Governo do Estado do Rio de Janeiro   Secretaria Estadual de EducaçãoColégio Estadual Leopoldina da Silveira         HISTÓ...
Aula III – 1ª Série – Ensino Médio    Civilização Greco-Romana    Do Clássico ao Helenístico
Mosaico GregoAo analisarmos o mundo grego, não podemosesquecer as grandes diferenças existentes entre asdiversas cidades-e...
Atenas
OrigemEnquanto os espartanos descenderam dosguerreiros dóricos, os atenienses sãooriginários dos povos responsáveis pelafo...
EconomiaSob o ponto de vista econômico, os ateniensesaproveitaram de sua posição geográfica paradesenvolver um intenso com...
PolíticaCom relação às instituições políticas, vemos queinicialmente essas duas cidades-estados privilegiaram odomínio da ...
EducaçãoA educação dos atenienses e espartanos era bastantediferenciada com relação aos objetivos que cada umadelas buscav...
Esparta
GêneroCom relação ao papel ocupado pelas mulheres,observamos também outra interessante diferenciaçãoentre espartanos e ate...
A Pólis GregaDefinida como uma comunidade políticaindependente que se desenvolveu à suamaneira, cada uma das pólis que for...
Escravidão AntigaDe grande importância para a consolidação dademocracia, a mão de obra escrava garantia ofuncionamento da ...
Mundo HelenísticoEmbora seja reconhecido como o período noqual a cultura grega atingiu sua expansãomáxima, chegando a dist...
Mundo HelenísticoFoi após a conquista das cidades-estados gregas peloreino da Macedônia que todo o conhecimentoproduzido p...
Mulheres de Atenas
Mulheres de AtenasSabemos      que    muitos    direitos   foramconquistados pelas mulheres ao longo destesdois milênios. ...
Bibliografia• VAINFAS, Ronaldo; FARIA, Sheila  de Castro; FERREIRA, Jorge;  SANTOS, Georgina. História: o  longo século XI...
Civilização Greco-Romana - Atenas e Esparta
Civilização Greco-Romana - Atenas e Esparta
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Civilização Greco-Romana - Atenas e Esparta

5.777 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.777
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.194
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
60
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Civilização Greco-Romana - Atenas e Esparta

