<ul><li>1.º parágrafo </li></ul><ul><li>Todo o início da notícia (o primeiro período e ainda a conjunção que introduz o se...
<ul><li>  O predicado perifrástico «acabou por ser assinado» deu lugar a uma forma mais simples: « foi assinado ». Quanto ...
<ul><li>O terceiro e quarto períodos da notícia («O primeiro instrumento [...] estufa. Os seus [...] protocolo») são abrev...
<ul><li>O último período deste parágrafo da notícia corresponde ao último período do primeiro parágrafo do resumo, mas est...
<ul><li>Em vez de «uma redução global de 5,2% das emissões de gases com efeito estufa [...], em relação aos valores das em...
<ul><li>2.º parágrafo </li></ul><ul><li>Os dois períodos iniciais da notícia foram reunidos num só. Do primeiro período de...
<ul><li>Um modificador do sujeito, uma espécie de explicação adicional (com certo valor causal, aliás), entre vírgulas, « ...
<ul><li>O terceiro período («Os dados de 2004 [...] não passou de 0,9%»), que consiste numa série de informações quantitat...
<ul><li>Os três últimos períodos da notícia foram objecto da seguinte redução no último período do resumo. Manteve-se o co...
<ul><li>O resto dos três períodos ficou compactado desta maneira: «as emissões de gases com efeito de estufa aumentaram 37...
<ul><li>Finalmente, o que era o último período no texto-fonte («Os sectores [...] poluentes») vai ser um complemento circu...
 
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

ApresentaçãO Para DéCimo Ano, Aula 97 98

583 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
583
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ApresentaçãO Para DéCimo Ano, Aula 97 98

  1. 3. <ul><li>1.º parágrafo </li></ul><ul><li>Todo o início da notícia (o primeiro período e ainda a conjunção que introduz o segundo, «mas») foi substituído no resumo por um complemento circunstancial de tempo (em rigor: um modificador) de apenas três palavras: « Após grande polémica ». </li></ul>
  2. 4. <ul><li> O predicado perifrástico «acabou por ser assinado» deu lugar a uma forma mais simples: « foi assinado ». Quanto ao segmento «em 1997, o Protocolo de Quioto», foi omitido / aproveitado / ampliado no resumo. </li></ul>
  3. 5. <ul><li>O terceiro e quarto períodos da notícia («O primeiro instrumento [...] estufa. Os seus [...] protocolo») são abreviados num segmento logo a seguir a «Protocolo de Quioto», de fica separado por vírgula (é uma espécie de aposto): « documento da ONU que convenciona metas para reduzir os gases com efeito de estufa e, consequentemente, combater o aquecimento do planeta ». </li></ul>
  4. 6. <ul><li>O último período deste parágrafo da notícia corresponde ao último período do primeiro parágrafo do resumo, mas este apresenta-o muito condensado. Desaparece o sujeito (« Os países signatários »), já que no resumo se prefere um predicado indeterminado « prevê-se ». </li></ul>
  5. 7. <ul><li>Em vez de «uma redução global de 5,2% das emissões de gases com efeito estufa [...], em relação aos valores das emissões em 1990», usa-se uma forma reduzida (e menos específica): « a diminuição de 5,2% da poluição ». Enfim, o sintagma preposicional « até 2012 » está no resumo e na notícia. </li></ul>
  6. 8. <ul><li>2.º parágrafo </li></ul><ul><li>Os dois períodos iniciais da notícia foram reunidos num só. Do primeiro período de «Quioto» mantém-se o sujeito, « A UE ». A parte do predicado ou dele dependente («estabeleceu para si própria a meta dos 8% de redução») é simplificada no resumo: « decidiu reduzir 8% ». </li></ul>
  7. 9. <ul><li>Um modificador do sujeito, uma espécie de explicação adicional (com certo valor causal, aliás), entre vírgulas, « mais ambiciosa », desaparece no resumo. O que era um período com valor adversativo («Mas as boas intenções estão a ficar aquém do desejado») é substituído por uma oração subordinada concessiva: « embora não atingisse a finalidade ». </li></ul>
  8. 10. <ul><li>O terceiro período («Os dados de 2004 [...] não passou de 0,9%»), que consiste numa série de informações quantitativas relativamente acessórias, é ampliado / omitido / reduzido no resumo. </li></ul>
  9. 11. <ul><li>Os três últimos períodos da notícia foram objecto da seguinte redução no último período do resumo. Manteve-se o complemento circunstancial de lugar (para sermos rigorosos, o modificador preposicional), « Em Portugal ». </li></ul>
  10. 12. <ul><li>O resto dos três períodos ficou compactado desta maneira: «as emissões de gases com efeito de estufa aumentaram 37% entre 1990 e 2003» dá lugar a « registou-se um substancial aumento da emissão dos gases » (é esta a parte mais essencial da informação). O período «Esta subida [...] 1912» dá lugar a um segmento introduzido por um gerúndio (« afastando o país das metas a alcançar entre 2008-2012 »). </li></ul>
  11. 13. <ul><li>Finalmente, o que era o último período no texto-fonte («Os sectores [...] poluentes») vai ser um complemento circunstancial de causa (um modificador), que fica entre vírgulas no resumo: « devido aos sectores energéticos e dos transportes ». </li></ul>

×