A globalização e as
novas tendências do
mercado de trabalho
“Nada existe de permanente, a não ser a
mudança.”
Heráclito de Éfeso
Esses são os objetivos da
nossa aula de hoje:
Conhecer as mudanças
pelas quais o mundo já
passou e está passando.
Compreender o atual
processo de globalização
dos mercados e os fatores
históricos relacionados que
o desencadearam.
Analisar os efeitos
negativos e positivos da
globalização.
É bastante comum ouvirmos
falar sobre Globalização, Nova
Ordem Mundial, Economia do
Novo Milênio, Nova Era ....
Enfim, são muitos os termos
utilizados para retratar esse
novo período econômico que se
forma em todo o mundo, visto
que n...
Embora muito se fale do tema
em questão, poucos têm na
realidade o entendimento dessa
realidade que nos cerca e as
devidas...
Até mesmo dentro das salas de
aula das inúmeras universidades
existentes, há pessoas que não
sabem definir essa nova
reali...
A globalização é um fenômeno
que atinge a todos de forma
direta e indireta. E tem seus
pontos positivos e também
negativos...
O mundo mudou em 200 anos
mais que em 3 ou 4 milhões de
anos, e isso nos leva a
refletirmos sobre o que será do
mundo daqu...
Esse impulso evolucionista
iniciou-se com as Revoluções
Industriais ocorridas no século
XVIII
Esse impulso evolucionista
iniciou-se com as Revoluções
Industriais ocorridas no século
XVIII.
Já eram indícios do que viria
pela frente. Até na década de
90, as organizações possuíam
uma visão de mundo bem
diferente ...
Primeiro, porque as fronteiras
comerciais estavam fechadas,
as barreiras alfandegárias eram
rigorosas, o protecionismo era...
Não se está falando que as
empresas não negociavam em
outras nações; o que está se
falando aqui é que negociar ou
invadir ...
Até porque o sistema que
interliga o mundo, que é a
Internet, não era muito
acessível.
Até porque o sistema que
interliga o mundo, que é a
Internet, não era muito
acessível.
Como vemos, o mundo mudou e
as organizações são obrigadas a
acompanharem essa evolução e a
se adaptarem ...
Ao contrário, muitas vezes, as
mesmas não conseguem
competir ao nível dessa nova
formação econômica mundial e
acabam fecha...
Visto que com essa abertura
econômica, a concorrência entre
empresas do mesmo
seguimento passa a ter um grau
agressivo e a...
Daí, para sobreviver à nova Lei do
Mercado, é necessário focar, em
primeiro lugar, o fortalecimento
da imagem da organizaç...
Antes, não era assim. Importava
às organizações ver os lucros
entrarem. Só que na Nova Era,
para se ter lucro, é necessári...
E para que isso aconteça, é
necessário inovar a cada dia.
É fundamental um
aprimoramento diário, um
aperfeiçoamento do profissional,
pois o que ontem servia à
empresa, hoje não ser...
É necessário nos qualificarmos
constantemente.
Vejamos agora os reflexos da
globalização na indústria e no
comércio.
Auxiliadas pelas facilidades na
comunicação e nos meios de
transportes, as grandes corporações
internacionais podem instal...
Essa tendência tem levado a
transferência de empregos dos
países ricos, onde os
trabalhadores recebem altos
salários e inú...
O resultado desse processo é
que, atualmente, grande parte
dos produtos não tem mais
nacionalidade definida. A
indústria a...
Fábricas em diversos
continentes e veículos
adaptados às exigências dos
consumidores de cada país são
fundamentais para o ...
O Golf é fabricado em quatro
continentes e vendido em seis.
Isso é normal para a indústria
globalizada de carros.
Cada um dos grandes
fabricantes de carros tem uma
unidade de produção nos
diferentes mercados.
Isso significa estar hoje na
Europa Ocidental e nos
Estados Unidos e amanhã cada
vez mais na China e no Leste
Europeu.
