SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 52
Baixar para ler offline
Uma publicação da Igreja Batista da Lagoinha 
1ª Edição: junho/2013 
Capa e Diagramação: 
Junio Amaro
INTRODUÇÃO 
Vivemos a era digital, os lap tops, smart fones 
e tablets tomaram conta de nosso cotidiano e não 
sabemos mais viver sem os computadores e a inter-net, 
que foi criada inicialmente para ser uma ferra-menta 
de comunicação durante as guerras, mas em 
pouco tempo caiu no gosto dos civis, e suas aplica-ções 
e utilidades não têm fim. 
É inegável os benefícios desse poderoso acessó-rio. 
Ficou mais fácil pesquisar assuntos, comunicar 
com pessoas do outro lado do mundo, expor uma 
ideia, um vídeo, se tornar conhecido e fazer amiza-des. 
Nosso país é o segundo no mundo na utilização 
5
da grande rede, perdendo apenas para os Estados 
Unidos. 
Eu posso falar que até para fazer esse livro, usar a 
internet torna o processo mais rápido e prático, pois 
eu utilizo a Bíblia online para selecionar os textos e 
transferi-los sem ter que copiar um por um, muito 
mais prático e célere. 
Então quero deixar desde o princípio bem claro 
que não sou contra a internet, como tudo na vida o 
problema não é a ferramenta, o problema quem a 
usa e como a usa. O homem é um ser caído e como 
tal estará sempre tentado a se enveredar por cami-nhos 
pecaminosos e a internet é um campo fértil 
nesse sentido. Quando não há a sabedoria de Deus 
e a prudência, estamos sujeitos a cair em transgres-são. 
“Quem é sábio, para que entenda estas coisas? 
Quem é prudente, para que as saiba? Porque os cami-nhos 
do SENHOR são retos, e os justos andarão neles, 
mas os transgressores neles cairão” (Oséias 14.9). 
Esse livro é mais um alerta para todos, é um 
aviso de que a internet não pode ser usada para o 
pecado. Quero mostrar os perigos da mesma, mas 
também apontar soluções para não cairmos nas 
6
ciladas da grande rede de computadores. 
“Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, 
tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é 
puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, 
se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pen-sai” 
7 
(Filipenses 4.8).
8
1 – 
ISOLAMENTO 
DO MUNDO 
REAL 
“Há um que é só, e não tem ninguém, nem tam-pouco 
filho nem irmão; e, contudo, não cessa do seu 
trabalho, e também seus olhos não se satisfazem com 
riqueza; nem diz: Para quem trabalho eu, privando a 
minha alma do bem? Também isto é vaidade e enfa-donha 
ocupação.” Melhor é serem dois do que um, 
porque têm melhor paga do seu trabalho. 
9
Porque se um cair, o outro levanta o seu compa-nheiro; 
mas ai do que estiver só; pois, caindo, não 
haverá outro que o levante. 
Também, se dois dormirem juntos, eles se 
aquentarão; mas um só, como se aquentará? 
E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe 
resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra 
tão depressa” (Eclesiastes 4.8-12). 
A primeira vez na Bíblia que Deus olha para sua 
criação e diz que não foi bom não foi quando o ho-mem 
pecou, foi antes: 
“E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem 
esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele” 
(Gênesis 2.18). 
Foi quando ele percebeu que o homem estava 
sozinho no Éden, desde o começo Deus trabalhou 
contra a solidão humana, ele projetou a família, a 
igreja, a comunhão. É desejo dele que vivamos em 
comunidade. 
No entanto, é perceptível o quanto as pessoas 
que ficam horas na internet têm dificuldade de vi-ver 
o coletivo. Elas mergulham no mundo virtual 
e ali se comunicam com pessoas do mundo todo, 
mas não saem da frente do computador, não bus- 
10
cam atividades fora de casa e quando estão com 
pessoas de carne e osso têm uma dificuldade terrí-vel 
de se comunicar. A tela nos dá a falsa sensação 
que estamos protegidos, escondidos, podemos ser 
outra pessoa, fingir que não somos quem realmen-te 
somos. Muitas pessoas não gostam do que são, 
têm vergonha do emprego ou do desemprego, se 
acham feias e desinteressantes. Por essa razão criam 
avatares (personagens fictícios representados por 
foto de algum personagem de cinema, literatura ou 
história em quadrinhos) e nunca se apresentam de 
fato na net. 
Até seus encontros são marcados pelos sites de 
relacionamento, lá se coloca qual o perfil de pesso-as 
querem conhecer, perdendo todas as maravilho-sas 
possibilidades de conhecer pessoas totalmente 
diferentes do seu padrão e assim aprender a lidar 
com o diferente e com a diferença, aprender a se 
aceitar como é e de que pode sim ser aceito por 
uma comunidade do jeito que é e não um persona-gem 
de ilusão. 
Saia da caverna e conheça pessoas cristãs que 
11 
valem a pena.
12
2 – 
HIPERATIVIDADE 
“Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à 
vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis 
de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de 
vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo 
mais do que o vestuário? 
Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem 
segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial 
as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que 
elas? 
E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, 
13
acrescentar um côvado à sua estatura? E, quanto ao 
vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lí-rios 
do campo, como eles crescem; não trabalham 
14 
nem fiam; 
E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em 
toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. 
Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que 
hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos 
vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé? 
Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que come-remos, 
ou que beberemos, ou com que nos vesti-remos? 
(Porque todas estas coisas os gentios procuram). 
De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessi-tais 
de todas estas coisas; 
Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua 
justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. 
Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, por-que 
o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a 
cada dia o seu mal” 
(Mateus 6.25-34). 
O excesso de informações que vem da internet 
pode trazer para as pessoas, principalmente crian-ças 
e adolescentes, um mal que é a hiperatividade.
Estimulados exageradamente e precocemente por 
meio, principalmente, dos jogos online, muitos 
adolescentes não conseguem mais ficar parados 
em uma sala de aula. O cérebro foi exigido além 
do normal e a partir daí esses jovens passam a ser 
pessoas inquietas, ativas além do normal, não con-seguem 
relaxar, não conseguem viver o silêncio. 
Tornam-se pessoas excessivamente falantes e que 
agem sempre de forma impulsiva. 
As salas de aula hoje são um reflexo deste de-safio. 
Os professores estão reféns da hiperatividade 
dos alunos e muitos destes alunos já estão tendo 
desde cedo que serem medicados com remédios 
tarja preta. 
Eu vejo o meu filho, que hoje tem três anos, o 
quanto ele é fissurado em tecnologias, sempre está 
atrás de um jogo no computador para brincar, se 
nós não estabelecêssemos um rigoroso limite para 
ele ter acesso a essas tecnologias certamente a 
coisa já estaria bem complicada, fico imaginando 
então aquele que não tem um pai para controlar o 
acesso. 
A criança e o adolescente hiperativos de hoje 
serão os jovens e os adultos problemáticos de 
15
amanhã, que serão incapazes de conviverem 
serenamente no mundo do trabalho e sofrerão 
muito. 
É urgente então que haja limite para o acesso a 
jogos online e sites afins, pois a falta de critério tem 
criado uma geração de pessoas escravizadas pelo 
ativismo e pela ansiedade. O texto que abre esse 
capítulo nos mostra Jesus alertando sobre esse pe-rigo, 
mostrando que a própria criação vive harmo-nia, 
tem sua própria velocidade de acontecer, nada 
é precipitado, agitado, antes da hora. Precisamos 
olhar a criação e ver que Deus estabeleceu um rit-mo 
saudável para fazer a sua obra e devemos viver 
esse harmonioso ritmo em nossas vidas. Chega de 
agitação e correria, descanse mais no Senhor e con-fie 
16 
mais nele.
3 – DÉFICIT DE 
ATENÇÃO 
“Isto, porém, vos digo, irmãos, que o tempo se 
abrevia; o que resta é que também os que têm mulhe-res 
sejam como se não as tivessem; 
E os que choram, como se não chorassem; e os 
que folgam, como se não folgassem; e os que com-pram, 
como se não possuíssem; 
E os que usam deste mundo, como se dele não 
abusassem, porque a aparência deste mundo pas-sa. 
E bem quisera eu que estivésseis sem cuidado. O 
17
solteiro cuida das coisas do Senhor, em como há de 
agradar ao Senhor; 
Mas o que é casado cuida das coisas do mundo, 
em como há de agradar a mulher. 
Há diferença entre a mulher casada e a virgem. 
A solteira cuida das coisas do Senhor para ser santa, 
tanto no corpo como no espírito; porém, a casada 
cuida das coisas do mundo, em como há de agradar 
ao marido. 
E digo isto para proveito vosso; não para vos en-laçar, 
mas para o que é decente e conveniente, para 
vos unirdes ao Senhor sem distração alguma” 
(1 Coríntios 7.29-35). 
Se por um lado as pessoas estão hiperativas, por 
outro a internet está criando uma geração de pes-soas 
distraídas, as horas à frente do computador, a 
ausência de vida social e o excesso de informações 
também estão gerando crianças e adolescentes que 
são incapazes de se concentrarem em algo. Não 
conseguem parar para prestar atenção nas coisas. 
É o que os psicopedagogos chamam de transtorno 
do déficit de atenção. 
Isso tem gerado transtornos na escola, alunos 
não conseguem absorver a matéria e aprender os 
18
