SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
Conjuntura Semanal
02 de novembro de 2020
fontehttps://tinyurl.com/yyt77pjg
Fonte: https://tinyurl.com/y32hppgg

Responsável técnico: Jose Sergio Gabrielli de Azevedo.
jsgazevedo@gmail.com
Fonte: https://tinyurl.com/y3ldtlop
Economia já
e m c r i s e
a n t e s d a
pandemia
Os dados das 1000 maiores empresas do
Brasil mostram que a crise já vinha antes da
pandemia. O lucro líquido caiu 21,8% em
termos reais entre 2019 e 2018 segundo
listagem do Valor. As despesas financeiras
cresceram muito antes da pandemia: 28%
em 2019.
E l e i ç õ e s
americanas
Nos últimos comícios os ataques se
radicalizaram. Biden recebeu a presença de
Obama no ultimo comício em Michigan,
enquanto Trump aumentava o tom de
ataque na Pensilvânia.
G a s t o s
eleitorais
Pesquisa do Globo: gastos nessas eleições
estão muito menores do que os gastos de
2016. Menos comícios, santinhos, carros de
som e mais utilização da internet, além do
fi n a n c i a m e n t o p u b l i c o re d u z i r a m
drasticamente os gastos.
Lavajatismo A defesa da operação lava jato parece não
ser tema de interesse nas principais
campanhas municipais. Muito ausente dos
debates e da campanha. Diferente de 2018
e 2016.

Força tarefa Greenfield, que tem
investigações que podem chegar a Paulo
Guedes, pede prorrogação de prazo.

PGR se opõe ao modelo força tarefa
permanente

PGR (Aras) reabre inquérito contra Rodrigo
Maia(DEM), com apoio de Fachin, sobre
OAS.
F a l t a d e
a g u a n o
Nordeste
Os carros pipas que são ainda importantes
fontes de água potável em 850 municípios
do NE podem deixar de funcionar nesse
mês. As verbas foram cortadas e o Exercito,
que organiza a distribuição, avisou aos
transportadores que deixarão de funcionar,
se as verbas não forem aprovadas. O
Senador Jaques Wagner (PT) pediu
informações ao ministro Marinho,
destacando que 7 mil veículos, que levam
água para 79 mil pontos de distribuição,
podem ser afetados
Nº. 14
01 Acompanhando
Economia Criativa: desafios continuam
Algumas notas sobre eleições:Planejamento por decreto
Mineração em terras indígenas. Funai fora.
Em controverso decreto, em que pretende estabelecer diretrizes para
o desenvolvimento de longo prazo sem ouvir o Congresso, Bolsonaro
tenta avançar na sua campanha anti-aborto, introduzindo os
princípios da defesa da vida "desde a concepção" e dos “direitos do
nascituro”. Esses termos são parte da campanha dos que querem
restringir os direitos ao aborto legal, reforçando a pauta conservadora
de costumes no pais.
• Festival de Montreaux pode ser um novo modelo: híbrido de
presencial e streaming, superando o modelo de sucessão de lives
de artistas.

• A secretaria da cultura do governo Bolsonaro tem mais um militar
no seu comando. Paulo Cezar de Alencar, coronel da reserva e
formado em Ciências Militares assumiu a Secretaria Nacional de
Desenvolvimento Cultural, substituindo um “olavista”.

• A s discussões sobre o adiamento do Carnaval de 2021 e seu novo
formato mobilizam os envolvidos com a economia da festa,
principalmente nas maiores cidade do evento: SSA e RJ, além de
SP.
O governo Bolsonaro prepara flexibilização ainda maior para
mineração em terras indígenas, agora com a desistência formal da
FUNAI de participar do processo. O decreto preparado pelo Ministério
da Justiça abre ainda mais as áreas de fronteiras do Brasil, com
populações indígenas residentes, para a exploração mineral de
empresas estrangeiras. Consultada, a FUNAI disse não ter nada a
declarar.

O desmatamento na Amazonia prossegue, a demarcação das terras
indígenas se modifica e o governo avança na sua destruição.
• Caindo nas pesquisas, Russomano tira o nome de Bolsonaro de
sua propaganda em SP. Cai nas últimas pesquisas. Covas na
frente e Boulos e França disputando o segundo lugar em SP.

• Reafirmando o combate à desigualdade, Boulos fala para
empresários de SP em tom moderado sobre a “invasão de casas”.
Defende parceria com o setor privado com estímulos à demanda
para atrair investimentos.

• Crivella, no RJ, pede mais apoio a Bolsonaro. Paes continua na
frente e Martha Rocha e Crivella disputam o segundo lugar, com
Benedita em terceiro. Pesquisas captam fim dos votos brancos/
nulos. Martha Rocha(PDT) começa a se descolar de Benedita(PT)
na disputa do terceiro lugar.

• Dados do TSE divulgados pelo Valor mostram um aumento das
pesquisas eleitorais custeadas com “recursos próprios”. Essas
aumentaram quase quatro vezes em relação a 2016, com uma
proliferação de institutos até então desconhecidos.

• PT está melhor em cidades médias do que nas capitais. Disputa
em Vitoria do ES, Guarulhos em SP, Contagem (MG), Santarém
(PA), Anápolis (GO), Caxias do Sul (RS) e Feira de Santana e
Vitória da Conquista na Bahia.

• Muito complicada a situação do PT de João Pessoa. O DM quer
manter a candidatura de Anisio e o DN quer o apoio a Ricardo
Coutinho(PSB). Disputas judiciais e politicas enfraquecem o PT.
Coutinho tenta subir nas pesquisas, disputando com Lucena(PP)
na frente de Nilvan (MDB).

• Em Teresina, capital do Piaui, governado pelo PT, o candidato na
frente das pesquisa é apoiado pelo vice Mourão. Dr. Pessoa do
MDB lidera, com o apoio do PRTB de Mourão. Kleber (PSDB) tem
apoio de Ciro Nogueira PP, apoiador de Bolsonaro. Fabio Abreu
do PT está em terceiro lugar.