Além disso, os produtos não
são idênticos em cada
mercado. Eles podem ter a
mesma plataforma técnica,
mas o design, as opç...
Isso, porque as demandas dos
consumidores diferem de país a
país. Por exemplo, na América
do Sul, as remunerações são
mais...
Nos Estados Unidos, os
clientes querem mais
espaço; esse é um fator
importante para um carro
ser bem-sucedido lá.
Não é possível estar
presente num mercado de
grande escala e oferecer os
mesmos carros para todos
os mercados do mundo.
Veja também o impacto
da globalização sobre os
empregos:
A crescente concorrência
internacional tem obrigado as
empresas a cortar custos com
o objetivo de obter preços
menores e m...
Nessa reestruturação, estão
sendo eliminados vários
postos de trabalho,
tendência essa que é
chamada de desemprego
estrutu...
Uma das causas desse
desemprego é a automação
de vários setores em
substituição à mão de obra
humana:
Como por exemplo, os caixas
automáticos que tomam o
lugar dos caixas de bancos,
fábricas robotizadas que
dispensam operári...
Não podemos deixar de
falar também da
globalização cultural:
A economia globalizada
permite que haja um
movimento
em direção a
globalização cultural.
Hoje através
da Internet, um estudante
ou pesquisador acessa, sem
sair de casa, qualquer
biblioteca ou universidade
do pla...
Acontecimentos no outro
lado do mundo podem ser
acompanhados on-line e
em tempo real:
catástrofes,
guerras, eventos musicais
ou esportivos são vistos
simultaneamente
por centenas de milhões
de pessoas.
Falar um segundo idioma
hoje e fundamental para
ingressar no mercado de
trabalho, em um mundo
onde todos os países estão a...
Falar uma única língua
significa perder
oportunidades.
Hoje dominar mais de um
idioma está se tornando
uma exigência.
Hoje existem cursos para
todos os bolsos e alem do
mais, algumas universidades
publicas oferecem cursos
a preços bem acess...
Portanto, informe-se, faça
uma pesquisa pela
Internet
e de um upgrade em sua
carreira profissional.
Você sabia que as
melhores universidades do
mundo oferecem cursos
gratuitos pela internet?
Conheça algumas dessas
opções:
Agora, vamos refletir
um pouco:
Atividades
1.) A globalização revolucionou o mundo,
derrubou fronteiras, uniu mercados, tornou o
mundo menor. Descreva com...
Atividades
2.) O quadro abaixo apresenta dois grupos
distintos : blocos econômicos e acordos de livre
comércio. Faça uma p...
Atividades
BLOCOS ECONÔMICOS ACORDO DE LIVRE COMÉRCIO
EU – União Europeia; NAFTA – Acordo de Livre
Comércio da América do ...
Luiz Ricardo Siles
RASC – Recuperação e Assistência Cristã
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 21 a globalização e as novas tendências do mercado de trabalho

7.117 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Aula 21 a globalização e as novas tendências do mercado de trabalho

  1. 1. A globalização e as novas tendências do mercado de trabalho
  2. 2. “Nada existe de permanente, a não ser a mudança.” Heráclito de Éfeso
  3. 3. Esses são os objetivos da nossa aula de hoje: Conhecer as mudanças pelas quais o mundo já passou e está passando.
  4. 4. Compreender o atual processo de globalização dos mercados e os fatores históricos relacionados que o desencadearam.
  5. 5. Analisar os efeitos negativos e positivos da globalização.
  6. 6. É bastante comum ouvirmos falar sobre Globalização, Nova Ordem Mundial, Economia do Novo Milênio, Nova Era ....
  7. 7. Enfim, são muitos os termos utilizados para retratar esse novo período econômico que se forma em todo o mundo, visto que não se fala em outra coisa na atualidade que não seja globalização.