conteúdos. Isso está gerando problemas no traba-lho, 
funcionários têm cada vez mais dificuldade de 
cumprir de forma objetiva comandos e ordens sim-ples. 
No meio do caminho se perdem, esquecem 
até o que tinham que fazer ou como fazer ou o que 
fazer. 
Tudo que Satanás quer é desviar a nossa aten-ção 
do que realmente interessa, essa é a preocupa-ção 
de Paulo no texto da carta que abre esse capítu-lo. 
A igreja precisa focar em Deus, tirar todo tipo de 
distração do nosso meio. 
19
20
4 – 
DESCRITERIZAÇÃO 
DE INFORMAÇÃO 
“E já está próximo o fim de todas as coisas; portan-to 
sede sóbrios e vigiai em oração” 
(1 Pedro 4.7). 
A internet é uma fábrica de boatarias e menti-ras. 
Não devemos simplesmente ler uma notícia e 
tomá-la imediatamente como verdade, mas infe-lizmente 
é o que mais tem acontecido nestes dias. 
A internet já matou pessoas que não morreram, já 
condenaram inocentes, já casou quem nem sequer 
21
se conhecia. É sabido que existem pessoas que lu-cram, 
e muito, com essas boatarias e mentiras. Exis-te 
uma indústria do sensacionalismo que invade as 
redes sociais, sites e blogs com o propósito de se 
enriquecer a custa da manipulação da verdade. 
A pessoa que lê de forma descriteriosa é presa 
fácil do engano promovido nessas situações. Agir 
assim é agir sem vigilância e deixar o mundo con-taminar, 
e conformar a sua mente de acordo com 
interesses escusos. Sabe-se que a manipulação é a 
arma dos principados e potestades para estabele-cerem 
os seus reinos, e a net é um campo de ação 
que eles manejam com destreza desde os primór-dios. 
Como se proteger destas situações? Sempre 
que você for invadido por uma destas informações 
procure saber a fonte, os critérios para se obter a 
notícia e a pessoa por trás daquele fato. Certamente 
nesse caminho você encontrará o respeito ao leitor 
ou o engano dos aproveitadores. Se for um engano 
você deve então descartar esse blog, site ou fonte 
como digna de sua atenção ou de respeito. Desta 
forma você se torna mais criterioso e seleciona os 
lugares nos quais buscará notícia, evitando cair em 
22
ciladas ou ter sua mente distorcida. Como Pedro 
fala no texto de abertura deste capítulo, Jesus está 
voltando, mas quanto mais se aproxima este dia 
mais vigilantes temos que estar, para não sermos 
corrompidos por falsas doutrinas. 
23
24
5 – QUEDA DE 
PRODUÇÃO 
NOS ESTUDOS E 
NO TRABALHO 
Outro fato marcante é como pessoas que ficam 
horas na internet têm tão pouco tempo para se de-dicar 
ao estudo e ao trabalho. O tempo gasto na 
rede ocupa de forma substancial o tempo que de-veria 
ser ocupado por outras atividades. Estas pes-soas 
se tornam menos diligentes, relaxadas e pre-guiçosas. 
Veja o que a Bíblia fala de pessoas assim: 
25
“A mão dos diligentes dominará, mas os negligen-tes 
serão tributários” (Provérbios 12.24). 
“O que trabalha com mão displicente empobre-ce, 
mas a mão dos diligentes enriquece” (Provérbios 
26 
10.4). 
“A alma do preguiçoso deseja, e coisa nenhuma al-cança, 
mas a alma dos diligentes se farta” (Provérbios 
13.4). 
Organizar o seu tempo é fundamental, é mordo-mia, 
é espiritualidade, é santidade, deixe para en-trar 
na internet depois que você tiver certeza que já 
cumpriu todas as suas tarefas de trabalho, escola e 
casa. Não inverta a ordem, isso pode lhe gerar uma 
reprovação, uma demissão ou uma crise familiar. 
Eu, por exemplo, busco acessar a internet em casa 
somente quando não tenho nada mais importante, 
prezo muito pelo tempo que preciso ter com meu 
filho e minha esposa, e também por preparar as mi-nhas 
aulas e despachar minhas tarefas do ministé-rio 
da mocidade. Evite acessar no trabalho, somente 
se isso for o seu trabalho, é claro. Mas antes de tudo 
seja diligente, faça com excelência tudo àquilo que 
Deus lhe confiou, não deixe a vida virtual lhe roubar 
esse privilégio.
6 – 
SEDENTARISMO 
E DOENÇAS 
RELACIONADAS 
“Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o 
Espírito de Deus habita em vós? 
Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o 
destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é 
santo” (1 Coríntios 3.16-17). 
O nosso corpo é o templo do Espírito Santo, 
cuidar mal dele é pecado. Já ouvi falar de pessoas 
27
que morreram de trombose por que ficaram mais 
de nove horas sentadas à frente de um computa-dor, 
outras que têm sérios problemas de vista pelo 
mesmo motivo, outras que estão com obesidade 
mórbida por causa do sedentarismo proporcionado 
por essa prática. 
A vida na net jamais deve substituir a ativida-de 
física, que diga eu que sempre estou brigando 
com a balança, se não investirmos nisso estaremos 
em pecado. É o mesmo que fumar ou beber be-bida 
alcoolica, o sedentarismo é tão pecado e tão 
pernicioso a saúde quanto essas práticas, que tão 
veementemente condenamos em nossas igrejas. 
Estabeleça um tempo semanal para caminhadas, 
eduque sua alimentação e que a internet se acomo-de 
28 
nessa rotina!
7 – ADULTÉRIO 
“Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás 
29 
adultério. 
Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar 
numa mulher para a cobiçar, já em seu coração co-meteu 
adultério com ela. 
Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, 
arranca-o e atira-o para longe de ti; pois te é me-lhor 
que se perca um dos teus membros do que seja 
todo o teu corpo lançado no inferno. 
E, se a tua mão direita te escandalizar, corta-a e
atira-a para longe de ti, porque te é melhor que um 
dos teus membros se perca do que seja todo o teu 
corpo lançado no inferno” (Mateus 5.27-30). 
O texto que você acabou de ler mostra como Je-sus 
vê a questão do adultério. Não há necessidade 
que um homem deite com uma mulher casada para 
que esse pecado fique caracterizado, basta desejá- 
-la, cobiçá-la e o pecado já se consumou. A internet 
é um ambiente em que há grande facilidade para a 
prática deste tipo de pecado. Através de redes so-ciais 
como o facebook, pessoas conhecem pessoas 
e não há nada de errado em conhecer alguém. O 
que é perigoso e pode se tornar pecado é quando 
a companhia de alguém do sexo oposto na inter-net 
se torna mais prazerosa e interessante do que 
a do nosso cônjuge. Muitos casos de adultério co-meçaram 
com conversas em redes sociais. Aquilo 
que inicialmente parece inofensivo pode se alojar 
no nosso coração como um sentimento permissivo 
e perverso, até se tornar de fato em pecado. 
Recentemente a revista Veja tratou disso em 
sua matéria de capa: casamentos que acabavam 
por que a esposa pegava o marido, ou vice versa, 
praticando sexo virtual com outra pessoa pela 
30
madrugada adentro. Muito diziam: “Mas é virtual, 
então não é de fato um adultério”. Pessoas que têm 
uma visão tão estreita e mesquinha quanto aqueles 
fariseus que ouviam e testavam a Cristo. O que 
vemos na prática são famílias sendo destruídas. 
O pior é que agora também estão criando sites 
especializados em arranjar encontros entre pessoas 
que são comprometidas, esses sites prometem dis-crição 
e ajudam a praticar o adultério deliberada-mente. 
Certamente estamos nos últimos dias. 
Se proteja dessas armadilhas, você já está com-prometido? 
Então, não pode ficar de conversinhas 
com pessoas do sexo oposto às escondidas na in-ternet. 
Vigie, cuidado com pensamentos do tipo: 
“Não, é só amizade, eu não vou cair em pecado, estou 
em dia com Deus.” A Bíblia fala que devemos fugir 
das tentações, ela não fala que devemos brincar 
com elas. 
31
32
8 – 
FACILIDADES 
DE ACESSO À 
PORNOGRAFIA 
Antes, para alguém ter acesso à pornografia en-volvia 
uma logística complicada e constrangedo-ra: 
uma banca de revista ou locadora de vídeos e 
DVDs, ou um night club. Em qualquer dos casos a 
pessoa teria que encarar o cara da banca, o dono da 
locadora, o segurança da entrada, não tinha como 
esconder o que você estava fazendo. Mesmo tendo 
33
em todos os casos muitas pessoas envolvidas, cer-tamente 
era um elemento inibidor para a prática e 
o consumo da pornografia. Era um dificultante, por 
exemplo, para o ingresso do adolescente nesse ab-jeto 
mundo. 
Hoje esse problema acabou: o acesso a tudo 
que há de pior nessa área está à distância de um 
clic, na privacidade do quarto. Não são poucos os 
atendimentos que faço de jovens cristãos que es-tão 
presos no mundo da pornografia. Satanás tem 
sapateado nas mentes desses jovens através de si-tes 
adultos. Muitos têm ficado escravizados e suas 
mentes estão cheias de fortalezas de difícil acesso. 
É flagelo que parece não ter fim. 
Para cada um deles tenho a mesma fala: não 
acessem a internet no quarto, fiquem em locais pú-blicos 
ou em partes da casa de uso comum a todos, 
evitem horários noturnos, evitem a madrugada. 
Não subestimem a carne, nunca achem que já estão 
santos o suficiente. Não deem lugar ao diabo. 
Ver prostituição o faz praticante desse pecado. 
Não ache que a pena é menor por que você não 
está fazendo aquilo, só vendo. Não diga que você 
faz isso para evitar ter sexo com sua namorada. Se o 
34
seu recurso para evitar isso é esse, você tem sérios 
problemas de alma, precisa de ajuda. Busque sua 
cura interior e não tente vencer isso sozinho, pro-cure 
seu líder, seu pastor, o ministério de batalha 
35 
espiritual e cura interior. 
Não pense que ninguém sabe, que ninguém 
está vendo. Jesus sabe, Jesus está vendo, pare de 
entristecê-lo, confesse e abandone esse pecado 
agora! 
Olhe o que a palavra diz sobre pessoas que vi-vem 
nessa prática: 
“Porque tudo o que há no mundo, a concupiscên-cia 
da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba 
da vida, não é do Pai, mas do mundo” (1 João 2.16). 
“Porque as obras da carne são manifestas, as 
quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia” 
