TERRÁRIO
EXPERIÊNCIA ESCOLAR
O QUE É UM TERRÁRIO ?
Um terrário fechado apresenta, a uma micro-escala, o nosso
meio ambiente, constituído por solo, água...
Há cerca de 150 anos, o médico inglês
Nathaniel Ward resolveu colocar algumas
pupas de borboletas junto a um pouco de
terr...
O terrário permite explorar, desde as
primeiras séries, os cinco passos de uma
investigação científica:
observação, regist...
Modalidades de terrários
Existem várias modalidades de terrários destinados
a animais e plantas de clima frio e temperado,...
CONSTRUINDO UM
TERRÁRIO!
 1 vidro de boca larga
 Plástico para tampar
 1 xícara de pedrinhas para aquário
 1 xícara de...
PROCEDIMENTOS
• Monte as camadas
Dentro do vidro, coloque primeiro as pedrinhas,
depois o carvão e, por último, a terra.
A...
O terrário também pode ser feito usando outros
tipos de vidro, como os aquários ou os
reutilizáveis.
Uma boa opção é usar ...
Oportunidades
oferecidas em um terrário
 Controlar a temperatura, umidade, iluminação e
ventilação, além dos cuidados pró...
O SOLO
Essas três camadas representam
de maneira simplificada as
condições ideais do solo:
 A camada de terra serve para
...
APRENDENDO MAIS...
 Para aprender mais sobre o funcionamento
desse micro-mundo que é o terrário, é preciso
estudar um pre...
AS PLANTAS
 Escolha mudinhas de suas plantas prediletas,
dando preferência àquelas que apreciam solo
úmido e temperatura ...
 Prefira plantas que resistem mais a ausência de água,
pois não é sempre que terá água para elas. O importante
é manter-s...
A ÁGUA
Uma vez lacrado, instala-se o ciclo da água:
A água penetra na planta pela raiz e é liberada
por meio das folhas pe...
De onde veio a água?
Se o terrário fica aberto: o solo seca, as plantas murcham
e os bichos fogem ou morrem.
Entretanto, o...
OS BICHINHOS:
Geralmente é adequado
escolher apenas um tipo
de bicho, pois é o mesmo
que você colocar uma
lagartixa com jo...
Mais qual a importância de os alunos
observarem e levantarem hipóteses ?
Os professores aprenderam que discutir, argumenta...
Questões para discussão :
1. Como funciona a vida? O que mantém plantas e animais vivos?
2. Quando e como os seres humanos...
Questões para discussão :
1. Por que não devemos provocar queimadas?
2. Como as queimadas podem intervir no ciclo da água?...
“
”
VOCÊ SABIA?
 Em um TERRÁRIO reproduz-se a atmosfera quente e úmida das florestas
tropicais, proporcionando às plantas...
 Achar o ponto de equilíbrio entre o ambiente e os seres vivos:
isto é uma lição de Ciência!
 Se uma espécie vegetal com...
 BRITO, E.A. [et al]. Biologia. 1ª edição. São Paulo: Moderna, 1999. 703p.
 FONSECA, A. Biologia. São Paulo: IBEP. 448p....
INTEGRANTES DO GRUPO:
 Marisol Maciel de Albuquerque - 201240223
 Isabela Nogueira Dias - 201160616
 Vanessa Silva de P...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Terrrio 121127005022-phpapp01

874 visualizações

Publicada em

A apresentação explica a importancia do terrário e como construí-lo.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
874
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Terrrio 121127005022-phpapp01

