 29 de Novembro de 2012. Advogada OAB/GO XXX Faculdade Sul-Americana FASAM, BR – 153, Km 502, Jardim da Luz, CEP: 74.850-370, Goiânia-GO
  2. 2. NÚCLEO DE PRÁTICA JÚRIDA RAZÕES DE RECURSO Proc. N° 000/00 Vara Cível da Comarca de Ituporanga-SC Apelante: Plim Celular S/A Apelada: Maria Tagarella. Egrégio Tribunal, Colenda Câmara, Eméritos Julgadores, I - Dos Fatos A apelada ajuizou ação Indenizatória por danos morais c/c declaratória de inexistência de débito em face de Plim Celular S/A. A apelada é cliente desde o ano de 2006 e após o encerramento do período de fidelidade, ao conferir as faturas telefônicas verificou-se a cobrança de débitos estranhos e jamais contratados sob a rubrica “Infinity 160 min”, cópia às fls.10. Em virtude das cobranças indevidas deixou de quitar as faturas referentes aos meses de fevereiro e março de 2011 e a apelada promoveu a inscrição de seu nome nos cadastros de proteção ao crédito. Requereu danos de ordem moral, requerendo a antecipação dos efeitos da tutela. Faculdade Sul-Americana FASAM, BR – 153, Km 502, Jardim da Luz, CEP: 74.850-370, Goiânia-GO
  3. 3. NÚCLEO DE PRÁTICA JÚRIDA Foi dispensada a produção de provas. Por sua vez, a Apelante apresentou defesa, porém com o fim da instrução processual, o magistrado proferiu sentença deferindo o pedido da apelada, julgando procedente seu pedido. No entanto, como será demonstrado a seguir, a sentença merece ser reformada. II - Do Mérito A apelante foi condenada ao pagamento de danos morais no valor de R$ 10.000,00, acrescida de juros de mora 1% ao mês, desde o arbitramento, bem como a apelante deverá promover a exclusão do nome da apelada dos cadastros de proteção ao crédito, no prazo de 48 (quarenta e oito) horas. A apelante não concorda com a sentença, uma vez que após findado o prazo de fidelidade a apelada, verificando as cobranças indevidas, deveria ter contactado à Plim Celulares e reclamado das cobranças e não deixado de quitar as faturas dos meses de fevereiro e março. A apelante simplesmente deixou de pagar as faturas, sem mesmo tentar negociar as cobranças. A Plim Celular S/A e uma empresa de telefonia, no contrato dizia que Maria Tagarella ficaria pagando um valor de R$ 130,00 reais durante um ano e depois o plano sofreria acréscimo e passaria para R$ 150,00 reais. O primeiro ano era o plano de fidelidade, quando foi para assinar o contrato, Maria Tagarella aceitou o acordo. Maria Tagarella usou de má fé para, receber indenização, ela poderia ter ido à empresa de telefonia no primeiro mês que teve o acréscimo nas faturas para pedir o o cancelamento dos serviços para não passar por esses transtorno e solucionar o problemas senhora Maria tagarella. Faculdade Sul-Americana FASAM, BR – 153, Km 502, Jardim da Luz, CEP: 74.850-370, Goiânia-GO
  4. 4. NÚCLEO DE PRÁTICA JÚRIDA III – Do Requerimento Por todo o exposto, requer a esse Egrégio Tribunal seja a presente Apelação conhecida e, quando do seu julgamento, lhe seja dado integral Provimento reformando a sentença recorrida, no sentido de julgar procedente o pedido formulado pela Apelante. Termos em que, Pede e espera deferimento. Goiânia dia 29 de novembro 2012 ADVOGADA. OAB/GO XXX Faculdade Sul-Americana FASAM, BR – 153, Km 502, Jardim da Luz, CEP: 74.850-370, Goiânia-GO

×