<ul><li>10. 1.  </li></ul><ul><li>As formas verbais que estão no Imperativo (incluindo também as pessoas do Imperativo que...
<ul><li>10. 2.  </li></ul><ul><li>A oração « é preciso » (que selecciona a oração completiva «moderá-la).   </li></ul>
<ul><li>11.1.  </li></ul><ul><li>Formas verbais no imperativo (incluindo as formadas com o Presente do Conjuntivo): « faça...
<ul><li>11.2.  </li></ul><ul><li>Exprimem ordem as que são dirigidas aos criados ( eg  Miranda);  sugestão, as que são dir...
<ul><li>Fazer </li></ul><ul><li>afirmativo  negativo </li></ul><ul><li>faz(e)    não faças   </li></ul><ul><li>faça não fa...
<ul><li>Apagar </li></ul><ul><li>afirmativo  negativo </li></ul><ul><li>apaga   não apagues  </li></ul><ul><li>apague  não...
<ul><li>  Encostar </li></ul><ul><li>afirmativo  negativo  </li></ul><ul><li>encosta não encostes   </li></ul><ul><li>enco...
<ul><li>Vir </li></ul><ul><li>afirmativo  negativo </li></ul><ul><li>vem  não venhas </li></ul><ul><li>venha  não venha </...
<ul><li>  Sentar-se </li></ul><ul><li>afirmativo  negativo </li></ul><ul><li>senta-te  não te sentes </li></ul><ul><li>sen...
<ul><li>Saber </li></ul><ul><li>afirmativo negativo </li></ul><ul><li>sabe  não saibas   </li></ul><ul><li>saiba  não saib...
<ul><li>12.  </li></ul><ul><li>a) Não te detenhas! // Não se  detenha !  </li></ul><ul><li>b)  Entrega-os  ao cocheiro! //...
<ul><li>c) Prossegue sem mim! //  Prossiga  sem mim!  </li></ul><ul><li>d)  Traz-mo  sem demora! // Traga-mo sem demora!  ...
<ul><li>f)  Não te  esqueças  da missiva! // Não se esqueça da missiva!  </li></ul><ul><li>g) Lança-a para longe! //  Lanc...
<ul><li>S 3.ª Fut. Ind  S arará L erá </li></ul><ul><li>E  1.ª Pres. Ind. E screvo U mbigo </li></ul><ul><li>R   2.ª Pres....
 
<ul><li>Ler — para compreensão global — o capítulo V  do «Sermão de Santo António aos Peixes», do Padre António Vieira ( A...
<ul><li>Como já pedira também, convinha que revisses  verbos (e, em geral, matérias gramaticais ou mais «conteudísticas»  ...
<ul><li>Caso não tenhas entregado o trabalho de  publifilme  (que correspondeu aos tepecês de um mês), trata disso ainda. ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 24

680 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
680
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
83
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 24