(Gálatas 5.19). 
“Mas escrever-lhes que se abstenham das conta-minações 
dos ídolos, da prostituição, do que é sufoca-do 
e do sangue” (Atos 15.20). 
“Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santifi-cação; 
que vos abstenhais da prostituição” (1 Tessalo-nicenses 
4.3). 
“Para os devassos, para os sodomitas, para os
roubadores de homens, para os mentirosos, para os 
perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina” (1 
Timóteo 1.10). 
36
9 – PERDA DA 
PRIVACIDADE 
“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu 
coração, porque dele procedem as fontes da vida” 
(Provérbios 4.23). 
O Big Brother é na net. A ficção 1984 de George 
Orwen sobre uma sociedade vigiada 24h por câme-ras 
se tornou realidade através das redes sociais, e 
não foi um governo que estabeleceu as bases para 
o fim da privacidade. Foi cada pessoa que se cadas-trou 
no facebook, twitter e similares, expondo dia-riamente 
a vida pelos textos e pelas fotos. 
37
Hoje em dia se quero saber o que alguma de 
minhas ovelhas está fazendo não preciso ligar para 
elas, basta entrar no twitter ou no instagram, que 
não só saberei o que estão fazendo como terei a lo-calização 
e fotos para documentar tudo. 
Parece que precisamos dar conta de tudo de 
nossas vidas nas redes sociais. Não existe mais pri-vacidade. 
O que não percebemos é que esse exces-so 
de exposição nos torna vulneráveis a todo tipo 
de ataque. Muitos sequestros hoje em dia logram 
êxito por que os sequestradores já têm muito claro 
a rotina daquela pessoa, pois anotou tudo o que ela 
descreveu na internet a respeito de seu cotidiano. 
Moças jovens têm tirado fotos seminuas ou até 
nuas e postado para todo mundo ver. Desta forma, 
se desvalorizam diante dos homens, perdem o res-peito 
deles. Olha o que o homem mais sábio que 
já passou na terra acha deste padrão de compor-tamento: 
“Como jóia de ouro no focinho de uma porca, as-sim 
é a mulher formosa que não tem discrição” (Pro-vérbios 
38 
11.22). 
As pessoas usam o twitter também para expres-sar 
todo tipo de pensamento sobre qualquer tipo
de assunto. Expor a opinião por expor não tem 
propósito algum e só trará desgaste para você dian-te 
das pessoas. Quando não se tem nada de bom 
para falar, o ideal é ficar calado. 
“No coração do prudente a sabedoria permanece, 
mas o que está no interior dos tolos se faz conhecido” 
(Provérbios 14.33). 
Seja mais discreto, reservado, se preserve! 
39
40
10 – 
DESPRIORIZAÇÃO 
DE DEUS E DAS 
DISCIPLINAS 
ESPIRITUAIS 
“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua 
justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” 
(Mateus 6.33). De todos os males que falamos 
nenhum é pior do que esse, tirar Deus da primazia 
de nossas ações, e colocá-lo em segundo plano. 
41
Muitas pessoas dizem que não têm tempo de 
ir à igreja, de orar, de ler a Bíblia, de liderar uma 
célula, de se envolver em um ministério, de jejuar 
e de separar um tempo para ter intimidade com 
o Senhor. No entanto, a maioria delas tem tempo 
para ficar horas e horas na internet. Já vi pessoas 
piedosas que deixaram de estar em comunhão 
com Deus por que precisavam gastar tempo no 
computador, é um absurdo como a internet nos 
rouba tempo de qualidade. 
Sentamos para abrir um e-mail, mas aí tem ou-tro 
e-mail, que tem um link para o youtube, que nos 
levará a outro vídeo que nos levará a uma pessoa 
do facebook, que nos levará a uma foto do insta-gram, 
que nos levará ao twitter, que nos levará a 
um site e quando menos percebemos lá se foram 
uma, duas, três horas de nossa vida, e muitas vezes 
fechamos o computador sem abrir o e-mail que nos 
motivou a primeira ação. 
Seria tão bom se nossa oração fosse assim, nos 
levasse para a Palavra, que nos levaria a confissão 
de pecados, que nos levaria ao jejum, que nos leva-ria 
a interceder pelos missionários, que nos levaria a 
pregar a palavra, que nos levaria a abrir uma célula. 
42
O problema não é a falta de tempo, é a falta de prio-ridade. 
Coloque no papel quanto tempo você gas-tou 
essa semana com internet e quanto tempo você 
realmente gastou com Deus. Qual ocupou mais o 
seu tempo? 
“E vos tenho enviado todos os meus servos, os pro-fetas, 
madrugando, e insistindo, e dizendo: Convertei- 
-vos, agora, cada um do seu mau caminho, e fazei 
boas as vossas ações, e não sigais a outros deuses 
para servi-los; e assim ficareis na terra que vos dei a 
vós e a vossos pais; porém, não inclinastes o vosso ou-vido, 
nem me obedecestes a mim” (Jeremias 35.15). 
Deus não divide sua glória com ninguém, quan-do 
abrimos mão dele por causa de um computador 
estamos praticando idolatria e colocando a internet 
como um deus em nossa vida. Cuidado! 
Já chegou a hora de buscar Deus em primeiro 
lugar, a internet vem depois. 
43
44
CONCLUSÃO 
Volto a dizer que o meu objetivo com esse livro 
não é declarar guerra contar a internet. Eu não sou 
contra a internet, sou contra o seu mau uso, que 
tem sido o fator mais comum dentro e fora da igreja. 
Se você se enquadrou em pelo um dos casos 
citados, não vacile, busque a Deus, faça um jejum 
de internet. Se necessário for, busque ajuda, mas ja-mais 
deixe para depois o seu tratamento. 
Nestas horas eu sempre me lembro das palavras 
45 
de Pedro: 
“E pela fé no seu nome fez o seu nome fortalecer a 
este que vedes e conheceis; sim, a fé que vem por ele,
deu a este, na presença de todos vós, esta perfeita saú-de. 
E agora, irmãos, eu sei que o fizestes por igno-rância, 
como também os vossos príncipes. 
Mas Deus assim cumpriu o que já dantes pela 
boca de todos os seus profetas havia anunciado; 
que o Cristo havia de padecer. 
Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que 
sejam apagados os vossos pecados, e venham as-sim 
os tempos do refrigério pela presença do Se-nhor, 
E envie-o a Jesus Cristo, que já dantes vos foi 
46 
pregado” (Atos 3.16-20). 
O que ele está dizendo é que, sim, podemos 
deletar os pecados praticados na internet de nossa 
vida e nunca mais voltar a Eles. A hora da decisão 
é agora, se arrependa, abandone a virtualidade do 
pecado e abrace a realidade da cruz de Cristo em 
sua vida. 
“Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, 
mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e 
pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os par-ricidas 
e matricidas, para os homicidas, 
Para os devassos, para os sodomitas, para os
roubadores de homens, para os mentirosos, para os 
perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina, 
Conforme o evangelho da glória de Deus bem- 
-aventurado, que me foi confiado. 
E dou graças ao que me tem confortado, a Cristo 
Jesus Senhor nosso, porque me teve por fiel, pon-do- 
me no ministério; 
A mim, que dantes fui blasfemo, e perseguidor, 
e injurioso; mas alcancei misericórdia, porque o fiz 
ignorantemente, na incredulidade. 
E a graça de nosso Senhor superabundou com a 
fé e amor que há em Jesus Cristo. 
Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceita-ção, 
que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os 
pecadores, dos quais eu sou o principal” (1 Timóteo 
1.9-15). 
47
Richarde Guerra é for-mado 
48 
como Técnico em 
Química Industrial pelo CE-FET/ 
MG e Licenciatura em 
Química pela UFMG, possui 
pós-graduação em Estudos 
Pastorais e mestrado em 
Teologia da Ação Pastoral na América Lati-na, 
pela FATE/BH. É professor no Centro de 
Treinamento Ministerial Diante do Trono e 
Seminário Teológico Carisma. É pai de Daniel 
Guerra e casado com Priscila Guerra e pastor 
de jovens da Igreja Batista da Lagoinha. 
Telefone e e-mail para contatos: (31) 
8489-3057 / richarde.guerra@lagoinha.com
JESUS TE 
AMA E QUER 
VOCÊ! 
1º PASSO: Deus o ama e tem um plano 
maravilhoso para sua vida. “Porque Deus amou 
o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigê-nito, 
para que todo o que nele crê não pereça, mas 
tenha a vida eterna.“ (Jo 3.16.) 
49
2º PASSO: O Homem é pecador e está 
separado de Deus. “Pois todos pecaram e ca-recem 
da glória de Deus.“ (Rm 3.23b.) 
3º PASSO: Jesus é a resposta de Deus, 
para o conflito do homem. “Respondeu-lhe 
Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; 
ninguém vem ao Pai senão por mim.“ (Jo 14.6.) 
4º PASSO: É preciso receber a Jesus em 
nosso coração. “Mas, a todos quantos o rece-beram, 
deu-lhes o poder de serem feitos filhos 
de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome.“ 
(Jo 1.12a.) “Se, com tua boca, confessares Jesus 
como Senhor e, em teu coração, creres que Deus 
o ressuscitou dentre os mortos, será salvo. Porque 
com o coração se crê para justiça e com a boca 
se confessa a respeito da salvação.” (Rm 10.9-10.) 
5º PASSO: Você gostaria de receber a 
Cristo em seu coração? Faça essa oração de 
decisão em voz alta: “Senhor Jesus eu preciso 
50
de Ti, confesso-te o meu pecado de estar 
longe dos teus caminhos. Abro a porta do 
meu coração e te recebo como meu único 
Salvador e Senhor. Te agradeço porque me 
aceita assim como eu sou e perdoa o meu pe-cado. 
Eu desejo estar sempre dentro dos teus 
planos para minha vida, amém”. 
6º PASSO: Procure uma igreja evangé-lica 
próxima à sua casa. 
Nós estamos reunidos na Igreja Batista da 
Lagoinha, à rua Manoel Macedo, 360, bairro 
São Cristóvão, Belo Horizonte, MG. 
Nossa igreja está pronta para lhe acom-panhar 
neste momento tão importante da 
51 
sua vida. 
Nossos principais cultos são realizados 
aos domingos, nos horários de 10h, 15h e 
18h horas. 
Ficaremos felizes com sua visita!
Uma publicação da Igreja Batista da Lagoinha 
Gerência de Comunicação 
Rua Manoel Macedo, 360 - São Cristóvão 
CEP: 31110-440 - Belo Horizonte - MG 
www.lagoinha.com 
Twitter: @Lagoinha_com 
52

