Introdução
• Os seres vivos quando entregues à Natureza, vivem dentro de um
perfeito equilíbrio ecológico mantido principa...
As causas da perda de biodiversidade
• Destruição e diminuição dos habitats naturais;
• Introdução de espécies exóticas e ...
Alterações Climáticas
• Alterações climáticas: A alteração do clima
constitui um dos maiores problemas
ambientais que a hu...
Desflorestação
• Desflorestação: O planeta encontra-se em
constante mudança, obrigando à alteração de
habitats, mas estas ...
Espécies Exóticas
• Espécies exóticas: As espécies exóticas chegam a
determinado local pela mão de humanos, o que pode
aco...
Caça
• Caça: A sobreexploração de determinadas
espécies tem se tornado uma das principais
ameaças à sobrevivência de inúme...
Poluição
• Poluição: A poluição é indiscutivelmente
consequência da actividade humana. Espécies
animais e vegetais vão per...
b
Exemplos de Espécies Ameaçadas
• Leopardo de Amur;
• Panda Gigante;
• Tigre de Sumatra;
• Urso Polar;
• Arara azul de lear...
Conclusão
• Entender o conceito de extinção de espécies foi uma tarefa relativamente
simples: extinção é o desaparecimento...
Extinçao das especies animais e consequências
Extinçao das especies animais e consequências
Extinçao das especies animais e consequências
Extinçao das especies animais e consequências
Extinçao das especies animais e consequências
Extinçao das especies animais e consequências
Extinçao das especies animais e consequências
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Extinçao das especies animais e consequências

2.421 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Extinçao das especies animais e consequências

  1. 1. Introdução • Os seres vivos quando entregues à Natureza, vivem dentro de um perfeito equilíbrio ecológico mantido principalmente através da cadeia alimentar que é o ciclo vital que garante o equilíbrio e a reprodução dos ecossistemas. Na natureza, nenhum ser vivo está isolado, todos, directa ou indirectamente, são interdependentes. Com isso a extinção de determinada espécie ou população pode ocasionar um desequilíbrio ecológico resultante de actividades humanas desordenadas, causando perturbações, a curto, médio e longo prazo, nos ecossistemas naturais. • Em todo o mundo, espécies inteiras de animais e vegetais estão se extinguindo. As causas? Um cientista alemão, Vinzens Ziswiler, escreveu com amarga ironia: "A causa... o homem pode vê-la sempre que se olhar no espelho...”.
  2. 2. As causas da perda de biodiversidade • Destruição e diminuição dos habitats naturais; • Introdução de espécies exóticas e invasoras; • Exploração excessiva de espécies animais e vegetais; • Caça e pesca sem critérios; • Tráfico da fauna e flora silvestres; • Poluição do solo, água e atmosfera; • Ampliação desordenada das fronteiras agro- pecuárias dentro de áreas nativas; • Mudanças climáticas e aquecimento global.
  3. 3. Alterações Climáticas • Alterações climáticas: A alteração do clima constitui um dos maiores problemas ambientais que a humanidade terá de enfrentar no novo milénio. A flora e a fauna estão sendo ameaçadas com as mudanças de temperatura que, estão influenciando no ciclo de vida e ecologia de cada espécie.
  4. 4. Desflorestação • Desflorestação: O planeta encontra-se em constante mudança, obrigando à alteração de habitats, mas estas mudanças naturais tendem a acontecer de forma gradual, causando normalmente apenas pequenos impactos em determinadas espécies. As mudanças velozes não permitem a adaptação das espécies a novas circunstâncias, o que resulta em consequências desastrosas. As razões primárias para as alterações velozes em habitats naturais prendem- se com a actividade humana.
  5. 5. Espécies Exóticas • Espécies exóticas: As espécies exóticas chegam a determinado local pela mão de humanos, o que pode acontecer tanto intencional como acidentalmente. Embora o seu papel possa, muitas vezes, ser de pouca importância para as alterações significativas nos habitats, existem situações em que a sua introdução é a causa para perigosos desequilíbrios em frágeis ecossistemas. A pior destas circunstâncias ocorre quando determinada espécie exótica assume o papel de predador. Esta situação pode resultar nas mudanças no habitat natural e causar uma maior competitividade entre espécies para a obtenção de alimento.
  6. 6. Caça • Caça: A sobreexploração de determinadas espécies tem se tornado uma das principais ameaças à sobrevivência de inúmeros animais e plantas. O comércio de partes de animais é um dos negócios clandestinos mais lucrativos do mundo, incentivado por superstições tradicionais ou noções de estatuto social implementadas em determinados países.
  7. 7. Poluição • Poluição: A poluição é indiscutivelmente consequência da actividade humana. Espécies animais e vegetais vão perecendo à medida que os seus habitats naturais sucumbem à sujidade e toxicidade produzidas pelos humanos. Mas é bem possível que também a espécie humana venha a sofrer com esta aparente necessidade de poluir; os recursos hídricos estão cada vez mais poluídos, a atmosfera vai perdendo defesas contra os raios ultravioleta do sol e as árvores, que produzem o nosso oxigénio vão morrendo em nossas mãos.
  8. 8. b
  9. 9. Exemplos de Espécies Ameaçadas • Leopardo de Amur; • Panda Gigante; • Tigre de Sumatra; • Urso Polar; • Arara azul de lear; • Tubarão Baleia; • Lince Ibérico; • Lobo Ibérico;
  10. 10. Conclusão • Entender o conceito de extinção de espécies foi uma tarefa relativamente simples: extinção é o desaparecimento de todos os indivíduos de uma determinada espécie. Difícil é entender o porquê do desaparecimento de todos esses indivíduos. • Podemos classificar o modo como a extinção acontece de três maneiras: aquela advinda da própria natureza, causada por eventos naturais de grandes proporções (vulcanismo, queda de meteoros, etc.). • Devido aos preceitos da selecção natural ( os mais bem adaptados ao seu habitat sobrevivem e se reproduzem, enquanto os não tão bem adaptados tendem a morrer e consequentemente não reproduzir, não passando à próxima geração os seus genes). • Devido à actividade humana (relacionado com a maneira como o homem lida diariamente com a natureza, seja através da caça predatória de animais específicos ou através da destruição dos seus habitats). •

×