O slideshow foi denunciado.

Branding lock

837 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Branding lock

  1. 1. estudo de branding
  2. 2. Quem é quem?
  3. 3. Que empresa?
  4. 4. MarcaBasicamente, uma marca é o quedifere produtos.É o que os torna distantes deserem commodities.
  5. 5. Marca comunicação logotipo
  6. 6. CenárioDo que consiste o grupo.LOCK - engenharia alto padrão, 4segmentos de atuação.CYMZ - engenharia comercial ecorporativo. CMYZLXK - imobiliária.CAHZA - arquitetura e engenharia IMÓV E IS- no Rio de Janeiro
  7. 7. alto padrãocorporativo Cenáriorio de janeiroimobiliária
  8. 8. DesafioComo aproveitar o potencialindividual de cada marca quejuntas formam um grupo etransmitir tudo isso nacomunicação de maneiraharmônica e inteligente?
  9. 9. Caminhos- Estratégias de marcas emfusões;- Planejamento de Arquitetura deMarcas.
  10. 10. Estratégias de marcas em fusões1. O buraco negro:- O “Buraco Negro”, retira domercado uma das marcas.-Prevalece a marca mais forte.
  11. 11. Estratégias de marcas em fusões2. A colheita:- O “Colheita”, retira do mercadouma das marcas.- Prevalece a marca mais forte.
  12. 12. Estratégias de marcas em fusões- Processo imediato. - Processo gradual.
  13. 13. Estratégias de marcas em fusões (ops!)
  14. 14. Estratégias de marcas em fusões3. Casamento:- Junção de duas marcastransferindo o prestígio de umamarca para a outra;- União de forças.
  15. 15. Estratégias de marcas em fusões4. Novo começo:- Quando as marcas se unem epassam a ser regidas por umaúnica e nova marca.- Não necessariamente as marcasanteriores devem morrer. Americel, ATL, BCP Nordeste, BCP SP, Claro Digital e Tess
  16. 16. Estratégias de marcas em fusões4. Novo começo:- Quando as marcas se unem epassam a ser regidas por umaúnica e nova marca.- Não necessariamente as marcasanteriores devem morrer. Americel, ATL, BCP Nordeste, BCP SP, Claro Digital e Tess
  17. 17. Caminhos1- Estratégias de marcas emfusões;2- Planejamento de Arquiteturade Marcas. * Jo s e p h B e n s o n e Jack F ole y
  18. 18. Planejamento de arquitetura de marcas1. Branded House:- Nome comercial da empresacombinado com diferentes nomesde produtos;- “Marca mãe” garantindocredibilidade a todos produtos eserviços.
  19. 19. Planejamento de arquitetura de marcas2. Sub-brands:- Quando se combinam produtosou serviços sob a mesma marca.No caso, ele é uma extensão da“marca mãe”.
  20. 20. Planejamento de arquitetura de marcas3. Endorsed brands:- Marcas apropriadas pelaempresa, que recebem nomespróprios, mas possuem a essênciada “marca mãe”.
  21. 21. Planejamento de arquitetura de marcas4. House of brands:- A empresa não veicula suareputação à do produto.- Se houver alguma fracasso com oproduto, o nome da empresa estáprotegido.- Se utilizam de nomes de marcasdiferentes para linhas de produtosdiferentes.
  22. 22. Planejamento de arquitetura de marcasArquitetura de marcas não é um pensamento independente, ele segueuma linha de raciocínio horizontal. Uma “marca mãe” tem submarcas,e uma marca guarda chuva se apropria de outras marcas. Esseraciocínio é melhor visualizado numa linha reta. ENDORSED HOUSE OF BRANDED HOUSE SUB BRANDS BRANDS BRANDS
  23. 23. House of Brands- D esva l oriza r o p r e st i gi o da marc a p r in c i p al- In ves t im e nt o m a i o r p a ra val or izar o g r u p o- 3 empres a s d o gr u p o c o m o me s mo p r odu t o- in vest im e nt o s d e c o m un i c aç ão s e g u e m p aral e l os ( 5 si te s, 5 m a te ri a i sc om e rcia l , ta p u m e s)- Ma nt er a fi d e li d a d e i nd i v i d u al das e mp r e s as- Se acont ec e r a lgu m p r ob l e ma c om u ma marc a, as outra s e m pre sa sd o gr upo não se p r e j u d i c am
  24. 24. Sub Brands- Abrir mã o d a s o u t ra s marc as- In ves t im e nt o m a i o r p a ra val or izar o g r u p o- Ident ida d e d e u m a e m pr e s a- E ve ntua l d a no a i m a ge m at i n g e t od o o g r u p o.- Co m unica ç ã o u ni fic a d a ( in v e s t ime n t o me n or )- D istri buin d o o va lo r d a l oc k p ara as ou t ras e mp r esa s- Facil idade na r e o r ga ni zaç ão e s t r u t u ral da e mp r e s a (e q u i pe s, d pto,e tc)- N ã o teremo s se gm e nt o s c on c or r e n t e s d e n t r o d o g ru po
  25. 25. Endorsed Brand- O g rupo vi ra u m a e m pr e s a “ s e t or i zada”- inv est im e nt o s d e c o m u n ic aç ão in d i v i d u ai s ( 5 s it e s, 5 m a te ri a i s com-ercia l )- O peso do gr u p o é va li d o s ome n t e n o s e g me n t o, s e abri r u m a e m-p re sa de va r e j o o LO C K n ão vai s ig n i fc ar ab s ol u t ame n te n a d a .- Se tiv er p r o b le m a c o m u ma marc a, as ou t ras e mpre sa s d o gru po v ã ose prejudic a m .- L eva r o p r e st i gi o d a LO C K p ara as ou t ras e mp r e s as- O peso da m a rc a é d i str i b u i d o
  26. 26. Branded House- in vest im e nt o s d e c o m u n i c aç ão in d i v i d u ai s ( 5 s it e s, 5 m a te ri a i s com-ercia l )- O peso do gr u p o é va li d o s ome n t e n o s e g me n t o, s e abri r u m a e m-p res a de var e j o o LO C K n ão vai s ig n i fc ar ab s ol u t ame n te n a d a .- Se tiv er p r o b le m a c o m u ma marc a, as ou t ras e mp re sa s d o grupo v ã ose prejudica m .- L eva r o pr e st i gi o d a LO C K p ara as ou t ras e mp r e s as

×