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

I Timóteo 4,12
I Timóteo 4,12I Timóteo 4,12
I Timóteo 4,12malvado01
 
A coisa mais aterrorizante da internet: estou offline
A coisa mais aterrorizante da internet: estou offlineA coisa mais aterrorizante da internet: estou offline
A coisa mais aterrorizante da internet: estou offlineFilipe Vieira
 
Claves para el fracaso portugues
Claves para el fracaso portuguesClaves para el fracaso portugues
Claves para el fracaso portuguesPuerta de vida
 
Como Criar riqueza n10
Como Criar riqueza n10Como Criar riqueza n10
Como Criar riqueza n10RAM
 
Livro a-menina-do-vale-2-bel-pesce
Livro a-menina-do-vale-2-bel-pesceLivro a-menina-do-vale-2-bel-pesce
Livro a-menina-do-vale-2-bel-pesceHudson Augusto
 
A menina do vale 2 - BEL PESCE
A menina do vale 2 - BEL PESCEA menina do vale 2 - BEL PESCE
A menina do vale 2 - BEL PESCEEverton Irven
 
Sociologia aula especial inaugural
Sociologia aula especial inauguralSociologia aula especial inaugural
Sociologia aula especial inauguralItamar Faria
 
Jornal Interno - Conexão DPG
Jornal Interno - Conexão DPGJornal Interno - Conexão DPG
Jornal Interno - Conexão DPGgrupodpg
 
Livro seu futuro em administração
Livro seu futuro em administração Livro seu futuro em administração
Livro seu futuro em administração Luiz Avelar
 
Como educar a criança
Como educar a criançaComo educar a criança
Como educar a criançaRenato Alves
 
Mentalidade parao sucesso
Mentalidade parao sucessoMentalidade parao sucesso
Mentalidade parao sucessoGeraldo Neris
 

Mais procurados (19)

Porque existimos
Porque existimosPorque existimos
Porque existimos
 
I Timóteo 4,12
I Timóteo 4,12I Timóteo 4,12
I Timóteo 4,12
 
A coisa mais aterrorizante da internet: estou offline
A coisa mais aterrorizante da internet: estou offlineA coisa mais aterrorizante da internet: estou offline
A coisa mais aterrorizante da internet: estou offline
 
Claves para el fracaso portugues
Claves para el fracaso portuguesClaves para el fracaso portugues
Claves para el fracaso portugues
 
Solidão
SolidãoSolidão
Solidão
 
DETONE NO SEU PPRA
DETONE NO SEU PPRADETONE NO SEU PPRA
DETONE NO SEU PPRA
 
Procuram super heróis
Procuram super heróisProcuram super heróis
Procuram super heróis
 
Como Criar riqueza n10
Como Criar riqueza n10Como Criar riqueza n10
Como Criar riqueza n10
 
A Menina do vale 02
A Menina do vale 02A Menina do vale 02
A Menina do vale 02
 
Livro a-menina-do-vale-2-bel-pesce
Livro a-menina-do-vale-2-bel-pesceLivro a-menina-do-vale-2-bel-pesce
Livro a-menina-do-vale-2-bel-pesce
 
A menina do vale 2 - BEL PESCE
A menina do vale 2 - BEL PESCEA menina do vale 2 - BEL PESCE
A menina do vale 2 - BEL PESCE
 
Ebd lição 5
Ebd lição 5Ebd lição 5
Ebd lição 5
 
Sessentão
SessentãoSessentão
Sessentão
 
Sociologia aula especial inaugural
Sociologia aula especial inauguralSociologia aula especial inaugural
Sociologia aula especial inaugural
 
Jornal Interno - Conexão DPG
Jornal Interno - Conexão DPGJornal Interno - Conexão DPG
Jornal Interno - Conexão DPG
 
Livro seu futuro em administração
Livro seu futuro em administração Livro seu futuro em administração
Livro seu futuro em administração
 
Como educar a criança
Como educar a criançaComo educar a criança
Como educar a criança
 
Mentalidade parao sucesso
Mentalidade parao sucessoMentalidade parao sucesso
Mentalidade parao sucesso
 
Mentalidade parao sucesso
Mentalidade parao sucessoMentalidade parao sucesso
Mentalidade parao sucesso
 

Destaque (15)

Plan de grado
Plan de gradoPlan de grado
Plan de grado
 
Factores de riesgo fisico empresariales
Factores  de riesgo fisico empresarialesFactores  de riesgo fisico empresariales
Factores de riesgo fisico empresariales
 
Actividad2 a
Actividad2 aActividad2 a
Actividad2 a
 
Deporte y estereotipos
Deporte y estereotiposDeporte y estereotipos
Deporte y estereotipos
 
Disclosure Update & Simplification
Disclosure Update & SimplificationDisclosure Update & Simplification
Disclosure Update & Simplification
 
Russia jpgfebruary2011 final_eng
Russia jpgfebruary2011 final_engRussia jpgfebruary2011 final_eng
Russia jpgfebruary2011 final_eng
 
Lourdes chocon 4to a
Lourdes chocon 4to aLourdes chocon 4to a
Lourdes chocon 4to a
 
2
22
2
 
Conclusiones de powerpointv
Conclusiones de powerpointvConclusiones de powerpointv
Conclusiones de powerpointv
 
EMC 2016
EMC 2016EMC 2016
EMC 2016
 
New KCTCS Assessment and Placement Policy
New KCTCS Assessment and Placement PolicyNew KCTCS Assessment and Placement Policy
New KCTCS Assessment and Placement Policy
 
Script for MIS webinar 2016 - RDM for Clinical Trials and Quality Improvement
Script for MIS webinar 2016 - RDM for Clinical Trials and Quality ImprovementScript for MIS webinar 2016 - RDM for Clinical Trials and Quality Improvement
Script for MIS webinar 2016 - RDM for Clinical Trials and Quality Improvement
 
Hitz gakoak
Hitz gakoakHitz gakoak
Hitz gakoak
 
Smau Milano 2016 - Paola Presutto, Microsoft
Smau Milano 2016 - Paola Presutto, MicrosoftSmau Milano 2016 - Paola Presutto, Microsoft
Smau Milano 2016 - Paola Presutto, Microsoft
 
ΙΚΑ 41/18-11-16
ΙΚΑ 41/18-11-16ΙΚΑ 41/18-11-16
ΙΚΑ 41/18-11-16
 

Semelhante a Os perigos da internet e como evitá-los

-os-10-maiores-perigos-da-internet
-os-10-maiores-perigos-da-internet-os-10-maiores-perigos-da-internet
-os-10-maiores-perigos-da-internetMaressa Almeida
 
As famílias e as modernidades
As famílias e as modernidadesAs famílias e as modernidades
As famílias e as modernidadescaselato
 
Como ser jovem segundo a vontade de deus
Como ser jovem segundo a vontade de deusComo ser jovem segundo a vontade de deus
Como ser jovem segundo a vontade de deuskayler camargos
 