• EM SSA, Major Denice(PT) vai para 2º lugar, mas Bruno(DEM)
pode ganhar no 1º turno.
02 Detalhamentos
Industria de calçados volta 16 anos
Eleições americanas:
Dados da Abicalçados, publicados pelo Estadão,
dizem que a industria calçadista deve produzir em
2020 o mesmo volume de 16 anos atrás, com uma
queda de 28% em relação a 2019. Funcionando com
52% de sua capacidade em agosto (58,6% e 62,7%
em set-out), o setor sofreu grande contração de
demanda e as exportações não conseguiram
compensar as perdas.
Segunda onda na Europa e economia
O retorno do crescimento das contaminações e a
identificação de mutações no vírus dessa segunda
onda de contaminações na Europa, que se alastra a
partir da Espanha, ameaça as vidas das pessoas, os
sistemas de saude e pode impedir a lenta retomada
da economia. Surpreendendo, o PIB europeu cresceu
muito mais do que esperado no 3T20. 

A letalidade é grande na Europa: 2,86 óbitos por
milhão de habitantes em finais de outubro (0,82 e
1,23 no início e meio do mês). No Brasil, mais de 2,0.
A eleições americanas serão no dia 3 de novembro, com mais de 90 milhões de eleitores, quase dois terços do eleitorado, já tendo votado
antecipadamente, a maioria pelo Correio. Trump, muito atrás de Biden nas pesquisas, ameaça não reconhecer os resultados e acusa a votação
postal como sujeita a fraudes. Ele se preparou para a batalha judicial pós eleições, com a nomeação da juíza Amy Barret para reforçar a maioria
conservadora na Suprema Corte, onde algumas das disputas judiciais podem chegar.

Apesar da votação, quem elege de fato é o Colégio Eleitoral, em que os quase 600 delegados votam de acordo com as regras de cada estado,
com a maioria sendo majoritária: quem ganha no estado leva todos os votos. Isso faz com que o Colégio Eleitoral possa eleger um presidente
que perdeu as eleições gerais. O próprio Trump foi assim. Perdeu para Hillary nas urnas, mas ganhou no Colégio Eleitoral.

Apesar de mais moderado do que o Sanders, Biden conseguiu reunir uma base ampla de apoio democrata. Obama, que entrou mais firme na
campanha somente no final, tem criticado muito fortemente Trump, especialmente no seu tratamento da pandemia, rompendo uma tradição de
ex-presidentes americanos não criticarem os atuais.

Autonomia do Banco Central vai a voto no Senado
O Senado deve votar o projeto de lei sobre a autonomia do BACEN ainda essa
semana. Há a introdução de uma versão light de duplo mandato: inflação e
desemprego. A manobra de Alcolumbre com Guedes consolida uma situação já
existente de captura do BACEN pelo mercado financeiro. O modelo da autoridade
monetaria brasileira se aproximaria do sistema FED dos EUA que tem o duplo
mandato. 

Aqui, no entanto, o BACEN se omite de atuar como autoridade monetária, validando as
expectativas do setor financeiro, mesmo sem dispor de autonomia formal.
O Ministério da Economia divulgou que a pandemia custo 615 bilhões de reais aos
cofres públicos. Mais da metade foi gasto com o auxilio emergencial e 27 bilhões foram
de renúncia fiscal.

Sem considerar os efeitos desses gastos sobre a economia, os arautos da austeridade
fiscal intensificam suas pressões para mais cortes de gastos, alegando possível
inadimplência com a dívida alcançando 100% do PIB.

O mercado financeiro, com anuência do BC, pressiona para elevação dos juros que, se
ocorrer, será mais uma bomba contra a recuperação. O cambio continua pressionando,
favorecendo as exportações, mas estimulando a elevação dos preços.
Peso da pandemia nos gastos fiscais
03 Gráficos e Números03 Gráficos e Números
Alimentos ficam mais caros Curtas:
Desastre no mercado de trabalho: desemprego dispara e juventude é muito afetada
Feijão, óleo de soja, arroz, leite, carne e tomate
tiveram as maiores altas no IPCA que cresceu
3,14% nos últimos 12 meses.

Exportações de produtos agrícolas e taxa de
cambio continuam pressionando os preços,
que têm um efeito perverso sobre as famílias
de menor renda, onde os alimentos
representam uma maior parcela do seu
orçamento. A inflação da comida reduz muito a
renda real dos mais pobres.

A prévia do futuro imediato, o IPCA-15, aponta
uma aceleração da inflação para novembro, em
um movimento de continua elevação de preços desde meados do ano.

A principal fonte de crescimento é o grupo de Alimentação e Bebidas, especialmente as carnes,
responsável por um quarto do orçamento das famílias. O grupo Transportes também foi importante
no crescimento, especialmente as passagens aéreas, assim. Como o grupo de artigos da residência,
que cresce pelo sexto mês consecutivo. Queda do rendimento familiar, precarização das relações de
trabalho e subida dos principais itens de consumo criam uma situação dramática para os mais
pobres 

— Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) subiu
0,94% em outubro, após ter registrado alta de 0,45% em setembro. As
informações foram divulgadas nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro
de Geogra!a e Estatística (IBGE).
Analistas esperavam alta de 0,82% em setembro, conforme mediana de
33 projeções de analistas ouvidos pelo Valor Data. O intervalo das
projeções variava de 0,62% até 0,93%.
No acumulado em 12 meses, o indicador avança 3,52%, abaixo da meta
de in"ação perseguida pelo Banco Central para 2020, de 4% — a meta
tem tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. No ano,
o IPCA-15 acumula avanço de 2,31%.
Fonte: IBGE
IPCA-15
Variação mensal em %
out/19 dez/19 fev/20 abr/20 jun/20 ago/20 out/20
−0,60
−0,40
−0,20
0,00
0,20
0,40
0,60
0,80
1,00
1,20
Acumulado:
No ano 2,31%
12 meses 3,52%
0,94
Veja as tabelas completas no Valor Data
O IPCA-15 é considerado uma prévia da in"ação o!cial, o Índice de
Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), e leva em conta a cesta de produtos
e serviços para famílias com rendimento de 1 a 40 salários mínimos em
nove regiões metropolitanas, além de duas capitais (Brasília e Goiânia).
O grupo Alimentação e bebidas foi o principal responsável pelo aumento
de outubro, segundo o IBGE. Os preços do grupo subiram 2,24% em
outubro. Responsável por um quarto do orçamento das famílias, o grupo
respondeu por 0,45 ponto percentual no IPCA-15 do mês.
A aceleração do grupo Alimentação e bebidas deve-se especialmente à
alta dos alimentos para consumo no domicílio, que passaram de 1,96%
em setembro para 2,95% em outubro. A maior contribuição veio das
Saneamento
Siderurgia
Telecom
TransporteseLogística
Varejo
Fonte: Valor 28/10/2020
• Bolsonaro quer PPIs nas Unidades Básicas
de Saude (UBS) em decreto, sem a
assinatura do Ministro da Saude, que
ameaça o SUS. O decreto foi revogado,
mas a ideia persiste.