  1. 1. TERRÁRIO EXPERIÊNCIA ESCOLAR
  2. 2. O QUE É UM TERRÁRIO ? Um terrário fechado apresenta, a uma micro-escala, o nosso meio ambiente, constituído por solo, água, ar, luz e seres vivos. Surge como um mini-planeta. É um recipiente transparente com pedras, carvão, terra e plantas que permite observar o funcionamento do mundo natural através das paredes do recipiente.
  3. 3. Há cerca de 150 anos, o médico inglês Nathaniel Ward resolveu colocar algumas pupas de borboletas junto a um pouco de terra, dentro de uma caixa de vidro fechada para observar a metamorfose desses insetos. Mas, para sua surpresa, o que ele observou foi o desenvolvimento de esporos e sementes, dando origem a plantas que sobreviveram naquele local, mesmo sem qualquer cuidado de sua parte. A partir deste incidente, a manutenção de espécies em recipientes fechados popularizou-se e, atualmente, esse sistema natural em escala reduzida é chamado de terrário. UM POUCO DE HISTÓRIA
  4. 4. O terrário permite explorar, desde as primeiras séries, os cinco passos de uma investigação científica: observação, registro, questionamento, experimentação e conclusão. É testando e comprovando que as crianças fazem ciência. OBJETIVO
  5. 5. Modalidades de terrários Existem várias modalidades de terrários destinados a animais e plantas de clima frio e temperado, pouco comuns no Brasil. Nessa categoria podemos citar os seguintes exemplos: aquaterrário temperado, terrário de clima seco e temperado e terrário úmido temperado.
  6. 6. CONSTRUINDO UM TERRÁRIO!  1 vidro de boca larga  Plástico para tampar  1 xícara de pedrinhas para aquário  1 xícara de carvão vegetal  3 a 4 xícaras de terra adubada organicamente  2 ou 3 mudas de plantas diferentes  Pá e rastelo ou 1 colher e 1 garfo  1 xícara de água filtrada  Pequenos animais como: formiga, minhoca, aranha e etc.
  7. 7. PROCEDIMENTOS • Monte as camadas Dentro do vidro, coloque primeiro as pedrinhas, depois o carvão e, por último, a terra. Abra buracos na última camada e plante as mudas. . Regue e tampe Molhe cuidadosamente a terra e feche bem o vidro. O terrário tem de receber luz, porém não deve ficar exposto diretamente ao sol.
  8. 8. O terrário também pode ser feito usando outros tipos de vidro, como os aquários ou os reutilizáveis. Uma boa opção é usar garrafas PET. • Pegue duas transparentes, corte uma em cerca de 3/4 de seu corpo e a outra, em 1/4. • Utilize a maior para fazer a montagem. • Tampe com a menor de modo que ela fique por dentro da que serve como base. • Vede com fita crepe. Construindo com material reaproveitado
  9. 9. Oportunidades oferecidas em um terrário  Controlar a temperatura, umidade, iluminação e ventilação, além dos cuidados próprios com a parte aquática, quando esta existir.  Observação do ciclo da água,  Germinação de algumas plantas,  Além disso, podemos inserir bichinhos como formigas, joaninhas e minhocas e assim observar seus comportamentos.
  10. 10. O SOLO Essas três camadas representam de maneira simplificada as condições ideais do solo:  A camada de terra serve para nutrir o vegetal.  As camadas de pedregulho e de carvão têm a função de drenar a água.
  11. 11. APRENDENDO MAIS...  Para aprender mais sobre o funcionamento desse micro-mundo que é o terrário, é preciso estudar um precioso elemento: o solo.  O solo pode ser arenoso, argiloso e humoso.  Com o terrário, a natureza funciona normalmente sem a interferência humana. Então, quando e como essa interferência deve acontecer? Usar restos de comida da cozinha para produzir um solo rico em nutrientes para o desenvolvimento dos vegetais.
  12. 12. AS PLANTAS  Escolha mudinhas de suas plantas prediletas, dando preferência àquelas que apreciam solo úmido e temperatura constante – pequenas samambaias, heras, musgos, avencas. Preste atenção para não quebrar as raízes na hora de plantá-las.  Cada planta tem sua preferência por um tipo de solo. Assim, se você plantar uma espécie vegetal num solo que não lhe agrada, ela certamente morrerá. Essa é a primeira lição que a natureza nos dá. Antes dê uma pesquisada na internet sobre plantas ou converse com um especialista de alguma floricultura e pergunte sobre solo adequado para tais plantas.
  13. 13.  Prefira plantas que resistem mais a ausência de água, pois não é sempre que terá água para elas. O importante é manter-se atento para que não lhes falte água e luz em quantidade suficiente.  DICA: Plantas com pequenas folhas são indicadas: têm boa resistência e podem crescer bem. Espalhar folhas secas ou frescas pelo terrário é uma boa, pois as formigas e outros insetos podem se esconder, ou servir de abrigo.  CUIDADO: Não coloque no terrário espécies que não gostam de água, como cactos, ou plantas com raízes muito grandes. AS PLANTAS: DICAS E CUIDADOS