Estudos os perigos da internet
Estudos  os perigos da internetEstudos  os perigos da internet
Estudos os perigos da internetJoel Silva
 
Estudos os perigos da internet
Estudos  os perigos da internetEstudos  os perigos da internet
Estudos os perigos da internetJoel Silva
 
Estudos os perigos da internet
Estudos  os perigos da internetEstudos  os perigos da internet
Estudos os perigos da internetJoel Silva
 
Estudos os perigos da internet
Estudos  os perigos da internetEstudos  os perigos da internet
Estudos os perigos da internetJoel Silva
 
Boletim Jovem Maio 2013
Boletim Jovem Maio 2013Boletim Jovem Maio 2013
Boletim Jovem Maio 2013willams
 
Aula 07 adolescentes i relacionandose nas redes sociais i ebd 2017.pptx
Aula 07 adolescentes i relacionandose nas redes sociais i ebd 2017.pptxAula 07 adolescentes i relacionandose nas redes sociais i ebd 2017.pptx
Aula 07 adolescentes i relacionandose nas redes sociais i ebd 2017.pptxDenis de Pereira
 
7 eclesiastes cap 7 ao 9
7  eclesiastes cap 7 ao 97  eclesiastes cap 7 ao 9
7 eclesiastes cap 7 ao 9PIB Penha
 
YESHUA - M5A24 - Vamos falar de dinheiro.pdf
YESHUA - M5A24 - Vamos falar de dinheiro.pdfYESHUA - M5A24 - Vamos falar de dinheiro.pdf
YESHUA - M5A24 - Vamos falar de dinheiro.pdfGarantiaCorujonda
 
Ebd - 13.01.13 - Distorções doutrinárias parte IV - Cidadãos do Reino vivendo...
Ebd - 13.01.13 - Distorções doutrinárias parte IV - Cidadãos do Reino vivendo...Ebd - 13.01.13 - Distorções doutrinárias parte IV - Cidadãos do Reino vivendo...
Ebd - 13.01.13 - Distorções doutrinárias parte IV - Cidadãos do Reino vivendo...Roberto de Carvalho
 
LBJ LIÇÃO 10 - Os perigos e as oportunidades das redes sociais
LBJ LIÇÃO 10 - Os perigos e as oportunidades das redes sociaisLBJ LIÇÃO 10 - Os perigos e as oportunidades das redes sociais
LBJ LIÇÃO 10 - Os perigos e as oportunidades das redes sociaisNatalino das Neves Neves
 

Semelhante a Os perigos da internet e como evitá-los (20)

-os-10-maiores-perigos-da-internet
-os-10-maiores-perigos-da-internet-os-10-maiores-perigos-da-internet
-os-10-maiores-perigos-da-internet
 
As famílias e as modernidades
As famílias e as modernidadesAs famílias e as modernidades
As famílias e as modernidades
 
Como ser jovem segundo a vontade de deus
Como ser jovem segundo a vontade de deusComo ser jovem segundo a vontade de deus
Como ser jovem segundo a vontade de deus
 
Estudos os perigos da internet
Estudos  os perigos da internetEstudos  os perigos da internet
Estudos os perigos da internet
 
Estudos os perigos da internet
Estudos  os perigos da internetEstudos  os perigos da internet
Estudos os perigos da internet
 
Estudos os perigos da internet
Estudos  os perigos da internetEstudos  os perigos da internet
Estudos os perigos da internet
 
Estudos os perigos da internet
Estudos  os perigos da internetEstudos  os perigos da internet
Estudos os perigos da internet
 
Pais educadores, filhos vencedores!
Pais educadores, filhos vencedores!Pais educadores, filhos vencedores!
Pais educadores, filhos vencedores!
 
Boletim Jovem Maio 2013
Boletim Jovem Maio 2013Boletim Jovem Maio 2013
Boletim Jovem Maio 2013
 
Aula 07 adolescentes i relacionandose nas redes sociais i ebd 2017.pptx
Aula 07 adolescentes i relacionandose nas redes sociais i ebd 2017.pptxAula 07 adolescentes i relacionandose nas redes sociais i ebd 2017.pptx
Aula 07 adolescentes i relacionandose nas redes sociais i ebd 2017.pptx
 
7 eclesiastes cap 7 ao 9
7  eclesiastes cap 7 ao 97  eclesiastes cap 7 ao 9
7 eclesiastes cap 7 ao 9
 
midias.docx
midias.docxmidias.docx
midias.docx
 
YESHUA - M5A24 - Vamos falar de dinheiro.pdf
YESHUA - M5A24 - Vamos falar de dinheiro.pdfYESHUA - M5A24 - Vamos falar de dinheiro.pdf
YESHUA - M5A24 - Vamos falar de dinheiro.pdf
 
Sindrome do pensamento acelerado
Sindrome do pensamento aceleradoSindrome do pensamento acelerado
Sindrome do pensamento acelerado
 
Internet
InternetInternet
Internet
 
the web we want
the web we wantthe web we want
the web we want
 
Ebd - 13.01.13 - Distorções doutrinárias parte IV - Cidadãos do Reino vivendo...
Ebd - 13.01.13 - Distorções doutrinárias parte IV - Cidadãos do Reino vivendo...Ebd - 13.01.13 - Distorções doutrinárias parte IV - Cidadãos do Reino vivendo...
Ebd - 13.01.13 - Distorções doutrinárias parte IV - Cidadãos do Reino vivendo...
 
3
33
3
 
LBJ LIÇÃO 10 - Os perigos e as oportunidades das redes sociais
LBJ LIÇÃO 10 - Os perigos e as oportunidades das redes sociaisLBJ LIÇÃO 10 - Os perigos e as oportunidades das redes sociais
LBJ LIÇÃO 10 - Os perigos e as oportunidades das redes sociais
 
Teologia 10
Teologia 10Teologia 10
Teologia 10
 

Mais de Luiza Dayana

William barclay jesus-cristo_para_hoje (1)
William barclay jesus-cristo_para_hoje (1)William barclay jesus-cristo_para_hoje (1)
William barclay jesus-cristo_para_hoje (1)Luiza Dayana
 
Salmos de salomao (1)
Salmos de salomao (1)Salmos de salomao (1)
Salmos de salomao (1)Luiza Dayana
 
Paul y. cho orando com jesus
Paul y. cho   orando com jesusPaul y. cho   orando com jesus
Paul y. cho orando com jesusLuiza Dayana
 
Os cacadores-de-deus
Os cacadores-de-deusOs cacadores-de-deus
Os cacadores-de-deusLuiza Dayana
 
O poder secreto do jejum e da oração
O poder secreto do jejum e da oraçãoO poder secreto do jejum e da oração
O poder secreto do jejum e da oraçãoLuiza Dayana
 
Luzparavida espiritosanto
Luzparavida espiritosantoLuzparavida espiritosanto
Luzparavida espiritosantoLuiza Dayana
 
Livro ebook-a-obra-do-espirito-santo
Livro ebook-a-obra-do-espirito-santoLivro ebook-a-obra-do-espirito-santo
Livro ebook-a-obra-do-espirito-santoLuiza Dayana
 
Libertação (psicografia chico xavier espírito andré luiz)
Libertação (psicografia chico xavier   espírito andré luiz)Libertação (psicografia chico xavier   espírito andré luiz)
Libertação (psicografia chico xavier espírito andré luiz)Luiza Dayana
 
Junho 05-resgatando-a-honra-em-nossa-geração
Junho 05-resgatando-a-honra-em-nossa-geraçãoJunho 05-resgatando-a-honra-em-nossa-geração
Junho 05-resgatando-a-honra-em-nossa-geraçãoLuiza Dayana
 
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismoJose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismoLuiza Dayana
 
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (5)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (5)Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (5)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (5)Luiza Dayana
 
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (4)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (4)Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (4)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (4)Luiza Dayana
 
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (3)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (3)Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (3)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (3)Luiza Dayana
 
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (2)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (2)Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (2)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (2)Luiza Dayana
 
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (1)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (1)Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (1)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (1)Luiza Dayana
 
John wesley explicacao-clara_da_perfeicao_crista
John wesley explicacao-clara_da_perfeicao_cristaJohn wesley explicacao-clara_da_perfeicao_crista
John wesley explicacao-clara_da_perfeicao_cristaLuiza Dayana
 

Mais de Luiza Dayana (20)

William barclay jesus-cristo_para_hoje (1)
William barclay jesus-cristo_para_hoje (1)William barclay jesus-cristo_para_hoje (1)
William barclay jesus-cristo_para_hoje (1)
 
Salmos de salomao
Salmos de salomaoSalmos de salomao
Salmos de salomao
 
Salmos de salomao (1)
Salmos de salomao (1)Salmos de salomao (1)
Salmos de salomao (1)
 
Peter wagner
Peter wagnerPeter wagner
Peter wagner
 
Perdao
PerdaoPerdao
Perdao
 
Paul y. cho orando com jesus
Paul y. cho   orando com jesusPaul y. cho   orando com jesus
Paul y. cho orando com jesus
 
Os cacadores-de-deus
Os cacadores-de-deusOs cacadores-de-deus
Os cacadores-de-deus
 
O poder secreto do jejum e da oração
O poder secreto do jejum e da oraçãoO poder secreto do jejum e da oração
O poder secreto do jejum e da oração
 
Luzparavida espiritosanto
Luzparavida espiritosantoLuzparavida espiritosanto
Luzparavida espiritosanto
 