• A safra de soja do próximo ano já está
praticamente vendida e as exportações,
principalmente para a Argentina, devem
continuar aquecidas. Não há horizonte de
queda dos preços.

• Operadores do mercado de cambio não
gostaram das intervenções do BC no dia
30, quando as taxas do PTAX, que define o
cambio dos contratos derivativos
associados ao cambio para os próximos
m e s e s s e c o n s o l i d a . O B C
tradicionalmente não intervinha no
mercado nesse dia. Apesar dos pouco
volume das vendas de dólares do BC, a
taxa acabou caindo tecnicamente, subindo
depois.
A taxa de desemprego nunca foi tão alta como na mais recente na PNAD continua: 14,4%. Essa taxa deve aumentar nos próximos meses, com o fim
do auxilio emergencial que trará de volta para a população economicamente ativa (PEA) milhões de pessoas que não estavam trabalhando, nem
procurando trabalho, mas gostariam de trabalhar.

Além do aumento dos desempregados, o número de ocupados também se contraiu, refletindo crescentes demissões. Crescem as demissões dos
empregados formais, mais do que dos informais.

Os dados do CAGED, do emprego formal com carteira assinada, mostram uma geração de novos postos no seu ultimo resultado. Os empregos com
carteira assinada agora são mais precários, intermitentes, com jornadas menores e de rendimentos mais baixos.

A juventude está sofrendo mais. A taxa de desemprego entre as pessoas de 18-24 anos chega perto dos 30%, mais do que o dobro da média da
população. A ocupação nessa faixa etária caiu 8 pontos percentuais e somente 42% dos jovens estão ocupados. Os chamados “nem-nem”, não
trabalham nem estudam, entre aqueles entre 20-24 anos, subiu de 26% no início de 2012 para 35% no 2T20. Há também um envelhecimento do
trabalho formal. A RAIS mostrava 19% dos postos de carteira assinada ocupados por jovens em 2002. Hoje são 13,1% os da faixa 18-24 anos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Setemi news fevereiro
Setemi news   fevereiroSetemi news   fevereiro
Setemi news fevereiroSetemi News
 
Setemi news julho
Setemi news julhoSetemi news julho
Setemi news julhoSetemi News
 
Setemi news abril
Setemi news abrilSetemi news abril
Setemi news abrilSetemi News
 
Setemi news junho
Setemi news junhoSetemi news junho
Setemi news junhoSetemi News
 
Setemi news maio
Setemi news maioSetemi news maio
Setemi news maioSetemi News
 
Jornal setemi news janeiro
Jornal setemi news janeiroJornal setemi news janeiro
Jornal setemi news janeiroSetemi News
 
Setemi news agosto
Setemi news agostoSetemi news agosto
Setemi news agostoSetemi News
 
Setemi news outubro
Setemi news outubroSetemi news outubro
Setemi news outubroSetemi News
 
Setemi News Setembro/2016
Setemi News Setembro/2016Setemi News Setembro/2016
Setemi News Setembro/2016Setemi News
 
Setemi news setembro
Setemi news setembroSetemi news setembro
Setemi news setembroSetemi News
 
Setemi news dezembro
Setemi news dezembroSetemi news dezembro
Setemi news dezembroSetemi News
 
Setemi news março
Setemi news marçoSetemi news março
Setemi news marçoSetemi News
 
Setemi news janeiro 2016
Setemi news janeiro 2016Setemi news janeiro 2016
Setemi news janeiro 2016Setemi News
 
Setemi news novembro
Setemi news novembroSetemi news novembro
Setemi news novembroSetemi News
 
Setemi News Dezembro/16
Setemi News Dezembro/16Setemi News Dezembro/16
Setemi News Dezembro/16Setemi News
 
Setemi News Agosto
Setemi News AgostoSetemi News Agosto
Setemi News AgostoSetemi News
 
Bussola covid19 report_diario_07_19 (1)
Bussola covid19 report_diario_07_19 (1)Bussola covid19 report_diario_07_19 (1)
Bussola covid19 report_diario_07_19 (1)PaulodeTarsodosReisL
 
SETEMI NEWS mês de Fevereiro
SETEMI NEWS mês de FevereiroSETEMI NEWS mês de Fevereiro
SETEMI NEWS mês de FevereiroSetemi News
 

Mais procurados (20)

Setemi news fevereiro
Setemi news   fevereiroSetemi news   fevereiro
Setemi news fevereiro
 
Setemi news julho
Setemi news julhoSetemi news julho
Setemi news julho
 
Setemi news abril
Setemi news abrilSetemi news abril
Setemi news abril
 
Setemi news junho
Setemi news junhoSetemi news junho
Setemi news junho
 
Setemi news maio
Setemi news maioSetemi news maio
Setemi news maio
 
Jornal setemi news janeiro
Jornal setemi news janeiroJornal setemi news janeiro
Jornal setemi news janeiro
 
Setemi dezembro
Setemi dezembroSetemi dezembro
Setemi dezembro
 
Setemi news agosto
Setemi news agostoSetemi news agosto
Setemi news agosto
 
Setemi news outubro
Setemi news outubroSetemi news outubro
Setemi news outubro
 
Setemi News Setembro/2016
Setemi News Setembro/2016Setemi News Setembro/2016
Setemi News Setembro/2016
 
