<ul><li>número de palavras </li></ul><ul><li>tinta </li></ul>
<ul><li>sensações ≠ objectos </li></ul>
<ul><li>todos os pormenores  dele </li></ul><ul><li>todos os  seus  pormenores </li></ul>
<ul><li>há muito </li></ul><ul><li>há pouco </li></ul><ul><li>há três anos </li></ul>
<ul><li>solarengo ≠ soalheiro </li></ul>
<ul><li>caem </li></ul>
<ul><li>apercebi-me  de  que </li></ul>
<ul><li>mas, </li></ul><ul><li>mas </li></ul><ul><li>porém,   </li></ul>
<ul><li>quando , de repente,  tal tal </li></ul>
<ul><li>algo </li></ul>
<ul><li>guarda- </li></ul><ul><li>-chuva </li></ul><ul><li>fa- </li></ul><ul><li>lar </li></ul><ul><li>mi- </li></ul><ul><...
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
<ul><li>Vai até à p. 206, onde há um anúncio publicitário: «Omega. O tempo em Pessoa».  </li></ul><ul><li>Num texto com  a...
<ul><li>[ Se houver tempo: ]  </li></ul><ul><li>Cria  três slogans  em torno de relógios —  Omega  — e, respectivamente, d...
<ul><li>TPC </li></ul><ul><li>Vê em  Gaveta de Nuvens  instruções para tarefa grande deste período. </li></ul>
 
<ul><li>O  filme  (ou registo  audio )  terá de incluir  a leitura de um poema de Fernando Pessoa   (ou de um dos seus het...
<ul><li>O filme pode ter, mesmo no que concerne à parte textual, mais do que a simples leitura em voz alta do poema.  </li...
<ul><li>O filme  pode assumir o texto de Pessoa como o foco único, mas , ainda que inserindo o texto em algum momento, pod...
<ul><li>Desaconselho a interpretação literal, slide a slide,  com o texto a referir «nau» e a aparecer a imagem de uma nau...
<ul><li>Ficam proibidos os textos do manual,  porque queria evitar textos que déssemos também em aula.  </li></ul><ul><li>...
<ul><li>Uma vez escolhido o poema,  devem trazer-me ou enviar-me a sua indicação exacta , contendo  Autor  (Fernando Pesso...
<ul><li>Também  pode ser usado mais do que um poema  (mas não deixando de fazer as suas leituras em voz alta completas; e ...
<ul><ul><li>Formato, tempo, regras básicas, são os mesmos de anos anteriores: </li></ul></ul><ul><ul><li>WMP ; máximo de  ...
<ul><li>Data de entrega: a partir de agora (18 de Outubro), um pouco mais de um mês, de maneira a que possa avaliar tudo a...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação para décimo segundo ano, aula 12

6.425 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.425
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5.561
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação para décimo segundo ano, aula 12