  14. 14. A ÁGUA Uma vez lacrado, instala-se o ciclo da água: A água penetra na planta pela raiz e é liberada por meio das folhas pela evaporação. Esse ambiente não dá conta de absorver o vapor que fica nas paredes e no teto do vidro. Quando a umidade atinge o ponto de saturação, ocorre uma espécie de chuva que devolve a água ao solo.
  15. 15. De onde veio a água? Se o terrário fica aberto: o solo seca, as plantas murcham e os bichos fogem ou morrem. Entretanto, o terrário fechado com plástico transparente fica com as paredes embaçadas, a terra úmida e as plantas molhadas. Aí vem a pergunta: se ninguém rega as plantas, de onde vem aquela água, aquelas gotinhas do papel filme? A “chuva” (gotinhas no papel filme) é causada pelos fenômenos da condensação e evaporação da água armazenada na terra e da transpiração das plantas.
  16. 16. OS BICHINHOS: Geralmente é adequado escolher apenas um tipo de bicho, pois é o mesmo que você colocar uma lagartixa com joaninhas. Elas vão desaparecer dentro de um dia. Prefira um tipo só. As minhocas furam a terra, facilitando a absorção da água
  17. 17. Mais qual a importância de os alunos observarem e levantarem hipóteses ? Os professores aprenderam que discutir, argumentar, ler e escrever são atividades a ser exploradas nas aulas de Ciências. Com as discussões para a resolução de uma situação-problema e nos registros do experimento, por exemplo. Para que as crianças descubram o mundo ao seu redor, o ideal é que o primeiro contato com os conceitos naturais aconteça de maneira divertida, investigativa e planejada. É preciso tempo e oportunidade para observar, testar e trilhar caminhos errados. A educação científica contribui para a formação de cidadãos responsáveis com o meio ambiente. Só um ensino prático e contextualizado possibilita isso! O terrário é simples, barato e replicável em muitas escolas brasileiras.
  18. 18. Questões para discussão : 1. Como funciona a vida? O que mantém plantas e animais vivos? 2. Quando e como os seres humanos devem interferir na natureza? 3. Qual é a finalidade de se tampar o terrário? 4. O terrário tampado não impede a entrada de oxigênio para a respiração da planta? 5. Será que as plantas e bichinhos como a formiga, a minhoca e o caracol podem sobreviver em um ambiente fechado sem rega? 6. Por que o terrário não deve receber incidência de luz diretamente do sol?
  19. 19. Questões para discussão : 1. Por que não devemos provocar queimadas? 2. Como as queimadas podem intervir no ciclo da água? 3. Quais as consequências desta intervenção para o meio ambiente? 4. Esquematize o ciclo observado no terrário. 5. No terrário, há grande contribuição da transpiração, respiração e fotossíntese da planta para o ciclo da água. O mesmo se repete na natureza?
  20. 20. “ ” VOCÊ SABIA?  Em um TERRÁRIO reproduz-se a atmosfera quente e úmida das florestas tropicais, proporcionando às plantas condições ambientais favoráveis ao seu desenvolvimento e se tornem auto-suficientes, uma vez que a água e os nutrientes são constantemente reciclados.  A vida útil do terrário pode chegar a um ano ou mais. Porém, há um cuidado básico a ter em conta: ele deve ser aberto a cada uma ou duas semanas (por um período mais ou menos de 2 horas) para que as plantas recebam alguma brisa.  É uma ótima opção para a decoração de interiores pois não exige gastos nem dispende muito tempo com manutenção.  MANUTENÇÃO: Para limpá-lo Utilize um chumaço de algodão enrolado na ponta de uma varinha. Só coloque Água novamente se observar que não está ocorrendo evaporação com Condensação de gotas na parede do terrário.
  21. 21.  Achar o ponto de equilíbrio entre o ambiente e os seres vivos: isto é uma lição de Ciência!  Se uma espécie vegetal começar a murchar, é sinal de que não está se adaptando a esse microssistema. O mesmo acontece com os insetos que permanecem imóveis.  Para que os bichinhos e as plantas do seu terrário vivam por bastante tempo, você tem de se manter atento. Observe, por exemplo, se as espécies vegetais não estão amarelando ou murchando e se os animais permanecem em atividade.  Se você sentir que algo está errado no terrário, não hesite em abri-lo e devolver as espécies para o lugar de onde você as tirou. Assim, talvez elas tenham uma chance de sobreviver. A CIÊNCIA DAS COISAS
  22. 22.  BRITO, E.A. [et al]. Biologia. 1ª edição. São Paulo: Moderna, 1999. 703p.  FONSECA, A. Biologia. São Paulo: IBEP. 448p.  http://samueldrt.blogspot.com.br  JÚNIOR, C.S.; SASSON, S. Biologia. 1ª edição. São Paulo: Saraiva, 1995. 444p.  LOPES, S. Bio. 3ª edição. São Paulo: Saraiva, 1998. V. único, 492p.  revistaescola.abril.com.br  www. novaescola.com.br Bibliografia:
  23. 23. INTEGRANTES DO GRUPO:  Marisol Maciel de Albuquerque - 201240223  Isabela Nogueira Dias - 201160616  Vanessa Silva de Paiva de Barros - 201240225  Luiza Camaz Ferreira - 201230196  Mylena da Silva Araújo – 201181322  Marcia Pereira Paranhos - 201240428

×