Setemi news setembro
Setemi news setembroSetemi news setembro
Setemi news setembro
 
Setemi news dezembro
Setemi news dezembroSetemi news dezembro
Setemi news dezembro
 
Setemi news março
Setemi news marçoSetemi news março
Setemi news março
 
Setemi news janeiro 2016
Setemi news janeiro 2016Setemi news janeiro 2016
Setemi news janeiro 2016
 
Setemi news novembro
Setemi news novembroSetemi news novembro
Setemi news novembro
 
Setemi News Dezembro/16
Setemi News Dezembro/16Setemi News Dezembro/16
Setemi News Dezembro/16
 
Setemi News Agosto
Setemi News AgostoSetemi News Agosto
Setemi News Agosto
 
Bussola covid19 report_diario_07_19 (1)
Bussola covid19 report_diario_07_19 (1)Bussola covid19 report_diario_07_19 (1)
Bussola covid19 report_diario_07_19 (1)
 
SETEMI NEWS mês de Fevereiro
SETEMI NEWS mês de FevereiroSETEMI NEWS mês de Fevereiro
SETEMI NEWS mês de Fevereiro
 
Abril
AbrilAbril
Abril
 

Semelhante a Conjuntura Semanal

Grupo 7 apresentacão junta
Grupo 7 apresentacão juntaGrupo 7 apresentacão junta
Grupo 7 apresentacão juntajulianazaponi
 
Tribuna classista 25
Tribuna classista 25Tribuna classista 25
Tribuna classista 25Anasor Searom
 
Bussola covid19 report_diario_08_16
Bussola covid19 report_diario_08_16Bussola covid19 report_diario_08_16
Bussola covid19 report_diario_08_16PaulodeTarsodosReisL
 
Entrevista completa de Rui Falcão para Brasil Econômico
Entrevista completa de Rui  Falcão para Brasil Econômico Entrevista completa de Rui  Falcão para Brasil Econômico
Entrevista completa de Rui Falcão para Brasil Econômico ruifalcao13156
 
Jornais e blogs 28.1.14
Jornais e blogs 28.1.14Jornais e blogs 28.1.14
Jornais e blogs 28.1.14contraocrack
 

Semelhante a Conjuntura Semanal (20)

J. S. Gabrielli Conjuntura #114
J. S. Gabrielli Conjuntura #114J. S. Gabrielli Conjuntura #114
J. S. Gabrielli Conjuntura #114
 
Conjuntura Semanal #094 J. S. Gabrielli
Conjuntura Semanal #094 J. S. GabrielliConjuntura Semanal #094 J. S. Gabrielli
Conjuntura Semanal #094 J. S. Gabrielli
 
J S Gabrielli - Conjuntura #102
J S Gabrielli - Conjuntura #102J S Gabrielli - Conjuntura #102
J S Gabrielli - Conjuntura #102
 
J S Gabrielli Conjuntura #104.pdf
J S Gabrielli Conjuntura #104.pdfJ S Gabrielli Conjuntura #104.pdf
J S Gabrielli Conjuntura #104.pdf
 
Boletim de Conjuntura 58 - J S Gabrielli
Boletim de Conjuntura 58 - J S GabrielliBoletim de Conjuntura 58 - J S Gabrielli
Boletim de Conjuntura 58 - J S Gabrielli
 
Grupo 7 apresentacão junta
Grupo 7 apresentacão juntaGrupo 7 apresentacão junta
Grupo 7 apresentacão junta
 
Conjuntura Semanal #091 J. S. Gabrielli
Conjuntura Semanal #091 J. S. GabrielliConjuntura Semanal #091 J. S. Gabrielli
Conjuntura Semanal #091 J. S. Gabrielli
 
J S Gabrielli - Conjuntura #101
J S Gabrielli - Conjuntura #101J S Gabrielli - Conjuntura #101
J S Gabrielli - Conjuntura #101
 
Conjuntura Semanal #84 por J S Gabrielli.pdf
Conjuntura Semanal #84 por J S Gabrielli.pdfConjuntura Semanal #84 por J S Gabrielli.pdf
Conjuntura Semanal #84 por J S Gabrielli.pdf
 
J S Gabrielli Conjuntura #109
J S Gabrielli Conjuntura #109J S Gabrielli Conjuntura #109
J S Gabrielli Conjuntura #109
 
Conjuntura Semanal #086 por J S Gabrielli.pdf
Conjuntura Semanal #086 por J S Gabrielli.pdfConjuntura Semanal #086 por J S Gabrielli.pdf
Conjuntura Semanal #086 por J S Gabrielli.pdf
 
Jornal digital 24 10-17
Jornal digital 24 10-17Jornal digital 24 10-17
Jornal digital 24 10-17
 
J S Grabrielli Conjuntura #105
J S Grabrielli Conjuntura #105J S Grabrielli Conjuntura #105
J S Grabrielli Conjuntura #105
 
Jornal digital 05 12-17
Jornal digital 05 12-17Jornal digital 05 12-17
Jornal digital 05 12-17
 
Jornal digital 09 10-17
Jornal digital 09 10-17Jornal digital 09 10-17
Jornal digital 09 10-17
 
Tribuna classista 25
Tribuna classista 25Tribuna classista 25
Tribuna classista 25
 
Bussola covid19 report_diario_08_16
Bussola covid19 report_diario_08_16Bussola covid19 report_diario_08_16
Bussola covid19 report_diario_08_16
 
Entrevista completa de Rui Falcão para Brasil Econômico
Entrevista completa de Rui  Falcão para Brasil Econômico Entrevista completa de Rui  Falcão para Brasil Econômico
Entrevista completa de Rui Falcão para Brasil Econômico
 
Revista entre lagos ed99 final web
Revista entre lagos ed99 final webRevista entre lagos ed99 final web
Revista entre lagos ed99 final web
 
Jornais e blogs 28.1.14
Jornais e blogs 28.1.14Jornais e blogs 28.1.14
Jornais e blogs 28.1.14
 