  8. 8. Embora muito se fale do tema em questão, poucos têm na realidade o entendimento dessa realidade que nos cerca e as devidas consequências provocadas por esse processo.
  9. 9. Até mesmo dentro das salas de aula das inúmeras universidades existentes, há pessoas que não sabem definir essa nova realidade e muito menos suas consequências na vida dos indivíduos de forma geral.
  10. 10. A globalização é um fenômeno que atinge a todos de forma direta e indireta. E tem seus pontos positivos e também negativos, é claro.
  11. 11. O mundo mudou em 200 anos mais que em 3 ou 4 milhões de anos, e isso nos leva a refletirmos sobre o que será do mundo daqui a 50 ou 100 anos.
  12. 12. Esse impulso evolucionista iniciou-se com as Revoluções Industriais ocorridas no século XVIII
  13. 13. Esse impulso evolucionista iniciou-se com as Revoluções Industriais ocorridas no século XVIII.
  14. 14. Já eram indícios do que viria pela frente. Até na década de 90, as organizações possuíam uma visão de mundo bem diferente do que vemos hoje.
  15. 15. Primeiro, porque as fronteiras comerciais estavam fechadas, as barreiras alfandegárias eram rigorosas, o protecionismo era muito intenso e isso impedia muitas organizações de se instalarem em outros países.
  16. 16. Não se está falando que as empresas não negociavam em outras nações; o que está se falando aqui é que negociar ou invadir outras nações com serviços e produtos não era tão fácil como é hoje.
  17. 17. Até porque o sistema que interliga o mundo, que é a Internet, não era muito acessível.
  18. 18. Até porque o sistema que interliga o mundo, que é a Internet, não era muito acessível.
  19. 19. Como vemos, o mundo mudou e as organizações são obrigadas a acompanharem essa evolução e a se adaptarem ...
  20. 20. Ao contrário, muitas vezes, as mesmas não conseguem competir ao nível dessa nova formação econômica mundial e acabam fechando as portas
  21. 21. Visto que com essa abertura econômica, a concorrência entre empresas do mesmo seguimento passa a ter um grau agressivo e acirrado.
  22. 22. Daí, para sobreviver à nova Lei do Mercado, é necessário focar, em primeiro lugar, o fortalecimento da imagem da organização, produzindo com qualidade e preocupando-se com a satisfação do cliente.
  23. 23. Antes, não era assim. Importava às organizações ver os lucros entrarem. Só que na Nova Era, para se ter lucro, é necessário ter clientes.
  24. 24. E para que isso aconteça, é necessário inovar a cada dia.
  25. 25. É fundamental um aprimoramento diário, um aperfeiçoamento do profissional, pois o que ontem servia à empresa, hoje não serve mais e o que hoje estamos aprendendo, amanhã não se utilizará.
  26. 26. É necessário nos qualificarmos constantemente.
  27. 27. Vejamos agora os reflexos da globalização na indústria e no comércio.
  28. 28. Auxiliadas pelas facilidades na comunicação e nos meios de transportes, as grandes corporações internacionais podem instalar suas fábricas em qualquer lugar do mundo onde existam as melhores vantagens fiscais, mão de obra e matérias primas mais baratas.
  29. 29. Essa tendência tem levado a transferência de empregos dos países ricos, onde os trabalhadores recebem altos salários e inúmeros benefícios, para as nações industriais emergentes, como os Tigres Asiáticos.
  30. 30. O resultado desse processo é que, atualmente, grande parte dos produtos não tem mais nacionalidade definida. A indústria automobilística é um exemplo de produção globalizada.
  31. 31. Fábricas em diversos continentes e veículos adaptados às exigências dos consumidores de cada país são fundamentais para o sucesso na fabricação de carros.
  32. 32. O Golf é fabricado em quatro continentes e vendido em seis. Isso é normal para a indústria globalizada de carros.