  1. 2. <ul><li>número de palavras </li></ul><ul><li>tinta </li></ul>
  2. 3. <ul><li>sensações ≠ objectos </li></ul>
  3. 4. <ul><li>todos os pormenores dele </li></ul><ul><li>todos os seus pormenores </li></ul>
  4. 5. <ul><li>há muito </li></ul><ul><li>há pouco </li></ul><ul><li>há três anos </li></ul>
  5. 6. <ul><li>solarengo ≠ soalheiro </li></ul>
  6. 7. <ul><li>caem </li></ul>
  7. 8. <ul><li>apercebi-me de que </li></ul>
  8. 9. <ul><li>mas, </li></ul><ul><li>mas </li></ul><ul><li>porém, </li></ul>
  9. 10. <ul><li>quando , de repente, tal tal </li></ul>
  10. 11. <ul><li>algo </li></ul>
  11. 12. <ul><li>guarda- </li></ul><ul><li>-chuva </li></ul><ul><li>fa- </li></ul><ul><li>lar </li></ul><ul><li>mi- </li></ul><ul><li>nha </li></ul>
  12. 23. <ul><li>Vai até à p. 206, onde há um anúncio publicitário: «Omega. O tempo em Pessoa». </li></ul><ul><li>Num texto com até cento e cinquenta palavras , comenta o slogan, considerando sobretudo a importância do tema ‘tempo’ na poesia de Pessoa (nos três heterónimos, pelo menos). </li></ul>
  13. 24. <ul><li>[ Se houver tempo: ] </li></ul><ul><li>Cria três slogans em torno de relógios — Omega — e, respectivamente, de Alberto Caeiro, Álvaro Campos e Ricardo Reis. </li></ul>
  14. 25. <ul><li>TPC </li></ul><ul><li>Vê em Gaveta de Nuvens instruções para tarefa grande deste período. </li></ul>
  15. 27. <ul><li>O filme (ou registo audio ) terá de incluir a leitura de um poema de Fernando Pessoa (ou de um dos seus heterónimos) . </li></ul><ul><li>Considerado este constrangimento, o resto da estratégia fica ao vosso critério. </li></ul>
  16. 28. <ul><li>O filme pode ter, mesmo no que concerne à parte textual, mais do que a simples leitura em voz alta do poema. </li></ul><ul><li>E que, de qualquer maneira, esta leitura do poema não tem de ser, forçosamente, uma «simples leitura». Haverá decerto muita amplitude de soluções, em função do estilo de cada um. </li></ul>
  17. 29. <ul><li>O filme pode assumir o texto de Pessoa como o foco único, mas , ainda que inserindo o texto em algum momento, pode também acabar por ter um outro foco, estar recheado de texto vosso, etc. Enfim, neste caso, o texto de Pessoa pode chegar a funcionar quase como pretexto para uma ficção vossa. </li></ul>
  18. 30. <ul><li>Desaconselho a interpretação literal, slide a slide, com o texto a referir «nau» e a aparecer a imagem de uma nau. </li></ul><ul><li>Também conviria não se escolher poema demasiado curto (a não ser que o resto do filme inclua suficiente exibição da vossa expressão oral). </li></ul>
  19. 31. <ul><li>Ficam proibidos os textos do manual, porque queria evitar textos que déssemos também em aula. </li></ul><ul><li>Pesquise-se portanto através dos volumes das várias edições pessoanas. Ou, talvez mais facilmente , através de http:// arquivopessoa.net / ou em outro link que porei brevemente — aqui a grafia não está modernizada e por isso há que ter cuidado em pronunciar as palavras tal como as dizemos. </li></ul>
  20. 32. <ul><li>Uma vez escolhido o poema, devem trazer-me ou enviar-me a sua indicação exacta , contendo Autor (Fernando Pessoa, Alberto Caeiro, Ricardo Reis, Álvaro de Campos, Fernando Pessoa de Mensagem); Título e Primeiro verso , Obra em que foram publicados. Se se tratar de poema demasiado longo, podem adoptar-se apenas alguns trechos. </li></ul>
  21. 33. <ul><li>Também pode ser usado mais do que um poema (mas não deixando de fazer as suas leituras em voz alta completas; e se, depois, no filme, não parecer tudo muito desconchavado). </li></ul><ul><li> No final desta folha de instruções, irei mencionando os textos já reservados , para que se evitem repetições. </li></ul>
  22. 34. <ul><ul><li>Formato, tempo, regras básicas, são os mesmos de anos anteriores: </li></ul></ul><ul><ul><li>WMP ; máximo de três minutos; máximo de 100 MB . Pode haver trabalhos em dupla , se intervierem oralmente ambos os autores. </li></ul></ul>
  23. 35. <ul><li>Data de entrega: a partir de agora (18 de Outubro), um pouco mais de um mês, de maneira a que possa avaliar tudo ainda antes do final do período. Conto portanto ir recebendo os filmes a partir de meados de Novembro e não me convém que me cheguem (muito) depois do feriado da Restauração. </li></ul>

×