Mais de TRAMPO Comunicação e Eventos Soares

Desuberizar a exploração através da organização e mobilização das trabalhado...
Desuberizar a exploração através da organização e mobilização das  trabalhado...Desuberizar a exploração através da organização e mobilização das  trabalhado...
Desuberizar a exploração através da organização e mobilização das trabalhado...TRAMPO Comunicação e Eventos Soares
 
Sindicatos em ação para a defesa dos direitos dos trabalhadores imigrantes
Sindicatos em ação para a defesa dos direitos dos trabalhadores imigrantesSindicatos em ação para a defesa dos direitos dos trabalhadores imigrantes
Sindicatos em ação para a defesa dos direitos dos trabalhadores imigrantesTRAMPO Comunicação e Eventos Soares
 
Proibir jatos particulares para enfrentar a crise climática, diz Thomas Piket...
Proibir jatos particulares para enfrentar a crise climática, diz Thomas Piket...Proibir jatos particulares para enfrentar a crise climática, diz Thomas Piket...
Proibir jatos particulares para enfrentar a crise climática, diz Thomas Piket...TRAMPO Comunicação e Eventos Soares
 
Índice mostra que desigualdade racial condena negros a menos renda ensino e e...
Índice mostra que desigualdade racial condena negros a menos renda ensino e e...Índice mostra que desigualdade racial condena negros a menos renda ensino e e...
Índice mostra que desigualdade racial condena negros a menos renda ensino e e...TRAMPO Comunicação e Eventos Soares
 
DIEESE - Considerações sobre o Plano Safra 23 /24 da Agricultura Familiar
DIEESE - Considerações sobre o Plano Safra 23 /24 da Agricultura FamiliarDIEESE - Considerações sobre o Plano Safra 23 /24 da Agricultura Familiar
DIEESE - Considerações sobre o Plano Safra 23 /24 da Agricultura FamiliarTRAMPO Comunicação e Eventos Soares
 
POR UMA REFORMA TRIBUTÁRIA QUE GARANTA JUSTIÇA FISCAL E DESENVOLVIMENTO ECO...
POR UMA REFORMA TRIBUTÁRIA QUE GARANTA JUSTIÇA FISCAL E DESENVOLVIMENTO ECO...POR UMA REFORMA TRIBUTÁRIA QUE GARANTA JUSTIÇA FISCAL E DESENVOLVIMENTO ECO...
POR UMA REFORMA TRIBUTÁRIA QUE GARANTA JUSTIÇA FISCAL E DESENVOLVIMENTO ECO...TRAMPO Comunicação e Eventos Soares
 
Valor Econômico - Emprego com carteira tem alta forte e eleva formalização do...
Valor Econômico - Emprego com carteira tem alta forte e eleva formalização do...Valor Econômico - Emprego com carteira tem alta forte e eleva formalização do...
Valor Econômico - Emprego com carteira tem alta forte e eleva formalização do...TRAMPO Comunicação e Eventos Soares
 
Reforma sindical propõe mandatos de 4 anos e regra contra sindicatos de facha...
Reforma sindical propõe mandatos de 4 anos e regra contra sindicatos de facha...Reforma sindical propõe mandatos de 4 anos e regra contra sindicatos de facha...
Reforma sindical propõe mandatos de 4 anos e regra contra sindicatos de facha...TRAMPO Comunicação e Eventos Soares
 
Discurso de posse de Luiz Marinho, ministro do Trabalho e Emprego.pdf
Discurso de posse de Luiz Marinho, ministro do Trabalho e Emprego.pdfDiscurso de posse de Luiz Marinho, ministro do Trabalho e Emprego.pdf
Discurso de posse de Luiz Marinho, ministro do Trabalho e Emprego.pdfTRAMPO Comunicação e Eventos Soares
 

Mais de TRAMPO Comunicação e Eventos Soares (20)

Desuberizar a exploração através da organização e mobilização das trabalhado...
Desuberizar a exploração através da organização e mobilização das  trabalhado...Desuberizar a exploração através da organização e mobilização das  trabalhado...
Desuberizar a exploração através da organização e mobilização das trabalhado...
 
Carta aos Povos pela Integração da América Latina e Caribe
Carta aos Povos pela Integração da América Latina e CaribeCarta aos Povos pela Integração da América Latina e Caribe
Carta aos Povos pela Integração da América Latina e Caribe
 
Sindicatos em ação para a defesa dos direitos dos trabalhadores imigrantes
Sindicatos em ação para a defesa dos direitos dos trabalhadores imigrantesSindicatos em ação para a defesa dos direitos dos trabalhadores imigrantes
Sindicatos em ação para a defesa dos direitos dos trabalhadores imigrantes
 
Proibir jatos particulares para enfrentar a crise climática, diz Thomas Piket...
Proibir jatos particulares para enfrentar a crise climática, diz Thomas Piket...Proibir jatos particulares para enfrentar a crise climática, diz Thomas Piket...
Proibir jatos particulares para enfrentar a crise climática, diz Thomas Piket...
 
Índice mostra que desigualdade racial condena negros a menos renda ensino e e...
Índice mostra que desigualdade racial condena negros a menos renda ensino e e...Índice mostra que desigualdade racial condena negros a menos renda ensino e e...
Índice mostra que desigualdade racial condena negros a menos renda ensino e e...
 