  33. 33. Cada um dos grandes fabricantes de carros tem uma unidade de produção nos diferentes mercados.
  34. 34. Isso significa estar hoje na Europa Ocidental e nos Estados Unidos e amanhã cada vez mais na China e no Leste Europeu.
  35. 35. Além disso, os produtos não são idênticos em cada mercado. Eles podem ter a mesma plataforma técnica, mas o design, as opções e as características diferem entre os países.
  36. 36. Isso, porque as demandas dos consumidores diferem de país a país. Por exemplo, na América do Sul, as remunerações são mais baixas que na Europa e os consumidores precisam de carros mais acessíveis.
  37. 37. Nos Estados Unidos, os clientes querem mais espaço; esse é um fator importante para um carro ser bem-sucedido lá.
  38. 38. Não é possível estar presente num mercado de grande escala e oferecer os mesmos carros para todos os mercados do mundo.
  39. 39. Veja também o impacto da globalização sobre os empregos:
  40. 40. A crescente concorrência internacional tem obrigado as empresas a cortar custos com o objetivo de obter preços menores e melhores qualidades para seus produtos.
  41. 41. Nessa reestruturação, estão sendo eliminados vários postos de trabalho, tendência essa que é chamada de desemprego estrutural.
  42. 42. Uma das causas desse desemprego é a automação de vários setores em substituição à mão de obra humana:
  43. 43. Como por exemplo, os caixas automáticos que tomam o lugar dos caixas de bancos, fábricas robotizadas que dispensam operários, etc.
  44. 44. Não podemos deixar de falar também da globalização cultural:
  45. 45. A economia globalizada permite que haja um movimento em direção a globalização cultural.
  46. 46. Hoje através da Internet, um estudante ou pesquisador acessa, sem sair de casa, qualquer biblioteca ou universidade do planeta.
  47. 47. Acontecimentos no outro lado do mundo podem ser acompanhados on-line e em tempo real:
  48. 48. catástrofes, guerras, eventos musicais ou esportivos são vistos simultaneamente por centenas de milhões de pessoas.
  49. 49. Falar um segundo idioma hoje e fundamental para ingressar no mercado de trabalho, em um mundo onde todos os países estão a distancia de um click de computador.
  50. 50. Falar uma única língua significa perder oportunidades.
  51. 51. Hoje dominar mais de um idioma está se tornando uma exigência.
  52. 52. Hoje existem cursos para todos os bolsos e alem do mais, algumas universidades publicas oferecem cursos a preços bem acessíveis ou ate mesmo de graça;
  53. 53. Portanto, informe-se, faça uma pesquisa pela Internet e de um upgrade em sua carreira profissional.
  54. 54. Você sabia que as melhores universidades do mundo oferecem cursos gratuitos pela internet?
  55. 55. Conheça algumas dessas opções:
  56. 56. Agora, vamos refletir um pouco:
  57. 57. Atividades 1.) A globalização revolucionou o mundo, derrubou fronteiras, uniu mercados, tornou o mundo menor. Descreva com suas palavras os principais reflexos da globalização nas organizações e na vida das pessoas.
  58. 58. Atividades 2.) O quadro abaixo apresenta dois grupos distintos : blocos econômicos e acordos de livre comércio. Faça uma pesquisa sobre eles e identifique quais países pertence a cada um deles. (Continua no próximo slide)
  59. 59. Atividades BLOCOS ECONÔMICOS ACORDO DE LIVRE COMÉRCIO EU – União Europeia; NAFTA – Acordo de Livre Comércio da América do Norte; MERCOSUL – Mercado Comum do Sul; ALCA – Área de livre Comércio das Américas; ASEAN – Associação das Nações do Sudeste Asiático; APEC – Cooperação Econômica da Ásia e do pacífico; CEI – Comunidade dos Estados Independentes;
  60. 60. Luiz Ricardo Siles RASC – Recuperação e Assistência Cristã

×