Livro ebook-a-obra-do-espirito-santo
Livro ebook-a-obra-do-espirito-santoLivro ebook-a-obra-do-espirito-santo
Livro ebook-a-obra-do-espirito-santo
 
Lição 01
Lição 01Lição 01
Lição 01
 
Libertação (psicografia chico xavier espírito andré luiz)
Libertação (psicografia chico xavier   espírito andré luiz)Libertação (psicografia chico xavier   espírito andré luiz)
Libertação (psicografia chico xavier espírito andré luiz)
 
Junho 05-resgatando-a-honra-em-nossa-geração
Junho 05-resgatando-a-honra-em-nossa-geraçãoJunho 05-resgatando-a-honra-em-nossa-geração
Junho 05-resgatando-a-honra-em-nossa-geração
 
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismoJose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo
 
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (5)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (5)Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (5)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (5)
 
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (4)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (4)Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (4)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (4)
 
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (3)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (3)Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (3)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (3)
 
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (2)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (2)Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (2)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (2)
 
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (1)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (1)Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (1)
Jose goncalves salvador-arminianismo_e_metodismo (1)
 
John wesley explicacao-clara_da_perfeicao_crista
John wesley explicacao-clara_da_perfeicao_cristaJohn wesley explicacao-clara_da_perfeicao_crista
John wesley explicacao-clara_da_perfeicao_crista
 