Proteção Social para um mundo em transformação - DIEESE
Proteção Social para um mundo em transformação - DIEESEProteção Social para um mundo em transformação - DIEESE
Proteção Social para um mundo em transformação - DIEESE
 
Inserção das Mulheres no Mercado de Trabalho- Brasil e regiões
Inserção das Mulheres no Mercado de Trabalho- Brasil e regiõesInserção das Mulheres no Mercado de Trabalho- Brasil e regiões
Inserção das Mulheres no Mercado de Trabalho- Brasil e regiões
 
DIEESE - Considerações sobre o Plano Safra 23 /24 da Agricultura Familiar
DIEESE - Considerações sobre o Plano Safra 23 /24 da Agricultura FamiliarDIEESE - Considerações sobre o Plano Safra 23 /24 da Agricultura Familiar
DIEESE - Considerações sobre o Plano Safra 23 /24 da Agricultura Familiar
 
POR UMA REFORMA TRIBUTÁRIA QUE GARANTA JUSTIÇA FISCAL E DESENVOLVIMENTO ECO...
POR UMA REFORMA TRIBUTÁRIA QUE GARANTA JUSTIÇA FISCAL E DESENVOLVIMENTO ECO...POR UMA REFORMA TRIBUTÁRIA QUE GARANTA JUSTIÇA FISCAL E DESENVOLVIMENTO ECO...
POR UMA REFORMA TRIBUTÁRIA QUE GARANTA JUSTIÇA FISCAL E DESENVOLVIMENTO ECO...
 
Valor Econômico - Emprego com carteira tem alta forte e eleva formalização do...
Valor Econômico - Emprego com carteira tem alta forte e eleva formalização do...Valor Econômico - Emprego com carteira tem alta forte e eleva formalização do...
Valor Econômico - Emprego com carteira tem alta forte e eleva formalização do...
 
uol.com.br Saiba quem educa as inteligências artificiais
uol.com.br Saiba quem educa as inteligências artificiaisuol.com.br Saiba quem educa as inteligências artificiais
uol.com.br Saiba quem educa as inteligências artificiais
 
DIEESE ESTUDOS E PESQUISAS 106 Trabalho Doméstico
DIEESE ESTUDOS E PESQUISAS 106 Trabalho DomésticoDIEESE ESTUDOS E PESQUISAS 106 Trabalho Doméstico
DIEESE ESTUDOS E PESQUISAS 106 Trabalho Doméstico
 
BRASIL 2023 - trabalho doméstico Infográfico
BRASIL 2023 - trabalho doméstico InfográficoBRASIL 2023 - trabalho doméstico Infográfico
BRASIL 2023 - trabalho doméstico Infográfico
 
Reforma sindical propõe mandatos de 4 anos e regra contra sindicatos de facha...
Reforma sindical propõe mandatos de 4 anos e regra contra sindicatos de facha...Reforma sindical propõe mandatos de 4 anos e regra contra sindicatos de facha...
Reforma sindical propõe mandatos de 4 anos e regra contra sindicatos de facha...
 
Boletim de Conjuntura 37 - DIEESE
Boletim de Conjuntura 37 - DIEESEBoletim de Conjuntura 37 - DIEESE
Boletim de Conjuntura 37 - DIEESE
 
J S Gabrielli Conjuntura #117
J S Gabrielli Conjuntura #117J S Gabrielli Conjuntura #117
J S Gabrielli Conjuntura #117
 
J S Gabrielli Conjuntura #116
J S Gabrielli Conjuntura #116J S Gabrielli Conjuntura #116
J S Gabrielli Conjuntura #116
 
Discurso de posse de Luiz Marinho, ministro do Trabalho e Emprego.pdf
Discurso de posse de Luiz Marinho, ministro do Trabalho e Emprego.pdfDiscurso de posse de Luiz Marinho, ministro do Trabalho e Emprego.pdf
Discurso de posse de Luiz Marinho, ministro do Trabalho e Emprego.pdf
 
J. S. Gabrielli Conjuntura #111
J. S. Gabrielli Conjuntura #111J. S. Gabrielli Conjuntura #111
J. S. Gabrielli Conjuntura #111
 
DIEESE - BOLETIM ESPECIAL 2022 Consciencia Negra
DIEESE - BOLETIM ESPECIAL 2022 Consciencia NegraDIEESE - BOLETIM ESPECIAL 2022 Consciencia Negra
DIEESE - BOLETIM ESPECIAL 2022 Consciencia Negra
 