  1. 1. Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria Estadual de EducaçãoColégio Estadual Leopoldina da Silveira HISTÓRIA Professor Luiz Valentim
  2. 2. Aula III – 1ª Série – Ensino Médio Civilização Greco-Romana Do Clássico ao Helenístico
  3. 3. Mosaico GregoAo analisarmos o mundo grego, não podemosesquecer as grandes diferenças existentes entre asdiversas cidades-estados que formavam a Hélade.Como principais exemplos deste mosaico queformou o mundo helênico temos as cidades deAtenas e Esparta, rivais que defenderam diferentesvisões de mundo durante o período clássico.
  4. 4. Atenas
  5. 5. OrigemEnquanto os espartanos descenderam dosguerreiros dóricos, os atenienses sãooriginários dos povos responsáveis pelaformação da tradicional civilização creto-micênica. http://www.brasilescola.com/historiag/esparta-atenas.htm
  6. 6. EconomiaSob o ponto de vista econômico, os ateniensesaproveitaram de sua posição geográfica paradesenvolver um intenso comércio marítimo com ascolônias estabelecidas no Mediterrâneo e na ÁsiaMenor. A necessidade de desenvolvimento comercialtambém esteve ligada à pouca disponibilidade de terrasférteis ao longo de seus domínios. Já em Esparta, agrande disponibilidade de terras e a aversão aosestrangeiros propiciaram uma atividade agrícolaautossuficiente e um comércio bastante restrito. http://www.brasilescola.com/historiag/esparta-atenas.htm
  7. 7. PolíticaCom relação às instituições políticas, vemos queinicialmente essas duas cidades-estados privilegiaram odomínio da aristocracia local. Contudo, os ateniensesestabeleceram uma série de reformas que dariam origema um governo de caráter democrático. Em contrapartida,Esparta tinha seu poder divido entre dois reis (Diarquia)que tratavam de assuntos militares e religiosos.Paralelamente, havia ainda a existência de duasassembleias (Gerúsia e Ápela) onde discutiam eorganizavam as leis da cidade. http://www.brasilescola.com/historiag/esparta-atenas.htm
  8. 8. EducaçãoA educação dos atenienses e espartanos era bastantediferenciada com relação aos objetivos que cada umadelas buscava. Os espartanos viam na educação umaimportante etapa para que o cidadão interiorizasse osvalores militaristas e contava com rigoroso treinamentofísico dos jovens. Embora os atenienses procurassemrealizar um equilíbrio entre o corpo e a mente de cadaindivíduo, em Atenas, a educação era um privilégiodestinado àqueles que possuíam condição para pagarpelos serviços de um preceptor. http://www.brasilescola.com/historiag/esparta-atenas.htm
  9. 9. Esparta
  10. 10. GêneroCom relação ao papel ocupado pelas mulheres,observamos também outra interessante diferenciaçãoentre espartanos e atenienses. Em Esparta, sendo asmulheres responsáveis por gerar indivíduos preparadospara o combate, estas possuíam uma rigorosa educaçãoe tomavam a frente em questões domésticas eparticipavam das assembleias. Já os ateniensesacreditavam que uma mulher não deveria se intrometerno mundo masculino, ficando a ela reservada asatividades ligadas ao lar. http://www.brasilescola.com/historiag/esparta-atenas.htm
  11. 11. A Pólis GregaDefinida como uma comunidade políticaindependente que se desenvolveu à suamaneira, cada uma das pólis que formavam aHélade continham alguns elementos comuns,dentre eles a ágora – praça central onde sereuniam os cidadãos para discutir a vidapolítica da pólis, e a acrópole – cidade altaonde eram construídos os templos e osprédios mais nobres.
  12. 12. Escravidão AntigaDe grande importância para a consolidação dademocracia, a mão de obra escrava garantia ofuncionamento da economia enquanto liberavaos homens livres do trabalho no campo ou emoutra atividade para dedicar-se à vida política.Por outro lado, muitos homens livres pobres,após endividar-se com a aristocraciaproprietária, eram submetidos ao trabalhoescravo com o objetivo de quitar sua dívida.
  13. 13. Mundo HelenísticoEmbora seja reconhecido como o período noqual a cultura grega atingiu sua expansãomáxima, chegando a distantes regiõesorientais e mesclando-se com as culturaslocais pré-existentes, este período de visíveldomínio grego sobre as demais culturasocorreu após a decadência das pólis.
  14. 14. Mundo HelenísticoFoi após a conquista das cidades-estados gregas peloreino da Macedônia que todo o conhecimentoproduzido pelos helenos foi disseminado pelo mundo,sendo levado por Alexandre, o grande, em suasconquistas.Todavia, este período apresenta grandes diferenças emrelação à Grécia Clássica, tais como a heterogeneidadepopulacional das cidades e a ausência da autonomiadestas, com exceção daquelas existentes no antigoterritório grego, continental e insular. Além disto,formou-se uma realeza helenística, que passa a sercultuada, e tem início um importante processo desincretização religiosa entre os deuses ocidentais eorientais.
  15. 15. Mulheres de Atenas
  16. 16. Mulheres de AtenasSabemos que muitos direitos foramconquistados pelas mulheres ao longo destesdois milênios. Todavia, muito ainda precisa seralcançado e, em muitos países, os direitos maisbásicos ainda precisam ser conquistados.Com sua equipe (3 pessoas), produza um textoanalisando um dos seguintes tópicos:– as conquistas já realizadas e o que ainda precisa ser conquistado pelas mulheres;– os países em que o espaço feminino ainda é restrito e as respectivas barreiras culturais.
  17. 17. Bibliografia• VAINFAS, Ronaldo; FARIA, Sheila de Castro; FERREIRA, Jorge; SANTOS, Georgina. História: o longo século XIX. Vol. 2. São Paulo: Saraiva, 2010.

×