Os perigos da internet e como evitá-los

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4. Uma publicação da Igreja Batista da Lagoinha 1ª Edição: junho/2013 Capa e Diagramação: Junio Amaro
  • 5. INTRODUÇÃO Vivemos a era digital, os lap tops, smart fones e tablets tomaram conta de nosso cotidiano e não sabemos mais viver sem os computadores e a inter-net, que foi criada inicialmente para ser uma ferra-menta de comunicação durante as guerras, mas em pouco tempo caiu no gosto dos civis, e suas aplica-ções e utilidades não têm fim. É inegável os benefícios desse poderoso acessó-rio. Ficou mais fácil pesquisar assuntos, comunicar com pessoas do outro lado do mundo, expor uma ideia, um vídeo, se tornar conhecido e fazer amiza-des. Nosso país é o segundo no mundo na utilização 5
  • 6. da grande rede, perdendo apenas para os Estados Unidos. Eu posso falar que até para fazer esse livro, usar a internet torna o processo mais rápido e prático, pois eu utilizo a Bíblia online para selecionar os textos e transferi-los sem ter que copiar um por um, muito mais prático e célere. Então quero deixar desde o princípio bem claro que não sou contra a internet, como tudo na vida o problema não é a ferramenta, o problema quem a usa e como a usa. O homem é um ser caído e como tal estará sempre tentado a se enveredar por cami-nhos pecaminosos e a internet é um campo fértil nesse sentido. Quando não há a sabedoria de Deus e a prudência, estamos sujeitos a cair em transgres-são. “Quem é sábio, para que entenda estas coisas? Quem é prudente, para que as saiba? Porque os cami-nhos do SENHOR são retos, e os justos andarão neles, mas os transgressores neles cairão” (Oséias 14.9). Esse livro é mais um alerta para todos, é um aviso de que a internet não pode ser usada para o pecado. Quero mostrar os perigos da mesma, mas também apontar soluções para não cairmos nas 6
  • 7. ciladas da grande rede de computadores. “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pen-sai” 7 (Filipenses 4.8).
  • 8. 8
  • 9. 1 – ISOLAMENTO DO MUNDO REAL “Há um que é só, e não tem ninguém, nem tam-pouco filho nem irmão; e, contudo, não cessa do seu trabalho, e também seus olhos não se satisfazem com riqueza; nem diz: Para quem trabalho eu, privando a minha alma do bem? Também isto é vaidade e enfa-donha ocupação.” Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. 9
  • 10. Porque se um cair, o outro levanta o seu compa-nheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só, como se aquentará? E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa” (Eclesiastes 4.8-12). A primeira vez na Bíblia que Deus olha para sua criação e diz que não foi bom não foi quando o ho-mem pecou, foi antes: “E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele” (Gênesis 2.18). Foi quando ele percebeu que o homem estava sozinho no Éden, desde o começo Deus trabalhou contra a solidão humana, ele projetou a família, a igreja, a comunhão. É desejo dele que vivamos em comunidade. No entanto, é perceptível o quanto as pessoas que ficam horas na internet têm dificuldade de vi-ver o coletivo. Elas mergulham no mundo virtual e ali se comunicam com pessoas do mundo todo, mas não saem da frente do computador, não bus- 10
  • 11. cam atividades fora de casa e quando estão com pessoas de carne e osso têm uma dificuldade terrí-vel de se comunicar. A tela nos dá a falsa sensação que estamos protegidos, escondidos, podemos ser outra pessoa, fingir que não somos quem realmen-te somos. Muitas pessoas não gostam do que são, têm vergonha do emprego ou do desemprego, se acham feias e desinteressantes. Por essa razão criam avatares (personagens fictícios representados por foto de algum personagem de cinema, literatura ou história em quadrinhos) e nunca se apresentam de fato na net. Até seus encontros são marcados pelos sites de relacionamento, lá se coloca qual o perfil de pesso-as querem conhecer, perdendo todas as maravilho-sas possibilidades de conhecer pessoas totalmente diferentes do seu padrão e assim aprender a lidar com o diferente e com a diferença, aprender a se aceitar como é e de que pode sim ser aceito por uma comunidade do jeito que é e não um persona-gem de ilusão. Saia da caverna e conheça pessoas cristãs que 11 valem a pena.
  • 12. 12
  • 13. 2 – HIPERATIVIDADE “Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário? Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas? E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, 13
  • 14. acrescentar um côvado à sua estatura? E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lí-rios do campo, como eles crescem; não trabalham 14 nem fiam; E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé? Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que come-remos, ou que beberemos, ou com que nos vesti-remos? (Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessi-tais de todas estas coisas; Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, por-que o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal” (Mateus 6.25-34). O excesso de informações que vem da internet pode trazer para as pessoas, principalmente crian-ças e adolescentes, um mal que é a hiperatividade.
  • 15. Estimulados exageradamente e precocemente por meio, principalmente, dos jogos online, muitos adolescentes não conseguem mais ficar parados em uma sala de aula. O cérebro foi exigido além do normal e a partir daí esses jovens passam a ser pessoas inquietas, ativas além do normal, não con-seguem relaxar, não conseguem viver o silêncio. Tornam-se pessoas excessivamente falantes e que agem sempre de forma impulsiva. As salas de aula hoje são um reflexo deste de-safio. Os professores estão reféns da hiperatividade dos alunos e muitos destes alunos já estão tendo desde cedo que serem medicados com remédios tarja preta. Eu vejo o meu filho, que hoje tem três anos, o quanto ele é fissurado em tecnologias, sempre está atrás de um jogo no computador para brincar, se nós não estabelecêssemos um rigoroso limite para ele ter acesso a essas tecnologias certamente a coisa já estaria bem complicada, fico imaginando então aquele que não tem um pai para controlar o acesso. A criança e o adolescente hiperativos de hoje serão os jovens e os adultos problemáticos de 15
  • 16. amanhã, que serão incapazes de conviverem serenamente no mundo do trabalho e sofrerão muito. É urgente então que haja limite para o acesso a jogos online e sites afins, pois a falta de critério tem criado uma geração de pessoas escravizadas pelo ativismo e pela ansiedade. O texto que abre esse capítulo nos mostra Jesus alertando sobre esse pe-rigo, mostrando que a própria criação vive harmo-nia, tem sua própria velocidade de acontecer, nada é precipitado, agitado, antes da hora. Precisamos olhar a criação e ver que Deus estabeleceu um rit-mo saudável para fazer a sua obra e devemos viver esse harmonioso ritmo em nossas vidas. Chega de agitação e correria, descanse mais no Senhor e con-fie 16 mais nele.
  • 17. 3 – DÉFICIT DE ATENÇÃO “Isto, porém, vos digo, irmãos, que o tempo se abrevia; o que resta é que também os que têm mulhe-res sejam como se não as tivessem; E os que choram, como se não chorassem; e os que folgam, como se não folgassem; e os que com-pram, como se não possuíssem; E os que usam deste mundo, como se dele não abusassem, porque a aparência deste mundo pas-sa. E bem quisera eu que estivésseis sem cuidado. O 17
  • 18. solteiro cuida das coisas do Senhor, em como há de agradar ao Senhor; Mas o que é casado cuida das coisas do mundo, em como há de agradar a mulher. Há diferença entre a mulher casada e a virgem. A solteira cuida das coisas do Senhor para ser santa, tanto no corpo como no espírito; porém, a casada cuida das coisas do mundo, em como há de agradar ao marido. E digo isto para proveito vosso; não para vos en-laçar, mas para o que é decente e conveniente, para vos unirdes ao Senhor sem distração alguma” (1 Coríntios 7.29-35). Se por um lado as pessoas estão hiperativas, por outro a internet está criando uma geração de pes-soas distraídas, as horas à frente do computador, a ausência de vida social e o excesso de informações também estão gerando crianças e adolescentes que são incapazes de se concentrarem em algo. Não conseguem parar para prestar atenção nas coisas. É o que os psicopedagogos chamam de transtorno do déficit de atenção. Isso tem gerado transtornos na escola, alunos não conseguem absorver a matéria e aprender os 18
  • 19. conteúdos. Isso está gerando problemas no traba-lho, funcionários têm cada vez mais dificuldade de cumprir de forma objetiva comandos e ordens sim-ples. No meio do caminho se perdem, esquecem até o que tinham que fazer ou como fazer ou o que fazer. Tudo que Satanás quer é desviar a nossa aten-ção do que realmente interessa, essa é a preocupa-ção de Paulo no texto da carta que abre esse capítu-lo. A igreja precisa focar em Deus, tirar todo tipo de distração do nosso meio. 19
  • 20. 20
  • 21. 4 – DESCRITERIZAÇÃO DE INFORMAÇÃO “E já está próximo o fim de todas as coisas; portan-to sede sóbrios e vigiai em oração” (1 Pedro 4.7). A internet é uma fábrica de boatarias e menti-ras. Não devemos simplesmente ler uma notícia e tomá-la imediatamente como verdade, mas infe-lizmente é o que mais tem acontecido nestes dias. A internet já matou pessoas que não morreram, já condenaram inocentes, já casou quem nem sequer 21
  • 22. se conhecia. É sabido que existem pessoas que lu-cram, e muito, com essas boatarias e mentiras. Exis-te uma indústria do sensacionalismo que invade as redes sociais, sites e blogs com o propósito de se enriquecer a custa da manipulação da verdade. A pessoa que lê de forma descriteriosa é presa fácil do engano promovido nessas situações. Agir assim é agir sem vigilância e deixar o mundo con-taminar, e conformar a sua mente de acordo com interesses escusos. Sabe-se que a manipulação é a arma dos principados e potestades para estabele-cerem os seus reinos, e a net é um campo de ação que eles manejam com destreza desde os primór-dios. Como se proteger destas situações? Sempre que você for invadido por uma destas informações procure saber a fonte, os critérios para se obter a notícia e a pessoa por trás daquele fato. Certamente nesse caminho você encontrará o respeito ao leitor ou o engano dos aproveitadores. Se for um engano você deve então descartar esse blog, site ou fonte como digna de sua atenção ou de respeito. Desta forma você se torna mais criterioso e seleciona os lugares nos quais buscará notícia, evitando cair em 22
  • 23. ciladas ou ter sua mente distorcida. Como Pedro fala no texto de abertura deste capítulo, Jesus está voltando, mas quanto mais se aproxima este dia mais vigilantes temos que estar, para não sermos corrompidos por falsas doutrinas. 23
  • 24. 24
  • 25. 5 – QUEDA DE PRODUÇÃO NOS ESTUDOS E NO TRABALHO Outro fato marcante é como pessoas que ficam horas na internet têm tão pouco tempo para se de-dicar ao estudo e ao trabalho. O tempo gasto na rede ocupa de forma substancial o tempo que de-veria ser ocupado por outras atividades. Estas pes-soas se tornam menos diligentes, relaxadas e pre-guiçosas. Veja o que a Bíblia fala de pessoas assim: 25
  • 26. “A mão dos diligentes dominará, mas os negligen-tes serão tributários” (Provérbios 12.24). “O que trabalha com mão displicente empobre-ce, mas a mão dos diligentes enriquece” (Provérbios 26 10.4). “A alma do preguiçoso deseja, e coisa nenhuma al-cança, mas a alma dos diligentes se farta” (Provérbios 13.4). Organizar o seu tempo é fundamental, é mordo-mia, é espiritualidade, é santidade, deixe para en-trar na internet depois que você tiver certeza que já cumpriu todas as suas tarefas de trabalho, escola e casa. Não inverta a ordem, isso pode lhe gerar uma reprovação, uma demissão ou uma crise familiar. Eu, por exemplo, busco acessar a internet em casa somente quando não tenho nada mais importante, prezo muito pelo tempo que preciso ter com meu filho e minha esposa, e também por preparar as mi-nhas aulas e despachar minhas tarefas do ministé-rio da mocidade. Evite acessar no trabalho, somente se isso for o seu trabalho, é claro. Mas antes de tudo seja diligente, faça com excelência tudo àquilo que Deus lhe confiou, não deixe a vida virtual lhe roubar esse privilégio.
  • 27. 6 – SEDENTARISMO E DOENÇAS RELACIONADAS “Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo” (1 Coríntios 3.16-17). O nosso corpo é o templo do Espírito Santo, cuidar mal dele é pecado. Já ouvi falar de pessoas 27
  • 28. que morreram de trombose por que ficaram mais de nove horas sentadas à frente de um computa-dor, outras que têm sérios problemas de vista pelo mesmo motivo, outras que estão com obesidade mórbida por causa do sedentarismo proporcionado por essa prática. A vida na net jamais deve substituir a ativida-de física, que diga eu que sempre estou brigando com a balança, se não investirmos nisso estaremos em pecado. É o mesmo que fumar ou beber be-bida alcoolica, o sedentarismo é tão pecado e tão pernicioso a saúde quanto essas práticas, que tão veementemente condenamos em nossas igrejas. Estabeleça um tempo semanal para caminhadas, eduque sua alimentação e que a internet se acomo-de 28 nessa rotina!