  1. 2. <ul><li>10. 1. </li></ul><ul><li>As formas verbais que estão no Imperativo (incluindo também as pessoas do Imperativo que adoptam formas do Presente do Conjuntivo) são «não entremos»; « deixemo-nos ; « deixemo-nos »; « vamos ». Estas formas exprimem o valor modal de conselho, sugestão. </li></ul>
  2. 3. <ul><li>10. 2. </li></ul><ul><li>A oração « é preciso » (que selecciona a oração completiva «moderá-la). </li></ul>
  3. 4. <ul><li>11.1. </li></ul><ul><li>Formas verbais no imperativo (incluindo as formadas com o Presente do Conjuntivo): « façam »; «não apaguem »; « encostem-nos »; « vinde »; « senta-te »; « sentemo-nos »; « sabei ». </li></ul>
  4. 5. <ul><li>11.2. </li></ul><ul><li>Exprimem ordem as que são dirigidas aos criados ( eg Miranda); sugestão, as que são dirigidas aos familiares (a Madalena, a Maria e a Jorge ). </li></ul>
  5. 6. <ul><li>Fazer </li></ul><ul><li>afirmativo negativo </li></ul><ul><li>faz(e) não faças </li></ul><ul><li>faça não faça </li></ul><ul><li>façamos não façamos </li></ul><ul><li>fazei não façais </li></ul><ul><li>façam não façam </li></ul>
  6. 7. <ul><li>Apagar </li></ul><ul><li>afirmativo negativo </li></ul><ul><li>apaga não apagues </li></ul><ul><li>apague não apague </li></ul><ul><li>apaguemos não apaguemos </li></ul><ul><li>apagai não apagueis </li></ul><ul><li>apaguem não apaguem </li></ul>
  7. 8. <ul><li> Encostar </li></ul><ul><li>afirmativo negativo </li></ul><ul><li>encosta não encostes </li></ul><ul><li>encoste não encoste </li></ul><ul><li>encostemos não encostemos </li></ul><ul><li>encostai não encosteis </li></ul><ul><li>encostem não encostem </li></ul>
  8. 9. <ul><li>Vir </li></ul><ul><li>afirmativo negativo </li></ul><ul><li>vem não venhas </li></ul><ul><li>venha não venha </li></ul><ul><li>venhamos não venhamos </li></ul><ul><li>vinde não venhais </li></ul><ul><li>venham não venham </li></ul>
  9. 10. <ul><li> Sentar-se </li></ul><ul><li>afirmativo negativo </li></ul><ul><li>senta-te não te sentes </li></ul><ul><li>sente-se não se sente </li></ul><ul><li>sentemo-nos não nos sentemos </li></ul><ul><li>sentai-vos não vos senteis </li></ul><ul><li>sentem-se não se sentem </li></ul>
  10. 11. <ul><li>Saber </li></ul><ul><li>afirmativo negativo </li></ul><ul><li>sabe não saibas </li></ul><ul><li>saiba não saiba </li></ul><ul><li>saibamos não saibamos </li></ul><ul><li>sabei não saibais </li></ul><ul><li>saibam não saibam </li></ul>
  11. 12. <ul><li>12. </li></ul><ul><li>a) Não te detenhas! // Não se detenha ! </li></ul><ul><li>b) Entrega-os ao cocheiro! // Entregue-os ao cocheiro! </li></ul>
  12. 13. <ul><li>c) Prossegue sem mim! // Prossiga sem mim! </li></ul><ul><li>d) Traz-mo sem demora! // Traga-mo sem demora! </li></ul><ul><li>e) Avisa a abadessa! // Avise a abadessa! </li></ul>
  13. 14. <ul><li>f) Não te esqueças da missiva! // Não se esqueça da missiva! </li></ul><ul><li>g) Lança-a para longe! // Lance-a para longe! </li></ul><ul><li>h) Pega nas tochas! // Pegue nas tochas! </li></ul>
  14. 15. <ul><li>S 3.ª Fut. Ind S arará L erá </li></ul><ul><li>E 1.ª Pres. Ind. E screvo U mbigo </li></ul><ul><li>R 2.ª Pres. Conj. R eajas I talicizes </li></ul><ul><li>M 6.ª Imp. Ind. S opesavam </li></ul><ul><li>Ã 2.ª Perf. Ind. __________ </li></ul><ul><li>O 4.ª Condicional A ndaríamos </li></ul>
  15. 17. <ul><li>Ler — para compreensão global — o capítulo V do «Sermão de Santo António aos Peixes», do Padre António Vieira ( Antologia , 74-81). Neste capítulo, o orador continua as repreensões aos peixes (mas foca-se agora em algumas espécies em particular: os roncadores, os pegadores, os voadores e o polvo). </li></ul><ul><li>Tenta perceber qual é a característica que o autor mais critica a cada uma destas quatro espécies ; e como essas caracterís-ticas, segundo o Padre António Vieira, também se manifestam nos homens . </li></ul>
  16. 18. <ul><li>Como já pedira também, convinha que revisses verbos (e, em geral, matérias gramaticais ou mais «conteudísticas» que tenhamos estudado nesta segunda parte do período). </li></ul>
  17. 19. <ul><li>Caso não tenhas entregado o trabalho de publifilme (que correspondeu aos tepecês de um mês), trata disso ainda. (E, em última instância, se o problema tiver a ver com dificuldades técnicas, faz um anúncio apenas «radiofónico», assumindo que se destinaria a transmissão por canal de rádio.) </li></ul>

×