Conjuntura Semanal

  • 1. Conjuntura Semanal 02 de novembro de 2020 fontehttps://tinyurl.com/yyt77pjg Fonte: https://tinyurl.com/y32hppgg Responsável técnico: Jose Sergio Gabrielli de Azevedo. jsgazevedo@gmail.com Fonte: https://tinyurl.com/y3ldtlop Economia já e m c r i s e a n t e s d a pandemia Os dados das 1000 maiores empresas do Brasil mostram que a crise já vinha antes da pandemia. O lucro líquido caiu 21,8% em termos reais entre 2019 e 2018 segundo listagem do Valor. As despesas financeiras cresceram muito antes da pandemia: 28% em 2019. E l e i ç õ e s americanas Nos últimos comícios os ataques se radicalizaram. Biden recebeu a presença de Obama no ultimo comício em Michigan, enquanto Trump aumentava o tom de ataque na Pensilvânia. G a s t o s eleitorais Pesquisa do Globo: gastos nessas eleições estão muito menores do que os gastos de 2016. Menos comícios, santinhos, carros de som e mais utilização da internet, além do fi n a n c i a m e n t o p u b l i c o re d u z i r a m drasticamente os gastos. Lavajatismo A defesa da operação lava jato parece não ser tema de interesse nas principais campanhas municipais. Muito ausente dos debates e da campanha. Diferente de 2018 e 2016. Força tarefa Greenfield, que tem investigações que podem chegar a Paulo Guedes, pede prorrogação de prazo. PGR se opõe ao modelo força tarefa permanente PGR (Aras) reabre inquérito contra Rodrigo Maia(DEM), com apoio de Fachin, sobre OAS. F a l t a d e a g u a n o Nordeste Os carros pipas que são ainda importantes fontes de água potável em 850 municípios do NE podem deixar de funcionar nesse mês. As verbas foram cortadas e o Exercito, que organiza a distribuição, avisou aos transportadores que deixarão de funcionar, se as verbas não forem aprovadas. O Senador Jaques Wagner (PT) pediu informações ao ministro Marinho, destacando que 7 mil veículos, que levam água para 79 mil pontos de distribuição, podem ser afetados Nº. 14
  • 2. 01 Acompanhando Economia Criativa: desafios continuam Algumas notas sobre eleições:Planejamento por decreto Mineração em terras indígenas. Funai fora. Em controverso decreto, em que pretende estabelecer diretrizes para o desenvolvimento de longo prazo sem ouvir o Congresso, Bolsonaro tenta avançar na sua campanha anti-aborto, introduzindo os princípios da defesa da vida "desde a concepção" e dos “direitos do nascituro”. Esses termos são parte da campanha dos que querem restringir os direitos ao aborto legal, reforçando a pauta conservadora de costumes no pais. • Festival de Montreaux pode ser um novo modelo: híbrido de presencial e streaming, superando o modelo de sucessão de lives de artistas. • A secretaria da cultura do governo Bolsonaro tem mais um militar no seu comando. Paulo Cezar de Alencar, coronel da reserva e formado em Ciências Militares assumiu a Secretaria Nacional de Desenvolvimento Cultural, substituindo um “olavista”. • A s discussões sobre o adiamento do Carnaval de 2021 e seu novo formato mobilizam os envolvidos com a economia da festa, principalmente nas maiores cidade do evento: SSA e RJ, além de SP. O governo Bolsonaro prepara flexibilização ainda maior para mineração em terras indígenas, agora com a desistência formal da FUNAI de participar do processo. O decreto preparado pelo Ministério da Justiça abre ainda mais as áreas de fronteiras do Brasil, com populações indígenas residentes, para a exploração mineral de empresas estrangeiras. Consultada, a FUNAI disse não ter nada a declarar. O desmatamento na Amazonia prossegue, a demarcação das terras indígenas se modifica e o governo avança na sua destruição. • Caindo nas pesquisas, Russomano tira o nome de Bolsonaro de sua propaganda em SP. Cai nas últimas pesquisas. Covas na frente e Boulos e França disputando o segundo lugar em SP. • Reafirmando o combate à desigualdade, Boulos fala para empresários de SP em tom moderado sobre a “invasão de casas”. Defende parceria com o setor privado com estímulos à demanda para atrair investimentos. • Crivella, no RJ, pede mais apoio a Bolsonaro. Paes continua na frente e Martha Rocha e Crivella disputam o segundo lugar, com Benedita em terceiro. Pesquisas captam fim dos votos brancos/ nulos. Martha Rocha(PDT) começa a se descolar de Benedita(PT) na disputa do terceiro lugar. • Dados do TSE divulgados pelo Valor mostram um aumento das pesquisas eleitorais custeadas com “recursos próprios”. Essas aumentaram quase quatro vezes em relação a 2016, com uma proliferação de institutos até então desconhecidos. • PT está melhor em cidades médias do que nas capitais. Disputa em Vitoria do ES, Guarulhos em SP, Contagem (MG), Santarém (PA), Anápolis (GO), Caxias do Sul (RS) e Feira de Santana e Vitória da Conquista na Bahia. • Muito complicada a situação do PT de João Pessoa. O DM quer manter a candidatura de Anisio e o DN quer o apoio a Ricardo Coutinho(PSB). Disputas judiciais e politicas enfraquecem o PT. Coutinho tenta subir nas pesquisas, disputando com Lucena(PP) na frente de Nilvan (MDB). • Em Teresina, capital do Piaui, governado pelo PT, o candidato na frente das pesquisa é apoiado pelo vice Mourão. Dr. Pessoa do MDB lidera, com o apoio do PRTB de Mourão. Kleber (PSDB) tem apoio de Ciro Nogueira PP, apoiador de Bolsonaro. Fabio Abreu do PT está em terceiro lugar. • EM SSA, Major Denice(PT) vai para 2º lugar, mas Bruno(DEM) pode ganhar no 1º turno.
  • 3. 02 Detalhamentos Industria de calçados volta 16 anos Eleições americanas: Dados da Abicalçados, publicados pelo Estadão, dizem que a industria calçadista deve produzir em 2020 o mesmo volume de 16 anos atrás, com uma queda de 28% em relação a 2019. Funcionando com 52% de sua capacidade em agosto (58,6% e 62,7% em set-out), o setor sofreu grande contração de demanda e as exportações não conseguiram compensar as perdas. Segunda onda na Europa e economia O retorno do crescimento das contaminações e a identificação de mutações no vírus dessa segunda onda de contaminações na Europa, que se alastra a partir da Espanha, ameaça as vidas das pessoas, os sistemas de saude e pode impedir a lenta retomada da economia. Surpreendendo, o PIB europeu cresceu muito mais do que esperado no 3T20. A letalidade é grande na Europa: 2,86 óbitos por milhão de habitantes em finais de outubro (0,82 e 1,23 no início e meio do mês). No Brasil, mais de 2,0. A eleições americanas serão no dia 3 de novembro, com mais de 90 milhões de eleitores, quase dois terços do eleitorado, já tendo votado antecipadamente, a maioria pelo Correio. Trump, muito atrás de Biden nas pesquisas, ameaça não reconhecer os resultados e acusa a votação postal como sujeita a fraudes. Ele se preparou para a batalha judicial pós eleições, com a nomeação da juíza Amy Barret para reforçar a maioria conservadora na Suprema Corte, onde algumas das disputas judiciais podem chegar. Apesar da votação, quem elege de fato é o Colégio Eleitoral, em