  • 29. 7 – ADULTÉRIO “Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás 29 adultério. Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração co-meteu adultério com ela. Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti; pois te é me-lhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno. E, se a tua mão direita te escandalizar, corta-a e
  • 30. atira-a para longe de ti, porque te é melhor que um dos teus membros se perca do que seja todo o teu corpo lançado no inferno” (Mateus 5.27-30). O texto que você acabou de ler mostra como Je-sus vê a questão do adultério. Não há necessidade que um homem deite com uma mulher casada para que esse pecado fique caracterizado, basta desejá- -la, cobiçá-la e o pecado já se consumou. A internet é um ambiente em que há grande facilidade para a prática deste tipo de pecado. Através de redes so-ciais como o facebook, pessoas conhecem pessoas e não há nada de errado em conhecer alguém. O que é perigoso e pode se tornar pecado é quando a companhia de alguém do sexo oposto na inter-net se torna mais prazerosa e interessante do que a do nosso cônjuge. Muitos casos de adultério co-meçaram com conversas em redes sociais. Aquilo que inicialmente parece inofensivo pode se alojar no nosso coração como um sentimento permissivo e perverso, até se tornar de fato em pecado. Recentemente a revista Veja tratou disso em sua matéria de capa: casamentos que acabavam por que a esposa pegava o marido, ou vice versa, praticando sexo virtual com outra pessoa pela 30
  • 31. madrugada adentro. Muito diziam: “Mas é virtual, então não é de fato um adultério”. Pessoas que têm uma visão tão estreita e mesquinha quanto aqueles fariseus que ouviam e testavam a Cristo. O que vemos na prática são famílias sendo destruídas. O pior é que agora também estão criando sites especializados em arranjar encontros entre pessoas que são comprometidas, esses sites prometem dis-crição e ajudam a praticar o adultério deliberada-mente. Certamente estamos nos últimos dias. Se proteja dessas armadilhas, você já está com-prometido? Então, não pode ficar de conversinhas com pessoas do sexo oposto às escondidas na in-ternet. Vigie, cuidado com pensamentos do tipo: “Não, é só amizade, eu não vou cair em pecado, estou em dia com Deus.” A Bíblia fala que devemos fugir das tentações, ela não fala que devemos brincar com elas. 31
  • 32. 32
  • 33. 8 – FACILIDADES DE ACESSO À PORNOGRAFIA Antes, para alguém ter acesso à pornografia en-volvia uma logística complicada e constrangedo-ra: uma banca de revista ou locadora de vídeos e DVDs, ou um night club. Em qualquer dos casos a pessoa teria que encarar o cara da banca, o dono da locadora, o segurança da entrada, não tinha como esconder o que você estava fazendo. Mesmo tendo 33
  • 34. em todos os casos muitas pessoas envolvidas, cer-tamente era um elemento inibidor para a prática e o consumo da pornografia. Era um dificultante, por exemplo, para o ingresso do adolescente nesse ab-jeto mundo. Hoje esse problema acabou: o acesso a tudo que há de pior nessa área está à distância de um clic, na privacidade do quarto. Não são poucos os atendimentos que faço de jovens cristãos que es-tão presos no mundo da pornografia. Satanás tem sapateado nas mentes desses jovens através de si-tes adultos. Muitos têm ficado escravizados e suas mentes estão cheias de fortalezas de difícil acesso. É flagelo que parece não ter fim. Para cada um deles tenho a mesma fala: não acessem a internet no quarto, fiquem em locais pú-blicos ou em partes da casa de uso comum a todos, evitem horários noturnos, evitem a madrugada. Não subestimem a carne, nunca achem que já estão santos o suficiente. Não deem lugar ao diabo. Ver prostituição o faz praticante desse pecado. Não ache que a pena é menor por que você não está fazendo aquilo, só vendo. Não diga que você faz isso para evitar ter sexo com sua namorada. Se o 34
  • 35. seu recurso para evitar isso é esse, você tem sérios problemas de alma, precisa de ajuda. Busque sua cura interior e não tente vencer isso sozinho, pro-cure seu líder, seu pastor, o ministério de batalha 35 espiritual e cura interior. Não pense que ninguém sabe, que ninguém está vendo. Jesus sabe, Jesus está vendo, pare de entristecê-lo, confesse e abandone esse pecado agora! Olhe o que a palavra diz sobre pessoas que vi-vem nessa prática: “Porque tudo o que há no mundo, a concupiscên-cia da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo” (1 João 2.16). “Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia” (Gálatas 5.19). “Mas escrever-lhes que se abstenham das conta-minações dos ídolos, da prostituição, do que é sufoca-do e do sangue” (Atos 15.20). “Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santifi-cação; que vos abstenhais da prostituição” (1 Tessalo-nicenses 4.3). “Para os devassos, para os sodomitas, para os
  • 36. roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina” (1 Timóteo 1.10). 36
  • 37. 9 – PERDA DA PRIVACIDADE “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida” (Provérbios 4.23). O Big Brother é na net. A ficção 1984 de George Orwen sobre uma sociedade vigiada 24h por câme-ras se tornou realidade através das redes sociais, e não foi um governo que estabeleceu as bases para o fim da privacidade. Foi cada pessoa que se cadas-trou no facebook, twitter e similares, expondo dia-riamente a vida pelos textos e pelas fotos. 37
  • 38. Hoje em dia se quero saber o que alguma de minhas ovelhas está fazendo não preciso ligar para elas, basta entrar no twitter ou no instagram, que não só saberei o que estão fazendo como terei a lo-calização e fotos para documentar tudo. Parece que precisamos dar conta de tudo de nossas vidas nas redes sociais. Não existe mais pri-vacidade. O que não percebemos é que esse exces-so de exposição nos torna vulneráveis a todo tipo de ataque. Muitos sequestros hoje em dia logram êxito por que os sequestradores já têm muito claro a rotina daquela pessoa, pois anotou tudo o que ela descreveu na internet a respeito de seu cotidiano. Moças jovens têm tirado fotos seminuas ou até nuas e postado para todo mundo ver. Desta forma, se desvalorizam diante dos homens, perdem o res-peito deles. Olha o que o homem mais sábio que já passou na terra acha deste padrão de compor-tamento: “Como jóia de ouro no focinho de uma porca, as-sim é a mulher formosa que não tem discrição” (Pro-vérbios 38 11.22). As pessoas usam o twitter também para expres-sar todo tipo de pensamento sobre qualquer tipo
  • 39. de assunto. Expor a opinião por expor não tem propósito algum e só trará desgaste para você dian-te das pessoas. Quando não se tem nada de bom para falar, o ideal é ficar calado. “No coração do prudente a sabedoria permanece, mas o que está no interior dos tolos se faz conhecido” (Provérbios 14.33). Seja mais discreto, reservado, se preserve! 39
  • 40. 40
  • 41. 10 – DESPRIORIZAÇÃO DE DEUS E DAS DISCIPLINAS ESPIRITUAIS “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6.33). De todos os males que falamos nenhum é pior do que esse, tirar Deus da primazia de nossas ações, e colocá-lo em segundo plano. 41
  • 42. Muitas pessoas dizem que não têm tempo de ir à igreja, de orar, de ler a Bíblia, de liderar uma célula, de se envolver em um ministério, de jejuar e de separar um tempo para ter intimidade com o Senhor. No entanto, a maioria delas tem tempo para ficar horas e horas na internet. Já vi pessoas piedosas que deixaram de estar em comunhão com Deus por que precisavam gastar tempo no computador, é um absurdo como a internet nos rouba tempo de qualidade. Sentamos para abrir um e-mail, mas aí tem ou-tro e-mail, que tem um link para o youtube, que nos levará a outro vídeo que nos levará a uma pessoa do facebook, que nos levará a uma foto do insta-gram, que nos levará ao twitter, que nos levará a um site e quando menos percebemos lá se foram uma, duas, três horas de nossa vida, e muitas vezes fechamos o computador sem abrir o e-mail que nos motivou a primeira ação. Seria tão bom se nossa oração fosse assim, nos levasse para a Palavra, que nos levaria a confissão de pecados, que nos levaria ao jejum, que nos leva-ria a interceder pelos missionários, que nos levaria a pregar a palavra, que nos levaria a abrir uma célula. 42
  • 43. O problema não é a falta de tempo, é a falta de prio-ridade. Coloque no papel quanto tempo você gas-tou essa semana com internet e quanto tempo você realmente gastou com Deus. Qual ocupou mais o seu tempo? “E vos tenho enviado todos os meus servos, os pro-fetas, madrugando, e insistindo, e dizendo: Convertei- -vos, agora, cada um do seu mau caminho, e fazei boas as vossas ações, e não sigais a outros deuses para servi-los; e assim ficareis na terra que vos dei a vós e a vossos pais; porém, não inclinastes o vosso ou-vido, nem me obedecestes a mim” (Jeremias 35.15). Deus não divide sua glória com ninguém, quan-do abrimos mão dele por causa de um computador estamos praticando idolatria e colocando a internet como um deus em nossa vida. Cuidado! Já chegou a hora de buscar Deus em primeiro lugar, a internet vem depois. 43
  • 44. 44
  • 45. CONCLUSÃO Volto a dizer que o meu objetivo com esse livro não é declarar guerra contar a internet. Eu não sou contra a internet, sou contra o seu mau uso, que tem sido o fator mais comum dentro e fora da igreja. Se você se enquadrou em pelo um dos casos citados, não vacile, busque a Deus, faça um jejum de internet. Se necessário for, busque ajuda, mas ja-mais deixe para depois o seu tratamento. Nestas horas eu sempre me lembro das palavras 45 de Pedro: “E pela fé no seu nome fez o seu nome fortalecer a este que vedes e conheceis; sim, a fé que vem por ele,
  • 46. deu a este, na presença de todos vós, esta perfeita saú-de. E agora, irmãos, eu sei que o fizestes por igno-rância, como também os vossos príncipes. Mas Deus assim cumpriu o que já dantes pela boca de todos os seus profetas havia anunciado; que o Cristo havia de padecer. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham as-sim os tempos do refrigério pela presença do Se-nhor, E envie-o a Jesus Cristo, que já dantes vos foi 46 pregado” (Atos 3.16-20). O que ele está dizendo é que, sim, podemos deletar os pecados praticados na internet de nossa vida e nunca mais voltar a Eles. A hora da decisão é agora, se arrependa, abandone a virtualidade do pecado e abrace a realidade da cruz de Cristo em sua vida. “Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os par-ricidas e matricidas, para os homicidas, Para os devassos, para os sodomitas, para os
  • 47. roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina, Conforme o evangelho da glória de Deus bem- -aventurado, que me foi confiado. E dou graças ao que me tem confortado, a Cristo Jesus Senhor nosso, porque me teve por fiel, pon-do- me no ministério; A mim, que dantes fui blasfemo, e perseguidor, e injurioso; mas alcancei misericórdia, porque o fiz ignorantemente, na incredulidade. E a graça de nosso Senhor superabundou com a fé e amor que há em Jesus Cristo. Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceita-ção, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal” (1 Timóteo 1.9-15). 47
  • 48. Richarde Guerra é for-mado 48 como Técnico em Química Industrial pelo CE-FET/ MG e Licenciatura em Química pela UFMG, possui pós-graduação em Estudos Pastorais e mestrado em Teologia da Ação Pastoral na América Lati-na, pela FATE/BH. É professor no Centro de Treinamento Ministerial Diante do Trono e Seminário Teológico Carisma. É pai de Daniel Guerra e casado com Priscila Guerra e pastor de jovens da Igreja Batista da Lagoinha. Telefone e e-mail para contatos: (31) 8489-3057 / richarde.guerra@lagoinha.com
  • 49. JESUS TE AMA E QUER VOCÊ! 1º PASSO: Deus o ama e tem um plano maravilhoso para sua vida. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigê-nito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.“ (Jo 3.16.) 49
  • 50. 2º PASSO: O Homem é pecador e está separado de Deus. “Pois todos pecaram e ca-recem da glória de Deus.“ (Rm 3.23b.) 3º PASSO: Jesus é a resposta de Deus, para o conflito do homem. “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.“ (Jo 14.6.) 4º PASSO: É preciso receber a Jesus em nosso coração. “Mas, a todos quantos o rece-beram, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome.“ (Jo 1.12a.) “Se, com tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo. Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação.” (Rm 10.9-10.) 5º PASSO: Você gostaria de receber a Cristo em seu coração? Faça essa oração de decisão em voz alta: “Senhor Jesus eu preciso 50
  • 51. de Ti, confesso-te o meu pecado de estar longe dos teus caminhos. Abro a porta do meu coração e te recebo como meu único Salvador e Senhor. Te agradeço porque me aceita assim como eu sou e perdoa o meu pe-cado. Eu desejo estar sempre dentro dos teus planos para minha vida, amém”. 6º PASSO: Procure uma igreja evangé-lica próxima à sua casa. Nós estamos reunidos na Igreja Batista da Lagoinha, à rua Manoel Macedo, 360, bairro São Cristóvão, Belo Horizonte, MG. Nossa igreja está pronta para lhe acom-panhar neste momento tão importante da 51 sua vida. Nossos principais cultos são realizados aos domingos, nos horários de 10h, 15h e 18h horas. Ficaremos felizes com sua visita!
  • 52. Uma publicação da Igreja Batista da Lagoinha Gerência de Comunicação Rua Manoel Macedo, 360 - São Cristóvão CEP: 31110-440 - Belo Horizonte - MG www.lagoinha.com Twitter: @Lagoinha_com 52