que os quase 600 delegados votam de acordo com as regras de cada estado, com a maioria sendo majoritária: quem ganha no estado leva todos os votos. Isso faz com que o Colégio Eleitoral possa eleger um presidente que perdeu as eleições gerais. O próprio Trump foi assim. Perdeu para Hillary nas urnas, mas ganhou no Colégio Eleitoral. Apesar de mais moderado do que o Sanders, Biden conseguiu reunir uma base ampla de apoio democrata. Obama, que entrou mais firme na campanha somente no final, tem criticado muito fortemente Trump, especialmente no seu tratamento da pandemia, rompendo uma tradição de ex-presidentes americanos não criticarem os atuais. Autonomia do Banco Central vai a voto no Senado O Senado deve votar o projeto de lei sobre a autonomia do BACEN ainda essa semana. Há a introdução de uma versão light de duplo mandato: inflação e desemprego. A manobra de Alcolumbre com Guedes consolida uma situação já existente de captura do BACEN pelo mercado financeiro. O modelo da autoridade monetaria brasileira se aproximaria do sistema FED dos EUA que tem o duplo mandato. Aqui, no entanto, o BACEN se omite de atuar como autoridade monetária, validando as expectativas do setor financeiro, mesmo sem dispor de autonomia formal. O Ministério da Economia divulgou que a pandemia custo 615 bilhões de reais aos cofres públicos. Mais da metade foi gasto com o auxilio emergencial e 27 bilhões foram de renúncia fiscal. Sem considerar os efeitos desses gastos sobre a economia, os arautos da austeridade fiscal intensificam suas pressões para mais cortes de gastos, alegando possível inadimplência com a dívida alcançando 100% do PIB. O mercado financeiro, com anuência do BC, pressiona para elevação dos juros que, se ocorrer, será mais uma bomba contra a recuperação. O cambio continua pressionando, favorecendo as exportações, mas estimulando a elevação dos preços. Peso da pandemia nos gastos fiscais
  • 4. 03 Gráficos e Números03 Gráficos e Números Alimentos ficam mais caros Curtas: Desastre no mercado de trabalho: desemprego dispara e juventude é muito afetada Feijão, óleo de soja, arroz, leite, carne e tomate tiveram as maiores altas no IPCA que cresceu 3,14% nos últimos 12 meses. Exportações de produtos agrícolas e taxa de cambio continuam pressionando os preços, que têm um efeito perverso sobre as famílias de menor renda, onde os alimentos representam uma maior parcela do seu orçamento. A inflação da comida reduz muito a renda real dos mais pobres. A prévia do futuro imediato, o IPCA-15, aponta uma aceleração da inflação para novembro, em um movimento de continua elevação de preços desde meados do ano. A principal fonte de crescimento é o grupo de Alimentação e Bebidas, especialmente as carnes, responsável por um quarto do orçamento das famílias. O grupo Transportes também foi importante no crescimento, especialmente as passagens aéreas, assim. Como o grupo de artigos da residência, que cresce pelo sexto mês consecutivo. Queda do rendimento familiar, precarização das relações de trabalho e subida dos principais itens de consumo criam uma situação dramática para os mais pobres — Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) subiu 0,94% em outubro, após ter registrado alta de 0,45% em setembro. As informações foram divulgadas nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geogra!a e Estatística (IBGE). Analistas esperavam alta de 0,82% em setembro, conforme mediana de 33 projeções de analistas ouvidos pelo Valor Data. O intervalo das projeções variava de 0,62% até 0,93%. No acumulado em 12 meses, o indicador avança 3,52%, abaixo da meta de in"ação perseguida pelo Banco Central para 2020, de 4% — a meta tem tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. No ano, o IPCA-15 acumula avanço de 2,31%. Fonte: IBGE IPCA-15 Variação mensal em % out/19 dez/19 fev/20 abr/20 jun/20 ago/20 out/20 −0,60 −0,40 −0,20 0,00 0,20 0,40 0,60 0,80 1,00 1,20 Acumulado: No ano 2,31% 12 meses 3,52% 0,94 Veja as tabelas completas no Valor Data O IPCA-15 é considerado uma prévia da in"ação o!cial, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), e leva em conta a cesta de produtos e serviços para famílias com rendimento de 1 a 40 salários mínimos em nove regiões metropolitanas, além de duas capitais (Brasília e Goiânia). O grupo Alimentação e bebidas foi o principal responsável pelo aumento de outubro, segundo o IBGE. Os preços do grupo subiram 2,24% em outubro. Responsável por um quarto do orçamento das famílias, o grupo respondeu por 0,45 ponto percentual no IPCA-15 do mês. A aceleração do grupo Alimentação e bebidas deve-se especialmente à alta dos alimentos para consumo no domicílio, que passaram de 1,96% em setembro para 2,95% em outubro. A maior contribuição veio das Saneamento Siderurgia Telecom TransporteseLogística Varejo Fonte: Valor 28/10/2020 • Bolsonaro quer PPIs nas Unidades Básicas de Saude (UBS) em decreto, sem a assinatura do Ministro da Saude, que ameaça o SUS. O decreto foi revogado, mas a ideia persiste. • A safra de soja do próximo ano já está praticamente vendida e as exportações, principalmente para a Argentina, devem continuar aquecidas. Não há horizonte de queda dos preços. • Operadores do mercado de cambio não gostaram das intervenções do BC no dia 30, quando as taxas do PTAX, que define o cambio dos contratos derivativos associados ao cambio para os próximos m e s e s s e c o n s o l i d a . O B C tradicionalmente não intervinha no mercado nesse dia. Apesar dos pouco volume das vendas de dólares do BC, a taxa acabou caindo tecnicamente, subindo depois. A taxa de desemprego nunca foi tão alta como na mais recente na PNAD continua: 14,4%. Essa taxa deve aumentar nos próximos meses, com o fim do auxilio emergencial que trará de volta para a população economicamente ativa (PEA) milhões de pessoas que não estavam trabalhando, nem procurando trabalho, mas gostariam de trabalhar. Além do aumento dos desempregados, o número de ocupados também se contraiu, refletindo crescentes demissões. Crescem as demissões dos empregados formais, mais do que dos informais. Os dados do CAGED, do emprego formal com carteira assinada, mostram uma geração de novos postos no seu ultimo resultado. Os empregos com carteira assinada agora são mais precários, intermitentes, com jornadas menores e de rendimentos mais baixos. A juventude está sofrendo mais. A taxa de desemprego entre as pessoas de 18-24 anos chega perto dos 30%, mais do que o dobro da média da população. A ocupação nessa faixa etária caiu 8 pontos percentuais e somente 42% dos jovens estão ocupados. Os chamados “nem-nem”, não trabalham nem estudam, entre aqueles entre 20-24 anos, subiu de 26% no início de 2012 para 35% no 2T20. Há também um envelhecimento do trabalho formal. A RAIS mostrava 19% dos postos de carteira assinada ocupados por jovens em 2002. Hoje são 13,1% os da faixa 18-24 anos.